Atual prefeito de Jiquiriçá, Cascalho lidera intenções de voto para Prefeitura, diz pesquisa Séculus/BN

Cascalho lidera intenções de voto em Jiquiriçá. Foto: Blog Marcos Frahm

O prefeito Jiquiriçá, Cascalho, é disparado o político favorito a vencer a próxima eleição municipal na cidade. Tanto na pesquisa espontânea, quando não se indica os candidatos, quanto na estimulada, em que os nomes são sugeridos, ele soma mais do que 60% das intenções de voto.

Isso é o que mostra o levantamento feito pela Séculus Análise e Pesquisa, em parceria com o site Bahia Notícias, entre segunda (29) e terça-feira (30) da semana passada.

Na estimulada, Cascalho é apontado como o candidato de 64,39% das 578 pessoas entrevistadas. Atrás dele, a maior porcentagem é do grupo que ainda não sabe em quem vai votar: 9,27%.

Na sequência, 7,80% demonstraram interesse em votar em Valdemar, 4,39% indicaram como escolha Barreto, 1,95%, Gilson de Paulo, e apenas 0,49%, César. Outros 6,34% não opinaram a respeito e 5,37% disseram que não vão votar em nenhum dos políticos sugeridos.

Já na pesquisa espontânea, o atual prefeito aparece como a escolha de 60,49% dos entrevistados. De novo, a segunda maior porcentagem, 15,12%, é composta por aqueles que não sabem em quem vão votar. Em seguida, com 8,29%, o grupo que não pretende votar em nenhum candidato, e com 7,80%, o grupo que não respondeu à questão.

Com menor expressão, Valdemar é indicado como opção de voto por 4,88% dos entrevistados, Barreto é a indicação de 2,44%, e Lucas de Deraldo, de apenas 0,98% das pessoas ouvidas.

REJEIÇÃO

Se, por um lado, Barreto não teve votação expressiva na pesquisa, por outro, sua taxa de rejeição é a mais alta: 20,98% dos entrevistados disseram não votar nele para prefeito de jeito nenhum. Com rejeição considerada estão: Valdemar (15,12%) e César (12,68%). O favorito na eleição, Cascalho, é rejeitado por 8,78% dos eleitores do município e Gilson de Paulo, por apenas 2,44%.

Neste quesito, 19,03% disseram não saber, 12,68% não rejeitam nenhum candidato e 8,29% não responderam a pergunta.

Com grau de confiança de 95%, o levantamento possui margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa estpa registrada sob o nº BA – 07825/2020.

Bahia registra 1.231 casos novos de Covid-19 e 61 óbitos em 24 horas, diz boletim epidemiológico

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.231 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,4%), 61 óbitos (+2,9%) e 1.130 curados (+1,9%). Dos 88.279 casos confirmados desde o início da pandemia, 59.779 já são considerados curados, 26.332 encontram-se ativos e 2.168 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 392 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (44,17%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.184,98), Itajuípe (2.132,64), Ipiaú (1.774,46), Uruçuca (1.505,92) e Itabuna (1.471,23).

O boletim epidemiológico contabiliza 88.279 casos confirmados, 182.551 casos descartados e 87.239 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (6).

Na Bahia, 9.983 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.293 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.485 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 65%. No que se refere aos leitos de UTI adulto, dos 882 leitos exclusivos para o coronavírus, 715 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 81%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 2.168 mortes pelo novo coronavírus.

2108º óbito – homem, 78 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, foi internado dia 18/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2109º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, foi internado dia 28/06 e foi a óbito na mesma data (28/06), em unidade da rede pública, em Salvador;

2110º óbito – mulher, 84 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 28/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Santo Antônio de Jesus;

2111º óbito – mulher, 69 anos, residente em Vitória de Conquista, sem informação de comorbidades, foi internada dia 24/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

2112º óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 10/06 e foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2113º óbito – mulher, 39 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2114º óbito – homem, 87 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes, obesidade e demências, incluindo Alzheimer, foi internado dia 23/05 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede privada, em Lauro de Freitas;

2115º óbito – mulher, 49 anos, residente em Araci, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2116º óbito – homem, 63 anos, residente em Wenceslau Guimarães, portador de diabetes, foi internado dia 01/07 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Santo Antônio de Jesus;

