Jequié registra 127 novos casos de Covid-19 em 24 horas, diz prefeitura através de boletim

/ Saúde

Houve o registro de 127 novos casos positivos nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 21.546 pessoas confirmadas com a doença. Até agora 20.303 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da Covid-19.

De acordo com o número de leitos de UTI-Covid do Hospital São Vicente, a taxa de ocupação é de 80%. Destes, 1 leito está ocupado por residente de Jequié e 7 leitos estão ocupados por pessoas de outro município.

Até o presente momento 131.613 pessoas foram vacinadas com primeira dose em Jequié.

Homem vítima de trágico acidente na BA/650 residia em Porto Seguro e iria visitar familiares em Ibirataia

José Fontes Roberto, de 51 anos, que morreu neste sábado (12) vítima de acidente seguido de incêndio na BA-650 morava atualmente no distrito de Arraial D´Ajuda, município de Porto Seguro, e viajava com destino a Ibirataia, onde morou por muitos anos e ia visitar familiares e amigos.

Segundo o site Giro em Ipiaú, na gestão do ex-prefeito Marcos Aurélio ele exerceu em Ibirataia o cargo de Chefe de Obras.  Ele também tinha um espaço para eventos na cidade chamado de Balada Tropical.

Motorista morre após carro que transportava moto sair da pista e bater em barranco, entre Ipiaú e Ibiratia

Carro e motocicleta ficaram destruídos. Foto: Leitor/BMFrahm

Um homem de 51 anos morreu vítima de um trágico acidente de trânsito na manhã deste sábado (12), ao trafegar com um automóvel Honda Civic pela Rodovia BA-650, trecho que compreende os municípios de Ipiaú e Ibirataia, no Médio Rio de Contas.

Segundo a Polícia Técnica, a vítima foi identificada como José Roberto Fontes, que dirigia o carro, que saiu da pista de rolamento em uma curva e o veículo acabou pegando fogo depois de colidir com um barranco às margens da estrada.O carro transportava uma motocicleta em um reboque .

José ainda chegou a ser socorrido, retirado do carro por outros ocupantes, mas não resistiu e foi a óbito ainda no local. Uma equipe do DPT esteve no local com a Polícia Rodoviária Estadual e providenciou o encaminhamento do corpo ao Instituto Médico Legal de Jequié após serviços periciais.

Doce Mel, o time de Ipiaú, empata com Juazeirense e mantém a 7º posição do Campeonato Baiano

/ Esporte

O próximo compromisso d Doce Mel é contra a UNIRB. Foto: Emanuel Jr.

Em duelo direto pelo Campeonato Baiano, fora de casa, o Doce Mel empatou em 0 a 0 com a Juazeirense.O Doce Mel foi a Juazeiro, e fez uma grande partida, aguerrido arrancou um empate contra a Juazeirense, em muitos momentos o Crejoá exerceu o domínio do jogo, com boa posse de bola e criando oportunidades de gols.

A segunda etapa foi equilibrada, momentos de domínio e chances para os dois lados, mas o placar final ficou mesmo em Juazeirense 0 x 0 Doce Mel.

O próximo compromisso do Doce Mel é na quinta-feira (17/02), contra a UNIRB no estádio Antônio Carneiro em Alagoinhas.

Prefeitura de Jequié reforça fiscalização sanitária noturna nos estabelecimentos comerciais da cidade

/ Jequié

Jequié vem reforçando as ações noturnas. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, vem reforçando as ações noturnas de fiscalização do Departamento de Vigilância Sanitária e Ambiental, intensificando as medidas operacionais voltadas à prevenção de riscos à saúde pública, nos estabelecimentos que manipulam e comercializam alimentos, como restaurantes, padarias, lanchonetes e outros. Os inspetores sanitários estiveram atuando nesta quarta, no Centro, e nesta quinta-feira, 10, no bairro Jequiezinho, onde realizaram a inspeção de diversos estabelecimentos.

Regulamentada pela Lei Federal 8.080/90, chamada de Lei Orgânica da Saúde, a Vigilância Sanitária conta com o trabalho e conhecimentos técnicos de profissionais de várias áreas de formações, atuando de forma integrada e as fiscalizações têm o objetivo de evitar a exposição, comercialização e o consumo de alimentos irregulares, pois, de acordo com a diretora do Departamento de Vigilância Sanitária, Aneilda Gomes Silva, o controle da qualidade dos alimentos comercializados é imprescindível para que a saúde humana não seja exposta a riscos.

