Vítima do coronavírus, morre o empresário e ex-prefeito de Santa Inês, Zé Afrânio

/ LUTO

Zé Afrânio faleceu em Conquista. Foto: Arquivo/Blog Marcos Frahm

Faleceu no fim da tarde desta quinta-feira (11), em Vitória da Conquista, o empresário e ex-prefeito de Santa Inês, José Afrânio Braga Pinheiro, 54 anos, vítima do novo coronavírus. Zé Afrânio, como era popularmente conhecido na região do Vale do Jiquiriçá estava internado há 23 dias na UTI de uma unidade hospitalar privada de Conquista, para onde foi encaminhado por familiares depois de acometido pela doença.

Figura do riso fácil, Afrânio era natural de Ubaíra, mas residente desde jovem em Santa Inês, aonde chegou a ser prefeito, de 2012 a 2016, abrindo mão de ser candidato à reeleição, mesmo tendo todas as contas referentes à sua gestão aprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios – TCM.

Em 2017, voltou a atuar na área privada, no setor supermercadista, inclusive a frente de um supermercado instalado na cidade de Jaguaquara – onde conquistou muitas amizades e deve ter contraído o vírus.

Zé Afrânio deixa a esposa Marizete, e um casal de filhos, Franciny e Afrânio Filho. Ainda não há informações sobre horário e local de sepultamento. A redação do BMFrahm lamenta a morte precoce do empresário e presta condolências e solidariedade aos familiares e amigos.

Bahia ultrapassa marca de mil óbitos por Covid-19, com 33.891 casos confirmados

/ Bahia

A Bahia registra 33.891 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 19,08% do total de notificações no estado. O boletim epidemiológico ainda contabiliza 14.610 pessoas recuperadas, 1.013 óbitos e 18.268 indivíduos monitorados pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 347 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (55,85%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Itajuípe (9.077,16), Ipiaú (8.785,12), Uruçuca (7.797,65), São José da Vitória (7.247,66) e Salvador (6.512,44).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 49.615 casos descartados e 94.080 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (11).

Na Bahia, 4.845 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 1.998 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.188 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 59%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 847 leitos exclusivos para o coronavírus, 623 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 74%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

976º óbito – homem, 23 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, data de admissão não informada, veio a óbito dia 02/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

977º óbito – mulher, 58 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, data de admissão não informada, veio a óbito dia 28/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

978º óbito – mulher, 46 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença renal crônica, foi internada dia 17/05 e veio a óbito dia 25/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

979º óbito – mulher, 85 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 31/05 e veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

980º óbito – mulher, 85 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular, foi internada dia 16/04 e veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

981º óbito – homem, 89 anos, residente em Salvador, portador de diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 20/05 e veio a óbito dia 05/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

982º óbito – mulher, 59 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 28/05 e veio a óbito dia 30/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

983º óbito – mulher, 34 anos, residente em Salvador, portadora de doença respiratória crônica e obesidade, foi internada dia 16/05 e veio a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

984º óbito – mulher, 30 anos, residente em Morpará, portadora de neoplasias, data de admissão não informada, veio a óbito dia 06/06, em unidade da rede filantrópica;

985º óbito – mulher, 49 anos, residente em Juazeiro, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, veio a óbito dia 06/06, em unidade da rede privada, em Petrolina;

986º óbito – homem, 64 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internado dia 26/05 e veio a óbito na mesma data (26/05), em unidade da rede pública, em Salvador;

987º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 31/05 e veio a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

988º homem, 67 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, sem data de admissão, veio a óbito dia 26/05, em domicílio;

989º óbito – mulher, 48 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, data de admissão não informada, veio a óbito dia 27/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

990º óbito – homem, 79 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes e obesidade, foi internado dia 01/06 e veio a óbito dia 04/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

991º óbito – mulher, 89 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 07/05 e veio a óbito dia 03/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

992º óbito – mulher, 82 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 29/05 e veio a óbito dia 05/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

