Vítima de acidente, Rodrigo Mussi volta a abrir os olhos e apertar mão da família; cirurgia é quinta

/ Saúde

Mussi passará por uma nova cirurgia na perna. Foto: Reprodução

O ex-BBB Rodrigo Mussi, 36, segue agitado no Hospital das Clínicas conforme vai diminuindo a sedação. Segundo último boletim médico, na tarde desta quarta-feira (6) ele voltou a abrir os olhos e a apertar a mão dos familiares, mas o estado ainda é delicado.

”Continua evoluindo e reagindo. A família está confiante de que tudo ocorrerá bem. Continuem com energias positivas e orações”, diz o comunicado.

Nesta quinta-feira (7), Mussi passará por uma nova cirurgia na perna direita para retirar a gaiola que a sustenta para colocar uma haste. Ele já passou por uma outra na cabeça anteriormente.

”O monitor da cabeça foi retirado, o que é excelente. O despertar tem que ser controlado, o que os médicos estão fazendo e muito bem. Na quinta-feira será realizada a cirurgia para remoção da ‘gaiola’. Vamos continuar nessa corrente positiva, faz toda a diferença. Ele vai acordar em breve”, disse o irmão Diogo.

O advogado e irmão de Rodrigo tem concentrado as informações oficiais sobre o estado de saúde dele desde o acidente, ocorrido quando o ex-BBB estava no banco de trás de um carro por aplicativo. Apenas Rodrigo teve ferimentos, sofrendo traumatismo craniano e outras fraturas pelo corpo. Ele chegou a passar por duas cirurgias e continua em estado grave.

A Polícia Civil afirmou na segunda-feira (4) que abriu inquérito para investigar o acidente, e o motorista, que prestou depoimento nesta terça, poderá responder por lesão corporal culposa na direção de veículo automotor. Em entrevista ao Bom Dia SP (Globo), no dia do acidente, o motorista chegou a dizer que teria dormido no volante. *Bahia Notícias

Bahia registra 228 novos casos de covid-19 mais 2 óbitos, diz boletim epidemiológico da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 228 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,01%), 384 recuperados (+0,03%) e mais 2 óbitos. Dos 1.535.160 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.504.226 já são considerados recuperados, 1.200 encontram-se ativos e 29.734 tiveram óbito confirmado.

Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.821.907 casos descartados e 328.736 em investigação. Na Bahia, 63.021 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (6). Para acessar o boletim completo acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.450.428 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.534.028 com a segunda dose ou dose única e 4.971.736 com a dose de reforço. Do público de 5 a 11 anos, 820.513 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 194.474 já tomaram também a segunda dose.

Ex-presidente Lula indica que terá Rui Costa como ministro, caso vença eleições 2022

/ Política

Lula indica que terá Rui Costa como ministro. Foto: Rede social

Evitando ter um governo ”requentado”, em caso de vitória nas eleições do final do ano, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem sinalizado que quer aproveitar ex-governadores no Ministério, como Rui Costa – que terá deixado a administração da Bahia –, Flávio Dino (PSB), Wellington Dias e Renan Filho, além do próprio Alckmin.

Segundo a colunista do Estado de São Paulo, Vera Rosa, diante de sinais enviesados sobre como seria a política econômica pós-Jair Bolsonaro, Lula também tem conversado sobre os futuros minstérios com empresários e banqueiros a portas fechadas. Tendo Alckmin como vice, o ex-governador de São Paulo não seria um vice decorativo. *Nota do site Bahia Notícias

Governo Bolsonaro indica José Mauro Ferreira para presidir Petrobras; foi servidor público por 14 anos

/ Brasília

José Mauro Ferreira Coelho é indicado a Petrobras. Foto: Reprodução

O Ministério das Minas e Energia apresentou nesta quarta (6) os nomes de José Mauro Ferreira Coelho para presidir a Petrobras e de Marcio Andrade Weber para comandar o Conselho de Administração da estatal.

Coelho é presidente do conselho de administração da PPSA e estava cumprindo quarentena, após ter pedido demissão, em outubro do ano passado, do cargo de secretário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia. Ele foi servidor público por 14 anos.

Weber é diretor da empresa Petroserv e trabalhou por 16 anos na Petrobras. Teve passagem por outras empresas e presta assessoria ao grupo PMI. É engenheiro civil pela UFRGS, com especialização em engenharia de petróleo pela Petrobras. Ele integra o atual conselho de administração da estatal.

