Governo da Bahia inaugura UPA para pacientes com suspeita de Covid-19 em Gandu

/ Saúde

Vilas-Boas em inauguração com prefeito Leonardo. Foto: Divulgação

Foi inaugurada nesta sexta-feira (14), no município de Gandu, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dedicada ao atendimento de pacientes com suspeita de coronavírus (Covid-19). A entrega foi feita pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, acompanhado pelo prefeito de Gandu, Leonardo Cardoso.

Com nove leitos, sendo dois para o atendimento a pacientes críticos, a unidade será referência para cerca de 320 mil habitantes de doze municípios. ”Além de enviar equipamentos, a Secretaria da Saúde do Estado destinará R$ 320 mil para o funcionamento da UPA”, afirma Vilas-Boas.

O titular da pasta estadual da Saúde ainda destaca que ”anteriormente o Centro de Referência regional mais próximo era em Ipiaú. Agora, além de atender os pacientes com suspeita de Covid-19 muito mais próximo, após a pandemia este equipamento ficará como legado para a população de Gandu e região”, ressalta o secretário.

Bahia registra 4.038 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, diz boletim da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.038 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +2,0%) e 3.492 curados (+1,9%). Dos 210.993 casos confirmados desde o início da pandemia, 190.825 já são considerados curados, 15.897 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 413 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (32,26%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Almadina (4.740,12), Dário Meira (4.509,80), Itapé (3.960,74), Gandu (3.931,73) e Salinas da Margarida (3.842,47).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 401.255 casos descartados e 83.308 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (14).

Na Bahia, 17.813 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos
O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 69 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

Eunápolis: Motorista desaparece após sair de casa para não contaminar família com Covid-19

/ Bahia

Gilson Silva de Araújo é procurado pela família. Foto: Rede social

Um motorista de 51 anos desapareceu na cidade de Eunápolis, no último dia 3 de agosto. Infectado pelo novo coronavírus, Gilson Silva de Araújo preferiu se isolar para não contaminar a família. Desde então, ele não foi mais visto. As informações são do portal Radar 64.

De acordo com informações de familiares, Gilson saiu de casa, no bairro Urbis III, dizendo que iria para algum lugar até se recuperar da doença, pois estava colocando em risco as vidas da esposa e dos filhos. O motorista, que não informou seu destino, levou apenas seus documentos.

Gilson chegou a ficar internado em dois hospitais do município após receber diagnóstico positivo para a Covid-19. Recentemente, a irmã dele morreu em decorrência da doença. A família acredita que a situação deixou o motorista muito abalado emocionalmente.

Os familiares já procuraram o motorista nos locais que ele costumava frequentar, em cidades vizinhas, mas não obtiveram informações sobre o paradeiro dele. Conforme a informação, ele nunca havia desaparecido.

Gilson, que é servidor público, atua como motorista de ambulância. O boletim de ocorrência sobre seu desaparecimento foi registrado na 1ª Delegacia Territorial de Eunápolis. Qualquer informação que possa ajudar a encontrá-lo pode ser comunicada pelo telefone 190.

Prefeito de Itabuna tenta reverter na Justiça decisão que determinou a extinção do seu mandado

/ Justiça

A 1ª Vara da Fazenda Pública determinou a extinção do cargo do prefeito eleito de Itabuna, Fernando Gomes (PTC). A medida foi tomada após pedido do Ministério Público da Bahia. Além da perda de mandato, o prefeito também teve a suspensão dos direitos políticos por três anos por improbidade administrativa.

Quem deverá substituí-lo é o vice-prefeito de Itabuna, Fernando Vita, que deverá ser empossado em breve. O presidente da Câmara dos Vereadores de Itabuna, Ricardo Xavier (Cidadania), já foi notificado sobre a decisão da Justiça.

