São João: Bell Marques, Safadão, Zé Felipe, Rafa e Pipo Marques se apresentam no Forró do Lago

/ Entretenimento

Bel será uma das atrações do Lago. Foto: Foto Fabio Cunha

O Forró do Lago 2022 anunciou nesta quarta-feira (20) a grade completa de atrações para a edição da festa deste ano que acontecerá no dia 25 de julho, em Santo Antônio de Jesus, no Villa Music. 

Além do cantor Bell Marques, anfitrião da festa, o evento também contará com shows de Wesley SafadãoZé FelipeRafa e Pipo Marques e Limão com Mel. 

A festa obedecerá aos protocolos exigidos pelos órgãos competentes em combate ao Covid-19. Para ter acesso ao local será obrigatório apresentar a carteira de vacinação constando as duas doses do imunizante.      
Os ingressos estão à venda e podem ser adquiridos na Central do Carnaval e Ticketmaker. 

A Serra do Mutum e seus antigos problemas; mais um acidente provocou transtornos na BR-116

/ Trânsito

Acidente envolveu cinco veículos na Serra do Mutum. Foto: BMFrahm

A Viabahia possui desde 2009 a concessão, por 25 anos, das BRs 116 (Feira de Santana-divisa Bahia/Minas Gerais) e 324 (Feira de Santana-Salvador) com cronograma de obras atrasadas, inclusive a duplicação da BR-116, entre os municípios Jaguaquara e Jequié, um dos trechos mais perigosos da região Sudoeste do Estado, considerado palco de graves acidentes.

Apesar do alargamento da pista, os usuários alegam que a via ficou sem acostamento depois das últimas intervenções. O número de acidentes até diminuiu em comparação com anos anteriores, mas as colisões não deixam de acontecer.

Na sexta-feira (22), uma colisão entre cinco veículos na altura do KM 644, trecho da Serra do Mutum provocou a interdição total da estrada por cerca de 1h50, conforme informou a Polícia Rodoviária Federal ao Blog Marcos Frahm. Desta feita, não houve registro de vítima fatal.

Professor, deputado Euclides diz que prefeito Soya faz uma ”revolução na Educação” em Maracás

/ Educação

Euclides destaca inaugurações em Maracás. Foto: Divulgação

Professor, o deputado estadual Euclides Fernandes enalteceu o trabalho da Prefeitura de Maracás na Educação do Município, com entregas de creches de período integral e escolas revitalizadas nos últimos dias.

Presente na inauguração da Creche Helena Meira, no Povoado de Porto Alegre, área rural, nesta sexta-feira (22), o parlamentar disse que Maracás recebeu importantes presentes na semana do seu aniversário, 167 anos de emancipação político-administrativa completados na terça-feira (19) e que o prefeito Soya faz revolução na Educação.

Euclides disse ainda ter ficado encantando com a estrutura da Creche entregue em Porto Alegre, fruto de parceria da gestão municipal com a mineradora Largo Brasil, que cedeu um galpão antes utilizado pela empresa para que a Prefeitura fizesse a instalação do estabelecimento de ensino: ”Muito feliz e encantando com essa inauguração, com esse presente que Maracás está recebendo. Certamente, é um acontecimento que vai ser importante para os jovens estudantes de Porto Alegre. Como educador, reconheço o trabalho do prefeito Soya, que está fazendo uma revolução na Educação pública de Maracás”, destacou.

Antes do aro inaugural na zona rural, a Prefeitura havia inaugurado na cidade a Creche Fernando Oliveira de Carvalho, que acolhe 103 crianças, também em período integram e reinaugurou o Colégio Normal de Maracás.

Prefeitura de Maracás e Vanádio entregam Creche de Tempo Integral no povoado de Porto Alegre

/ Educação

Creche é inaugurada no Povoado de Porto Alegre. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Maracás, em parceria com a Largo Brasil, mineradora que explora o Vanádio no Município, entregou, de forma oficial, na sexta-feira (22) as instalações de uma creche que irá atender crianças carentes do Povoado de Porto Alegre, na área rural, funcionando em tempo integral, a partir da próxima semana.

