Com medidas de higienização e prevenção a Covid, Maracás inicia ano letivo com aulas 100% presenciais

/ Educação

Alunos são submetidos a protocolos sanitários. Foto: Divulgação

A sexta-feira (11) foi marcada pela volta às aulas 100% presenciais na cidade de Maracás, no Vale do Jiquiriçá. A Prefeitura informou que, para garantir a segurança de alunos, familiares e profissionais da Educação, implantou uma série de protocolos sanitários nas unidades escolares.

As medidas têm como objetivo, segundo a secretária de Educação, Adneide Novaes, reduzir os riscos de contágio pelo novo Coronavírus, tanto para os alunos, quanto para professores e profissionais da Secretaria de Educação envolvidos no processo de ensino.

Os protocolos estabelecem regras para o comportamento de alunos e professores nas escolas e no transporte escolar.

Entre as medidas incluídas no protocolo sanitário estão o uso obrigatório de máscaras durante todo o tempo de permanência nas escolas, além da oferta de álcool em gel e do distanciamento entre as carteiras dos alunos. Todos os profissionais da unidade escolar usarão máscaras e, os professores e monitores, também farão uso para a retomada das aulas.

Ao chegar às escolas, os alunos terão a temperatura medida por termômetro eletrônico e vão passar por pias instaladas para higienização. O uso dos banheiros será monitorado pelos profissionais, assim como o momento das refeições/merenda, tudo pela vida e pela educação de Maracás.

Ainda de acordo com a secretária, o avanço no processo de vacinação da população diante da autorização do Ministério da Saúde para vacinar crianças, com mais de 90% dos munícipes imunizados, foi o principal fator que motivou o retorno das aulas presenciais após diálogo com o prefeito Soya Novaes, professores e entidades da classe educacional. Contudo, apesar de reconhecer os prejuízos com o ensino remoto ao longo de dois anos de pandemia e de comemorar a retomada das aulas presenciais em 2022, o secretária municipal não descarta a possibilidade de voltar ao online, em caso de necessidade. ”Se houver risco, o prefeito tomará uma decisão”.

Polícia prende ex-vereador suspeito de matar esposa grávida no município de Santo Estêvão

/ Polícia

Após análises de provas e depoimentos colhidos ao longo da última semana, foi cumprido nesta sexta-feira (11), por policiais da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), o mandado de prisão temporária contra o ex-companheiro de Jéssica Regina Macedo Carmo, morta por disparo de arma de fogo em Santo Estevão no dia 5 de fevereiro (relembre o caso). A vítima estava grávida de nove meses.

A determinação judicial contra ele foi cumprida na cidade de Feira de Santana. Embora ele tenha alegado inicialmente que o tiro teria sido acidental, após análises das provas, o ex-vereador foi colocado como suspeito do crime. O mesmo foi exonerado pelo prefeito da cidade (saiba mais).

Ele, que passará por exames de corpo de delito, está sendo levado para a sede da 1ª Coorpin, onde será ouvido. O suspeito deve ser posteriormente encaminhado ao sistema prisional, ficando à disposição da Justiça.

Em relação à arma, uma espingarda calibre 12, o ex-chefe de gabinete ainda não se posicionou sobre o armamento, se tinha posse ou porte mas estaria disposto a ajudar no esclarecimento do ocorrido (relembre). Informações do site Bahia Notícias

Polícia Militar da Bahia apresenta novo protótipo de cores das viaturas e modelo é aprovado

/ Polícia

Viaturas passarão a circular com novo padrão de cores. Foto: PM

A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) apresentou, nesta sexta-feira (11), o primeiro protótipo do novo padrão de cores das viaturas da corporação. Os veículos terão cores mais próximas dos uniformes de todas as unidades da PM.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Paulo Coutinho, destacou que o modelo busca simplificar e padronizar a frota, gerando maior uniformidade entre as diversas unidades da corporação.

