Covid-19: Brasil registra 69,1 mil mortes e 1,75 milhão de casos, diz boletim do Ministério da Saúde

/ Brasil

O Brasil registrou 69.184 mortes em função da pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, foram acrescidas às estatísticas 1.220 pessoas que perderam a vida em decorrência da covid-19. Os dados estão na atualização diária divulgada pelo Ministério da Saúde hoje (9).

Conforme o balanço, há 632.552 pessoas em acompanhamento e 1.054.043 se recuperaram. Há 4.077 mortes em investigação.

O número acumulado de óbitos teve aumento de 1,7% em relação a ontem, quando constavam 67.964 falecimentos pela doença. O painel do órgão também trouxe 42.619 novos casos. Com isso, o total acumulado de pessoas infectadas no país atingiu 1.755.779.

O total representa um crescimento de 2,4% em relação a ontem, quando o painel do ministério trazia 1.713.160 pessoas nesta condição.

A letalidade (número de mortes por total de casos) foi de 3,9%. A mortalidade (quantitativo de óbitos por 100 mil habitantes) ficou em 32,9.  A incidência dos casos de covid-19por 100 mil habitantes é de 835,5. Da Agência Brasil

Prédio da Câmara de Jequié terá processo de desinfecção nesta sexta, como prevenção

/ Jequié

Câmara passará por processo de desinfecção. Foto: Blog Marcos Frahm

As instalações físicas da Câmara Municipal de Jequié serão submetidas a processo de desinfecção e sanitarização nesta sexta-feira (10). A medida foi adotada para garantir a segurança de vereadores e servidores e permitir que o atendimento aos serviços essenciais, possam ser mantidos durante a pandemia da Covid-19.

No início da semana, o presidente da Casa, vereador Emanuel Campos Silva – Tinho, postou comunicado na sua página pessoal no Instagram, confirmando testagem positiva para a Covid-19. Nesta quinta-feira (09) circularam informações de que outro vereador, integrante da Comissão Processante instaurada para apurar denúncias de desvio de recursos públicos pela gestão municipal, teria apresentado sintomas semelhantes aos da infecção pelo coronavírus.

Em 23 de março, a Câmara de Vereadores de Jequié, publicou a Portaria (051/2020) estabelecendo medidas temporárias de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus causador do Covid-19. ”Enquanto persistirem os problemas de saúde pública por conta do novo coronavírus, os vereadores deliberarão exclusivamente em caráter de urgência as proposições advindas do Executivo e do Legislativo por meio das sessões extraordinárias, nos termos do Regimento Interno da Casa e da Lei Orgânica do Município”.

Uma nova Portaria (68/2020), publicada em 20 de maio, deliberou pelo retorno das sessões ordinárias às terças feiras, observadas as medidas de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus ”A decisão leva em consideração as supostas limitações do exercício pleno da atividade legislativa em sessões extraordinárias”; ”a importância da regular necessidade da realização das sessões legislativas semanalmente; assim como a necessidade de se evitar interpretações dúbias sobre o Regimento Interno Câmara de Vereadores de Jequié”. Do Jequié Repórter

Homem de Jaguaquara, com comorbidades, morre em Itabuna após contrair o coronavírus

/ Jaguaquara

Paciente faleceu nesta quinta em Itabuna. Foto: Reprodução

Jaguaquara confirmou, nesta quinta-feira (9), o seu primeiro óbito por residência do novo coronavírus. Trata-se de um paciente de 68 anos, portador de hipertensão arterial, diabete e que estava internado no Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães, em Itabuna.

Lourival Barreto Sena era morador do bairro Arco-Íris, em Jaguaquara e teria contraído a Covid-19, sendo transferido a Itabuna no último dia (2) de Julho, indo a óbito hoje. Outra informação colhida pela redação do BMFrahm é de que a esposa da vítima da Covid também teria testado positivo, estando a paciente em uma unidade de saúde de Jaguaquara, sob cuidados médicos.

O município contabiliza agora, conforme dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, 478 casos positivos do vírus. Destes, 270 são considerados ativos  e 208 recuperados.

Jequié registra 91 pessoas com coronavírus nas últimas 24 horas e totaliza 1.495 casos

/ Jequié

Casos do coronavírus disparam em Jequié. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, apresentou o boletim epidemiológico do coronavírus desta quinta-feira (9), atualizado às 19h, que registrou mais 91 casos positivos, um triste recorde no número de pessoas confirmadas com a doença, de um dia para o outro, perfazendo um total de 1495 casos positivos.

Destes, 523 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 753 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 3591 pessoas.