A obra foi executada, através de uma empresa contratada pela mineradora, que atendeu as solicitações da Prefeitura, para a transferência da Creche Helena Meira, que funcionava na localidade, mas num espaço considerado inadequado para acolher alunos e professores no estabelecimento de ensino infantil, diante da estrutura física.

A empresa cedeu um galpão antes utilizado como sede para a instalação do estabelecimento de ensino: ”Mais um sonho realizado, mais uma etapa concluída com muito esforço, dialogo e dedicação. Agradecemos a Largo, aos secretários municiais, inclusive Adineide Novaes, titular da Educação, sempre empenhando-se conosco na busca de melhorias para a Educação pública do nosso Município. Essa é a terceira creche que nós estamos colocando para funcionar em período integral. É maior obra de um governo é cuidar das pessoas e investir nas futuras gerações”, comentou o prefeito Soya Novaes, durante visita a Porto Alegre, na companhia de secretários municipais, do vice-prefeito Samuel Nascimento, de representantes da Largo e do deputado estadual Euclides Fernandes.

Ainda segundo o gestor, o prédio onde funcionava a Creche na comunidade será usado para ampliação de um posto de saúde anexo.

Ainda em Porto Alegre, Prefeitura entregou escola ampliada

 Soya também entregou, na mesma localidade, através da Secretaria da Educação a Escola Luiz Braga, totalmente revitalizada e ampliada, com investimento de mais de R$ 391 mil do Município, para atender alunos do ensino infantil, do ensino médio e a turma do EJA.

Para o prefeito, a Educação é a porta de esperança para a juventude. ”A educação é a porta da esperança para crianças e jovens. É a porta da construção de cidadania, de combate às desigualdades sociais e, por isso, a maior bandeira do nosso governo foi para construirmos políticas públicas e sociais em todas as áreas, mas, especialmente, mirando esse fator de desenvolvimento. Estamos muito felizes em ver tantos resultados deste trabalho em Porto Alegre”, destacou.

Jequié: Homicídio, roubo de celulares, tentativa de homicídio, veículo veículo recuperado pela PM

/ Jequié

HOMICÍDIO: Por volta das 18h17 de sexta-feira (22) as gaviões 1910, 1942 e 1948 foram deslocadas no Jequiezinho na Rua Gildélito Ferraz para averiguarem denúncia de disparos de arma de fogo no local. Ao chegarem foi localizado um homem alvejado na cabeça sem sinais vitais sendo acionada a equipe do Samu que constatou o óbito e o DPT para realizar o levantamento cadavérico. Segundo populares um homem a pé não identificado teria realizado os disparos e evadido em seguida.

ROUBO: Por volta das 18h46, a Gavião 1938 foi deslocada na Cidade Nova, na Rua São João, onde mantiveram contato com duas vitimas que informaram que foram abordadas por um elemento a pé que subtraiu seus aparelhos celulares evadindo em seguida. Foi realizada ronda porém o autor não foi localizado. As vitimas foram orientadas a registrar queixa na delegacia.

VEICULO RECUPERADO: Por volta das 20h a gavião 1930 em rondas pela Caixa d’água percebeu que um elemento ao avistar a viatura empreendeu fuga a bordo de uma motocicleta Honda CG preta sem placa policial sendo realizado o acompanhamento e detido pela guarnição. O condutor juntamente com o veiculo foram encaminhados ao complexo policial onde após consulta do chassi foi identificada a placa NYL 1144 que possuía restrição de roubo/furto sendo o mesmo autuado em flagrante por receptação.

BALEADO: Por volta das 23h47, a gavião 1903 foi deslocada Ao Km 4 na Rua do Mocó para averiguar denuncia de um baleado em uma residência. Ao chegarem foi constatado e mantido contato com a vitima sendo acionado o Samu para realizar o atendimento médico. Segundo as informações, a vítima, estaria em um beco nas proximidades de sua residência quando foi alvejado por um individuo não identificado que evadiu do local. A vitima foi alvejada com um tiro no braço direito, 01 tiro no tórax e 01 tiro na coxa direita sendo encaminhado ao HGPV. Com informações do Jequié Repórter

Vale do Jiquiriçá: Ex-vereador e empresário de Laje morreu após acidente com moto na BR-101

Valdir Mota Maia morreu aos 59 anos de idade. Foto: Reprodução

O empresário e ex-vereador do município de Laje, Valdir Mota Maia, de 59 anos, morreu após sofrer um acidente na BR-101, na noite de sexta-feira (22).