Secretaria de Segurança diz que mortos durante confronto em Ipiaú foram 3 e um PM ficou ferido

/ Polícia

Três homens morreram em uma ação policial em Ipiaú, no Médio Rio de Contas, Sudoeste baiano, nesta quinta-feira (10). Um policial militar ficou ferido após uma troca de tiros com os acusados. Ele foi atendido e segue fora de perigo, informou a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA).

Equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Central, com o apoio da 55ª CIPM, faziam patrulhamento no Centro da cidade, quando um grupo teria atirado contra as guarnições, o que feriu um policial.

Após levar o policial ao hospital do município, os policiais voltaram ao local e houve novo confronto. No tiroteio, três acusados foram feridos. Eles teriam sido levados ao mesmo hospital, mas não resistiram. Com o grupo foram apreendidos três revólveres calibres 38 e 32, além de porções de entorpecentes e balanças.

Pesquisa Ipespe mostra Lula com 43%, Bolsonaro 25% e Ciro e Sérgio Moro empatados, com 8%

/ Política

Instituto diz que Lula lidera corrida eleitoral. Foto: Ricardo Stuckert

Nova pesquisa Ipespe (ex-instituto Ibope) divulgada nesta sexta-feira (11) indica que o ex-presidente Lula (PT) lidera as intenções de voto na pesquisa estimulada com 43%, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 25%. Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Podemos) estão empatados em terceiro, com 8%.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), aparece em quatro lugar, com 3% das intenções de voto. Depois, aparecem Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante), empatados com 1%. Os nomes de Rodrigo Pacheco (PSD), Alessandro Vieira (Cidadania) e Felipe d’Avila (Novo) não pontuaram.

Além disso, 9% dos entrevistados afirmaram que votariam em branco, nulo, não votariam ou não escolheriam nenhum dos citados, enquanto 3% se colocaram como indecisos. A margem de erro máxima estipulada é de 3.2 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa Ipespe foi realizada por telefone com 1.000 entrevistados entre os dias 7 e 9 de fevereiro de 2022 e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-03828/2022.

Jaguaquara: Ao desistir de candidatura, ex-prefeito enfrenta debandada de aliados, que migram para Hassan

/ Jaguaquara

Hassan Iosseff busca apoio dos Martinellistas. Foto: Rede social

Os bastidores políticos estão em plena efervescência em Jaguaquara e a temperatura tende subir à medida em que as lideranças começam a definir seus apoios a candidatos que pleiteiam disputar as Eleições 2022.

Agora mesmo, pessoas ligadas ao ex-prefeito, Giuliano Martinelli (PP), que desistiu de concorrer uma vaga de deputado estadual, começam a debandar. Da lista constam, inclusive, vereadores, que conversam visando uma migração à pré-candidatura de Hassan Iosseff (PODEMOS).

Atual secretário de Governo, em Jequié, Iossef é cogitado a postular uma cadeira no legislativo baiano, apoiado por ninguém menos do que o prefeito de Jequié e presidente da UPB, Zé Cocá, cuja penetração no Médio Rio de Contas e Vale do Jiquiriçá é indiscutível. Vale ressaltar que Martinelli declarou ruptura à liderança de Cocá em 2021 depois de uma longa caminhada política juntos.

Na quinta-feira (10), Hassan deu um passo em busca de apoios em Jaguaquara, quando fez sua primeira visita na condição de pré-candidato, tendo se encontrado com aliados que eram considerados fies seguidores do ex-prefeito Giuliano Martinelli.

Da lista constam nomes como o do vice-prefeito Francisnei Santos (PDT) e o filho, o vereador Neinho Filho (PP), estes que até pouco tempo eram apoiadores do deputado Euclides Fernandes (PDT) e passaram a chamar Giuliano de futuro deputado, além do presidente da Câmara, Nildo Pirôpo (PP), o principal articulador do apoio ao eventual candidato de Zé na Toca da Onça, Alex Moraes (PR), Julival do Bregueço (PCdoB) e outras pessoas ligadas a prefeita Edione Agostinone (PP), que também já deu claros sinais de que marchará com Hassan, segundo apurou o Blog Marcos Frahm.

