Barra do Rocha, município vizinho à Ipiaú, acaba de confirmar o primeiro caso de Covid-19

A Prefeitura de Barra do Rocha, município vizinho à Ipiaú, no Médio Rio de Contas, emitiu comunicado na noite desta quarta-feira (1º), informando ter registrado na cidade o primeiro caso de coronavírus.

A Secretaria informou que amostra coletada e encaminhada ao Laboratório Central da Bahia testou positivo, e que o paciente encontra-se isolado, em Barra do Rocha.

Outros três casos, até agora considerados suspeitos aguardam resultados dos exames. Além de Barra do Rocha, Ipiaú, Itagibá e Jequié, todos do mesmo território tem casos confirmados do Covid-19.

Em nota, CDL de Jequié sugere reabertura gradual e cuidadosa do comércio, fechado após decreto

/ Jequié

Comércio de Jequié foi fechado com decreto. Foto: Blog Marcos Frahm

Atendendo solicitação de lojistas, a CDL de Jequié, por meio de nota pública emitida e encaminhada à imprensa nesta quarta-feira (1º), informou que encaminhou documento ao prefeito Sérgio da Gameleira, no dia 28 de março de 2020, em busca de informações sobre a situação do Município a partir das medidas de prevenção e enfrentamento à epidemia causada pelo Covid-19, que determinou o fechamento temporário do comércio local, dentre outras várias determinações.

Uma das medidas apresentadas pela entidade ao gestor municipal é para que ele estude a possibilidade de determinar a reabertura gradativa do comércio varejista e atacadista, ainda que em um turno, preferencialmente que coincida com o horário praticado pelos bancos, até que a situação de risco esteja sob controle, com a posterior normalidade do funcionamento.

A sugestão da CDL é que ocorra uma reabertura de forma responsável, levando em conta todas as medidas protetivas necessárias, incluindo o cuidado não somente com os colaboradores com risco ou que convivam com grupo de risco, além das grávidas, assim como para os consumidores em geral.

A flexibilização das medidas restritivas ao funcionamento do comércio, permitindo a abertura de vários segmentos, já ocorre em muitas cidades baianas. ”A CDL de Jequié reconhece e preza por todos os cuidados que precisam ser tomados em benefício da população para a inibição do contágio do coronavírus, mas não se pode deixar de entender o grave estado de emergência econômica que já se estabeleceu no comércio local, com, inclusive, demissões já efetivadas”, destaca o documento.

”A CDL de Jequié deixa claro que, a prioridade número um é a preservação de vidas, contudo, deve-se reconhecer, também, que o fechamento do comércio tem afetado enormemente as empresas que dependem de faturamento diário para seguirem ativas no mercado o que evitaria uma onda de demissão em massa”, justifica a entidade na nota.

Covid-19: Tráfego injustificado de pessoas nas ruas de Jaguaquara preocupa o MP, que pede isolamento

/ Jaguaquara

É grande o número de pessoas nas ruas. Foto: Blog Marcos Frahm

Em Jaguaquara, cidade com o maior número de habitantes do território de identidade Vale do Jiquiriçá, as autoridades locais se dizem preocupadas e com dificuldades para controlar aglomerações em meio às ações de combate ao coronavírus.

A Prefeitura já baixou dois decretos que impõem medidas restritivas na cidade, sobretudo o fechamento de estabelecimentos comerciais. O novo decreto, de Nº 049, até que flexibiliza o comércio, mas mantém a maior parte dos estabelecimentos fechada, sendo autorizados para o funcionamento apenas os que são considerados de serviços essenciais.

Contudo, os comentários nas ruas são de que a Prefeitura, apesar do decreto que fecha o comércio não desenvolveu ações suficientes de restringir o tráfego injustificado de pessoas nas vias públicas, não realizando barreiras sanitárias, o que vem ocorrendo em outras cidades e não promovendo nenhuma campanha de conscientização aos caminhoneiros, em face ao grande número de caminhões que adentram diariamente no município margeado por duas rodovias federas, BRs 420 e 116 e que é considerado o maior centro de comercialização de produtos hortifrutigranjeiros, inclusive sediando o Mercado do Produtor – Ceasa, que segue funcionando.

