Polícia diz que acidente que vitimou motorista de Focus na BR-116 ocorreu às 10h22 em curva

/ Trânsito

Ford Focus colidiu com carreta na BR-116. Foto: BMFrahm

O condutor do Ford Focus que se envolveu em acidente nesta quarta-feira (1º) na Rodovia Santos Dumont BR-116 não conseguiu vencer uma curva sinuosa em uma ponte no KM 651, no trecho entre Jaguaquara e Jequié, próximo a via de acesso ao Município de Lafaiete Coutinho.

 Conforme a Polícia Rodoviária Federal, as causas estão investigadas. O Focus de placa policial NZU-7248 foi de encontro a uma carreta com placa JAQ-6D15 que transitava na pista contrária, colidindo transversalmente com a Scânia e posteriormente precipitando-se num barranco às margens da estrada, por volta das 10h22.

O motorista da carreta não ficou ferido, mas Márcio Souza dos Santos, 31 anos, que seguia sozinho no carro em direção à Jequié não resistiu e foi a óbito no local. Conforme apurou o Blog Marcos Frahm junto a PRF, a curva é tão perigosa que a instituição já solicitou a Concessionária Via Bahia a instalação de radares no local, onde os veículos desenvolvem alta velocidade.

 

Prefeitura de Jequié promove acolhimento aos professores do Município que retornarão às salas

/ Jequié

Educadores participaram de palestras, café da manhã. Foto: PMJ

O retorno às aulas, depois da longa ausência de alunos e professores do ambiente escolar, vem sendo preparado com cuidado e atenção em Jequié, conforme informações divulgadas pela Prefeitura. Como parte deste planejamento, a Prefeitura, através da Secretaria de Educação, realizou, nesta quarta-feira (1º), atividades para acolhimento dos professores do Sistema Municipal de Ensino, que retornarão, no dia 13 de setembro, às salas de aula, na etapa híbrida.

Mantendo todos os protocolos sanitários, os professores das escolas nucleadas, da Educação no Campo, participaram de um dia diferente, com palestras, café da manhã, música, almoço e lanche, de forma a promover momentos integrativos para esses profissionais. Estiveram presentes a secretária de Educação, a professora Elvia Sampaio; a professora Eliege Rodrigues, coordenadora da Educação no Campo, da Secretaria de Educação; além de professores, coordenadores e técnicos da Educação.

As atividades de acolhimento foram realizadas em todas as unidades de ensino, como no Colégio Municipal Professora Alíria Argolo Pereira, no bairro Mandacaru, onde o acolhimento foi feito no período da tarde desta quarta-feira e a recepção aos professores contou com a participação de gestores e coordenadores pedagógicos da unidade.

Ainda, como parte das ações de segurança, os servidores da Educação participaram de uma formação, que contou com palestras sobre os protocolos de sanitização de ambientes escolares para prevenir Covid-19 e possibilitar maior segurança às famílias e aos profissionais no ambiente de trabalho e somente as escolas que atendem mais de uma etapa ou modalidade de ensino, no mesmo turno, estarão retornando às aulas presenciais, de forma escalonada.

Cruz das Almas: Secretário de Saúde pede afastamento do cargo em meio à CPI

/ Saúde

Secretário Sandro, à esquerda, ao lado do prefeito. Foto: Reprodução

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a identidade de quem atestou o óbito de um paciente na cidade de Cruz das Almas, no recôncavo baiano, em maio deste ano, ainda não conseguiu identificar a profissional. Nesta quarta-feira (1º), o Secretário de Saúde municipal pediu afastamento do cargo por 14 dias alegando problemas de saúde, e não compareceu a CPI. Foram ouvidos profissionais que atuaram junto a mulher no dia do óbito.

De acordo com o presidente da comissão, vereador Paulo Oliveira Santos (PSD), hoje foram ouvidos um médico, dois fisioterapeutas e a coordenadora do Pronto Atendimento Covid, que atuaram junto a suposta médica no dia 5 de maio, data em que foi emitido o atestado de óbito de Ronaldo Teles.  Nenhum dos profissionais disse conhecer a verdadeira identidade da mulher.