993º óbito – mulher, 34 anos, residente em Salvador, portadora de doença renal crônica e doenças genéticas, foi internada dia 24/05 e veio a óbito dia 02/06, em unidade da rede privada, em Lauro de Freitas;

994º – mulher, 56 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular, foi internada dia 28/05 e veio a óbito dia 04/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

995º óbito – homem, 43 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e obesidade, foi internado dia 02/06 e veio a óbito dia 05/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

996º óbito – homem, 66 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internado dia 29/05 e veio a óbito dia 05/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

997º óbito – homem, 64 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 25/05 e veio a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

998º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 17/05 e veio a óbito dia 26/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

999º óbito – mulher, 64 anos, portadora de hipertensão arterial, diabetes e doença respiratória crônica, foi internada dia 18/05 e veio a óbito dia 27/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

1000º óbito – homem, 83 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 01/06 e veio a óbito dia 04/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1001º óbito – homem, 81 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 27/05 e veio a óbito dia 28/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

1002º óbito – homem, 72 anos, residente em Itabuna, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 21/05 e veio a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

1003º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 03/06 e veio a óbito dia 06/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

1004º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, tabagista, foi internado dia 20/05 e veio a óbito dia 03/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1005º óbito – mulher, 26 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes, obesidade e doença renal crônica, foi internada dia 04/06 e veio a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1006º óbito – homem, 37 anos, residente em Salvador, portador de obesidade, foi internado dia 06/06 e veio a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1007º óbito – mulher, 62 anos, residente em Salvador, portadora de doença renal crônica, doenças endócrinas e nutricionais, foi internada dia 07/06 e veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1008ª óbito – homem, 67 anos, residente em Dario Meira, portador de doença hepática, foi internado dia 27/06 e veio a óbito dia 10/06, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

1009º óbito – mulher, 73 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 18/05 e veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1010º – óbito – mulher, 68 anos, residente em Salvador, portadora de obesidade, foi internada dia 07/06 e veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1011º óbito – homem, 78 anos, residente em Lauro de Freitas, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 31/05, em unidade da rede pública, em Lauro de Freitas;

1012º óbito – homem, 60 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi intertnado dia 30/05 e veio a óbito dia 04/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1013º óbito – homem, 58 anos, residente em Salvador, portador de diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 17/05 e veio a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Salvador.

Repórter da Globo feita de refém, Mariana fala sobre momento de terror: ”Tive fé”

/ Imprensa

Marina Araújo foi feita de refém na TV Globo. Foto: Reprodução

A repórter Marina Araújo, feita de refém na TV Globo por um homem que invadiu o prédio da emissora a procura da apresentadora Renata Vasconcellos, falou sobre os momentos de tensão que viveu em um depoimento nas redes sociais.

Na postagem, Marina agradeceu ao coronel que esteve no local para auxiliar na missão e a Renata, além dos colegas que a tranquilizaram até o momento dela ir para casa.

”Agradeço imensamente pelas mensagens de solidariedade e carinho, depois do episódio. Me vi em uma situação limite, incontrolável, mas tentei manter a calma. Tive fé. Falei o que podia pra acalmar os ânimos. Contei histórias e deu certo. Agradeço ao coronel Heitor e à Renata…E todos que ficaram do meu lado até eu vir pra casa”.

O rapaz invadiu a sede da TV Globo, no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, portando uma faca e exigiu encontrar a âncora do Jornal Nacional.

A segurança agiu rápido e isolou o local, logo em seguida o comandante do 23° batalhão da corporação, coronel Heitor Henrique Pereira, compareceu à emissora e conduziu a negociação, que durou minutos. Em nota divulgada pela assessoria de imprensa, a emissora tranquilizou o público e falou sobre o estado da equipe.

”Marina e todos os funcionários que estavam no local não se feriram e passam bem. A Globo repudia com veemência todo tipo de violência. Foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política. Um homem que exigia ver a jornalista Renata Vasconcellos. Seguindo instruções do comandante Heitor, Renata compareceu ao local onde estava Marina e o invasor. Tão logo ele a viu, largou a faca e libertou Marina. Foi preso imediatamente”.

