Prefeito de Itaquara assina ordem de serviços para pavimentação de vias públicas na cidade

/ Itaquara

Prefeito Marco Aurélio, vice, vereadores e secretários. Foto: Divulgação

O prefeito de Itaquara, no Vale do Jiquiriçá, assinou, em meio a pandemia, ordem de serviços para obras de pavimentação que irá abarcar várias vias públicas do município.

Nesta sexta-feira (26), em rápida cerimônia na sede da Prefeitura, Marco Aurélio Costa (PSB), na presença de vereadores, secretários e do vice-prefeito assinou ordem para pavimentação das ruas: Baetinga de cima até o Cascalho, Baetinga de Baixo, frente ao posto de combustível, entre outras vias, conforme publicação do gestor na rede social.

Serão quase  R$ 400 mil investidos, segundo a publicação. ”Não cansamos de repetir, não vamos parar de buscar recursos e trabalhar pelo nosso município, em todos os cantos da cidade, para todos, sem deixar ninguém para trás, com especial atenção para quem mais precisa. Mesmo com crise, mesmo com pandemia, não vamos descansar”, escreveu!

Jequié: Feira livre do Jequiezinho recebe novas barracas e prefeito agradecer ao governador

/ Jequié

Feira livre do Jequiezinho terá barracas padronizadas. Foto: Secom

Com o objetivo de reestruturar as feiras livres, de modo que se tornem espaços seguros para a comercialização de produtos, nesse período da pandemia da Covid-19, e, ao mesmo tempo, possibilitar que os feirantes continuem trabalhando e gerando renda, a Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde e Secretaria de Serviços Públicos, e Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), continua a entrega de novas barracas padronizadas. Após a feira livre do Joaquim Romão, agora é a vez dos comerciantes da feira livre do bairro Jequiezinho receberem as novas unidades. Na tarde desta sexta-feira, 26, cem comerciantes receberam as unidades de barracas padronizadas, que vão permitir a comercialização de produtos, de acordo com as normas sanitárias.

A readequação das férias livres foi idealizada pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com o propósito de transformar estes espaços em áreas dotadas de boas práticas de higiene e, respeitando as orientações de saúde, mantendo o distanciamento entre as barracas. Dessa forma, será garantida a regularidade do abastecimento e o consumo de alimentos saudáveis, mesmo diante do enfrentamento à Covid-19, e, também, garante a renda das famílias que vivem no campo.

Essas novas barracas não são fixas no solo, podendo ser facilmente transportada para outro setor da feira, caso seja necessário, evitando aglomerações. As feiras livres foram autorizadas a funcionar, na cidade, observando os dispositivos dos decretos municipais e cumprindo as recomendações de higiene e o distanciamento mínimo entre pessoas e barracas.

”Agradecemos ao governador Rui Costa, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural e da Desenvolvimento e Ação Regional, e a primeira dama, Aline Peixoto, pelo atendimento da nossa solicitação, ampliando a entrega das barracas padronizadas, atendendo, assim, os feirantes aqui do bairro Jequiezinho. Essas barracas vão ajudar, muito, a nossa população.”, destacou o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira.

SAC Jequié adota um regime especial e volta a atender a população a partir de segunda-feira

/ Jequié

O SAC Jequié adota um regime especial e volta a atender a população a partir de segunda-feira (29). O posto vai atender apenas para serviços essenciais, como RG, CPF, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Seguro-Desemprego e entrega de Carteira de Trabalho (CTPS). Vale destacar que o funcionamento será somente através de agendamento. O horário de funcionamento do posto será de 7h às 15h30.

O atendimento será feito exclusivamente por hora marcada e os horários para agendamento foram liberados a partir desta sexta-feira (26) no SAC Digital. Para ter acesso ao SAC Digital, basta digitar o endereço www.sacdigital.ba.gov.br na internet ou baixar o aplicativo disponível para Android e iOS, seguindo o passo a passo para cadastro.

