Entidades representativas do comércio de Jequié realizam trabalho de conscientização

/ Jequié

Enfermeiras da Amplo Vida conscientizam no comércio. Foto: Emanuel Jr.

As enfermeiras da Amplo Vida, orientam os colaboradores do comércio de Jequié para os cuidados necessários nesse momento de pandemia. Nesta quarta-feira (8) foi averiguado que os lojistas estão seguindo a risca os protocolos recomendados, não gerando aglomeração nas lojas, disponibilizando álcool gel, limitando o número de assentos, plastificando máquinas de cartão, mantendo distanciamento entre clientes e colaboradores, disponibilizando tapetes sanitizantes, usando máscaras e fazendo a correta higienização das mãos.

”Esse trabalho está sendo feito no intuito de trazer a consciência da responsabilidade de fazer nossa parte e manter todos os protocolos de segurança nos estabelecimentos, evitando assim retrocesso no que já foi conquistado”, diz a CDL através de nota.

Após dizer que abriria ”morra quem morrer”, prefeito de Itabuna publica decreto reabrindo comércio

/ Bahia

Comércio de Itabua está fechado há mais de 100 dias. Foto: Prefeitura

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (PTC), cumpriu o que prometeu e autorizou, por meio de decreto publicado no Diário Oficial do município a reabertura do comércio local a partir desta quinta-feira (9).

Gomes ganhou repercussão nacional de forma negativa semana passada após anunciar que reabriria o comércio de Itabuna no dia 9, como fará, ”morra quem morrer”.

”Mandei fazer um decreto e no dia nove abre [o comércio], morra quem morrer”, disse, na ocasião. Nesta fase do plano, após mais de 100 dias de suspensão por causa das ações de combate à pandemia da covid-19, uma série de atividades não essenciais serão retomadas.

De acordo com o decreto, o comércio estará liberado de segunda à sexta-feira, das 09 às 15h. Dentre as atividades liberadas estão: lojas de vestuário, cama, mesa e banho, artigos esportivos e utilidades do lar, calçados, bolsas e demais acessórios, tecidos, armarinhos, lojas de cosméticos e perfumarias, joalherias, relojoarias e bijuterias, lojas de eletrodomésticos e eletrônicos, lojas de informática, móveis, artigos para escritório, estúdios de revelação e impressão fotográficas, gráficas, papelarias e livrarias, lojas de colchões, artigos para festas, chocolates e bombonieres.

Nessa fase estão autorizados ainda o funcionamento de lava-jatos, concessionárias, indústria não essencial, bancas de jornal e revista, floricultura e do shopping popular. Sábado e domingo todas as lojas estarão fechadas, liberadas igrejas, templos religiosos, e feiras livres, conforme diretrizes estabelecidas pela secretaria de sustentabilidade econômica e meio ambiente.

Por meio de nota, a assessoria da prefeitura afirmou que a reabertura do comércio foi possível a partir da ampliação de leitos clínicos e intensivos no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. Na última terça-feira, o município recebeu 15 respiradores do Ministério da Saúde, que serão destinados aos pacientes com a covid-19.

”A partir desta quinta-feira, o comércio e os serviços de Itabuna entram em um processo gradual de liberação das atividades econômicas, seguindo protocolos sanitários e de segurança”, afirmou o prefeito, frisando que a reabertura está condicionada a obrigatoriedade dos comerciantes seguirem todas as recomendações do plano.

Além de permitir o funcionamento do comércio, o decreto estabelece um protocolo sanitário, no qual os comerciantes precisarão seguir recomendações para preservar a saúde de funcionários e clientes, como: redução do número de pessoas no interior das lojas, de modo a respeitar o distanciamento, a obrigatoriedade de máscaras para funcionários e clientes, e disponibilização de álcool em gel nas entradas dos estabelecimentos, dentre outras medidas para prevenir a transmissão do coronavírus. Com informações do BNews

Covid-19: Brasil tem 67,9 mil mortes e 1 milhão de curados, diz boletim do Ministério da Saúde

/ Brasil

De acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde, divulgados hoje (8), o Brasil acumula 1.713.160 de casos confirmados e 67.964 mortes pelo novo coronavírus. O país atingiu hoje a marca de um milhão de casos recuperados de covid-19.