A escolha do sucessor de Joaquim Silva e Luna na Petrobras foi marcada por indefinições e desencontros. O primeiro nome indicado pelo governo foi o do empresário Adriano Pires, sócio fundador do CBIE (Centro Brasileiro de Infraestrutura), que acabou desistindo antes mesmo de assumir.

Em carta ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, Pires alegou que não conseguiria se desligar de sua consultoria “em tão pouco tempo” para assumir o comando da Petrobras. A assessores palacianos, porém, o empresário alegou potencial conflito de interesses para justificar sua desistência.

Um dos principais entraves para a nomeação foi o fato de Pires querer transferir as cotas do CBIE para seu filho, hoje sócio e diretor da empresa. O problema é que, para cumprir as exigências da Lei das Estatais, o parente também teria de abrir mão da empresa —o que ele não quis.

Além do empresário, houve ainda a desistência de Rodolfo Landim, antes indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para presidir o conselho de administração da estatal.

Se fosse aprovado, ele substituiria o almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, que pediu para deixar o cargo alegando razões pessoais. Ao declinar do convite, Landim alegou dificuldade em conciliar a posição com seu cargo de presidente do Flamengo.

Apesar de o mercado financeiro ter inicialmente comemorado as duas indicações do governo, Landim e Pires formariam na Petrobras uma dupla considerada constrangedora na visão de especialistas, pois ambos são próximos ao empresário baiano Carlos Suarez, que tem fortes interesses no setor de gás.

A percepção no setor empresarial, após o anúncio da dobradinha, é que estava em curso uma engenharia política no governo e no Congresso para dar espaço aos interesses de Suarez na Petrobras. O empresário baiano também é próximo de muitos políticos, especialmente do centrão, entre eles o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Com as desistências de Pires e Landim, o governo passou a sondar outros nomes de mercado para o posto, mas esbarrou em muitos obstáculos. Além do risco político de uma interferência na política de preços da companhia, pesou a perspectiva de uma gestão curta diante do fim do atual mandato de Bolsonaro.

No vaivém de convites, sondagens e especulações, o Palácio do Planalto recebeu a negativa do ex-presidente da ANP (Agência Nacional de Petróleo) Décio Oddone, sondado para a presidência da estatal.

Em outra frente, a opção por Caio Mário Paes de Andrade, auxiliar do ministro Paulo Guedes (Economia) chegou a ser colocada na mesa, mas enfrentou um veto de peso, o de Lira.

Sem novos candidatos para a presidência e o conselho de administração da Petrobras, o governo chegou a cogitar o adiamento da votação da nova composição, marcada para a quarta-feira da semana que vem (13), mas isso acabou sendo descartado pelo ministro de Minas e Energia.

Folhapress

Supremo Tribunal Federal mantém cassação do mandato de Marcell Moraes, que fica inelegível

/ Justiça

STF confirma inelegibilidade de Marcell por 8 anos. Foto: ALBA

Em plenária virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a cassação do mandato do ex-deputado Marcell Moraes, decisão que confirma a inelegibilidade do parlamentar por oito anos, conforme decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que determinou a cassação do mandato de Moraes, a pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE)

O Ministério Público pediu a cassação do mandato em 2018 por suposta prática de abuso de poder econômico. O então candidato teria realizado supostas campanhas de vacinação e castração gratuitas e/ou a preços módicos de cães e gatos, realizadas em conjunto com a ONG Geamo, em diversos municípios do Estado da Bahia, no período pré-eleitoral, com maciça exposição da imagem do investigado, atrelada aos serviços prestados.

O TSE acolheu os argumentos do MPE de que os serviços prestados de vacinação e de castração de animais não teriam natureza filantrópica, e sim eleitoral; e que ele teria sido beneficiário e financiador das ações supostamente ilícitas; além do que, houve elevado gasto de recursos financeiros para a realização dos serviços prestados.

Câmara de Planaltino aprova reajuste no salário dos professores de apenas 10,18%, abaixo do Piso

/ Educação

A Câmara Municipal de Planaltino aprovou, sem dificuldades, um projeto de Lei encaminhado à Casa Legislativa pelo Poder Executivo reajustando o salário dos professores em apenas 10,18%, abaixo do Piso Nacional determinado pelo Governo Federal, de 33,24%.

