Prefeitura de Jequié lança projeto ”Carrinho Legal” e vai entregar carrinhos de lanches a informais

/ Jequié

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Desenvolvimento Econômico, vem executando o Programa Desenvolve Jequié, que segundo nota da gestão municipal vem profissionalizando pessoas em situação de vulnerabilidade social, por meio de variados cursos gratuitos. Agora, seguindo com mais uma etapa, o programa lança o projeto ”Carrinho Legal”, que destinará até 100 carrinhos de lanches a pessoas interessadas, com idade a partir de 18 anos, que deverão participar de um Edital Público, cuja inscrição está disponível até esta sexta-feira, dia (12).

O projeto pioneiro tem o objetivo de incentivar a formalização e a capacitação de cidadãos interessados em empreender, a partir do carrinho de lanche multiuso, com a comercialização de cachorro quente, tapiocas, hambúrguer ou de salgados, instrumentalizando, assim, essas pessoas a desenvolverem ações proativas, tornando-as pequenos empreendedores. Os contemplados deverão passar por capacitação de profissionais do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que orientarão os participantes com técnicas de empreendedorismo, educação financeira e, ainda, uma capacitação técnica sobre boas práticas na manipulação de alimentos e boas práticas em saúde e segurança no trabalho.

Os empreendedores informais independentes poderão concorrer ao Edital utilizando a ficha de inscrição, no anexo 1, do Edital, devidamente preenchido, de forma presencial, indo até a Sala do Empreendedor, na Praça Coronel João Borges, Centro, edifício do Departamento de Tributos, 1º andar, até sexta-feira, dia 12, das 8h às 11h e das 13h às 16h e, também, na Central de Cursos, na Rua Abílio Procópio Ferreira, 226, no Centro. Ou, ainda, poderão fazer a inscrição através do link de inscrição disponível no final desta matéria, sendo que as pessoas que fizerem a inscrição de forma digital deverão apresentar os documentos pessoais, de forma presencial, na Sala do Empreendedor ou na Central de Cursos. No ato da inscrição é necessário estar munido do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (para os empreendedores já formalizados), Documento de Identidade (RG), Cadastro Nacional de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência.

Chuva em Maracás: Prefeitura diz que três famílias ficaram desalojadas e já foram acolhidas com aluguel

Secretária visita pontos atingidos pela chuva. Foto: Divulgação

Ao menos três famílias ficaram desalojadas por causa das fortes chuvas que atingiram o município de Maracás, desde a última semana.

A secretária municipal de Desenvolvimento Social, Guida Galvão, explicou que as famílias acolhidas já receberam o auxílio aluguel da Prefeitura e que técnicos da Secretaria constataram que, em casas diversas, nove fossas desabaram em decorrência da tempestade e que os imóveis em situações inabitáveis serão recuperados pela gestão municipal, que faz o monitoramento de casas localizadas em áreas de risco.

Em rede social, o prefeito Soya Novaes comentou o assunto, tendo informado que fosse dado total assistência as famílias. ”Nesse momento de transtorno e preocupação, a nossa gestão não medirá esforços para acolher aqueles mais necessitados. Determinei que fosse feita toda a logística de acolhimento às famílias, prestando total assistência aos afetados”.

O outro Zé Vaqueiro: cantor desiste de briga por nome artístico; entenda confusão entre José e Wesley

/ Entretenimento

José e Wesley protagonizaram briga por pseudônimo. Foto: Rede social

O nome artístico ”Zé Vaqueiro” foi alvo de briga entre dois cantores – José Jacson de Siqueira dos Santos Júnior e Wesley dos Santos Vieira.

Além da escolha do mesmo pseudônimo, ambos possuem 22 anos e uma trajetória semelhante no mundo da música iniciada no interior de Pernambuco.

No entanto, foi possível distingui-los quando apenas um deles se destacou no ‘piseiro’ brasileiro, em 2020. Entenda o caso envolvendo os dois ‘Zé Vaqueiro’:

Zé Vaqueiro: o ‘original’

”É o Zé Vaqueiro, o original…”. Com o bordão que destaca sua originalidade, o cantor José Jacson de Siqueira dos Santos Júnior, de 22 anos, é um dos precursores do piseiro mais ouvidos nas plataformas de streaming do Brasil. Para diferenciá-lo de um homônimo de história parecida, o artista começou a usar o bordão ”o original” em suas interpretações musicais.