Para o presidente da CPI, falta colaboração dos profissionais que atuaram no dia do óbito. ”Eles dizem que não conhecem, não viram, porque ela estava toda paramentada. Engraçado que essa mulher passou 24h paramentada para ninguém conseguir vê-la? Na verdade sabem, mas estão mentido por orientação dos advogados”, disse.

Durante a sessão desta quarta-feira, os interrogados levantaram o nome do médico Henrique Calhau, coordenador do PA Covid na época do caso. ”Todos os interrogados hoje falaram nele. Já oficiamos ele 2 vezes, mas sem êxito. Também enviamos  uma carta registrada para cidade onde ele atua. Ontem ele mandou uma nota por três advogados, que estava em atendimento e não poderia falar. Se for o caso, vamos até Santo Antônio de Jesus ouvi-lo”, disse o presidente.

O site Bahia Notícias apurou que o médico citado atua como cardiologista em uma clínica de Santo Antônio de Jesus. A reportagem entrou em contato com o estabelecimento, mas a equipe informou que ele só trabalha no local às quintas-feiras.

Também nesta quarta-feira, a CPI pretendia ouvir o Secretário de Saúde do município, Sandro Borges. No entanto, ele não compareceu e enviou um atestado médico solicitando afastamento das atividades por 14 dias. O documento aponta como justificativa, hipertensão e transtorno de ansiedade. Em um ofício encaminhado à Câmara, o secretário diz que se coloca a disposição após o período de afastamento.

ENTENDA O CASO

De acordo com a CPI, instaurada em 24 de maio, uma falsa médica atuava na cidade utilizando a documentação da médica Alana Ferreira, que informou nunca ter atuado Cruz das Almas. A própria médica procurou uma delegacia de Juazeiro, mesma região de Uauá, onde trabalha, e registrou queixa apontando ser vitima de falsidade ideológica e falsidade material de atestado ou certidão.

Ao Bahia Notícias, o presidente da comissão informou que já foi identificado um atendimento da falsa médica datado do dia três de março. À época, ela teria atendido um paciente, que recebeu um atestado e receita de medicação. Assim que o relatório da CPI for finalizado, será encaminhado ao Ministério Público da Bahia (MP-BA).

A comissão é presidida pelo vereador Paulo Oliveira (PSD) e tem como relator o vereador Pedro Melo (PT) e secretário o edil Carlos Trindade (PP). *Com informações do site Bahia Notícias

Governo Bolsonaro reduz em 85% verba para compra de vacinas contra a Covid a partir de 2022

/ Brasília

Presidente reduz verba para compra da vacina. Foto: Alan Santos

O governo Jair Bolsonaro (sem partido) reservou para compras de vacina contra a Covid-19 em 2022 um valor 85% menor do que o previsto para 2021. De acordo com o Orçamento do ano que vem apresentado ao Congresso na terça (31), serão R$ 3,9 bilhões para aquisição de imunizantes, contra R$ 27,8 bilhões autorizados para a mesma finalidade neste ano.

Segundo representantes do Ministério da Saúde, o valor será destinado à compra de vacinas da AstraZeneca produzidas com insumos da Fiocruz, além de seringas.

O montante é suficiente para o governo adquirir somente 140 milhões de doses da AstraZeneca, quantidade que não chega nem a cobrir o necessário para uma aplicação em toda a população adulta —o Brasil tem hoje cerca de 160 milhões de pessoas com 18 anos ou mais.

Para justificar a diminuição do valor, membros da pasta afirmam que o cenário da pandemia ainda é incerto e que há possibilidade que parte das doses já adquiridas em 2021 sobrem e possam ser utilizadas no próximo ano. Eles dizem ainda que possíveis novos contratos com outros fornecedores, caso necessários, seriam fechados até dezembro para garantir entregas em 2022.

A definição deve ocorrer conforme surgirem dados de novos estudos sobre aplicação de doses de reforço, apontam —o que pode fazer com que mais recursos também sejam necessários. Ainda segundo o grupo, a previsão de 140 milhões de doses foi calculada com base em uma projeção de entregas da Fiocruz.

Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que aguarda resultados de estudos em andamento para avaliação da necessidade de vacinas no próximo ano.

Segundo a pasta, “poderá haver adequação das previsões das despesas durante a tramitação do texto no Congresso, bem como suplementações orçamentárias a depender da evolução da pandemia”.

Em mensagem presidencial que acompanhou o projeto do Orçamento, o governo afirmou que está atuando de forma preventiva ao antecipar a previsão da verba. Ponderou ainda que é ”impossível dimensionar situações imprevisíveis que podem demandar atuação imediata do poder público”.

”Os montantes alocados representam reforço nas ações relacionadas ao enfrentamento da Covid-19, em relação aos valores previstos no PLOA [Projeto de Lei Orçamentária Anual] 2021”, afirmou.

Ao apresentar esse argumento, o governo não menciona que o Orçamento deste ano não previu verba de combate ao coronavírus porque, quando a proposta foi apresentada, em agosto de 2020, o Executivo não considerava a possibilidade de uma segunda onda da pandemia.

Além disso, quando a doença avançou, o governo optou por fazer gastos extraordinários, que não entram no Orçamento. Até este ano, despesas com a compra de imunizantes foram feitas por meio de créditos extraordinários. Esse mecanismo, usado em situações imprevistas e de urgência, deixa a contabilização dos gastos fora das regras fiscais, o que facilita a liberação.

Para 2022, a decisão inicial do governo é que a despesa com vacinas será feita dentro do Orçamento. Isso impacta, por exemplo, a regra do teto —norma que limita o crescimento dos gastos do governo à variação da inflação.

A avaliação do secretário especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, é que não é possível classificar esse gasto, no momento, como algo imprevisível ou urgente. Ele justificou que a vacinação no país já está avançando e o número de mortes pela Covid-19 está caindo.

O secretário afirmou que se esse cenário eventualmente mudar, trazendo de volta a imprevisibilidade, seria possível liberar os créditos extraordinários. No projeto orçamentário para 2022, a aplicação mínima em Saúde pelo governo foi ampliada em R$ 10,7 bilhões. Desse total, o ministério decidiu que R$ 7,1 bilhões serão destinados a ações de combate à pandemia —é neste valor que estão os os R$ 3,9 bilhões para as vacinas.

A título de comparação, o gasto do Ministério da Saúde com enfrentamento da pandemia foi de R$ 70,8 bilhões em 2020 e está previsto em R$ 53,7 bilhões neste ano. A pasta disse que “o enfrentamento da Covid-19 e seus efeitos sobre a saúde pública foi elemento central da proposta orçamentária para 2022”.

De acordo com o secretário do Orçamento Federal, Ariosto Culau, há uma dose de incerteza sobre a vacinação no ano que vem, por exemplo, em relação ao número de imunizantes e à aplicação de reforço.

“O cenário é bastante incerto, o cenário de definição de recursos para a vacina depende da população vacinável. Qual a vacina que vou dar? Tem vacinas de US$ 5 a US$ 15. O Ministério da Saúde adotou premissa que compatibiliza capacidade de financiamento e as demais prioridades. E priorizou de fato o combate à Covid”, disse.

Há duas semanas, Culau havia afirmado que o plano de imunização contra a Covid-19 em 2022, inclusive a proposta de oferecer a terceira dose à população, poderia ficar comprometido se o Congresso não aprovasse a proposta do governo para reduzir os gastos com precatórios (dívidas reconhecidas pela Justiça).

Mesmo sem solução para o problema dos precatórios, o Orçamento de 2022 foi apresentado com a verba de R$ 3,9 bilhões para essa função. Segundo o secretário, foi respeitado o valor solicitado pelo Ministério da Saúde.

Recentemente, a pasta afirmou que pretende concluir a vacinação de toda a população adulta com duas doses —ou com dose única, no caso do imunizante da Janssen— até o fim de outubro deste ano. Ao mesmo tempo, o ministério já prevê a aplicação de novas doses de reforço para idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos a partir da segunda quinzena de setembro.