Futuro ministro das Comunicações de Bolsonaro foi citado nas delações de Odebrecht e JBS

/ Brasília

Fábio Faria vai assumir a comunicação. Foto: Reprodução

O futuro ministro das Comunicações, o deputado Fábio Faria (PSD-RN), foi alvo de quatro inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) por suspeita de recebimento de caixa dois eleitoral e crimes eleitorais, como o uso de uma aeronave do governo do Rio Grande Norte para fazer campanha.

Apenas uma investigação segue na Justiça Eleitoral. As demais foram arquivadas.

Fábio Faria, escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a recriada pasta das Comunicações, foi citado em delação por executivos da J&F e da Odebrecht por supostos repasses ilegais feitos a ele e ao seu pai, o ex-governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria (PSD), em troca de favorecimento ilegal em atividades das empresas no estado.

Em todas as acusações, Fábio Faria negou ter cometido irregularidades.

As investigações da J&F, holding controladora do grupo JBS, apontam que eles teriam sido beneficiários do repasse de R$ 10 milhões em troca da privatização da companhia de água estadual. Os valores teriam sido pagos, em parte, através de escritórios de advocacia.

O caso chegou a ser arquivado por falta de prova, mas, em junho do ano passado, a PGR (Procuradoria-Geral da República) pediu a reabertura de uma investigação contra o deputado com base na delação premiada de Ricardo Saud, ex-executivo do grupo J&F.

O pedido teve com base provas obtidas com a quebra de sigilo telemático de um dos advogados envolvidos no caso, denunciado no início do ano pelo Ministério Público Federal por corrupção e lavagem dinheiro por suspeita de participação em um esquema de compra de sentenças na Justiça Eleitoral.

Os documentos acabaram sendo considerados ilegais, a PGR voltou atrás da decisão e manteve o pedido de arquivamento da investigação contra Faria. As apurações sobre os repasses ao pai do futuro ministro, contudo, seguem no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte.

À época, Fábio Faria negou irregularidades e afirmou em nota que o conteúdo das provas obtidas ”claramente não se refere à minha campanha de deputado federal”. O parlamentar também foi investigado por supostamente receber recursos da Odebrecht Ambiental via caixa 2 para abastecer sua campanha eleitoral em 2010.

O inquérito foi aberto com base nas delações de Alexandre José Lopes Barradas, ex-diretor da empresa, Fernando Luiz Ayres da Cunha Reis, ex-presidente e fundador da Odebrecht Ambiental, Benedicto Barbosa da Silva Júnior, o ”BJ”, ex-presidente da Odebrecht, Ariel Parente, ex-executivo da Odebrecht em Alagoas, e João Antônio Pacífico Ferreira, ex-diretor da empresa.

Segundo eles, a Odebrecht Ambiental destinou R$ 100 mil à campanha de Faria a deputado federal em recursos não contabilizados. Os delatores dizem que os repasses foram feitos porque a Odebrecht Ambiental tinha interesse em participar de parcerias público-privadas nas áreas de saneamento básico no Rio Grande do Norte.

Em fevereiro de 2019, a ministra Rosa Weber arquivou a investigação da PGR por falta de provas que corroborassem as acusações dos delatores. O futuro ministro também foi investigado por suposta utilização, para fins eleitorais de aeronave do governo do Rio Grande do Norte em viagem realizada para o município de Pau dos Ferros (RN), no dia 7 de julho de 2006.

A investigação ficou parada e, em 2011, o ministro do STF Gilmar Mendes arquivou afirmando que os mandatos dos acusados relativos às acusações haviem terminados e não haveria mais possibilidade de condenação.

Com 07 casos do coronavírus, Brejões entra na lista de municípios com transporte suspenso

O município de Brejões, no Vale do Jiquiriçá, não está mais fora da lista de cidades baianas com pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Apenas nesta semana, foram notificados, pela Secretaria Municipal de Saúde, 07 casos de Covid-19. Através da rede social, a Prefeitura informou que todas as pessoas que testaram positivo para a doença estão sendo monitoradas.

