Jaguaquara voltou a enfrentar alagamentos que provocaram transtornos após forte chuva

/ Jaguaquara

Chuva forte revela velhos e novos problemas. Foto: Reprodução

Velhos e novos problemas voltaram a se manifestar em diversos pontos da cidade de Jaguaquara após uma chuva forte atingir o município, na tarde deste domingo (13). Ruas ficaram alagadas, causando inclusive, transtornos na trafegabilidade. Os problemas se avolumaram nas vias públicas sem pavimentação após a tempestade.

No Centro da cidade, o volume de água foi grande e, consequência disso, lama e entulho foram levados para alguns pontos.

Populares suspeitam de que obras privadas na entrada da cidade estariam provocando mais transtornos na área central em período chuvoso e cobram fiscalização intensa da gestão municipal em algumas obras.

A chuva de ontem também ocasionou problemas em ruas pavimentadas. A Prefeitura terá pela frente muito trabalho para limpeza e recuperação das vias.

Leitos de UTI pediátrica para covid-19 atingem 75% da capacidade de ocupação na Bahia

/ Bahia

A taxa de ocupação de unidades de terapia intensiva (UTIs) para pacientes adultos com Covid-19 na Bahia alcançou, neste domingo (13), o patamar de 73%. Ja na ala pediátrica a taxa é de 75%. Os dados são do portal da Secretaria de Saúde (Sesab).

A Bahia tem 1.528 leitos ativos para tratamento da Covid-19, desse total, 923 estão com pacientes internados.

Desses leitos, 610 são de UTI adulto e 452 estão ocupados. Nas UTIs pediátricas, 33 das 44 vagas estão com pessoas internadas. Já a taxa de ocupação dos leitos clínicos para adultos e crianças é de 50% e 60%, respectivamente.

Mãe de criança morta em incêndio é detida em Itabuna; mulher deixou filha de 2 anos em casa

/ Bahia

Incêndio em casa pode ter sido provocado por vela. Foto: Reprodução

A mãe da menina de 2 anos, que morreu em um incêndio no apartamento em que morava com a família, no bairro de Fátima, na cidade de Itabuna, sul da Bahia, foi presa em flagrante por abandono de incapaz. O caso aconteceu no sábado (12).

A criança foi deixada sozinha em casa, dormindo, enquanto a mulher foi a um mercadinho. A suspeita é de que o incêndio tenha sido causado por uma vela para oração, que estava acesa na residência. Um vizinho chegou a arrombar a porta, mas não conseguiu ter acesso ao local por causa das chamas.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e apagou o incêndio. A equipe prestou os primeiros socorros à criança, mas ela não resistiu e teve a morte confirmada em um hospital da cidade. O corpo da menina foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna.

A mãe da criança foi levada à delegacia e prestou depoimento durante toda a tarde. O delegado que investiga o caso decidiu pedir a prisão dela por abandono de incapaz, com resultado de morte. A polícia não falou, no entanto, se também vai pedir a prisão do pai da menina.

Segundo o G1, até ontem, domingo (13), a mulher estava detida na delegacia. Não há detalhes sobre o sepultamento do corpo da criança.