Jequié confirma mais 03 óbitos por coronavírus, elevando para 94 o número de mortes

/ Jequié

O vírus segue fazendo vítimas em Jequié. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, informou que registrou, nesta sexta-feira (7), mais três óbitos, sendo uma mulher, de 87 anos, moradora do Jequiezinho, sem comorbidades, que estava internada no HGPV; o outro paciente, um homem, de 72 anos, moradora da Caixa D’água, sem comorbidades, que estava internada no HGPV; e um homem, de 46 anos, residente no Jequiezinho, portador de doença hepática crônica, e que estava internado no HGPV, elevando para 94 o número de mortes.

Houve o registro de mais 140 novos casos, perfazendo um total de 3.845 pessoas confirmadas com a doença, até agora. Mais 53 pessoas tiveram alta, sendo liberadas para suas atividades contabilizando 2.257 pacientes que encontram-se recuperados e não apresentam mais o sintomas da doença.

Os que estão em quarentena somam 4.611 pessoas. Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto é de 89,7%. Destes, 23 leitos estão ocupados por residentes de Jequié e 12 leitos ocupados por pessoas de outros municípios.

Jovem de 23 anos comete suicídio por enforcamento em Jaguaquara; é o terceiro caso na pandemia

/ Jaguaquara

Caso ocorreu na Rua 2 de Abril, na Muritiba. Foto: Nilsinho Souza

Jovem de 23 anos foi encontrado morto por enforcamento na tarde desta sexta-feira (7), na Rua 2 de Abril, no bairro Murutiba, em Jaguaquara.

O corpo de Pedro Darlan Santos Cafezeiro teria sido encontrado no interior da residência onde ele morava, próximo a um tanque de água, amarrado pelo pescoço, pendurado num fio de energia elétrica.

A Polícia Militar/3ª Cia foi chamada e uma guarnição se deslocou até o imóvel, onde constatou a veracidade das informações e acionou o Departamento de Polícia Técnica de Jequié, que esteve no local e confirmou a morte como suicídio.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Jequié e liberado nesta noite para os familiares. Este é o segundo caso de suicídio neste período pandêmico em Jaguaquara.

Assim como Jaguaquara, toque de recolher em Jequié passa a ser das 21h às 5h da manhã

/ Jaguaquara

Continua em Jequié o toque de recolher. Foto: Blog Marcos Frahm

O Decreto municipal nº 20.671 datado de 6/agosto/2020, institui medidas restritivas e complementares de prevenção ao contágio e de enfrentamento da propagação do novo coronavírus em Jequié, com a ampliação da permissão de funcionamento para as revendas e concessionárias de veículos; escritórios e demais locais de prestação de serviços individualizados, tais como serviços advocatícios e contábeis, mediante agendamento prévio.

Também são ampliadas as medidas sanitárias a serem cumpridas e, alterado o horário restrição de circulação de pessoas (toque de recolher), se dará no horário compreendido entre as 21h às 5h, devendo todos os munícipes e proprietários de estabelecimentos comerciais o cumprirem. A vigência do Decreto é o fim do dia 17 de agosto.

Jaguaquara

Em Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, a restrição da circulação de circulação de pessoas ocorre também no mesmo horário, conforme decreto municipal.

Bahia registra 4.202 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, diz boletim da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.202 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +2,3%), 54 óbitos (+1,4%) e 3.338 curados (+2,0%). Dos 187.892 casos confirmados desde o início da pandemia, 169.322 já são considerados curados, 14.727 encontram-se ativos e 3.843 tiveram óbito confirmado para coronavírus.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 411 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (33,29%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Almadina (4.172,77), Dário Meira (4.164,33), Gandu (3.681,66), Itajuípe (3.625,98) e Itapé (3.412,85).