Já Martinelli, que assiste a debandada, apesar de afirmar em recente entrevista que cuida da vida pessoal no meio agrícola e que estaria aparece em rede social com o deputado Sandro Régis (DEM), ex-aliado de a três de seus adversários na cidade, o ex-prefeito Ademir Moreira, o Mirinho e a ex-vereadora Sara Helem.

Três estudantes baianos tiram nota máxima na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM)

/ Educação

Três estudantes baianos cravaram mil na nota da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), porta de entrada para universidades públicas e privadas e que teve o resultado da última edição divulgado anteontem, pelo Ministério da Educação (MEC). Dos baianos notas mil, dois são de Salvador e uma é de Feira de Santana, a estudante Alice Souza, 18, que prestou o exame pela segunda vez e pretende cursar medicina. Os candidatos ao Enem citaram o escritor português José Saramago, o antropólogo Gilberto Freyre e a Constituição Federal nos seus textos.

Estudiosa, Alice Souza veio de Feira para Salvador para cursar o último ano do Ensino Médio no colégio Villa Global Education. Ela sonha em ingressar no curso de medicina a Universidade Federal da Bahia (Ufba), ou da Unicamp, em São Paulo. A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) também é uma opção. A garota nota mil revela que fazia cinco redações por semana e treinou os mais variados temas, também com provas antigas do Enem. ”Sempre tentava entender meus erros e pensar como a corretora corrigiria minha prova. Acho que isso que foi o diferencial”, afirma.

O tema da redação foi ‘Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil’. Alice já tinha feito um texto sobre o tema no colégio e usou como repertório a Constituição Federal e Gilberto Freyre, citando o livro ‘Casa Grande e Senzala’. ”Preferi focar nas consequências da falta do documento, como a precarização do trabalho, pois não permite que a pessoa tenha CLT. Nesse parágrafo, falei do trabalho análogo à escravidão e como o Brasil herdou muitos aspectos da colônia”, detalha.

Ela ainda mencionou outro efeito, a não geração do título de eleitor. ”Citei um filósofo que fala que, na democracia, todas as vozes devem ser ouvidas e, sem o documento, não é possível ouvi-las”. Mesmo com a alta nota na redação e com 760 de média, ela acredita que não conseguirá passar nas faculdades desejadas. ”Não fui mal nas outras matérias, se fosse para passar em qualquer outro curso, conseguiria, mas não Medicina”, acredita. Ela agora faz cursinho no Bernoulli.

O soteropolitano Geismar Samis, 24, o segundo baiano nota mil, faz Enem desde 2012 como ‘treineiro’ e não pretende usar a nota para ingressar em  faculdade alguma. Isso porque ele já é formado no Bacharelado Interdisciplinar (BI) de Ciência e Tecnologia da Ufba e está no quinto semestre de engenharia da universidade. “Faço Enem todo ano, ‘na bruxa’, para testar, sem nenhuma preparação. É um jeito de atualizar o conhecimento e manter a prática”, diz.

Ele nunca tinha tirado a nota mil. Quando fez o exame para entrar na Ufba, conseguiu 860. ”Foi uma sensação ótima, porque não esperava, por ser mais ligado à engenharia. Aproveitei esse momento da pandemia para trazer questões atuais do tema, que vejo nos jornais”, conta. O tema dele, por ter feito a prova de reaplicação, foi diferente do de Alice: ‘Reconhecimento da contribuição das mulheres nas ciências da saúde no Brasil’.

O terceiro nota mil, Pedro Macedo, não foi localizado pela reportagem para dar entrevista. Como o Ministério da Educação e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza o Enem, não responderam à matéria antes do fechamento, outros baianos também podem ter gabaritado a prova.

Foi por pouco

A estudante Ana Clara Rodrigues, 22, bateu na trave: tirou 980. Ela faz Enem desde 2015 e também quer cursar medicina. Ela já fez dois anos de cursinho, mas agora estuda por conta própria e pega matérias isoladas, como redação, no GPS Português. ”No início, achei o tema difícil, mas sempre uso o modelo ensinado pela GPS, então já chego pronta, só encaixando os temas com o repertório que as professoras ensinam”, diz Ana Clara. Ela não conseguiu fazer o segundo dia de provas por ter tido sintomas gripais. Agora, foca no vestibular da Bahiana.