Com maioria na Câmara, o prefeito Ronaldo Lisboa, Romi (PL) conseguiu emplacar o projeto aprovado por 5 votos 3. Antes da votação circulou na cidade em nome da categoria uma carta que pedia esclarecimentos e posicionamento dos vereadores quanto ao projeto do Executivo, mas o manifesto não foi suficiente para convencer a maioria, que optou pela aprovação da proposta, que de acordo com a APLB local teria sido aceita pela maioria dos docentes.

Segundo o Blog Itiruçu Online, apenas três edis, Gerson Paulo, Roque Edmilson e Dunga de Campinhos se posicionaram contrários e foram votos vencidos. O não cumprimento do Piso, sob alegação de ”impacto financeiro” nos cofres públicos vinha sendo sinalizado por vários gestores do Vale do Jiquiriçá, inclusive em reuniões das quais o prefeito de Planaltino participou, promovidas pela diretoria do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Jiquiriçá. Entretanto, grande parte dos gestores que integram a entidade já anuncia o cumprimento do Piso, concedendo os 33,24%.

Veículos colidem em cruzamento da BR-116, em Jequié e um deles capotou, mas sem vítimas

/ Jequié

Caminhonete capotou após colisão na BR-116. Foto: Reprodução

Dois veículos colidiram num cruzamento da Rodovia Santos Dumont BR-116 com o bairro Cidade Nova, em Jequié, na manhã desta quarta-feira (6).

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, uma caminhonete Ford Ranger de placa DZD-4728 conduzida por Diego de Souza Soares adentrou na via e colidiu com um automóvel Ecoe Sport, que tinha como motorista Ailton Silva da Hora.

Ainda segundo a PRF, apesar do susto, os ocupantes não ficaram feridos, a caminhonete chegou a capotar e parou num canteiro central da via às margens da estrada federal. Um caminhão teria fechado a passagem da Ranger.

Radialista Jota Silva, de anos, é encontrado morto dentro de casa, na cidade de Itabuna

/ Bahia

Jota pode ter sido vítima de latrocínio. Foto: Reprodução

O radialista José Antônio Oliveira da Silva, conhecido como Jota Silva, de 60 anos, foi encontrado morto na noite desta terça-feira (5),  dentro da casa, no município de Itabuna, no Sul da Bahia.

De acordo com as autoridades, uma equipe do 15º Batalhão de Polícia Militar (15º BPM/Itabuna) foi acionada para averiguar uma denúncia de tentativa de assalto. Na residência, os agentes encontraram o radialista com marcas de violência, sem roupa e sem os sinais vitais.

Uma perícia foi feita no local, que teve móveis e objetos revirados. O corpo de Jota Silva foi removido e encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT-BA) da cidade, onde passou por necrópsia.

A autoria e motivação do crime estão sendo investigadas pela Polícia Civil, que não informou se algum pertence teria sido levado. Com informações do A Tarde

Exonerada grávida, filha de Marcelo Nilo é renomeada por Rui Costa para cargo que exercer desde 2017

/ Bahia

O governador Rui Costa voltou atrás e decidiu anular a exoneração e renomear a veterinária Renata Pinto Santana Nilo, filha do deputado federal Marcelo Nilo. A medida foi publicada na edição desta quarta-feira (6), do Diário Oficial do Estado.

Renata é assessora especial do Gabinete do secretário da Secretária do Meio Ambiente (Sema) e foi demitida na terça (5). Ela está grávida de oito meses e por lei ela não poderia ser exonerada, mesmo em cargo comissionado. A legislação trabalhista garante estabilidade provisória desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto (veja aqui).

Em contato com o Bahia Notícias, Nilo reagiu, afirmou que a filha iria entrar na Justiça para reaver seus direitos e criticou a medida da gestão estadual. ”É mais prova que o governador Rui Costa, do Partido dos Trabalhadores não respeita os direitos trabalhistas dos seus servidores”, disparou o parlamentar (veja mais aqui).