Diante da confirmação de casos, Brejões aparece na lista dos municípios com transporte intermunicipal suspenso por decreto estadual, conforme publicação do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (11).

O decreto ainda inclui Ubaíra, Cordeiros, Érico Cardoso, Gentio do Ouro, Ibotirama, Maraú, Mirangaba e Teodoro. A medida vale a partir desta sexta-feira (12).

Campeonato Espanhol retorna nesta quinta-feira, com clássico nos gramados, entre Sevilla e Betis

/ Esporte

Partida será transmitida pelo GloboEsporte.com. Foto: Reprodução

Após três meses paralisado, o Campeonato Espanhol ‘La Liga’, está de volta com clássico. A competição retoma o tempo perdido com um clássico entre Sevilla, 3º lugar na tabela, e Betis, 12º, nesta quinta-feira (11), a partir das 17h no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán.

A partida será transmitida em tempo real pelo GloboEsporte.com e no Fox Sports.

Antes da paralisação, a competição estava prestes a terminar a temporada faltando apenas 11 rodadas, resultando em 110 jogos. Ela continuará de forma interrupta pelas seis semanas seguintes até o dia 19 de julho, totalizando 229 dias seguidos de futebol, com partidas às 14h30 e 17h e nos sábados e domingos 8h e 11h.

O Barcelona lidera o torneio, com 58 pontos, apenas dois a mais do que o Real Madrid, que também briga pelo título.

Justiça quebra sigilos bancário e fiscal do escritório do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles

/ Justiça

Ministro Ricardo Salles. Foto: Roque de Sá/Agência Senado

A Justiça de São Paulo autorizou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do escritório de advocacia do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e de sua mãe, informa a revista Crusoé e o site O Antagonista. Há em em curso uma investigação que apura possível enriquecimento ilícito, conduzida pelo Ministério Público de São Paulo.

A suspeita dos promotores é sobre possível lavagem de dinheiro. Da conta do escritório foram R$ 2,75 milhões em 54 transferências feitas entre 2014 e 2017 para a conta pessoal de Salles.

”Se começou, tem que terminar”, diz Bellintani, presidente do ahia, sobre o Baianão

/ Esporte

Presidente do Bahia Guilherme Bellintani. Foto: Reprodução

Em entrevista ao jornalista Alexandre Praetzel, através do YouTube, o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, voltou a defender o reinício do Campeonato Baiano 2020, prevendo retorno já no mês de julho.

Alvo constante de críticas, o calendário do futebol brasileiro este ano será mais apertado que o normal, devido à pandemia de Covid-19, que paralisou os torneios estaduais por cerca de dois meses. Mesmo com o desejo de retomar aos trabalhos, Bellintani espera a liberação do Governo do Estado e da Prefeitura de Salvador.

”Estamos discutindo muito isso. Se tudo correr bem no mês de junho nos índices da Bahia que tem procurado cada vez mais ter muita responsabilidade tanto governador quanto prefeito. Isso tem se refletido nos índices que tem melhorado, tem caído, a curva está achatando de fato. Se isso seguir assim em junho, espero que em julho, já no próximo mês, a gente consiga ter as primeiras partidas, lógico que sem público ainda. Mas espero que isso aconteça, repito, sempre estando na pauta do governador e do prefeito essa responsabilidade principal. Vamos seguir o que eles entenderem o que é prioridade na gestão da pandemia”, contou o gestor.

Questionado pelo jornalista sobre a necessidade de retornar, o presidente tricolor afirmou não concordar com retorno do campeonato nos mesmos moldes e também comentou que vem conversando com o presidente do Vitória, Paulo Carneiro.

