Secretário de Saúde informa a ocorrência de mais sete casos de Covid, subindo para 19

/ Jequié

Secretário de Saúde, Vitor Lavinsky. Foto: Reprodução/Facebook

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, representada pelo secretário Vitor Lavinsky informou, neste domingo (19), a ocorrência de mais sete casos positivos de Covid-19 no município, sendo três homens (de 9; 32; e de 58 anos) e quatro mulheres (de 25; de 31; 37; e de 44 anos). Todos tiveram seus materiais coletados na sexta feira (17) e receberam o resultado enviados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), em Salvador. Foram mais 7 casos somente neste domingo, e um total de 19 casos positivos de Covid-19 na cidade, desde o começo da pandemia.

A Secretaria Municipal de Saúde informa ainda que os casos deste domingo foram originados pelo contato com uma das profissionais de saúde que testou positivo nos últimos dias. Como todos apresentaram sintomas leves da doença, não foram encaminhadas para a internação hospitalar, permanecendo em isolamento domiciliar desde que surgiu a suspeita devido ao contato, conforme protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde. A Secretaria em Jequié diz que continua monitorando todos os casos suspeitos e os que estão em isolamento domiciliar, assim como vem mapeando os casos confirmados, para que qualquer indivíduo que teve contato com pessoas contaminadas sejam acompanhadas pelas equipes da Vigilância Epidemiológica e da Assistência à Saúde.

Assistir live

A Secretaria orienta as pessoas, sobretudo ao público jovem, que evitem aglomerações, mesmo entre amigos e conhecidos que, nos últimos dias, têm se reunido nas próprias residências para acompanhar a transmissão de shows via internet. Esse tipo de encontro também é um canal de disseminação do vírus entre a população, por conta da existência de casos assintomáticos da doença.

Um dia após prefeito autorizar reabertura do comércio, Jaguaquara tem aumento de casos

/ Jaguaquara

Jaguaquara registra 04 casos de Covid. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, havia anunciado, na noite deste sábado (18), a reabertura do comércio local, a partir de segunda-feira (20), com a deliberação do prefeito Giuliano Martinelli (PP) pelo escalonamento, com os estabelecimentos funcionando em dias alternados e horário reduzido, dependendo ainda da área de atuação, como forma de prevenção ao novo coronavírus.

Contudo, na tarde deste domingo, a própria gestão pública municipal anunciou o aumento de casos de Covid-19 no município, subindo de 03 para quatro casos.  A Prefeitura utilizou apenas uma criação artística gráfica, publicada na sua rede social, para divulgar o aumento do número de casos, sem dar detalhes sobre a quarta pessoa infectada pela doença.

Conforme apurou o Blog Marcos Frahm, as três primeiras vítimas são oriundas do distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara, membros de uma família, e que se encontram em isolamento domiciliar, não sendo necessária a internação hospitalar das pessoas.

Já o quarto caso estaria relacionado a um morador da sede do município. As ruas da cidade estão desertas, inclusive depois da implantação de toque de recolher e os munícipes e autoridades não escondem temer que a curva pegue um movimento ascendente de casos na maior cidade do Vale.

Criminosos agem e matam jovem de 22 anos em Jequié; corpo saiu direto do IML para o cemitério

/ Jequié

Polícia registra mais um homicídio. Foto: Blog Marcos Frahm

Em meio à pandemia, a criminalidade age em Jequié. Na noite deste sábado (18), a polícia registrou um crime de homicídio na localidade de Baixa do Bonfim, região do bairro Jequiezinho.

Rodrigo Jesus dos Santos, 22 anos, foi morto a tiros por volta das 21h em uma via pública, e segundo relatos de populares o crime teria sido praticado por vários indivíduos, que fugiram em seguida na direção do bairro Cachoeirinha. A vítima ainda tentou se livrar, correndo por cerca de 50 metros, mas foi alvejada.

Peritos do Departamento de Polícia Técnica estiveram no local para realização dos serviços periciais e providenciaram o encaminhamento do cadáver ao Instituto Médico Legal de Jequié, que liberou o corpo na tarde deste domingo e, como não é permitida a aglomeração de pessoas na cidade, familiares saíram com o cadáver do IML direto para o cemitério. Ainda não há informações sobre autoria e motivação. A Polícia Civil diz que o caso está sendo investigado.

