Uma sexta-feira triste para o comércio de Jaguaquara: jovem comerciante é vítima de latrocínio em sua loja

/ Jaguaquara

Crime ocorreu no fim da tarde desta sexta. Foto: Blog Marcos Frahm

A sexta-feira (2) terminou triste no comércio de Jaguaquara. Um jovem comerciante foi vítima de latrocínio, no fim da tarde, no interior de seu estabelecimento. José Orlando de Melo Júnior, 35 anos, teria sido surpreendido por volta das 17h, por um indivíduo que estacionou uma motocicleta em frente à loja de celulares, JB Cel, na Praça Guilherme Silva, tendo o mesmo anunciado um assalto, com arma em punho.

As informações preliminares apontam que no interior da loa estavam a esposa de únior, três funcionários, além de outro comerciante, que visitava o estabelecimento, no momento da ação, e que o autor pediu dinheiro e celulares.

Ainda conforme informações, em base em imagens disponibilizadas por câmreas de segurança, a vítima estava num escritíro, no fundo, e apareceu após ouvir o anúncio do assalto e teria se pronunciado com indignação quando o autor obrigou a sua esposa e funcionários a entregar-lhe dinheiro e disse que ainda levaria celulares, momento em que o comerciante esboçou reação e, o criminoso, que trajava camisa na cor branca e não usava máscara, aparentando ter 50 anos, efetuou disparos de arma de fogo, que atingiu o Júnior no ombro.

Loja de celulares fica localizada na Praça Guilherme Silva, no Centro

Após o cometimento do crime o indivíduo fugiu a bordo da motocicleta, tomando rumo ignorado. O comerciante foi socorrido num carro pela esposa e um colega, mas chegou ao Hospital Municipal sem sinais vitais.

A Polícia Militar, a Cipe Central e Polícia Civil realizam diligências na tentativa de localizar o autor e as autoridades policiais acreditam que imagens de câmeras de segurança ajudarão na captura. Júnior Melo era casado, pai de dois filhos e muito querido no comércio local. O fato gerou revolta entre os munícipes, muitos se dirigiram ao Hospital, lamentando o ocorrido.

Caixa Econômica abre 770 agências para saque auxílio emergencial e FGTS neste sábado

/ Economia

A Caixa Econômica Federal abrirá, neste sábado (3), 770 agências para o pagamento a 9 milhões de beneficiários do auxílio emergencial e do saque emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O atendimento será das 8h às 12h.

Não é preciso chegar antes do horário de abertura. Em comunicado, a Caixa esclarece que todas as pessoas que procurarem as agências durante o funcionamento serão atendidas.

Os beneficiários do auxílio emergencial nascidos em maio – 4 milhões de pessoas – poderão sacar o benefício em dinheiro e os trabalhadores nascidos em junho – 5 milhões de pessoas – poderão retirar em espécie os valores referentes ao saque emergencial do FGTS.

A partir deste sábado (3), os trabalhadores nascidos em junho que tiveram o crédito e que não movimentaram a conta poupança digital ou que tenham saldo remanescente já poderão sacar o benefício em dinheiro. Também será possível transferir os valores, via Caixa Tem, para outra conta, seja da Caixa ou de outras instituições financeiras.

Jequié: 19° Batalhão fecha o mês de Setembro com redução de 50% no número de crimes violentos

/ Jequié

O 19° BPM, sob o comando do Ten Cel PM Gondim, apresentou na manhã desta sexta-feira (2), alguns dados estatísticos das ações operacionais do mês de Setembro/2020.  A produtividade mensal ainda destaca 17 prisões por tráfico de drogas, 04 armas de fogo apreendidas e 79 atendimentos a ocorrências de violência contra a mulher pela Ronda Maria da Penha.

”Todas essas ações positivas são frutos de um planejamento estratégico realizado diariamente, e também, uma parceria com a nossa co-Irmã 9° Coorpin através de seu Coordenador Dr Cristiano Mangueira. Destaca-se também os nossos policiais militares que executam de forma brilhante o policiamento Ostensivo em Jequié e em toda a área de competência do 19° BPM”, ressalta o comandante da unidade militar.