2117º óbito – mulher, 70 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 11/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2118º óbito – mulher, 93 anos, residente em Salvador, portadora de doença respiratória crônica, foi internada dia 13/06e foi a óbito dia 18/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2119º óbito – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2120º óbito – mulher, 25 anos, residente em Una, portadora de doença renal crônica e doenças hematológicas, data de admissão não informada, foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2121º óbito – mulher, 34 anos, residente em Salvador, portadora de neoplasias, foi internada dia 12/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2122º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes, foi internada dia 27/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2123º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes, foi internada dia 18/06 e foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2124º óbito – mulher, 92 anos, residente em Salvador, portadora de doenças autoimunes, foi internada dia 25/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2125º óbito – homem, 78 anos, residente em Presidente Jânio Quadros, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 25/06 e foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

2126º óbito – mulher, 94 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e neoplasias, foi internada dia 22/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2127º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 19/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2128º óbito – mulher, 57 anos, residente em Jequié, portadora de diabetes e doença renal crônica, data de admissão não informada, foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede pública, em Jequié;

2129º óbito – homem, 64 anos, residente em Ilhéus, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 12/05 e foi a óbito dia 08/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2130º óbito – homem, 72 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 18/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2131º óbito – homem, 79 anos, residente em Jequié, portador de doença cardiovascular, foi a óbito dia 22/06, em domicílio;

2132º óbito – mulher, 54 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 25/05 e foi a óbito dia 30/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

2133º óbito – mulher, 69 anos, residente em Jequié, portadora de doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 12/06, em unidade da rede privada, Jequié;

2134º óbito – mulher, 64 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 15/06 e foi a óbito dia 06/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2135º óbito – mulher, 62 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, foi internada dia 15/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2136º óbito – homem, 74 anos, residente em Serra Preta, sem informação de comorbidades, foi internado dia 18/06 e foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

2137º óbito – homem, 63 anos, residente em Ibicaraí, portador de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Ibicaraí;

2138º óbito – homem, 77 anos, residente em Buerarema, portador de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2139º óbito – mulher, 78 anos, residente em Jequié, portadora de hipertensão arterial. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 04/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2140º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 12/06, foi a óbito dia 05/07, em hospital da rede particular, em Salvador;

2141º óbito – homem, 97 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular. Internado dia 22/06, foi a óbito dia 05/07, em hospital da rede particular, em Salvador;

2142º óbito – mulher, 91 anos, residente em Salvador, portadora de doenças do sistema nervoso. Internada dia 10/06, foi a óbito dia 19/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2143º óbito – homem, 46 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença renal crônica. Internado dia 25/06, foi a óbito dia 02/07, em hospital da rede particular, em Salvador;

2144º óbito – mulher, 86 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 08/06, foi a óbito dia 29/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2145º óbito – homem, 78 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão artéria e diabetes mellitus. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede particular, em Salvador;

2146º óbito – mulher, 64 anos, residente em Barro Preto, portadora de diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internada dia 20/06, foi a óbito dia 04/07, em hospital da rede particular, em Ilhéus;

2147º óbito – homem, 81 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença renal crônica, demências, incluindo Alzheimer. Internado dia 02/12, foi a óbito dia 03/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2148º óbito – mulher, 81 anos, residente em Itamaraju, portadora de doença cardiovascular. Internada dia 16/06, foi a óbito dia 20/06, em hospital da rede pública, em Itamaraju;

2149º óbito – mulher, 83 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus, hipertensão arterial e doença do sistema nervoso. Internada dia 22/06, foi a óbito dia 29/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2150º óbito – mulher, 76 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 01/06, foi a óbito dia 26/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2151º óbito – mulher, 36 anos, residente em Jequié, portadora de diabetes mellitus, hipertensão arterial e obesidade. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 04/07, em hospital da rede pública, em Jequié;

2152º óbito – mulher, 61 anos, residente em Alagoinhas, portadora de diabetes mellitus e doença cardiovascular, Internada dia 29/06, foi a óbito dia 01/07, em hospital da rede pública, em Alagoinhas;

2153º óbito – mulher, 74 anos, residente em Presidente Tancredo Neves, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 01/07, foi a óbito no mesmo dia (01/07), em hospital da rede pública, em Santo Antônio de Jesus;

2154º óbito – homem, 71 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 30/05, foi a óbito no mesmo dia (30/05), em hospital da rede pública, em Salvador;