”Recebemos a notificação hoje. Por uma questão de manter a estabilidade político-administrativa do município, nós iremos esperar mais um pouco para empossar o vice-prefeito. É melhor termos cautela e evitarmos que fiquemos em uma ”gangorra” de troca de cargos, ter que empossar e desempossar pessoas. Temos o prazo de quinze dias pela Justiça, mas devemos esperar até a próxima semana para definir concretamente as coisas”, disse Xavier ao site BNews.

Em contato com a reportagem, a assessoria da prefeitura afirmou que o prefeito já foi notificado e deverá recorrer da decisão.

Governo da Bahia assina protocolo para desenvolver vacina da chinesa Sinopharm

/ Bahia

Governo assinou protocolo para desenvolver vacina. Foto: Camila Souza

O Governo do Estado da Bahia assinou, nesta sexta-feira (14), um memorando de entendimento com o Grupo Nacional Biotecnológico da China (CNBG), ligado à China National Pharmaceutical Group (Sinopharm), responsável pela produção de duas vacinas experimentais contra o novo coronavírus. O acordo tem o objetivo de inserir a Bahia e a região Nordeste nos estudos clínicos de fase três, que vão ser conduzidos internacionalmente.

De acordo com o governo, um acordo comercial será estabelecido entre o órgão, através da Bahiafarma e o CNBG, para distribuição da vacina no país, caso os resultados positivos se confirmem.

O governo informou que a vacina chinesa segue o tradicional modelo de emprego de vírus inteiro inativado. Na quinta-feira (13), os resultados preliminares dos estudos de fase I e II, que apontaram que ela teve uma baixa taxa de reações adversas e demonstrou ser capaz de gerar imunogenicidade, foram publicados na revista médica JAMA, uma das mais importantes do mundo.

O governo apresentou a CNBG como uma das primeiras empresas chineses a começar a testar suas vacinas Covid-19 no exterior. A empresa é uma subsidiária do Grupo Farmacêutico Nacional Chinês (Sinopharm), com negócios principais de fabricação, fornecimento, distribuição, pesquisa científica e desenvolvimento de produtos biológicos.

O acordo para a testagem da vacina produzida pelos asiáticos na Bahia e nos demais estados do Nordeste foi anunciado pela primeira vez, pelo governador da Bahia, Rui Costa, há uma semana, no dia 7 de agosto.

Na quarta-feira (12), o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, explicou que o governo tinha iniciado um protocolo, que antecedia a submissão do projeto de pesquisa à Comissão Nacional de Ética e Pesquisa e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para que as tratativas fossem oficializadas.

Segundo o governo da Bahia, a expectativa é de incluir 9 mil participantes na pesquisa, distribuídos nos estados do Nordeste, sendo 3 mil para a vacina A, 3 mil para a vacina B e 3 mil no grupo placebo. A previsão do governo é que se tenha uma vacina pronta para o público antes do final do ano.

No dia 29 de julho, a farmacêutica chinesa Sinopharm e o governo do Paraná anunciaram que se preparam para começar o quarto teste da potencial vacina para Covid-19 no Brasil. As informações são do site G1/Bahia.

Em Salvador, blocão de apoio a Bruno Reis define Geraldo Júnior pré-candidato a vice-prefeito

/ Política

Geraldo Júnior será vice de Bruno Reis. Foto: Reprodução

O ”blocão” que apoia a pré-candidatura de Bruno Reis (DEM) à prefeitura de Salvador, formado por PSC, MDB, SD, PTB e Republicanos, definiu o presidente da Câmara Municipal de Salvador (CMS), Geraldo Júnior (MDB), pré-candidato a vice-prefeito.

A informação foi passada pelo próprio emedebista, em nota à imprensa. ”Esta é a decisão política mais importante da minha vida. Realmente, é uma honra esta deferência dos líderes do bloco do qual o meu partido faz parte”, declarou Geraldo.

Outra opção do grupo é indicar um nome do Republicanos para a vice, caso Geraldo Júnior decline da pré-candidatura. O partido de Márcio Marinho ingressou recentemente no bloco.