‘Por conta da pandemia, as fiscalizações noturnas de rotina, estavam sendo feitas voltadas, exclusivamente, para as ações de combate ao Covid-19, no entanto retomamos essas ações e estamos intensificando as inspeções em estabelecimentos que têm funcionamento noturno, e os fiscais sanitários têm vistoriado os locais que manipulam alimentos. É importante salientar que durante essas nossas atividades, os comerciantes recebem todas as orientações necessárias para garantir alimento seguro à população. A Vigilância Sanitária tem como principal atribuição a fiscalização de estabelecimentos que produzem, transportam, manipulam, fabricam e comercializam alimentos com vistas a promover as boas práticas na produção e manipulação dos mesmos, possibilitando assim, minimizar ou eliminar os potenciais riscos à saúde.”, destacou a diretora do Departamento de Vigilância Sanitária, Aneilda Gomes Silva.

Bahia atinge 29.309 casos ativos de Covid-19; 29 óbitos são registrados, diz boletim da Sesab

/ Bahia

O boletim epidemiológico deste sábado (12) registra 29.309 casos ativos de Covid-19 na Bahia. Nas últimas 24 horas, foram registrados 8.317 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,58%), 9.225 recuperados (+0,67%) e mais 29 óbitos. Dos 1.452.365 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.394.579 já são considerados recuperados e 28.477 tiveram óbito confirmado.

Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.739.702 casos descartados e 322.289 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas deste sábado. Na Bahia, 60.454 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.361.638 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.192.522 com a segunda dose ou dose única e 3.119.749 com a dose de reforço. Do público de 5 a 11 anos, 326.065 crianças já foram imunizadas.

Piso de passarela desaba e três pessoas ficam feridas em Salvador; concreto atingiu motociclista

/ Trânsito

Passarela desabou na capital baiana. Foto: Reprodução

Parte do piso da passarela que liga os bairros da Palestina e Valéria, em Salvador, cedeu neste sábado (12), por volta das 14 horas, e deixou três pessoas feridas.

De acordo com informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o caso mais grave é de uma senhora com sinais de fratura nas pernas.

No momento do acidente, duas pessoas estavam em cima da passarela. Abaixo da estrutura passava uma motocicleta, que também foi atingida pelo concreto. O condutor perdeu o controle da direção e caiu.

Duas ambulâncias do Samu e uma da concessionária Via Bahia foram acionadas para os primeiros atendimentos. Uma das vítimas foi identificada como Neide Maciel da Silva, 41 anos. De acordo com um sobrinho, ela foi encaminhada ao centro cirúrgico do Hospital do Subúrbio.

Ainda não há informações sobre o estado de saúde dos outros dois feridos. O arquiteto plantonista da Codesal, Paulo Passos, realizou vistoria no local e identificou que a placa pode ter cedido por vício construtivo ou falta da manutenção.

Por meio de nota oficial, a Via Bahia Concessionária de Rodovias informou que as causas do acidente estão sendo apuradas e que presta todo o apoio necessário às vítimas.

A concessionária informou ainda que a passarela foi interditada e que, recentemente, a estrutura passou por vistoria de uma empresa especializada e não apresentou irregularidade. As informações são do G1

Palmeiras perde para Chelsea na prorrogação e segue sem o Mundial de Clubes da Fifa

/ Esporte

Chelsea comemora título. Foto: Diego Iwata do UOL, em Abu Dhabi (EAU)

Neste sábado (12), o time fez um grande jogo, mas foi derrotado pelo Chelsea na final do Mundial de Clubes, em Abu Dhabi, por 2 a 1, na prorrogação, e ficou com o vice.

O gol de pênalti de Havertz, no tempo-extra, decidiu o duelo. Nos 90 minutos, Lukaku e Raphael Veiga selaram a igualdade.

O Alviverde terá pouco tempo para lamentar, já que na próxima quarta-feira (16), o time encara a Ferroviária, em Araraquara, pelo Paulistão.

Governo continua degola na Seap com demissão de sobrinho e ex-cunhada de Marcelo Nilo

/ Política

Aliados de Marcelo Nilo são exonerados de cargos. Foto: Rede social

O governo do Estado prossegue com a degola de indicados de Marcelo Nilo na secretaria de Administração Penitenciária com a demissão de um sobrinho e de uma ex-cunhada do deputado federal do PSB, que rompeu com o governador Rui Costa (PT) e o senador Jaques Wagner (PT) para apoiar a candidatura de ACM Neto (DEM) ao governo.