Para outras informações, a Secretaria da Administração (Saeb) ainda disponibiliza o site institucional do SAC (www.sac.ba.gov.br) e o call center: 0800 071 5353.

Prefeitura de Jequié registra mais 22 casos do coronavírus, diz boletim da prefeitura

/ Jequié

Jequié chegou a 630 casos do vírus. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, apresentou, na noite desta sexta-feira (26), o boletim epidemiológico do coronavírus, atualizado às 19h, que registrou mais 22 pessoas confirmadas com a doença, perfazendo um total de 830 casos positivos.

Destes, 335 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 506 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 1586 pessoas.

O boletim local conta, agora, com os dados encaminhados pelo Hospital Geral Prado Valadares (HGPV) relativos a ocupação de adultos nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até às 12h a taxa de ocupação era de 78,9%.

Família se recupera do vírus e filho que recebeu medicamento em casa foi o único a não ser infectado

/ Saúde

Com uma estratégia pioneira e exitosa, há 30 dias a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) passou a entregar medicamentos na casa de pacientes com doenças crônicas, o que evitou que 5 mil pacientes se deslocassem até as unidades estaduais e assim, reduzisse o risco de ser infectado pelo coronavírus (Covid-19) durante o trajeto.

Foi o que aconteceu com a família Prado Serrano, residente em Salvador. Lucas, filho gêmeo de 21 anos do casal, é portador de doença renal crônica há sete anos, e, para conseguir controlar a doença, faz uso diário do medicamento imunossupressor Tacrolimo. São seis comprimidos ao dia, três pela manhã e três à noite. Desde o início da pandemia, Lucas ficou impedido de pegar a medicação na farmácia do Hospital Ana Nery, onde é cadastrado, por causa da sua condição e da alta exposição ao coronavírus. No mesmo período, toda a família – pai, mãe e irmã – foi infectada.

”Assim que suspeitamos da Covid-19, Lucas foi para casa de um parente. Mas eu fiquei aflita sem saber como ia buscar o medicamento de meu filho, já que eu estava isolada. Foi aí que recebi o telefonema da Sesab, me informando que os Correios trariam em casa”, conta a nutricionista Fernanda Serrano, mãe de Lucas.

A entrega tão esperada chegou no dia 18 de junho. ”Os Correios trouxeram num dia e dois dias depois voltaram para pegar a receita e os documentos assinados, deixados na portaria. Tudo sem contato. Eu fiquei encantada com essa iniciativa, justamente num momento tão difícil em que a gente precisa se resguardar. Eu fiquei muito satisfeita e agradecida”, enfatiza Fernanda.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, ”a iniciativa pioneira contempla pacientes cadastrados no Sistema Único de Saúde (SUS) portadores de transplantes, insuficiência renal crônica, asma, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), hipertensão pulmonar e lúpus, que sejam residentes na Região Metropolitana de Salvador”, afirma o secretário.

Projeto Pioneiro – Inicialmente, o projeto engloba os pacientes cadastrados na Farmácia Integrada de Medicamentos da Atenção Especializada (FIMAE), Hospital Geral Ernesto Simões Filho e Hospital Ana Nery. Em uma segunda etapa, serão incluídos os pacientes cadastrados no Hospital das Clínicas – HUPES. Caso o paciente não receba o contato por telefone para agendamento da entrega, deverá comparecer normalmente à farmácia na qual está cadastrado e retirar seus medicamentos como de costume.

Iraci Francisca, 47, portadora há cinco anos de lúpus, faz tratamento com Azatioprina, medicamento não comercializado em farmácias da rede privada. Recebeu, na semana passada, pelos Correios, 90 comprimidos, que são suficientes para um mês.

”Esse medicamento é essencial para manter a minha saúde renal, e esse programa é maravilhoso. Só em saber que eu não ficarei exposta, só em ficar livre desses problemas da pandemia e receber no conforto de minha casa, não tem preço”, avalia emocionada, Iraci Francisca.