Prorrogado até o dia 30 de agosto decreto que proíbe aulas e eventos em toda a Bahia

/ Bahia

Rui Costa prorroga decreto estadual. Foto: Mateus Pereira

O decreto estadual n° 19.586, que proíbe a realização de eventos com mais de 50 pessoas e atividades em escolas das redes pública e privada em toda a Bahia, foi prorrogado até o dia 30 de agosto. A medida foi publicada na edição desta sexta-feira (14) do Diário Oficial do Estado (DOE).

O decreto proíbe todas as atividades que envolvem aglomeração de pessoas, como shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, bem como abertura e funcionamento de zoológicos, museus, teatros, dentre outros.

Transporte intermunicipal

A prorrogação da determinação envolve ainda a suspensão do transporte coletivo intermunicipal em cidades baianas com registros recentes (menos de 14 dias) de casos da Covid-19.

Continua suspensa nesses municípios a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

Também na medida publicada nesta sexta-feira, mais duas cidades baianas terão o transporte suspenso a partir deste sábado (15): Brotas de Macaúbas e Jacaraci. Além disso, a alteração do decreto autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Sebastião Laranjeiras, município com 14 dias ou mais sem novos casos da doença.

Confira a lista completa de municípios:

No total, a Bahia possui 353 cidades com transporte suspenso. São elas: Abaíra, Abaré, Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alcobaça, Almadina, Amargosa, Anagé, Andaraí, Andorinha, Angical, Anguera, Antas, Antônio Gonçalves, Aporá, Apuarema, Aracatu, Araci, Arataca, Aurelino Leal, Baianópolis, Baixa Grande, Banzaê, Barra, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barra do Rocha, Barreiras, Barro Alto, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Belo Campo, Biritinga, Boa Nova, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Brejões, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buerarema, Buritirama, Caatiba, Cabaceiras do Paraguaçu, Caculé, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Caldeirão Grande, Camacã, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canarana, Canavieiras, Candeal, Candiba, Cândido Sales, Cansanção, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Casa Nova, Castro Alves, Catolândia, Central, Chorrochó, Cícero Dantas, Cipó, Coaraci, Cocos, Conceição do Coité, Conde, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Cravolândia, Crisópolis, Cristópolis, Curaçá, Dário Meira, Dom Basílio, Elísio Medrado, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Filadélfia, Firmino Alves, Floresta Azul, Formosa do Rio Preto, Gandu, Gavião, Gentio do Ouro, Glória, Gongogi, Guajeru, Guanambi, Guaratinga, Heliópolis, Iaçu, Ibicaraí, Ibicuí, Ibipeba, Ibipitanga, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibititá, Ibotirama, Ichu, Igaporã, Igrapiúna, Iguaí, Ilhéus, Inhambupe, Ipiaú, Ipirá, Irajuba, Iramaia, Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré e Itaetê.

A restrição ainda inclui os municípios de Itagi, Itagibá, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itamaraju, Itamari, Itambé, Itanhém, Itapé, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itaquara, Itarantim, Itatim, Itiruçu, Itiúba, Itororó, Ituaçu, Ituberá, Iuiu, Jaborandi, Jacaraci, Jacobina, Jaguaquara, Jaguarari, Jandaíra, Jequié, Jeremoabo, Jiquiriçá, Jitaúna, João Dourado, Juazeiro, Jucuruçu, Jussara, Jussari, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Lagoa Real, Laje, Lajedão, Lajedinho, Lajedo do Tabocal, Lamarão, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Macururé, Maetinga, Maiquinique, Mairi, Malhada, Malhada de Pedras, Manoel Vitorino, Mansidão, Maracás, Maraú, Marcionílio Souza, Mascote, Matina, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Milagres, Mirangaba, Mirante, Monte Santo, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Muquém do São Francisco, Mutuípe, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Canaã, Nova Fátima, Nova Ibiá, Nova Itarana, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pé de Serra, Pedro Alexandre, Piatã, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piraí do Norte, Piripá, Piritiba, Planaltino, Planalto, Poções, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quijingue, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão das Neves, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo e Ribeira do Pombal.