”Eu acho que sim. Dentro do que for possível, sim. Se começou, tem que terminar. Temos que fazer esse trabalho para tentar terminar. Acho que é um propósito interessante para campeonatos que já começaram. Apesar de, repito, eu ser contra a continuidade dos campeonatos estaduais nesse modelo atual”, declarou. “É bom. Temos conversado bastante. Estilos muito diferentes, jeitos diferentes formas de entender o futebol diferentes, mas alguns entendimentos em comuns. É uma boa relação”, afirmou o dirigente. Com informações do A Tarde

Em nota, Globo nega motivação política em ataque com refém na sede de emissora

/ Imprensa

A TV Globo, por meio de nota, afirmou ontem (10) que o homem que invadiu a sede da emissora no Rio de Janeiro com uma faca e fez uma repórter de refém não teve motivação política.

”A Globo repudia com veemência todo tipo de violência. Foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política. Um homem que exigia ver a jornalista Renata Vasconcellos”, diz trecho da nota.

Ainda segundo a nota, nenhum funcionário que estavam no local se feriram e passam bem. O homem foi preso imediatamente.

Confira a nota oficial na íntegra:
”Na tarde desta quarta-feira, um homem invadiu a sede da TV Globo, no Jardim Botânico, portando uma faca. Ele fez a repórter Marina Araújo refém. A segurança da Globo rapidamente agiu, isolou o local e chamou a PM. O comandante do 23° batalhão da corporação, coronel Heitor Henrique Pereira, compareceu à emissora e conduziu a negociação. O homem, que ameaçava a jornalista, liberou a repórter após alguns minutos. Marina e todos os funcionários que estavam no local não se feriram e passam bem. A Globo repudia com veemência todo tipo de violência. Foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política. Um homem que exigia ver a jornalista Renata Vasconcellos. Seguindo instruções do comandante Heitor, Renata compareceu ao local onde estava Marina e o invasor. Tão logo ele a viu, largou a faca e libertou Marina. Foi preso imediatamente. A TV Globo agradece à PM, ao coronel Heitor e a todos os policiais, cuja condução foi exemplar. Marina se comportou com coragem, serenidade e firmeza, sendo fundamental para o desfecho da situação. Renata foi corajosa, desprendida, solidária e absolutamente imprescindível para que tudo acabasse bem. As duas profissionais estão bem. E foram recebidas pelos colegas com carinho e emoção.”

Derramamento de óleo na pista provoca acidente na BA-250, entre Lagedo do Tabocal e Maracás

Carro saiu da pista e precipitou-se em ribanceira. Foto: Blog Marcos Frahm

Um derramamento de óleo na Rodovia Álvaro Fagundes / BA-250, no trecho entre os municípios de Lagedo do Tabocal e Maracás, provocou a derrapagem de um veículo que acabou capotando, nesta quarta-feira (10).

O acidente teria ocorrido por volta das 08h30, quando o condutor de um carro Fiat Strada, morador de Lagedo, perdeu o controle da direção ao trafegar pelo local escorregadio, na altura do KM 231, e o veículo precipitou-se numa ribanceira às margens da estrada.

Os ocupantes sofreram leves escoriações, mas o carro ficou completamente destruído. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) esteve no local e informou que não conseguiu identificar a origem do óleo, que deve ter sido derramado por um caminhão tanque.

Em Maracás, boletim da prefeitura diz que número de casos de Covid/19 aumentou para 08

/ Saúde

O índio, monumento símbolo, com máscara. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Maracás, ao emitir o boletim epidemiológico do novo coronavírus desta quarta-feira (10), informou, por meio da Secretaria de Saúde, ter registrado mais um caso da doença no município, perfazendo um total de 08 casos confirmados.

Pelo segundo dia consecutivo, Maracás informa a ocorrência de novos infectados. Ainda segundo o boletim, dos 08 registrados até agora, 03 são considerados curados e 01 óbito foi confirmado em maio.

Jaguaquara chegou aos 50 casos de coronavírus; número de curados é de 26, diz boletim

/ Jaguaquara

Mais 06 casos registrados em Jaguaquara. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jaguaquara, através da Secretaria de Saúde, ao divulgar o boletim desta quarta-feira (10), informou a ocorrência de mais 06 casos confirmados do novo coronavírus no município, totalizando 50 confirmados, desde o início da pandemia da Covid-19.