O boletim local conta, agora, com os dados encaminhados pelo Hospital Geral Prado Valadares (HGPV) relativos a ocupação de adultos nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até às 12h a taxa de ocupação era de 89,5%.

Polícia Civil de Jequié incinera 4 toneladas de drogas, avaliadas em R$ 12 milhões

/ Jequié

Drogas foram aprendidas entre 2019 e 2020, diz Polícia Civil

A Polícia Civil de Jequié desencadeou, nesta quinta-feira (9), a Operação Chamas, que incinerou toneladas de drogas, entre elas: maconha, cocaína e crack.

Os entorpecentes foram apreendidos pela Polícia Civil, Polícia Milita e Polícia Rodoviária Federal no período de 2019 e 2020. As drogas destruídas hoje em Jequié estavam avaliadas em 12 milhões de reais.

Bahia registra 2.783 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, diz boletim epidemiológico da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.783 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de + 2,9%), 51 óbitos (+2,2%) e 2.548 curados (+3,8%). Dos 98.319 casos confirmados desde o início da pandemia, 69.098 já são considerados curados, 26.893 encontram-se ativos e 2.328 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 394 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (42,90%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.419,53), Itajuípe (2.283,93), Ipiaú (1.868,20), Lauro de Freitas (1.590,41) e Itabuna (1.552,37).

O boletim epidemiológico contabiliza 98.319 casos confirmados, 194.329 casos descartados e 98.644 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (9).

Na Bahia, 10.760 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Todos os dados estão disponíveis no Painel Epidemiológico. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.351 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.531 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 65%. No que se refere aos leitos de UTI adulto, dos 898 leitos exclusivos para o coronavírus, 730 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 81%. A região Extremo-Sul da Bahia possui a maior taxa de ocupação, com 96% dos leitos de UTI ocupados, seguida da região Sul, com 92%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 2.328 mortes pelo novo coronavírus.

2278º óbito – mulher, 63 anos, residente em Canudos, portadora de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede pública, em Canudos;

2279º óbito – homem, 76 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2280º óbito – homem, 75 anos, residente em Camacan, portador de diabetes, doença cardiovascular e neoplasias, foi internado dia 31/05 e foi a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Camacan;

2281º óbito – mulher, 65 anos, residente em Ilhéus, portadora de doença cardiovascular, foi internada dia 13/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2282º óbito – mulher, 49 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidade, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2283º óbito – homem, 60 anos, residente em Ilhéus, portador de doença renal crônica, foi internado dia 11/06 e foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2284º óbito – homem, 91 anos, residente em Ilhéus, sem comorbidades, foi internado dia 06/06 e foi a óbito dia 23/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2285º óbito – mulher, 84 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dias 22/06 e foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2286º óbito – homem, 78 anos, residente em Ilhéus, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2287º óbito – mulher, 57 anos, residente em Ubaíra, sem comorbidades, foi internada dia 22/06 e foi a óbito dia 07/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2288º óbito – homem, 68 anos, residente em Ilhéus, portador de doenças endócrinas e nutricionais, foi internado dia 16/05 e foi a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2289º óbito – homem, 84 anos, residente em Ilhéus, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 26/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2290º óbito – homem, 68 anos, residente em Casa Nova, portador de diabetes, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede particular, em Araripina, Pernambuco;

2291º óbito – mulher, 92 anos, residente em Ubaitaba, portadora de hipertensão arterial, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede privada, em Ubaitaba;

2292º óbito – homem, 62 anos, residente em Ilhéus, portador de diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2293º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 06/06 e foi a óbito dia 19/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2294º óbito – homem, 82 anos, residente em Ipirá, portador de hipertensão arterial, neoplasias e doença renal foi internado dia 21/06 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2295º óbito – homem, 101 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internado dia 05/07 e foi a óbito dia 07/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2296º óbito – homem, 84 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede privada, em Lauro de Freitas;

2297º óbito – homem, 34 anos, residente em Sento Sé, portador de doença cardiovascular e doença hepática, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede filantrópica, em Juazeiro;

2298º óbito – homem, 61 anos, residente em Morpará, portador de neoplasias, foi internado dia 02/07 e foi a óbito dia 08/07, em unidade da rede pública, em Lauro de Freitas;

2299º óbito – homem, 85 anos, residente em Casa Nova, sem informação de comorbidades, foi internado dia 02/07 e foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Casa Nova;

2300º óbito – mulher, 91 anos, residente em Lauro de Freitas, portadora de hipertensão arterial, diabetes, doença cardiovascular e doença do sistema nervoso, foi internada dia 15/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2301º óbito- mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 16/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2302º óbito – homem, 67 anos, residente em Eunápolis, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 16/06 e foi a óbito dia 17/06, em unidade da rede pública, em Eunápolis;

