Motociclista fica gravemente ferido após colisão com carro na BR-116, Ent. De Jaguaquara

/ Trânsito

Moto fica destruída após colisão com carro. Foto: WhatsApp

Um motociclista sofreu lesões graves ao se envolver num acidente na noite desta quinta-feira (19), na altura do KM 633 da Rodovia Santos Dumont BR-116, perímetro urbano do distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara.

De acordo com informações, o homem ainda não identificado conduzia uma motocicleta que ficou destruída ao colidir com um carro quando o piloto tentava atravessar a pista de rolamento num cruzamento entre a BA-250, estrada que liga Itiruçu/BA com a BR-116.

Com o impacto da colisão frontal, a moto partiu-se ao meio, o condutor foi projetado e parou ás margens da estrada, sendo socorrido com ferimentos graves ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié.

Os veículos envolvidos permaneceram no local até a chegada da PRF e ViaBahia, que providenciaram a remoção do carro e da moto.

Palco de acidentes, o cruzamento já fez várias vítimas ao longo dos anos e requer, por parte da concessionária, melhorias, inclusive na sinalização, iluminação e instalação de redutor de velocidade. Moradores do distrito lamentam que, até os dias atuais, uma prometida passarela ainda não foi instalada no trecho, o que também gera riscos para pedestres. Eles cobram das autoridades ”atitude”.

Secretaria da Educação da Bahia realiza seleção de 2.488 professores para atuar no PROJOVEM

/ Educação

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) publicou, nesta quinta-feira (19), o edital para o processo interno de seleção de 2.488 professores que lecionam na Educação Básica, dentro das áreas específicas do Ensino Fundamental, e/ou na Qualificação Profissional e Participação Cidadã. As vagas são voltadas para a atuação no Programa Nacional de Inclusão de Jovens (PROJOVEM), nas ofertas de Campo – Saberes da Terra; e Urbano – Formação Básica/ Ensino Fundamental e Qualificação Social e Profissional.

As inscrições serão gratuitas e poderão ser realizadas no período de 20 a 31 de maio, por meio de formulário constante no ANEXO II do edital, disponível para baixar no endereço https://bit.ly/3loG1Ly, que deverá ser preenchido e encaminhado, exclusivamente, junto com os documentos solicitados, enviados pelos Correios ou entregues no Protocolo Geral da SEC, situada na 5ª Avenida, 550, Centro Administrativo da Bahia – CAB, Salvador/BA, CEP: 41.745-004, endereçado à SEC/SUPROT (Sala 214).

A seleção interna é para os seguintes componentes curriculares/áreas do conhecimento: Língua Portuguesa, Inglês, Matemática, Ciências Humanas, Ciências Exatas e da Natureza, Linguagens, Códigos e Tecnologias e mais Qualificação profissional e Participação Social Cidadã. A participação no PROJOVEM não poderá prejudicar a carga horária regular desempenhada pelos servidores e a programação estabelecida pela SEC em atenção ao seu vínculo funcional.

Com apoio do Governo, prefeitura de Itiruçu confirma Luan Santana como atração do São Pedro

/ Entretenimento

Luan Santana vai se apresentar na praça de Itiruçu. Foto: Rede social

A Prefeitura de Itiruçu anunciou, na noite deste quinta-feira (19), através de rede social, a primeira atração confirmada para se apresentar no tradicional São Pedro 2022, evento público que voltará a ser realizado depois de dois anos, em razão da pandemia.

O artista renome nacional, Luan Santana, é a primeira ação confirmada. Na publicação, a Prefeitura fez agradecimento ao Governo do Estado, que através da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia entra com apoio, garantindo a apresentação de Luan. Outras atrações devem ser confirmadas.

Prefeitura de Serrinha anuncia o DJ Alok como atração do São João e divide opiniões

/ Entretenimento

O DJ Alok é atração do São João de Serrinha. Foto> Reprodução

Em meio às expectativas para a realização do São João deste ano – após dois sem a festa por conta da pandemia – os moradores de Serrinha, a cerca de 180 Km de Salvador, foram pegos de surpresa com o anúncio do DJ Alok como uma das atrações que vai animar os festejos juninos da cidade.