Outra que chegou perto da nota máxima foi Thaís Novais, 18, aluna do Instituto Federal da Bahia (Ifba), de Eunápolis, no Extremo Sul do estado, também candidata ao curso de medicina. ”Desde criança, é meu sonho”. Foi a primeira vez que ela fez Enem, para testar. Na redação, usou os filósofos Durkheim e Aristóteles. Mesmo que passasse esse ano, esperaria 2023 para completar o curso técnico, em Meio Ambiente.

Thaís também considera cursar alguma faculdade particular de sua cidade, por já ter a estrutura. ”Quero tentar o Prouni em alguma faculdade privada, porque não tenho condições de ir para cidades vizinhas, como Ilhéus e Teixeira de Freitas, que seriam as mais próximas”, afirma. Ela fazia uma redação por semana e sua média geral ficou em 633. Para o Prouni, o mínimo é cerca de 710.

Como usar a nota do Enem para entrar na faculdade 

A forma de entrar em uma faculdade pública usando a nota do Enem é através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação. Nele, as instituições públicas de ensino superior oferecem as vagas e os candidatos com melhor classificação são selecionados, de acordo com suas notas da prova. O período de inscrições é de 15 a 18 de fevereiro. O resultado da chamada regular sai no dia 22 e a matrícula começa no dia seguinte, com duração até 8 de março. A partir do dia 10, são chamados os participantes em lista de espera.

Algumas faculdades particulares também dão a oportunidade do aluno ingressar com a nota do Enem sem precisar fazer outra prova. É o caso da UniFacs, Ages, UniFG e Unijorge, que têm notas de corte de 300 (exceto medicina) e oferecem bolsas de até 100%, a depender da disponibilidade. Dentre os cursos mais concorridos, nas quatro faculdades, estão: Direito, Odontologia, Ciência da Computação e Enfermagem.

A nota do Enem também precisa ser superior a 200 pontos na prova de conhecimentos e na redação para substituir o processo seletivo da Unime, Unopar e Pitágoras. Caso a nota do candidato tenha sido inferior, ele precisa prestar o vestibular da marca, informou a assessoria de comunicação das instituições. Ainda de acordo com a assessoria, os candidatos podem ter descontos a partir de 55% a depender da pontuação obtida no exame.

A Rede UniFTC, por sua vez, oferece bolsas de estudos de 50% a 100% durante todo o curso de graduação, além da primeira e segunda mensalidade por R$ 49,90, para quem utilizar a nota do Enem ou optar pelo vestibular on-line da entidade.

Já o Ifbaiano seleciona a partir do Sisu, com notas de corte diferentes para cada curso. Mas, além do sistema, existe, os Editais de Vagas Remanescentes em cursos de graduação que possibilitam o ingresso de estudantes por meio de notas do Enem, disse a entidade, em nota.

Médico morre ao cair de prédio na Barra para fugir de incêndio em Salvador; duas pessoas ficaram feridas

/ Bahia

Imóvel na Barra foi atingido pro incêndio e homem. Foto: G1

Um médico morreu depois de cair do terceiro andar de um prédio residencial no bairro da Barra, em Salvador, para escapar de um incêndio na madrugada desta sexta-feira (11). A vítima foi identificada como Bruno Raphael Matos Coelho, de 32 anos.

Ele era natural do estado de Piauí e atuava como residente no hospital das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), no Largo de Roma.

O edifício onde ocorreu o incêndio fica localizado na Rua Presidente Kennedy. As chamas iniciaram por volta das 2h30, no segundo andar, e rapidamente se alastraram para os pavimentos superiores, até terem sido controladas pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo testemunhas, Bruno dormia no terceiro andar quando o incêndio atingiu o prédio e não percebeu o surgimento do fogo. Ele foi acordado por vizinhos e, no desespero para escapar, tentou sair do apartamento por uma janela e caiu na área da garagem do edifício.