2155º óbito – mulher, 78 anos, residente em Alagoinhas, portadora de hipertensão e diabetes mellitus. Internada dia 20/06, foi a óbito dia 24/06, em hospital da rede pública, em Alagoinhas;

2156º óbito – homem, 85 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Internado dia 19/05, foi a óbito dia 18/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2157º óbito – mulher, 83 anos, residente em Alagoinhas, portadora de diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internada dia 19/6, foi a óbito dia 30/06, em hospital da rede pública, em Alagoinhas;

2158º óbito – homem, 76 anos, residente em Maracás, portador de doença cardiovascular. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 30/06, em hospital da rede pública, em Maracás;

2159º óbito – homem, 47 anos, residente em Camaçari, portador de hipertensão arterial e obesidade. Internado dia 16/05, foi a óbito dia 18/05, em unidade da rede pública, em Camaçari;

2160º óbito – homem, 79 anos, residente em salvador, portador de diabetes mellitus, doença cardiovascular, obesidade e doença renal crônica. Internado dia 21/06, foi a óbito dia 29/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2161º óbito – homem, 76 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Internado dia 08/06, foi a óbito dia 12/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2162º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internada dia 01/06, foi a óbito dia 20/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2163º óbito – mulher, 60 anos, residente em Buerarema, portadora de doença cardiovascular. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 05/07, em hospital da rede pública, em Itabuna;

2164º óbito – homem, 53 anos, residente em Camaçari, portador de hipertensão arterial. Internado dia 14/05, foi a óbito dia 18/05, em unidade da rede pública, em Camaçari;

2165º óbito – mulher, 69 anos, residente em Alagoinhas, portadora de diabetes mellitus. Internada dia 10/06, foi a óbito dias 24/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2166º óbito, homem, 66 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 24/05, foi a óbito dia 30/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

2167º óbito – mulher, 73 anos, residente em Salvador, sem informações acerca de comorbidades. Também sem informações sobre a data de internação, foi a óbito dia 04/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2168º óbito – mulher, 69 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, sem comorbidades. Internada dia 11/06, foi a óbito dia 16/06, em hospital da rede pública, em Salvador.

Após denúncia da PRF, PM apreende em Jequié veículo que transportava 50kg de maconha

/ Jequié

Após a informação da Polícia Rodoviária Federal de que um veículo Prisma, cor prata, com placa PKZ-5982, licenciado de Salvador, adentrou a cidade de Jequié nesta segunda-feira (6), com o condutor apresentando atitude suspeita, a viatura da Polícia Militar, Gav. 1904 CETO ao avistar o referido veículo nas imediações do Loteamento Água Branca, Rua G, no bairro Jequiezinho, realizou a abordagem, sendo encontrado no interior do automóvel aproximadamente 50kg de substância análoga a maconha, mais a quantia em dinheiro de R$ 510 reais.

Foi dada voz de prisão ao indivíduo M.S.S. e feita a condução à Delegacia Territorial de Jequié sob ocorrência de n° 2061. A nota acima publicada é de responsabilidade do 19º BPM.

Jequié chega a 1.235 casos do coronavírus; 715 pacientes estão recuperados, diz boletim

/ Jequié

Coronavírus mudou a rotina do jequieense. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, apresentou o boletim epidemiológico do coronavírus, atualizado às 19h, que registrou mais 63 pessoas confirmadas com a doença, perfazendo um total de 1.235 casos positivos.

Destes, 491 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 715 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 2506 pessoas.

O boletim local conta, agora, com os dados encaminhados pelo Hospital Geral Prado Valadares (HGPV) relativos a ocupação de adultos nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até às 12h a taxa de ocupação era de 89,5%.

Novo decreto da Prefeitura de Jaguaquara determina o fechamento total do comércio a partir desta terça

/ Jaguaquara

Comércio estará fechado por 08 dias. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, publicou, na tarde desta segunda-feira (6) o Decreto Municipal nº 092, que determina o fechamento total de estabelecimentos não essenciais do município e impõe medidas mais duras para as lojas de serviços que são considerados essenciais.

O Decreto assinado pelo prefeito Giuliano Martinelli (PP) ”entrará em vigor a partir de 07 de julho de 2020, perfazendo seus efeitos até as 24 horas do dia 13 de julho de 2020, podendo ser renovado, modificado a qualquer tempo por ato próprio, ficando revogadas as disposições em contrário”, diz a publicação.