A novidade dividiu os internautas que não pouparam comentários e reações no perfil da prefeitura no Instagram. ”Tá de brincadeira, estão matando o São João da Bahia, e as bandas tradicionais, @calcinhapreta, @mastruzcomleiteoficial, @alcimar_monteiro_oficial ,@bandamagnificos”, disse uma internauta. ”Nada ver essa banda com São João”, comentou outra. ”Maluquice viu”, ressaltou o seguidor. ”Atração de peso mas pra data errada. Com o cachê dele trazia Dorgival Dantas, Flor de Mandacaru, Flávio José, Adelmário Coelho e tantos outros forrozeiros”, escreveu outro internauta.

Mas houve também quem celebrasse o anúncio feito pela prefeitura. ”Meu sonho se tornando realidade, show do Alok em Serrinha”, comentou uma fã. ”Não sei o look pra esse evento”, disse outra seguidora. “Rpz tem que rexxxxxpeitar”, disse outro folião. Com informações do BNEws

Com Euclides, vereadores de Jequié vão à Conder tratar sobre o início de novas obras na cidade

/ Jequié

Euclides acompanha Ramon, João e Marcinho. Foto: Divulgação

Os vereadores Ramon Fernandes, Marcinho e João Paulo, acompanhados do deputado estadual Euclides Fernandes, estiveram na sede da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia – CONDER, em Salvador, nesta quarta-feira (19.5), sendo recebidos pela diretora de equipamentos e qualificação urbanística, Larissa Dantas e, posteriormente, pelo presidente, José Trindade.

Em pauta o andamento de diversas obras do governo estadual em Jequié e outras a se iniciar, a exemplo de duas praças, uma no Amaralina e outra no Mutirão São Judas, como também o andamento do projeto da Praça do Loteamento Mirassol, que também será construída através das emendas impositivas do deputado Euclides, atendendo solicitações dos vereadores Marcinho e João Paulo.

Segundo Ramon Fernandes, a visita faz parte da rotina dos vereadores de sempre acompanharem o andamento dos processos relacionados a execução de obras e serviços no Município.

Alunos do Núcleo de Educação em Jequié realizam olimpíada de lançamento de foguetes de PET

/ Jequié

Lançamento ocorreu no distrito de Fazenda Velha. Foto: Divulgação

Uma fazenda no Distrito de Fazenda Velha, Jequié, transformou-se num laboratório de Ciências na tarde de quarta-feira (18). Seguindo todos os protocolos de segurança, alunos confeccionaram foguetes de materiais recicláveis como parte prática da participação na OBA-2022 (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica).

Participaram do experimento alunos do Colégio Estadual Paulo Freire, Colégio Estadual Doutor Milton Santos e Instituto Federal da Bahia (IFBA), somando um total de 16 participantes competindo nas categorias individual e em grupo.

Por meio de aulas práticas, vídeos e oficinas, os estudantes aprendem de forma lúdica conceitos essenciais de Matemática e Ciências e são incentivados a participar de olimpíadas e demais eventos científicos.

”A Ciência ajuda na forma de entendermos o mundo, por isso o estímulo nesta área é muito importante para a vida dos alunos. As olimpíadas são oportunidades de ir além, com assuntos que ampliam a visão deles”, explica a professora Karla Pedroza, coordenadora do projeto.

A competição tem como principal objetivo incentivar os alunos a estudar disciplinas como Química, Física, Matemática e Geografia, além de despertar o interesse dos jovens pela Ciência e Tecnologia ao abrir portas para o universo da Astronomia prática e teórica.

”Ter o estudante como protagonista no processo de aprendizagem é positivo e contribui muito para a o trabalho em equipe na sala de aula e na vida. É fundamental para o aprendizado de nossos alunos”, afirma Polliana Leandro, Diretora do NTE-22.
Os melhores resultados obtidos pelos estudantes durante os testes acompanhados pela professora serão submetidos para a Mostra Brasileira de Foguetes. A expectativa é que os estudantes sejam convocados a participar da Jornada de Foguetes, no Rio de Janeiro, caso as condições sanitárias sejam favoráveis.

