Itabuna: Recomendação do Ministério Público alerta para abusos de poder em eleições

/ Bahia

A Promotoria Eleitoral de Itabuna, no Sul baiano, emitiu uma recomendação nesta quinta-feira (6) a gestores públicos com vistas às eleições deste ano. O pedido é endereçado a prefeitos, vereadores, secretários municipais, e servidores públicos, e visa evitar o abuso de poder econômico e político que podem desequilibrar as disputas.

Assinada pelos promotores Renata Lazzarini e Inocêncio Santana, a recomendação pede entre outras questões, que se evite distribuição ou doação de alimentos, materiais de construção, quitação de contas, compra de passagens, doações ou concessão de imóveis, entre outros.

Os promotores também solicitam que em necessidade de socorrer a população, que as ações sejam feitas com critérios objetivos, como  quantidade de pessoas beneficiadas, renda familiar de referência  para a concessão do benefício, condições pessoais ou familiares para a concessão.

CÂMARA DE ITABUNA

Na mesma recomendação, a Promotoria pede ao presidente da Câmara de Itabuna, Ricardo Dantas Xavier, que não dê prosseguimento nem coloque em votação no Plenário neste ano projetos de lei que permitam a distribuição gratuita de bens, valores e benefícios a pessoas físicas ou jurídicas. *por Cláudia Cardozo / Francis Juliano

Feira de Santana: Hipertensão e diabetes são as comorbidades que mais agravam Covid-19

/ Saúde

As mais variadas comorbidades têm agravado a situação de pacientes que chegam ao Hospital de Campanha de Feira de Santana. De acordo com informações da direção, a hipertensão arterial lidera, com 53%, seguida da diabetes, com 50%, e a nefropatia, com 46%.

As comorbidades mais comuns nos pacientes atendidos naquela unidade são hipertensão, diabetes, obesidade, hepatopatia, insuficiência cardíaca, nefropatia, pneumopatia, sequela de acidente vascular cerebral, hepatopata, tabagismo, etilismo e até doença de Chagas.

Segundo a direção do Hospital de Campanha, 69% dos pacientes são idosos (60 anos ou mais) e todos os óbitos estão relacionados com uma ou mais comorbidades. Uma mulher de 40 anos foi a paciente mais jovem que morreu, era hipertensa e foi admitida em choque circulatório grave, além de outras complicações. A paciente mais velha que morreu também foi uma mulher, com 89, hipertensa, cardiopata avançada e nefropata.

Diabético, cinegrafista da TV Bahia morre após ser diagnosticado com o novo coronavírus

/ Imprensa

José Raimundo Alves morre vítima do coronavírus. Foto: Rede social

O cinegrafista José Raimundo Alves, da TV Bahia, morreu após ser diagnosticado com o novo coronavírus nesta quarta-feira (5). O experiente profissional era hipertenso e diabético.

Integrante da equipe de cinegrafistas da TV por uma década, entre os anos de 1999 e 2009, José Raimundo realizou diversos trabalhos reconhecidos para a emissora de televisão, a exemplo do Jornal Nacional, Fantástico, Jornal Hoje, assim como o Jornal da Globo e Domingão do Faustão. O cinegrafista, que morreu em um Hospital de Campanha de Salvador, deixou esposa e filhos.

Mais de 11 mil universitários recebem auxílio do programa Mais Futuro na Bahia

/ Educação

Começou, nesta quarta-feira (5), o pagamento do auxílio-permanência aos 11.608 mil estudantes das universidades públicas estaduais baianas (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc) beneficiados pelo programa Mais Futuro.

O novo investimento do Governo do Estado é de R$ 4,4 milhões que, somando com os valores correspondentes aos meses de março, abril, maio, junho e julho, o repasse total aos estudantes chega a R$ 23,6 milhões durante o período de pandemia do novo coronavírus.

Para a estudante Samara Oliveira, do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uesf), o auxílio do Mais Futuro representa uma oportunidade de acesso à graduação. ”Graças ao auxílio, eu e muitos outros jovens de família de baixa renda temos condições de permanecer na universidade. É com ele que eu consigo custear os gastos com transporte e alimentação, tendo segurança para poder continuar estudando. Ter esta oportunidade em minha vida me faz ter esperança para continuar lutando por minha formação e por um futuro melhor para mim, para meus colegas universitários e para a sociedade como um todo”.