Interior – Os pacientes crônicos cadastrados no SUS e residentes no interior da Bahia, não estão desassistidos. O Estado possui 28 bases em cidades estratégicas, que continuarão fazendo a dispensação de medicamentos para os municípios.

Boletim epidemiológico: Bahia registra 2.131 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2131 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +3,9%), 41 óbitos (+2,6%) e 1.999 curados (+6,8%). Dos 56.422 casos confirmados desde o início da pandemia, 31.192 já são considerados curados, 23.588 encontram-se ativos e 1.642 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 369 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (49,88%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ipiaú (1.323,22), Gandu (1.311,61), Itajuípe (1.171,25), Uruçuca (1.145,28) e São José da Vitória (1.042,96).

O boletim epidemiológico contabiliza 56.422 casos confirmados, 152.795 casos descartados e 73.512 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (26). Cabe ressaltar que o município de Conceição do Jacuípe enviou um ofício a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia comunicando que errou no preenchimento dos dados no sistema de notificação e lançou casos negativos como sendo positivos. Em virtude deste comunicado, no qual o município reconhece a falha no preenchimento, 53 casos serão excluídos. Para acessar o ofício, clique aqui.

Na Bahia, 7.290 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.181 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.371 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 64%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 901 leitos exclusivos para o coronavírus, 688 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 76%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 1.642 mortes pelo novo coronavírus.

1602º óbito – menina, 4 meses, residente em Acajutiba, data de admissão não informada, sem informação de comorbidades, foi a óbito dia 23/06, em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

1603º óbito – homem, 64 anos, residente em Santa Cruz de Cabrália, portador de hipertensão arterial, diabetes e doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede pública, em Porto Seguro;

1604º óbito – homem, 67 anos, residente em Feira de Santana, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 15/06 e foi a óbito dia 22/06, em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

1605º óbito – homem, 80 anos, residente em Itaberaba, portador de doença respiratória crônica, foi internado dia 13/06 e foi a óbito dia 17/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1606º óbito – homem, 76 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 03/06 e foi a óbito dia 20/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1607º óbito – mulher, 66 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes e doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 27/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

1608º óbito – mulher, 58 anos, residente em Mucuri, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 02/06 e foi a óbito dia 17/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

1609º óbito – mulher, 76 anos, residente em Camaçari, portadora de neoplasias, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1610º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, portador de neoplasias, data de admissão não informada, foi a óbito dia 22/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1611º óbito – mulher, 67 anos, residente em Itajuípe, sem comorbidades, foi internada dia 09/06 e foi a óbito na mesma data (09/06), em unidade da rede pública, em Itabuna;

1612º óbito – mulher, 87 anos, residente em Jequié, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 23/06, em unidade da rede pública, em Jequié;

1613º óbito – homem, 73 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 09/06 e foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1614º óbito – homem, 66 anos, residente em Feira de Santana, sem informação de comorbidades, foi a óbito dia 25/05, em domicílio;

1615º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 25/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1616º óbito – mulher, 78 anos, residente em Nova Ibiá, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 25/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

1617º óbito – homem, 67 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 15/05 e foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1618º óbito – homem, 72 anos, residente em Camacã, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 30/05 e foi a óbito dia 13/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

1619º óbito – mulher, 63 anos, residente em Gandu, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 16/06, em unidade da rede pública, em Gandu;

1620º óbito – homem, 91 anos, residente em Itaberaba, sem informação de comorbidade, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede pública, em Itaberaba;