Ficam suspensos, até  o  dia  30  de  julho,  o  funcionamento de  bares,  academias  e  dos  estabelecimentos esportivos e religiosos, incluindo as atividades neles consignadas. Vale ressaltar que, academias e templos religiosos teriam sido autorizados ao funcionamento no Decreto anterior, com restrições, e agora voltam à estaca zero.

Os demais estabelecimentos comerciais, aqueles considerados não essenciais, ficam proibidos de funcionarem, inclusive em regime de delivery ou  (retirada no estabelecimento). Permanecem autorizados, de portas fechadas, exclusivamente em regime de delivery, restaurantes, lanchonetes, quiosques e trailers de alimentos. Clínicas e escritórios de advocacia continuam autorizados, mediante  agendamento  individual, com  horário  pré  estabelecido, não devendo de hipótese alguma ter pessoas nas salas de espera.

Conforme o art. 16 do Decreto permanece obrigatório o uso massivo de máscara facial nas vias públicas, em todo o território municipal, independentemente da situação. Farmácias e mercados continuam funcionando, bem como serviços essenciais de assistência à saúde, incluídos os trabalhos médicos e hospitalares. Contudo, há uma nova regra para o setor supermercadista, que a partir de agora só poderá funcionar das 08h às 16h, no sábado o expediente terá que ser encerrado às 14h e no domingo não funciona.

No último boletim atualizado pela Prefeitura, na sexta-feira (3), Jaguaquara contabilizava 338 casos do coronavírus, porém, sem registro de óbito até hoje. A publicação da gestão municipal no Diário Oficial diz que o ”Município de Jaguaquara, entre os dias de 21 de junho a 01 de julho, obteve um aumento exponencial de 266% (duzentos e sessenta e seis por cento) dos casos positivados para Covid-19 e que num período de 24 horas foram identificados 57 (cinquenta e sete) cidadãos, que testaram positivo para o vírus”.

No decreto não há alteração no funcionamento do Mercado Produtor – Ceasa, que segue normal com a comercialização e exportação de produtos hortifrutigranjeiros.

MP-BA ingressa com ação para que 15 faculdades em Salvador reduzam mensalidades em 30%

/ Bahia

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) ingressou com uma ação civil pública solicitando à Justiça que determine redução de 30% do valor das mensalidades de todos os cursos [graduação e pós-graduação] de 15 Instituições de Ensino Superior (IES) de Salvador, enquanto vigorar o isolamento social.

“O percentual de redução de 30% deverá ser aplicado independentemente da condição financeira do aluno e da exigência de qualquer documento sobre este fator, bem como deste ser beneficiário de bolsa auxílio”, afirmou a promotora do caso, Joseane Suzart.

O Ministério Público pediu ainda que as instituições suspendam de forma integral a cobrança de atividades extracurriculares realizadas somente de forma presencial, que possibilitem que os alunos tranquem o curso de graduação, caso queiram, e que isso não seja considerado inadimplemento contratual; e, na hipótese de inadimplência dos estudantes durante a pandemia do novo coronavírus, as acionadas isentarão os consumidores quanto ao pagamento de multas de mora e juros incidentes, abstendo-se de incluí-los eventualmente em cadastros restritivos de crédito.

Segundo o Bnews, a promotora afirma que as faculdades devem suspender as aulas na modalidade de Ensino a Distância (EAD), durante 15 dias, para realizar uma pesquisa acerca da realização das atividades curriculares no meio digital. Ela defende que só possam retomar o EAD, se a pesquisa apontar que mais da metade dos alunos concordam e podem participar. As universidades ainda devem manter as aulas gravadas para os alunos que não tenham possibilidade de assistir ao vivo. As informações são do Metro1

Confira a lista das IES acionadas pelo MP-BA:

  • 1- Faculdade Santo Agostinho (Facsa)
  • 2- Faculdade Batista Brasileira (FBB)
  • 3- Sistema de Educação Superior Sociedade LTDa (Pitágoras)
  • 4- Universidade Pitágoras (Unopar)
  • 5- Universidade Católica do Salvador (Ucsal)
  • 6- Centro Universitário Maurício de Nassau de Salvador – Uninassau Salvador
  • 7- Faculdade Estácio FIB
  • 8- Centro Universitário Ruy Barbosa de Salvador
  • 9- Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC)
  • 10- Universidade do Salvador (Unifacs)
  • 11- Faculdades Jorge Amado (Unijorge)
  • 12- Centro Universitario Dom Pedro II
  • 13- Faculdade Olga Mettig (Famettig)
  • 14- Centro Universitário de Salvador (Uniceusa)
  • 15- Faculdade São Salvador