Vale do Jiquiriçá chega a 2.249 casos do novo coronavírus e Jaguaquara lidera com 1.107

Coronavírus já atingiu todo o território. Foto: Blog Marcos Frahm

O Vale do Jiquiriçá chegou a 2.249 casos do novo coronavírus, nesta quarta-feira (5). Conforme apurou o Blog Marcos Frahm,, já são 1.898 casos recuperados, desde o início da pandemia, com o registro de 36 óbitos distribuídos pelos respectivos municípios, mas vale salientar que nem todos registraram mortes.

Esse total de casos, 2. 249, atinge 19 dos 20 municípios que integram o Território de Identidade. O município mais populoso, Jaguaquara, chegou a (.1.107) casos, seguido de Maracás (266), Amargosa (224), Laje (117), Mutuípe (99), Milagres (70), Elísio Medrado (41), Santa Inês (39), Itiruçu (38), Lagedo do Tabocal (37), Lafaiete Coutinho (32), São Miguel das Matas (32), Irajuba (29), Itaquara (24), Ubaíra (24), Jiquiriçá (24), Brejões (20), Nova Itarana (15), Cravolândia (8) e Planaltino (3) casos.

Jequié confirma 91 novos casos do vírus, chegando 3.629, sem registro de óbitos nesta quarta

/ Jequié

Taxa de ocupação de UTI é de 89,7%. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, registrou, nesta quarta-feira (5), mais 91 novos casos do coronavírus, perfazendo um total de 3.629 pessoas confirmadas com a doença, até agora, mas sem registro de novos óbitos.

Mais 69 pessoas tiveram alta, sendo liberadas para suas atividades contabilizando 2.150 pacientes que encontram-se recuperados e não apresentam mais o sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 4.580 pessoas. O número de mortes, desde o início da pandemia é de 88.

Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto é de 89,7%. Destes, 24 leitos estão ocupados por residentes de Jequié e 11 leitos ocupados por pessoas de outros municípios.

Jequié: Corpo de jovem com perfurações a bala foi encontrado próximo da Pedra do Curral Novo

/ Jequié

Vítima foi tinha 21 anos, diz ocorrência policia. Foto: Blog Marcos Frahm

O corpo de um homem foi encontrado por populares por volta das 14h desta quarta-feira (5), com perfurações provenientes de disparos de arma de fogo, em um terreno baldio na Rua São Sebastião, proximidades da Pedra do Curral Novo, em Jequié.

As equipes da Polícia Civil e do Departamento de Polícia Técnica-DPT, que estiveram no local, identificaram a vítima como sendo Vagner Rocha Cardoso, de 21 anos, que na área onde ocorreu o homicídio. Vagner estava caído ao solo em decúbito ventral (barriga para baixo), sendo observados pelo menos três perfurações de bala que atingiram a região craniana (tipo queima roupa).

A vítima trajava jaqueta de cor preta, bermuda de malha e algodão de cor grafite, tênis cinza e o corpo tinha tatuagens nos membros inferiores e região toráxica-abdominal. Segundo relatos de populares que não quiseram se identificar, havia uma motocicleta Honda de cor vermelha próxima do local da execução. Foi recolhida e apresentada pela guarnição da Polícia Militar, uma arma de socar, pólvora e chumbo.

O Boletim de Ocorrência/ BO 20-02363, constante de guias pericial e de encaminhamento para necropsia no IML de Jequié, foram oficiados pela delegada plantonista da 9ª Coopin, Ana Beatriz de França Bomfim, ao Núcleo de Homicídios/1ª DT. As informações são do site Jequié Repórter

Covid-19: Brasil tem 97.256 óbitos e 2,02 milhões de recuperados, diz Ministério da Saúde

/ Brasil

O balanço diário do Ministério da Saúde – divulgado nesta quarta(5) – mostra que o Brasil tem 2.859.073 casos acumulados de covid-19. Desse total, 70,7% se recuperaram da doença, ou seja, 2.020.637 pessoas; 97.256 faleceram e 741.180 pacientes estão em tratamento. Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.437 óbitos e notificados 57.152 novos casos de covid-19. 

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3,4%, mesmo percentual de dias anteriores. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 46,3. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 1.360,3.