Um morador, que preferiu não ser identificado, presenciou a ação e disse que ficou em choque com o que viu.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, outras duas pessoas ficaram feridas. Elas foram levadas para o Hospital Português, que também fica na Barra. Não há informações se elas estavam no imóvel que pegou fogo ou em outros apartamentos, nem detalhes sobre o estado de saúde delas.

O delegado responsável pelas investigações do caso, Pedro Andrade, disse que, por volta das 8h, a família do médico ainda não tinha sido informada do ocorrido.

Segundo ele, o incêndio pode ter começado após um curto-circuito em um aparelho de ar-condicionado, o que será confirmado somente após a perícia. O delegado acrescentou que uma terceira pessoa ficou ferida, a síndica do prédio, que teve um problema no pé durante a correria.

Andrade pontuou que, segundo as apurações iniciais, o médico acordou assustado com o incêndio no andar inferior. Com os gritos dos vizinhos, o barulho e a fumaça que invadiu o imóvel onde ele morava, Bruno tentou sair pela janela, trajando cueca e enrolado em um lençol.

O delegado lamentou a fatalidade e salientou a necessidade de tentar manter o controle emocional em momentos de pânico para não agravar ainda mais situações desse tipo.

”É preciso a todo custo tentar controlar o emocional, procurar o equilíbrio e ver o melhor caminho. Não adianta precipitações. Cada ser humano reage à sua própria maneira. Uns se precipitam, outro são mais cautelosos. Mas é necessário que as pessoas se conscientizem [em situações como essa]”, comentou. Informações do G1

Estudantes com deficiência visual recebem dispositivo que permite mais autonomia na aprendizagem

/ Educação

Estudantes cegos ou com baixa visão começaram a receber um dispositivo que possibilita autonomia dos usuários, pois qualifica o processo de aprendizagem e valoriza as potencialidades de cada indivíduo. O OrCam MyEye é um aparelho que se anexa a um óculos convencional e faz a leitura automática de diversos elementos apresentados, como textos, telas, rostos e objetos. O Governo do Estado realizou na cerimônia de início do ano letivo, na segunda-feira (7), a entrega de 100 equipamentos, cujo investimento foi de R$ 743.023,50.

De acordo com a coordenadora de Educação Especial da Secretaria da Educação do Estado (SEC), Marlene Cardoso, a ação pretende atender a 1.346 estudantes matriculados na rede estadual de ensino. ”A entrega será universalizada para 274 cegos e os 1.072 estudantes com baixa visão, em formato de uso contínuo. O uso das tecnologias assistivas na Educação é fundamental, pois qualifica o processo de aprendizagem e valoriza as potencialidades de cada indivíduo. Sendo assim, a aquisição dos equipamentos vai auxiliar no avanço da leitura e escrita para os estudantes com cegueira ou baixa visão, promovendo também ganhos psicológicos e sociais”.

O equipamento deixou a estudante Sara Almeida Carvalho entusiasmada. Matriculada no 3º ano do Ensino Médio, do Colégio Estadual Carolina Maria de Jesus, em Feira de Santana, ela acordou buscando rótulos de produtos para testar o equipamento. “Logo que levantei, fui fazer uns testes e pude ler uma receita que estava em uma caixa de farinha de trigo. A sensação é indescritível! É como se tivesse recebido um novo olho. Os óculos serão muito importantes para a minha vida, sinto que ganhei autonomia para ler tudo. Estou na expectativa de receber os livros da escola para começar meus estudos”.

Do mesmo município, Juliane Rodrigues está sendo acompanhada pelo Centro de Apoio Pedagógico ao Deficiente Visual Jonathas Telles de Carvalho. Com o uso do dispositivo, a técnica em informática já percebe mudanças na sua vida. ”Adoro literatura e agora posso ler qualquer livro, seja no formato digital ou no papel. Não preciso mais de ajuda, nem dos programas de leitura de telas em computadores. Eu me sinto mais independente e, além disso, consigo saber o que tem nos rótulos dos produtos e embalagens, o que me dá autonomia de vida”.