Estudantes baianos da rede pública ganham intercâmbio nos EUA após aprovação em projeto

/ Educação

Yasmin Manenti foi aprovada

Três estudantes baianos foram selecionados para o programa Jovens Embaixadores 2022, iniciativa voltada para alunos brasileiros do Ensino Médio da rede pública, que vai levar um representante de cada estado do Brasil para um intercâmbio nos Estados Unidos (EUA).

Camily Guimarães Carvalho, de Camaçari, Jhudy dos Santos Souza, de Dias d’Ávila, e Yasmin Manenti de Moraes, de Eunápolis, são os baianos que estão entre os 50 selecionados. O programa, criado em 2002, é uma iniciativa do Departamento de Estado dos EUA no Brasil, que tem como alvo jovens empreendedores que, por meio de iniciativas e ações criativas e inovadoras, geram benefícios e ajudam a promover o bem-estar social.

A jovem Yasmin Manenti de Moraes, de 16 anos, residente de Eunápolis, estudante do Centro Territorial de Educação Profissional da Costa do Descobrimento, contou ao site Bahia Notícias sua reação ao saber que foi aprovada no programa. ”Eu estava estudando num feriado e abri o meu e-mail no momento em que minha internet caiu e vi a mensagem. De início eu não acreditei, pensei que fosse um hacker, então não dei tanta atenção. Quando a internet voltou, eu olhei com mais calma e vi que eu fui realmente selecionada, olhei várias vezes e na quinta vez a ficha caiu e eu não tive outra reação a não ser chorar. Depois disso eu liguei para todas as pessoas que me apoiaram, super alegre”, conta.

Por unanimidade, Supremo Tribunal decide manter punição a motoristas que recusarem bafômetro

/ Trânsito

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (19) validar a punição prevista no Código de Trânsito Brasileiro ao motorista que se recusar a fazer o teste do bafômetro. Mais de mil processos no país aguardavam um posicionamento do plenário do STF sobre o tema.

É prevista, no Brasil, uma multa administrativa para quem se recusa a fazer “teste, exame clínico, perícia ou outro procedimento que permita certificar influência de álcool ou outra substância psicoativa”. Nestes casos, o condutor também fica proibido de dirigir pelos próximos 12 meses, além de ter a habilitação e o veículo retidos.

A decisão foi uma resposta ao recurso do Departamento de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS), que tentava reverter a anulação de uma multa aplicada a um motociclista de Cachoeirinha (RS) que se recusou a fazer o teste.

Filho de Santa Inês, corregedor-geral do TJ entrega relatório de cem dias de gestão ao presidente da Corte

/ Justiça

José Rotondano e Nilson Soares. Foto: Divulgação / TJ-BA

Na tarde desta quinta-feira (19), o Corregedor-Geral da Justiça do Poder Judiciário da Bahia (PJBA), desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, entregou, pessoalmente, o relatório dos cem dias de gestão do órgão correicional ao presidente da Corte de Justiça baiana, desembargador Nilson Soares Castelo Branco.

Na oportunidade, o Corregedor-Geral enfatizou que ”a Corregedoria tem recebido irrestrito apoio do Presidente do PJBA para a consecução dos objetivos estratégicos da unidade. A Presidência e a Corregedoria estão irmanadas, visando um único objetivo: a melhoria da prestação jurisdicional, através da valorização do 1º grau de jurisdição. O desembargador Nilson Soares Castelo Branco, inclusive, fez-se presente em eventos importantes da Corregedoria, sendo imprescindível na aproximação da administração pública com as unidades judiciais, sobretudo no que se refere à identificação das demandas mais sensíveis e urgentes”.