Nas últimas 24 horas, foram adicionadas 1.223 mortes aos registros oficiais. Há ainda 4.105 óbitos em investigação. O painel do órgão também trouxe 44.571 novos casos diagnosticados de ontem (7) para hoje. Estão em acompanhamento no país 624.695 pacientes infectados pelo novo coronavírus.

No balanço de terça-feira, o país contabilizava 66.741 mortes e 1.668.589 casos acumulados de covid-19, desde o início dos registros.

Em entrevista coletiva realizada hoje em Brasília, a equipe do Ministério da Saúde apresentou a evolução da pandemia no país, destacando uma estabilidade na curva do número de mortes e um aumento na curva dos casos confirmados. Da Agência Brasil

Jequie registra mais 1 óbito por coronavírus, de uma mulher, que estava internada no Prado Valadares

/ Jequié

Mulher de 72 anos morreu no HGPV. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, apresentou o boletim epidemiológico do coronavírus, desta quarta-feira (8), atualizado às 19h, que registrou mais um óbito, sendo uma mulher, de 72 anos, moradora do bairro Curral Novo, portadora de hipertensão arterial sistêmica, e que estava internada no Hospital Geral Prado Valadares.

O boletim epidemiológico traz, também, o registro de mais 82 pessoas confirmadas com a doença, perfazendo um total de 1.404 casos positivos. Destes, 513 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 746 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 2961 pessoas.

O boletim local conta, agora, com os dados encaminhados pelo Hospital Geral Prado Valadares (HGPV) relativos a ocupação de adultos nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até às 12h a taxa de ocupação era de 89,5%.

Bahia registra 3.582 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, diz boletim epidemiológico da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.582 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de + 3,9%), 61 óbitos (+2,8%) e 3.343 curados (+5,3%). Dos 95.536 casos confirmados desde o início da pandemia, 66.550 já são considerados curados, 26.609 encontram-se ativos e 2.277 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 393 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (43,66%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.305, 34), Itajuípe (2.235,13), Ipiaú (1.867,68), Lauro de Freitas (1.531,45) Uruçuca (1.525,42).

O boletim epidemiológico contabiliza 95.536 casos confirmados, 190.364 casos descartados e 94.539 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (08).

Na Bahia, 10.561 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.335 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.479 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 63%. No que se refere aos leitos de UTI adulto, dos 890 leitos exclusivos para o coronavírus, 713 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 80%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 2.277 mortes pelo novo coronavírus.

2217º óbito – homem, 43 anos, residente em Juazeiro, sem informações acerca de comorbidades. Internado dia 26/06, foi a óbito dia 30/06, em hospital da rede pública, em Juazeiro;

2218º óbito – homem, 59 anos, residente em Juazeiro, portador de doença cardiovascular. Internado dia 14/05, foi a óbito dia 02/07, em hospital da rede pública, em Juazeiro;

2219º óbito – homem, 29 anos, residente em Salvador, portador de neoplasias. Internado dia 27/06, foi a óbito no mesmo dia (27/06), em hospital da rede pública, em Salvador;

2220º óbito – mulher, 71 anos, residente em Porto Seguro, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internada dia 26/06, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede pública, em Porto Seguro;

2221º óbito – homem, 73 anos, residente em Jequié, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 22/06, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede pública, em Jequié;

2222º óbito – homem, 62 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 29/05, foi a óbito dia 21/06, em hospital filantrópico, em Salvador;

2223º óbito – homem, 73 anos, residente em Jaguaripe, Portador de hipertensão arterial e doença renal crônica. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 01/07, em hospital filantrópico, em Valença;

2224º óbito – mulher, 85 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2225º óbito – mulher, 65 anos, residente em Serrinha, portadora de imunodeficiência. Internada dia 19/06, foi a óbito dia 24/06, em hospital da rede privada, em Salvador;

2226º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 26/06, foi a óbito dia 06/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2227º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 15/06, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2228º óbito – mulher, 105 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular. Internada dia 20/06, foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Camaçari;