Ana Lúcia Aleixo trabalha como manicure e acredita que o filho João Vitor, 10 anos, vai aproveitar melhor os estudos. ”Ele tem baixa visão severa e a nossa família não possui condições financeiras para adquirir o equipamento. Vejo o benefício como uma ferramenta que vai ajudá-lo a realizar melhor as atividades do dia a dia, principalmente nos estudos, porque terá mais facilidade de aprendizado e melhor desempenho”. Com o sonho de cursar Direito, a criança que estuda no Instituto Albert de Assis, em Salvador, garante: ”Estou feliz! Será mais fácil na escola e estou reconhecendo o que está à minha volta. Isso é muito bom”.

Ofício dos vassoureiros está sendo mapeado para registro especial pela Prefeitura de Jequié

/ Jequié

Ação é da Secretaria de Cultura e Turismo. Foto: Divulgação/PMJ

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, está desenvolvendo uma pesquisa de campo com artesãos populares que confeccionam objetos como vassouras, esteiras, abanos, chapéus, dentre outros utensílios de palha, típicos da cultura nordestina. O intuito da pesquisa é inscrever o ofício dos vassoureiros no ”Livro de Registro Especial dos Saberes e Modo de Fazer de Jequié”, a ser desenvolvido pelo órgão de Cultura e que deverá prestar merecido reconhecimento público à esse relevante ofício cultural, como patrimônio imaterial do município, sendo um bem a ser protegido pelo poder público.

A pesquisa está sendo realizada pela historiadora e diretora de Patrimônio Artístico e Cultural da Secretaria de Cultura e Turismo, Sandra Brito e pelo coordenador de equipamentos culturais, Jeová Fernandes, para que o levantamento sirva de base para o registro histórico, onde ficará explícita a importância histórico-cultural desse ofício do artesanato de palha, que resiste bravamente contra a extinção. Assim, os pesquisadores têm visitado vassoureiros no Loteamento Água Branca, no Jequiezinho, no bairro Espírito Santo, na Cachoeirinha, e no Assentamento Santa Cruz, no Mandacaru, onde entrevistaram mulheres e homens que trabalham com a palha, confeccionando vassouras e esteiras. Outros bairros e localidades rurais, a exemplo do KM 3, KM 4, Curral Novo e Povoado da Fazenda Velha, estarão no roteiro das visitas.

Os vassoureiros são reconhecidos pela forma peculiar de comercializar seus produtos pelas ruas dos bairros por onde passam, onde bradam, quase como um ritual, a frase em português coloquial ”Óia a vassoura!”. Para o secretário de Cultura e Turismo, Domingos Ailton, o ofício de vassoureiro é parte integrante da identidade cultural do jequieense, desde o início da formação do município.

Senado aprova contagem de tempo de serviço na pandemia a servidores da Saúde e Segurança

/ Brasília

O Senado aprovou ontem (10) projeto de lei (PL) que devolve a contagem, para fins de tempo de serviço, do período da pandemia da covid-19 dos servidores públicos civis e militares das áreas de saúde e de segurança pública. O texto altera a Lei Complementar 173/2020, que suspende para os servidores essa contagem no período de 28 de maio de 2020 a 31 de dezembro de 2021. O PL aprovado hoje retira essas categorias da suspensão.

Ao aprovar o projeto que deu origem à lei complementar, o Congresso havia previsto exceção para algumas categorias, como servidores da saúde e da segurança. O trecho, no entanto, foi vetado pelo presidente Jair Bolsonaro e o veto acabou sendo mantido pelo Congresso. Para o relator, senador Alexandre Silveira (PSD-MG), a retirada desse direito foi injusta.

“Os servidores que atuaram na linha de frente do combate à pandemia, em especial os servidores da saúde e da segurança pública, trabalharam e arriscaram suas vidas entre 28 de maio de 2020 até 31 de dezembro de 2021, sem receber anuênios, triênios, quinquênios e licenças-prêmio, e sem que o tempo trabalhado contasse para o período aquisitivo desses direitos”, argumentou Silveira em seu relatório.