O relatório disponibilizado elenca as principais iniciativas e projetos desenvolvidos pelo órgão, indicando o status de cada atividade, assim como os setores responsáveis, dados estatísticos e registros fotográficos. A publicização do documento, aos atores da justiça e cidadãos, tem em mira o alcance dos princípios da moralidade, publicidade e transparência.

Bolsonaro faz novo ataque ao STF, e Alexandre de Moraes fala em luta contra antidemocráticos

/ Brasília

Jair Bolsonaro volta a atacar o STF. Foto: Alan Santos/PR

Parte do empresariado brasileiro compareceu nesta quinta-feira (19) a evento em São Paulo para debater segurança jurídica e ativismo judicial.

Com falas como ”inquérito do fim do mundo”, em referência ao inquérito das fake news, ”STF se tornou o principal partido de oposição” e críticas à decisão que tornou Luiz Inácio Lula da Silva (PT) novamente elegível, a toada do evento foi de crítica ao Supremo Tribunal Federal e ao Judiciário de modo geral.

As falas ocorreram no ”Fórum Segurança Jurídica”, organizado pelo Instituo Unidos Brasil (IUB), que reúne empresários de diferentes setores e é liderado por Nabil Sahyon, presidente da Associação de Lojistas de Shopping Centers (Alshop). Participaram o advogado Ives Gandra Martins e o ex-ministro do STF Marco Aurélio Mello.

Advogado e professor emérito da Universidade Mackenzie, Gandra tem se destacado nos últimos anos por posicionamentos polêmicos, como a defesa de que o artigo 142 da Constituição permitiria uma intervenção das Forças Armadas em caso de conflito entre os Três Poderes. Recentemente também foi criticado ao defender o indulto concedido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), condenado pelo STF.

”O maior partido de oposição passou a ser o Supremo Tribunal Federal, porque a oposição perde, recorre e ganha respaldo”, disse Gandra ao citar nominalmente o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), cujo partido já acionou o STF diversas vezes contra ações do governo Bolsonaro.

Gandra disse que chama isso de influência do Poder Judiciário, que deveria, ao invés de tomar as decisões, apontar que os temas levados à corte seria função exclusiva do Legislativo. Foi fortemente aplaudido. Ao final, os organizadores entregaram uma homenagem a Gandra.

Antes disso, Sahyon incentivou os presentes a divulgarem as ideias disseminadas nas falas dos palestrantes ”para seus milhões de seguidores” nas redes sociais. Compareceram ao evento cerca de 300 pessoas, entre empresários e entidades convidadas.

”Colocar esse vídeo no Brasil inteiro porque são os especialistas, são os patriotas que estão defendendo a mudança deste país”, disse Sahyon. A mesa foi dividida com a procuradora federal Thaméa Danelon, e a moderação foi feita pelo jornalista William Waack.

Gandra disse ainda que, apesar de considerar que os atuais ministros do Supremo têm qualidades e valores, espera que o tribunal volte a ser como era até 2002. Ainda que sem citar Lula, neste ano ocorreram as primeiras indicações do então presidente, que ao todo pode fazer oito nomeações na corte.

”Eu tenho um sonho ainda que voltaremos a ter o Supremo que era o Supremo até 2002, quando em único mês tivemos aposentadoria de três ministros”, disse. ”Isso ao meu ver foi traumático.”

Ao falar sobre o petista, Gandra disse que não tratava do mérito do processo, mas criticou o modo como a decisão que resultou na soltura foi tomada e disse que ao resgatar Lula como candidato para concorrer com Bolsonaro, o Supremo teria inviabilizado a terceira via.

”Se nós não tivéssemos o resgate da candidatura do presidente Lula, talvez nós tivéssemos uma terceira via viável”, disse defendendo que a decisão gerava insegurança jurídica.

”Independente das razões que levaram o Supremo a tomar essa posição, mas houve um impacto direto [na política], e ao mesmo tempo uma sensação para o povo que não entende direito, de como é que o Supremo quatro anos depois descobre que o juiz era incompetente?”