2229º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 03/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2230º óbito – homem, 80 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 08/06, foi a óbito dia 04/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2231º óbito – mulher, 72 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 05/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2232º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Internado dia 03/06, foi a óbito dia 04/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2233º óbito – mulher, 84 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internada dia 28/06, foi a óbito dia 05/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2234º óbito – homem, 74 anos, residente em Simões Filho, portador de diabetes mellitus. Internado dia 17/06, foi a óbito dia 25/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2235º óbito – mulher, 85 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internada dia 17/06, foi a óbito dia 05/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2236º óbito – mulher, 73 anos, residente em Vitória da Conquista, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 03/07, foi a óbito dia 06/07, em hospital filantrópico, em Vitória da Conquista;

2237º óbito – homem, 80 anos, residente em Simões Filho, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 24/06, foi a óbito dia 30/06, em hospital da rede pública, em Simões Filho;

2238º óbito – homem, 68 anos, residente em Santa Cruz de Cabrália, portador de doença cardiovascular. Internado dia 24/06, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede pública, em Porto Seguro;

2239º óbito – homem, 82 anos, residente em Barreiras, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede pública, em Barreiras;

2240º óbito – homem, 35 anos, residente em Seabra, sem comorbidades. Internado dia 02/06, foi a óbito dia 01/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2241º óbito – homem, 62 anos, residente em Eunápolis, sem comorbidades. Internado dia 23/06, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede pública, em Porto Seguro;

2242º óbito – homem, 47 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de diabetes mellitus. Internado dia 27/06, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2243º óbito – mulher, 31 anos, residente em Ilhéus, portadora de doenças hematológicas. Internada dia 14/06, foi a óbito dia 15/06, em hospital da rede pública, em Ilhéus;

2244º óbito – mulher, 77 anos, residente em Maragogipe, portadora de diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internada dia 01/07, foi a óbito dia 02/07, em unidade pública, em Maragogipe;

2245º óbito – homem, 64 anos, residente em Guanambi, portador de hipertensão arterial, doença cardiovascular e doença do sistema nervoso. Internado dia 29/06, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede privada, em Vitória da Conquista;

2246º óbito – mulher, 97 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 08/06, em hospital da rede privada, em Salvador;

2247º óbito – homem, 73 anos, residente em Conceição da Feira, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 25\06 e foi a óbito na mesma data (25\06), em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

2248º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença renal crônica, data de admissão não informada, foi a óbito dia 29\05, em unidade da rede pública, em Salvador;

2249º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internado dia 30\06 e foi a óbito dia 01\07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2250º óbito – mulher, 88 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 29\06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2251º óbito – mulher, 78 anos, residente em Itabuna, sem comorbidades, foi internada dia 06\06 e foi a óbito dia 03\07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2252º óbito – mulher, 75 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 04\07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2253º óbito – mulher, 57 anos, residente em Ibirapitanga, portadora de hipertensão arterial, data de admissão não informada, foi a óbito dia 30\06, em unidade da rede pública, em Ibirapitanga;

2254º óbito – homem, 69 anos, residente em Ituberá, portador de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 27\06, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

2255º óbito – mulher, 69 anos, residente em Pau Brasil, sem informação de comorbidades, foi internada dia 10\06 e foi a óbito dia 11\06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2256º óbito – mulher, 76 anos, residente em Jequié, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 28\06, em unidade da rede pública, em Jequié;

2257º óbito – mulher, 72 anos, residente em Barra do Choça, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi a óbito dia 01\07, em domicílio;

2258º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 15\06 e foi a óbito dia 25\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2259º óbito – mulher, 75 anos, residente em Santa Luz, portadora de hipertensão arterial e demências, incluindo Alzheimer, data de admissão não informada, foi a óbito dia 17\06, em unidade da rede pública, em Santa Luz;

2260º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 09\06 e foi a óbito dia 24\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2261º óbito – mulher, 74 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internada dia 20\06 e foi a óbito dia 24\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2262º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, foi internada dia 12\05 e foi a óbito dia 29\05, em unidade da rede pública, em Salvador;

2263º óbito – mulher, 97 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 18\06 e foi a óbito dia 24\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2264º óbito – homem, 51 anos, residente em Amargosa, portador de diabetes e obesidade, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06\07, em unidade da rede pública, em Santo Antônio de Jesus;