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) disponibiliza para acesso público, a base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus (Covid-19). Para fazer o download, é simples: basta acessar o link https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/ e clicar no ícone localizado no topo da página. A iniciativa amplia transparência e possibilita que qualquer cidadão, em qualquer lugar do mundo, possa acompanhar e analisar a evolução da pandemia na Bahia.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 367.064casos descartados e 82.382 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (7).

Na Bahia, 16.203 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 3.843 mortes pelo novo coronavírus.
Em virtude da disponibilização da base de dados relacionada aos óbitos da Covid-19, os interessados no detalhamento dos perfis podem fazer o download do arquivo completo. Esclarecemos que a data de ocorrência dos óbitos, ou seja, o dia da morte de um paciente, geralmente não é o dia da notificação nos sistemas oficiais. Esta divergência é evidenciada, quando ocorre, no banco de dados que está disponível para download no link https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Prefeito de Amargosa, Júlio testa positivo para a Covid-19, anuncia que trabalhará de casa

Júlio Pinheiros e isola após teste. Foto: Rede social

O prefeito de Amargosa, Júlio Pinheiro (PT), anunciou, nesta sexta-feira (7), que testou positivo para Covid-19, mas continuará trabalhando de casa, no comando do município localizado no Vale do Jiquiriçá. O comunicado foi realizado através de um vídeo publicado nas redes sociais do gestor.

”Recentemente, eu tive contato com uma pessoa que testou positivo para Covid-19 e, por isso, realizei o exame laboratorial PCR, que o resultado saiu no dia de hoje. Então o meu resultado também deu positivo para o coronavírus”, contou o prefeito.

”Nos próximos dias, vou trabalhar de casa, em isolamento social, mas mantendo o contato com a minha equipe, os secretários, os assessores, para tocar as ações de combate à Covid e as ações do dia-a-dia da prefeitura, utilizando a internet e as tecnologias disponíveis”, explicou o gestor petista.

Júlio Pinheiro também manteve o evento virtual de lançamento do seu PGP (Plano de Governo Participativo), nesta sexta (7), que começou às 19h, com as participações do senador Jaques Wagner (PT), o deputado federal Jorge Solla (PT) e o ex-prefeito do município Valmir Sampaio (PT) através das redes sociais.

Na live, o gestor disse que Amargosa tem apresentado queda no número de casos do vírus: ”Estamos derrubando a curva e diminuindo os casos em nossa cidade”. No município, foram contabilizados 227 casos, com 47 ativos e 173 recuperados e o registro de 07 mortes.

Em meio a pandemia, Juiz determina extinção de mandato do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes

/ Justiça

O juiz Ulysses Maynard Salgado, da 1ª Vara da Fazenda Pública em Itabuna, determinou a extinção do mandato do prefeito Fernando Gomes (PTC) e a posse do vice-prefeito Fernando Vita (MDB). A decisão liminar ocorreu em atendimento a um pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

A extinção do mandato, segundo a decisão, seria uma consequência da perda de direitos políticos por parte de Fernando Gomes, pelo prazo de três anos a partir de 11 de novembro de 2019, quando o prefeito foi condenado em última instância por improbidade administrativa.

Ainda conforme a decisão do juiz, a Câmara Municipal de Itabuna tem um prazo de 15 dias para proceder a declaração de extinção do mandato de Fernando Gomes e a consequente posse de Fernando Vita. A determinação da Justiça ainda não é definitiva e cabe recurso. Com informações do site Bahia Notícias

Vilas-Boas reconhece dificuldade em contabilizar número de óbitos no interior da Bahia

/ Bahia

Secretário de Saúde do Estado, Vilas-Boas. Foto: Mateus Pereira

O secretário de Saúde da Bahia Fábio Vilas-Boas reconheceu uma dificuldade na contabilidade de casos de Covid-19 no Estado, o que pode resultar em uma subnotificação.

De acordo com o responsável pela pasta, segundo publicação do site bahia.ba, a SESAB entrou com uma força tarefa para contactar todos os municípios e hospitais do Estado, concluir os registros dos óbitos.

