Prefeitura de Jequié emite nota de pesar pela morte de motorista do Conselho Tutelar, vítima do coronavírus

/ Jequié

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, manifestou em nota pública, o falecimento de Antônio Sales de Souza Neto, vitimado pela Covid-19.

Ele atuava na Secretaria, tendo prestado um importante trabalho junto ao Conselho Tutelar, exercendo a função de motorista. Antônio Sales faleceu na madrugada desta terça-feira (23), no Hospital geral Prado Valadares – HGPV, onde estava internado e apresentava, nos últimos dias, aparente evolução positiva do quadro clínico, mas, a sofreu uma baixa e foi a óbito.

Ele era morador do bairro São Judas Tadeu e deixa esposa e filho. ”com o falecimento, o Executivo Municipal presta, de forma respeitosa, as condolências aos familiares e amigos de Antônio Sales de Souza Neto, assim como aos familiares de todos os profissionais e dos prestadores dos serviços essenciais, vitimados por esta doença”, diz um trecho da nota emitida pela Prefeitura.

Além de Antônio, outras quatro pessoas faleceram em Jequié nas últimas 24 horas vítimas do novo coronavírus, que desde o início da pandemia vitimou fatalmente 29 pacientes no município.

Jequié: Carga com 17 mil itens sem nota é apreendida em caminhão-baú na BR-116

/ Jequié

Caminhão-baú foi interceptado pela PRF. Foto: Divulgação

Uma carga com 17 mil itens falsificados e sem nota fiscal foi apreendida na noite de segunda-feira (22), em um trecho da BR-116,  em Jequié. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA), o material estava em um caminhão baú que foi parado na altura do km 677. A equipe pediu os documentos ao motorista, tanto do veículo como do mesmo.

Ao ser perguntado sobre o material transportado, o motorista, de 55 anos, disse que era carga de calçados. Ao desconfiar das respostas, os PRFs resolveram aprofundar a fiscalização quando se depararam com quase 400 caixas com mercadorias diversas. Havia sandálias, tênis, bolsas e vestuários. Todo o material estava estampado com marcas famosas, porém, com sinais claros de falsificação.

Aos policiais, o motorista declarou que não tinha documento fiscal comprobatório da compra. Informou ainda que levaria a carga para Natal (RN) e outras cidades do Nordeste. Ao final da ação, que faz parte da Operação II, o condutor e a carga foram encaminhados à Secretaria da Fazenda Estadual (Sefaz/BA), que constatou a irregularidade.

Jaguaquara confirma mais 07 casos de coronavírus, chegando a 137; 49 estão curados

/ Jaguaquara

Mais 07 pessoas contraíram o vírus na cidade. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Municipal de Jaguaquara, através da Secretaria Municipal de Saúde, informou, na noite desta terça-feira (23), a ocorrência de mais 07 casos confirmados do novo coronavírus no município, perfazendo um total de 137 casos.

Destes, segundo a Prefeitura, 49 são recuperados. Mais 06 pessoas aguardam resultado de exames após material coletado pela equipe da Saúde.

O boletim epidemiológico informa o número de casos distribuídos por bairros até aqui: Palmeira (22); Cruzeiro (13); Popular (11); Muritiba (09); Casca (06); São Jorge (04); São João batista (05); Arco-íris (04); Centro (01); Malvina I (01.

Mais 40 pessoas testam positivo para Covid em Jequié, que registrou 05 óbitos em 24h

/ Jequié

Curva do vírus segue ascendente em Jequié. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, apresentou, na noite desta terça-feira (23), o boletim epidemiológico do coronavírus, atualizado às 19h, que registrou mais 5 óbitos, sendo uma mulher, de 85 anos, moradora do bairro Joaquim Romão, portadora de hipertensão arterial sistêmica, e que estava internada no Hospital Geral Prado Valadares (HGPV); um homem, de 78 anos, morador do bairro Tropical, portador de hipertensão arterial sistêmica; um homem, 36 anos, morador do São Judas Tadeu, portador de diabetes, estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral Prado Valadares; um homem, 58 anos, morador do São Judas Tadeu, portador de diabetes, internado na UTI do HGPV; e uma senhora, de 83 anos, moradora do Jequiezinho, portadora de diabetes e hipertensão arterial sistêmica, que estava internada na UTI do HGPV.