Os dois tiveram suas demissões publicadas na edição deste fim de semana no Diário Oficial do Estado. A decisão chocou funcionários da Assembleia Legislativa porque tratam-se do filho e da viúva de Luís Nilo, irmão de Marcelo que trabalhou anos na Casa, era muito popular no Poder e faleceu em 2014. As informações são do site Política Livre

Ministro de Bolsonaro, Queiroga pede aos pais que levem seus filhos para vacinar contra Covid

/ Saúde

Queiroga recomenda vacinação de crianças. Fotos:Myke Sena/MS

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou hoje (12) de um ato de vacinação infantil contra a covid-19 em Maceió (AL). Durante o ato, o ministro vacinou duas crianças e voltou a afirmar que, até o dia 15 de fevereiro, o ministério vai distribuir vacinas suficientes para aplicar a primeira dose em todas as crianças de 5 a 11 anos no país.

Na ocasião, o ministro voltou a defender a não obrigatoriedade da vacinação de crianças de 5 a 11 anos, mas fez um apelo para que os pais levem seus filhos para vacinar. Na terça-feira (8), Queiroga informou que após 55 dias da aprovação da primeira vacina para uso infantil contra a covid-19 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o percentual de crianças de 5 a 11 anos que tomaram a primeira dose de imunizantes contra a doença não passa de 15%.

“Vamos disponibilizar as vacinas para os pais e eu exorto a cada pai e cada mãe que levem seus filhos para a sala de vacinação”, disse.

Queiroga também criticou a aplicação de uma segunda dose de reforço das vacinas contra a covid-19 e disse que o país precisa avançar antes na aplicação da dose de reforço ou terceira dose. A aplicação de uma quarta dose foi levantada pelo governo de São Paulo e pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

”Antes de querer aplicar quarta dose sem evidência científica precisamos avançar na aplicação da terceira dose de vacina. O Brasil aplicou em cerca de 30% da sua população a dose de reforço, não queremos aplicar uma quarta dose sem ainda ter uma evidência científica forte”, explicou.

Um levantamento do Ministério da Saúde aponta que mais de 54 milhões de brasileiros em condições de tomar a dose de reforço ainda não o fizeram. Até o momento, 45,8 milhões de pessoas receberam essa dose adicional.

As doses de reforço podem ser dadas quatro meses após a conclusão do ciclo vacinal. As pessoas devem consultar as secretarias municipais de saúde para se informarem sobre os locais onde essas doses estão sendo aplicadas. Até o momento, o ministério recomenda a aplicação de uma quarta dose apenas para pessoas com alto grau de imunossupressão.

”Nos últimos seis meses reduzimos mais de 80% dos óbitos de covid-19 em nosso país. Vamos enfrentar essa variante Ômicron e vamos vencê-la, como vencemos a Delta, como vencemos a Gama e vamos livrar o Brasil da pandemia da covid-19 para voltarmos a ser felizes, como éramos antes”, afirmou o ministro.

Eficácia da dose de reforço contra Covid cai no quarto mês, mostra estudo de Controle e Prevenção

/ Saúde

A eficácia de terceiras doses das vacinas de mRNA da Pfizer e da Moderna diminui drasticamente após o quarto mês de administração, de acordo com um novo estudo do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos. Esse efeito era bem conhecido após a administração de duas doses dessas vacinas, mas foi pouco estudado após a terceira.

O estudo examinou 93 mil hospitalizações e mais de 240 mil atendimentos de emergência relacionados à Covid-19 em dez estados dos Estados Unidos. Foi realizado entre agosto de 2021 e janeiro de 2022 e abrange as ondas das variantes delta e ômicron. Durante os dois períodos, a eficácia medida após uma terceira dose foi sempre maior do que após duas doses, observou o CDC, que publicou este estudo.

Uma vez que a ômicron se tornou a variante dominante, a eficácia contra hospitalizações foi de 91% para aqueles que receberam sua terceira dose dois meses antes da contaminação, mas caía para 78% para pessoas que a receberam pelo menos quatro meses antes. Uma porcentagem que “continua alta”, de acordo com o CDC.

Após o surgimento da ômicron, a eficácia das doses de reforço contra as visitas ao pronto-socorro foi de 87% nos dois meses seguintes, 66% após quatro meses e apenas 31% cinco meses depois. O CDC observa, no entanto, que este último número é ”impreciso”, devido ao baixo número de participantes do estudo que receberam sua terceira dose há mais de cinco meses.