”Existe um momento de mudança no perfil epidemiológico da pandemia. Há uma redução do número de óbitos nas grandes cidades onde já aconteceram seus picos e um processo de interiorização. Lamentavelmente depois do São João, as cidades pequenas e os distritos foram afetados e os óbitos mudaram de lugar. Nós estamos hoje com uma dificuldade de receber as informações de óbitos dessas cidades pequenas”, afirmou.

Villas-Boas ainda analisou o início da fase 2 com o retorno do funcionamento de bares e restaurantes na capital baiana como um ponto positivo para a cidade.

”Óbvio que é um risco, mas é um risco calculado. Quando você coloca na balança o risco e o benefício, o entendimento nosso é que existem mais benefícios do que riscos. Se houver qualquer aceleração na transmissão, nós temos leitos para poder absorver essa demanda e teremos tempos de tomar qualquer decisão e voltar atrás”.

Quase 148 milhões de brasileiros estão aptos a votar nas eleições municipais de 2020

/ Brasil

Cerca de 147,9 milhões de brasileiros estão aptos a votar nas Eleições Municipais de 2020. É o que mostram os dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na última quarta-feira (5). Esses cidadãos vão poder escolher prefeitos e vereadores de 5.569 municípios no pleito do dia 15 de novembro.

De acordo com o TSE, o número de eleitores cresceu 2,66% em relação às últimas eleições municipais. O estado do Amazonas foi aquele que apresentou maior crescimento na quantidade de eleitores (7,88%). O único estado que teve redução foi Tocantins, que tinha 1.037.063 eleitores e agora tem 1.035.289.

O estado de São Paulo continua com o maior colégio eleitoral. Cerca de 33,5 milhões de paulistas estão aptos a votar. Já o município de Araguainha, em Mato Grosso, com apenas 1.001 eleitores, é o menor. No recorte por gênero, 52,49% do eleitorado é composto por mulheres e 47,48% é formado por homens.

Trânsito no trecho Jaguaquara / Jequié funciona no sistema pare e siga após acidente na Coalhada

/ Trânsito

Caminhão envolvido permanece no local. Foto: Blog Marcos Frahm

O acidente ocorrido no fim da tarde de ontem na BR-116, no trecho conhecido como Reta da Coalhada, deixou dois feridos e provocou a interdição total da via durante a noite, sendo liberada parcialmente posteriormente.

Nesta sexta-feira (7), quem trafega pelo trecho Jaguaquara / Jequié e passa pelo local da colisão que envolveu dois caminhões e uma caminhonete Fiat Toro precisa redobrar a atenção. O transito funciona no sistema pare e siga, em razão do acidente. Um dos veículos envolvidos permanece no local.

Testemunhas disseram que a caminhonete era conduzida por uma mulher e que pode ter provocado a batida, mas as causas estão sendo apuradas pela PRF. As duas pessoas feridas foram socorridas ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV. 

Alegando falta de testes do coronavírus, Policiais civis da Bahia anunciam paralisação de 24h

/ Polícia

O Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (SINDPOC), anunciou que entidades representativas dos policiais civis aprovaram na última quarta-feira (5) em assembleia geral extraordinária, a paralisação de 24h marcada para a próxima terça-feira (11) quando estarão promovendo em Salvador, uma carreata saindo do prédio da Polícia Civil, na Praça da Piedade em direção à Governadoria do Estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Mais de 250 servidores, entre delegados, investigadores, escrivães e peritos participaram da reunião remotamente.

De acordo com o último boletim emitido pela entidade sindical, a Polícia Civil não está sendo transparente com os dados relacionados ao novo coronavírus dentro da corporação. Segundo o presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, as pautas discutidas na reunião estão relacionadas a falta de higienização das delegacias e viaturas e a falta de testes para os agentes na capital baiana e no interior.