O Brasil mantém-se em segundo lugar no ranking mundial em número de casos e de óbitos relacionados à pandemia. A liderança é dos Estados Unidos. De acordo com o mapa da universidade Johns Hopkins, o país possui 157.690 mortes e 4.811.128 casos acumulados. Na terceira colocação, em número de casos, segundo o ranking na instituição norte-americana, aparece a Índia, com 1,9 milhão de infecções e 39.795 óbitos. Já em número de mortes, a terceira posição é do México, que registra 48.869 falecimentos e 449 mil casos totais. Da Agência Brasil

Prefeito de Laje é denunciado ao MP pelo TCM, que pede o ressarcimento no valor de R$ 212.733,81

Kledson Duarte foi denunciado por improbidade. Foto: Divulgação

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), na sessão desta quarta-feira (5), realizada por meio eletrônico, julgou procedente o termo de ocorrência formulado contra o prefeito de Laje, no Vale do Jiquiriçá, Kledson Duarte Mota, pelo pagamento de R$ 212.733,81 em juros e multas, com danos ao erário, decorrentes do atraso no adimplemento de obrigações previdenciárias, no período de janeiro a dezembro de 2019.

O relator do processo, conselheiro Paolo Marconi, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual para que seja apurada a prática de ato de improbidade administrativa.

Os conselheiros do TCM determinaram uma multa no valor de R$ 3 mil. Além disso, foi imputado o ressarcimento, com recursos pessoais, no valor de R$ 212.733,81.

Em sua defesa, o gestor não conseguiu descaracterizar as irregularidades. Segundo a relatoria, existem documentos comprobatórios relacionados aos pagamentos de juros e multas, que se encontram nos autos relacionados nos Demonstrativos de Distribuição de Arrecadação do Município, inclusive disponíveis para qualquer interessado no portal eletrônico do Banco do Brasil.

Cabe recurso da decisão.

Bolsonaro diz que não poderá continuar pagando auxílio emergencial por muito tempo

/ Brasília

Bolsonaro volta a criticar governadores. Foto: Foto: Isac Nóbrega

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã de hoje (5), em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, que o governo federal não poderá continuar pagando o auxílio emergencial por muito tempo porque “a economia tem que funcionar”, e o benefício custa R$ 50 bilhões por mês aos cofres públicos. Ele voltou a fazer críticas a ”alguns governadores”, sem citar nomes, por manterem ”tudo fechado” para enfrentar a pandemia do novo coronavírus.

A declaração ocorreu depois que um apoiador agradeceu o presidente pelo auxílio emergencial de R$ 600. ”Começou a pagar a quarta parcela e tem a quinta. Não dá para continuar muito, porque por mês custa R$ 50 bilhões. A economia tem que funcionar. E alguns governadores, alguns governadores teimam ainda em manter tudo fechado”, disse Bolsonaro.

Integrantes do governo cogitam ampliar o auxílio emergencial até dezembro deste ano, diante das incertezas em relação à duração dos efeitos da pandemia sobre a economia. Porém, auxiliares do ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmam que o valor das parcelas adicionais teria de ser inferior aos atuais R$ 600, devido à falta de recursos no Orçamento.

Bahia registra 4.348 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, diz boletim da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.348 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +2,5%), 58 óbitos (+1,6%) e 3.591 curados (+2,3%). Dos 179.737 casos confirmados desde o início da pandemia, 162.838 já são considerados curados, 13.163 encontram-se ativos e 3.736 tiveram óbito confirmado.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 410 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (33,67%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Almadina (3.971,45%), Dário Meira (3.912,23%), Gandu (3.647,81%), Itajuípe (3.543,02%) e Ipiaú (3.287,34%).

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) disponibiliza para acesso público, a base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus (Covid-19). Para fazer o download, é simples: basta acessar o link bi.saude.ba.gov.br/transparencia/ e clicar no ícone localizado no topo da página. A iniciativa amplia transparência e possibilita que qualquer cidadão, em qualquer lugar do mundo, possa acompanhar e analisar a evolução da pandemia na Bahia.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 353.097 casos descartados e 80.151 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (5).

Na Bahia, 15.986 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos
A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 3.736 mortes pelo novo coronavírus. Em virtude da disponibilização da base de dados relacionada aos óbitos da Covid-19, os interessados no detalhamento dos perfis podem fazer o download do arquivo completo.

Jequié: Retomada da economia tem 4 fases e foca na redução do índice de ocupação de UTI

/ Jequié

Decreto autoriza reabertura do comércio. Foto: Blog Marcos Frahm

Em Jequié, novo decreto municipal sob nº 20.655, foi assinado pelo prefeito Sérgio da Gameleira e publicado na tarde de terça-feira (4), incluindo no rol dos estabelecimentos que poderão funcionar, as Lojas de Departamento e Variedades, Livros, Papelaria, Revistas, Calçados e Vestuário, Varejo de Móveis, Design e decoração.