Em semana de pagamento de benefícios previdenciários, as filas de pessoas formando aglomerações em correspondentes bancários e agências bancárias da cidade são perceptíveis, chamando a atenção da Polícia Militar, que tem atuado para tentar evitar aglomerações como forma de prevenção ao Covid-19.

O promotor de Justiça, titular da Comarca local, Lúcio Meira Mendes, tem demonstrado preocupação diante do número de pessoas circulando nas ruas e vem fazendo apelo durante entrevistas a emissoras de rádio de Jaguaquara para que os munícipes se conscientizem da importância do isolamento social no momento, citando como exemplo o erro do prefeito de Milão, na Itália, o Giuseppe Sala, que apoiou a campanha ”Milão não para”, que pedia que a cidade não paralisasse suas atividades no início da pandemia de coronavírus e posteriormente centenas de italianos morreram infectados.

Em entrevista nesta semana, o representante do Ministério Público, que chegou a se reunir com prefeitos do Vale, sugerindo medidas a serem adotadas para conter a proliferação da doença, disse ter consciência de que um grande número de pessoas depende da economia informal para sobreviver em Jaguaquara e outros municípios da região, que o coronavírus paralisou a vida social e impôs uma rígida política de quarentena nas cidades, mas que a prioridade é a vida, classificando o isolamento como principal alternativa de prevenção.

 

*Nota original do Blog Marcos Frahm

Boletim epidemiológico: Jequié diz que número de casos suspeitos de Covid-19 cai para 12

/ Jequié

A Prefeitura de Jequié informou que vem, desde a chegada da pandemia de coronavírus na cidade, implementando ações para evitar a disseminação da doença entre a população, por meio de um trabalho coletivo da Secretaria de Saúde e das demais secretarias, departamentos e órgãos municipais e estaduais.

Como resultado desse esforço conjunto, até às 18h desta quarta-feira, 48 casos foram notificados, desses 35 foram descartados e 12 casos suspeitos seguem em investigação. Um caso foi confirmado positivo para coronavírus no município, até o momento.

Estado vai pagar conta de luz de 677 mil baianos pelos próximos três meses, diz governador

/ Bahia

Rui anuncia apoio a baianos com Cadastro Social. Foto: Carol Garcia

Um anúncio feito pelo governador Rui Costa, na sede da Governadoria, no fim da tarde desta quarta-feira (1º), garantiu duas boas notícias para os baianos. Em função da crise gerada pelo novo coronavírus, o Estado vai assumir, pelos próximos 90 dias, o pagamento da conta de luz de mais de 677 mil pessoas que tenham Cadastro Social e consumam até 80 kilowatt (kW) por mês. Além disso, após atualização da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), a Bahia passou a registrar 34 pacientes curados da Covid-19, o que representa quase o dobro do número informado no último boletim divulgado pelo órgão.

De acordo com Rui, um projeto de lei que viabiliza a ação será enviado, já nesta quinta-feira (2), para a Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). ”Espero que esse projeto seja aprovado o mais rápido possível. Trata-se de mais uma iniciativa para ajudar quem mais precisa, pessoas em situação de extrema pobreza. Todo aquele consumidor que, atualmente, consome até 80kW por mês terá a conta de energia elétrica paga pelo Governo do Estado durante 90 dias. Ao todo, são 677.524 mil ligações, ou seja, mais de 677 mil famílias baianas ajudadas por essa iniciativa e com o dinheiro economizado pelos próximos três meses”, informou.

O governador reforçou que, mesmo chegando a 34 pacientes curados do novo coronavírus, as medidas de proteção à vida devem continuar. ”É importante que todos fiquem em casa e saiam apenas se for absolutamente necessário”, concluiu.

Boletim epidemiológico: Bahia tem 246 casos confirmados de coronavírus, diz Sesab

/ Bahia

A Bahia registra 246 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 3,8% do total de casos notificados. Até o momento, 1763 casos foram descartados e houve dois óbitos, ambos de pessoas residentes em Salvador que apresentavam comorbidades associadas. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta quarta-feira (1º). Ao todo, 34 pessoas estão curadas e 33 encontram-se internadas.