Governo do Estado anuncia que Policlínicas voltarão a atender de forma progressiva

/ Saúde

Policlínica de Jequié suspendeu atendimento. Foto: Blog Marcos Frahm

O governador Rui Costa decidiu, na sexta-feira (17), que o atendimento nas policlínicas regionais de saúde será retomado de forma ”cautelosa e cuidadosa” para que pacientes de toda a Bahia possam dar prosseguimento aos seus tratamentos médicos. A decisão foi tomada durante reunião remota entre representantes dos poderes estaduais.

Além do governador, participaram do encontro virtual o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), Lourival Almeida Trindade; o presidente da Assembleia Legislativa (Alba), Nelson Leal; e a chefe do Ministério Público Estadual (MPBA), Norma Cavalcanti. Durante a reunião, o governador também demonstrou preocupação com a situação financeira do Estado em razão dos recursos que estão sendo investidos no combate ao avanço da covid-19.

A motivação para a reabertura das policlínicas, explicou Rui, são os pedidos feitos por pessoas que tiveram seus tratamentos interrompidos com as férias coletivas dadas aos profissionais das policlínicas, que se encerram em 6 de maio. ”São pessoas que precisam saber se estão com câncer ou não, que precisam avaliar seus problemas cardíacos, se têm diabetes”, disse o governador.

Atualmente, a Bahia possui 16 policlínicas regionais, que atendem uma população de cerca de dois milhões de pessoas. ”Elas são importantíssimas para salvar vidas humanas”, explicou Rui. De acordo com ele, a reabertura dessas unidades será programada de forma progressiva e seletiva, por região e município, e após o fim das férias coletivas, para evitar que essa atividade interfira de forma negativa na contenção do coronavírus. ”Se nossa meta é preservar vidas, não podemos ignorar os outros problemas de saúde, que não deixaram de acontecer”, acrescentou.

Vale-alimentação estudantil estará disponível nesta segunda (20), diz governo estadual

/ Bahia

A Secretaria de Educação (SEC) da Bahia começa a disponibilizar, nesta segunda-feira (20), o vale-alimentação de R$ 55 para 284 mil estudantes da rede estadual em 22 municípios. Contudo, ainda de acordo com o governo, para evitar aglomerações nos supermercados, parte dos alunos receberá o benefício na Cesta do Povo e parte na rede Assaí. A ida aos supermercados está orientada por escola.

A lista, de acordo com a SEC, já está disponível para consulta no Portal da Educação. Há também a orientação para que o estudante vá, preferencialmente, à rede localizada mais próxima da sua escola.

No supermercado, o estudante, o pai, a mãe ou responsável que esteja com o cadastro atualizado do CPF na escola deve se dirigir ao setor de atendimento ao cliente para a retirada do vale. Será necessário apresentar o original do CPF.

O vale é destinado exclusivamente à compra de alimentos. A Secretaria da Educação orienta para que seja dada a preferência a produtos com valor nutricional, a exemplo de feijão, arroz, macarrão, leite, proteína de soja, farinha de mandioca, verduras e frutas. Se a compra ultrapassar os R$ 55, caberá ao cliente assumir o restante do valor.

Secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues chama a atenção para que as pessoas programem suas idas e sigam as normas de proteção. ”Sabemos da urgência para o recebimento do vale e a aquisição dos alimentos, mas é preciso seguir alguns procedimentos necessários. Orientamos para que vá ao supermercado apenas uma pessoa por família, no caso o estudante, a mãe, o pai ou o responsável. Que também evitem horários de aglomerações e que usem máscaras de proteção. E reforçamos que todos os estudantes matriculados na rede estadual já têm este direito ao vale-alimentação garantido”.

Gaby Amarantos diz em rede social que irmão com coronavírus está internado em estado grave

/ Entretenimento

Cantora Gaby Amarantos, 41 anos

Gaby Amarantos, 41, usou suas redes sociais para contar que seu irmão, Gabriel, está internado em estado grave, após ter sido contaminado pelo coronavírus. ”Meu irmão Gabriel testou positivo para o covid-19 e está internado em estado grave em Belém. Está difícil encontrar o ânimo para fazer lives e postagens”. A cantora continuou falando do momento caótico que o planeta vive devido a pandemia. ”É muito triste ver o mundo desse jeito, muitas pessoas sofrendo mas eu só sei que a dor nos une e que eu sinto muita falta de vocês”, escreveu na tarde de sábado (18).

Amarantos finalizou agradecendo aos profissionais de saúde, reafirmando a própria fé e também criticando àqueles que não são colaborativos diante do caos. ”Estou rezando para que a ciência possa ter o valor que merece e que a gente perceba quanta falta faz ter um líder competente. Estou revoltada em ver tanto charlatanismo mas não posso deixar toda essa ignorância tirar a minha fé de que podemos ser melhores. Ter fé também é ato de resistência”, finalizou a cantora.

”Filhota, conte com minhas boas energias! Rezar e acreditar na medicina. Ele vai se recuperar!!!!”, comentou em apoio a apresentadora Astrid Fontenelle. A lista de celebridades que se solidarizou com a cantora é grande e inclui Fabrício Bolivera, Fabiana Karla, Marisa Orth e Paulo Miklos.

Amarantos começou sua carreira cantando no coral de uma igreja em Belém, sua cidade natal. Em 2012, lançou ”Treme”, seu primeiro disco solo. O segundo single do álbum, ”Ex Mai Love”, foi sucesso ao ser escolhido como tema de abertura da novela Cheias de Charme (Globo, 2012).

”Achei que eu ia morrer dentro de casa”, diz Janaina Paschoal ao revelar que teve coronavírus

/ Política

Janaina Paschoal revela que contraiu Covid-19. Foto: Reprodução

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) afirmou neste sábado (18) que já contraiu coronavírus e ainda não se sente completamente recuperada. Ela chegou a ser internada duas vezes e afirmou que pensou que iria morrer.

A revelação foi feita ao site O Antagonista. ”É uma doença que castiga muito. Ninguém que teve consegue dizer com tranquilidade ‘estou curado’. Ela tem um impacto físico muito grande”, afirmou.

Janaina disse que não divulgou o fato de ter contraído coronavírus para que seus pais não ficassem preocupados.
Segundo o relato da deputada, ela sentiu sintomas leves por 14 dias antes de sentir necessidade de ir ao hospital. Janaina não precisou as datas em que esteve com a doença, mas afirmou que começou após a Assembleia ter suspendido os trabalhos presenciais, o que ocorreu em 23 de março.

”Deus é tão bom para mim que eu fiquei doente quando eu podia trabalhar à distância. Enquanto a Assembleia estava presencial, eu estava bem. Dois dias depois de Assembleia criar a votação virtual, eu perdi o olfato e o paladar”, contou.

A primeira votação virtual da Assembleia ocorreu no dia 26 de março. Janaina afirmou que, embora soubesse que a perda de olfato e paladar eram sintomas da doença, ficou na dúvida. ”Na dúvida, eu usei máscara, fiquei num cantinho mais isolado da casa”, disse a deputada. Os familiares que moram com ela não contraíram o coronavírus.

”Passei 14 dias trabalhando à distância, participando de todas as votações, fazendo tudo que eu tinha que fazer na minha casa, no isolamento, sem febre. Cansada, com falta de fôlego, falava cinco minutos e economizava quatro horas de fala”, relatou.

Quando achou que ia melhorar, no 14º dia, Janaina piorou. ”Eu piorei num grau, que eu achei que eu ia morrer dentro de casa.”

Janaina foi ao hospital e fez um teste, que deu negativo. Segundo a deputada, isso ocorreu porque o vírus já não estava mais presente em seu corpo, mas os estragos em seu corpo estavam feitos. Posteriormente, ela fez outro teste, que verifica se há anticorpos contra o vírus no sangue, e deu positivo.

Com muita dificuldade de respirar, ela foi internada. Uma tomografia também apontou as lesões comuns aos pacientes de coronavírus. Depois de três dias, Janaina chegou a ir para casa, mas voltou a ser internada após nova piora. Ficou mais três dias no hospital.

”Fique em casa”, diz governador Rui Costa em novo apelo à população do sul baiano

/ Bahia

Rui Costa faz apelo a moradores do sul. Foto: Camila Souza

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a fazer um apelo à população das cidades do sul do estado para que cumpram decretos de isolamento social em razão da pandemia do novo coronavírus.