Estado envia insumo hospitalar para o interior e diz que máscaras serão enviadas para o Vale do Jiquiriçá

Governo manda insumo ao interior. Foto: Ascom/Seplan

O Governo do Estado enviou, nesta sexta-feira (3), 201 mil máscaras de tecido e TNT para 28 municípios do interior da Bahia, além de três túneis de desinfecção, bolhas de contenção, álcool em gel e protetores faciais para hospitais em Amargosa, Jacobina e Paulo Afonso. A ação faz parte da força-tarefa coordenada pelas secretarias estaduais do Planejamento (Seplan) e de Desenvolvimento Econômico (SDE).

”Esta é uma ação sistemática, que vem ocorrendo desde o início da pandemia do coronavírus, para abastecer os municípios com itens necessários para fortalecer a Saúde e o enfrentamento desta grave doença”, ressaltou o secretário do Planejamento, Walter Pinheiro. Em Amargosa, o Túnel de Desinfecção desenvolvido pelo Senai Cimatec será implantado no Hospital Municipal, que também receberá três bolhas de contenção, 100 litros de álcool em gel, 50 protetores faciais de acrílico e 2 mil máscaras.

No município de Jacobina, o túnel vai funcionar no Hospital Regional Vicentina Goulart, que também recepcionará cinco bolhas de contenção, 50 litros de álcool em gel, 50 protetores faciais e 2 mil máscaras. Já o Hospital Municipal de Paulo Afonso passará a contar com o Túnel de Desinfecção, cinco bolhas de contenção e 30 protetores faciais.

Na região do Recôncavo, 70 mil máscaras serão entregues em Cabaceiras do Paraguaçu, Maragogipe, Salinas da Margarida, Santo Amaro, São Felipe, São Félix, Saubara e Varzedo. O município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), vai recepcionar 25 mil máscaras.

Já no Território de Identidades Vale do Jiquiriçá, 100 mil máscaras serão destinadas para Amargosa, Brejões, Cravolândia, Elísio Medrado, Irajuba, Itaquara, Jaguaquara, Lafaiete Coutinho, Laje, Milagres, Mutuípe, Nova Itarana, Planaltino, Santa Inês, São Miguel das Matas e Ubaíra.

As máscaras foram adquiridas junto a 603 associações, cooperativas e empresas habilitadas para a produção de mais de 11,4 milhões de unidades, em uma ação realizada em parceria entre a Seplan, SDE e Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Cipe Caatinga incinera mais de 16 mil pés de maconha em roça no norte da Bahia

/ Bahia

Cipe encontra plantação de maconha em Jaguarari. Foto: SSP

A Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Caatinga incinerou, neste domingo (5), mais de 16 mil pés de maconha em uma roça encontrada no distrito de Pilar, município de Jaguarari, no norte de Bahia. As informações são da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

A roça estava dividida em quatro cultivos, com mudas de diferentes tamanhos, em uma região de difícil acesso. Segundo a SSP, esta foi a terceira plantação da erva destruída em menos de 48 horas no estado.

De acordo com o subcomandante da Cipe Caatinga, capitão Mário Baeta, os criminosos usavam baldes para irrigar o cultivo. ”Também desmontamos um rancho utilizado como acampamento e apreendemos pás e enxadas no local”, falou.

Na operação, também foram apreendidos 15 kg de maconha seca, dois litros de sementes e mudas frescas da erva. Todo o material foi encaminhado para a Delegacia Territorial (DT) de Senhor do Bonfim, onde o caso foi registrado.

Aulas, eventos e transporte intermunicipal estão suspensos na Bahia até 12 de julho

/ Bahia

Estão suspensas em todo território baiano até o dia 12 de julho as aulas nas redes pública e privada e as atividades que envolvem aglomeração de pessoas, como eventos desportivos, religiosos, shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, aulas em academias de dança e ginástica, além da abertura e do funcionamento de zoológicos, museus, teatros, dentre outros.