Os cargos indicados por Marcelo Nilo na administração estadual foram aos poucos sendo retirados, após o parlamentar anunciar o rompimento com o governo no início de março. O deputado federal se filiou ao Republicanos e agora é um dos nomes mais fortes para assumir a vice na chapa majoritária oposicionista, liderada por ACM Neto (UB) (lembre aqui) Com informações do site Bahia Notícias

Reitor da Universidade Estadual do Sudoeste busca reeleição em candidatura única

/ Educação

Luiz Otávio de Magalhães tenta reeleição. Foto: Reprodução

Chapa única, formada pelo reitor Luiz Otávio de Magalhães e pelo vice Marcos Henrique Fernandes, concorre à reeleição da reitoria da

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) para o próximo mandado 2022-2026. Mesmo sem disputa, a Comissão Eleitoral realizará plenárias nos três campi, permitindo a apresentação das propostas da dupla para a Instituição.

Como previsto na Resolução Consu 04/2022, os encontros acontecerão em Itapetinga (5abril22), em Jequié (dia 12) e Vitória da Conquista (dia 13). *por Souza Andrade

Em março, 445 mil jovens de 15 a 18 anos tiraram o título de eleitor, diz Tribunal Superior Eleitoral

/ Justiça

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou ontem (5) que 445,5 mil jovens entre 15 e 18 anos tiraram o primeiro título eleitor no mês de março. O número foi conquistado após uma campanha realizada pelo tribunal nas redes sociais para engajar o público a comparecer às urnas durante as eleições de outubro.

Segundo o TSE, a emissão de novos títulos teve crescimento de 27,6% em relação ao mês de fevereiro deste ano, quando 349 mil eleitores emitiram o documento.

De acordo com o levantamento, a procura pelo primeiro título foi maior entre os jovens com 17 anos. Nessa faixa etária, 158,9 mil documentos foram concedidos em março.

O prazo para tirar o primeiro título de eleitor, regularizar a situação do documento ou solicitar transferência do local de votação termina em 4 de maio. Após a data, o cadastro eleitoral será fechado e nenhuma alteração poderá ser feita nos registros.

Para verificar se há pendências, o eleitor deve entrar no site do TSE e checar se há algum débito em seu nome pela aplicação de multa por não ter votado em eleições anteriores, caso mais comum de irregularidade.

O primeiro turno será realizado no dia 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais. Eventual segundo turno para a disputa presidencial e aos governos estaduais será em 30 de outubro.
Checagem de notícias

Nesta terça-feira, o TSE também lançou um robô virtual para tirar dúvidas dos eleitores e combater a desinformação sobre as eleições. A conversa com o assistente virtual pode ser iniciada adicionando o número +55 61 9637-1078 à lista de contatos do WhatsApp.

Superior Tribunal de Justiça aceita aplicação da Lei Maria da Penha para mulheres transexuais

/ Justiça

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu ontem (5) que a Lei Maria da Penha pode ser aplicada para proteção de mulheres transexuais. A decisão vale somente para o caso julgado, mas pode abrir precedente para ser aplicada aos demais casos que estão em tramitação no Judiciário em todo o país.

O caso foi julgado pela Sexta Turma da Corte, a partir de um recurso contra decisão de primeira instância da Justiça de São Paulo que afastou a aplicação da norma, por entender que a lei não abrange situações envolvendo identidade de gênero, ou seja, beneficiando pessoas que se identificam como mulheres.

Criada em 2006, a Lei Maria da Penha criou mecanismos para coibir a violência doméstica contra a mulher, estabelecendo medidas protetivas de afastamento do convívio familiar, criação de juízos de violência doméstica e medidas de assistência às vítimas. Fonte: Agência Brasil

TOP Engenharia corre contra o tempo para concluir a nova ponte em Jequié no mês de maio

/ Jequié

Estrutura montada para instalação das vigas. Foto: Jequié Repórter

Na recente visita feita a Jequié, o governador Rui Costa estimou que será entregue concluída, pela empresa Top Engenharia, a implantação da nova ponte sobre o Rio de Contas, anexa à Ponte Teodoro Sampaio, ligando o bairro Mandacaru (Km 3, Km 4, Itaigara, Agenor Aragão, dentro outros), ao centro e demais bairros da cidade. A nova ponte será no mesmo nível da antiga ponte existente.

A obra licitada pelo governo, através da CONDER, inclui também a articulação viária do seu entorno. As obras cuja licitação foi publicada no Diário Oficial do Estado de 11 de janeiro de 2020, está orçada em R$ 25,5 milhões para execução dos serviços.