A terça-feira começou com operações policiais entre PM e Cipe Central no município de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Operações ocorreram em Jaguaquara e distrito Stela Dubois. Foto: PM

A terça-feira começou com operações policiais em Jaguaquara, desenvolvidas entre a Polícia Militar e Cipe Central.

Conforme informações divulgadas pela 3ª Cia, na primeira ação, os militares efetuaram a prisão, em flagrante delito, de três indivíduos pelo cometimento do crime de tráfico de drogas, sendo apreendidas porções médias de substância análoga à maconha, assim como porções fracionadas, prontas para a venda, além de certa quantidade de substância análoga ao Crack. Os detidos, assim como todo material apreendido, foram conduzidos para apresentação à Autoridade Competente.

Já no Entroncamento de Jaguaquara, a guarnição de serviço recuperou um veículo roubado, na cidade de Milagres e efetuou a prisão, em flagrante, do indivíduo, que foi detido após ser montada uma barreira no distrito. O suspeito, assim como todo material apreendido, foram conduzidos para apresentação à Autoridade Competente.

Apreensão: 01 veículo Fiat Uno, PP JKX-1180, 01 simulacro de pistola, 01 aparelho celular, R$ 44,00, em espécie e documentos diversos.

Covid-19: retorno de aulas presenciais é controverso nos estados, Amazonas autoriza volta

/ Educação

Com a redução da incidência e mortalidade pela covid-19 em parte dos estados brasileiros, a discussão sobre o retorno das aulas presenciais ganha força. O Amazonas saiu na frente e iniciou as atividades presenciais nas escolas ainda em agosto. Mas em diversos estados a retomada ainda gera polêmica.

Além do Amazonas, o governo do Pará autorizou o início das aulas em 1º de setembro. Em Minas Gerais, cursos de pós-graduação puderam reiniciar aulas presenciais no sábado (5). No Rio Grande do Sul e em Pernambuco, as unidades educacionais podem funcionar a partir do dia hoje (8). No Espírito Santo, a data fixada foi a próxima segunda-feira (14). As aulas na rede privada do Rio de Janeiro também tem início previsto para a semana que vem. Nas rede pública do Rio, no entanto, a previsão é de retomada em 5 de outubro.

No Distrito Federal, o governo anunciou a volta às aulas para o início de agosto, mas recuou e ainda não definiu uma data.  Em diversos outras unidades da Federação os governos prorrogaram a suspensão das aulas presenciais. É o caso do Amapá e do Tocantins, até 30 de setembro; e de Rondônia, até 3 de novembro;

As aulas continuam suspensas, sem prazo para retorno em estados como Roraima, Bahia, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Sergipe, Paraná e Santa Catarina. No Maranhão, o governo promoveu uma consulta sobre o tema, mas ainda não divulgou os resultados. No Piauí, o governo iniciou um debate com a comunidade sobre a volta do 3º ano do ensino médio.

Diversos estados reclassificaram regiões e ou municípios. Em Minas Gerais, pela primeira vez uma região (a Norte) entrou na última fase, com maiores permissões de funcionamento. Em Sergipe o estado avançou da bandeira Amarela para a Verde. Em Pernambuco, os municípios da Região Metropolitana e da Zona da Mata foram atualizadas para a fase oito do plano de reabertura, que tem 11 etapas.

Algumas Unidades da Federação lançaram programas econômicos de retomada. No Rio de Janeiro, foi criado o site Turismo Consciente para estimular o setor. Em Goiás, a secretaria da Retomada foi instituída para coordenar as ações governamentais. O Centro Cultural Niemeyer foi reaberto. No Paraná, o Parque Vila Velha, em Ponta Grossa, também voltou a receber visitantes no início do mês. Da Agência Brasil

Jovem de 17 anos morre após afogamento em praia de Subaúma, Litoral Norte baiano

/ Bahia

O fato ocorreu no domingo, em Entre Rios. Foto: Rede social

Uma jovem, de 17 anos, veio a óbito após se afogar na praia de Subaúma, no município de Entre Rios, Litoral Norte baiano. Até o momento não foi informado como a jovem se afogou. Segundo o G1, o fato ocorreu no domingo (6).