O boletim trouxe também, o registro de mais 40 pessoas confirmadas com a doença, perfazendo um total de 765 casos positivos. Destes, 315 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 445 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 1507 pessoas.

O boletim local conta, agora, com os dados encaminhados pelo Hospital Geral Prado Valadares (HGPV) relativos a ocupação de adultos nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até às 12h a taxa de ocupação era de 52,6%.

Bahia registra 1.998 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, diz boletim divulgado pela Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.998 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +4,2%), 50 óbitos (+3,5%) e 1.950 curados (+8,4%). Dos 49.084 casos confirmados desde o início da pandemia, 25.255 já são considerados curados, 22.338 encontram-se ativos e 1.491 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 362 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (50,57%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram (1.262,18), Itajuípe (1.088,28), Uruçuca (1.081,92), Gandu (1.058,54) e São José da Vitória (1.007,60).

O boletim epidemiológico contabiliza 49.084 casos confirmados, 101.758 casos descartados e 105.784 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (23).

Na Bahia, 6.554 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.185 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.351 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 62% No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 898 leitos exclusivos para o coronavírus, 670 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 75%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 1.491 mortes pelo novo coronavírus.

1442º óbito – homem, 57 anos, residente em Barreiras, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 07/06 e veio a óbito dia 20/06, em unidade da rede pública, em Barreiras;

14343º óbito – mulher, 40 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e obesidade, foi internada dia 26/05 e veio a óbito dia 13/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1444º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 06/06 e veio a óbito dia 20/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1445º óbito – homem, 62 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 29/05 e veio a óbito dia 30/05, em unidade da rede pública, em Lauro de Freitas;

1446º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, foi internado dia 12/06 e veio a óbito dia 20/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1447º óbito – homem, 67 anos, residente em Teixeira de Freitas, sem informação de comorbidades, foi internado dia 13/06 e veio a óbito dia 15/06, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas;

1448º óbito – homem, 54 anos, residente em Poções, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 04/06 e veio a óbito dia 21/06, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

1449º óbito – homem, 72 anos, sem informação de comorbidades, veio a óbito dia 01/06, em domicílio;

1450º óbito – mulher, 39 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e obesidade, foi internada dia 11/06 e veio a óbito dia 13/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1451º óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 05/06 e veio a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1452º óbito – homem, 78 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, foi internado dia 22/05 e veio a óbito dia 07/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1453º óbito – homem, 78 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença hepática, data de admissão não informada, veio a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1454º óbito – homem, 79 anos, residente em Itaberaba, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internado dia 10/06 e veio a óbito dia 21/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1455º óbito – homem, 87 anos, residente em Salvador, portador de doença respiratória crônica, foi internado dia 28/05 e veio a óbito dia 06/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1456º óbito – mulher, 63 anos, residente em Barreiras, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 11/06 e veio a óbito dia 13/06, em unidade da rede pública, em Barreiras;

1457º óbito – homem, 54 anos, residente em Ipiaú, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 23/05 e veio a óbito dia 20/06, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

1458º óbito – homem, 21 anos, residente em Simões Filho, sem comorbidades, foi internado dia 11/06 e veio a óbito na mesma data (11/06), em unidade da rede pública, em Salvador;

1459º óbito – mulher, 93 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular e obesidade, foi internada dia 03/06 e veio a óbito dia 12/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1460º óbito – homem, 15 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internado dia 20/06 e veio a óbito dia 21/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1461º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular e neoplasias, foi internada dia 17/06 e veio a óbito dia 21/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1462º óbito – mulher, 84 anos, residente em Ilhéus, sem informação de comorbidades, foi internada dia 10/06 e veio a óbito dia 18/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