A decisão foi tomada pelo governador Rui Costa na última sexta-feira (3) e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) do sábado, dia 4 de julho. Todas essas restrições estão estabelecidas no decreto n° 19.586, que tinha validade até esta segunda-feira, dia 6 de julho.

A prorrogação do decreto também inclui a suspensão do transporte intermunicipal em diversas cidades baianas. Atualmente, a medida está válida em 356 municípios, onde há registros de pacientes ativos com a Covid-19. Todas as restrições estabelecidas pelo Governo do Estado têm como objetivo conter o avanço da disseminação do novo coronavírus na Bahia.

 

Entregue pelo governador Rui Costa obra de recuperação da BA-490 em Rafael Jambeiro

/ Bahia

Rui Costa entre obra em Rafael Jambeiro. Foto: Paula Fróes

O trecho de pouco mais de 20 quilômetros da rodovia BA-490, em Rafael Jambeiro, foi entregue pelo governador Rui Costa totalmente recuperado nesta segunda-feira (6). O Governo do Estado investiu R$ 8,6 milhões na restauração e pavimentação da via.

”Mesmo neste período de pandemia, não paralisamos as obras em estradas na Bahia. Nos próximos dias, estarei em outros municípios para a entrega de outras rodovias concluídas. O Governo do Estado dedica forte investimento na infraestrutura das nossas rodovias, por entender que estradas em boas condições garantem, em primeiro lugar, a segurança das pessoas, além de favorecer o desenvolvimento, a acessibilidade e a geração de empregos”, destacou o governador.

A obra em Rafael Jambeiro beneficia os 62 mil habitantes da região e fortalece o setor econômico local, formado, basicamente, por pequenos agricultores familiares.

O secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, falou sobre os benefícios da obra para o escoamento da produção agrícola, principal atividade da região. ”São mais de 20 quilômetros de rodovia ligando Rafael Jambeiro à BR-242, que é uma ligação que corta a Bahia no sentido leste a oeste. Rafael Jambeiro é um município de pequenos produtores, uma região onde a agriculta familiar é muito forte, com terras muito férteis. A recuperação desta rodovia vai permitir um deslocamento mais seguro para as pessoas e facilitar o escoamento da produção”.

Bolsonaro veta uso de máscaras em presídios e acaba com cartazes sobre o uso da máscaras em órgãos

/ Brasília

Presidente é contrário ao uso de máscara. Foto: Isac Nóbrega

Presídios e unidades de cumprimento de medidas socioeducativas podem ser excluídos da obrigatoriedade do uso de máscaras. A mudança integra retificação da sanção à Lei 14.019 – que obriga o uso do EPI em todo o país -, na qual o presidente Jair Bolsonaro incluiu novos vetos.

Na retificação, o governo alega a existência de normas de trabalho sendo elaboradas a respeito de cada setor. “Caberá aos estados e municípios a elaboração de normas que sejam suplementares e que atendam às peculiaridades no que tange à matéria”, complementa.

A retificação ocorreu sob a alegação de que houve diferença entre o texto e o publicado no Diário Oficial da União em 3 de julho. Nele, Bolsonaro já havia vetado a exigência do uso da máscara em órgãos públicos, estabelecimentos comerciais, indústrias, templos religiosos e instituições de ensino.

As inscrições para a edição 2020 do segundo semestre do Sistema de Seleção Unificada começam amanhã

/ Educação

As inscrições para a edição 2020 do segundo semestre do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam amanhã (7). Estudantes interessados em concorrer a vagas em instituições públicas de ensino superior devem acessar o site do programa até esta sexta-feira (10). Mais de 51 mil vagas serão oferecidas em instituições do país.

Pela primeira vez, além dos cursos de graduação presenciais, o Sisu 2020.2 vai ofertar vagas na modalidade a distância (EaD). Podem participar da seleção candidatos que prestaram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2019 e não tiraram nota zero na redação. Quem fez a prova na condição de treineiro está fora do processo.

A classificação é de acordo com o desempenho obtido nas provas. Para determinados cursos, algumas instituições exigem nota mínima para ingresso. As informações estão nos editais elaborados por cada universidade na adesão ao programa.