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Dentre os casos confirmados, 52,03% são do sexo masculino e 47,97% do sexo feminino. O coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (3,44), indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

Diferente do que foi divulgado no boletim anterior, o município de Catu não possui casos confirmados de Covid-19. Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Mais um dia é marcado pela solidariedade aos caminhoneiros nas rodovias federais

/ Trânsito

PRF e o projeto ”Siga em frente caminhoneiro”. Foto: Divulgação

Iniciada no último sábado (28), a campanha promovida pela PRF ”Siga em frente caminhoneiro” em apoio aos profissionais que garantem o abastecimento da população em todo o país, contou nesta quarta-feira (01) com demonstração de solidariedade e engajamento social em diversos pontos das rodovias federais baianas.

Nas unidades operacionais da Polícia Rodoviária Federal da Bahia, em Simões Filho, Feira de Santana, Senhor do Bonfim e Vitória da Conquista, foram distribuídos pelos voluntários e doadores alimentos a centenas de caminhoneiros.

Os kits de alimentos e marmitas foram entregues aos caminhoneiros em esquema de drive thru, em alguns pontos o condutor pode desembarcar e receber almoço fornecido por restaurantes locais que se solidarizaram com a ação, uma vez que diversos estabelecimentos comerciais do tipo hotéis e restaurantes estão fechados ao longo das rodovias em razão das medidas necessárias adotadas pelas autoridades para o enfrentamento da COVID-19, reduzindo as opções de apoio aos caminhoneiros ao longo da viagem.

Os PRFs além de garantirem a segurança do trânsito e do fluxo, também se envolveram diretamente nas entregas dos alimentos, compartilhando o espírito solidário juntamente com os voluntários.

O apoio da sociedade civil, de pessoas físicas e também empresas e entidades privadas, vem sendo de extrema importância para a continuidade da campanha.

Diversas foram as doações, somando centenas de kits alimentação, como 600 kits doados pela Empresa Bravo Caminhões (entregues hoje e entrega amanhã nas unidades operacionais PRF/BA de Simões Filho e Feira de Santana), 80 marmitas fornecidas pelo Restaurante La Forneria (para distribuição nos dias 31/03 a 02/04 na unidade operacional PRF/BA em Vitória da Conquista), além da Concessionária Viabahia que desde o início da campanha forneceu 300 kits por dia, a serem distribuídos por 15 dias nas unidades operacionais PRF/BA de Feira de Santana e Vitória da Conquista.

 

Médico é primeiro contaminado por Covid-19 em município de Ipiaú, diz secretária de Saúde

A secretaria de saúde de Ipiáu, no Sudoeste, confirmou nesta quarta-feira (1°) o primeiro caso de novo coronavórus no município.

Segundo a secretária de saúde, Laryssa Fernandes, o paciente já está em isolamento domiciliar desde o dia 18 de março. Segundo o Giro em Ipiaú, o paciente é um médico.

A pasta de saúde informou que ele apresentou quadro de melhora e segue amparado pelo Covid Ipiaú, equipe que acompanha os casos na cidade.

Pesquisadores e professores de Jequié se unem para produção e doação de máscaras contra Covid-19

/ Jequié

Professores da UESB produzem máscaras. Foto: Divulgação

Nesse difícil período que todos estamos passando em meio a pandemia do coronavírus, muitas pessoas buscam ajudar o próximo utilizando os seus conhecimentos. Este é o caso dos pesquisadores, professores e voluntários da UESB – Campus Jequié, IFBA – Campus Jequié, Secretaria de Saúde do Município de Jequié,

Multiarte Comunicação Visual, Innovate e Checklab que se uniram para a fabricação dos escudos faciais. O chamado Face Shield protege o rosto e evita contato de gotículas que possam chegar na boca, nariz e olhos.

A meta inicial da campanha é a produção de 1000 mascaras e em seguida doar elas para profissionais de saúde, da limpeza, da segurança pública e outros trabalhadores que estão nas ruas neste momento. Para conseguir atingir a meta, o grupo HUB Jequié criou uma vaquinha virtual onde são feitas doações para ajuda na produção das máscaras . Caso queira realizar uma doação acesse o link a seguir:  doação vaquinha virtual.

Mulher de 35 anos é morta a tiros dentro de casa em Jequié; jovem é assassinado horas depois

/ Jequié

Patrícia Faustino Santos foi morta a tiros. Foto: Blog Marcos Frahm

Uma mulher foi morta a tios em Jequié, na manhã desta quarta-feira (1º), dentro de um imóvel na localidade de Bom Sossego, no bairro Jequiezinho. Segundo informações policiais, a vítima, identificada como Patrícia Faustino Santos, 35 anos, natural de Jitaúna, apresentava perfurações à bala pelo corpo, inclusive com o rosto desfigurado decorrente dos disparos que lhe atingiram.