José Jacson, o Zé Vaqueiro, fez seus primeiros shows no sertão de Pernambuco, e começou a ver sua carreira alavancar após compor um hit famoso na voz de Jonas Estilizado, ”Vem me amar”. Em seguida, o artista conseguiu manter o reconhecimento no meio musical com hits ‘chicletes’ como ”Tenho medo”, ”Letícia”, ”Cangote” e ”Volta comigo bb”.

Zé Vaqueiro: o ‘outro’

Wesley dos Santos Vieira, de 22 anos, também utilizava o nome artístico ”Zé Vaqueiro” e iniciou sua carreira musical no piseiro fazendo pequenos shows no interior de Pernambuco. Coincidentemente, ele também compôs um hit famoso na voz de Jonas Estilizado, ”Investe em mim”. Em seguida, atingiu a marca do milhão no YouTube, com algumas canções em versões bem tocadas – ”Libera ela” (8 milhões de views) e ”Some ou me assume” (3,5 milhões) – que, no entanto, não ajudaram sua carreira a decolar.

Zé Vaqueiro: entenda a briga pelo nome artístico

A disputa pelo nome artístico ”Zé Vaqueiro” foi iniciada em 2020, após os artistas se conhecerem pessoalmente em 2019. Em entrevista ao G1, Wesley contou como foi o encontro com José Jacson. ”A gente conversou, já almoçou junto, tomou cachaça, aqui em Lagoa Grande. Foi de boa”, disse. O encontro foi registrado por ele no Facebook, junto com a promessa de uma parceria que nunca se concretizou.

Em 2020, ambos os cantores estavam em níveis semelhantes de sucesso, porém, José Jacson, o ”Zé Vaqueiro” original, disparou nas redes sociais e assinou contrato com a empresa Vybbe. Diante ao progresso do seu xará, Wesley decidiu contestar o registro do nome artístico. Porém, acabou desistindo da disputa no Instituto Nacional de Propriedade Inteletctual (INPI), neste ano.

Ainda de acordo com o G1, Wesley, o ”outro Zé Vaqueiro”, alega ter sido traído pela Vybbe, empresa de Xand Avião, que contratou o Zé Vaqueiro famoso. Segundo ele, a ideia era mudar voluntariamente o nome e abandonar a contestação no INPI. Em troca, a empresa o ajudaria a custear todo o material de divulgação com a nova marca. Mas ele diz que acabou ficando sem o nome artístico e sem a ajuda supostamente prometida. Agora seu nome artístico é ”Zé Estilizado”.

Zé Vaqueiro: quem usou primeiro o nome artístico?

Wesley disse ao site G1, que usou pela primeira vez o nome Zé Vaqueiro em shows em 2014, mas que não fez nenhum registro, por ser menor de idade, nem postou nada na web. Já José Jacson diz que começou a usar o nome em 2018, e comprova a fala com registros na internet que corroboram com a história contada – no YouTube, os materiais mais antigos encontrados com o nome Zé Vaqueiro são ambos de José Jacson, datados em julho de 2018.

Em 12 de abril de 2019, Wesley fez um post em suas redes sociais dizendo: ”Novo projeto vem aí. Uma nova etapa da minha vida.” No dia posterior, em 13 de abril, ele divulgou uma música se identificando como Zé Vaqueiro, e um mês depois, como Zé Vaqueiro Estilizado. Portanto, o anúncio do ”novo projeto” e os primeiros posts no Facebook se identificando como Zé Vaqueiro foram feitos por ele nove meses depois dos primeiros registros de José Jacson.

Para tentar justificar o fato de que ele usou o nome artístico primeiro, Wesley apresentou ao G1 postagens dele de 2017 que citavam o nome Zé Vaqueiro. Porém o portal identificou uma alteração nos textos – os posts foram editados em 2020. No post original de 2017 dizia ”família WS”, (de Wesley Santos). Ele editou em 2020 o texto para “família zé piseiro” antes de mandar os links para o G1.

Ex-colega de João Isidório, como deputado, Zé Cocá diz que parlamentar era um dos mais atuantes

/ Bahia

Zé Cocá lamenta morte de João Isidório. Foto: Divulgação

O presidente da UPB e prefeito de Jequié, Zé Cocá, recebeu com muita tristeza a notícia do falecimento do deputado estadual João Isidório, de quem foi colega na Assembleia Legislativa da Bahia.