2303º óbito – homem, 75 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 08/07, em unidade da rede pública, em, Salvador;

2304º óbito – homem, 93 anos, residente em Itamaraju, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 03/07 e foi a óbito dia 08/07, em unidade da rede pública, em Itamaraju;

2305º óbito – homem, 30 anos, residente em Juazeiro, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06/06, em unidade da rede pública, em Itamaraju;

2306º óbito – homem, 65 anos, residente em Salvador, portador de diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 15/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2307º óbito – homem, 52 anos, residente em Candeias, portador de hipertensão arterial, diabetes e obesidade, foi internado dia 21/05 e foi a óbito dia 24/05, em unidade da rede pública, em Candeias;

2308º óbito – homem, 81 anos, residente em Salvador, portador de doença respiratória crônica, foi internado dia 28/06 e foi a óbito na mesma data (28/06), em unidade da rede pública, em Salvador;

2309º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 28/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

2310º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 15/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2311º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes, doença cardiovascular e neoplasias, foi internada dia 30/06 e foi a óbito no dia 06/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2312º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e neoplasias, foi internado dia 30/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

2313º óbito – homem, 63 anos, residente em Itabuna, portador de diabetes e doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2314º óbito – homem, 69 anos, residente em Barro Preto, portador de diabetes e doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 21/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2315º óbito – homem, 96 anos, residente em Presidente Tancredo Neves, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Presidente Tancredo Neves;

2316º óbito – homem, 81 anos, residente em Nazaré, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privada, em Nazaré;

2317º óbito – mulher, 66 anos, residente em Coaraci, sem comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2318º óbito – homem, 61 anos, residente em Floresta Azul, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 03/07 e foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2319º óbito – mulher, 78 anos, residente em Itabuna, portadora de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 27/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2320º óbito – homem, 52 anos, residente em Itabuna, portador de diabetes, foi internado dia 19/05 e foi a óbito dia 05/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2321º óbito – mulher, 64 anos, residente em Ibirapitanga, portadora de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Ibirapitanga;

2322º óbito – mulher, 88 anos, residente em Itajuípe, portadora de doença cardiovascular, foi internada dia 24/05 e foi a óbito na mesma data (24/05), em unidade da rede pública, em Itabuna;

2323º óbito – homem, 52 anos, residente em Itajuípe, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2324º óbito – homem, 22 anos, residente em Itabuna, sem comorbidades, foi internado dia 07/05 e foi a óbito dia 08/05, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2325º óbito – homem, 87 anos, residente em Itajuípe, portador de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede privada, em Itajuípe;

2326º óbito – homem, 79 anos, residente em Camacan, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 30/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privado, em Camacan;

2327º óbito – mulher, 58 anos, residente em Juazeiro, portadora de diabetes, foi internada dia 20/06 e foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede privada, em Remanso;

2328º óbito – homem, 75 anos, residente em Camaçari, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 15/06 e foi óbito dia 29/06, em unidade da rede pública, em Salvador.

Jequié: Antônio Brito compara Sérgio da Gameleira a Zé Cocá ao se referir a operações policiais

/ Entrevista

Entrevista polêmica de Brito repercute em Jequié. Foto: Divulgação

Numa entrevista carregada de recados diretos, na manhã desta quinta-feira (9), à 95 FM, de Jequié, o deputado federal, Antônio Brito (PSD) não poupou críticas ao deputado estadual Zé Cocá (PP) e, de forma subliminar, ao jornalismo da própria emissora a quem prestou os esclarecimentos. Em determinado momento, quando questionado pelos apresentadores Elton Bispo e Marcos Oliver sobre o que o deputado achava da Operação da Polícia Federal que envolveu o atual prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira (PSB), Brito mirou sua artilharia e fez diversas comparações entre a Operação Old School (a que afastou Sérgio da Prefeitura por cinco dias) e a Operação Three Hills ou seja Três Morros, que acusa o deputado estadual Zé Cocá e foi desencadeada em 2019.

Antônio Brito, inclusive, lembrou ao apresentador Marcos Oliver que o mesmo foi quem fez, quando ainda estava na bancada de jornalismo da 93 FM, a entrevista com o delegado da Polícia Federal, Jorge Vinícius Gobira Nunes, responsável pelas investigações na operação que envolve o ex-prefeito de Lafaiete Coutinho e que é o mesmo delegado que cuida das investigações contra o prefeito Sérgio da Gameleira.O jornalista Oliver respondeu afirmando que ”o pau que dá em Chico dá em Francisco”.