O corpo de Patrícia foi encaminhado ao IML por uma equipe de peritos do Departamento de Polícia Técnica de Jequié, que realizaram serviço pericial no local. Horas após o crime, em uma rua ao lado, no Bom Sossego, também foi assassinado a tiros Caio Soares dos Santos, 22, cujo corpo já foi encaminhado ao IML. A polícia ainda não tem informações sobre autoria e motivação dos crimes, mas tralha com a hipótese de que um caso tem ligação com o outro, ou seja, que Caio teria relação com a morte de Patrícia e que foi morto por vingança e não descarta relação com o tráfico de drogas.

No domingo, outra mulher, Ivana Santos de Oliveira, foi socorrida ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV depois de baleada e não resistiu aos ferimentos.

Jequié: Pé Roxo deixa o PT relatando com reprovando às diretrizes políticas do partido

/ Jequié

Em petição formalmente endereçada ao presidente municipal do Partido dos Trabalhadores-PT em Jequié, Caio César, o ex-vereador José Carlos Bastos Pereira (Pé Roxo), requereu a sua desfiliação do partido, ”em caráter irrevogável e irretratável”. No texto, o ex-vereador faz o relato de fatos a partir de sua filiação e militância política que durou 13 anos. ”Na eleição de 2012, na qual saí vitorioso no pleito ao poder legislativo municipal, o diretório do PT resolveu se abster de uma candidatura própria e declarou apoio ao que classifico como o desastroso governo de Tânia Brito (PP), governo ao qual me opus desde o início do mandato, mesmo sob pressão de alguns setores do partido. Não cedi, continuei, e me mantive confiante no estatuto democrático e na história de um partido que tinha e ainda têm respeitadas lideranças, mas, não costumava ter donos”, diz.

Pé Roxo lembra ainda da campanha estadual de 2014, vencida pelo atual governador Rui Costa,  ”desconhecido e desacreditado naquele momento figurava nas pesquisas eleitorais com 3% das intenções de votos e graças a uma forte campanha e um trabalho árduo da militância petista venceu de forma arrasadora o pleito eleitoral daquele ano. O governo do estado passou a se envolver diretamente nas eleições municipais de Jequié e outras cidades da região, sempre visando candidaturas que lhe garantissem capital político e lhe permitisse criar sustentáculos de apoios para futuras reeleições. Exemplo disso foi a retirada de última hora de uma candidatura própria do PT em 2016, propondo a mim ser candidato a vice numa chapa com o querido pedetista Tadeu Cafezeiro. Mais uma vez dei um voto de confiança ao partido e cedi mesmo com o nome em alta naquela ocasião, devido ao combativo e até hoje reconhecido mandato de vereador que fiz nos três anos anteriores”, acrescenta.

Narra ainda Pé Roxo que, ”agora, em 2020, a mesma história tende a se repetir, mais uma vez a maioria do ”diretório municipal” decide pela recusa de uma candidatura própria do partido, tirando o protagonismo do PT jequieense e colocando uma sigla tão importante na história do Brasil num mesmo patamar que nanicos de centro, onde as negociações de cargos e outras práticas politiqueiras se tornam lugar comum, afastando ainda mais o Partido dos Trabalhadores da sua origem esquerdista e antissistema”. Nas suas conclusões o ex-vereador fez agradecimentos aos companheiros com os quais militou no período ”em que estive petista” diz. Do Jequié Repórter

Cem mil testes rápidos serão feitos nas ruas de Salvador para identificar casos da Covid-19

/ Bahia

ACM Neto comenta ações na capital. Foto: Vagner Souza/BNews

Cem mil testes rápidos para identificação de casos do novo coronavírus começarão a ser feitos nas ruas de Salvador na próxima segunda-feira (6). A informação foi divulgada nesta quarta (1°) pelo prefeito ACM Neto, durante uma coletiva de imprensa para o anúncio da parceria entre prefeitura e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Segundo Neto, os testes serão feitos com motoristas nas ruas da capital baiana, em um esquema similar aos das blitze da Lei Seca. Profissionais da saúde vão medir a temperatura corporal dos passageiros e, caso identificado febre, o procedimento para identificação da doença será aplicado.