O gestor fez questão de ressaltar Isidório, como uma ”figura das mais atuantes na Assembleia Legislativa, dedicado ao ofício de servir ao povo, e responsável pela condução de um grande projeto social, transformador de vidas”.

Cocá também prestou condolências ao deputado federal e pai, Sargento Isidório. ”É triste ver a ordem inversa da vida de um pai ter que enterrar o filho, ainda mais sabendo da parceria que os dois mantinham não só enquanto pai e filho, mas de um líder político que via em João um futuro brilhante na defesa dessa população desassistida que juntos eles atendiam. Portanto, minha solidariedade e sentimentos ao deputado”.

Rui Costa decreta luto pela morte de João Isidório e cancela agenda desta sexta-feira, em Ilhéus

/ Bahia

O governador Rui Costa decretou luto oficial na Bahia por três dias, em razão da morte do deputado estadual João Isidório.

Pelas redes sociais, Rui lamentou. ”A Bahia perde um político promissor, um jovem trabalhador que dedicou sua vida a acolher e tratar, junto com seu pai, pessoas com dependência química. A morte do deputado estadual João Isidório é mais uma perda precoce, que nos entristece profundamente”, escreveu Rui Costa.

A agenda do governador em Ilhéus, nesta sexta-feira (12), está cancelada.

Morre o deputado João Isidório, filho do Pastor Isidório, após se afogar em praia de Madre de Deus

/ Bahia

Deputado João Isidório tinha apenas 29 anos. Foto: Rede social

O deputado estadual João Isidório (Avante) morreu, na tarde desta quinta-feira (11), após se afogar em uma praia nas proximidades de Madre de Deus, município da Região Metropolitana de Salvador (RMS).

O parlamentar foi resgatado sem vida das águas da Baía de Todos-os-Santos por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que tentou a reanimação, sem sucesso.

João Isidório tinha 29 anos de idade e era filho do deputado federal Pastor Sargento Isidório (PSD), que foi candidato à prefeitura de Salvador em 2020. As informações sobre a morte do parlamentar são do site Bahia Notícias

Ministério Público recomenda suspensão de decreto que desobriga o uso de máscaras em Brumado

/ Bahia

O Ministério Público do Estado da Bahia recomendou ao município de Brumado que revogue o Decreto Municipal que desobrigou o uso de máscaras em locais abertos ou fechados. Segundo o MP, o decreto está em desacordo com a Lei Estadual que prevê a obrigatoriedade do uso de máscaras a todas as pessoas em circulação externa nos municípios baianos e que tenham confirmado caso de Covid-19.

O decreto deve permanecer suspenso até que sejam apresentados os critérios técnicos-científicos e o plano elaborado para evitar o aumento do risco de contágio em decorrência da medida adotada. A promotora de Justiça Paola Maria Gallina destaca que, ainda que os municípios tenham certa autonomia para lidar com o enfrentamento da pandemia, é necessário que estejam em consonância com as normas superiores. “A eles (os municípios) não é dado o poder irrefreável e absoluto de decidir em dissonância com as normas estaduais e federais que versam sobre o mesmo tema, já que a sua competência deve suplementar as medidas de interesse supramunicipal”, conta.

O prefeito Eduardo Vasconcelos, da cidade de Brumado, suspendeu o uso obrigatório de máscaras de proteção contra a Covid-19 no município na terça-feira (19). De acordo com o prefeito, a determinação levou em consideração o fato dos boletins epidemiológicos divulgados diariamente pela secretaria municipal de saúde apontarem para uma constante diminuição no número de casos ativos da infecção na cidade. Especialistas já haviam apontado que o momento não era adequado para remover essa prática (ver aqui). Com informações do Bahia Notícias

Ação da Polícia Militar resulta em apreensão de armas de fogo e entorpecente no Entroncamento de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Operação policial ocorreu nesta quinta-feira. Foto: Divulgação/PM

Após receberem denúncias anônimas de grande movimentação de tráfico de drogas e da existência de armas de fogo, utilizadas por membros de uma ORCRIM no Entroncamento de Jaguaquara, as guarnições de serviço da Polícia Militar iniciaram, nesta quinta-feira (11), diligências para averiguar a informação e, ao chegarem no local indicado, visualizaram um indivíduo com as características informadas e iniciaram busca pessoal no suspeito, momento em que foram localizadas 15 (quinze) trouxas de substância análoga à maconha nas suas vestes.