A prefeitura local disse que no local onde a jovem se afogou há uma equipe de apoio, 24h, para cuidados básicos e primeiros socorros. Essa mesma equipe depois leva os pacientes para uma Unidade de Pronto Atendimento.

No entanto, não se sabe se o procedimento foi adotado. A gestão local disse ainda que presta apoio a familiares da jovem. Com o ocorrido, várias pessoas lamentaram a morte da jovem. ”Brilha no céu estrelinha, assim como brilhou aqui na Terra. Que Deus possa consolar o coração de todos da sua família”, disse um dos seguidores.

TSE apresentará plano de segurança sanitária para eleições criado por Fiocruz, Einstein e Sírio-Libanês

/ Política

Ministro presidente do TSE, Luís Roberto. Foto: Abdias Pinheiro

O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, encontrou-se nesta segunda-feira (7) com os presidentes da Fiocruz, Nísia Trindade, do Hospital Albert Einstein, Sidney Klajner, e o diretor-geral do Hospital Sírio Libanês, Paulo Chapchap.

Definidos como ”dream team” da medicina brasileira por Barroso, eles entregaram ao ministro o Plano de Segurança Sanitária para as Eleições Municipais de 2020, elaborado por especialistas das três instituições, e que será divulgado nesta terça-feira (8).

A ideia do plano é a de estabelecer protocolos a serem seguidos por eleitores, mesários e servidores da Justiça Eleitoral para evitar a disseminação da pandemia da Covid-19 nas eleições, marcadas para novembro.

Caixa Econômica Federal credita saque emergencial do FGTS para nascidos em outubro

/ Economia

Nesta terça-feira (8), a Caixa Econômica Federal libera o crédito dos novos saques do FGTS para os trabalhadores nascidos em outubro. Os pagamentos serão feitos em poupança social digital da Caixa e, em um primeiro momento, os recursos estarão disponíveis apenas para pagamentos e compras por meio de cartão de débito virtual.

O saque em espécie ou transferências, também dos aniversariantes de outubro, estarão liberados a partir de 31 de outubro.

Essa nova liberação do saque do FGTS se deu por meio de uma medida provisória, em razão da pandemia do novo coronavírus, que afetou as atividades econômicas e a renda dos trabalhadores.

Moradores ignoram Covid-19 e participam de carreata de apoio a prefeito no município de Maiquinique

/ Bahia

Moradores de Maiquinique, no Médio Sudoeste baiano, protagonizaram nesta segunda-feira (7) cenas que vão de encontro aos protocolos de contenção do novo coronavírus. Ignorando distanciamento social e até máscaras de proteção, várias pessoas foram às ruas do município participar de uma carreata de apoio ao prefeito Jesulino Porto.

O político é candidato à reeleição e teve o nome confirmado para a eleição em convenção feita nesta segunda. Imagens publicadas no site Bahia Notícias mostram moradores acompanhando carros de som próximos uns dos outros, e muitos deles não usavam máscaras. Houve registro de brigas também durante os atos em apoio ao prefeito.

Caminhoneiro é preso com 400 mil maços de cigarros contrabandeados na BR-116, em Conquista

/ Trânsito

Um homem, de 35 anos, foi preso em uma ação que apreendeu 400 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA), o material, avaliado em R$ 2 milhões, estava escondido no interior da carroceria do caminhão abordado.

O caso ocorreu em um trecho da BR-116 de Vitória da Conquista, no sudoeste, na noite de domingo (6). No mesmo dia, a PRF tinha feito outra apreensão, de 250 mil maços. Após descobrir o material, os agentes consultaram o sistema e constataram que o caminhoneiro já tinha passagem pela polícia por contrabando.

Aos policiais, ele contou que os cigarros foram carregados em São Paulo e seriam levados para uma cidade do Nordeste, que não foi informada. O acusado disse que tinha recebido R$ 2 mil pelo transporte. O caminhoneiro, que vai responder por contrabando, e o material foram encaminhados para a sede da PF em Vitória da Conquista.

