Covid-19: Casos ativos caem pelo 7º dia seguido na Bahia; ocupação das UTIs é de 51%

/ Bahia

O número de casos ativos da Covid-19 na Bahia caiu, nesta quinta-feira (29), pelo sétimo dia consecutivo, conforme dados publicados em boletim epidemiológico pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). Neste momento, 6.632 pessoas estão contaminadas pelo novo coronavírus no estado, de acordo com a contagem do governo baiano.

A taxa de ocupação das unidades de terapia intensiva (UTIs) para adultos com Covid-19 também caiu no estado, de 53% para 51%. No caso dos leitos clínicos de enfermaria, a queda foi menor: de 34% para 33%.

Nas últimas 24 horas, a Sesab confirmou 2.025 novas contaminações pelo novo coronavírus e 44 mortes em decorrência da infecção. No total, a Bahia acumula, desde o início da pandemia, 1.190.992 casos confirmados da Covid-19 e 25.674 óbitos pela doença. Com informações do Bahia Notícias

Com chegada de doses da Pfizer, Bahia recebe três cargas previstas para esta semana

/ Saúde

A Bahia recebeu nos últimos dois dias mais de 600 mil doses de vacinas contra a Covid-19. No total, foram entregues entre a última terça (27) e quarta-feira (28) o total de 613.060 doses. O último dos três lotes previstos, foi entregue na tarde de quarta-feira com 143.910 doses da Pfizer. O lote desembarcou no Aeroporto Internacional de Salvador por volta das 16h30.

Antes, ainda na terça-feira, o estado havia recebido outros dois carregamentos. O primeiro, com 255.300 doses da Coronavac e 63.600 da Oxford/AstraZeneca chegou pela manhã. No fim do dia, a segunda carga, com 150.250 imunizantes da Oxford/AstraZeneca foi entegue.

Citando perdas acumuladas Sindicato dos Servidores de Jequié lança Campanha Salarial 2021

/ Jequié

Sindicato dos Servidores realizam ato público. Foto: Souza Andrade

Com o mote: ”TODOS JUNTOS em defesa dos Serviços Públicos e da valorização dos Servidores”, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jequié e Região (SINSERV), lançou a Campanha Salarial da categoria durante Assembleia Geral realizada na Praça da Bíblia, na segunda-feira (26).

Durante o ato, a direção do sindicato apresentou uma nota denunciando o arrocho salarial sofrido pelos servidores, argumentando que a situação de arrocho salarial a que estão submetidos os servidores se arrastam ao longo dos últimos 5 anos, com perdas acumuladas da ordem de 22%. Também cita que, mesmo com os salários congelados no ano de 2020, a contribuição para a previdência passou de 11% para 14% aumento de 3% a mais; anteriormente a alíquota era de 8%.

Em Nota o Sinserv cobra agilidade da gestão municipal em relação ao Plano de Cargos, Carreira e Remuneração. Além disso, diversos são os processos administrativos que se encontram sem andamento e engavetados. ”Nem o direito à aposentadoria está sendo respeitado – a fila de espera pode durar anos, já são mais de 150 Servidores aguardando aposentadoria. A demora na concessão das pensões, é também motivo de revolta”, continua a Nota. Com informações do site Jequié e Região

Justiça julga improcedente pedido de cassação de prefeita por pintar equipamentos públicos na cor azul

/ Justiça

Eunice (DEM) é gestora de Nazaré das Farinhas. Foto: TV SAJ

O juiz eleitoral Francisco Moleda de Godoi, da 30ª Zona Eleitoral da cidade de Nazaré das Farinhas, julgou improcedente o pedido feito pela coligação Nazaré em Boas Mãos para cassar a atual prefeita Eunice Barreto (DEM), que teve os advogados Ademir Ismerim Medina e Luiz Eduardo Guimarães Romano Pinto em sua defesa.

Conforme publicação do site Política Livre, a acusação é de que a democrata teria cometido abuso de poder consistente na pintura de logradouros e equipamentos públicos na cor azul, mesma tonalidade da sua campanha, às vésperas das eleições municipais do ano passado.