A exceção prevista no projeto valerá para os servidores da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. O projeto também deixa claro que a regra não valerá para o pagamento de atrasados devido à contagem do tempo no período e prevê o retorno do pagamento em 1º de janeiro de 2022. O projeto segue para sanção presidencial.

*Com informações da Agência Senado

Após registro de acidentes com mortes na BA/545, vereador cobra do Convale instalação de guard-rails

/ Jaguaquara

Dermeval Gama cobra melhorias para a BA-545. Foto: Divulgação

Os Constantes acidentes com vítimas fatais na Rodovia BR-545, num trecho de 14 km, pavimentado, entre a sede do Município de Jaguaquara e o distrito de Baixão de Ipiaúna / área rural fizeram o vereador Dermeval Gama protocolar um requerimento que segundo ele será encaminhado ao Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Jiquiriçá, entidade responsável pela manutenção de estradas estaduais na região, por meio de convênio com a Secretaria de Infraestrutura da Bahia.

Segundo o parlamentar, o documento solicita a instalação de guard-rails às margens da estrada, sobretudo numa curva sinuosa, nas proximidades do bairro São Jorge, local que passou a ser considerado palco de graves acidentes, o último no dia (23) de janeiro, vitimando fatalmente o jovem Wesley Araújo dos Santos, 25, anos, morador de Cravolândia, que estava num Chevrolet Celta, que capotou. ”Considerando o grande fluxo de veículos no trecho muito usado para o escoamento da produção agrícola e o número acidentes que já aconteceram é preciso que as autoridades deem mais atenção para a rodovia. Se é o consórcio o responsável, vamos solicitar que essa entidade instale guard-rails, redutores de velocidade e coloque melhor sinalização para garantir mais segurança a todos que trafegam pela rodovia”, justificou.

Boletim da Covid em Jequié revela morte de mulher de 56 anos, com comorbidades e vacinada

/ Jequié

O boletim da Covid em Jequié, divulgado na noite desta quinta-feira (10), pela Secretaria Municipal de Saúde, informa que houve o registro de mais óbito, sendo uma mulher, de 56 anos, residente no bairro Jequiezinho, com histórico de Fibrose Cística e Hipertensão Arterial Sistêmica, cartão de vacinação atualizado com duas doses da vacina contra Covid-19, ocorrido no dia 31/01/22 no Hospital Geral Prado Valadares, onde estava hospitalizada há 3 dias.

Foram registrados mais 89 novos casos positivos nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 21.319 pessoas confirmadas com a doença. Até agora 19.132 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da Covid-19.

De acordo com o número de leitos de UTI-Covid do Hospital São Vicente, a taxa de ocupação é de 90%. Destes, não existem leitos ocupados por residentes de Jequié e 9 leitos estão ocupados por pessoas de outro município.

Até o presente momento 131.251 pessoas foram vacinadas com primeira dose em Jequié.

Secretário de saúde de Salvador presta homenagem a sobrinho diagnosticado com leucemia

/ Bahia

Léo Prates com o cabelo raspado. Foto: Reprodução/Instagram

O secretário municipal da Saúde, Leo Prates, publicou em suas redes sociais, nesta quinta-feira (10), um vídeo com um depoimento emocionante em homenagem ao sobrinho que foi diagnosticado com leucemia. Nas imagens Prates aparece tendo o cabelo raspado em apoio ao garoto.

”Na última semana, um novo susto, toda nossa família foi surpreendida pela notícia que o meu amado Gui, sobrinho mais querido, um garoto sensível e amoroso, foi diagnosticado com leucemia. Nesse momento refletimos sobre tudo que passamos enquanto família, e relembrar todos os obstáculos que ultrapassamos, nos trouxe a certeza que essa é mais uma batalha que não temos outro objetivo senão vencer, pois nós da família Prates somos destinados a vencer! Gui, pode contar com o seu tio em tudo que precisar! Papai do Céu nos trará a força necessária para vencer mais esse desafio!”, disse na legenda que acompanha o vídeo. Com informações do BNEws