Atualmente, mais de 450 agentes foram contaminados, sendo registradas seis mortes. Ainda segundo o Sindicato, o número de pessoas infectadas pela COVID-19 não para de crescer e as delegacias se tornaram um local de transmissão.

Recuperação econômica global pode ser mais rápida com vacina, diz diretor-geral da OMS

/ Saúde

Diretor da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. Foto: Reprodução

A recuperação econômica em todo o mundo pode vir mais rápido se uma vacina contra a o novo coronavírus for disponibilizada a todos como um bem público, afirmou o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus.

”O compartilhamento de vacinas ou o compartilhamento de outras ferramentas efetivamente ajuda o mundo a se recuperar junto. A recuperação econômica pode ser mais rápida e os danos da Covid-19 podem ser menores”, disse Tedros na quinta-feira (6), durante um painel de discussão online com membros do Fórum Aspen Security, dos Estados Unidos, moderado pela rede NBC.

”O nacionalismo com vacinas não é bom, não vai nos ajudar”, acrescentou Tedros, em alusão à disputa competitiva entre diversas nações e seus laboratórios para criar uma vacina eficaz e pedir o máximo de doses possível com antecedência.

No início da semana, Tedros já havia dito que o coronavírus é a maior emergência de saúde desde o início do século 20, e que a corrida internacional por uma vacina também é ”sem precedentes”.

”Precisamos aproveitar este momento para nos juntarmos em unidade nacional e solidariedade global para controlar a covid-19”, afirmou ele no fórum. ”Nenhum país estará seguro até todos estarmos seguros.”

O diretor de Emergências da OMS, Michael Ryan, questionado sobre a proposta da vacina russa, disse ao painel que são necessários dados de estudo para garantir que os produtos sejam seguros e eficazes.

Ryan disse também que as autoridades devem ser capazes de demonstrar a eficácia de uma vacina contra o novo coronavírus por meio de ensaios clínicos tradicionais, em vez de estudos de ”desafio humano”. Ele se referiu à exposição intencional de voluntários para verificar se o produto funciona.

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, disse ontem que é possível que o país tenha uma vacina contra o novo coronavírus antes das eleições de 3 de novembro – uma previsão mais otimista do que o tempo apresentado pelos próprios especialistas em saúde da Casa Branca.

Trump acusou a OMS de se tornar um fantoche da China – onde o surto do novo coronavírus surgiu pela primeira vez no ano passado, e avisou que os Estados Unidos sairão da agência dentro de um ano.

Os EUA são o maior doador geral da OMS e contribuíram com mais de US$ 800 milhões até o fim de 2019 para o biênio 2018-19.

Tedros Adhanom, que negou que a OMS responda à China ou a qualquer outro país, disse ao painel que o principal dano da iniciativa do governo Trump, de sair da agência, não será a perda de financiamento.

”O problema não é o dinheiro, não é o financiamento, é realmente o relacionamento com os EUA. Isso é mais importante para a OMS – o vácuo, não o financeiro. E esperamos que os EUA reconsiderem sua posição”, declarou. Com informações da Agência Brasil

Extratos bancários mostram que primeira-dama Michelle Bolsonaro recebeu R$ 72 mil de Queiroz

/ Brasília

Recurso caiu na conta de Michelle Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega

A primeira-dama Michelle Bolsonaro pode ter recebido mais de R$ 70 mil reais de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos) e em prisão domiciliar por suspeita de participação em um esquema de rachadinha com dinheiro dos gabinetes da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

A Crusoé teve acesso à quebra do sigilo bancário de Fabrício Queiroz autorizada pela Justiça a pedido dos investigadores e relatou que os cheques que caíram na conta da primeira-dama não somam nem 24 mil nem 40 mil reais, como havia afirmado o então presidente eleito Jair Bolsonaro (sem partido) em dezembro de 2018. Os montantes chegam a R$ 72 mil.