”Os investigantes demonstraram com a juntada de fotos nos fólios que o uso da cor azul era prática usual na cidade antes da gestão dos investigados, e que há prédios públicos pintados com outras cores existentes na bandeira do município, como verde e amarelo”, diz a decisão.

Ainda segundo Godoi, ”também não restou comprovado qualquer abuso de poder e/ou prática de conduta vedada no segundo fato alegado pelos investigantes, qual seja, a aduzida distribuição aos mototaxistas da cidade de camisas azuis que continham o número 25 pelos investigados”.

Leão garante que Bolsonaro não irá ao PP: ”Não vamos aceitar que venha alguém para comandar”

/ Política

”O Bolsonaro não vai vir para o PP”, diz Leão. Foto: BMFrahm

O vice-governador João Leão (PP) garantiu, em entrevista à Globo News na manhã desta quinta-feira (29), que o presidente Jair Bolsonaro não irá se filiar ao seu partido, como tem sido veiculado nos últimos dias.

”O Bolsonaro não vai vir para o PP. Nós não vamos aceitar que venha alguém para comandar o partido. Não existe isso dentro do PP. O Ciro Nogueira é um democrata. Casa estado opina da maneira que quer”, disse.

”Aqui na Bahia nós temos uma aliança com o PT. O Rui Costa é um grande governador. Não podemos mudar aqui o sistema que está funcionando”, continuou

Rebeca Andrade conquista inédita prata para o Brasil na ginástica das Olimpíadas

/ Esporte

Ginasta Rebeca Andrade. Foto: Julio Cesar Guimarães/COB

A ginasta brasileira Rebeca Andrade confirmou o desempenho na fase classificatória e conquistou, nesta quinta-feira (29), a medalha de prata no individual geral na Olimpíada de Tóquio 2020. É a primeira medalha da ginástica brasileira no feminino. A nota final da brasileira foi 13,566.

Rebeca Andrade lutou para disputar o jogos, devido a uma série de contusões por problemas no ligamento cruzado anterior (LCA). A atleta brasileira ainda vai decidir a final em dois aparelhos: solo e salto.

Reunião entre Governo e APLB termina sem acordo por retomada das aulas semipresenciais na rede estadua

/ Educação

O governo da Bahia e o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado da Bahia (APLB) se reuniram na noite desta quarta-feira (28), na sede da Secretaria de Relações Institucionais (Serin), para tentar resolver o impasse sobre a retomada das aulas semipresenciais na rede estadual de ensino.

Segundo o presidente da APLB, Rui Oliveira, o sindicato reafirmou a posição de que os professores só vão retornar às salas de aula 15 dias após receberem a segunda dose da vacina contra a Covid-19. A categoria é a favor de manter as aulas online até que todos os profissionais estejam imunizados com as duas doses da vacina contra Covid-19.

Ainda segundo Rui Oliveira, a categoria solicitou uma lista com o nome de todos os funcionários da Educação que receberam as duas doses do imunizante. O presidente da APLB informou que o governo do estado, representado pelos secretários Luiz Caetano e Jerônimo Rodrigues, disse que não tinha o documento pronto e que faria o possível para entregar a lista até sexta-feira (30).

O governo da Bahia e a APLB marcaram uma nova reunião para a próxima terça-feira (3), para continuar as discussões sobre a adesão dos professores dentro das escolas.

”A nossa motivação maior para o diálogo é o interesse de que as escolas atendam aos estudantes como tem que ser, seguindo todos os protocolos necessários. Continuaremos conversando com a APLB no sentido de garantir o ensino semipresencial seguro e com qualidade de aprendizagem”, afirmou o secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues.

Na segunda-feira (26), primeiro dia de retomada das aulas semipresenciais na rede estadual de ensino, escolas de Salvador registraram baixo movimento de professores. Neste primeiro momento, apenas as aulas do ensino médio foram retomadas no modelo híbrido (online e presencial).