Também estão com transporte suspenso Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Ruy Barbosa, Salinas da Margarida, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz da Vitória, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santa Teresinha, Santaluz, Santana, Santanópolis, São Desidério, São Domingos, São Félix do Coribe, São Gabriel, São José da Vitória, São José do Jacuípe, São Miguel das Matas, Sapeaçu, Sátiro Dias, Saúde, Seabra, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Serra Preta, Serrinha, Serrolândia, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Sobradinho, Souto Soares, Tanhaçu, Tanque Novo, Tanquinho, Taperoá, Tapiramutá, Teixeira de Freitas, Teofilândia, Teolândia, Terra Nova, Tremedal, Tucano, Uauá, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Uibaí, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Utinga, Valença, Valente, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Várzea Nova, Varzedo, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley, Wenceslau Guimarães e Xique-Xique.

Filho de Bolsonaro, Renan ’04’, é diagnosticado com coronavírus e está com perda de olfato

/ Saúde

Jair Renan foi infectado pelo coronavírus. Foto: Reprodução

Um novo membro da família Bolsonaro está com coronavírus. De acordo com a colunista Bela Megale, do jornal ‘O Globo’, Jair Renan, a quem o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), chama de filho 04, foi contaminado.

Segundo pessoas próximas ao rapaz, ele está com sintomas leves da doença, como perda de olfato.

Em abril o jovem fez uma piada com a doença, afirmando que preferia ”morrer transando que tossindo”.Além de Renan, Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e a esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro, Heloisa Bolsonaro, já foram infectados.

Transplantes de órgãos na Bahia caem 40% durante na; procedimentos de córnea e fígado tiveram redução

/ Saúde

A pandemia do novo coronavírus trouxe reflexos negativos no número de doações de órgãos e tecidos no país, no primeiro semestre deste ano. A média de redução no Brasil é de pouco mais de 40%, e a Bahia seguiu a média nacional. De janeiro à primeira quinzena de julho 2019, a Bahia realizou 379 transplantes. Este ano, no mesmo período, apenas 293 procedimentos do tipo foram realizados.

No estado, a redução dos transplantes de córnea é a que mais chama atenção. Se em um mês eram feitos 50 procedimentos, agora foram reduzidos a cinco. Os transplantes de fígado também tiveram redução de 40% no estado, quando comparado ao mesmo período do ano anterior. Os dados divulgados pela Associação Brasileira de Transplante de órgãos (Abto), ontem, se referem ao 1º semestre de 2020.

No Brasil, o número de transplantes de córnea caiu de 7.112 no primeiro semestre do ano passado para 3.963 no mesmo período deste ano, correspondendo a uma queda de 44,3%. A Bahia superou a redução nacional. Entre janeiro e a primeira quinzena de julho do ano passado, foram feitos 301 transplantes de córnea no estado. No mesmo período deste ano, foram apenas 141, o que representa uma redução próxima aos 50 %.

De acordo com a coordenadora do Sistema Estadual de Transplantes, Rita de Cássia Pedrosa, o número reduzido dos transplantes de córnea reflete a recomendação do Ministério da Saúde no mês de abril, orientando a suspensão desse procedimento, salvo em casos de urgência.

Ainda de acordo com a coordenadora, houve queda do número de transplantes de todo tipo. A taxa de redução em transplante de fígado variou em torno de 40%. No 1º semestre de 2019 foram 23 transplantes, neste ano, 15. Os transplantes de rins foram 137 em 2019, contra 121 este ano. A queda foi de 10%, número inferior à redução da média nacional, de 40%.