Ato contínuo, o autor confirmou sua participação no tráfico de drogas e indicou o local onde estaria escondido o restante do material ilícito apreendido, que também foi localizado pelos policiais. Ao ser questionado sobre a existência das armas de fogo, o supracitado confirmou e indicou a localização dos armamentos apreendidos, que, de fato foram encontrados e recolhidos pelo efetivo.

Salienta-se que todas as armas estavam carregadas e prontas para utilização.
Finalizadas as diligências, o autor e todo material apreendido foram conduzidos para apresentação à Autoridade Competente, a fim de serem adotadas as medidas cabíveis. As informações são da 3ª Cia/PM

Material apreendido:

▪️01 pistola PT Taurus, calibre 765;
▪️01 revólver, marca Taurus, calibre .38;
▪️01 revólver, marca Taurus, calibre .32;
▪️82 trouxas de substância análoga à maconha; e
▪️01 aparelho celular, marca SAMSUNG.

PRF apreende 45kg de drogas sendo transportados em ônibus por menores de idade na BR-116, em Jequié

/ Trânsito

Ação ocorreu no KM 677 da BR-116, em Jequié. Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na madrugada de hoje (11), no KM 677 da BR-116, em Jequié, 45kg de drogas sendo transportados por duas pessoas diferentes, ambas menores de idade. Em dois volumes, uma caixa e uma mala, havia 22kg de maconha, e em outra mala havia 23kg de cloridrato de cocaína. Segundo a PRF, o flagrante aconteceu durante abordagem a um ônibus de transporte interestadual de passageiros que saiu de São Paulo/SP e tinha como destino Caruaru/PE.

Ao verificarem o compartimento de bagagens do veículo, os policiais identificaram o entorpecente e, em seguida, começaram a analisar os bilhetes de passagem para identificar os responsáveis. Ainda de acordo com a PRF, a maconha pertencia a uma pessoa do sexo feminino, de 17 anos, que admitiu ter recebido o entorpecente em Uberaba/MG com a intenção de levá-lo até Atalaia/AL. Pelo transporte, receberia certa quantia em dinheiro de pessoa desconhecida.

O cloridrato de cocaína, por sua vez, era de outro menor, dessa vez do sexo masculino, também de 17 anos, conforme informações policiais. Ele disse aos policiais que seria pago para levar a droga de Campo Limpo Paulista/SP para Feira de Santana/BA. Revelou ainda que desconhece tanto quem o contratou quanto quem receberia a encomenda.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil para os direcionamentos necessários.

Bahia registra 485 novos casos de Covid-19 e mais 5 óbitos pela doença, diz boletim da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 485 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,04%) e 477 recuperados (+0,04%). O boletim epidemiológico desta quinta-feira (11) também registra 5 óbitos. Dos 1.250.614 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.221.038 já são considerados recuperados, 2.421 encontram-se ativos e 27.155 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações devido a instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.591.587 casos descartados e 249.518 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira. Na Bahia, 52.399 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação
Com 10.839.310 vacinados contra o coronavírus (Covid-19) com a primeira dose ou dose única, a Bahia já vacinou 85,13% da população com 12 anos ou mais, estimada em 12.732.254. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas.

Funcionamento da ”CPI dos combustíveis” é prorrogado por 90 dias na Câmara de Jequié

/ Jequié

CPI é presidida pelo vereador Walmiral Marinho. Foto: Emanuel Jr.

Atendendo pleito apresentado pelo vereador Walmiral Marinho, a Câmara Municipal aprovou, na sessão de terça-feira (9), a prorrogação, por 90 dias, do prazo de funcionamento da Comissão Parlamentar de Inquérito, criada para apurar denúncias de possíveis irregularidades na comercialização de combustíveis em Jequié.

A necessidade de ampliar o prazo ocorreu em virtude de dificuldades de acesso a documentos solicitados as distribuidoras, cujos ofícios encaminhados demandam tempo para serem entregues.

