Jequié registra 44 novos casos e atinge 100% de ocupação de leitos de UTI para Covid-19

/ Jequié

Ocupação de UTI atingiu, neste sábado, 100%. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié emitiu o boletim do coronavírus deste sábado (9), informando que houve o registro nas últimas 24 horas de 44 novos casos, perfazendo um total de 8.394 pessoas confirmadas com a doença, até agora. 7.360 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. O número de mortes desde o início da pandemia é de 188.

Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto atingiu, neste sábado, 100%. Destes, 12 leitos estão ocupados por residentes de Jequié e 17 leitos ocupados por pessoas de outros municípios.

Prefeito reeleito de Nova Itarana, Danilo foi eleito presidente do Consórcio do Vale do Jiquiriçá

Antonio Danilo vai comandar o CONVALE. Fotos: Blog Marcos Frahm

Reeleito prefeito de Nova Itarana com 87,44% dos votos, maior percentual de votos, proporcionalmente, na Bahia, Antonio Danilo (PSD), terá outro desafio: comandar o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Jiquiriçá – CONVALE, entidade que representa cerca de 20 municípios que integram o Território de Identidade.

Em assembleia harmônica, em Maracás, na tarde de sexta-feira (8), Danilo foi eleito presidente do Consórcio Público, para um período de dois anos, em eleição que definiu todos os outros membros da Mesa Diretora. A chapa de consenso eleita por aclamação tem Danilo como presidente, Rodrigo Maicon (MDB), prefeito de Mutuípe, como vice-presidente institucional, Marco Aurélio (PSB), de Itaquara, vice-presidente administrativo, João Freitas (PP), de Lafaiate Coutinho, 1º secretário, Soa Novais (PDT), de Maracás, 2º secretário e Lorena Di Gregório (PSD), de Itiruçu, tesoureira.

Danilo vai suceder no CONVALE o ex-prefeito de Planaltino, Zeca Braga (PSD), que participou do evento para transmissão de cargo na área externa do CEVLAM-Centro Educacional Vanda Lacerda de Matos, em Maracás. Além de gestores, vice-prefeitos, secretários e vereadores representando os 20 municípios: Jaguaquara, Maracás, Amargosa, Lagedo do Tabocal, Planaltino, Itiruçu, Lafaiete, Nova Itarana, Irajuba, Brejões, Itaquara, Cravolândia, Santa Inês, Ubaíra, Jiquiriçá, Mutuípe, Milagres, Jiquirriçá, São Miguel das Matas e Laje participaram da eleição como convidados o deputado estadual Dal (PP) e o novo prefeito de Jequié, Zé Cocá (PP), que no mesmo dia havia sido escolhido presidente do Consórcio Intermunicipal Médio Rio das Contas (CIMURC).

Prefeitos do Vale se reuniram para escolha da chapa em Maracás

Apesar de jovem, 35 anos, Danilo é filho de ex-prefeito e que também integrou o CONVALE, Zéu de Nova Itarana e diz ter experiência em gestão e ser conhecedor das dificuldades que os municípios enfrentam. ”O sentimento é de gratidão, pelo apoio recebido de cada colega prefeito. Acredito que só unindo forças conseguiremos melhorias para o nosso território e é isso que iremos fazer, nos unir para batermos nas portas dos governos estadual e federal com as demandas de cada cidade, objetivando o desenvolvimento do Vale do Jiquiriçá”, disse o presidente.

Prefeito de Jequié, Zé Cocá é eleito presidente do Consórcio Intermunicipal Médio Rio das Contas

Prefeito de Jequié, Cocá vai comandar Consórcio. Foto: Marcos Frahm

Aconteceu, na sesta sexta-feira (), no auditório da Associação Comercial e Industrial de Jequié (ACIJ), no Centro, a Assembleia Geral Extraordinária para eleição do novo presidente do Consórcio Intermunicipal Médio Rio das Contas (CIMURC). Zé Cocá (PP), prefeito de Jequié, que já foi presidente do Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Jiquiriçá (CONVALE) e coordenador estadual dos consórcios públicos, teve o nome escolhido pela maioria dos consorciados presentes, assumindo um mandato de dois anos à frente da entidade.

Este ano, votaram os prefeitos de Barra do Rocha, José Luiz Franco Ramos Costa; de Gongogi, Adriano Mendonça Pinheiro; de Ibirataia, Ana Cléia dos Santos Leal; de Itagibá, Marcos Valério Barreto; de Itamari, Everton Borges Vasconcelos; de Jitaúna, o Patrick Lopes; de Ubatã, Vinícius do Vale de Souza; de Apuarema, Jorge Rogério Costa Souza; e de Itagi, Olival Andrade Júnior, que defendeu a escolha de um representante de outro município para presidir o CIMURC, tendo sido voto vencido. Estiveram presentes, como convidados, o prefeito de Lafaiete Coutinho, José Freitas de Santana Junior, o João Véi; e Antônio Danilo, gestor municipal de Nova Itarana, que no mesmo dia foi eleito em Maracás presidente do Consórcio do Vale do Jiquiriçá.