Em um dos colégios mais conhecidos da capital baiana, o Colégio Central, que fica no bairro de Nazaré, o ensino foi remoto. Muitos professores não foram até a instituição, de acordo com os alunos.

O retorno foi programado para acontecer com as turmas divididas pela metade, dando seguimento ao protocolo de manter 50% da capacidade das salas de aula. Além disso, a escola deve aferir a temperatura de todos que entram na instituição, e o uso de máscara é obrigatório.

Apesar dos protocolos, segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado da Bahia (APLB), 95% dos professores da rede estadual não compareceram às salas de aula, na segunda.

A falta de professores também foi registrada no Colégio Estadual Teixeira de Freitas. Estudantes do 3ª ano do ensino médio informaram que alguns professores foram para o colégio, mas se recusaram a dar aulas. Segundo eles, a orientação foi para que os estudantes que estavam no colégio assistissem a aula pelo celular.

No dia 16 de junho, a APLB informou que 95,6% dos professores decidiram pelo retorno apenas após a imunização completa dos funcionários da Educação. A categoria afirmou que a pesquisa realizada pela entidade ouviu quase 17 mil profissionais. No dia 14 de julho, o presidente da APLB já tinha afirmado que a categoria não iria retornar às salas de aula neste mês.

Porém, o governador Rui Costa afirmou que os servidores que não cumprirem a carga horária definida será penalizado com a não remuneração, como qualquer trabalhador que falte ao posto de trabalho.

De acordo com o governo, apesar da baixa adesão, não há previsão para cancelamento das aulas semipresenciais.

Nas escolas municipais, que têm o ensino fundamental e infantil, as aulas semipresenciais já foram retomadas no dia 5 de julho, em formato híbrido. E as unidades particulares da capital retornaram às atividades também em formato híbrido no dia 6 de julho. Com informações do G1

Presidente Jair Bolsonaro sanciona programa de combate à violência contra a mulher

/ Brasília

O presidente Jair Bolsonaro sancionou ontem (28) o projeto de lei que cria o programa de cooperação Sinal Vermelho para combater a violência doméstica contra as mulheres. Com a medida, o governo, o Ministério Público e a Defensoria Pública poderão firmar parcerias com estabelecimentos privados para ajudar a encaminhar denúncias contra os agressores.

A sanção, realizada durante cerimônia no Palácio do Planalto, oficializa para todo o país a medida, que foi implantada inicialmente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) para incentivar as vítimas de violência doméstica a denunciarem agressões nas farmácias.

Nesses casos, os estabelecimentos são treinados para ajudar vítimas de violência. Basta mostrar um X vermelho na palma da mão, pintado com batom ou tinta de caneta, para que o atendente, ou o farmacêutico, entenda tratar-se de uma denúncia e em seguida acionar a polícia.
Durante o evento, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou que o presidente Bolsonaro tem compromisso com o combate à violência contra a mulher.

”É uma lei que já pegou. O Brasil inteiro está fazendo um X na mão. É uma lei que está sendo sancionada, mas que já pegou no Brasil. Eu tenho recebido embaixadores, eu tenho recebido contatos de outros países para entender o que é o X na mão. A gente está fazendo história”, afirmou.

Para a ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, a sanção do projeto mostra que a sociedade não tolera a violência contra a mulher e que esforços não serão poupados para ampliar a rede de conscientização.

”A violência contra a mulher é um problema de toda a sociedade, e é com coragem e seriedade que a gente tem que tratar a importância dessa pauta”, disse Flávia.

O projeto também altera a Lei Maria da Penha para criar a pena contra a violência psicológica, caracterizada por ameaças, constrangimento, humilhação, ridicularização, chantagem e limitação do direito de ir e vir da mulher. A pena vai variar entre seis meses e dois anos de prisão.

