Faleceu no Hospital Prado Valadares mulher que foi atropelada por caminhão ao conduzir moto

/ Jequié

Vítima estava internada no HGPV. Foto: Blog Marcos Frahm

Faleceu, neste sábado (9), no Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, Rosana Pires de Holanda, vítima de acidente entre uma motocicleta e um caminhão na Avenida João Goulart, no bairro Jequizinho, na última quinta-feira (7).

Segundo informações, Rosana, que já atuou como servidora do HGPV e trabalhava atualmente na Pousada Trevo, no bairro KM 4 quando saiu do local de trabalho em direção a sua residência em uma moto Honda Pop e acabou atropelada por um caminhão gaiola, cujo motorista fugiu do lugar sem prestar socorro a vítima, que foi socorrida ao Hospital, tendo permanecido na UTI da unidade hospitalar até hoje, depois de sofrer várias fraturas.

Circula na internet um vídeo em que aparece o caminhão envolvido no acidente, e que não foi encontrado. Na rede social, moradores de Jequié lamentam o ocorrido.

Policiais da Cipe Central em Jequié recebem instruções sobre primeiros socorros, em 1ª etapa

/ Jequié

Ação ocorreu na sexta-feira (8). Foto: Divulgação: SSP

A Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Central finalizou a primeira etapa de capacitação em atendimento pré-hospitalar (APH) de nível básico em combate, nesta sexta-feira (8), na Base Onça, sede da unidade, na cidade de Jequié. A capacitação foi iniciada na quinta-feira (7).

Os policiais passaram por técnicas de aprimoramento para conter hemorragia massiva, manter as vias aéreas funcionando, como lidar com situações como hipotermia, entre outras situações. O curso tem o objetivo de treinar os policiais para saberem como agir com celeridade e qualidade em caso de ferimentos nas operações, não somente dos policiais, e contou com a participação de dois monitores da Cipe Litoral Norte.

O major Ricardo Silva, comandante da unidade, contou que todos os policiais passarão pela capacitação e que a próxima turma está prevista para o mês de maio. ”Esse é um dos pilares do nosso comando, aprimorando nossas tropas e fortalecendo as técnicas. É uma atividade voltada a todo público interno, todos os nossos militares realizaram a capacitação”, finalizou.

Jequié: Guarda Municipal teria encontrado entorpecente sendo levado em ônibus escolar

/ Jequié

Ação ocorreu no Centro Educacional Landulfo Caribé. Foto: PMJ

Com o retorno das aulas presenciais, aumentou o fluxo de pessoas no entorno das escolas e como forma de garantir a ordem e a segurança dos estudantes e comunidade escolar a Guarda Municipal vem intensificando o patrulhamento escolar nas áreas onde estão localizadas as escolas tanto na sede quanto na zona rural do Município. Na noite de quinta-feira (7abril22), a ação foi realizada no entorno do Centro Educacional Landulfo Caribé no distrito de Florestal. A iniciativa busca preservar a integridade dos alunos e a proteção de bens, serviços e instalações públicas municipais.

Entre os procedimentos adotados, foram feitas abordagens a veículos e, após apurar algumas informações recebidas, os agentes montaram campana e fizeram uma abordagem em um dos ônibus escolares que transporta estudantes das localidades rurais até o distrito. Neste carro foi identificado um suspeito portando porções de maconha e porções de um material semelhante à cocaína que, segundo o mesmo, seriam para seu uso. O indivíduo foi detido e conduzido à Delegacia Territorial de Jequié.

”A Guarda Municipal vem atuando firmemente, com o nosso patrulhamento e monitoramento nas áreas escolares, visando preservar, não somente os prédios públicos, mas principalmente, jovens e crianças do Sistema Municipal de Ensino.”, disse o comandante da Guarda Municipal, Valdinelio Santos Barros.*por Souza Andrade

Após dois anos, Bahia tem menos de mil casos ativos de Covid, informa o boletim da SESAB

/ Bahia

Depois de dois anos, o boletim epidemiológico de Covid-19 registra menos de mil casos ativos de Covid-19 na Bahia, ao todo são 953. A última vez que esse patamar havia sido registrado foi em 20 de abril de 2020, quando foram 979 casos ativos. Nas últimas 24 horas, foram registrados 476 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,03%) e 524 recuperados (+0,03%) e mais 6 óbitos. Dos 1.536.763 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.506.042 já são considerados recuperados e 29.768 tiveram óbito confirmado.