1463º óbito – homem, 29 anos, residente em Salvador, portador de neoplasias e doença do sistema nervoso, foi internado dia 21/05 e veio a óbito dia 10/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1464º óbito – homem, 69 anos, residente em Itabuna, portador de doença cardiovascular, data de admissão não informada, veio a óbito dia 19/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1465º óbito – homem, 58 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 27/05 e veio a óbito dia 10/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1466º óbito – homem, 86 anos, residente em Itanagra, portador de neoplasias, foi internado dia 03/06 e veio a óbito na mesma data (03/06), em unidade da rede pública, em Alagoinhas;

1467º óbito – mulher, 53 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes, doença cardiovascular e doença renal crônica, foi internada dia 24/04 e veio a óbito dia 19/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1468º óbito – homem, 72 anos, residente em Salvador, portador de neoplasias, foi internado dia 21/05 e veio a óbito dia 23/05, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

1469º óbito – homem, 75 anos, residente em Alagoinhas, portador de doença respiratória crônica, data de admissão não informada, veio a óbito dia 16/06, em unidade da rede pública, em Alagoinhas;

1470º óbito – mulher, 73 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 12/06 e veio a óbito dia 16/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1471º óbito – homem, 73 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 12/06 e veio a óbito dia 14/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1472º óbito – mulher, 62 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e obesidade, foi internada dia 03/06 e veio a óbito dia 16/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1473º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, portador de doença respiratória crônica, foi internado dia 07/06 e veio a óbito dia 13/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1474º óbito – homem, 63 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Internado dia 07/06, veio a óbito dia 13/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1475º óbito – homem, 63 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular. Internado dia 09/06, veio a óbito dia 14/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1476º óbito – homem, 68 anos, residente em Salvador, sem informações acerca de comorbidades. Internado dia 10/06, veio a óbito dia 13/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1477º óbito – homem, 67 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 28/05, veio a óbito dia 15/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1478º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 12/06, veio a óbito dia 20/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1479º óbito – homem, 85 anos, residente Salvador, portador de hipertensão arterial. Internado dia 18/06, veio a óbito no mesmo dia (18/06), em hospital da rede pública, em Salvador;

1480º óbito – mulher, 60 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e obesidade. Internada dia 31/05, veio a óbito dia 15/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1481º óbito – homem, 78 anos, residente em Salvador, sem informação acerca de comorbidades. Internado dia 10/06, veio a óbito dia 17/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1482º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internado dia 21/05, veio a óbito dia 14/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1483º óbito – homem, 38 anos, residente em Salvador, sem informação acerca de comorbidades. Internado dia 06/06, veio a óbito dia 16/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1484º óbito – homem, 76 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 30/05, veio a óbito dia 19/06, em hospital filantrópico, em Salvador;

1485º óbito – homem, 70 anos, residente em Valença, sem informação acerca de comorbidades. Também sem informação sobre o dia de internação, veio a óbito dia 17/06, em hospital da rede filantrópica, em Valença;

1486º óbito – mulher, 72 anos, residente em Valença, sem informação acerca de comorbidades. Também sem informações sobre a data da internação, veio a óbito dia 11/06, em hospital filantrópico, em Valença;

1487º óbito – homem, 78 anos, residente em Valença, portador de hipertensão arterial. Sem informações acerca da data de internação, veio a óbito dia 06/06, em hospital filantrópico, em Valença;

1488º óbito – mulher, 46 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença respiratória crônica. Internada dia 14/05, veio a óbito dia 31/05, em hospital público federal, em Salvador;

1489º óbito – homem, 47 anos, residente em Valença, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Sem informações acerca da data de internação, veio a óbito dia 17/06, em hospital filantrópico, em Valença;

1490º óbito – homem, 25 anos, residente em Salvador, portador de neoplasias e imunodeficiência. Internado dia 25/05, veio a óbito dia 28/05, em hospital público, em Salvador;

1491º óbito – homem, 81 anos, residente Valença, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Sem informações acerca da data de internação, veio a óbito dia 17/06, em hospital filantrópico, em Valença.