A inclusão de novos grupos deve ser avaliada nos próximos meses, em conjunto com a conclusão de estudos sobre a necessidade de uma possível terceira dose para quem foi vacinado com a Coronavac e com outros imunizantes.

Nos últimos meses, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já vinha colocando como alta a probabilidade de precisar de mais doses para uma nova rodada de vacinação em 2022. O formato da estratégia —se apenas como reforço ou em uma nova campanha— ainda é avaliado.

*por Bernardo Caram, Natália Cancian e Thiago Resende, Folhapress

Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprova inclusão de nova fábrica da vacina da Pfizer

/ Saúde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a inclusão da empresa Exelead, localizada em Indianápolis, estado da Indiana, nos Estados Unidos, como uma fabricante alternativa da vacina da Pfizer/BioNTech contra a covid-19. A solicitação de inclusão foi feita em 24 de agosto e aprovada ontem (31) pela Anvisa.

De acordo com a agência, a introdução da unidade aprimora a capacidade de fornecimento da nanopartícula lipídica e de formulação do medicamento a granel. O produto fabricado na Exelead é, então, transportado até o local das etapas de envase e embalagem.

A análise das informações enviadas pela Pfizer foi concluída na semana passada pela equipe técnica da Anvisa, para que fosse verificado o cumprimento das Boas Práticas de Fabricação (BPF) da unidade. A certificação valida as estruturas e condições técnico-operacionais de determinada fábrica para a produção do imunizante.

”Todas as vacinas e medicamentos fornecidos para o Brasil precisam ter a sua cadeia produtiva integralmente autorizada pela agência. Isso significa que cada nova planta fabril incluída deve estar de acordo com os requisitos de BPF”, explicou a Anvisa, em nota. O objetivo é garantir que as mudanças não alterem as características do produto final registrado na agência.

Com a inclusão, a cadeia produtiva da vacina da Pfizer tem agora oito empresas distribuídas nos Estados Unidos, Alemanha, Áustria e Bélgica.

Motorista morador de Jaguaquara morre após colidir carro com caminhão na BR-116, próximo à Jequié

/ Trânsito

Carro saiu da pista após colisão. Fotomontagem/BMFrahm

Um homem de 31 anos, identificado como Márcio Souza dos Santos, morador da cidade de Jaguaquara morreu vítima de um acidente na manhã desta quarta-feira (1º), na BR-116, no trecho entre os municípios de Jaguaquara e Jequié.

As informações preliminares apuradas pelo Blog Marcos Frahm revelam que Márcio conduzia um veículo Ford Focus de cor branca com placa policial NZU-7248, que seguia em direção a Jequié e colidiu com um caminhão com placa JAQ-6D15, que trafegava no sentido contrário.

Após a colisão, o carro rodopiou e saiu da rodovia, indo parar num matagal às margens da estrada, na atura do KM 651.

Ainda não há detalhes sobre as circunstâncias do desastre, que é apurado pela Polícia Rodoviária Federal. O corpo de Márcio foi encaminhado ao IML. Ele atuou como motataxista em Jaguaquara e atualmente era caminhoneiro  e  estaria de folga.

SENAI de Maracás, em parceria com Prefeitura e Vanádio forma 1ª turma do curso de Confeitaria

/ Educação

Turma de Confeitaria concluiu curso no SENAI. Foto: Divulgação

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial / SENAI de Maracás, inaugurado em junho deste ano através de parceria da instituição de ensino com a Largo Vanádio e Prefeitura vem proporcionando aos moradores do Município a oportunidade de adquirir conhecimento técnico por meio de cursos profissionalizantes gratuitos, ministrados por instrutores do SENAI.

Nesta terça-feira (31), foi realizada a solenidade de encerramento da primeira turma do curso de Confeitaria Básica. Estiveram presentes o prefeito Soya Novaes, Valéria Rocha, da Vanádio e o representante do SENAI, Massai Barreto Lima, e os alunos formandos.

Os alunos vão receber os certificados, que os habilitam a exercer a profissão de confeiteiro no mercado de trabalho, ou para a atuação de forma autônoma. O curso ofereceu aos participantes conhecimento teórico e prático para o desenvolvimento de massas e doces com técnicas iniciais da confeitaria, ramo popular da culinária que tem seu destaque especialmente em eventos e festas.