A secretária da Saúde do Estado, Adélia Pinheiro, alerta que para que os números da doença continuem reduzindo é preciso o avanço da vacinação. ”Cerca de 90% da população baiana com 12 anos ou mais já iniciaram o esquema vacinal, mas há muitas pessoas ainda em atraso para completar o esquema vacinal. São 4,1 milhões de pessoas que não buscaram os postos de saúde para tomarem a segunda dose ou a dose de reforço [terceira dose]”, afirma.

Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.827.857 casos descartados e 329.825 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado. Na Bahia, 63.055 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação
Até o momento temos 11.449.927 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.538.629 com a segunda dose ou dose única e 5.075.145 com a dose de reforço. Do público de 5 a 11 anos, 836.514 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 224.016 já tomaram também a segunda dose.

”‘Rui Costa vai investir o quê em cultura?”, provoca Bolsonaro ao comentar veto contra Lei Paulo Gustavo

/ Brasília

Bolsonaro ataca Rui ao falar da Lei Paulo Gustavo. Foto: Blog do Planalto

O presidente Jair Bolsonaro (PL) condenou, neste sábado (9), o governador Rui Costa (PT) ao comentar o seu veto contra a Lei Paulo Gustavo.

”Um artista, peixe obviamente, poderia pegar até R$ 10 milhões por ano. Eu baixei para 1 milhão e Mário Frias para R$ 500 mil que é dinheiro para burro”, disse.

”Aí inventaram a Lei Paulo Gustavo dando 4 bilhões de reais para governadores aplicarem em cultura. Rui Costa vai investir o quê em cultura na Bahia?”, questionou. ”Para aqueles figurões, né, que ficaram fora da Lei Rouanet. Vetei”, continuou.

”Ação no STF contra eleição na Câmara é ato de ACM”, diz Aleluia, que chama Neto de ”ditador”

/ Política

Aleluia ataca ACM Neto. Foto: Matheus Morais/bahia.ba

O vereador Alexandre Aleluia (PL) acusou o pré-candidato ao governo do estado, ACM Neto (UB), de ser o responsável pela ação no STF, impetrada pelo União Brasil, que solicita o cancelamento da eleição para a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Salvador. ”É um ditador mirim que não aceita a derrota e por isso aciona o STF numa ação infantil”, declarou Aleluia.

Segundo o parlamentar, ”ACM Neto nunca será igual ao avô, aqueles que convivem com ele sabem que ele é narcisista e não admite autonomia na política”. Para Aleluia, a ação não vai longe no STF, pois foi uma ”eleição limpa”.

”Fico com pena daqueles que são submetidos a todo o tipo de humilhação para ficarem ao lado de ACM Neto, fico sem entender esse tipo de tratamento. Aqueles que aderiram ao projeto dele não sabe o que os aguardam”, disse Aleluia. As informações são do bahia.ba

CPI do Ministério da Educação perde uma assinatura; Randolfe diz que seguirá atrás de apoio

/ Educação

Governo faz ofensiva para tentar impedir número mínimo de assinaturas

Após ter atingido o número de assinaturas exigido para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar corrupção no Ministério da Educação, o Senado registrou um recuo. O senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) desistiu de apoiar a abertura da CPI, que agora depende de uma nova assinatura para estar apta a ser instaurada. A decisão de Guimarães foi anunciada em suas redes sociais neste sábado, 9. O quórum necessário, de 27 subscrições, tinha sido alcançado nesta sexta-feira, 8, mesmo com a ofensiva do governo para tentar impedir o mínimo de assinaturas.

Na tarde deste sábado, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), autor do pedido de instauração da Comissão, confirmou o quadro atual de apoio à CPI do MEC, agora de 26 senadores. Nas redes sociais, Rodrigues afirmou que seguirá atrás de mais assinaturas “para passar a limpo o #BolsolaodoMEC e investigar os escândalos de corrupção desse Governo!”. “Eles não podem sair impunes!”, disse o senador, que foi vice-presidente da CPI da Covid.

Em nota para justificar a decisão de retirar a assinatura, Oriovisto Guimarães disse continuar acreditando na existência de “fatos graves” no ministério, que precisam ser investigados. Porém, afirmou que uma CPI “tão próxima das eleições acabará em palanque eleitoral”. “Então, é melhor que a investigação seja feita pela Polícia Federal e pelo Ministério Público. Assim, teremos uma investigação imparcial e técnica”, disse o senador.

Se alcançar novamente o apoio mínimo exigido, a abertura da comissão dependerá de decisão do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Caso ele se recuse a criar a comissão, o Supremo Tribunal Federal (STF) pode ser acionado para garantir a investigação parlamentar.

Na proposta de abertura da CPI, apresentada na semana passada, Randolfe afirmou serem necessários “11 membros titulares e 11 membros suplentes, para, no prazo de 90 dias, com limite de despesas de R$ 90 mil, apurar as irregularidades e crimes praticados na destinação das verbas públicas do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)”.