Para concorrer ao Sisu não há critério de renda familiar. A condição é imposta apenas para candidatos a vagas reservadas para pessoas de baixa renda, quando a opção é disponibilizada pela instituição de ensino. Segundo cronograma divulgado pelo Mec, o resultado do Sisu será divulgado no dia 14 de julho. Se aprovado, o aluno precisa ficar atento às instruções para não perder o prazo de matrícula na instituição. Quem não for aprovado em nenhuma opção de curso ainda poderá se inscrever na lista de espera. A solicitação também é feita pelo site do programa entre os dias 14 e 21 de julho.

Supremo adota vaivém burocrático e retém ação contra quadrilhão do PP um ano após denúncia

/ Justiça

Mais de um ano após aceitar a denúncia do chamado ”quadrilhão do PP”, o Supremo Tribunal Federal ainda não abriu a ação penal relativa ao caso, tendo gasto esses 12 meses em um vaivém burocrático que incluiu até adiamento de sessão sob a justificativa de que um dos advogados de defesa havia marcado uma viagem internacional.

Fruto da Operação Lava Jato, a acusação do Ministério Público contra a cúpula do Progressistas, que está na linha de frente da adesão do centrão ao governo Jair Bolsonaro, foi aceita pela 2ª turma do STF em 11 de junho de 2019.

Estão na lista de alvos, entre outros, dois dos principais candidatos a comandar a Câmara dos Deputados a partir de 2021, Arthur Lira (AL) e Aguinaldo Ribeiro (PB).

Ao lado de outros integrantes da cúpula do PP, eles são acusados de formar uma organização criminosa que tinha ascendência sobre a diretoria da Petrobras e desviou verbas por meio de empresas com contrato com a estatal.

Nela, um desdobramento da investigação do quadrilhão, a PGR o acusa de receber R$ 1,6 milhão de propina da empreiteira Queiroz Galvão em troca de apoio do PP para permanência de Paulo Roberto Costa como diretor da Petrobras.

Na segunda, aceita pelo STF em 2019, o líder do PP é acusado de receber em 2012 propina do então presidente da CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos), Francisco Colombo, indicado pelo partido para o cargo. Um assessor do deputado foi preso no aeroporto de Congonhas tentando embarcar de volta a Brasília com R$ 106 mil sob as vestes.

Lira tem conduzido as negociações de adesão do centrão —o grupo de siglas grandes e médias, com cerca de 200 dos 513 deputados— ao governo de Jair Bolsonaro, em troca da ocupação de cargos na máquina pública. Em um dos encontros no Palácio do Planalto, o presidente gravou um vídeo amistoso ao lado de Lira.

A aliança Bolsonaro-centrão tem como objetivo, do lado do presidente, de buscar uma base mínima de apoio no Congresso que não só lhe dê mais amparo em votações, mas que barre a deflagração ou autorização a um pedido de impeachment.

Após o STF receber a denúncia (ele pode decidir arquivá-la), o passo seguinte é a instauração da ação penal, que ao final definirá, em tese, pela condenação ou absolvição.

Os 12 meses gastos sem que isso ocorra no caso do quadrilhão sinalizam uma lentidão que perpassa toda a investigação.

O caso foi autuado no STF em março de 2015. Foram precisos dois anos para apresentação da denúncia pelo Ministério Público, em 2017, e outros dois por sua aceitação na segunda turma do STF, por 3 votos a 2.

Após isso, o tribunal demorou dois meses e meio só pra publicar o acórdão, que é a formalização da decisão. Com isso, os líderes do PP apresentaram os chamados ”embargos de declaração” (recurso contra supostas omissões, obscuridades ou contradições da sentença) relativos à aceitação da denúncia.

Comissão de Ética usa critérios diferentes, libera Teich de quarentena profissional mas segura Mandetta

/ Saúde

Mandetta, ele está cumprindo quarentena. Foto: Reprodução

A Comissão de Ética da Presidência utilizou critérios diferentes para avaliar o que os ex-ministros da Saúde podem fazer após deixarem o cargo. No caso de Luiz Henrique Mandetta, ele está cumprindo quarentena profissional remunerada por seis meses antes de ser contratado para atividades no setor privado.

Já Nelson Teich foi liberado desse controle. ”Não existe conflito, e por isso não existe a necessidade da quarentena. Independente dessa decisão, qualquer informação considerada privilegiada obtida em razão das atividades públicas exercidas tem que ser resguardada a qualquer tempo”, diz Teich ao Painel. Ele é empresário e tem negócios na área.

Na última terça (30), a comissão liberou Mandetta para poucas atividades, como ”palestras, entrevistas e publicação de livros”.