A entrevista foi encerrada com o deputado Antônio Brito fazendo um comparativo entre os dois projetos políticos que estão disputando o comando da prefeitura da cidade e apontando a necessidade de a população votar numa proposta que esteja fora das páginas policiais. Muito provavelmente a entrevista deverá ter uma tréplica, do deputado estadual Zé Cocá, na mesma emissora. Vale salientar que, em 2018, Brito e Cocá fizeram dobradinha em Jequié, sendo os mais votados para federal e estadual. De lá pra cá, houve ruptura política entre ambos. Hoje, não é nenhuma novidade que Zé Cocá lidera as intenções de voto para prefeito da Cidade Sol e deve enfrentar como principal adversário o ex-aliado Antônio Brito, que tenta emplacar a candidatura do cunhado Alexandre Iossef (PSD).

Secretário diz que taxa de casos ativos do coronavírus subiu no interior após festejos juninos

/ Bahia

Fábio Vilas-Boas fala do aumento de casos. Foto: Mateus Pereira

O secretário de Saúde (Sesab), Fábio Vilas-Boas, afirmou, na tarde desta quinta-feira (9), que a taxa de crescimento dos casos ativos do novo coronavírus subiu drasticamente após os festejos juninos.

”Muito preocupante. Vínhamos ao longo de duas emanas chegando em um platô. A partir de julho, voltamos a ter aceleração, principalmente no interior. É preciso acompanhar de perto esse fenômeno”, escreveu.

Candeias: Câmara acata denúncia e afasta prefeito Pitágoras em caso de compra de respiradores

/ Política

Prefeito Doutor Pitágoras é afastado do cargo. Foto: Facebook

A Câmara de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), acatou a denúncia contra o prefeito Doutor Pitágoras e também decidiu pelo afastamento do gestor. Por 9 votos a 8, os vereadores decidiram pelo recebimento da denúncia, e por 9 a 8 aprovaram o afastamento de Pitágoras por 90 dias. O caso se refere a uma suposta compra superfaturada de respiradores e máscaras pela prefeitura.

Segundo o Ministério Público Federal na Bahia (MPF), a suspeita é que a gestão pagou R$ 175 mil por cada um dos 8 ventiladores adquiridos, sendo que a prefeitura de Salvador teria comprado equipamentos do mesmo tipo pelo preço unitário de R$ 32 mil. A denúncia chegou ao órgão após ser apresentada na Câmara Municipal por um morador. Com informações do site Bahia Notícias

Baiano, juiz federal Cesar Jatahy é o mais votado para cargo de desembargador federal

/ Justiça

O juiz federal César Jatahy será desembargador. Foto: Reprodução

O juiz federal César Jatahy foi o mais votado, na tarde desta quinta-feira (9), da lista tríplice formada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) para ocupar a vaga de desembargador federal. O magistrado ocupa a vaga de substituto de classe no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA).

Na eleição, César Jatahy teve 22 votos, ficando à frente dos juízes Eduardo Moraes da Rocha e Rafael Leite Paulo, ambos com 15 votos. A relação será encaminhada para a Presidência da República, que deve escolhê-lo por força constitucional, por ter feito parte da lista de merecimento ao cargo três vezes consecutivas.

Cesar Jatahy vai ocupar o cargo deixado em aberto por conta da aposentadoria do Desembargador Federal Hilton Queiroz.

SOBRE O MAGISTRADO

César Jatahy Fonseca se formou em Direito pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 1993, onde também fez mestrado. Lecionou Direito Penal na Faculdade de Direito da UFBA de 1998 até 2000, na Escola de Magistrados da Bahia (EMAB) por um ano e na Faculdade São Luís (MA), em 2003.

Na Justiça Federal ingressou como juiz substituto na Seção Judiciária da Bahia (1998) e atuou em diversas Varas até ser promovido a Juiz Federal Titular da 6ª Vara (Cível) da Seção Judiciária maranhense em 2001. No Maranhão, foi Diretor do Foro e Membro da Turma Recursal dos Juizados Especiais Federais. Em 2004, foi removido para a Bahia. Hoje exerce atualmente a titularidade da 24ª. Vara Federal e está convocado para o TRF1 em Brasília.

Na Justiça Federal da 1ª Região, o magistrado esteve presente em várias correições ordinárias e foi designado para inspeções da Corregedoria-Geral nos demais TRFs. Também participou de mutirões e itinerantes dos Juizados Especiais Federais, além da Central de Conciliação. No dia 13 de dezembro de 2019 foi empossado como juiz federal substituto no TRE-BA.