Rui pede empenho para achatar a curva do vírus em Santo Antônio de Jesus, com 79%

/ Bahia

Rui comenta taxa do vírus em quatro cidades. Foto: Mateus Pereira

Os municípios de Conceição do Jacuípe, São Francisco do Conde, Juazeiro e Santo Antônio de Jesus registraram aumento no número de casos da Covid-19 e entraram no ”radar vermelho” do governo do estado. Em live realizada nesta terça-feira (23), o governador Rui Costa (PT) informou que estas cidades tiveram grande crescimento da taxa de contaminados nos últimos cinco dias.

”Quero chamar atenção para algumas cidades que estão com crescimento acima da média. Conceição do Jacuípe, com crescimento, nos últimos cinco dias, de 95%, o que dá crescimento médio de 19% por dia; São Francisco do Conde, com 50% em cinco dias e 10% por dia. Chama a atenção também Juazeiro. Nos próximos dias, vamos entregar uma obra urbana, quase R$ 7 milhões, em parceria com a prefeitura. Hoje pela manhã falei com o prefeito, com 58% de crescimento em cinco dias, média de 12%. Santo Antônio de Jesus está com 79% em cinco dias, 16% de crescimento por dia”, relatou Rui Costa.

”Esses quatro municípios chamam a atenção. Se for olhar os outros municípios, eles estão abaixo de 10%. Esses casos isolados têm que chamar a atenção, porque eles puxam a média para cima. Tem que atuar nesses focos. Hoje são quatro focos, merecem luz vermelha e atenção máxima para a gente atuar neles e reduzir os números”, completou o governador.

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) nesta terça-feira, em todo o estado, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.998 novos casos de Covid-19, com taxa de crescimento de 4,2%, 50 óbitos e 1.950 curados. Ao todo, a Bahia contabiliza 49.084 contaminados, com 25.255 pessoas curadas e 1.491 óbitos. Rui Costa destacou que o estado teve, nos últimos dias, mais pessoas curadas que casos ativos.

”Pode ver a que a linha de curados ultrapassou a linha amarela de casos ativos. Se continuar assim por uns 10, 14 dias, a gente vai ver a curva de casos ativos cair e vamos, de fato, ver superada essa crise. Então, estamos com mais casos curados que casos ativos. Se isso continuar assim, nós, com certeza, vamos poder usar a expressão comemorar”, continuou o governador.

Rui Costa também comentou a situação de estudantes, servidores e professores da rede pública dos municípios de Itajuípe, Ipiaú e Uruçuca que vão realizar testes rápidos nos próximos dias. Nesta terça, foi divulgado o calendário de testagem destas cidades (veja abaixo).

”Não definimos [a retomada das aulas]. Estamos começando, nesta semana, a pesquisa de teste em todos os alunos da rede em três municípios da Bahia – Uruçuca, Ipiaú e Itajuípe. São municípios com maior percentual de contágio junto com outros. Escolhemos para ver como está o contágio. A turma vai começar a ser convidada a partir de amanhã (quarta-feira). Você que é aluno da rede estadual, professor, funcionário, para comparecer e fazer um teste rápido. A gente quer diagnóstico dessas escolas. Se descobrirmos um padrão, vamos montar a estratégia de retorno. Estamos tomando providências para, a depender do comportamento do gráfico, fixar o dia de retomada das aulas. Estamos trabalhando na infraestrutura das escolas, reformando e reforçando a estrutura de higienização: pias, banheiros… A infraestrutura está sendo providenciada, independentemente da data. Estou fazendo reuniões periódicas com equipes da Secretaria de Educação”, disse o governador.

As informações são do site G1/Bahia.

Presidente do Republicanos na Bahia, Márcio Marinho anuncia que foi infectado pelo novo coronavírus

/ Política

Márcio Marinho diz que não sente sintomas. Foto: Divulgação

O deputado federal e presidente estadual do Republicanos Bahia, Márcio Marinho, anunciou, nesta terça-feira (23), que foi infectado pelo novo coronavírus, mas não apresenta sintomas da doença.

Ele afirmou que está cumprindo medidas de isolamento e que continua a participar normalmente das atividades em sessões remotas na Câmara Federal.

Diagnóstico clínico passa a compor dados sobre coronavírus, diz o ministro da Saúde

/ Saúde

ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello. Foto: Reprodução

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, disse hoje (23) que o diagnóstico clínico também passará a compor a base de dados de casos de covid-19. De acordo com ele, com isso, os gestores poderão compreender melhor a evolução da doença, sem depender apenas da confirmação dos testes laboratoriais.

”Vamos gradativamente chegando com transparência e objetividade aos números de contaminados e positivados, tanto por diagnóstico clínico quanto por diagnóstico por teste”, disse durante participação em audiência pública da comissão mista do Congresso Nacional que acompanha as ações relacionadas ao combate ao novo coronavírus.

De acordo com Pazuello, uma nova orientação para testagem em massa e diagnóstico já foi pactuada com estados e municípios e será apresentada amanhã em coletiva de imprensa. ”Ela prevê que o diagnóstico clínico é soberano, os nossos médicos têm capacidade e direito de diagnosticar o paciente para dar o protocolo de tratamento”, disse, explicando que o novo documento vai responder dúvidas sobre critérios de distribuição e público-alvo para testagem de acordo com o tipo de teste.

O ministro interino disse que a transparência de dados ”será infinita” e apresentou aos parlamentares o painel interativo de casos de covid-19, o SUS Analítico, que, segundo ele, passará a se chamar Localiza SUS. A ferramenta permite a aplicação de filtros por estados, municípios, região metropolitana e interior e, segundo Pazuello, permite que os gestores observem e comparem as curvas de contaminação e definam as ações de acordo com cada caso. “O Brasil não pode ser visto simplificadamente, tem que ser visto regionalmente, pelos seus estados e municípios”, disse.

De acordo com a plataforma, o Brasil tem 1,106 milhão de casos confirmados de covid-19 e 51.271 óbitos registrados pela doença. Pazuello disse que o Ministério da Saúde é solidário a todas essas famílias e agradeceu a dedicação dos profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate à pandemia.

Durante a audiência pública, o ministro interino apresentou as ações e investimentos do governo federal e detalhou a aplicação dos R$ 39,3 bilhões em crédito extraordinário que foram disponibilizados para o combate à pandemia.

Estratégia de atendimento
Pazuello destacou ainda que é importante a divulgação das orientações para o manejo de pacientes, que visa o diagnóstico precoce de casos de covid-19. ”A estratégia não é ficar em casa, aguardar piorar e depois procurar o médico. A estratégia é procurar o médico imediatamente para que o pessoal se trate o mais rápido possível Esse é o grande objetivo e é o que vai salvar a vida dos nossos brasileiros, é o atendimento imediato, é a curva de aprendizagem”, disse.

Segundo ele, em caso de sintomas gripais, a população deve procurar os centros de triagem, Unidades de Pronto Atendimento, Unidades Básicas de Saúde ou centros de referência para casos leves.

Defensoria Pública do Estado pede fim da suspensão total do transporte público em Itabuna

/ Bahia

A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA) solicitou o fim da suspensão total da circulação do transporte público em Itabuna, em ofício enviado à Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte do município. A cidade da região sul baiana está sem o serviço de locomoção há mais de três meses, desde o dia 22 de março, quando a prefeitura local determinou a paralisação dos ônibus no município.

A defensora pública Laís Santos Oliveira, que atua pela Defensoria no caso, afirma que o transporte é um serviço essencial e não pode ser interrompido nem mesmo em situações de emergência. Laís Oliveira diz que não tem sido adotada em outras cidades brasileiras a suspensão total do transporte coletivo, sendo necessário ofertar pelo menos um percentual mínimo de ônibus para a população.

”Isto tem que ser feito, claro, observando todas as medidas de segurança das autoridades de saúde, distanciamento social e uso de material de proteção individual. Mas o transporte não pode ser interrompido completamente, porque neste caso se inviabiliza outro direito, que é o da acessibilidade, principalmente para aqueles que são beneficiários da gratuidade no transporte público, como quem faz tratamento de saúde, pessoas com deficiência, dentre outros”, explica a defensora pública.

Um primeiro ofício já havia sido enviado pela Defensoria, o qual foi respondido pela secretaria de transporte no último dia 19 de junho, afirmando que – no momento – o retorno é inviável e que a suspensão foi feita com base na recomendação do órgão de vigilância sanitária local.

Por isso, no novo ofício enviado à Prefeitura de Itabuna, foi solicitado pela Defensoria que se indicasse qual foi essa recomendação, no que ela está baseada. Em contraponto a essa determinação, foi encaminhado pela Defensoria um estudo da Fundação Getúlio Vargas o qual demonstra que o transporte público não pode ser interrompido durante a pandemia.

Transporte alternativo

A total ausência de ônibus em Itabuna tem feito, segundo a defensora Laís Oliveira, que muitos assistidos da Defensoria que realizam tratamento de saúde contínuo, como fisioterapia e tratamento psiquiátrico, estejam sendo obrigados a procurar outras formas de se deslocar, porque seus tratamentos não podem parar.

”Algumas dessas pessoas são inclusive beneficiárias da gratuidade do transporte, têm passe livre. Mas durante a pandemia elas estão tendo que ter essa despesa por conta da suspensão do transporte”, declara Laís Oliveira.

Por esta situação, a Defensoria também solicitou que fosse dado um transporte alternativo para as pessoas que precisam continuar com seus tratamentos, mas, de acordo com a resposta da secretaria itabunense, o transporte só está sendo disponibilizado para profissionais de saúde, por meio de cinco veículos. Assim, no novo ofício, a DPE/BA questiona quem são os profissionais de saúde e demais serviços essenciais que têm utilizado o transporte alternativo disponibilizado, assim como o critério adotado para a seleção desses profissionais.

Em caso de retorno do transporte público, o ofício da Defensoria também recomenda que seja assegurado um percentual razoável de veículos, evite-se aglomerações nos terminais e dentro dos veículos, além de que seja reforçada a limpeza e a higienização dos ônibus e dos pontos de espera do transporte, bem como que os motoristas, cobradores e demais profissionais sejam orientados para reforçar os cuidados pessoas, como lavar as mãos ao término de cada viagem e sempre utilizar máscaras.

Itabuna é a segunda cidade da Bahia com mais casos e mortes ligadas ao coronavírus: são 1879 casos confirmados e 63 mortes por covid-19, de acordo com dados da prefeitura de Itabuna postados em suas redes sociais no último dia 22 de junho.

Após reunião familiar, 11 pessoas testam positivo para o coronavírus em Senhor do Bonfim

/ Bahia

Vice-prefeito e secretário de Saúde anunciam casos do vírus

Uma simples reunião de família resultou em onze pessoas com teste positivo para Covid-19, em Senhor do Bonfim, município do centro Norte baiano. O secretário de Saúde da cidade, Neto Guimarães e o vice-prefeito, Zé Antônio, divulgaram a informação em transmissão ao vivo no Youtube da prefeitura.

A cidade tem apresentado elevada progressão no número de notificações, saltando de 58 para 92 casos, no espaço de tempo de 21 dias. ”Nós temos, em Senhor do Bonfim, o exemplo claro do estrago que uma pessoa infectada pode causar. Tivemos, em um bairro da cidade, uma reunião de família de cunho evangélico. Dessa reunião, culminou o total de nove infectados, e depois mais dois, chegando a 11”, relatou o secretário.

Testes rápidos serão realizados em todos os bairros e localidades da zona rural. O comércio segue fechado até o dia 30 de junho. De acordo com o último boletim, Senhor do Bonfim contabiliza 93 casos da doença, com 64 pessoas recuperadas e um óbito.

Município com tradições profundas de festejos juninos, recebe todos os anos, cerca de 300 mil pessoas, a cada dia de festa. Em 2019, a prefeitura investiu em torno de R$ 2 milhões e teve retorno de R$ 15 milhões, o mesmo valor que deixa de entrar nos cofres públicos este ano, em virtude da pandemia.

”Nós precisamos cada vez mais restringir o trânsito e a circulação de pessoas para cuidar da nossa gente. Isso para que o vírus não circule”, ressaltou o vice-prefeito. Com informações do bahia.ba

Ubatã: Ministério Púbblico solicita a Justiça que suste efeitos de decretos de reabertura do comércio

/ NOTÍCIAS

O Ministério Público estadual (MP-BA) ajuizou uma ação civil pública contra o município de Ubatã e solicitou à Justiça decretação de medida liminar para sustar parcialmente os efeitos dos decretos municipais que permitiram o funcionamento do comércio na cidade. De acordo com o órgão, o objetivo é que os estabelecimentos sejam fechados e todas as atividades comerciais entendidas como não-essenciais suspensas.

Além disso, o promotor de Justiça Fabricio Guida de Menezes explica que solicitou à Justiça que obrigue o município, que já tem 66 casos de contaminados registrados e contabiliza duas mortes, a adotar medidas efetivas de fiscalização para garantir o cumprimento da norma proibitiva, que condicione a reabertura do comércio ao surgimento de um cenário epidemiológico favorável, com disponibilidade regular de leitos de UTI em quantidade suficiente, estabilização do número de casos ativos, diminuição da taxa de letalidade do coronavírus, redução contínua da taxa de infecção diária e aumento da taxa de isolamento social.

Segundo o promotor de Justiça, ”houve evidente precipitação do município de Ubatã na flexibilização das medidas de isolamento social, com a autorização do retorno das atividades não essenciais”. Ele acredita que este é um caso de ameaça à saúde pública, pois os dados demonstram uma verdadeira ”explosão” na curva de crescimento dos casos de contaminados, ”evidenciando de forma indiscutível que o município está no pico da epidemia com clara tendência de piora no seu cenário epidemiológico”. Na ação, Fabrício Guida frisa que inexistem leitos de UTI equipados no hospital municipal e que é crítica a taxa de ocupação dos leitos da rede estadual, o que está acrescido da subida vertiginosa da taxa de infecção diária verificada nos 19 dias de retorno das atividades não essenciais.

A curta distância entre os municípios de Ubatã e Iguaí também é destacada pelo promotor de Justiça na ação. Ele considera que há nesse caso um agravamento do risco à saúde pública dos habitantes, já que parcela da população de Ubatã trabalha em Ipiaú, que fica a apenas 27 km de distância de cidade e apresenta o maior coeficiente por infecção por SARS- COV- 2 no estado da Bahia. Fabricio Guida ressalta ainda que a Superintendência de Vigilância e Proteção à Saúde (Suvisa), da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), ”recomendou que o isolamento social ainda se revela imprescindível, condição que somente autorizaria uma flexibilidade após mudança no quadro epidemiológico do município de Ubatã”.

De acordo com o promotor de Justiça, Ubatã adotou inicialmente uma postura preventiva, promovendo uma série de medidas tendentes a diminuir a circulação da população. Foram suspensas as atividades comerciais, com exceção daqueles considerados essenciais, determinada a interrupção da circulação de transporte coletivo, estipulada restrições na rede hoteleira, dentre outras medidas. ”Ocorre que, apesar do crescimento do número de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, o município editou novo decreto em 2 de junho, permitindo o retorno das atividades não essenciais, prevendo algumas recomendações aos estabelecimentos empresariais”. Ele acredita que não há chances de uma retomada segura das atividades econômicas não essenciais neste momento.

O MP chegou a expedir recomendação ao município no dia 8 de junho (relembre aqui) para que promovesse a reavaliação do decreto, acrescenta o promotor, informando que, no último dia 12, foi editado mais um decreto que manteve a permissão do retorno das atividades não essenciais. Com informações do site Bahia Notícias

Jquié: Decreto suspende atividades formais e informais e autoriza funcionamento de outros setores

/ Jequié

Decreto mudou o funcionamento do comércio. Foto: log Marcos Frahm

Através do Decreto nº 20.551 publicado nesta segunda-feira (22), a Prefeitura de Jequié, deu nova redação ao artigo 1º do Decreto nº 20.532, de 15 de junto corrente, que passou a vigorar com a seguinte redação: ”Art. 1º – Fica suspensa, até o dia 29 de junho de 2020, a realização de toda e qualquer atividade econômica formal e informal dos setores de serviços no município de Jequié, incluindo ambulantes, podendo funcionar apenas os seguintes estabelecimentos: Lojas de departamento; Livrarias e papelarias; Lojas de perfumaria e cosméticos”. Com informações do Jequié Repórter

Prefeito ordena fechamento total do comércio em Jaguaquara nesta quarta, exceto farmácias

/ Jaguaquara

Giuliano manda fechar comércio nesta quarta-feira. Foto: Reprodução

O prefeito Giuliano Martinelli (PP) anunciou, nesta segunda-feira (22), o fechamento total do comércio local, exceto estabelecimentos farmacêuticos.

Em entrevista, Martinelli disse que acatou recomendação do Ministério Público para o fechamento total do comércio na Quarta-feira (24), no tradicional feriado de São João, apesar da não realização da festa em decorrência da pandemia do novo coronavírus, que já resultou no registro de 130 casos positivos, conforme o último boletim epidemiológico. ”Todos os comércios serão fechados. Peçam aos seus parentes que não venham ao interior”. Giuliano afirmou ainda que, também por recomendação do MP, determinou a proibição de fogueiras e fogos de artifícios.

Secretário visita Jaguaquara e promete apoio do Estado para abrir UPA, via consórcio de saúde

/ Jaguaquara

Giuliano Martinelli recebe Fábio Vilas-Boas. Foto: Divulgação

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), construída, mas fechada desde 2016 no distrito Stela Dubois, às margens da BR-116, no município de Jaguaquara, finalmente será colocada em funcionamento. A unidade é pivô de polêmicas no município, que até a noite desta segunda-feira (22) registrava 130 casos do novo coronavírus, de acordo com o último boletim epidemiológico emitido pela Prefeitura.

Mesmo antes da pandemia, munícipes e adversários do prefeito Giuliano Martinelli (PP) cobravam o funcionamento do órgão público. Alvo de críticas, após prometer, no início da crise sanitária, que a UPA funcionaria em parceria entre Estado e Município, Martinelli, que teria participado de videoconferência com o governador Rui Costa para tratar do assunto se pronunciou, nesta segunda, fazendo afirmação de que a promessa será cumprida.

O chefe do executivo municipal recebeu o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, que visitou a UPA e anunciou que o local funcionará como centro de atendimento regional a Covid-19, abarcando outros municípios do território Vale do Jiquiriçá. ”Com o aval do governador e do secretário, iremos abrir sim a UPA como centro de contingenciamento. Nós entendemos que os números estão aumento no município. O governo do estado se comprometeu pela abertura e jamais pelo fechamento”, disse Giuliano.

O secretário reinterou a fala do prefeito, ressaltando que a UPA era um problema, e não será mais: ”Nessa semana vamos montar os equipamentos, colocar em funcionamento e assim que estiver em operação o Rai-X a UPA vai ser aberta. Ela vai ser gerida pelo consórcio de Saúde aqui da região. Vai atender não apenas Jaguaquara, mas todos os municípios, inicialmente dando atendimento ao Covid e quando acabar a pandemia o legado fica pra cidade com essa UPA funcionando pra sempre”, garantiu Fábio, que também visitou as obras de reforma e ampliação do Hospital Municipal de Jaguaquara (HMJ), outra unidade que tem as mãos do Estado, que investe mais de R$ 5 milhões na reestruturação da unidade hospitalar.