Pela primeira vez no século, Brasil não atinge meta para principais vacinas infantis

/ Saúde

O Brasil não atingiu a meta para nenhuma das principais vacinas indicadas a crianças de até um ano de idade, apontam dados de 2019 do Programa Nacional de Imunizações, analisados pelo jornal Folha de S. Paulo. Segundo a publicação, é a primeira vez em quase 20 anos que isso acontece.

A situação ocorre em um contexto de queda nas coberturas vacinais nos últimos cinco anos, cuja redução já chega a até 27% para alguns imunizantes.

Para complicar, em meio a pandemia do novo coronavírus, equipes de saúde dizem ver atrasos na busca pela vacinação também neste ano —o que indica a possibilidade de nova queda histórica nos índices.

Em geral, a meta de vacinação de bebês e crianças costuma variar entre 90% e 95%. O primeiro patamar vale para vacinas contra tuberculose e rotavírus, e o segundo para as demais.

Abaixo desse valor, há forte risco de retorno de doenças eliminadas, como já ocorreu com o sarampo, ou aumento na transmissão daquelas que até então vinham sendo controladas.
Em 2019, porém, nenhuma vacina atingiu a meta entre o grupo de bebês e crianças até um ano completo —em 2018, mesmo em queda, 3 das 9 principais indicadas a esse grupo atingiram o patamar ideal .

Em outros momentos, o Brasil também chegou a ter até sete vacinas com cobertura dentro do ideal, com as demais próximas desse cenário.

Os números de 2019, assim, trazem um novo alerta a um país reconhecido por ter um dos maiores e mais bem-sucedidos programas de imunização do mundo.

Ainda de acordo com a Folha, o maior índice de cobertura na vacinação de rotina (91,6%) foi registrado para a vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, o que pode estar ligado ao aumento nas informações sobre a doença (em geral, os dados de campanhas específicas pra reforço são registrados à parte).

Já o menor (69%) foi registrado para a pentavalente, que protege contra difteria, tétano e coqueluche, entre outras, e alvo de desabastecimento em boa parte do último ano.

Na prática, os dados de 2019 mostram que 8 das 9 vacinas indicadas a crianças de até um ano tiveram queda na adesão.

Em alguns casos, como as vacinas contra poliomielite e tuberculose, a cobertura vacinal já chega ao menor índice em ao menos 23 anos. Em outros, como a pentavalente, a cobertura é a menor desde que houve a incorporação completa no SUS.

Indicadores do mercado de trabalho da Fundação Getulio Vargas apresentam melhora em agosto

/ Economia

Os dois indicadores do mercado de trabalho da Fundação Getulio Vargas (FGV) apresentaram melhora na passagem de julho para agosto deste ano. O Indicador Antecedente de Emprego, que busca antecipar tendências do mercado de trabalho para o futuro com base nas expectativas dos consumidores e dos empresários da indústria e dos serviços de todo o país, cresceu 8,8 pontos no período.

Com isso, o indicador atingiu 74,7 pontos em uma escala de zero a 200 pontos, o maior valor desde março deste ano (82,6 pontos), quando começaram as medidas de isolamento devido à pandemia da covid-19.

”O resultado de agosto mantém a trajetória positiva do indicador sugerindo que o pior momento do mercado de trabalho parece ter sido no início da pandemia. Apesar da alta, o indicador recupera apenas 2/3 do que foi perdido na crise. Para os próximos meses, a expectativa é de continuidade no cenário de recuperação que pode ser mais lenta diante o alto nível de incerteza e da proximidade do término dos programas do governo”, disse o economista da FGV Rodolpho Tobler. diz

O outro índice, o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD), que mede a opinião dos consumidores sobre a situação atual do desemprego, caiu 0,8 ponto, para 96,4 pontos. Como esse indicador é medido em uma escala invertida, de 200 pontos a zero ponto, quedas são resultados favoráveis.

”O resultado de agosto mostra uma ligeira recuperação do ICD, mas ainda é preciso ponderar o elevado patamar e a distância para o período anterior à pandemia, que já não se encontrava no melhor nível”, afirma Tobler.