Leia abaixo o boletim 

Tratam-se de 04 Homens e 02 mulheres.

Uma mulher de 32 anos reside no Bairro São Jorge e outra de 47 anos é residente do Entroncamento de Jaguaquara.

Ainda no Bairro São Jorge um Senhor de 80 anos de idade foi testado positivo na tarde de hoje.

No Bairro Palmeira, dois homens de 50 e 63 anos e no Bairro São João Batista, um jovem de 26 anos.

Todos encontram-se em isolamento domiciliar desde a notificação e estão sendo acompanhados pela equipe de saúde.

Os dados atualizados de hoje são:

50 casos confirmados (pessoas que testaram positivo para Covid-19).

Destes, 26 casos já recuperados;

– 392 Casos suspeitos (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal e foram notificados para Covid-19);

– 339 Casos descartados (pessoas que testaram negativo para Covid-19);

– 03 casos aguardando resultado (pessoas que realizaram o exame e aguardam o resultado);

– 209 casos em quarentena (pessoas que apresentam sinais e sintomas respiratórios/contatos com casos suspeitos e confirmados de covid-19/casos confirmados de covid-19/pessoas que vieram de outras cidades).

– 26 Casos Curados;

– 24 Casos Ativos.

Em Jequié, mais 20 pessoas contraíram o vírus, perfazendo um total de 555 casos, diz boletim

/ Jequié

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, divulgou, na noite desta quarta-feira (10), o novo boletim epidemiológico do coronavírus, atualizado às 19h, que registrou mais 20 pessoas confirmadas com a Doreen, perfazendo um total de 555 casos positivos.

Destes, segundo o boletim, 251 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 248 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 1585 pessoas.

O boletim local conta, agora, com os dados encaminhados pelo Hospital Geral Prado Valadares (HGPV) relativos a ocupação de adultos nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até às 12h desta terça-feira a taxa de ocupação era de 84,2%.

Estes são os dados atualizados desta quarta:

– 555 casos confirmados (pessoas que testaram positivo para Covid-19), destes, 248 casos foram recuperados;

– 18 óbitos por residência;

– 1363 casos suspeitos (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal e foram notificados para Covid-19);

– 767 casos descartados (pessoas que testaram negativo para Covid-19;

– 41 casos aguardando resultado (pessoas que realizaram o exame e aguardam o resultado);

– 1585 casos em quarentena (pessoas que apresentam sinais e sintomas respiratórios/contatos com casos suspeitos e confirmados de covid-19/casos confirmados de covid-19);

– Taxa de ocupação UTI adulto – 84,2% (Até às 12h/Dados do HGPV).

Jequié receberá mais de R$1 milhão do Governo para auxílio emergencial aos trabalhadores da cultura

/ Jequié

Interessados no benefício terão que fazer cadastro. Foto: Divulgação

Governo Federal destinará R$1.169.941,39 ao município de Jequié para socorrer os trabalhadores da cultura. Este valor será destinado exclusivamente para garantir o auxílio – renda mensal de R$ 600,00 – aos trabalhadores do setor, bem como para a manutenção de espaços artísticos culturais e a aquisição de instrumentos musicais.

Tais recursos são oriundos do Projeto de Lei 1.075/20. Caberá a Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, convocar  artistas, oficineiros, artesãos, contadores de histórias, produtores, técnicos de som e luz, cenógrafos, pessoas responsáveis por espaços culturais para realizarem o seu cadastramento no Sistema Municipal de Informações e Indicadores em Cultura, de forma online, até o dia 30 de junho.

De acordo com a prefeitura o cadastro já pode ser feito com o intuito de mapear os agentes, espaços, grupos e instituições culturais existentes no Município.

O link para o cadastramento é o seguinte:https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeUW5cgCFkRSIopdulU-igpmPuWoZvnM__072W47qTFZRDIfQ/viewform