1621º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, portador de doença renal crônica, foi internado dia 14/06 e foi a óbito dia 20/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1622º óbito – homem, 84 anos, residente em Feira de Santana, portador de hipertensão, foi internado dia 15/06 e foi a óbito dia 17/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1623º óbito – homem, 65 anos, residente em Salvador, portador de neoplasias, foi internado dia 15/06 e foi a óbito dia 19/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1624º óbito – mulher, 78 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes e doença renal crônica, foi internada dia 09/06 e foi a óbito dia 10/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1625º óbito – mulher, 61 anos, residente em Lauro de Freitas, portadora de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internada dia 22/05, foi a óbito dia 27/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

1626º óbito – homem, 91 anos, residente em Valença, sem informações sobre a existência de comorbidades. Também, sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 24/06, em hospital filantrópico, em Valença;

1627º óbito – homem, 78 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, doença cardiovascular e doença respiratória crônicas. Internado dia 19/05, foi a óbito dia 06/06, em hospital da rede particular, em Lauro de Freitas;

1628º óbito – homem, 90 anos, residente em Vitória da Conquista, sem informações sobre a existência de comorbidades. Também, não foi informada a data de internação. Foi a óbito dia 21/06, em hospital filantrópico, em Vitória da Conquista;

1629º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus. Internada dia 25/05, foi a óbito dia 20/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

1630º óbito – homem, 52 anos, residente em Salvador, portador de doença do sistema nervoso. Internado dia 26/05, foi a óbito dia 28/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

1631º óbito – mulher, 76 anos, residente em Itabuna, sem informações sobre a existência de comorbidades. Também sem informação quanto à data de internação, foi a óbito dia 16/06, em hospital filantrópico, em Itabuna;

1632º óbito – homem, 68 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internado dia 21/05, foi a óbito dia 16/06, em hospital particular, em Lauro de Freitas;

1633º óbito – homem, 51 anos, residente em Serrinha, portador de doença renal crônica. Internado dia 16/06, foi a óbito dia 17/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1634º óbito – homem, 93 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Internado dia 07/06, foi a óbito dia 17/06, em hospital da rede particular, em Lauro de Freitas;

1635º óbito – mulher, 95 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 08/06, foi a óbito dia 17/06, em hospital da rede particular, em Lauro de Freitas;

1636º óbito – mulher, 91 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular. Internada dia 04/06, foi a óbito dia 23/06, em hospital da rede particular, em Lauro de Freitas;

1637º óbito – mulher, 82 anos, residente em Camaçari, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internada dia 14/06, foi a óbito dia 15/06, em unidade da rede pública, em Camaçari;

1638º óbito – mulher, 70 anos, residente em Catu, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus e neoplasias. Internada dia 06/06, veio a óbito dia 19/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1639º óbito – mulher, 101 anos, residente em Camaçari, portadora de hipertensão arterial. Internada di9a 12/06, foi a óbito dia 15/06, em unidade da rede pública, em Camaçari;

1640º óbito – mulher, 70 anos, residente em Camaçari, portadora de diabetes mellitus. Internada dia 08/06, foi a óbito dia 16/06, em unidade pública, em Camaçari;

1641º óbito – mulher, 83 anos, residente em Pojuca, portadora de diabetes mellitus. Internada dia 25/05, foi a óbito dia 23/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

1642º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença cardiovascular e obesidade. Internada dia 17/06, foi ia óbito dia 24/06, em hospital da rede particular, em Salvador.

Prefeito de Itabuna diz que vai abrir comércio no município, mesmo que o prendam

/ Política

Fernando Gomes quer reabrir o comércio de Itabuna. Foto: Reprodução

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (PTC), disse que o comércio no município vai abrir na próxima quarta-feira (1), mesmo que mandem o prender.

”O povo não aguenta mais não, precisa trabalhar. O juiz impedindo isso, nem que me prenda, mas o comércio abre na quarta”, afirmou, em entrevista ao blog iPolítica, durante visita a obras no bairro de Santo Antônio.

De acordo com o boletim epidemiológico de quinta-feira (25), Itabuna já registrou 2.131 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus. Já morreram no município 64 pessoas vítimas da covid-19.

Prefeitura de Conquista entra com representação contra o Governo do Estado no MPF

/ Política

Herzem Gusmão e a intriga com o Estado. Foto: Reprodução

A Prefeitura de Vitória da Conquista protocolou, no início da tarde desta sexta-feira (26), uma representação solicitando que o Ministério Público Federal investigue a prestação dos serviços contratados pelo Governo da Bahia, através da Secretaria de Saúde do Estado, junto ao HCC – Hospital de Clínicas de Conquista. Técnicos municipais acreditam ter encontrado sinais de irregularidade no contrato entre o Estado e a unidade de Saúde.

A ação, assinada pelo prefeito Herzem Gusmão e representantes do Conselho Gestor de Crise, apresenta como evidência pagamento feito sem a devida prestação do serviço, o que se caracteriza como crime de peculato (artigo 312, CP).

De acordo com o site da Prefeitura de Vitória da Conquista, a representação demonstra diárias de leitos do HCC, tanto clínicos como de UTI, em quantidade acima da capacidade oferecida. O contrato firmado é de 20 leitos de UTI e 20 clínicos, o que daria, mensalmente, 600 diárias por cada tipo de leito, ou 1.200 diárias no total. Mas de acordo com o contrato, o Governo do Estado tem pago 690 diárias por leito de UTI e 690 diárias por leitos clínicos, representando, mensalmente, e pagando por isso, 1.380 diárias, 180 a mais do que o número de leitos disponibilizados à população.

Como o contrato tem duração de seis meses, o total de leitos pagos durante o período será de 1.080. Caso comprovado, o Estado estaria pagando milhares de reais a mais por diárias não oferecidas, já que ultrapassam mensalmente o número de leitos contratados, informa o site da Prefeitura de Vitória da Conquista.

Fabrício Queiroz negocia delação premiada com o Ministério Público, diz canal de TV

/ Justiça

O Ministério Público do Rio de Janeiro e a defesa de Fabrício Queiroz, ex-assessor parlamentar do então deputado estadual Flávio Bolsonaro, atualmente senador, estão negociando um acordo de delação premiada.

De acordo com fontes envolvidas na investigação, a maior preocupação de Queiroz é com a família dele. Ele quer garantias de proteções no processo para a mulher, Márcia Aguiar de Oliveira, que está foragida, e para as filhas, Nathalia Mello e Evelyn Mello, todas investigadas no ”esquema da rachadinha”, prática em que os funcionários dos gabinetes devolvem parte de seus pagamentos a políticos e assessores. Queiroz também pede para que cumpra prisão domiciliar.

A negociação está arrastada porque os promotores querem garantias que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro tenha informações novas para apresentar e não apenas relatar fatos que a investigação já conseguiu remontar. Queiroz está bastante preocupado que as filhas venham a ser presas e que Márcia seja localizada. Ela está foragida desde o dia 18 de junho e os agentes já fizeram buscas em 12 endereços diferentes para tentar encontrá-la.

Márcia, Nathalia e Evelyn, assim como o pai, trabalharam no gabinete de Flávio na Alerj. Evelyn assumiu a vaga da irmã depois que Nathalia foi exonerada do gabinete.

De acordo com o MP, a maior parte do dinheiro recebido pelas três foi depositado na mesma conta corrente que Queiroz usava para gerenciar as rachadinhas. Nathalia foi funcionária de Flávio Bolsonaro entre 2007 e 2016. Menos de uma semana depois de ser exonerada, em dezembro de 2016, foi nomeada para o cargo de secretária parlamentar de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados, em Brasília. Para os promotores, a eventual prisão da mulher e o envolvimento das filhas no processo são fundamentais para pressionar Queiroz a colaborar. Vale lembrar que importantes delações foram negociadas ao longo da Operação Lava Jato após as prisões de familiares dos operadores do esquema.