Na Bahia, 800 pessoas aguardam por um transplante de rim. Outros 550 pacientes esperam por uma córnea e cinco pacientes aguardam por um fígado. O número de pacientes na fila de espera por um fígado é reduzido, mas isso não é um bom sinal. Segundo a coordenadora, isso acontece porque a maioria dos pacientes vão a óbito antes que surja um doador, além da descoberta tardia da necessidade de transplante. ”Num estado do tamanho da Bahia, em muitos municípios do interior não há condições de se fazer um diagnóstico precoce. Não por falta de atenção básica, e sim por que às vezes as pessoas não têm conhecimento de que a doença é grave. Quando procuram o médico, já estão em um grau em que não há mais o que fazer”, disse.

O vigilante Joseval Souza, 42 anos, passou por um transplante renal no ano passado. Foram dois anos na fila de espera. Atualmente, ele faz questão de levar o conhecimento da importância que o transplante teve em sua vida. ”É um alívio muito grande. Esse é um grande gesto de ajuda ao próximo. De fazer o bem sem olhar a quem. Hoje minha vida é outra. Aprendi que nós não somos nada além de um grão de mostarda. Mas se cada um fizer um pouco, o mundo vira outra coisa”, contou.

A coordenadora do Sistema de Transplantes lembrou que a única maneira de se tornar um doador de órgãos é comunicando este desejo para os familiares.

Diagnosticado com covid-19, prefeito de Amargosa recebe alta para sair da quarentena

Júlio Pinheiro já pode sair do isolamento social. Foto: Divulgação

O prefeito de Amargosa, Júlio Pinheiro (PT), encerrou o período de isolamento social que estava cumprindo após testar positivo para covid-19, e já pode retomar as atividades do cargo, normalmente, a partir de hoje (14).

O anúncio foi feito pelo próprio gestor em rede social, na noite desta quinta-feira, durante programa Papo em Dia, que Júlio apresenta semanalmente na internet. Ao anunciar novas obras, tendo assinado ordem de serviço de forma virtual, o prefeito afirmou que, apesar de ter alta da quarentena, permanecerá trabalhando de casa, por mais alguns dias, conforme apurou o blog na live.

Amargosa registrou, desde o início da pandemia, 245 casos do coronavírus, mas segundo o boletim da Secretaria Municipal de Saúde, apenas 33 estão ativos. O número de óbitos pela doença no município é de 08.

Pesquisa Datafolha diz que Bolsonaro registra maior aprovação desde início do mandato

/ Brasil

Pesquisa mostra avaliação positiva do governo atual. Foto: Júlio Nascimento

Uma pesquisa Datafolha divulgada hoje (14) aponta que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) registra a avaliação mais positiva desde que iniciou seu mandato, em janeiro de 2019.

O instituto entrevistou 2.065 pessoas, na terça e quarta-feira. De acordo com o levantamento, 37% dos brasileiros acreditam que o governo sejam ótimo ou bom. Na pesquisa feita em junho, 32% tinham essa avaliação.

Já a queda na rejeição do presidente foi ainda mais expressiva: saiu de 44% para 34% a porcentagem de brasileiros que consideram o governo ruim ou péssimo. Já aqueles que avaliam a gestão como regular subiu de 23% para 27%.

”Rachadinha”: Ministro do STJ revoga domiciliar e determina que Queiroz volte para a prisão

/ Justiça

Ministro quer Queiroz de volta para a cadeia. Foto: Reprodução

O ministro Felix Fischer, relator no STJ (Superior Tribunal de Justiça) no caso da ”rachadinha” na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), decidiu nesta quinta-feira (13) mandar o PM aposentado Fabrício Queiroz de volta para a cadeia. A decisão vale também para a mulher de Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar, que estava em prisão domiciliar após ficar foragida da Justiça.