A atuação de um gabinete paralelo operado pelos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura no MEC, envolvendo até mesmo cobrança de propina para liberação de recursos do FNDE para escolas, foi revelada pelo Estadão. Prefeitos relataram que os religiosos pediam contrapartida em ouro, dinheiro e até compra de Bíblias.

A Comissão de Educação do Senado tem ouvido depoimentos sobre o caso. Três prefeitos confirmaram aos parlamentares a cobrança de propina. Nesta quinta-feira, 7, o presidente do FNDE, Marcelo Ponte, foi ouvido pelos senadores sobre o risco de sobrepreço de R$ 732 milhões em um pregão para compra de ônibus escolares. O caso foi revelado pelo Estadão.

Ponte tentou negar, durante audiência na Comissão de Educação, que o governo tenha recuado após risco de sobrepreço vir à tona. Documentos internos do FNDE, no entanto, desmentem a versão apresentada por ele aos senadores. A pressão por uma CPI para investigar as denúncias recentes no MEC subiu de tom após as audições no Senado.

Como mostrou o Estadão nesta quinta-feira, o governo deflagrou uma operação para tentar impedir o mínimo de assinaturas para instauração da CPI. O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, procurou senadores para barrar a coleta de assinaturas pró-CPI. Ciro, que é senador licenciado e hoje tem poder para liberar recursos do Orçamento a parlamentares, está diretamente ligado à distribuição.

O presidente da Comissão de Educação no Senado, Marcelo Castro (MDB-PI), que conduziu sessões em que três prefeitos confirmaram ter recebido cobrança de propina para ter acesso a recursos do MEC, estava entre os que defendiam apuração do caso. Mudou o discurso, e agora, mesmo diante dos relatos, diz que vai “analisar a possibilidade” só após ouvir o novo ministro da Educação.

O senador Alvaro Dias (Podemos-PR), que costuma apoiar investigações, também não quis aderir ao movimento. Em linha similar à apresentada por Guimarães neste sábado, alegou que não quer dar palanque eleitoral para oposição. O senador Carlos Viana (PL-MG), indicado para assumir a liderança do governo no Senado, foi na mesma linha. “Eu não acredito que a gente prospere com as assinaturas ou mesmo que a gente vá se instalar uma CPI em ano eleitoral.”

Estadão

Censo 2022: mais de 620 mil candidatos fazem prova neste domingo; 207 vagas são oferecidas

/ Brasil

Acontecem neste domingo (10) as provas do processo seletivo simplificado do Censo Demográfico 2022. O concurso oferece quase 207 mil vagas em todo o país. Os candidatos às vagas de recenseador farão a prova no período da manhã. Já os candidatos a agente censitário municipal e agente censitário supervisor fazem o teste no período da tarde.

O cartão de confirmação da inscrição com o local de prova pode ser conferido no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), empresa organizadora da seleção.

Dos 1,1 milhão de inscritos para o processo seletivo, 621.228 tiveram a inscrição confirmada, pagando a taxa ou recebendo a isenção – 349.437 se candidataram para recenseador e 271.791 para agente censitário. As vagas estão distribuídas em 5.297 municípios do país.

O IBGE vai selecionar 206.891 servidores temporários para o Censo, sendo 183.021 para recenseador, 18.420 para agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 para agente censitário municipal (ACM).

Gilberto Gil toma posse na Academia Brasileira de Letras e fala em impulso de civilidade e esperança

/ Entretenimento

Cantor toma posse na ABL. Foto: Reprodução / Twitter / Gilberto Gil

”É um impulso natural de civilidade. Em alguns momentos da vida, me dediquei a aspectos dessa dimensão civil, no debate de ideias e ideologias. A gente precisa sempre estar mais contributivo”, afirmou o cantor e compositor Gilberto Gil, de 79 anos, na cerimônia de posse da cadeira número 20 da Academia Brasileira de Letras, a ABL, na noite desta sexta-feira (8).

O novo imortal foi recebido pelo acadêmico Antonio Carlos Secchin. Já a aposição do colar foi realizada pela atriz Fernanda Montenegro, que ingressou, há duas semanas, no Petit Trianon.

Gil começou o discurso ressaltando que é o primeiro representante da música popular brasileira na ABL. ”E aqui é um momento especial, porque a ABL é a casa de Machado de Assis, escritor universal e afrodescendente como eu” disse. ”Poucas vezes artistas, produtores culturais foram hostilizados como agora. Há um movimento em prol da desrazão nas redes sociais e a ABL pode contribuir para esse debate civilizatório.”