2265º óbito – homem, 67 anos, residente em Salvador, portador de tabagismo, foi internado dia 20\06 e foi a óbito dia 23\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2266º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internado dia 18\06 e foi a óbito dia 04\07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2267º óbito – mulher, 81 anos, residente em Amargosa, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06\07, em unidade da rede pública, em Amargosa;

2268º óbito – mulher, 72 anos, residente em Jequié, portadora de obesidade, foi internada dia 29\06 e foi a óbito na mesma data (29\06), em unidade da rede pública, em Jequié;

2269º óbito – mulher, 81 anos, residente em Ilhéus, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 18\06 e foi a óbito dia 23\06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2270º óbito – mulher, 88 anos, residente em Juazeiro, portadora de demências, incluindo Alzheimer, data de admissão não informada, foi a óbito dia 19\06, em unidade da rede privada, em Petrolina, Pernambuco;

2271º óbito – mulher, 74 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e hipertensão arterial, foi internada dia 15\06 e foi a óbito dia 30\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2272º óbito – homem, 64 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 17\06 e foi a óbito dia 24\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2273º óbito – homem, 67 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internado dia 18\06 e foi a óbito dia 03\07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2274º óbito – homem, 92 anos, residente em Campo Alegre de Lourdes, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 04\06 e foi a óbito dia 23\06, em unidade da rede privada, em Remando;

2275º óbito – mulher, 45 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 06\06 e foi a óbito dia 07\07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2276º óbito – mulher, 48 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internada dia 20\06 e foi a óbito dia 02\07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2277º óbito – homem, 74 anos, residente em Ilhéus, portador de hipertensão arterial, diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 01\06 e foi a óbito dia 27\06, em unidade da rede pública, em Ilhéus.

Planaltino é o único município do Vale do Jiquiriçá sem registro de casos do novo coronavírus

Planaltino ainda não registrou casos da Covid-19. Foto: Divulgação

O município de Planatino é o único do território Vale do Jiquiriçá sem registro de casos do novo coronavírus, até esta quarta-feira (8).

Num território com 20 municípios, 19 já confirmaram casos, inclusive Irajuba, que assim como Planaltino não havia confirmado notificações por infectados pela doença, mas agora já contabiliza 07 casos.

Em todo o território, o número total de casos é de 752. Destes, 358 estão recuperados. Desde o início da pandemia, foram registrados 09 óbitos na região, 03 apenas em Amargosa. Em relação ao número de casos confirmados, o município mais populoso, Jaguaquara, aparece na dianteira, com 444.

Covid-19: Justiça obriga cinco cidades da Bahia a promover transparência nos gastos públicos

/ Justiça

A juíza Ely Christianne Esperon determinou que dados, como número de leitos em enfermaria e UTI disponíveis, sejam divulgados pelos municípios de Poções, Mirante, Bom Jesus da Serra, Boa Nova e Caetanos, na Bahia. A decisão foi tomada após pedido do Ministério Público da Bahia, que alegou “falta de transparência nos gastos públicos”.

Segundo o órgão, as informações devem constar em sites oficiais específicos. Neles devem ser apresentados o número de casos de Covid-19 notificados, em investigação, confirmados, em recuperação e curados, mantendo-se os registros históricos; a quantidade de aparatos de testagem disponíveis; o quantitativo de testes realizados com os respectivos resultados; número de óbitos; a taxa de isolamento social; e a estimativa do pico da contaminação; devendo ser atualizadas e publicadas diariamente, bem como divulgadas em linguagem de fácil compreensão pelo cidadão, inclusive com a utilização de gráficos. Além disso, os municípios estão obrigados a publicar o quantitativo de materiais disponíveis, inclusive medicamentos e equipamentos técnicos, como respiradores, adquiridos para o enfrentamento da pandemia; e o quantitativo de materiais e insumos ainda não disponíveis, mas já adquiridos.