O evento foi marcado por discussões acaloradas entre Zé Cocá, Olival Andrade do DEM, prefeito de Itagi e Ana Cléia, do PSD, gestora de Ibirataia e que se uniu a Olival com posicionamento contrário a candidatura de Cocá. Olival subiu o tom após a fala do prefeito reeleito de Jitaúna, Patrick Lopes do PP, que teria evidenciado a aproximação de Zé com o governador Rui Costa (PT), o que para ele, a relação com o chefe do Executivo baiano facilitaria na busca através do consórcio de benefícios para o território. Olival rebateu afirmando que o governador não iria deixar de atender um prefeito em detrimento do outro e que era favorável a alternância, em face de Jequié já ter presentado o Consórcio até 31 de dezembro último, quando o ex-prefeito Sérgio da Gameleira (PSB) deixou a prefeitura e a presidência da entidade. O gestor de Itagi, que é declarado opositor de Rui, disse não ter problemas com Cocá no campo pessoal, mas que não poderia defender a candidatura do novo prefeito de Jequié, ameaçando inclusive se desligar do CIMURC. Ele deixou o local momentos antes da votação. Já Ana Cléia, comungava com a ideia de Olival, voltou atrás e aceitou compor a chama, sendo eleita vice-presidente.

Prefeitos do Médio Rio de Contas escolhem Zé Cocá presidente

Ao final da votação, o novo presidente firmou compromisso para a criação de uma mesa diretora, que passará a ser composta de uma vice-presidência, tesouraria e secretaria. Para estes novos cargos, foram indicados Ana Célia Leal, de Ibirataia; Marcos Valério, de Itagibá; e Vinícius do Vale, de Ubatã.

”Trabalharemos para o fortalecimento da municipalidade através do CIMURC. Os consórcios de infraestrutura são fundamentais para a execução de serviços e obras e, por meio do esforço de cada município participante, contando com o apoio do Governo do Estado, vamos lutar por melhorias estruturais, principalmente na questão das malhas viárias, importante canal de escoamento da produção dos municípios consorciados, entre outras demandas que podem ser resolvidas de forma mais ágil, por meio do Consórcio.” destacou Zé Cocá.

João Paulo protocola na prefeitura de Jequié pedido para retorno das atividades de gestantes exoneradas

/ Jequié

 João Paulo foi eleito para o primeiro mandato. Foto: Emanuel Jr.

O vereador eleito em Jequié 2020, João Paulo – JP (PSD) protocolou nesta sexta-feira (8), na Prefeitura Municipal, oficio onde solicita o retorno das atividades das gestantes exoneradas pela gestão municipal.

Segundo pronunciamento de João nas redes sociais, o decreto de nº 22.024 de 23.12.2020 do ex-prefeito Sérgio da Gameleira (PSB) informava sobre a condição gestacional dessas mulheres. Em sua argumentação, JP enfatiza a proteção à maternidade. Segundo o parlamentar, existem casos, onde através de decisões de outros tribunais, mulheres em período gestacional retornaram as suas atividades em cargos comissionados. ”E importante lembrar que a proteção à maternidade é uma garantia constitucional derivada do princípio fundamental da dignidade da pessoa humana” afirmou João Paulo.

Vale do Jiquiriçá: Prefeito de Mutuípe divulga acordo com o Butantan por vacina contra a Covid-19

Digão anuncia acordo com o Instituto Butantan. Foto: Divulgação

A prefeitura de Mutuípe, no Vale do Jiquiriçá, divulgou, nesta sexta-feira (8), um acordo com o Instituto Butantan, para a compra de 15 mil doses da vacina contra Covid-19 produzida pelo laboratório.

A assinatura do contrato de compra do imunizante ”Coronavac” foi confirmada pelo prefeito Rodrigo Maicon, mais conhecido como Digão (MDB), através das redes sociais.

”Estamos nos preparando com materiais e insumos apropriados para vacinação, e com equipe capacitada para atender toda a população”, disse o gestor municipal.

Bahia registra 2.497 casos e 28 mortes por Covid-19 em 24 horas, diz boletim epidemiológico

/ Bahia

A Bahia registrou nas últimas 24 horas 2.497 casos de coronavírus e 28 mortes em decorrência da Covid-19, segundo boletim divulgado hoje (9) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Ao todo, a Bahia tem 511.192 casos confirmados e 9.392 óbitos desde o início da pandemia.