Senado aprova Medida que destina R$ 20 bi para empréstimos de pequenas empresas

/ Economia

O Senado aprovou na quinta-feira (1º) a Medida Provisória (MP) 977/2020, que abriu crédito extraordinário de R$ 20 bilhões para a União conceder garantia a empréstimos feitos pelos bancos a empresas com receita bruta entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões. A MP já havia sido aprovada na Câmara dos Deputados. O relator da proposta no Senado, senador Jorginho Mello (PL-SC), recomendou a aprovação do texto sem modificações. Agora, a MP segue para promulgação.

Jorginho Mello, no entanto, criticou o fato de a Câmara encaminhar a MP ao Senado em cima do fim do prazo para exame da matéria, o que impede uma discussão mais aprofundada do tema. Ele também sugeriu que os R$ 20 bilhões sejam encaminhados ao Pronampe, caso não haja a demanda esperada em relação aos recursos.

O senador Esperidião Amin (PP-SC) também defendeu a destinação de socorro financeiro ao Pronampe, que não dispõe de recursos suficientes para repasse às empresas.

A intenção da MP é resguardar pequenas e médias empresas afetadas pela crise econômica causada pela pandemia da Covid-19. Além dessas empresas, também poderão ter acesso ao financiamento com garantia as associações, as fundações de direito privado e as sociedades cooperativas, exceto as de crédito.

O crédito será para possibilitar, no âmbito de Recursos sob Supervisão do Ministério da Economia, a integralização de cotas junto ao Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), que visa garantir operações de crédito a pequenas e médias empresas, atendendo a demanda do Programa Emergencial de Acesso a Crédito (Peac-FGI).

Esse programa é voltado às empresas com faturamento bruto anual entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões, no ano calendário de 2019. O objetivo é garantir via FGI os empréstimos a essas empresas. Esse programa será somado ao Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), instituído pela Lei 13.999, de 2020.

O aporte inicial será de R$ 5 bilhões e as parcelas seguintes serão ocorrerão conforme a demanda do mercado de crédito por garantias. O limite é de R$ 20 bilhões.O dinheiro virá da emissão de títulos do Tesouro Nacional.

Em seu relatório, Jorginho Mello diz que a MP é ”dotada de justificativas de relevância e urgência condizentes com a programação orçamentária que contempla, uma vez que visa garantir recursos financeiros a pequenas e médias empresas, que foram bastante afetadas pela paralisação das atividades devido à Covid-19”.

Não foram apresentadas emendas ao texto.

De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, a medida é urgente por conta do ”quadro apresentado de rápida propagação da doença, e a velocidade de resposta do poder público é condição necessária para minimizar o impacto econômico das medidas de combate à disseminação da Covid-19, particularmente no que diz respeito à questão de preservação da renda, emprego das classes menos favorecidas e das pequenas e médias empresas, mais suscetíveis às características recessivas do seu impacto, sob pena do acirramento das consequências expostas”.

(Com informações são da Agência Senado)

Carreta tomba e trava trânsito ao trafegar pela BR-116, no trecho do Entroncamento de Jaguaquara

/ Trânsito

Carreta tombou na altura do KM 633. Foto: Blog Marcos Frahm

Uma carreta tombou ao trafegar pela Rodovia Santos Dumont BR-116, na altura do KM 633, no perímetro urbano do distrito Stela Dubois – Entroncamento. O acidente aconteceu na tarde de ontem, quinta-feira (1), mas não fez vítimas.

Por conta do tombamento, o trânsito no local passou a fluir lentamente até a remoção do veículo, que parou atravessado na pista de rolamento. A situação foi controlada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Concessionária ViaBahia.

Covid-19: Agência de Vigilância Sanitária adianta avaliação do pedido de registro da vacina de Oxford

/ Saúde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) começou a avaliar hoje (1º) o pedido de registro da vacina de Covid-19 da AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford.