Os extratos detalham as transações financeiras do ex-assessor entre os anos de 2007 e 2018 e mostram o intenso fluxo de valores creditados em conta, contrariando a primeira e a única versão apresentada por Bolsonaro na tentativa de justificar os pagamentos a Michelle Bolsonaro. As informações são do site Bahia Notícias

Presidente da Câmara volta a cobrar implantação de ciclofaixas, ciclovias e bicicletários em Jequié

/ Jequié

Vereador Tinho apresentou requerimento na Casa. Foto: Emanuel Jr.

A elaboração de um projeto para a construção e implantação, nas avenidas da cidade de Jequié, de ciclofaixas, ciclovias, bicicletário e faixas de pedestres com massa asfáltica branca, voltou a ser solicitada pelo vereador Emanuel Campos – Tinho – através do Requerimento (55/2020).

Tinho defende a inclusão definitiva do ciclista na paisagem urbana, pela sua importância para a melhoria das condições de vida de todos os habitantes. ”Muitas cidades têm investido na construção de infraestrutura adequada para locomoção e estacionamento de bicicletas, garantindo aos cidadãos o direito e a opção de usar a bicicleta com segurança e seus deslocamentos”, justifica o presidente da Câmara.

De acordo com Tinho, as ciclovias ajudam a garantir a segurança do ciclista em movimento, o bicicletário adequados estimula o uso da bicicleta ao proporcionar tranquilidade e conforto para os cidadãos que utilizam este meio de transporte, já as faixas de pedestre com massa asfáltica branca beneficiarão toda população jequieense, tornando assim a cidade organizada.

Tinho salienta que foi aprovada Emenda no Orçamento para o exercício financeiro de 2020 destinada a construção nas avenidas do município ciclofaixas, ciclovias, bicicletário e faixa de pedestres com massa asfáltica branca.

Medida Provisória que abre crédito destina R$ 1,99 bilhão para viabilizar vacina contra covid-19

/ Brasília

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira (6) a medida provisória (MP) que abre crédito extraordinário de R$ 1,9 bilhão para viabilizar a produção e aquisição da vacina contra a covid-19, que está sendo desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford. A transferência de tecnologia na formulação, envase e controle de qualidade da vacina será realizada por meio de um acordo da empresa britânica com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde. Com isso, caso a eficácia do imunobiológico seja comprovada, o Brasil deverá produzir 100 milhões de doses. 

”Assinamos esse protocolo no passado e passamos a fazer parte desse seleto grupo. A nossa contrapartida é basicamente financeira no momento, quase R$ 2 bilhões. Talvez em dezembro ou janeiro exista a possibilidade da vacina e daí esse problema estará vencido poucas semanas depois”, afirmou o presidente, durante cerimônia de assinatura da MP, no Palácio do Planalto.

O acordo entre Fiocruz e AstraZeneca é resultado da cooperação entre o governo brasileiro e governo britânico, anunciado em 27 de junho pelo Ministério da Saúde. O próximo passo será a assinatura de um contrato de encomenda tecnológica, previsto para este mês, que garante o acesso a 100 milhões de doses do insumo da vacina, das quais 30 milhões de doses entre dezembro e janeiro e 70 milhões ao longo dos dois primeiros trimestres de 2021. Em todo o mundo, esta é uma das vacinas que estão em estágio mais avançado, já em testes clínicos com seres humanos.

”Estamos garantindo a aplicação de recursos em uma vacina que tem se mostrado a mais promissora do mundo. O investimento é significativo, não apenas no seu valor, quase R$ 2 bilhões, mas também aponta para a busca de soluções que permitam ao Brasil desenvolver tecnologias para a proteção dos brasileiros. Esse é um acordo de transferência de tecnologia, isso significa que estamos garantindo a produção e entrega, inicialmente, de 100 milhões de doses, além de trazer para o país a capacidade de utilizar, na indústria nacional, essa nova tecnologia e dar sustentabilidade ao programa brasileiro de imunizações”, destacou o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello.