Toque de recolher em Jequié é anunciado pelo governador, diante do número de casos

/ Jequié

Rui anuncia toque de recolher em Jequié. Foto: Fernando Vivas

Jequié é a terceira cidade a ter toque de recolher decretado, em atuação conjunta dos poderes públicos estadual e municipal. O governador Rui Costa anunciou a medida no início da noite desta quarta-feira (13), durante transmissão ao vivo pelas redes sociais. Estão proibidos, já a partir desta quinta-feira (14), a circulação de pessoas e o funcionamento de estabelecimentos comerciais, com exceção de farmácias, das 20h às 5h.

O governador explicou que as regras são as mesmas determinadas para Ipiaú, cidade vizinha a Jequié, e Itabuna, que tiveram o toque de recolher anunciado no início da semana. ”Jequié, assim como Lauro de Freitas, registrou um grande aumento na taxa de infectados pela Covid-19 e já figura entre as seis cidades com maior número de casos na Bahia. Falei com os prefeitos sobre a necessidade de endurecer medidas restritivas para tentar diminuir a velocidade de transmissão. O decreto referente a Jequié já será publicado amanhã [14], no Diário Oficial, com validade de dez dias. Em Lauro de Freitas, a administração ainda avalia as opções”, detalhou Rui.

O governador também lembrou que este é o pior estágio da pandemia, até o momento, no Brasil. ”Estamos passando pelo período mais difícil no país. Ontem, foram quase 900 óbitos em apenas 24 horas. Por isso, é preciso reforçar as medidas restritivas na tentativa de conter o avanço da doença no território estadual. Quero agradecer a todos que compreendem e respeitam essas medidas, contribuindo ativamente para vencermos essa guerra”, ressaltou.

Em Jequié e Lauro de Freitas, já são, respectivamente, 128 e 123 casos confirmados. A Bahia registra 6.547 casos, 1.790 curados e 236 óbitos. A taxa de ocupação leitos clínicos está em 44% e a de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos ao tratamento da Covid-19 chegou a 56%.

Filhos, irmãos e cunhados do secretário de saúde de Salvador são afetados pelo coronavírus

/ Saúde

Família de Léo Prates é afetada pelo coronavírus. Foto: Reprodução

O secretário de saúde de Salvador Leo Prates (PDT) teve a família afetada pelo novo coronavírus. Seus dois filhos, dois cunhados e as duas irmãs foram infectados. Leo fez o teste e a contra prova, porém os testes deram negativos.

Prates confirmou as informações no Twitter e pediu forças em publicação. ”Peço a o meu bom Deus q m ilumine”, disse o secretário nesta quarta-feira (13).

A irmã de Leo Prates que está grávida já tinha testado positivo para Covid-19. Também nesta quarta-feira (13), o chefe do gabinete do prefeito ACM Neto (DEM), Kaio Moraes foi diagnosticado com o novo coronavírus (relembre aqui), o que fez com que Neto suspendesse sua agenda na Prefeitura. As informações são do Bahia Notícias

Salvador: Chefe de gabinete testa positivo para Covid e ACM Neto passa a trabalhar de casa

/ Política

Kaio Moraes testou positivo para coronavírus. Foto: Reprodução

Através das redes sociais, o prefeito ACM Neto (DEM) revelou na noite desta quarta-feira (13) que o chefe de gabinete da Prefeitura, Kaio Moraes, testou positivo para Covid-19. O gestor do município suspendeu seu expediente no gabinete municipal até o final desta semana. A partir desta quinta-feira (14), ele estará trabalhando em home-office.

”Hoje, ao saber que o meu chefe de Gabinete, Kaio Moraes, pessoa que trabalha diretamente comigo, testou positivo para o coronavírus, suspendi a minha agenda na Prefeitura, nos eventos de rua e ficarei trabalhando de casa”, escreveu o prefeito, ao salientar que fez o teste hoje à noite.

”Estou sem nenhum sintoma, mas decidi ficar trabalhando em isolamento até que saia o resultado. Desta forma, cumpro o protocolo exigido nesses casos. Determinei que toda a equipe do Gabinete também seja testada”, finalizou Neto.

Na última terça-feira, o subchefe de gabinete, Matheus Simões, também testou positivo. O prefeito ACM Neto se submeteu a exame na noite desta quarta-feira e aguarda resultado. As informações são do Política Livre

Jequié: Vereador diz que oposição expõe Câmara ao ridículo ao tentar emplacar impeachment

/ Jequié

Simões que sessão foi marcada às pressas. Foto: Emanuel Jr.

Para o vereador José Simões de Carvalho, atual líder do Governo na Câmara de Jequié, há um movimento político instalado na Casa contra o prefeito Sérgio da Gameleira.  Em entrevista à Rádio 93 FM, na manhã desta quarta-feira (13), Simões, ex-presidente da Câmara, acompanhado do vereador Eliezer Fiim, também ex-líder do Legislativo jequieense comentaram a suspensão da sessão que seria realizada ontem para votar abertura de processo de impeachment contra o chefe do Executivo.

Para Simões, o presidente Emanuel Campos – Tinho estaria violando as diretrizes determinadas pela própria presidência, que teria publicado portaria com restrições por conta do novo coronavírus, inclusive a suspensão de sessão e posterior a sua determinação convocou uma extraordinária para votar processo de impeachment, sem levar ao conhecimento dos pares o conteúdo da denúncia apresentada por um membro do PV – Partido Verde, legenda a qual é filiado o presidente. ”Temos um decreto do presidente Tinho, em que no em seu artigo 4º, reza: enquanto persistirem os problemas de saúde pública por conta do novo coronavírus, os vereadores deliberaram, exclusivamente em caráter de urgência, as proposições advindas do Executivo e do Legislativo por meio de sessões extraordinárias, nos termos do regimento interno e da lei orgânica do município. Ora, se nós, só pudemos, através do decreto presidencial, tratar de assuntos urgentes do Executivo e do Legislativo, como abriremos um precedente para tratarmos de uma denúncia de um membro do Partido Verde? Nesse momento já configurava uma violação as diretrizes determinadas pela própria presidência”, condena Zé Simões, que continua: ”Não satisfeito com isso, chega essa denúncia na segunda-feira, o presidente se encaminha com o denunciante para a sala do vereador Gilvan, dialogam e surpreendentemente marca uma sessão para terça-feira, às 17h, e nós vereadores sequer sabíamos o assunto que iríamos votar, porque as bancadas não foram informadas do teor da discussão. Como que nós vamos discutir um assunto em uma sessão marcada às pressas? Então, diante das violações que sentimos, teríamos que recorrer à justiça para suspender a sessão e para que nós, pelo menos, tomássemos ciência do que vamos votar. O presidente tem um compromisso de seguir fielmente a lei orgânica e o regimento interno e não pode tomar partido político de minoria ou maioria”, bradou Simões, que disse ainda que os integrantes da bancada de oposição estariam expondo à Câmara ao ridículo com processo de impeachment em período de pandemia, com vários casos do vírus registrados em Jequié.

O discurso de Simões foi endossado por Fiim, tendo o edil afirmado que não se pode trocar prefeito ”a toque de caixa” e que Jequié já vive uma crise da Covid-19, com atuação, na visão do parlamentar, eficiente da Prefeitura que tenta conter a disseminação da doença.

Camaçari: Após pedido do prefeito, justiça suspende pagamento de empréstimos com Caixa e União

/ Justiça

Justiça acatou pedido de Elinaldo Araújo. Foto: Prefeitura de Camaçari

Após pedido da Prefeitura de Camaçari, a Justiça Federal suspendeu por quatro meses, em decisão liminar, o pagamento de financiamentos e parcelamentos contratados pelo município junto à Caixa Econômica Federal e a União.

O pedido de adiamento da cobrança foi feito pela prefeitura devido à pandemia do coronavírus, que afetou diretamente a arrecadação pública e provocou o aumento de despesas da cidade com saúde e área social, dentre outras.

O juiz federal Carlos D’Ávila Teixeira, da 13ª Vara Cível/SJBA, entendeu que Camaçari fez “despesas orçamentárias realizadas emergencialmente para o enfrentamento da pandemia, em benefício da sua população” e que a “paralisação quase total das empresas locais” já reduz significativamente as receitas principais do município. Entre os pagamentos suspensos estão empréstimos para a área de mobilidade e os parcelamentos de dívidas com o INSS e PASEP.

”Torna-se evidente que a pretensão do Município é a de tornar legítima uma escolha administrativa que além de inevitável, se mostra acertada do ponto de vista jurídico, social e político, qual seja: alargar o tempo de pagamento de algumas dívidas para garantir mais eficiência e padrão de dignidade, na manutenção de vidas humanas”, escreveu o magistrado na decisão. Os pagamentos foram postergados, sem a imposição de juros ou multas e serão deslocados para o final dos contratos.

Segundo a prefeitura, a despesa extraordinária do município já soma mais de R$ 41,4 milhões, ao mesmo tempo que a cada dia a queda da arrecadação se agrava. Considerando todos os parcelamentos no período de abril a dezembro deste ano, a Prefeitura de Camaçari iria desembolsar mais de R$ 18 milhões, que podem ser reservados para as ações emergenciais de saúde.

Laboratórios da Embrapa e da Fiocruz passam a diagnosticar casos do novo coronavírus

/ Saúde

Os laboratórios da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) foram incluídos na rede de análise para o diagnóstico do novo coronavírus (covid-19).  A decisão é da diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo a Agência, o objetivo da medida é ampliar a capacidade laboratorial pública nacional para o diagnóstico da doença, diante da atual emergência em saúde pública provocada pela covid-19. ”Os laboratórios da Embrapa e da Fiocruz reúnem alta capacidade analítica e proficiência em diversos métodos e diagnósticos”, destaca a Anvisa.

De acordo com o diretor-presidente substituto e relator da proposta, Antonio Barra Torres, a inclusão dos laboratórios ”contribui favoravelmente para a ampliação da capacidade analítica de diagnóstico da covid-19”.

A resolução está publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (13) e ficará vigente enquanto o Ministério da Saúde mantiver a emergência relacionada à pandemia do novo coronavírus.

Jaguaquara confirma mais um caso de transmissão comunitária de coronavírus e paciente é transferido

/ Jaguaquara

Jaguaquara chegou a 08 casos do vírus. Foto: Blog Marcos Frahm

O município de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, confirmou, na manhã desta quarta-feira (13), o segundo caso de transmissão comunitária do novo coronavírus nesta semana.

De acordo com informação da Prefeitura em rede social, o paciente infectado não havia procurado o chamado Comitê de Covid-19 para informar o seu quadro sintomático e já chegou a uma unidade de saúde com necessidade de entubação, sendo necessária sua transferência para Jequié, onde encontra-se em tratamento.

Diferente do primeiro caso de transmissão comunitária divulgado na última segunda-feira (11), quando o prefeito Giuliano Martinelli (PP) revelou a atividade do paciente do sexo masculino, neste segundo caso, confirmado hoje, não foram revelados detalhes da pessoa infectada.

A Prefeitura fez apelo na publicação para que as pessoas com sintomas não deixem de procurar o comitê, que segundo a gestão pública atende pacientes 24 horas por dia. Desde o início da pandemia, Jaguaquara já registrou 08 casos do vírus, com 06 recuperados da doença.

Homem de 71 anos morreu minutos após infartar em agência do Banco Bradesco de Jequié

/ Jequié

Vítima chegou a ser atendida pelo SAMU. Foto: Jequié Repórter

Um homem com 71 anos de idade morreu minutos depois de ter sofrido um infarto na agência do Bradesco de Jequié, na manhã de terça-feira (12). João José de Araújo, morador do Loteamento Bom Sossego, bairro Jequiezinho se dirigiu ao banco em companhia da esposa e um filho, quando sentiu-se mal.

Foi levado para uma ambulância do SAMU onde a equipe realizou o procedimento de reanimação, ainda em frente ao banco, mas o homem não resistiu, evoluindo a óbito. Conhecido pelo apelido de ”João do Tesouro”, era casado com a professora Célia de Araújo e o casal tem dois filhos.

Segundo as informações de familiares havia dois anos que o senhor João foi submetido a uma cirurgia cardíaca. No final de semana ele sentiu-se mal sendo levado para o Hospital Geral Prado Valadares, onde se submeteu a exames e posteriormente recebeu alta.

O seu corpo foi sepultado na tarde de terça no Cemitério São Lázaro, seguindo os protocolos da vigilância sanitária relacionados à pandemia do novo coronavírus. O presidente da Associação de Moradores do Bom Sossego, Sidney Magal divulgou nota de pesar através das redes sociais. As informações são do site Jequié Repórter

Prefeitura de Jequié flexibilizou comércio em lojas de departamento, vestuário, eletro e outros

/ Jequié

Comércio funciona com horário reduzido. Foto: Blog Marcos Frahm

Novo Decreto Municipal de Jequié, (Nº20.462), publicado no Diário Oficial do município na segunda-feira (11), estabelece novas medidas para funcionamento de atividades comerciais e de serviços durante a situação de enfrentamento ao COVID-19. Alegando que o Município adotou diretrizes do Ministério da Saúde e de órgãos internacionais acerca da duração mais curta dos Decretos e necessidade de adaptação contínua, modulando permissões e restrições a cada mudança de cenário e considerando “a não verificação de progressão substancial da velocidade de contágio nos dias que antecederam a instituição do presente Decreto, a Prefeitura decreta o seguinte:

Continuam proibidos de funcionar: Casas de shows e espetáculos de qualquer natureza; Casas de festas e eventos; Feiras, exposições, congressos e seminários; Cinemas, teatros e museus; Clubes de serviço e de lazer; Academias, centros de ginástica e estabelecimentos de condicionamento físico; Eventos privados como casamentos, formaturas e afins; Clínicas Odontológicas, exceto os atendimentos de urgência; Locais públicos ou privados destinados a quaisquer práticas esportivas; Moto taxistas estarão terminantemente proibidos de transportar passageiros, porém autorizados a transportar produtos e Bares.

Permanecem funcionamento permitido sem restrições de dias ou horários: Supermercados, Hipermercados e mercadinhos; Padarias e Delicatessens; Farmácias, Farmácias de Manipulação e Drogarias; Postos de Combustível; Lojas de Insumos médicos e hospitalares; Bancos, Lotéricas e Cooperativas de Crédito; Funerárias e Velatórios; Hotéis, Pousadas e Pensões; Hospitais e Clínicas em geral; Restaurantes, Quiosques, Lanchonetes e Trailers; Transporte Coletivo Municipal; Obras e empreitadas; Borracharias, oficinas veiculares e setor de comercialização de autopeças e produtos para veículos; Distribuidoras de Gás, Distribuidoras de Água e Distribuidoras de Alimentos. Lojas de produtos agropecuários indispensáveis à manutenção de lavouras, rebanhos e afins. Petshop’s; Lojas de material de construção e setor de comercialização de insumos à construção civil; Estabelecimentos essenciais ao funcionamento e manutenção dos setores de Energia Elétrica, Esgotamento e Água Encanada, Telefonia e Internet; Óticas; Açougues e Peixarias, inclusive os situados no CEAVIG.

– Salões de Beleza, Barbearias, Centros de Estética e congêneres terão funcionamento permitido exclusivamente a partir das 13h de segunda a sábado. Os Salões de Beleza, Barbearias e afins poderão funcionar exclusivamente com hora marcada, admitindo-se apenas um consumidor por atendente, desde que isto não gere aglomerações. Escritórios e demais locais de prestação de serviços individualizados, tais como serviços advocatícios e contábeis, poderão funcionar mediante agendamento prévio.

– As indústrias terão seu funcionamento disciplinado de acordo com os Decretos Federais.

Poderão funcionar de segunda a sábado, das 8h às 14h os estabelecimentos pertencentes aos seguintes setores: Setor de comercialização de flores, jardinagem e paisagismo; Setor de gráficas, papelarias, livrarias e xerox; Lojas e distribuidoras de produtos essenciais à produção e acondicionamento de alimentos, Distribuidoras de Material de Limpeza.

Poderão funcionar de segunda a sexta, das 13h às 19h, e aos sábados, das 8h às 14h, os estabelecimentos pertencentes aos seguintes setores: Setor de utensílios domésticos, cama, mesa e banho; Lojas de departamento; Móveis e congêneres; Eletrodomésticos, Eletrônicos e produtos de Informática e Telefonia Móvel; Cosméticos e perfumaria em geral; Vestuário, Calçados, Adereços, Bijuterias e Joalherias; Estabelecimentos do setor de Fotografia; Armarinhos e casas de tecidos; Concessionárias de Veículos novos e usados.

– As feiras do CEAVIG, largo do Joaquim Romão e Jequiezinho, continuam permitidas, nos horários e normas dispostas no Decreto nº 20.456/2020.

– As igrejas e demais ambientes de culto religioso não poderão promover ocasiões de culto, missa, palestras ou reuniões coletivas. Podem, no entanto, permanecer de portas abertas para fins de acesso individual e atendimento desde que tais atividades não gerem qualquer tipo de aglomeração e sendo obrigatório o uso de máscara para acesso e permanência.

– Fica mantida a proibição de consumo de bebida alcóolica em qualquer via ou espaço público bem como permanece proibida a circulação de pessoas e veículos das 22h às 5h.

– Pessoas e veículos a trabalho e em urgência e emergência poderão circular também no horário de 22h às 5h. Este Decreto entra em vigor no dia 12 de maio de 2020 e tem vigência até o fim do dia 18 de maio de 2020. (Imagem do centro de Jequié, sábado 09.05.2020. *Por Souza Andrade

Médicos não atendem convocação do governo para combater coronavírus em UTIs

/ Bahia

O governo da Bahia está convocando médicos de todo o país, com experiência em UTIs ou emergência, para atuar no combate ao novo coronavírus (Covid-19).

O anúncio do chamamento foi feito pelo secretário estadual de Saúde, Fabio Vilas-Boas, no último sábado (9), indicando a oferta de 400 vagas.Mas, até a manhã desta quarta-feira (13), apesar de ampla divulgação e publicação de edital, somente 80 profissionais haviam demonstrado interesse.

”Após 3 dias de chamamento, com edital publicado até na @folha continuamos com baixíssima procura. Apenas 80 médicos para uma remuneração entre R$12 e 19 mil reais por mês, para carga horária de 24 a 30h semanais. Depois dizem que tem médicos sobrando na Bahia”, disse Vilas-Boas, por meio de publicação no Twitter.

Entre os profissionais convocados estão intensivistas, anestesistas, pneumologistas, cardiologistas, cirurgiões e clínicos.

Ipiaú recebe reforço policial para fazer cumprir o decreto de toque de recolher na cidade

A 55ª CIPM de Ipiaú recebeu reforços da Rondesp e CIPE Central para fazer cumprir o toque de recolher decretado conjuntamente pelo Governo do Estado e Prefeitura, no período de dez dias, a contar a partir dessa terça (12), entre às 20h e 05h do dia seguinte, segundo o site Giro em Ipiaú.

Segundo informou o Major Jocevã Oliveira, as pessoas que descumprirem os decretos poderão ter os veículos apreendidos e serem conduzidas à delegacia local. Além de Ipiaú (155 casos de covid-19), o governador Rui Costa também determinou toque de recolher em Itabuna (372 casos de covid-19).

A medida conjunta do Governo da Bahia e das prefeituras dos dois municípios valerá inicialmente por 10 dias e determina a proibição de circulação de pessoas e a suspensão de qualquer atividade comercial, com exceção de farmácias, das 20h às 5h. A resolução inclui ainda o fechamento de vias com registro de fluxo intenso, mesmo durante a quarentena. Os serviços de delivery estão suspensos durante o toque de recolher.

 

Sorteio da Mega-Sena pode pagar prêmio de até R$ 90 milhões nesta quarta-feira

/ Esporte

O sorteio da mega-sena desta quarta-feira (13) pode pagar até R$ 90 milhões em prêmio a quem acertar as seis dezenas do concurso 2261. O sorteio ocorre às 20h, no Espaço Loterias Caixa na capital paulista, e pode ser acompanhado pelas redes sociais: no Facebook e pelo Canal Caixa no YouTube.

A aposta mínima, de 6 números, custa R$ 4,50. É possível marcar de seis a 15 dezenas no volante de apostas e, quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances acertar mais dezenas. As apostas podem ser feitas em lotéricas ou pela internet.

Também é possível ganhar prêmios ao acertar quatro ou cinco números dentre os 60 disponíveis. Também é possível deixar que o sistema escolha os números para o apostador (Surpresinha) ou ainda concorrer com a mesma aposta por dois, quatro ou oito concursos consecutivos (Teimosinha).

Quina de São João

Continua aberto o prazo parapostas na Quina de São João, que será sorteada em 27 de junho tem prêmio inicial estimado em R$ 140 milhões.

O concurso especial, que sorteia cinco dezenas, chega à sua 10ª edição neste ano. A Quina de São João não acumula e, caso não haja apostas que acertem as cinco dezenas, o prêmio será dividido entre quem acertar quatro dezenas. Se ninguém acertar as quatro dezenas, o prêmio é dividido entre os que acertarem três dezenas e assim por diante.

Para apostar na Quina de São João é preciso marcar de cinco a 15 números dentre os 80 disponíveis no volante. O preço de uma aposta simples, com cinco números, é de R$ 2.