Segundo informações do site Criativa Online, o acidente aconteceu próximo a Fábrica de Artesanatos, quando a motocicleta pilotada por ele colidiu contra uma carreta. ‘Valdir do Gás’, como era conhecido popularmente, morreu na hora.

O corpo do político foi levado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Antônio de Jesus para necropsia. O velório acontece na Câmara de Vereadores de Laje neste sábado, 23, e o sepultamento está marcado para às 17h no cemitério local.

Filiado ao Partido Trabalhista Cristão (PTC), Valdir foi vereador do município entre 2013 e 2016, juntamente com a ex-prefeita Eliene Batista, que faleceu na última terça-feira, 19, em um hospital de Salvador. Em 2016, ele concorreu às eleições para o cargo de prefeito, mas não conseguiu se eleger.

Valdir, que tinha um estabelecimento comercial conhecido na região, era casado e deixou dois filhos. A Prefeitura Municipal de Laje decretou Luto Oficial de três dias neste sábado, devido a morte do ex-vereador.

Acidente no sul da Bahia deixa motorista preso às ferragens na BR-415, entre Ilhéus e Itabuna

/ Trânsito

Ocupantes do veículo foram levados a hospitais da região Foto: CBMBA

Uma batida entre um ônibus e um carro de passeio, na manhã deste sábado (23), deixou o motorista do veículo menor preso às ferragens. O fato aconteceu na BR-415, que liga as cidades de Ilhéus e Itabuna, no sul da Bahia.

No carro, havia um segundo passageiro, mas que não teve ferimentos aparentes, assim como os ocupantes do ônibus. Agentes do Corpo de Bombeiros foram deslocados até a região para fazer a remoção. Na ocasião, utilizaram equipamentos como tesoura, expansor e macaco hidráulico (kit desencarcerador). Durante todo o processo os bombeiros conversaram com o homem para que o mantivessem tranquilo.

Após executar o processo, a vítima foi deixada sob os cuidados de equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que realizou os primeiros atendimentos. Os ocupantes do veículo menor foram levados para o Hospital de Base de Itabuna e para o Hospital Calixto Midlej Filho, respectivamente. Após a retirada das vítimas do local, os bombeiros realizaram a limpeza da pista para evitar outros acidentes. Com informações do A Tarde

Mangueira de gás rompe e cozinheira sofre queimaduras quando preparava merenda escolar

/ Bahia

O caso ocorreu na cidade de Barra, Oeste. Foto: Reprodução/TV Oeste

Uma cozinheira, identificada como Marli Rabelo dos Santos, de 55 anos, teve 22% do corpo queimado, na quinta-feira (21), durante um incêndio causado pelo rompimento da mangueira do gás, na Escola Municipal Jonas Araújo, na cidade de Barra, no oeste da Bahia.

De acordo com a secretária de Educação do município, Vanúsia Dourado da Silva, a cozinheira preparava a merenda escolar quando foi atingida pelas chamas. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e servidora foi encaminhada para um hospital, onde está internada.

Ainda de acordo com a secretária, havia cerca de 300 alunos na instituição no momento do ocorrido. Alguns deles foram atendidos pelo Samu, porque ficaram abalados com a situação, no entanto, dois precisaram ser encaminhados para um hospital para uma avaliação mais detalhada. Eles já receberam alta médica.

Além disso, um das educadoras da escolas, que estava próxima à cozinha, teve uma pequena queimadura no pé. Ela foi liberada após o atendimento.

Segundo informações da filha da cozinheira, a equipe médica mudou a medicação dela, porque a queimadura do braço esquerdo foi mais intensa. Marli tem reagido bem ao tratamento, mas ainda não tem previsão de alta médica.

As aulas foram suspensas no colégio e devem ser retomadas na próxima segunda-feira (25), segundo informações da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer.

A Defesa Civil do município, juntamente com a equipe de infraestrutura, fizeram uma vistoria no local e realizaram ajustes para melhorias do espaço.

Além disso, o local onde será colocado o botijão de gás será reestruturado, para que todas as normas técnicas sejam cumpridas, e o fogão será trocado. Com informações do G1

Bahia registra 508 novos casos de Covid-19 e três mortes pela doença nas últimas 24h

/ Bahia

A Bahia registrou 508 novos casos de Covid-19 e três mortes pela doença nas últimas 24h, segundo o boletim epidemiológico deste sábado (23), divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab).

O número de casos ativos de Covid no estado está em 374, reforçando a tendência de queda na curva de novos infectados pela doença.

Desde o início da pandemia, 1.541.055 casos foram confirmados e 29.834 pessoas morreram por causa da doença.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto está em 17%, ou seja, 67 dos 390 leitos estão ocupados. Já a UTI pediátrica está com 35 dos 43 leitos ocupados, o que corresponde a 81% de ocupação.

”Aqui não tem ambição pessoal, aqui não tem projeto individual”, diz Jerônimo em Valença

/ Política

Jerônimo e Geraldo visitaram a cidade e Valença. Foto: Divulgação

Pré-candidato do PT ao governo do estado, Jerônimo Rodrigues esteve em Valença, no baixo sul da Bahia, neste sábado (23), em mais uma plenária do seu Programa de Governo Participativo.

”Aqui não tem ambição pessoal, aqui não tem projeto individual. Aqui tem projeto de Bahia, tem projeto de Brasil. Esse time aqui conhece a Bahia, já trabalhou pela Bahia, tem marcas pela Bahia”, declarou o ex-secretário de Educação, à plateia.

O evento contou também com a participação do pré-candidato a vice-governador, Geraldo Júnior (MDB) e do senador Otto Alencar (PSD), que disputará a reeleição, além de prefeitos, deputados, vereadores, lideranças políticas e representantes da sociedade civil organizada.

Em seu discurso, Jerónimo enalteceu o encontro e citou feitos da gestão do governador Rui Costa (PT), à qual pretende dar continuidade. ”A plenária é para isso. Para animar e aquecer, mas também para orientar o levantamento de propostas. Teremos em alguns meses a Ponte Salvador x Itaparica, que vai interferir muito na economia positivamente da região, irá interferir no meio ambiente, e o território precisa pensar ideias sobre isso. Temos um turismo forte e é para isso que serve o PGP, para escutar a população”, disse o pré-candidato.

“A Bahia vive problemas sérios que os governos do PT não tiveram capacidade de resolver”, diz ACM

/ Política

ACM visitou o município de Boa Nova. Foto: Assessoria

O pré-candidato a governador ACM Neto (União Brasil) afirmou nesta sexta-feira (22), em Boa Nova, no Sudoeste baiano, que o Estado vive problemas muito sérios que os governos do PT não tiveram capacidade de resolver ao longo de quase 16 anos. Durante evento político no município, ele ainda ressaltou que, se chegar ao governo, vai trabalhar por todos os 417 municípios do Estado.

”Eu tenho honestidade de afirmar que coisas boas foram feitas e serão mantidas. Eu tenho a coragem de dizer que a Bahia vive problemas muito sérios e que eles não tiveram capacidade de resolver em 16 anos. Já é tempo suficiente, já é tempo bastante, agora é hora da gente caminhar numa outra direção”, destacou.

Entre os problemas, Neto voltou a citar a segurança pública, área em a Bahia lidera o ranking de homicídios, e a educação, na qual o Estado tem o pior ensino médio do Brasil, de acordo com o IDEB. Ele ainda pontuou os problemas da fila da regulação e da falta de oportunidades de emprego para jovens.

”Quantos são obrigados a sair da Bahia para ter a oportunidade de estudar e conseguir um emprego e assim realizar os sonhos das suas vidas?! Pois eu quero que essa história mude. A Bahia tem que ser o estado das oportunidades. O emprego tem que chegar no interior. É preciso ter um olhar mais atento e para isso portanto concentrar os investimentos do estado nas cidades do interior. Se Deus me der a chance de ser governador, eu vou trabalhar por todos os 417 municípios da Bahia”, disse.

Pré-candidato a governador, Roma promete ciclofaixa na rodovia Itabuna-Ilhéus e rodoanel de Feira

/ Política

Roma vai disputar o Governo da Bahia. Foto: Foto: Max Haack

O pré-candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma, prometeu que será implantada a ciclofaixa na rodovia Jorge Amado, que liga Itabuna a Ilhéus. ”O projeto está sendo desenvolvido para a implantação da ciclofaixa em pouco tempo”, afirmou Roma em entrevista ao programa Frequência Política, transmitido em rede pela Interativa FM e Rádio Difusora de Itabuna, neste sábado (23).

Para Roma, o trânsito entre as duas importantes cidades do Sul da Bahia já está muito melhor do que antes. ”O povo de Itabuna e Ilhéus vivia da promessa do PT. Precisou Bolsonaro chegar para a solução também chegar”, disse o pré-candidato, que esteve na localidade com o então ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, vistoriando a ampliação da rodovia.

Segundo o pré-candidato bolsonarista, em décadas de poder, o PT deixou de legado aos baianos ”verdadeiros monumentos ao descaso”. ”Tendo o presidente e o governador, o PT não duplicou os trechos baianos das BRs 101 e 116 nem botou a Fiol nos trilhos, imprescindíveis ações para o desenvolvimento social e econômico de nosso estado’.

Agenda 

Roma informar que, na próxima segunda-feira (25), estará com o novo ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, vistoriando as obras do rodoanel de Feira de Santana. ”Essa é outra obra importante na Bahia que o presidente Bolsonaro está tirando da gaveta e executando de verdade. Não vai ficar mais na propaganda do PT”.

Roma reiterou o compromisso do presidente Bolsonaro na busca da reparação histórica com os produtores de cacau endividados. ”Os cacauicultores foram vítimas de desmandos e o presidente com o ministério da Agricultura está buscando uma solução para que a vocação agrícola da região avance”.

Teofilândia

Em Teofilândia, participando das comemorações do aniversário, de onde concedeu a entrevista por telefone, o ex-ministro da Cidadania destacou ainda o trabalho social do governo Bolsonaro na Bahia, estado onde há mais beneficiários do Auxílio Brasil.

”São mais de duas milhões de famílias baianas que recebem todo mês um mínimo de R$ 400 todo mês para sobreviver a falta de oportunidades legadas pelo governo petista. Na Bahia, há mais gente recebendo o Auxílio Brasil que com carteira assinada. De mãos dadas com o Brasil, vamos criar condições para atrair novos investimentos e dar um novo futuro à Bahia, com mais emprego, saúde, segurança e educação”, disse Roma, que, na tarde deste sábado, estará em Candeal, também comemorando o aniversário da cidade.

Filiada ao Republicanos, da oposição, prefeita tem reunião com Rui e anuncia apoio a Jerônimo

/ Política

A prefeita de Cachoeira anuncia apoio a Jerônimo. Foto: Divulgação

A prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga, se reuniu no final da tarde desta sexta-feira (22) com o governador Rui Costa (PT), em Salvador, e reafirmou seu apoio à pré-candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) ao Governo do Estado. A prefeita, que é filiada ao Republicanos, partido que faz oposição à gestão de Rui, fez elogios a Jerônimo e pontuou que a trajetória dos dois é parecida.

“A nossa parceria é uma demonstração clara de apoio. Estamos em parceria com o Governo do Estado. Jerônimo tem uma história de vida parecida com a minha, porque ele vem da agricultura familiar, eu também venho, e isso fortalece vínculos”, disse a prefeita, acrescentando que espera o retorno do pré-candidato ao município em breve.

Ainda na reunião com o governador, demandas importantes do município foram atendidas, como a pavimentação dos trechos que ligam a BA-420 às comunidades do Alto do Camelo e Saco e da Murutuba. ”Conseguimos também a revitalização do Campo da Manga, bastante utilizado por esportistas da cidade, equipamentos de saúde entre outras intervenções”, falou a prefeita.

A deputada estadual Fabíola Mansur (PSB) participou da audiência e exaltou a parceria da prefeita Eliana com o governador Jerônimo Rodrigues. ”É uma parceria que une duas pessoas populares, batalhadoras e simples, que são humildes e assumiram postos de gestão. Jerônimo, com sua brilhante atuação na Secretaria de Desenvolvimento Rural, que produziu o programa Bahia Produtiva, e a primeira mulher negra prefeita de Cachoeira”, falou.

Voto de Mendonça, do Supremo Tribunal Federal, fez Bolsonaro definir perdão a Daniel Silveira

/ Justiça

André Mendonça e Bolsonaro em 2020. Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente Jair Bolsonaro decidiu conceder perdão ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ) antes mesmo de o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar o parlamentar culpado e condená-lo a 8 anos e 9 meses de prisão. A decisão acabou tendo apoio de auxiliares mais próximos, incluindo o ex-ministro da Defesa general Braga Netto (PL), cotado para ser vice na chapa de Bolsonaro.

Na terça-feira passada, o presidente disse a dois interlocutores evangélicos, durante almoço no Palácio da Alvorada, que enfrentaria o Supremo por meio do ”indulto” individual. Pediu que eles mantivessem sigilo sobre seu plano.

O presidente tomou a decisão, segundo um desses aliados, após ser informado de que o ministro André Mendonça não iria mais pedir vista da ação, como era a expectativa no Palácio do Planalto e o que postergaria o julgamento.

O ministro e reverendo presbiteriano, que saiu das fileiras do governo para compor o STF por iniciativa de Bolsonaro e com forte apoio religioso, se tornou o principal alvo da militância bolsonarista depois de votar parcialmente a favor da condenação. O presidente também fora informado da inclinação dos demais ministros a condenar Silveira por ofensas e ameaças à democracia e aos integrantes da Corte.

No almoço, Bolsonaro justificou da seguinte forma a decisão de ”entrar na briga” com o Supremo no caso, por entender que o embate era consigo mesmo: ”O Congresso está sem força para reagir”, disse o presidente, segundo relato ouvido pelo Estadão. ”Acho que vão condenar e, em caso de condenação, eu vou dar a graça ao Daniel, porque esse precedente vai se estender contra a liberdade dos parlamentares”, teria dito Bolsonaro, ainda conforme o relato.

Na manhã da quinta-feira, em novo contato, um parlamentar da bancada evangélica tentou demover Bolsonaro da ideia e sugeriu que ele esperasse alguma resposta coletiva de sua base de sustentação na Câmara. O presidente rechaçou.

Bolsonaro reiterou que estava decidido a levar adiante a ideia do perdão, envolvendo-se pessoalmente na blindagem a Daniel Silveira, e que não acreditava em uma saída via Congresso. Avisou que, em questão de horas, o decreto estaria publicado.

Diante da confirmação da pretensão presidencial, um deputado com trânsito no Planalto disse ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que estava convicto de que Bolsonaro publicaria o decreto de perdão no mesmo dia. Alertou que, se a Câmara não se pronunciasse, ”perderia o bonde” da história. Lira, porém, nada fez. Ou quase isso.

Como o Estadão revelou, Lira recorreu na noite da condenação de Silveira, ainda durante o julgamento, pedindo à Corte que considerasse um pedido para que o Congresso tenha a palavra final sobre a perda de mandato de deputados e senadores, em vez de o Judiciário decretar a cassação ”automática”. Até a conclusão desta edição, o presidente da Câmara não havia se pronunciado em público.

Reunião

Àquela altura, Bolsonaro já vinha discutindo o caso com integrantes do governo. Ouviu ministros do Centrão, colaboradores do gabinete e ministros palacianos de origem nas Forças Armadas, além da turma jurídica do governo.

Na quinta, convocou os auxiliares ao Palácio da Alvorada novamente pela manhã. Estavam presentes, entre outros, o ministro da Secretaria de Governo, Célio Faria Junior, e o almirante Flávio Rocha, da Secretaria de Assuntos Estratégicos. Eles discutiram os argumentos jurídicos e o embasamento que citariam na minuta do decreto, publicado em edição extra do Diário Oficial da União, no início da noite. Um dos consultados foi o general Braga Netto. Ele defendeu que o presidente deveria dar uma “resposta” ao Supremo.

Ministros parlamentares preferiam outro caminho. Houve quem defendesse que o presidente não reagisse. Mas prevaleceu a decisão apoiada por militares do Palácio do Planalto, de ser mais “incisivo”, usando prerrogativas constitucionais.

Um dos ministros, o titular da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, disse que o presidente concedeu o perdão ”conforme previsto na Constituição”.

*por Felipe Frazão / Estadão