Em uma publicação nas redes sociais neste domingo (19), o recado mais uma vez foi dirigido aos moradores de Itabuna e Ilhéus, onde parte das pessoas tem desrespeitado decretos de quarentena.

”Neste momento de guerra contra o #coronavírus, quero fazer um apelo aos baianos do Sul do estado, especialmente aos moradores de #Itabuna e #Ilhéus: fiquem em casa. Em breve, vocês poderão aproveitar essa belíssima obra que é a ponte do Pontal. #Covid19 #FiqueEmCasa”, escreveu o governador, num post em que compartilhou uma foto do cartão postal.

Governador do Ceará prorrogará quarentena; estado é o 3º com mais casos de coronavírus

/ Nordeste

Camilo anunciará prolongação da quarentena. Foto: Governo do Ceará

O governo do Ceará deverá anunciar a prolongação da quarentena no estado, onde há mais de 3.000 casos de pessoas com o novo coronavírus. O estado só fica atrás de São Paulo e do Rio de Janeiro na quantidade de infectados pela Covid-19 no país. As informações são e reportagem do portal UOL.

A validade do decreto sobre o isolamento social no estado termina nesta segunda-feira (20), mas o governador Camilo Santana (PT) anunciou em suas redes sociais que a determinação será renovada.

Santana, porém, não disse por mais quanto tempo. Fontes do UOL indicam que o decreto deverá ter mais 15 dias de validade. Medidas de isolamento no estado valem desde 20 de março.

”Estou definindo com nossa equipe de especialistas por quanto tempo mais essas medidas de distanciamento social vão continuar em nosso estado”, escreveu. ”Vidas em primeiro lugar. Sempre”.

No Ceará, já foram registrados 176 óbitos, o que equivale uma taxa de letalidade de 5,6%. Se considerado todo o país, a taxa nacional é de 6,4%.

A medida vem no mesmo sentido da tomada pelo governo do estado de São Paulo. A quarentena paulista, que iria até 22 de abril, foi prorrogada até 10 de maio.

”Poderes são submissos ao povo”, diz Bolsonaro a manifestantes neste domingo

/ Brasília

Bolsonaro discursa em Brasília. Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro disse a apoiadores, neste domingo (19), que os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário precisam compreender que são submissos ao povo brasileiro.

Segundo informações do site Metrópoles, o titular do Palácio do Planalto se encontrou com manifestantes pró-governo na Praça Duque de Caxias, no Setor Militar Urbano, em Brasília.

”Os poderes têm de entender que são submissos à vontade do povo”, enfatizou Bolsonaro. ”Contem com seu presidente para que a gente possa manter nossa democracia e nossa liberdade. Todos falaram que dariam a vida pelo Brasil, agora é a hora”, completou.

O discurso de Bolsonaro foi feito logo após gritos de manifestantes que pediam o impeachment do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM).

Ministro da Educação diz que governo recorrerá de decisão sobre adiamento do Enem

/ Educação

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou sua conta no Twitter para informar que o governo federal vai recorrer da decisão judicial que determina o adiamento da realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em função dos impactos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Em sua sentença, a juíza Marisa Claudia Gonçalves Cucio, da 12ª Vara Cível Federal de São Paulo, acolheu os argumentos apresentados pela Defensoria Pública da União (DPU) em ação civil pública, determinando que a União e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) não só ”procedam à adequação do calendário e do cronograma do Enem à realidade do atual ano letivo”, como estendam por mais 15 dias o prazo para solicitação da isenção da taxa de inscrição do Enem e de apresentação da justificativa de ausência no exame de 2019.

”Vamos recorrer”, escreveu Weintraub ao ser perguntado sobre o assunto em sua conta pessoal no microblog. ”O Brasil não pode parar! Mais de 3.200.000 de brasileiros solicitaram isenção na taxa do Enem 2020 (para não pagar para fazer o exame). 70% fez o pedido pelo celular (smartphone). Mais de 2.100.000 dos pedidos já foram analisados e concedidos! Vai ter Enem!”, afirmou o ministro, lembrando que, também em 2019, a pasta teve que responder a questionamentos jurídicos que tentavam suspender ou adiar o Enem.