Os casos confirmados ocorreram em todos os 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,42%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (10.462,38), Muniz Ferreira (8.623,01), Conceição do Coité (8.528,49), Jucuruçu (8.163,49) e Pintadas (8.096,20).

Ao todo, 494.972 pessoas já estão curadas da doença. Na Bahia, 37.531 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

No estado, dos 2.036 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.215 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de UTI adulto de 70%. Vale lembrar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia.

Mudança na direção do Prado Valadares é confirmada e Deborah Martins é substituída por Ana Paula Lacerda

/ Jequié

Prado Valadares terá nova direção. Foto: Blog Marcos Frahm

A Deborah Martins Rocha Andrade será substituída no cargo de diretora do Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, pela colega de profissão, Ana Paula de Assis Camargo Lacerda.

A publicação que revela a mudança de comando da unidade hospitalar da rede estadual da Saúde, que atende Jequié e mais 26 municípios da microrregião foi publicada neste sábado (9), no Diário Oficial do Estado.

Além da exoneração de Deborah, também foi exonerado e será substituído no cargo de coordenador do Hospital, Gerbti Rocha Guimarães. Para o seu lugar, foi nomeado Neffison Souza Santana.

Programa Universidade para Todos oferta 162.022 bolsas na primeira seleção de 2021

/ Educação

As instituições particulares de ensino superior que aderiram ao Programa Universidade para Todos (ProUni) ofertam 162.022 bolsas de estudo na primeira seleção de 2021. Gestor do programa, o Ministério da Educação (MEC) informou que, deste total, 76.855 serão bolsas integrais e 85.167, parciais, com 50% de desconto sobre o valor do curso.

A relação das instituições e dos cursos disponíveis pode ser consultada na página do programa, na internet. Também é possível pesquisar as opções ofertadas por cidades e por tipo de bolsa (integral e parcial), modalidade (presencial e a distância).

As inscrições começam na terça-feira (12) e se encerram na sexta (15). De acordo com o MEC, os estados com o maior número de bolsas ofertadas são: São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo (R$ 1.650) por pessoa. Para as bolsas parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa (R$ 3.300). É preciso ainda que o candidato tenha feito a edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), tenha alcançado, no mínimo, 450 pontos de média das notas e não tenha tirado zero na redação.

Além disso, é necessário que o interessado tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede privada, desde que na condição de bolsista integral. Professores da rede pública de ensino também podem disputar uma bolsa – neste caso, não se aplica o limite de renda exigido dos demais candidatos.

Como o resultado do Enem do ano passado só será divulgado após o término do processo seletivo, neste semestre, excepcionalmente, os interessados serão selecionados de acordo com as notas do Enem de 2019. O MEC pretende aplicar as provas do Enem a partir do próximo dia 17, mas algumas entidades, como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), tentam obter, na Justiça, o adiamento das provas em virtude dos reflexos da pandemia de covid-19.

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 19 deste mês.

O ProUni oferece ainda duas oportunidades para os candidatos concorrerem às bolsas de estudo, que são a segunda chamada e a lista de espera. O cronograma completo também pode ser consultado na página  do programa.

Covid-19: maioria dos pacientes tem ao menos um sintoma após seis meses da internação, diz estudo

/ Saúde

Um estudo publicado hoje (9) na revista científica ”The Lancet” aponta que mais de três quartos das pessoas hospitalizadas por decorrência da Covid-19 em Wuhan, na China, tiveram pelo menos um sintoma da doença seis meses depois da internação. A pesquisa acompanhou pacientes da cidade onde o coronavírus foi identificado pela primeira vez, no fim de 2019.

Após receberem alta do hospital, os sintomas mais comuns relatados foram fadiga ou fraqueza muscular. Distúrbios do sono, ansiedade ou depressão também foram diagnosticados e alguns pacientes desenvolveram ainda problemas renais.

Os pacientes que estiveram internados em estado grave apresentaram alterações na função pulmonar e anormalidades nas tomografias de tórax.

”Como a Covid-19 é uma doença nova, estamos começando a entender alguns de seus efeitos de longo prazo na saúde dos pacientes”, afirmou o autor principal do estudo, Bin Cao, do National Center for Respiratory Medicine. O trabalho destaca a necessidade de acompanhamento médico após a alta hospitalar “para compreender todo a série de sequelas que a Covid-19 pode ter nas pessoas”, acrescenta o pesquisador.