A partir de agora, juízes poderão afastar imediatamente o agressor da convivência com a vítima diante de risco à integridade psicológica da mulher. Atualmente, a restrição ocorre somente diante de risco à integridade física da vítima e dos dependentes.v

Sargento do 8° GBM de Jequié salva bebê de 10 dias de vida com orientações por telefone

/ Jequié

Sargento BM Carla Reis salvou bebê. Foto: Divulgação/8º GBM

”Eu estava no teledespacho quando ouvi a atendente do call center falar em engasgo. Saí da minha mesa e rapidamente assumi o fone dela. Inicialmente falei com o pai, que estava muito nervoso e a mãe bastante chorosa. Pedi que ele segurasse o recém-nascido, sentasse e a que mãe colocasse o celular no ouvido dele, para que eu pudesse explicar a manobra de desengasgo”, disse a sargento BM Carla Reis.

Foi dessa forma, que a sargento BM Carla, lotada no 8°GBM/Jequié conseguiu passar para o pai do bebê como realizar a manobra de Heimlich e conseguiu salvar a vida do neném que estava engasgado com leite materno. Segundo a mãe, a criança já estava com a pele bastante pálida. ”Acredito que sem esse primeiro atendimento adequado talvez meu bebê não conseguisse esperar até o resgate”, completou a sargento BM Carla, que acionou a unidade de resgate do 8°GBM ainda durante a ligação.

”Quando ouvi o pai dizer ‘consegui’ e escutei o choro do bebê ao fundo falei: ufa, graças a Deus! Fiquei muito feliz em ajudar esse casal e a criança”, destacou a sargento BM Carla.

Ao chegarem no local, os bombeiros da unidade de resgate perceberam que o bebê já estava bem, os militares então o levaram ao hospital, para que pudesse ser avaliado por especialistas.

Boletim da Covid em Jequié registra mais 3 óbitos por Covid, ocorridos nos dias 23, 24 e 25

/ Jequié

O boletim da Covid em Jequié, atualizado nesta quarta-feira (28) informa que houve o registro de mais três óbitos, sendo um homem, de 73 anos, residente no Jequiezinho, com histórico de Diabetes Mellitus, ocorrido em 23/07; uma mulher, de 34 anos, residente no Curral Novo, com histórico de Obesidade, ocorrido em 24/07; e uma mulher, de 80 anos, residente no Jequiezinho, com histórico de Hipertensão Arterial, ocorrido em 25/07. Todos estavam internados no Hospital Geral Prado Valadares, elevando para 374 o número de mortes.

Foram registrados mais 14 novos casos, nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 17.389 pessoas confirmadas com a doença, até agora. 16.835 pacientes encontram-se recuperados da doença.

Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto está em 83%.

Destes, 13 leitos estão ocupados por residentes de Jequié e 11 leitos ocupados por pessoas de outros municípios. Até o presente momento 73.646 pessoas foram vacinadas com primeira dose e com as vacinas em dose única, em Jequié.

Maracás apresenta redução significativa de casos da Covid e secretária atribui queda à vacinação

/ Saúde

Casos ativos tem queda em Maracás. Foto: Blog Marcos Frahm

Após meses liderando em número de casos do Coronavírus entre os demais municípios do Vale do Jiquiriçá, o boletim epidemiológico da cidade de Maracás apresenta redução significativa de ativos.

A redução de infectados nos últimos 12 dias é de mais de 80%. No dia (17) de julho, por exemplo, o boletim revelava 73 casos ativos, dos 3.622 confirmados até aqui. O número de óbitos é de 74, o maior em todo o Vale, com a última morte registrada no boletim do dia (20). Nesta quarta-feira (28), conforme o boletim, apenas 12 pessoas estariam infectadas.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Darlene Rosa, é registrada também queda nas internações e ela diz que os dados atuais comprovam a eficácia da vacina. ”A gente tem constatado queda em internações, em casos ativos e isso tudo acontece depois do avanço da vacinação”. Maracás aplicou, até esta quarta, 15.116 doses de imunizantes contra Covid: 10.596 foram vacinados com a 1ª dose, 293 com dose única e 4.227 já receberam a 2ª dose do imunizante em Maracás, o que representa 22% da população.