Enquanto a negociação se arrasta, os advogados de Queiroz e Márcia aguardam os julgamentos dos habeas corpus dos dois. O pedido do HC de Queiroz já foi rejeitado no Plantão Judiciário no último sábado, mas sem análise do mérito, o que deve acontecer nos próximos dias. Na sequência, será a apreciação do pedido de soltura de Márcia.

Ontem, a terceira Câmara Cível do TJ-RJ decidiu que a primeira instância não tem competência para analisar casos relativos a Flávio Bolsonaro porque, na ocasião da denúncia, em 2018, ele era deputado estadual. Em outra votação da mesma sessão, a câmara, formada por três desembargadores, não suspendeu a validade dos atos do juiz Flávio Itabaiana. Com isso, os pedidos de prisão provisória de Queiroz e Márcia seguem válidos, assim como as provas coletadas durante a investigação.

As informações são do canal de televisão CNN.

Prefeitura de Ipiaú colabora com o Estado na realização de testes de covid-19 em estudantes

Estudantes passam por testagem do coronavírus. Foto: Dircom

Teve início nesta quinta-feira (25) a aplicação de testes rápidos para rede estadual de ensino em Ipiaú, uma ação conjunta das Secretarias de Saúde e Educação da Bahia com a colaboração da Secretaria de Saúde de Ipiaú que realizou o treinamento, disponibilizou sua equipe de saúde para atendimento nas unidades escolares e também realizou a testagem em todos da frente de trabalho.

Os diretores das escolas organizaram o cronograma de testagem por turma e fizeram a mobilização e divulgação para comunidade escolar junto com professores e funcionários, que igualmente serão testados. As escolas passaram antes por desinfecção que será repetida durante o período que se estende até o dia 30 de junho. Além disso, todo o ambiente foi preparado com segurança cumprindo todos os protocolos de saúde, com disposição de álcool 70% desde a entrada, dispenser do produto nas portas das salas, tapete com hipoclorito para limpeza dos calçados e todas as pessoas que trabalham no atendimento estão utilizando o equipamento de proteção individual.

A Secretária de Saúde, Laryssa Dias, esteve pela manhã no Colégio Estadual de Ipiaú, no CAPI – Centro de Apoio Pedagógico e no Complexo Integrado de Educação para acompanhar de perto o trabalho que, ela destaca ser uma oportunidade importante para sociedade, que Ipiaú foi beneficiado com a ação, já que acredita na testagem como estratégia assertiva para combater a pandemia. E faz um pedido, para que os pais encaminhem os seus filhos e que os alunos compareçam para fazer o teste, que caso seja positivo ele será acompanhado e monitorado pela Secretaria de Saúde da cidade junto com toda sua família.

As providências tomadas definiram o funcionamento da ação de forma clara onde o aluno que chega a unidade vai para uma primeiro espaço para preencher a sua ficha, a segunda sala é a de espera, na terceira sala é aplicado o teste, e caso o resultado seja positivo ele é levado para uma sala chamada de Acolhimento. Nesta sala o aluno recebe informativo fornecido pela Secretaria de Saúde de Ipiaú com as medidas para o isolamento domiciliar além de todos os cuidados domésticos, informa os dados das pessoas com quem ele convive, já que em nossa cidade as pessoas que tem contato direto com positivado para covid também são testadas, e assina um termo de responsabilidade. Larissa ainda informou que pela manhã foram realizados 242 testes rápidos sendo que nenhuma pessoa testou positivo para covid até o momento. (Jennifer Bomfim/Prefeitura de Ipiaú/ DIRCOM)

Auxílio emergencial do Governo Federal deve ter mais três parcelas, de R$ 500, R$ 400 e R$ 300

/ Economia

O auxílio emergencial de R$ 600 será prorrogado por mais três meses. O presidente Jair Bolsonaro fez o anúncio na quinta-feira (25) ao revelar que benefício, terá redução gradual e, deve ter parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300. Depois, o pagamento da assistência a trabalhadores informais seria encerrado.