Inep

Em outra rede social, pouco antes da decisão da juíza se tornar pública, o ministro divulgou um vídeo com o presidente do Inep, Alexandre Lopes. Nele, Weintraub diz que, devido ao novo coronavírus, ”alguns governadores paralisaram completamente as atividades” em seus estados, ”e podem ter prejudicado alunos que têm direito à gratuidade”. No entanto, segundo o ministro, estes casos serão ”resolvidos por ofício”. ”Nós iremos atender todo mundo que tem direito a ter a gratuidade do Enem. Não se preocupem. Se concentrem em que, no fim do ano, lá no último trimestre, vocês vão fazer a prova do Enem”.

De acordo com Lopes, os alunos que não conseguiram pedir a isenção antes do fim do prazo ontem (17) e que façam jus ao benefício, serão contemplados ao se inscreverem para fazer a prova. ”Você que não conseguiu fazer o pedido de isenção: quando chegar o período de inscrição, de 11 a 22 de maio, vai fazer sua inscrição e, sem você fazer nenhum tipo de pedido, nós vamos te dar a gratuidade”, garantiu Lopes, sem fornecer mais detalhes sobre a proposta. De acordo com ele, até aquele momento, apenas 1 milhão de pedidos de gratuidade tinham sido deferidos.

Suspensão das aulas

Ao pedir à Justiça Federal que determine o adiamento da prova, a DPU destacou que a pandemia e o medo de que a doença se espalhe motivou escolas públicas e privadas a suspenderem as aulas presenciais. Para evitar a perda do ano letivo, muitos estabelecimentos optaram por prosseguir com as atividades à distância, usando a tecnologia para adotar o ensino remoto. No entanto, para a DPU, as desigualdades sociais tendem a prejudicar os alunos de baixa renda que não têm acesso à internet e a computadores.

Para a DPU, esses alunos seriam prejudicados não só em relação à aprendizagem, mas também para que entreguem os documentos exigidos nos prazos estabelecidos antes que autoridades de saúde passassem a recomendar o isolamento social como forma de conter a propagação do novo coronavírus, o que levou prefeitos e governadores a decretarem medidas para restringir a circulação da população, como a suspensão das aulas.

Os argumentos da DPU coincidem com o resultado de um levantamento que a plataforma digital Quero Bolsas realizou a partir da análise dos questionários socioeconômicos que o próprio Inep aplicou a estudantes que prestaram o Enem nos últimos cinco anos. Segundo a plataforma, um em cada três destes estudantes (33,5%) não tem acesso à internet e a dispositivos como computador ou celular, não tendo, portanto, acesso a teleaulas ou outros mecanismos de educação a distância (EAD). Apenas 54,81% dos candidatos responderam ter microcomputador e telefone celular e acessar a rede mundial de computadores.

Para a juíza que determinou o adiamento da prova e do prazo para os interessados pedirem isenção da taxa de inscrição, a pandemia de covid-19 e a consequente decretação de estado de calamidade pública geraram ”efeitos devastadores na população brasileira de ordem econômica, financeira, social e até mesmo cultural e educacional”, e que, neste contexto, estudantes carentes e de baixa renda podem sequer ter tomado conhecimento do prazo limite para solicitarem a isenção da taxa de inscrição, já que este foi divulgado, segundo a DPU, em 31 de março – ou seja, após as aulas terem sido suspensas em quase todo o país.

”Os alunos da rede pública não estão assistindo as aulas com o conteúdo programático cobrado no Exame Nacional do Ensino Médio, ao contrário de grande parte dos alunos da rede de educação privada, que possuem acesso ao ensino à distância (EAD) e diversas outras ferramentas eletrônicas de aprendizado. Aliás, nem mesmo é possível afirmar que todas as escolas particulares estão disponibilizando aulas por vídeo ou atividades similares uma vez que a pandemia e as normas de isolamento social que determinou o fechamento das instituições de ensino colheu as equipes de docentes despreparadas para esse mister”, ponderou a própria juíza federal Marisa Claudia Gonçalves Cucio.

Jequié vai adotar, por meio de decreto, uso obrigatório de máscaras nas ruas da cidade

/ Jequié

Comércio de Jequié funciona parcialmente. Foto: Souza Andrade

Diante a escalada dos casos positivos para o novo coronavírus em Jequié, o prefeito Sérgio da Gameleira deve assinar novo decreto com novas medidas visando conter à propagação da doença na cidade.