Deputado Baleia Rossi é citado em delação da JBS e investigações de fraudes em contratos

/ Brasília

O deputado é candidato à presidência da Câmara. Foto: Rede social

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) decidiu compartilhar informações de uma operação que investigava uma quadrilha acusada de desviar mais de R$ 200 milhões da Prefeitura de Ribeirão Preto, no interior paulista, com a Procuradoria-Geral da República. Nesses dados, constam suspeitas de envolvimento do deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP), que é o candidato à presidência da Câmara, indicado por Rodrigo Maia (DEM-RJ).

A PGR enviou essas informações para o Supremo Tribunal Federal (STF) que tramita sigilosamente na Corte desde 2018. A relatoria do inquérito está sob responsabilidade do ministro Kassio Nunes, recém empossado após indicação do presidente Jair Bolsonaro.

Nos últimos cinco anos, esse é um dos casos que envolvem o parlamentar e seus familiares, sendo acompanhado pelo Ministério Público e a Polícia Federal. Ele havia sido mencionado na Operação Lava Jato e na delação premiada do empresário da JBS, Joesley Batista.

Bruno Reis manda para AL-BA ofício em que solicita reconhecimento de calamidade em Salvador

/ Política

Bruno decreta estado de calamidade na capital. Foto: Divulgação

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, encaminhou para a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) um ofício em que solicita aos deputados estaduais o reconhecimento de estado de calamidade pública com efeitos até de 31 de dezembro de 2021, por causa da pandemia do coronavírus, conforme publicação no Diário Oficial do Legislativo estadual deste sábado (9).

De acordo com Reis, ”a situação [financeira do Município] atual tem características diferentes daquelas durante o período considerado mais crítico da pandemia, mas que voltam a causar apreensões em relação ao esforço financeiro para o seu enfrentamento.

Outro ponto tocado por Bruno Reis é a falta de recursos federais. ”As transferências federais somaram R$ 544 milhões, mas se concentraram entre abril e setembro, chegando em novembro ao valor de apenas R$ 3 milhões, quadro que deverá se repetir em dezembro e muito provavelmente nos primeiros meses de 2021, pois não existe qualquer indicativo de novos recursos”, disse.

Pazuello terá que dar esclarecimentos sobre estoque de seringas e agulhas, diz STF

/ Saúde

Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Foto: Tony Winston

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, terá que dar esclarecimentos sobre o estoque de seringas e agulhas da União e dos estados para iniciar a vacinação da população brasileira contra o Covid-19. A decisão foi tomada pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), após uma ação movida pelo partido Rede Sustentabilidade.

Pazuello tem cinco dias para dar os esclarecimentos, segundo a decisão. Nas redes sociais, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) comentou a ação do seu partido para que o governo dê informações sobre a suspensão da compra de insumos.

”Em resposta à nossa petição na ADPF 754, o STF acaba de intimar o ministro da Saúde a prestar informações sobre a suspensão da compra de seringas. Agora o governo terá que demonstrar a compatibilidade do estoque com o plano de vacinação”.

Brasil registra maior número de mortes provocadas por Covid desde 4 de agosto de 2020

/ Brasil

O Brasil registrou o maior número de mortes pela Covid-19 desde o dia 4 de agosto. Nesta sexta-feira (8), foram documentados 1.379 óbitos e 84.977 casos da doença. Com isso, o país chega a 201.542 mortes e 8.015.920 de pessoas infectadas desde o início da pandemia.

Em 4 de agosto, foram registradas 1.394 mortes.

O número elevado de mortes e de casos -o recorde da pandemia- está relacionado a dados retroativos do Paraná que foram registrados nesta sexta no sistema da secretaria do estado.

Os dados do país são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Além dos dados diários, a Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 872. É a maior média móvel desde o fim de agosto de 2020. O valor da média representa um aumento de 26% em relação ao dado de 14 dias atrás.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Covid-19: vacina do Butantan atinge 100% de eficácia contra casos moderados e graves da doença

/ Saúde

Vacina contra Covid-19, desenvolvida pelo Instituto Butantan, em parceria com farmacêutica chinesa Sinovac, atinge 100% de eficácia contra os casos moderados e graves da doença. Para casos leves, a taxa de eficácia ficou em 78%.

A informação foi divulgada pelo instituto e pelo governo de São Paulo. Os resultados do estudo clínico no Brasil foram considerados satisfatórios e o Butantan já solicitou à Anvisa a autorização temporária de uso emergencial da Coronavac.

Os testes do imunizante no Brasil contaram com a participação de 12,4 mil profissionais de saúde voluntários, em 16 centros de pesquisa. Confira trecho do vídeo divulgado pelo Canal Butantan, no qual os pesquisadores celebram os resultados.