No início do mês de julho, em regime de plantão por causa do recesso do Judiciário, o presidente da Corte, João Otávio de Noronha, havia beneficiado o ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e Márcia, convertendo a ordem de prisão preventiva contra os dois em domiciliar. Fischer voltou a despachar processos nesta semana após problemas de saúde que enfrentou no fim das férias de julho.

Com a decisão do relator, as atenções agora se voltam para o STF (Supremo Tribunal Federal), onde foi também protocolado um pedido de liberdade para Queiroz e Márcia Aguiar. O caso está com o ministro Gilmar Mendes. No STJ, o despacho de Fischer será submetido para julgamento pela 5ª Turma, um dos colegiados criminais do tribunal.

Queiroz é apontado pelo Ministério Público do Rio como a pessoa encarregada de coletar parte dos salários de funcionários lotados no gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj. A promotoria suspeita que os valores foram usados para bancar despesas pessoais de Flávio e família, crime tecnicamente denominado peculato.

No início deste mês, a PGR (Procuradoria-Geral da República) pediu ao STJ que reverta a decisão do presidente da Corte. O subprocurador Roberto Thomé afirmou que não houve ilegalidade na ordem de prisão preventiva do ex-assessor parlamentar.  O representante da PGR argumentou também que Márcia Aguiar, então na condição de foragida da Justiça, não poderia ter sido beneficiada com a domiciliar, em desacordo com a jurisprudência.

A defesa de Queiroz alegou riscos ao Covid-19 e o presidente do STJ decidiu converter em domiciliar a prisão preventiva contra os dois. Antes das férias, Fischer negou uma série de habeas corpus a favor de presos que alegaram riscos em razão do novo coronavírus.

Levantamento do jornal Folha de S.Paulo nas edições do Diário da Justiça da semana pré-recesso revelou que o ministro rejeitou 133 de 137 pedidos (97%) para que detentos pudessem deixar as cadeias e cumprir medidas alternativas durante a crise sanitária.

Colegas de STJ apontam Fischer como um dos mais rigorosos ministros na análise dos pedidos de prisão domiciliar ou liberdade para presos que acionam o tribunal em razão da pandemia. Eles apostam que isso não deve ser diferente com o caso de Queiroz.

Ao rejeitar os pedidos dos presos, o ministro afirmou, entre outras razões, que a recomendação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) para afrouxar a prisão de pessoas acusadas de crimes não violentos ”não determina imediata soltura de presos, nem mesmo daqueles que apresentem comorbidades e idade que potencializem a infecção pelo Covid-19”. Fischer negou, por exemplo, a transferência para prisão domiciliar de uma mulher de 66 anos que é hipertensa, diabética e portadora de HIV.

Covid-19: Brasil tem 1,2 mil novas mortes e 60 mil novos casos, diz Ministério da Saúde

/ Brasil

O balanço diário do Ministério da Saúde sobre a pandemia do novo coronavírus, divulgado ontem (13), trouxe 1.262 mortes e 60.091 casos de covid-19 registrados nas últimas 24 horas pelas secretarias estaduais de saúde. Foi o terceiro dia desde o início da pandemia com maior número diário de novas pessoas infectadas. No dia 22 de julho, foram 67.860 casos e no dia 29 de julho, 69.074.

Com os números de hoje, a soma de óbitos em função da pandemia chegou a 105.463. No dia (12) o painel do ministério trazia 104.201. Ainda há 3.411 mortes em investigação. No boletim divulgado ontem, os dados por semana epidemiológica apontaram a manutenção da estabilidade nas mortes, com oscilação de 3% para baixo.

Já os casos acumulados totalizam 3.224.876. Ontem, o balanço do Ministério da Saúde marcava 3.164.785 pessoas infectadas desde o início da pandemia. De acordo com o boletim epidemiológico, a curva de casos também segue em estabilização, com oscilação de 3% para baixo na última semana epidemiológica.

Até o momento, 2.356.640 pessoas se recuperaram da covid-19. Atualmente há 762.773 pacientes em acompanhamento. Da Agência Brasil