No geral, esses resultados ”reforçam a importância de considerações suplementares sobre doses adicionais para manter ou aumentar a proteção contra a Covid-19”, escreveu o CDC. Durante uma entrevista coletiva na quarta-feira (9), Anthony Fauci, conselheiro da Casa Branca para a crise sanitária, estimou que pessoas vulneráveis, como idosos ou imunossuprimidos, podem precisar de uma quarta dose no futuro.

*Folhapress

Vítimas de enchentes na Bahia e Minas poderão sacar Fundo de Garantia do Tempo de Serviço

/ Bahia

Os trabalhadores de Governador Valadares (MG) e Itapitanga (BA) poderão sacar, a partir deste sábado (12), o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade. Os municípios foram afetados por fortes enchentes recentemente. Cada pessoa atingida pelas enchentes poderá retirar até R$ 6.220. Somente poderão sacar o FGTS moradores de endereços informados pela Defesa Civil das cidades à Caixa Econômica Federal.

A retirada poderá ser pedida por meio do aplicativo FGTS até 14 de abril, no caso de Governador Valadares, e 28 de março, no caso de Itapitanga. Basta a pessoa beneficiada abrir o aplicativo e escolher a opção “Meus Saques”, sem a necessidade de comparecer a uma agência. Os documentos – foto de documento de identidade e comprovante de residência em nome do trabalhador até 120 dias antes do desastre – poderão ser enviados pelo próprio aplicativo.

Caso o comprovante de residência esteja em nome do cônjuge, será necessário também remeter certidão de casamento ou escritura pública de união estável. O documento também pode ser incluído no aplicativo.

Crédito

Ao pedir o saque, o trabalhador poderá indicar o crédito em uma conta da Caixa ou de qualquer outro banco para receber os valores, sem nenhum custo. O prazo para retorno da análise e crédito em conta, caso aprovado o saque, é de cinco dias úteis.

Mais informações podem ser obtidas no site www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/ ou na Caixa no pelo telefone 0800-726-0207.

Até o momento, a Caixa autorizou o saque antecipado do FGTS para 43 municípios da Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro afetados pelas chuvas nos últimos meses.

Cidades

Na Bahia, a medida vale para os moradores de Canavieiras, Coaraci, Eunápolis, Floresta Azul, Gandu, Ibicaraí, Ibicuí, Ilhéus, Itabela, Itabuna, Itajuípe, Itamaraju, Itapé, Itapetinga, Itapitanga, Itororó, Jaguaquara, Jequié, Jiquiriçá, Medeiros Neto, Mundo Novo, Prado, Porto Seguro, Teixeira de Freitas, Ubaitaba, Vitória da Conquista e Wenceslau Guimarães.

Em Minas Gerais, os moradores de Águas Formosas, Almenara, Dores do Indaiá, Governador Valadares, Igarapé, Itabirito, Machacalis, Mário Campos, Mateus Leme, Poço Fundo, Rio Manso, Sabará, Santo Antônio do Monte e São Joaquim de Bicas podem retirar o dinheiro. No Rio de Janeiro, foram beneficiados os habitantes de Italva e Petrópolis.

Agência Brasil

Atleta cearense passa por transplante de fígado após tomar remédio para emagrecer

/ Saúde

A atleta cearense Janyne Luna, de 32 anos, precisou passar por um transplante de fígado depois de tomar um remédio para emagrecer, sem prescrição médica.

Os sintomas começaram cerca de um mês após a pausa no uso do medicamento. Janyne foi diagnosticada com quadro grave de hepatite e inflamação no fígado.

A biópsia no fígado de Janyne apontou para hepatite medicamentosa, provocada pelo uso do medicamento usado para emagrecer, que continha maca, uma tradicional raiz peruana. Os médicos, então, atribuiram a inflamação à maca.

O caso aconteceu em 2019. Janyne se recuperou e chegou a disputar um campeonato de basquete para transplantados, que venceu.

Médicos entrevistados pelo portal G1 alertam para falsas promessas milagrosas vendidas por remédios emagrecedores, até mesmo chás.

“Para você ter uma hepatite fulminante, o fígado precisa realmente ser lesado de forma contínua, com altas doses de princípios ativos de várias substâncias. Então, não tem porque utilizar chás que você não sabe o conteúdo. Você não sabe o que é que tem naquele chá”, considerou Huygens Garcia, chefe do serviço de transplante de fígado do Hospital Universitários Walter Cantídio.