E prosseguiu: ”O que será do Brasil em meio a esse mundo de pandemias e guerras? O que os políticos estão fazendo para acabar com a fome e o analfabetismo? Quando vamos alcançar a independência tecnológica e científica? Até quando seremos o país do futuro de [Stefan] Zweig? Apesar dos tempos politicamente sombrios em que vivemos, aposto na esperança”.

Em novembro do ano passado, Gil havia sido eleito, após receber 21 votos na disputa com o poeta Salgado Maranhão (sete votos) e o escritor Ricardo Daunt (nenhum voto). Ministro da Cultura de 2003 a 2008, ele ocupará a vaga deixada pelo jornalista Murilo Melo Filho, morto em maio de 2020.

O poeta, filósofo e acadêmico Antonio Cicero, autor de sucessos da MPB, como “Virgem”, comentou a posse de um representante da música popular na ABL.

”Espero que essa polêmica entre letra de música e poesia tenda a terminar. Eu estou confiante, porque é uma tendência moderna. Ao mesmo tempo, é um reconhecimento da antiguidade, quando os poemas eram cantados. A tendência é que o debate sobre o que é literatura se aprofunde.”

Expoente da Tropicália nos anos 1960, movimento que revolucionou a música brasileira, a eleição de Gil simboliza o fortalecimento da representatividade negra entre os acadêmicos, indicando mais uma etapa do processo de modernização da ABL –iniciada com a posse de Fernanda Montenegro, ”uma mulher do palco”, como se definiu em seu próprio discurso.

Autor de discos fundamentais para a história da MPB –”Gilberto Gil” (1969), ”Expresso 2222” (1972) e ”Refazenda” (1977)–, Gil teve o conjunto de seus poemas reunido no livro “Todas as Letras”, editado em 1996, com organização de Carlos Rennó.

A cadeira nº 20 tem como patrono Joaquim Manoel de Macedo e fundador Salvador de Mendonça. Antes de Gil, ocuparam a vaga Emílio de Meneses, Humberto de Campos, Múcio Leão e Aurélio de Lyra Tavares –ministro do Exército e um dos signatários do AI-5, em 1968, que vitimou o próprio Gil. Informações do site Bahia Notícia

Jacaré estreia com dois gols e Bahia vence o Cruzeiro pela Série B do Campeonato Brasileiro

/ Esporte

Jacaré no lance do primeiro gol dele e do jogo. Foto: Felipe Oliveira

O início do Bahia na Série B do Campeonato Brasileiro começou como os tricolores queriam. Na noite desta sexta-feira (9), o Esquadrão venceu o Cruzeiro por 2×0, na Fonte Nova, e conquistou os seus primeiros três pontos na competição. O nome do jogo, aliás, foi o atacante Vitor Jacaré.

Os gols do triunfo foram marcados no segundo tempo e tiveram a participação direta de dois estreantes. No primeiro, Matheus Davó cruzou e Vitor Jacaré mandou para o fundo das redes. O tento saiu 40 segundo depois da dupla ter entrado em campo.

Já aos 28 minutos, Vitor Jacaré mandou um chute sem chances, marcou o segundo gol dele no jogo e garantiu a vitória do Esquadrão na primeira rodada da competição.

O próximo compromisso do Bahia no Brasileirão será na próxima sexta-feira (15), quando visita o Náutico, às 21h30, nos Aflitos, pela segunda rodada. Com informações do Correio

 

Idoso de Ipiaú morre após motocicleta ser atingida na traseira por carro de prefeitura na BR-330

Acidente aconteceu próximo a Fazenda Nova Coroa. Foto: Giro em Ipiaú

Um motociclista de 72 anos morreu em um acidente no final da tarde dessa sexta-feira (8), na BR-330, trecho entre Barra do Rocha e Ipiaú. A motocicleta foi atingida na traseira por um automóvel da Prefeitura de Gongogi. Os dois veículos seguiam sentido Ipiaú quando ocorreu o acidente.

Após a colisão, o condutor da moto foi arremessado e caiu próximo a uma cerca, morrendo no local. O veículo de duas rodas ficou preso à frente do automóvel e foi empurrado por cerca de 100 metros. Conforme do Blog Giro em Ipiaú, duas pessoas que estavam no carro da prefeitura chegaram a ser encaminhadas para o Hospital Geral de Ipiaú, mas sem gravidade. O motorista não foi encontrado no local.

O motociclista era morador da antiga Rua da Batateira, centro de Ipiaú, identificado como Altemir Nunes Souza, conhecido pelo apelido de ”Temir”, e trabalhava vendendo medicamentos naturais em cidades vizinhas. O Departamento de Polícia Técnica foi acionado para realizar a remoção do corpo e encaminhar para o IML.