Na sequência, atribuiu o recuo no combate à corrupção à decisão do tribunal, sem mencionar interferências do governo Bolsonaro. ”Aquele resgate terminou eliminando uma operação Lava Jato que, com os excessos que houve, tinha colocado o Brasil numa espécie de vitrine para o mundo inteiro.”

”Agora, os senhores que são empresários sabem disso, um dos problemas que o Brasil está tendo para entrar na OCDE, é que a OCDE parte do princípio que nós não queremos mais combater a corrupção”, disse, sendo aplaudido em seguida.

Ele também criticou o inquérito das fake news, que chamou de inquérito do fim do mundo, e a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), sem citar a corte, que determinou a desmonetização de canais conservadores.

Em seu discurso, Marco Aurélio evitou fazer críticas específicas e contundentes, mas na parte de perguntas também chamou o inquérito das fake news de ”inquérito do fim do mundo” e disse que ainda tinha esperanças na terceira via.

”Vamos acreditar e esperar realmente dias melhores e ver onde chegará esse inquérito, que é o inquérito do fim do mundo”, afirmou. ”Se mostrou um inquérito que foi instaurado pela própria vítima, o Supremo, quando nós sabemos que inquérito é instaurado pela autoridade policial e não pela vítima em si” disse, também sendo aplaudido.

E em referência à fala de Gandra sobre as eleições, Marco Aurélio finalizou: ”Permita-me ainda, mestre Ives Gandra, dizer que, a partir da esperança, não tenho como morta a terceira via.”

Anteriormente houve uma mesa com o ex-advogado-geral da União Luís Inácio Adams e o juiz federal Marlos Melek, que tratou de temas econômicos, como reforma trabalhista, tributação e liberdade econômica.

As empresas presentes ao evento não necessariamente integram o IUB. De acordo com o vice-presidente do grupo, Antônio Castilho, o grupo conta com mais de 300 apoiadores. Não há, porém, uma lista pública de membros ou associados.

Entre as apoiadoras que são públicas estão a transportadora Braspress, a empresa Multiplan, o escritório de advocacia Nelson Willians e o grupo Guararapes, que inclui a rede Riachuelo e tem o empresário Flávio Rocha como presidente do conselho.

Entre outros, compareceram nesta quinta o empresário Urubatan Helou, da Braspress; Ari Bolonhezi, da Home Doctor e Vander Giordani, da Multiplan.

O evento ocorreu no Clube Atlético Monte Líbano, na região de Moema, zona sul da capital paulista.

De acordo com a organização do evento, estiveram presentes membros da Associação Paulista de Supermercados (Apas) e também de comerciantes. Um dos participantes era Alfredo Cotait Neto, político do PSD e que é o atual presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB). Também foram ao evento Marco Bertaiolli (PSD-SP), que falou sobre a frente parlamentar do empreendedorismo, Joaquim Passarinho (PL-PA), Alexis Fonteyne (Novo-SP) e ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles.

De acordo com o grupo, o propósito do IUB é reduzir o contencioso judicial no Brasil, especialmente à luz de novas legislações aprovadas, como a Lei da Liberdade Econômica e marcos regulatórios.

Ana Luiza Albuquerque/Folhapress

Estados alertam que liminar do ICMS pode encarecer diesel; governo tenta nova mudança

/ Economia

Governos estaduais e distribuidoras de combustíveis alertam que a decisão judicial de suspender a aplicação dos descontos aplicados pelos estados sobre a alíquota máxima de R$ 1,006 sobre o diesel pode surtir efeito contrário ao desejado, elevando o preço do combustível nas bombas. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu liminar atendendo pedido do governo federal contra a manobra dos estados para regulamentar a nova lei do ICMS dos combustíveis.

De outro, o governo federal quer usar a decisão para forçar uma mudança no convênio do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) que estabeleceu a alíquota uniforme. O Ministério da Economia, que preside o colegiado, convocou uma reunião extraordinária para esta quinta-feira (19) para debater o tema com os estados.