O novo decreto foi editado um dia após ter sido ampliada a relação de empresas que poderiam manter as atividades funcionando. Na sua decisão, o Executivo Municipal buscou amparo em científico publicado pela ”The Lancet Global Health” que atrela níveis de empobrecimento a incremento de mortalidade; em relatórios oficiais que apontam para grande taxa de contágio de pessoas em isolamento social ( New York Times – (01/07/2020).

Estabelece ainda que para a retomada da abertura das atividades em cada uma das fases, é necessário que a taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para COVID 19 – considerando especificamente os residentes – permaneça pelo menos 05 (cinco) dias em cada patamar, e, para o índice geral de ocupação no limite de 85% a ser considerado na retomada da etapa vermelha.

Etapa Branca – essenciais com abertura permitida em todos os cenários e índices;

Etapa Verde – permitida abertura com índice de ocupação de UTI menor igual a 75%;

Etapa Amarela – permitida abertura com índice de ocupação de UTI menor igual a 70%;

Etapa Vermelha – permitida abertura com índice de ocupação de UTI menor igual a 65%, ao longo dos cinco dias, combinado com o índice geral de 85%;

O novo Decreto entrou em vigor na terça (4) com permanência até o fim do dia 11 de agosto de 2020, podendo ser renovado, modificado ou revogado a qualquer tempo por ato próprio, mediante observância dos índices epidemiológicos.

 

Batida entre caminhões e carro deixa ferido preso às ferragens e trecho da BR-101 interditado

/ Trânsito

Tanque de carreta parou no meio da estrada. Foto: Rede social

Uma pessoa ficou presa às ferragens após uma batida entre dois caminhões e um carro de passeio, na BR-101, altura de Eunápolis, cidade do extremo sul da Bahia, na manhã desta quarta-feira (5).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trecho na altura do Km-725 foi interditado depois que um dos caminhões ficou atravessado na pista. Conforme o G1, além disso, a polícia informou que foi necessário interditar parte da via porque um dos veículos está com uma carga considerada perigosa. Não há detalhes sobre o produto.

O acidente ocorreu por volta das 7h. Não há detalhes sobre circunstâncias da batida. Ainda de acordo com a PRF, o Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer o resgate da vítima. A polícia não soube informar em qual veículo a pessoa estava.

Justiça do Trabalho autoriza retorno das aulas presenciais na rede privada do Distrito Federal

/ Justiça

A Justiça do Trabalho autorizou o retorno das aulas presenciais nas escolas da rede privada do Distrito Federal. A juíza Adriana Sveiter, da 6ª Vara do Trabalho de Brasília, revogou a liminar concedida no final de julho, em ação movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), que suspendeu a retomada das aulas, prevista no Decreto 40.939/2020 do governo do DF.

No início de julho, o governo distrital anunciou o cronograma de nova flexibilização das medidas de distanciamento em relação à pandemia do novo coronavírus com a autorização para o retorno das atividades presenciais na rede privada a partir de 27 de julho. Com a decisão desta terça-feira, as medidas do decreto voltam a valer.

Na ação civil pública, o MPT argumentou que o DF está no pico da pandemia de covid-19 e pediu que o cronograma de retorno das aulas presenciais na rede privada fosse semelhante ao da rede pública, previsto para iniciar apenas no final de agosto.

Em audiência de conciliação realizada na última segunda-feira (3), a juíza apresentou uma proposta de cronograma para retorno na rede privada a partir do dia 10, mas não houve anuência do governo do DF e do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do DF (Sinepe-DF), que defendem a autonomia das escolas para estabelecerem seus calendários.

Para a magistrada, a autorização concedida pelo governo não é ilegal e nem afronta dispositivos constitucionais, já que o Executivo dispõe de informações necessárias para orientar e estabelecer diretrizes a serem seguidas pela sociedade para se evitar o contágio da covid-19. Na decisão, ela frisa ainda que não se pode comparar o prazo de abertura para as escolas públicas e privadas, em razão da diversidade entre as duas realidades, como a maior dificuldade para a implementação de medidas preventivas e de segurança em um ambiente público.

Em comunicado, o Sindicato dos Professores em Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal informou que lamenta a decisão e que está em contato com o MPT para entrarem com recurso no Tribunal Regional do Trabalho, para a suspensão das aulas. ”O sindicato mantém o seu posicionamento de que este não é o momento propício para o retorno das aulas presenciais, que, por certo, colocará em risco a saúde e a vida dos trabalhadores da educação, dos alunos e da comunidade escolar”, manifestou a entidade. Da Agência Brasil