PRF afasta policiais envolvidos em abordagem que terminou com morte de homem em Sergipe

/ Polícia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou, nesta quinta-feira (26), que afastou os policiais envolvidos em abordagem que terminou com a morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, no município de Umbaúba, no sul do estado de Sergipe, a cerca de 100 km de Aracaju.

Em nota, a PRF disse que ”está comprometida com a apuração inequívoca das circunstâncias relativas à ocorrência no estado, colaborando com as autoridades responsáveis pela investigação”. A instituição disse ainda que ”reforça o compromisso com a transparência e isenção”.

O ministro da Justiça, Anderson Torres, se manifestou sobre o assunto ”Determinei a abertura de investigação pela Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal sobre a abordagem policial de ontem, em Sergipe. Nosso objetivo é esclarecer o episódio com a brevidade que o caso requer”, disse.

A organização internacional não governamental Human Rights Watch, que defende e realiza pesquisas sobre os direitos humanos, se manifestou, através de nota, sobre o caso e disse que está ‘consternada e chocada com a morte de Genivaldo de Jesus Santos, um homem negro de 38 anos e com deficiência psicossocial, nas mãos da Polícia Rodoviária Federal em Sergipe.Com informações do G1

Jequié: Prefeitura e órgãos de segurança discutem planejamentos operacionais para execução do São João

/ Jequié

Capitão Augusto representa a PM no evento. Foto: Divulgação

O São João de Jequié 2022, que acontecerá em dois circuitos e começará a partir do dia 14 até 26 de junho, com a Vila Junina, na Praça Rui Barbosa, e de 23 a 26 de junho na Praça da Bandeira, está próximo e com a finalidade de promover um festejo organizado e seguro para a população local e turistas que estarão no município nesse período. Na quarta-feira (25), os representantes dos órgãos de segurança, membros do Conselho Municipal do São João, nomeados por meio de decreto municipal, realizaram na Casa da Cultura Pacífico Ribeiro, no Centro, a apresentação dos planejamentos operacionais para execução do evento.

Estiveram presentes o secretário de Cultura e Turismo, Domingos Ailton; capitão da Polícia Militar, Augusto José Almeida de Santana, representando o comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar, major o tenente-coronel, Reinaldo Souza dos Santos, comandante do 19° Batalhão da Polícia Militar; o capitão Itanã Amaral de Almeida Volta, chefe da Seção de Planejamento Operacional do 8º Grupamento do Corpo Bombeiros Militares (GBM); o Delegado Titular da Delegacia Territorial de Jequié, 9ª Coorpin, Moabe Macedo; o comandante da Guarda Municipal, Valdinélio Santos Barros; o coordenador dos agentes de proteção do Juizado da Infância e Juventude, Terêncio Borges; o coordenador da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC), Murilo Oliveira de Bulhões; além dos integrantes do Conselho Municipal do São João; e técnicos da Secretaria de Cultura e Turismo.

A estrutura principal de segurança do São João, contará com monitoramento eletrônico da Polícia Militar, contando com três de Zona de Acesso Controlado (ZAC), com câmeras de reconhecimento facial, Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, para a identificação das pessoas que estarão no festejo; Grande efetivo contando com o apoio de outras instituições de segurança, como a Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE-CENTRAL), Grupamento Aéreo da Polícia Militar, entre outros.

As ações operacionais para os festejos contarão com a participação do 8º Grupamento do Corpo Bombeiros Militares (GBM), de agentes da Delegacia de Polícia Civil da 9ª Coorpin de Jequié, que disponibilizará um plantão policial, durante o período das festas. Para o secretário de Cultura e Turismo, Domingos Ailton, esse é um importante momento, especialmente, para que todos os demais conselheiros, representantes da sociedade civil e instituições de segurança, estejam cientes dos planejamentos operacionais para execução do São João 2022.

Prefeitura de Lafaiete Coutinho entrega kits para agentes comunitários de saúde; ”reconhecimento”

/ Saúde

Prefeito e secretária entregam kits. Foto: Aquila Novais

Buscando a valorização e o reconhecimento dos Agentes Comunitários de Saúde, a Prefeitura de Lafaiete Coutinho entregou, nesta quinta-feira (26), kits para os profissionais, contendo mochila, capa de tablet, camisetas, coletes, bonés, oxímetro, glicosimetro, balança digital, aparelho de pressão, caderno e canetas.