Uma dessas medidas apuradas pelo Blog jequieeregiao.com.br é a obrigatoriedade do uso de máscaras, ao sair de casa, para todas as pessoas, indistintamente.

O prefeito disse ter conversado com a Polícia Militar e outros órgãos de segurança para auxiliar a Prefeitura na fiscalização e acompanhamento não somente no centro da cidade como também nos bairros.

Secretaria prorroga suspensão de visitas nas unidades prisionais por mais 15 dias

/ Bahia

As visitas nas unidades prisionais da Bahia seguirão suspensas por mais 15 dias. A medida foi divulgada no Diário Oficial do Estado (DOE) de sexta-feira (17).

A decisão da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) tem o intuito de prevenir a contaminação pelo novo coronavírus.

De acordo com a secretaria, estão suspensas as visitas sociais e religiosas, as atividades educacionais e de trabalho nas Unidades Prisionais do Estado. Segundo eles, a ação busca ”resguardar a população carcerária e o corpo de Servidores Penitenciários” quanto ao contágio do coronavírus.

O último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) informou que, até o início da tarde desta sexta, o número total de infectados pelo Covid-19 na Bahia era de 1059, com 36 mortes. Dos casos confirmados, 154 são de profissionais de saúde. Ao todo, 268 pessoas estão recuperadas e 116 encontram-se internadas, sendo 48 em UTI.

Jaguaquara: Prefeito decide permitir que comércio funcione em dias alternados e com horário reduzido

/ Jaguaquara

Prefeito, procuradora e controlador do município.  Foto: Facebook

O comércio de Jaguaquara, maior município do Vale do Jiquiriçá, funciona parcialmente, com muitos estabelecimentos fechados, desde o dia (18) de março, quando o prefeito Giuliano Martinelli (PP) baixou o primeiro decreto com as chamadas medidas restritivas contra o coronavírus. O chefe do Executivo, que desde o início da pandemia vinha se reunindo com outros gestores do Vale e representantes do Ministério Público e do Poder Judiciário decidiu pela reabertura do comércio mesmo antes do próximo encontro de prefeitos, marcado para a próxima segunda-feira (20), quando os mandatários do território discutirão prorrogação ou revogação de decretos em suas respectivas cidades.

Contudo, Martinelli, que vem sofrendo críticas e muita pressão de comerciantes tomou a iniciativa de reabrir o comércio de forma gradativa. De acordo com o que apurou o Blog Marcos Frahm no novo Decreto Municipal Nº 064, a deliberação de Giuliano foi pelo escalonamento, com os estabelecimentos funcionando em dias alternados e horário reduzido, dependendo ainda da área de atuação.

A maior parte dos setores poderá abrir somente duas vezes por semana. As alterações passaram a valer nesta segunda-feira. Concessionárias de veículos, corretoras de seguro, floricultura, lojas de tecidos, de utilidades domésticas e outras, por exemplo, funcionarão as segundas e quartas-feiras, das 13h às 19h.  Lojas de confecções, cosméticos, perfumaria, sapataria e selaria, gráficas, as terças e quintas-feiras, no mesmo horário. As quartas e sextas-feiras, também das 13h as 19h, ficarão permitidas ao funcionamento lojas de eletrodomésticos, móveis, bomboniere, CD e DVD, serviços e manutenção de Internet, informática e telefonia, papelaria, embalagens e artigos para festas. Poderão funcionar, mediante agendamento individual, clínicas de odontologia, psicologia e terapia ocupacional, fisioterapia e médica, salão de beleza, barbearia, escritório de advocacia, contabilidade, pet shop, aulas práticas de autoescola. Restaurantes, lanchonetes, quiosques, trailers de comercialização de alimentos, distribuidoras de água, gás, sorveteria, açaí, continuarão a funcionar conforme decreto anterior.

No decreto, a Prefeitura explicitou a proibição, por parte dos estabelecimentos, de funcionários, clientes e colaboradores com sintomas gripais como forma de prevenção ao novo coronavírus, que já infectou três pessoas no município. Apesar das poucas informações divulgadas pela gestão pública municipal sobre as vítimas, as informações preliminares são de que as pessoas que contraíram a Covid-19 são moradoras do distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara. Leia na íntegra o Decreto de Nº 064