De acordo com o comunicado da agência, os dados que estão sendo avaliados agora são de estudos “não clínicos”, ou seja, que não dizem respeito ao teste da vacina em humanos.

Como o teste clínico do imunizante ainda está em andamento, ainda não há uma resposta definitiva sobre se a vacina é eficaz. Quando essa resposta surgir, porém, as etapas anteriores da análise já estarão cumpridas, e uma eventual autorização para comercialização da vacina precisaria passar apenas pela análise dos procedimentos finais do registro.

”A ‘submissão contínua’ é um novo procedimento implementado pela Anvisa e específico para as vacinas contra Covid-19, tendo o objetivo de conferir maior agilidade à análise regulatória dos dossiês de registro dessas vacinas”, diz o comunicado da Anvisa.

SESI Bahia inscreve para 1600 vagas gratuitas de Educação de Jovens e Adultos

/ Educação

Jovens e adultos com idade acima de 18 anos têm a oportunidade de retomar os estudos gratuitamente. O Serviço Social da Indústria (SESI Bahia) está com inscrições abertas para novas turmas gratuitas de Educação de Jovens e Adultos (EJA). No total, são oferecidas 1.600 vagas de Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) e Ensino Médio (1º ao 3º ano) em todo o estado.

Os interessados devem efetuar a inscrição pela internet, no site do SESI Bahia (www.sesibahia.com.br), até o dia 30 de outubro. Os cursos são realizados na modalidade a Distância (EaD). Por isso, para que o aluno acompanhe as aulas é preciso ter acesso à internet.

O SESI Bahia é a única instituição no estado que oferece o ensino médio e fundamental II a distância, com oferta autorizada pelo Ministério da Educação. O curso também é reconhecido pelo Conselho Estadual de Educação.

Além disso, o SESI Bahia possui a metodologia de Reconhecimento de Saberes, que identifica, valida e certifica as competências e habilidades desenvolvidas nas experiências de vida e trabalho do estudante. A principal vantagem é que o reconhecimento dos conhecimentos prévios do aluno diminui o tempo de curso, ao focar nas competências essenciais que o estudante precisa dominar para obter o diploma de ensino fundamental ou médio.

Acordo entre coligações e MP proíbe comícios e carreatas em Maracás, Planaltino, Lagedo e Itiruçu

/ Eleições 2020

Políticos, Ministério Público e Polícia Militar se reuniram em Maracás

A campanha eleitoral 2020 nos municípios de Maracás, Planaltino, Lagedo do Tabocal e Itiruçu será diferente das anteriores. Candidatos a cargos eletivos e representantes de coligações partidárias nos respectivos municípios assumiram o compromisso de não promover, por si e por quaisquer integrantes de seus grupos políticos de apoio ou simpatizantes, eventos eleitorais que acarretem aglomeração em número superior a 100 pessoas, conforme prevê o decreto estadual, em reuniões, comícios, carreatas, caminhadas ou em qualquer atividade realizada durante o período da campanha eleitoral, enquanto perdurar a pandemia do coronavírus.

Representantes das coligações que disputarão as eleições na área de jurisdição da Comarca de Maracás, em comum acordo, decidiram, durante o encontro com o promotor de Justiça Samory Pereira Santos e oficiais da PM representando a 93ª Companhia Independente da Polícia Militar, Major Heroney Silva e Capitão Rener, que não deverão realizar comícios, carreatas e passeatas em vias públicas, de forma a evitar a proliferação do vírus e retornar a condição de crescimento do número de pessoas infectadas.

Conforme apurou o Blog Marcos Frahm, foi proposto pelo MP e aceito pelos representantes partidários a vedação desses atos. Um documento assinado pelos participantes da reunião realizada nesta quinta-feira (1), prevê regras para a realização de eventos político-eleitorais em Maracás, Planaltino, Lagedo e Itiruçu.