A ação partiu de uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde e a entrega foi feita pelo prefeito João Freitas, na companhia da secretária de Saúde, Juliana Galvão, e do presidente da Câmara, Vaval Souza.

João diz que a gestão diz busca a valorização do trabalho desenvolvido pelos profissionais. ”Visitando as residências e identificando as necessidades de cada cidadão, o agente de saúde colabora diariamente para o bem-estar da saúde pública no município de Lafaiete e merecem toda a nossa atenção”, ressaltou o prefeito.

Pelo segundo dia consecutivo, Bahia não registra óbitos por Covid-19 em 24h, diz boletim

/ Bahia

Pelo segundo dia consecutivo, a Bahia não teve registros de mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Foram registrados 389 casos da doença e o número de casos ativos no estado está em 512. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde da Bahia (Sesab) nesta quinta-feira (26).

Desde o início da pandemia até o momento, 29.922 pessoas morreram por Covid no estado. Atualmente, 32 dos 210 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto estão ocupados, ou seja 15%. Nos leitos pediátricos, a ocupação é de 78%, com 18 dos 23 leitos ocupados.

Vacinação

Até o momento 11.611.600 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.681.791 com a segunda dose ou dose única, 5.826.300 com a dose de reforço e 192.718 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 933.975 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 467.963 já tomaram também a segunda dose.

Walmiral Marinho sugere implantação do Programa Federal Juventude Viva em Jequié

/ Jequié

Walmiral Marinho apresentou proposta na Câmara. Foto: Emanuel Jr.

A implantação do Programa Federal Juventude Viva em Jequié, foi solicitada, na Câmara Municipal, pelo vereador Walmiral Marinho, justificando que o município tem na sua população, importante parcela de jovens, e que os mesmos se encontram em sua maioria nos bairros populares da cidade, distantes de políticas públicas que atinjam estas realidades e, diante desta situação, é dever da gestão propiciar a este público possibilidades de inserção de novas realidades nos seus espaços de vida.

O Programa Estação Juventude deve ser dotado de instrumentos e gestores capacitados para disponibilizar informações, orientações e atividades para que os jovens possam acessar programas, serviços e ações que garantam seus direitos e contribuam para o desenvolvimento de seus percursos de inclusão, autonomia e participação social.

O vereador Walmiral Marinho explica que o programa deve funcionar como um espaço público de livre acesso, sem discriminações, podendo se consolidar com a participação efetiva dos jovens e dos atores que os apoiam. A participação deve ser entendida como um modo de funcionamento, muito mais do que um objetivo específico.

Nas últimas décadas, sobretudo a partir da construção de uma política nacional de juventude, e que com a criação, em 2005, da Secretaria Nacional de Juventude, a introdução do tema da juventude na agenda governamental significou um grande avanço na compreensão da condição vivida no país pelos jovens, assim como na execução de ações que busquem garantir, de forma inédita, direitos antes negados por meio não só da ampliação da rede de atendimento das políticas universais, mas também da execução de uma série de programas de inclusão e de ações afirmativas.

UFBA investiga suposta apologia ao nazismo dentro da universidade; caso gerou confusão

/ Educação

A Universidade Federal da Bahia (UFBA) informou que está investigando uma suposta apologia ao nazismo dentro da faculdade que ocasionou uma agressão entre estudantes da instituição na última quarta-feira (25).

”A Universidade Federal da Bahia tomou conhecimento do conflito envolvendo estudantes, ocorrido no dia 25/05, no Restaurante Universitário de Ondina. A questão, em todas as suas implicações, será devidamente apurada, através de seus órgãos competentes”, disse em nota.

Entenda o caso 

Alunos da unidade denunciaram uma apologia ao nazismo dentro da instituição na última quarta. Segundo relatos nas redes sociais, um aluno teria feito uma saudação nazista em frente à mesa de contagem de votos de eleição para reitoria da universidade, no campus Ondina. Com isso, uma das alunas teria tentado agredi-lo.

Em vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver o momento em que o acusado é repreendido, cercado e questionado por colegas.