O auxílio foi aprovado pelo Congresso com duração de três meses. O objetivo era trazer alívio financeiro às parcelas mais vulneráveis da população. Com a proximidade do fim dos repasses para os primeiros beneficiados pelo programa, cresceu a pressão para que seja feita a prorrogação.

A medida tem sido discutida internamente no governo, mas Guedes vinha trabalhando por valores inferiores aos divulgados por Bolsonaro. O motivo da resistência é o elevado custo da medida. A prorrogação no formato apresentado pelo presidente pode gerar um impacto negativo de até R$ 100 bilhões aos cofres federais. Até o momento, o governo já liberou R$ 152 bilhões para o pagamento das três primeiras parcelas.

Empresária de Jequié é destaque nacional por atitudes inovadoras no ramo de software

/ Jequié

O ”Empresários de Sucesso”, projeto inovador no jornalismo brasileiro, criado para mostrar empresas que, através de ideias e atitudes inovadoras, destacam-se no mercado em que atuam, mostrou em sua edição desta quinta-feira (25), a SWS como referência regional no mercado de desenvolvimento de sistemas e automação. A matéria levada ao ar no BAND NEWS, um dos principais canais de TV fechada do País, acontece no ano em que a SWS apresenta ao mercado a marca SGA Sistemas.

Para a diretora executiva da SGA Sistemas, Josemary Andrade, receber esse reconhecimento como uma Empresária de Sucesso é gratificante, mas aumenta ainda mais a sua responsabilidade junto aos seus clientes e parceiros em continuar apresentando sempre soluções completas e inovadoras para seus negócios.

Destaca que esse sucesso é fruto do trabalho de toda a sua equipe, formada por pessoas preparadas, competentes e profissionais, a quem tem estima e gratidão. Veja clicando na imagem abaixo:

Deputado federal Leur Lomanto Junior comenta sobre aprovação do novo marco do saneamento

/ Política

Deputado federal Leur Lomanto Jr. Foto: Site Jequié e Região

A aprovação do novo saneamento básico é muito importante, pois finalmente o setor poderá receber os investimentos necessários para universalizar os serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto até 2033.

O comentário é do deputado federal Leur Lomanto Jr. (DEM) ao falar sobre a decisão do Senado da República de abrir o setor para a livre concorrência.

O parlamentar diz que 35 milhões de pessoas não têm acesso à água tratada no País e que mais de 100 milhões não têm serviços de coleta e tratamento de esgoto. ”Dessa forma, o novo marco regulatório poderá corrigir um atraso histórico”, conclui. Veja como ficou com a decisão do Senado clicando aqui

Jaguaquara: Vereadores ligados ao prefeito derrubam projeto que previa suspensão das férias de julho

/ Jaguaquara

Projeto foi apresentado por Raimundo. Foto: Blog Marcos Frahm

Em Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, vereadores ligados ao prefeito Giuliano Martinelli (PP) derrubaram a proposta apresentada pelo presidente da Câmara Municipal, Raimundo Louzado (PSD), de cancelar o recesso parlamentar de julho deste ano. O Projeto de Resolução foi apreciado e votado na sessão desta quinta-feira (25). Foram 06 votos pela manutenção das férias de meio de ano contra 4 votos dos que preferem manter o Legislativo em pleno funcionamento, incluindo a realização das sessões.

Para presidente Raimundo Louzado faltou bom senso. Ele diz não ver motivos para justificar as férias de julho e lamentar o Poder Legislativo não seguir trabalhando sem interrupção, sobretudo para manter os debates em tornos de medidas fundamentais para o enfrentamento ao Covid-19 no Município. ”Estamos vivendo uma pandemia sem precedentes, agora mais do que nunca é que a Câmara precisa trabalhar para que a população possa ser ouvida” disse Raimundo.