Os cinco municípios devem ainda apresentar plano de contingenciamento e conjunto de medidas para sanar eventuais defasagens de materiais, insumos e equipamentos necessários ao tratamento de pacientes; publicar protocolo de aplicação de medidas sanitárias proporcionais, esclarecendo previamente à população quais os critérios que serão adotados para a deflagração das escalas de distanciamento social (incluindo lockdown) e da paulatina retomada das atividades, que deverão ser baseadas no cenário epidemiológico. As informações são do Metro1

Mulher morre após se sentir mal em cartório no Centro de Jequié; suspeita é de que teria sofrido infarto

/ Jequié

Mulher morreu na Rua 21 de Abril. Foto: Zenilton Meira

Uma mulher morreu após se sentir mal no interior de um cartório no Centro de Jequié, no fim da manhã desta quarta-feira (8).

O fato ocorreu na Rua 21 de Abril, quando a mulher buscava atendimento no local. A senhora, de identidade não revelada, era moradora do município de Jitaúna e chegou a ser socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192, mas infelizmente não resistiu e foi a óbito no local.

Segundo relatos colhidos no local pelo jornalista Zenilton Meira, a suspeita é de que a mulher teria sido vítima de infarto. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal.

Passageira de ônibus é presa com bagagem recheada de maconha em Jequié; droga é avaliada em R$ 50 mil

/ Jequié

Ônibus foi parado no Km 677 da BR-116. Foto: Divulgação

Uma mulher foi presa em flagrante com 40 kg de maconha escondidos em sua bagagem, na terça-feira (7) à tarde, na BR-116, trecho de Jequié. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o flagrante ocorreu durante fiscalização de combate à criminalidade no Km 677.

Os policiais deram ordem de parada ao veículo, que seguia de São Paulo (SP) com destino a Recife (PE). Durante a vistoria no compartimento externo do ônibus, a equipe encontrou 27 tabletes de maconha prensada, escondidos em uma mochila e uma mala.

Após checagem dos tíquetes das bagagens, a passageira de 26 anos foi identificada como responsável pelo transporte da droga. A mulher relatou aos policiais que a droga foi entregue em um hotel localizado em São Paulo (SP), e disse que ganharia R$ 1.500 para realizar o transporte da maconha até Igarassu (PE).

A droga é avaliada em quase R$ 50 mil. A acusada foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil em Jequié, junto com a droga apreendida.

Reabertura das agências do INSS com atendimento presencial é adiada para dia 3 de agosto

/ Brasil

Foi adiado para 3 de agosto, o atendimento presencial nas agências da Previdência Social. O adiamento está na Portaria Conjunta n° 27 da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia e do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), publicada hoje (8), no Diário Oficial da União.

O atendimento exclusivo por meio de canais remotos fica prorrogado até o dia 31 de julho e continuará sendo realizado mesmo após a reabertura das agências. Segundo o ministério, em um primeiro momento, o tempo de funcionamento das agências será parcial, com seis horas contínuas, e o atendimento será exclusivo aos segurados e beneficiários com prévio agendamento pelos canais remotos (Meu INSS e Central 135). Também serão retomados os serviços que não possam ser realizados por meio dos canais de atendimento remotos como, por exemplo, realização de perícias médicas, avaliação social e reabilitação profissional.

De acordo com o ministério, as unidades que não reunirem as condições necessárias para atender o cidadão de forma segura, continuarão em regime de plantão reduzido. O INSS disponibilizará um painel eletrônico contendo informações sobre o funcionamento das Agências da Previdência Social, os serviços oferecidos e o horário de funcionamento.

A banda precursora da arrochadeira, Trio da Huanna, fará a 2º live solidária, no dia 18 de Julho

/ Entretenimento

Trio da Huanna realizará a 2º live solidária. Foto: Divulgação

A banda precursora do estilo musical denominado arrochadeira, Trio da Huanna, fará a 2º live solidária, intitulada Fuleragem da Huanna 2, que será realizada no dia 18 de Julho (sábado), em casa, às 16h, e transmitida através do Canal do Youtube (Trio da Huanna Oficial).

Depois do sucesso na primeira edição em abril, o grupo formado pelos irmãos Luizinho (vocalista), Lúcio (teclados), Neto (guitarra) e do amigo Fuscão (sax) promete um encontro pra lá de animado com um repertório repleto de sucessos que marcaram a carreira até as canções mais atuais, como a de trabalho ”Vapo”, que foi apresentada no verão, além de muitos outros hits conhecidos de todo o público fiel da banda.

Conforme informou a assessoria, durante a live, será lançado o hit ”Sonsinha”. Mais uma canção que promete vai agitar a galera!

Transporte intermunicipal é suspenso em mais seis cidades baianas; total é de 371

/ Trânsito

As cidades de Boa Nova, Caetanos, Guajeru, Lajedinho, Lençóis e Várzea da Roça terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de quinta-feira (9). A decisão, que pretende conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (8).

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 12 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Mundo Novo, cidade com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

Lista de municípios

No total, a Bahia possui 371 cidades com transporte suspenso. São elas: Abaíra, Abaré, Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Alcobaça, Almadina, Amargosa, Amélia Rodrigues, América Dourada, Anagé, Andaraí, Andorinha, Anguera, Antas, Antônio Cardoso, Antônio Gonçalves, Aporá, Apuarema, Araçás, Aracatu, Araci, Aramari, Aratuípe, Aurelino Leal, Baianópolis, Baixa Grande, Banzaê, Barra, Barra da Estiva, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barreiras, Barro Alto, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Biritinga, Boa Nova, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Botuporã, Boquira, Brejões, Brumado, Buerarema, Buritirama, Caatiba, Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Caculé, Caém, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canarana, Canavieiras, Candeal, Candeias, Candiba, Cândido Soares, Cansanção, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Casa Nova, Castro Alves, Catu, Chorrochó, Cícero Dantas, Cipó, Coaraci, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Conde, Condeúba, Coração de Maria, Cordeiros, Coribe, Correntina, Coronel João Sá, Cotegipe, Cravolândia, Crisópolis, Cristópolis, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Basílio, Dom Macedo Costa, Elísio Medrado, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Feira de Santana, Filadélfia, Firmino Alves, Floresta Azul, Formosa do Rio Preto, Gandu, Gentio do Ouro, Glória e Gongogi.

A restrição também inclui Governador Mangabeira, Guajeru, Guanambi, Guaratinga, Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicaraí, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibipitanga, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibitiara, Ibotirama, Ichu, Igaporã, Igrapiúna, Iguaí, Ilhéus, Inhambupe, Ipecaetá, Ipiaú, Ipirá, Irajuba, Iraquara, Irará, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itaetê, Itagi, Itagibá, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itamaraju, Itamari, Itambé, Itanagra, Itanhém, Itaparica, Itapé, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itaquara, Itarantim, Itatim, Itiruçu, Itororó, Ituberá, Jacaraci, Jacobina, Jaguaquara, Jaguarari, Jaguaripe, Jandaíra, Jequié, Jeremoabo, Jiquiriçá, Jitaúna, João Dourado, Juazeiro, Jucuruçu, Jussara, Jussari, Laje, Lajedão, Lajedinho, Lajedo do Tabocal, Lamarão, Lapão, Lauro de Freitas, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macururé, Madre de Deus, Maiquinique, Mairi, Malhada, Malhada de Pedras, Manoel Vitorino, Mansidão, Maracás, Maragogipe, Maraú, Mascote, Mata de São João, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Milagres, Mirangaba, Monte Santo, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Muniz Ferreira, Muquém de São Francisco, Muritiba, Mutuípe, Nazaré, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Canaã, Nova Ibiá e Nova Itarana.

Estão com restrição no transporte ainda Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pé de Serra, Pedrão, Pedro Alexandre, Piatã, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piraí do Norte, Piripá, Piritiba, Planalto, Poções, Pojuca, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quijingue, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão das Neves, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio de Contas, Rio do Pires, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Salinas da Margarida, Salvador, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz da Vitória, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santa Teresinha, Santaluz, Santanópolis, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, São Desidério, São Felipe, São Félix, São Félix do Coribe, São Francisco do Conde, São Gonçalo dos Campos, São José da Vitória, São José do Jacuípe, São Miguel das Matas, São Sebastião do Passé, Sapeaçu, Sátiro Dias, Saubara, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra do Ramalho, Serra Preta, Serrinha, Serrolândia, Simões Filho, Sítio do Quinto, Sobradinho, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanquinho, Taperoá, Tapiramutá, Teixeira de Freitas, Teodoro Sampaio, Teofilândia, Teolândia, Terra Nova, Tremedal, Tucano, Uauá, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Uibaí, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Utinga, Valença, Valente, Várzea da Roça, Várzea Nova, Varzedo, Vera Cruz, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wenceslau Guimarães e Xique-Xique.

Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe termina com 17 milhões sem se vacinar

/ Saúde

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, terminou e cerca de 17 milhões de pessoas que precisavam se vacinar não foram imunizadas. De acordo com dados do Ministério da Saúde, o número representa 11,2% do público- alvo da campanha. A meta do governo era de alcançar ao menos 90% desse grupo. Foram alcançados 88,8%.

O grupo com a menor cobertura vacinal foi de pessoas entre 55 e 59 anos de idade: pouco mais de metade do grupo se vacinou, 55,86% de cobertura. 60,91% das gestantes se vacinaram. Entre crianças de até cinco anos de idade a cobertura foi de 61,60%. Professores de escolas públicas tiveram 68,56% de cobertura vacinal.

Como o período da campanha acabou, agora as doses da vacina contra a Influenza que sobraram estão disponíveis para o restante da população, mesmo aqueles que não se encaixam no público-alvo. A vacinação é ainda mais importante durante a pandemia de covid-19, já que as duas doenças possuem sintomas semelhantes e a imunização ajuda os médicos a identificarem rapidamente quais casos podem ser causados pelo novo coronavírus.

”Ou vamos conter esse crescimento ou a situação vai piorar muito”, diz Rui sobre o interior

/ Bahia

Rui fala sobre avanço de casos no interior. Fotos: Paula Fróes

O crescimento dos últimos cinco dias, nos casos de coronavírus no interior da Bahia tem trazido preocupação ao governador Rui Costa e aos prefeitos. Durante transmissão nas redes sociais nesta terça-feira (7), o gestor ressaltou que mesmo com a antecipação de feriados, houve grande deslocamento para cidades do interior, no período dos festejos juninos, o que acabou elevando os índices. Rui anunciou que fará reuniões com 90 prefeitos, 30 a cada dia para definir medidas de contenção do vírus.

”Quarta, quinta e sexta, eu e o secretário da Saúde, Fábio Vilas Boas, iremos nos reunir com os prefeitos dos municípios com as piores situações, que estão crescendo mais rápido, para discutir e combinar medidas para barrar esse crescimento. Precisamos também garantir que quem está positivado fique isolado, até dos seus familiares, para segurarmos a taxa de contaminação. Agora há pouco falei com os prefeitos de Ribeira do Pombal, de Tancredo Neves. Ontem falei com o prefeito de Camamu. E uma das principais razões para o aumento de notificações foram as reuniões familiares em junho, nas datas do São João e São Pedro”, alertou.

De acordo com o chefe do Executivo estadual, mais de 30 cidades baianas estão com 100% de crescimento nos últimos 10 dias, contrariando as expectativas de queda da curva de contaminação.

”u estava contando os dias que a taxa iria cair. Infelizmente, mesmo antecipando os feriados de São João e do 2 de Julho. Com os apelos para as que as pessoas não viajassem, nem fizessem aglomeração. Se juntarmos 100 pessoas em uma festa, o vírus vai avançar. Foi o que aconteceu e nos preocupa a taxa de crescimento no interior do estado, em diversas regiões. Esse é um número absurdo, pois quando se passa de 50 casos ativos com uma velocidade dessas, vira contaminação comunitária e não se consegue mais controlar”, pontuou o governador.

Testes

Ainda segundo o governador, a Bahia é o segundo estado no Brasil que mais realizou testes PCR, mais de 100 mil. Rui revelou que irá aumentar ainda mais o número de testes, buscando chegar à meta de de 3 mil testes diários.

”Iremos trabalhar com o número máximo de testes e devemos processar 3 mil testes de RT-PCR todos os dias. A Bahia inclusive é o segundo estado no país em número de realização desse tipo de teste que é o mais seguro para detecção da doença. Já fizemos mais de 100 mil testes na Bahia e vamos seguir ampliando a testagem”, afirmou Rui Costa.