Nova pesquisa Datafolha: Lula tem 54% dos votos válidos no 1º turno, ante 30% de Bolsonaro

/ Política

Lula e Bolsonaro. Foto: CNN/Futura Press/Estadão Conteúdo

Nova pesquisa Datafolha aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria a eleição de 2022 no primeiro turno, com 54% dos votos válidos, ante 30% do presidente Jair Bolsonaro (PL).

O percentual de votos válidos, que exclui brancos e nulos, é o considerado pela Justiça Eleitoral para declarar o resultado final. Para ganhar no primeiro turno, é necessário que o candidato some 50% dos votos válidos mais um. A votação será em 2 de outubro —o segundo turno está previsto para o dia 30 do mesmo mês.

A pesquisa mostrou que Lula abriu 21 pontos percentuais de vantagem sobre Bolsonaro e hoje lidera a disputa presidencial com 48% das intenções de voto no primeiro turno, ante 27% do principal adversário.

O levantamento foi feito com 2.556 eleitores acima dos 16 anos em 181 cidades de todo o país, nesta quarta (25) e quinta-feira (26). A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos. A pesquisa foi contratada pelo jornal Folha de S.Paulo e está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-05166/2022.

Os resultados confirmam o afunilamento do embate entre Lula e Bolsonaro, o que tem feito rivais dos dois favoritos a estimularem uma campanha contra o voto útil já no primeiro turno. O terceiro colocado na pesquisa estimulada é Ciro Gomes (PDT), com 7%. Outros postulantes atingiram no máximo 2%. A senadora Simone Tebet (MDB), ungida por ora a candidata unitária dos partidos de centro-direita que tentam fabricar uma terceira via, tem 2%.

Em votos válidos, Ciro teria no primeiro turno 8%, seguido por André Janones (Avante, 2%), Tebet (2%), Pablo Marçal (Pros) e Vera Lúcia (PSTU), estes dois com 1%. Os demais postulantes não pontuariam.

A possibilidade de vitória no primeiro turno é semeada por aliados e apoiadores de Lula, embora porta-vozes do PT venham agindo para desestimular a tese de “já ganhou”. Líderes do partido reconhecem publicamente que o confronto com Bolsonaro tende a ser acirrado.

O entorno do atual mandatário também incentiva a narrativa de que ele conquistará a reeleição logo de cara, com o slogan de ”vai ser no primeiro turno”. Os números revelados pela nova pesquisa, contudo, contradizem essa aposta.

*por Joelmir Tavares/Folhapress

Aras arquiva pedido de presidente Bolsonaro para investigar Alexandre por abuso de autoridade

/ Justiça

Aras não comentou o mérito das acusações a Moraes. Foto: Estadão

A Procuradoria-Geral da República (PGR) rejeitou nesta quinta-feira (26), o pedido de investigação apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), por suposto abuso de autoridade.

O parecer, assinado pelo procurador-geral da República Augusto Aras, diz que a representação aborda os mesmos pontos da notícia-crime enviada pelo presidente ao STF, que ainda está sob análise no tribunal. ”Tendo em vista o aspecto formal descrito e para evitar duplicidade de procedimentos, determino o arquivamento desta notícia-crime”, escreveu o PGR ao arquivar o pedido.

Esta é a segunda investida de Bolsonaro contra o ministro frustrada em uma semana. Primeiro, o presidente recorreu ao próprio STF, cobrando uma investigação da conduta de Moraes em investigações que atingem ele próprio e seus aliados. Em menos de 24 horas, o ministro Dias Toffoli, definido relator, rejeitou o pedido e disse que um juiz não pode de tornar réu ”pelo simples fato de ser juiz”. Com o freio do tribunal, Bolsonaro decidiu acionar a PGR antes mesmo do desfecho do caso na Corte.

No início da semana, o presidente entrou com um recurso para tentar reverter a decisão individual de Toffoli. Ele sugere que o ministro reveja o próprio posicionamento ou mande o pedido para análise no plenário. O principal argumento é que a notícia-crime não poderia ter sido arquivada sem consulta à PGR.

Ao arquivar o pedido de Bolsonaro, Aras não comentou o mérito das acusações a Moraes, o que só deve ocorrer se houver um pedido de manifestação formal por parte do Supremo.

Um dos principais questionamentos apresentados pelo presidente nas investidas contra o ministro envolve o chamado inquérito das fake news, que também desagrada a PGR. O descontentamento do órgão com a investigação é antigo. Ao assumir o cargo, Aras contrariou sua antecessora, Raquel Dodge, e defendeu a continuidade das apurações. Quando o inquérito começou a fechar o cerco contra apoiadores e aliados do governo, porém, o procurador-geral pediu a suspensão do caso. Na ocasião, ele disse que não havia sido consultado sobre uma operação da Polícia Federal (PF) que apreendeu celulares e computadores de bolsonaristas. Também criticou o avanço da investigação “sem a participação, supervisão ou anuência prévia” da PGR.

O inquérito das fake news foi aberto de ofício pelo ministro Dias Toffoli, então presidente do STF, em março de 2019, em uma reação a notícias falsas, ataques e ameaças aos membros da Corte. A situação é pouco comum: normalmente a iniciativa parte da PGR, órgão que tem a prerrogativa de investigação e acusação. Toffoli usou um artigo do regimento interno do tribunal para determinar a apuração e, ao invés de sortear o relator, escolheu Moraes para conduzir o caso.

*por Estadão Conteúdo

Agência de Saúde aprova reajuste de 15% em planos de saúde individuais, maior alta em 22 anos

/ Saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou nesta quarta-feira (26) o reajuste anual de 15,5% para planos de saúde individual e familiares. O percentual é o teto válido para o período entre maio de 2022 e abril de 2023. Cerca de 8 milhões de beneficiários serão afetados, o que representa 16,3% dos consumidores de planos no Brasil.

Esse é o maior percentual aprovado desde 2000, quando entrou em vigor o modelo atual de reajuste. O maior reajuste autorizado pela ANS até agora havia sido de 13,57%, em 2016.

Em 2021, pela primeira vez, os planos individuais tiveram reajuste negativo (-8,19%) por causa da queda na utilização dos serviços da saúde suplementar e a consequente redução das despesas assistenciais em 2020 em razão da pandemia.

De acordo com a ANS, o cálculo é baseado na diferença das despesas assistenciais por beneficiário dos planos de saúde individuais de um ano para o outro. Dessa forma, o índice de 2022 resulta da variação das despesas assistenciais ocorridas em 2021 em comparação com as despesas assistenciais de 2020.

Mineradora Largo Vanádio de Maracás realiza simulado para conscientizar sobre segurança no trânsito

O evento simulou acidente com vítimas fatais. Foto: Divulgação

A Largo Vanádio de Maracás realizou na manhã de quarta-feira (25), o primeiro simulado de acidente de trânsito em via pública. A ação foi realizada pelo setor de Segurança e Saúde Ocupacional (SSO) da Largo e contou com o apoio da 93º Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) sob o comando do Major Alécio Marques. A iniciativa integra o Movimento Maio Amarelo que, durante todo o mês de maio, realiza ações para alertar sobre o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

O evento simulou um acidente com três vítimas fatais, com o intuito de despertar a consciência para os cuidados no trânsito. Faixas e panfletos foram utilizados na ação para fortalecer a comunicação. ”Para mim foi muito real, antes de entender que era um simulado, um filme passou por minha cabeça. Imaginei que pudesse ser meu esposo e meu irmão que descem para a mina de carro. Foi impactante. Depois que vi que não era eles, imaginar que poderia ser algum colega de trabalho, que também foi muito ruim”, relatou Dadiva Rosa, colaboradora LVMSA)

A realização desse tipo de simulado é fundamental para demonstrar e conscientizar a população/colaboradores(as) de que o que está fazendo hoje tem risco e pode ter consequências para o resto da vida, além de saber como se comportar numa situação real. ”As pessoas envolvidas estavam bem alinhadas, a mensagem chegou para todos desde o susto à conscientização. Acredito que hoje todos vão voltar para suas casas mais atentos, e ao ver o carro na via vão lembrar que eles(as) poderiam estar ali. As orientações passadas pela técnica de segurança, Viviam Chung, com certeza vão ficar na minha cabeça por um bom tempo”, completou Dadiva.

A cena da manhã em Maracás foi apenas uma simulação, mas a cada 15 segundos um acidente de trânsito ocorre de verdade em algum lugar do mundo.

Mulher de 4 anos morre após extrair dente em clínica no Recôncavo baiano, diz jornal

/ Bahia

Uma mulher de 47 anos morreu após extrair um dente em uma clínica particular em Nazaré, Recôncavo baiano, na terça-feira (24).

A vítima foi identificada como Roseli dos Santos, era diabética e hipertensa. A dentista que realizou o procedimento teria fugido do local após a situação. A clínica, segundo a família de Roseli, era nova na cidade.

Ela chegou a ser atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgância (Samu) e levada para a Santa Casa de Misericórdia, mas não resistiu. O caso passou a ser investigado pela polícia nesta quinta-feira, segundo informações do A Tarde.

Caixa Econômica Federal paga parcela do Auxílio Brasil a beneficiários com NIS final 7

/ Economia

A Caixa Econômica Federal paga nesta quinta-feira (26), a parcela de maio do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 7. O valor mínimo do benefício é R$ 400. As datas seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava nos dez últimos dias úteis do mês.

O beneficiário poderá consultar informações sobre datas de pagamento, valor do benefício e composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Atualmente, 17,5 milhões de famílias são atendidas pelo programa. No início do ano, 3 milhões foram incluídas.

Benefícios básicos

O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga emprego ou tenha filho que se destaque em competições esportivas, científicas ou acadêmicas.

Podem receber o benefício famílias com renda per capita até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e até R$ 200, em condição de pobreza.

”Simplesmente estarrecido”, diz Ciro Gomes sobre operação da PRF que matou homem em Sergipe

/ Brasil

”Até quando vamos assistir absurdos como este?”, diz Ciro Gomes

O pré-candidato à presidência, Ciro Gomes (PDT), criticou a ação de policiais rodoviários em Sergipe que terminou com a morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, morto dentro do porta-mala da viatura policial, asfixiado por gás lançado pelos agentes de segurança.

>> PSOL vai acionar o MP para cobrar investigação sobre morte em ação da PRF

”Simplesmente estarrecido com a morte de um homem negro, com transtornos mentais, após ser colocado em porta-malas de viatura da PRF, cheio de fumaça tóxica. Onde foi parar nossa humanidade, Brasil?”, escreveu Ciro Gomes em suas redes sociais.

”Até quando vamos assistir absurdos como este? Até quando vai se achar normal um presidente comemorar a morte de dezenas de pessoas após operação policial?”, completou.

Na segunda-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro chamou os policiais envolvido na operação na Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro, que vitimou 26 pessoas, de ‘heróis’, e defendeu a ação contra o que chamou de ‘bandidos altamente perigosos’.

Polícia Federal faz operações contra estudantes suspeitos de ”fraude” no CadÚnico

/ Polícia

A Polícia Federal (PF) cumpre, nesta quinta-feira (23), 16 mandados de busca e apreensão contra estudantes suspeitos de falsificar documentos para receberem bolsas integrais em cursos de medicina de universidades no norte do Rio de Janeiro. Chamada de Falso Positivo, a operação cumpre mandados em seis cidades do estado fluminense e do Espírito Santo.

De acordo com a PF, os estudantes faziam inscrições no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal para, assim, se passarem por pessoas de baixa renda, com o uso de documentos falsos. Dessa forma, eles conseguiam receber bolsas de estudo. A PF informou ainda que, com o registro no CadÚnico, os alunos ou seus pais receberam, de forma irregular, o Auxílio Emergencial, criado pelo governo federal para enfrentar os efeitos da pandemia de covid-19.

No decorrer das investigações, 12 pessoas, entre pais e alunos, já foram indiciadas. Entre as provas usadas pela PF, estão movimentações bancárias que seriam incompatíveis com uma pessoa que teria a renda baixa.

Os investigados poderão responder por crimes de estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa. Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades fluminenses de Campos, Itaperuna e São Francisco de Itabapoana, além dos municípios capixabas de Linhares, Cachoeiro do Itapemirim e Mimoso do Sul.