Pelo sexto ano consecutivo, a Bahia apresenta redução dos roubos contra bancos

/ Bahia

Pelo sexto ano consecutivo, a Bahia apresenta redução dos roubos contra bancos. No primeiro semestre deste ano, a modalidade criminosa teve diminuição de 28,6%, comparando com o mesmo período de 2019. Em números absolutos foram 20 casos, nos primeiros seis meses de 2020, contra 28 no mesmo período do ano anterior.

”Trabalhamos integrados e em situações pontuais. Usamos as equipes do Bope, Graer, Cipes e Choque, pois, na maioria das vezes são criminosos que utilizam armamentos com grande poder de fogo. Respondemos proporcionalmente e dentro da lei”, destacou o comandante do Policiamento Especializado (CPE) da PM, coronel Sérgio Freire.

Também no primeiro semestre, ações das polícias Militar e Civil desarticularam duas quadrilhas especializas em ataques contra instituições financeiras. Vinte e uma armas de fogo foram apreendidas, entre elas sete fuzis, 13 criminosos acabaram presos em flagrantes e 14 não resistiram a confrontos com as forças de segurança estaduais.

O diretor do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), delegado Marcelo Sansão, por sua vez, falou sobre as investigações dessas organizações criminosas. ”Chegamos nesses grupos com a utilização de técnicas de inteligência. Importante ressaltar a valiosa parceria com a Polícia Federal”, completou.

Organização Mundial de Saúde alerta que pandemia não está sob controle e segue piorando

/ Saúde

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que a pandemia de coronavírus não está sob controle, mas sim piorando. Em reunião com os estados membros, a OMS apontou que os casos seguem aumentando na maioria dos países. ”Mais de 544.000 vidas foram perdidas. A pandemia ainda está se acelerando”, alertou Tedros.

Até esta quinta-feira (8), mais de 11,8 milhões de casos de coronavírus foram contabilizados no planeta. De acordo com a OMS, metade deles foram registrados nas últimas seis semanas. “A pandemia da Covid-19 não deixou nenhum país intocado. Ela humilhou todos nós”, lamentou o diretor-geral da agência. As informações são da coluna Bem Estar, do G1.

Na análise da organização, a pandemia não afeta só as pessoas que contraem o coronavírus, mas todos os que possuem algum tipo de doença mais grave. ”Centenas de milhões de crianças correm o risco de perder vacinas de rotina para tuberculose, pneumonia, sarampo, poliomielite, cólera, cólera, difteria e outras. Muitos países estão com poucos medicamentos para o HIV”, ponderou Tedros.

O diretor-geral ainda falou sobre os refugiados, grupo muito afetado pela pandemia. ”A Covid-19 pode empurrá-los [os refugiado] para a beira do abismo” disse.

Na última terça-feira (7), a OMS reconheceu que o novo coronavírus pode ser transmitido pelo ar. Antes, a organização apontava que a possibilidade de infecção era apenas pelo contato com gotículas expelidas por pessoas portadoras do vírus.

Benedetta Allegranzi, líder técnica para prevenção e controle de infecções da OMS, destacou que o órgão já recomenda que as pessoas evitem ambientes fechados e lotados, mantenham o distanciamento e usem a máscara em determinadas situações. Além disso, ela sugere ventilação adequada para ambientes internos.

Superior Tribunal de Justiça concede prisão domiciliar a Fabrício Queiroz e esposa

/ Justiça

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, concedeu prisão domiciliar hoje (9) ao ex-assessor Fabrício Queiroz e à mulher dele, Márcia de Aguiar.

Investigado por participação em esquema de ”rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Queiroz está preso desde o último dia 19 de junho no presídio de Bangu, no Rio de Janeiro.

De acordo com informações do G1, o pedido liminar foi entregue a Noronha pelo fato de ser ele o responsável pelos pedidos urgentes que chegam ao plantão do STJ.

Importante destacar que desde a última quarta o Judiciário está em recesso e os demais ministros saíram de férias.

Ala do Ministério Público quer abastecer SUS de cloroquina, droga descartada pela OMS

/ Saúde

O uso de cloroquina, hidroxicloroquina e do vermífugo nitazoxanida para o tratamento contra a Covid-19 tem sido defendido por membros de uma ala do Ministério Público autointitulada MP Pró-Sociedade. O grupo conservador advoga a favor dos medicamentos em reuniões com médicos, agentes públicos e também na Justiça.

Um dos argumentos do grupo, que já foi alvo de processo disciplinar do Conselho Nacional do Ministério Público por criticar publicamente as recomendações dadas pelo MP com relação à pandemia é que, mesmo com a orientação do Ministério da Saúde autorizando o uso de cloroquina em casos mais leves da doença, o medicamento não tem sido distribuído na rede pública.