Após a conclusão, estando aptos para o desempenho da função e com o certificado do SENAI, os alunos concluintes têm mais chances de conquistar uma vaga no mercado de trabalho, em Maracás, ou em qualquer lugar do Brasil, podendo atuar em padarias, docerias, restaurantes, lojas especializadas em bolos, entre outras unidades do setor de alimentos.

”Tive a grata satisfação de poder participar desse momento importante na vida dessas pessoas, que a partir de agora estão preparadas para o mercado de trabalho e isso é de fundamental importância para a economia do nosso município. Como prefeito, me coloco à disposição do SENAI para que possamos continuar com essa parceria de sucesso”, comentou o prefeito Soya.

Em Ilhéus, governador Rui Costa participa da inauguração de ponte do complexo Porto Sul

/ Bahia

As obras estão sendo realizadas pela Bamin. Foto: Camila Souza

Primeira obra concluída entre as que antecedem a construção do Porto Sul, a ponte sobre o Rio Almada, em Ilhéus, foi inaugurada nesta quarta-feira (1°), com a presença do governador Rui Costa. O conjunto das intervenções iniciais está 40% concluído. A ponte se junta a outras obras em andamento – 13 quilômetros de vias, rotatórias, desvios e trabalhos de sinalização, além de ações socioambientais.

As obras estão sendo realizadas pela Bamin, empresa que está à frente do complexo de desenvolvimento que envolve a Mina Pedra de Ferro, o Porto Sul e o trecho 01 da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), entre os municípios de Ilhéus e Caetité. A ponte sobre o Rio Almada conecta a BA-001 à futura área industrial do Porto Sul.

”Esse é um marco importante desse grande projeto de infraestrutura logística e produtiva do estado da Bahia. É um projeto que se iniciou no final da década de 50, com um professor da Universidade Federal da Bahia chamado Vasco Neto, que fez o traçado dessa ferrovia, e outras pessoas, como o ex-governador Jaques Wagner, agregaram o conceito de fazer um porto aqui na região sul, hoje viabilizado pela Bamin. Teremos a conclusão em breve do trecho de ferrovia, mas o Estado da Bahia tem o compromisso e fará a extensão de Caetité até o oeste”, disse Rui.

A construção da ponte sobre o Rio Almada foi executada com tecnologia cantitraveller, que permite o cravamento de estacas em áreas de rios com redução de impacto ambiental. Ela é formada por nove vãos com 26 metros e 234 metros de comprimento em pavimento rígido e seguro à circulação de veículos de grande porte.

Na ocasião, o governador anunciou outros investimentos no sul da Bahia. ”Hoje é o primeiro passo de um projeto que terá grande impacto econômico não somente para Ilhéus e Itabuna, mas para todos os municípios da região. E nós estamos aumentando esse investimento com a requalificação completa da BA-001, de Nazaré até Ilhéus, passando por Valença, Itacaré e entrando no chamado litoral norte de Ilhéus, e do sistema norte de Ilhéus, onde faremos um sistema duplicado, com quatro pistas em vários trechos. Portanto, teremos uma infraestrutura nova para acessar o porto e para o desenvolvimento do turismo”, afirmou Rui.

De acordo com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, a requalificação da BA-001, no trecho de Valença a Itacaré, já foi iniciada. ”Hoje o governador anunciou a licitação do trecho entre Itacaré e Ilhéus e do trecho entre Nazaré e Valença. Esses dois contratos vão representar um investimento de mais R$ 100 milhões, requalificando totalmente a BA-001, entre Ilhéus e a Ilha de Itaparica”, explicou.

Porto Sul

Em parceria com o Governo do Estado, o Porto Sul vai receber investimentos da ordem de R$ 2,5 bilhões e poderá atracar navios de até 220 mil toneladas. Juntos, os projetos da Mina Pedra de Ferro e do Porto Sul vão gerar cerca de 55 mil empregos diretos e indiretos.

”O Porto Sul será importante corredor logístico de exportação para o Brasil, por onde serão transportadas milhares de toneladas de minérios, produtos agrícolas e outros produtos. Um porto que vai gerar milhares de empregos, vai gerar riqueza e prosperidade para o povo da Bahia e do Brasil. Nós estamos tendo essa privilégio devido à parceria com os colaboradores da Bamin e com o Governo do Estado. Viva Ilhéus e viva o Porto Sul”, destacou o presidente global da Bamin, Benedikt Sobotka.

Vereador de Salvador aponta resistência de Rui no retorno de eventos: ”É preconceito com esse setor”

/ Política

Claudio Tinoco contesta decreto de Rui. Foto: Câmara de Salvador

O vereador Claudio Tinoco (DEM) criticou a resistência do Governo do Estado nas ações para a retomada do setor de eventos na Bahia.

Presidente da Comissão Especial da Câmara Municipal de Salvador para a discussão da retomada de eventos na capital baiana, o edil, entrevistado nesta quarta-feira (1º) no programa Isso é Bahia, da rádio A Tarde, parceiro do Bahia Notícias, afirmou que o governador Rui Costa vem fazendo torcida contra e atrapalhando o retorno dos eventos no estado.

”Não é uma questão de cautela é questão de preconceito, não é possível que a população continue assistindo bares e restaurantes abertos, aglomerações ocorrendo na madrugada em bairros, as pessoas estão nas ruas. O evento-teste houve uma torcida contrária, uma posição contrária do governo do estado sob a liderança de Rui Costa, a ponto de ele fazer uma ironia com a perspectiva de se realizar um Carnaval em 2022 com as pessoas mascaradas”.

Para o vereador, o posicionamento tomado por Rui e representantes do governo foi prejudicial na formação da opinião da população, que pode ter entendido o evento-teste como um grande risco na cidade.

”Quando se trabalhou na perspectiva de um evento-teste ser realizado, o governador e representantes diziam que se passaria uma mensagem ruim para a população. Qual mensagem ruim? Um líder tem que estabelecer quais são os parâmetros e passar uma mensagem positiva (…) O que não pode é essa letargia, simplesmente como houve ontem a decretação da renovação dos limites de 500 pessoas para eventos sociais e os eventos não estão acontecendo. É uma diferença de tratamento que eu posso afirmar aqui que é preconceito do governador com esse setor, não vejo outra posição diferente dessa”.

Após a realização do evento-teste no dia 27 de julho, no Centro de Convenções, Tinoco e a Comissão Especial da CMS participam de uma audiência pública para analisar o desdobramento do teste.

”Vamos realizar uma audiência pública no próximo dia 22, para avaliar o desdobramento do evento e continuar insistindo no debate de um protocolo que venha permitir esse setor abrir. Nós temos o maior e melhor setor de entretenimento na cidade”. *Bahia Notícias

Deputado diz que pré-candidatura de João Roma é estratégia para dissociar Neto de Bolsonaro

/ Entrevista

Na avaliação do deputado estadual Alex Lima (PSB), a pré-candidatura do ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), ao governo da Bahia é uma estratégia para dissociar o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

”Pra mim, é uma pré-candidatura laranja. Pensando no desgaste de Bolsonaro, a escalada de João Roma é para fazer palanque de Bolsonaro na Bahia e o DEM sair de ‘bonzinho’. Os dois são amigos históricos”, analisou, em entrevista ao programa BNews Agora, na rádio Piatã FM, nesta terça-feira (31).

A declaração de Lima é em resposta ao investimento de João Roma nas críticas ao PT. O ministro adotou uma postura mais incisiva nas últimas semanas e tem defendido mais enfaticamente o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Depois de terem enviado ao Congresso a proposta do Auxílio Brasil, principal pauta da pasta, o deputado federal licenciado e sua equipe avaliaram a necessidade de avançar mais abertamente no terreno político estadual, a fim de ampliar as condições para uma candidatura de terceira via em 2022.

Durante a entrevista, o deputado estadual também disse que a vinda do MDB à base do governo Rui Costa (PT) seria bem-vinda. “Não tenho nenhum problema com o MDB. Espero que venham fazer parte de nossa fileira”, afirmou.

Ainda segundo o site BNews, a definição do nome de Nelson Pellegrino para o posto de conselheiro no Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) abriu a bolsa de apostas dentro do governo sobre quem sucederá o petista na Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur). Interlocutores do governo passaram a consider a possibilidade de formalizar um convite para atrair o MDB à base e, por conseguinte, assumir o comando da pasta. Para alguns, seria uma espécie de “cartão de boas-vindas”.

Um novo caso positivo de Covid-19 nas últimas 24h em Jequié , diz boletim epidemiológico

/ Jequié

Mais um novo caso da Covid-19, em Jequié foi registrado nas últimas 24 horas, pelo Boletim Epidemiológico, atualizado nesta terça-feira (31) perfazendo um total de 17.794 pessoas confirmadas com a doença. Até agora 17.325 pacientes encontram-se recuperados da Covid-19.

Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto está em 63%.

Destes, 3 leitos estão ocupados por residentes de Jequié e 9 leitos ocupados por pessoas de outros municípios. Até o presente momento 103.594 pessoas foram vacinadas com primeira dose e com as vacinas em dose única, em Jequié.

Prefeito e vereadores em Jequié visitam instalações do Centro de Equoterapia, do 19º BPM

/ Jequié

Zé Cocá, Walmiral e João visitam Centro de Equoterapia. Foto: 19ºBPM

Na tarde desta terça-feira (31), o prefeito do município de Jequié, Zé Cocá visitou as instalações do Centro de Equoterapia Jequié, do 19º BPM, acompanhado do Comandante da Unidade, Major Reinaldo e dos vereadores João Paulo e Walmiral Marinho.

Na oportunidade, a comandante do Centro de Equoterapia, Subtenente Carla Cristina, fez uma explanação sobre as necessidades do centro, passando sobretudo na melhoria da infraestrutura, a fim de dar mais conforto e segurança aos assistidos.

Ainda no local, o vereador Walmiral colocou à disposição um profissional de advocacia para dar assistência jurídica aos pais de crianças amparadas, inclusive com atendimento na própria sede da Equoterapia.

Chapada Diamantina: Mulher é presa na BR-242 em Itaberaba com mochila abarrotada de cocaína

/ Polícia

Cinco quilos de cocaína foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde desta terça-feira (31), em Itaberaba, na Chapada Diamantina. O flagrante ocorreu durante fiscalização de combate a criminalidade no KM 225 da BR 242. Uma mulher foi presa.

Inicialmente, foi dada ordem de parada ao veículo que seguia de São Paulo (SP) com destino a cidade de Natal (RN). Ao subir no veículo e conversar com os ocupantes, os PRFs perceberam um nervosismo incomum em uma das passageiras. Ela apresentou informações desencontradas acerca do destino e motivo da viagem, o que levou a equipe a aprofundar a fiscalização no ônibus.

Durante os procedimentos de vistoria foi encontrada uma mochila “lotada” com tabletes de cocaína, que estava sob a poltrona de uma passageira de 22 anos.

Aos policiais, a mulher relatou que foi interpelada no bairro da Mata Escura, em Salvador e convencida a realizar o transporte da droga de São Paulo até a capital baiana, onde receberia 1.000 reais quando entregasse o entorpecente na rodoviária.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante e a mulher foi apresentada a autoridade de plantão da Delegacia de Polícia Civil em Itaberaba (BA). Inicialmente, ela responderá pelo crime de tráfico de drogas.

Setembro começa com chuva e tempo frio quase todo o Vale do Jiquiriçá; Jaguaquara registra chuva fina

/ Jaguaquara

Chuva cai nesta quarta em em Jaguaquara e região. Foto: BMFrahm

Na maioria das cidades do Vale do Jiquiriçá, a quarta-feira, (1º) de setembro, amanheceu chuvosa, com os termômetros marcando 19ºC em Jaguaquara, por exemplo, maior cidade do território de identidade. Nos demais municípios, a chuva cai, porém, sem intensidade.