Presidida pelo vereador Walmiral Marinho, a CPI pretende concluir suas atividades antes mesmo do novo prazo estabelecido.

Deputada bolsonarista propõe vedar uso da ”linguagem neutra” nas escolas da Bahia

/ Educação

Talita Oliveira apresentou Projeto de Lei na ALBA. Foto: Divulgação

A deputada estadual Talita Oliveira (PSL) apresentou, nesta quinta-feira (11), um Projeto de Lei para vedar o uso da ”linguagem neutra” nas escolas públicas e privadas da Bahia. Em nota, assessoraria da parlamentar diz que a matéria pretende” zelar pelo direito dos estudantes do estado quanto ao aprendizado da norma culta da língua portuguesa”.

De acordo com a deputada, recentemente, ”alguns grupos da sociedade passaram a tentar instituir a chamada linguagem neutra, inventando palavras que seriam classificadas como de gênero neutro”, explicou a parlamentar.

”Aos poucos, como tanto vemos nas redes sociais, a esquerda vai empurrando goela abaixo da população a sua ideologia nefasta em nossa sociedade, e com educação não se brinca”, disse. ”Já não basta a péssima posição que o nosso estado ocupa no tocante à educação sob a gestão do PT”.

Prefeito não descarta possibilidade de adiar o Carnaval de Salvador para uma outra data

/ Entretenimento

Bruno não descarta adiar festa. Foto: Leilaine Teixeira/bahia.ba

O prefeito Bruno Reis (DEM) não descarta a possibilidade de adiar o Carnaval de Salvador para uma outra data em 2022.

Durante o lançamento do Planejamento Estratégico 2021-2024 nesta quinta-feira (11), no Campo Grande, o democrata, que até então vem se mostrado positivo quanto ao cenário para a festa, acredita que, se os números voltarem a crescer após o anúncio sobre do Carnaval, a folia pode ganhar uma nova data que não em fevereiro.

“Há essa data limite, colocada não pela prefeitura, e sim pelos atores envolvidos, que se até o final de novembro não tiver essa decisão, não irão participar. Eu espero que até o final do mês de novembro, com o avanço da vacina, a gente consiga tomar essa decisão de forma condicionada aos números. Se chegar em fevereiro e não puder ser realizado, adia para uma outra data que seja mais oportuna e conveniente”.

Na última quarta (10), a Comissão Especial de Acompanhamento da Retomada dos Eventos da Câmara Municipal de Salvador sugeriu ao prefeito Bruno Reis (DEM) e ao governador Rui Costa (PT) que anunciassem até o dia 15 de novembro de 2021 a decisão sobre a realização do Carnaval de Salvador em 2022 (lembre aqui).

Contra o anúncio precipitado da realização da festa, o governador Rui Costa (PT) afirmou que não iria aceitar ultimato para definir a festa em 2022 (lembre aqui). Com informações do site Bahia Notícias

Jornalista e colunista de política Cristiana Lôbo morre aos 64 anos, no hospital Albert Einstein

/ Imprensa

Cristiana Lôbo deixa maridos, filhos e netos. Foto: Reprodução

A jornalista e colunista de política Cristiana Lôbo morreu nesta quinta-feira (11), em decorrência de um mieloma múltiplo, do qual se tratava havia alguns anos, agravado por uma pneumonia contraída nos últimos dias. Ela tinha 64 anos e estava internada no hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Ela deixa marido, Miguel, dois filhos, Gustavo e Bárbara, e dois netos, Antônio e Miguel.

Cristiana atuou no jornalismo por mais de 30 anos. Começou a carreira cobrindo a política do estado de Goiás, até se mudar para Brasília.

Contratada pelo jornal “O Globo”, foi setorista do Ministério da Saúde – época em que viu ser criada a carteira de vacinação. Acompanhou de perto também as decisões do Ministério da Educação.

Ainda no ”Globo”, trabalhou na coluna Panorama Político. Depois de 13 anos no jornal, assumiu a coluna política do jornal o”Estado de S. Paulo”. A estreia na televisão foi na GloboNews, em março de 1997.

Naquele mês, passou a integrar o time de comentaristas do Jornal das Dez – analisando os principais fatos da política e os bastidores do poder. E marcou presença nos telejornais da casa. Comandou também o programa Fatos e Versões e a coluna os Bastidores da Política, no g1.