A confiabilidade do teste, explicou, chega a 86% e, caso o resultado seja positivo, o paciente deve fazer uma contraprova no Laboratório de Saúde Pública do Estado da Bahia (Lacen). O resultado chega por SMS no celular do paciente em até dois dias.

”Os testes já foram adquiridos e se chegarem neste final de semana, a partir de segunda, já começamos a realizar em larga escala. Será medida a temperatura e, logo em seguida, aplicado o teste. O motorista dá o número de celular e o resultado chega em até dois dias por SMS”, explicou.

Justiça Federal suspende liminar que impedia nova classificação de serviços essenciais

/ Justiça

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) suspendeu a liminar que impedia a classificação de igrejas, templos religiosos e casas lotéricas como serviços essenciais durante a pandemia do novo coronavírus. A decisão foi do presidente da Corte, desembargador Reis Friede.

Segundo o magistrado, houve ”usurpação de função” na decisão da primeira instância e consequente violação da Constituição.

”Essa usurpação de função dos poderes Legislativo e Executivo, por si só, configura grave lesão à ordem jurídica apta a autorizar o deferimento deste pedido de suspensão. Entretanto, outro relevante ponto merece ser destacado: o periculum in mora inverso. A retirada das unidades lotéricas da lista de serviços essenciais acarretaria, na prática, a possibilidade de seu fechamento por decisão de governos locais, gerando o aumento do fluxo de pessoas nas agências bancárias tradicionais e implicando aglomerações indesejadas no momento atualmente vivido pela sociedade brasileira”, entende o Friede.

O pedido de suspensão da liminar foi feita pela Advocacia-Geral da União (AGU). Sobre as igrejas, a AGU argumentou que a liminar poderia impedir a população de buscar amparo religioso e que a decisão causava grave lesão à ordem pública, por inteferir na separação dos poderes ao impor limitação ao exercício de poder do presidente da República.

A AGU argumentou também que o fechamento das lotéricas limitaria o acesso de brasileiros a serviços bancários básicos, inclusive, o recebimento de benefícios sociais. Segundo a AGU, 70% dos pagamentos de programas sociais do governo são efetuados nas casas lotéricas.

Assembleia aprova estado de calamidade pública para Jequié por conta do coronavírus

/ Política

Euclides votou favorável ao pedido de calamidade. Foto: AL-BA

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou, em sessão virtual, no início da tarde desta quarta-feira (1º), pedidos de calamidade pública para municípios baianos afetados ou não pelo novo coronavírus.

Com casos confirmados estão Jequié, Feira de Santana, Camaçari, Lauro de Freitas, São Domingos, Prado, Canarana e Conde. Já sem registros da doença estão Amélia Rodrigues, Abaíra, Ibititá, Irecê, Uibaí, Curaçá, Casa Nova, Monte Santo, Filadélfia, Lapão, Quijingue, Itanhém, Macaúbas e Jitaúna.

Para acelerar o processo, tramitado mais uma vez de forma remota, alguns deputados estaduais dispensaram tempos de discursos, além de algumas formalidades da Casa. Já outros, mantiveram os protocolos, o que acabou atrasando a aprovação.

Com a autorização dos parlamentares, as Prefeituras dos municípios poderão buscar a ampliação das despesas nas áreas de saúde e social, aliada ao cenário de redução de receitas.

Vale destacar que os pedidos de reconhecimento de estado de calamidade que chegaram ao Legislativo têm formulação semelhante, calcada na necessidade das administrações municipais readequarem seus orçamentos e metas fiscais para 2020.

”É um momento de extrema preocupação, vivenciado não só pelo município de Jequié, com um caso confirmado, mas por outros municípios baianos que confirmam o registro de pessoas infectadas ou com suspeita da doença e com o decreto de calamidade pública aprovado, os órgãos e entidades da administração municipal ficam autorizados em adotar imediatamente as medidas administrativas necessárias ao enfrentamento da Covid-19, sobretudo na questão financeira e em compras emergenciais. O momento é de união pela saúde das pessoas, inclusive, as mais necessitadas”, diz Euclides Fernandes ao justificar seu voto favorável.