Como a maior parte dos estados pratica valores menores, a adoção dessa alíquota representaria aumento da carga tributária média sobre o combustível, que bateu na semana passada recorde histórico ao atingir o preço médio de R$ 6,847 por litro. O Comsefaz (Comitê Nacional de Secretários da Fazenda, Finanças, Receitas ou Tributação dos Estados e Distrito Federal) estima, em nota técnica, que a alta média pode ultrapassar os R$ 0,20 por litro em algumas regiões, caso a decisão seja mantida.

Segundo integrantes do governo, a AGU foi alertada sobre o risco de pedir a suspensão apenas dos descontos, sem questionar a alíquota. No entanto, o órgão jurídico do governo tem um entendimento de que a decisão do ministro André Mendonça leva os estados a rediscutir o convênio.

De acordo com fontes a par das discussões, a intenção da Economia é que os governos estaduais substituam a alíquota máxima de R$ 1,006 por litro do diesel por uma alíquota ad valorem (porcentual sobre o preço) calculada sobre a média dos preços dos últimos 60 meses.

Essa é exatamente a regra de transição incluída pelo Congresso para vigorar em 2022, caso os estados não tivessem agilizado a regulamentação da lei. Representantes dos estados alegam que não há mais sentido em falar em período de transição, pois o Confaz já publicou convênio com as regras definitivas do setor. O texto diz que a média seria aplicada ”enquanto não disciplinada a incidência do ICMS nos termos dessa lei”.

Caso não haja avanço, a AGU também está sendo aconselhada a aditar o pedido feito ao STF para incluir a suspensão da alíquota em si.

Manipulação de emendas ao Orçamento da União chega à Bahia e beneficia deputados, diz site

/ Bahia

Uma lista com as emendas parlamentares e de bancada referentes a recursos alocados somente pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) na Bahia à qual o site Política Livre teve acesso com exclusividade está causando uma grande discórdia na bancada baiana em Brasília.

O senador Angelo Coronel (PSD) e os deputados federais Adolfo Viana (PSDB), Claudio Cajado (PP), João Roma (PL) e Leur Lomando Jr (UB) são os campeões na destinação dos recursos quando consideradas emendas individuais de 2019 e 2020 e de bancada de 2021.

No total, os parlamentares baianos somam R$ 212,8 milhões em recursos nesse período, o que levantou questionamentos nos colegas sobre o motivo pelo qual eles estão sendo privilegiados em detrimento dos demais nas destinações de recursos do Orçamento da União.

Mas o que mais tem chamado a atenção, no entanto, é que até deputados estaduais, como o petista Júnior Muniz e Dal (UB), foram contemplados pelo órgão do governo federal. Para parcela dos congressistas da Bahia, isso demonstra o descontrole escandaloso a que está submetido o Orçamento na gestão Jair Bolsonaro (PL), o que já vem sendo denunciado há muito tempo pelos jornais.

Coronel, por exemplo, que lidera a lista com o maior volume orçamentário previsto, tem R$ 48,8 milhões em emendas próprias, das quais R$ 13,7 milhões foram executados. Considerando as emendas de bancada, o senador teve ainda, em 2021, R$ 2,97 milhões, dos quais R$ 267,7 mil ainda não foram repassados.

O senador do PSD baiano ainda aguarda a execução de R$ 35,4 milhões somente referentes ao DNOCS. Mas o campeão de emendas executadas é tucano Adolfo Viana. Ele conseguiu que fossem pagas 93% das emendas – somadas tanto as individuais quanto as de bancada.

Dos R$ 49,3 milhões que conseguiu, o deputado federal aguarda somente a liberação R$ 3,4 milhões. Adolfo é o que os colegas, de forma irônica, estão chamando de ‘sortudo’! Em seguida, em volume de recursos previstos, vem Claudio Cajado (PP) com R$ 24,9 milhões entre individuais e de bancada.

O progressista ainda aguarda a execução R$ 13,04 milhões. Pré-candidato bolsonarista ao governo estadual, o deputado federal João Roma (PL) já teve 71% de suas emendas pagas orçadas em R$ 19,99 milhões. Após Roma, vem Leur Lomanto Jr (UB), com R$ 18,4 milhões em emendas previstas, das quais 75% já foram executadas.

O pré-candidato ao Senado, Cacá Leão (PP), só teve 8% de emendas executadas de um total de R$ 9,9 milhões de emendas individuais.

Emendas até para os estaduais

Deputados estaduais – uma incongruência, já que se trata de Orçamento da União – também foram agraciados com emendas do DNOCS, segundo a lista a que o site Política Livre teve acesso. O deputado estadual Paulo Câmara (PSDB), que vem associado ao nome do ex-deputado e ex-ministro Antonio Imbassahy, teve 88% de um total de R$ 2,1 milhões liberados.

Por sua vez, o deputado estadual Dal, que teve o nome associado aos deputados federais Ronaldo Carletto (PP) e Tito (Avante), já conseguiu ver executadas R$ 1,3 milhão do total orçado (R$ 1,9 milhão).

Até Júnior Muniz, que migrou do PP para o PT, partido que faz uma oposição ferrenha ao bolsonarismo, teve 97% dos R$ 3,31 milhões executados. Os ”padrinhos” das emendas para o ex-filiado ao PP são Leur Jr. e outros dois identificados como ”Erivelton” e ”Lúcio”.

Nada liberado

Por outro lado, deputados de oposição ao governo federal não tiveram ainda nenhum recurso de emendas liberadas referentes ao DNOCS. É o caso de Jorge Solla (PT), com R$ 301,7 mil; Lídice da Mata (PSB), com R$ 477 mil; e Marcelo Nilo (Republicanos), com R$ 1,49 milhão. Nilo, no período de destinação das emendas de bancada, estava na oposição, no PSB.

Também na oposição ao governo federal, o deputado federal Otto Filho (PSD), cujo pai, Otto Alencar (PSD), é candidato à reeleição ao Senado na chapa do petista Jerônimo Rodrigues, tem um total de R$ 15,9 milhões em emendas, mas só viu serem executados 9% desses recursos.

Professores da rede municipal de Salvador iniciam greve a partir desta quinta-feira

/ Educação

Cerca de 7.600 professores da rede de ensino municipal de Salvador iniciaram, na manhã desta quinta-feira (19), uma greve por tempo indeterminado. Entre as reivindicações da categoria, está o reajuste do piso salarial. A categoria pede 33,4% de reajuste.

Os professores vão se reunir às 9h desta quinta-feira (19),  na Praça Municipal. A greve foi aprovada pela categoria em assembleia realizada no último dia 16 de maio. Os professores reivindicam 33,4% de reajuste, mas a prefeitura ofereceu 6%.

 A paralisação das atividades das  vai impactar mais de 163 mil alunos e 429 escolas da rede municipal. A última greve dos professores municipais aconteceu em 2015, também com o pleito de reajuste salarial.

Prefeitura de Jequié inicia nova etapa do programa de castração de cães e gatos no município

/ Jequié

Nova etapa do programa foi iniciada ontem. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica, deu início, nesta quarta-feira (18), à nova etapa do programa de castração gratuita de cães e gatos que é executado pelo castramóvel, equipamento instalado na Praça da Bíblia, no bairro Jequiezinho, em local de fácil acesso para a população, fazendo parte das ações municipais de fortalecimento das estratégias de saúde para o controle da leishmaniose e da população de animais.

Para participar, os tutores dos animais devem fazer um cadastro na unidade de Saúde, conforme cronograma em anexo, tendo em mãos o RG; CPF; comprovante de residência; Cartão SUS; Nº do NIS; e o comprovante de renda de todos os membros da família, com soma de até três salários mínimos, sendo estas as condicionantes para a participação no programa. De acordo com o médico veterinário e responsável técnico, Neilton Sérgio Bitencourt Rotondano, para serem submetidos à cirurgia, os animais devem ter no mínimo cinco meses e, no máximo, sete anos de idade, com peso máximo de seis quilos, no caso dos gatos, e 15 quilos para os cães.