Senador Cid Gomes é baleado ao avançar com trator contra PMs grevistas no interior doCeará

/ Nordeste

O senador licenciado Cid Gomes (PDT), de 56 anos, foi atingido por dois disparos de arma de fogo na cidade de Sobral, no interior do Ceará, na tarde desta quarta-feira, 19. Um vídeo mostra o momento em que Gomes, dirigindo um trator, avança sobre um portão de um quartel da Polícia Militar; do outro lado estavam pessoas mascaradas, de onde vem os disparos. Ele foi socorrido para um hospital da cidade e passa por atendimento médico. Ciro Gomes, irmão de Cid, disse que não há risco de morte.

A tensão do governo do Estado com a categoria dos policiais começou diante de uma demanda por reajuste salarial. O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou nesta quarta ter solicitado ao governo Jair Bolsonaro o apoio de tropas para reforçar a segurança no Estado, após quatro batalhões da Polícia Militar serem atacados. Os ataques foram feitos por pessoas encapuzadas, mas há suspeita de que os responsáveis sejam policiais.

Por volta das 15h15, o senador, que é ex-governador do Ceará e ex-ministro da Educação, publicou um vídeo em seu perfil no Twitter, criticando os protestos feitos policiais em Sobral. ”Meus irmãos sobralenses, eu estou chocado ao ver cenas de quem deveria dar segurança para o povo e está promovendo a insegurança, a desordem. Eu não consigo me conformar com isso” disse Cid.

Em seguida, o político pede que eleitores o recebam no aeroporto da cidade. ”Estou saindo agora para Sobral, que é a minha terra, onde eu estou vendo cenas deploráveis e quero pedir a cada irmão e irmã sobralense do bem, que não se conforma, que está indignado com essa situação, para me esperar no aeroporto. Eu estarei chegando às 16h e vamos definir, coletivamente uma estratégia para dar paz à cidade de Sobral”, encerra.

A assessoria do senador informou que ele ”passa por estabilização no Hospital do Coração de Sobral e será transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral”. No Twitter, Ciro Gomes disse que o irmão foi atingido por dois tiros de arma de fogo, que teriam sido disparados por ”policiais militares amotinados e mascarados”. ”Até aqui as informações médicas são de que as balas não atingiram órgãos vitais apesar de terem mirado seu peito esquerdo”, escreveu.

”Novos exames estão sendo feitos, mas a palavra aos familiares e amigos é de que Cid não corre risco de morte. Espero serenamente, embora cheio de revolta, que as autoridades responsáveis apresentem prontamente os marginais que tentaram este homicídio bárbaro às penas da lei”, completou.

Petrobras eleva preço da ”gasolina” nas refinarias em 3% depois de quatro cortes

/ Economia

É o primeiro aumento no preço da gasolina nas refinarias da Petrobras em 2020. Antes, a companhia havia anunciado quatro reduções, diante da queda das cotações internacionais do petróleo. A demora para que os repasses chegassem ao consumidor motivou uma campanha do presidente Jair Bolsonaro contra governadores.

De acordo com a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis), o preço da gasolina nas bombas caiu apenas 1% desde o pico de R$ 4,59 por litro atingido na semana do dia 25 de janeiro. Na semana passada, o litro do combustível era vendido no país, em média, a R$ 4,55.

Até lá, antes do reajuste anunciado nesta quarta (19), a queda acumulada nas refinarias era de 11%. Bolsonaro culpou os impostos estaduais pela demora no repasse e desafiou os estados a zerar a alíquota do ICMS, gerando uma onda de cobranças contra governadores em redes sociais.

Convocado a apaziguar os ânimos, o ministro da Economia, Paulo Guedes, admitiu depois que a proposta era inviável. Após reunião com os governadores, ele disse que a tributação dos combustíveis será incluída no debate da reforma tributária.

O reajuste anunciado ao mercado nesta quarta é visto por alguns analistas como insuficiente para cobrir a defasagem com relação às cotações internacionais. Na última sexta (14), segundo o CBIE (Centro Brasileiro de Infraestrutura), o preço da gasolina no Brasil estava R$ 0,14 abaixo da cotação do Golfo do México.

A política de preços da Petrobras é baseada em um conceito chamado de paridade de importação, que inclui as cotações internacionais, a taxa de câmbio e custos para importar os produtos, além de margens de lucro. A estatal diz, porém, que o cálculo do valor da paridade varia de empresa para empresa.

No caso do diesel, o CBIE estima que o preço interno esteja R$ 0,12 por litro abaixo das cotações internacionais. No ano, o produto acumula queda de 14% nas refinarias. Nas bombas, segundo a ANP, caiu 2,1% desde o pico de R$ 3,791 por litro da semana de 18 de janeiro. Na semana passada, saiu em média por R$ 3,711 por litro.

Nesta semana, caminhoneiros voltaram a protestar no porto de Santos. Na pauta, além de questões relacionadas ao novo zoneamento do porto, estava também o preço do combustível. O tema também vem sedo usado por petroleiros em greve para questionar as políticas da atual administração da Petrobras.

Em clima de paz e amor, sem polêmicas, Rui e Neto devem repetir Carnaval do ano passado

/ Bahia

Rui e Neto evitam disputa no Carnaval. oto: Valter Pontes / Secom

O deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante-BA) defendeu hoje (19), em entrevista à Rádio Metrópole, que é ”diferente” do presidente da República, Jair Bolsonaro, e também negou que irá recuar de se candidatar à prefeitura de Salvador em 2020.

Depois da aproximação das últimas semanas, com direito a presença em inaugurações e eventos lado a lado, Rui Costa (PT) e ACM Neto (DEM) devem fazer um carnaval pacífico a partir desta quinta-feira (19), como foi no ano passado, sem muitas polêmicas.

Muita coisa mudou de 2019 para cá na política baiana, a começar pela abertura da festa, que contou com a presença de Neto e Rui. Neste ano, o governador, convidado pelo prefeito, ainda não confirmou sua participação.

No carnaval do ano passado, o prefeito ainda negava que tivesse escolhido Bruno Reis (DEM) como seu candidato à sucessão. O presidente da Câmara, Geraldo Jr. (SD), então, se movimentava por entre partidos da base do governador. Hoje, Bruno é o pré-candidato do DEM e Geraldo, favorito a vice.

Por falar em Rui, ele só participou do carnaval publicamente até o domingo. Antes, porém, defendeu a redução de dias de festa em 2020, argumentando que o custo seria menor. ”Nas outras cidades não há esse calendário mais esticado. A única exceção é Salvador”, disse o governador. Neto, então, rebateu, também em entrevista a jornalistas, afirmando que “não é a Prefeitura quem manda no número de dias de festa. É o folião”.

Nenhum dos dois foi à tradicional saída do Ilê, no sábado. Rui, porque esteve em São Paulo, no velório do neto do ex-presidente Lula. ACM Neto não justificou.

Jaguaquara: Raimundo nega recuo de pré-candidatura a prefeito e diz estar firme na decisão

/ Jaguaquara

Raimundo durante entrevista à Rádio Povo. Foto: Dilson Pirôpo

O presidente da Câmara de Jaguaquara, Raimundo Louzado (PR) defendeu hoje (19), em entrevista à Rádio Povo FM, a boa relação entre os poderes Legislativo e Executivo, ao anunciar que os trabalhos na Câmara serão retomados em sessão solene nesta quinta-feira (20).

Apesar de considerado um dos principais opositores do prefeito Giuliano Martinelli (PP), que exerce o segundo mandato e lançará, oficialmente, candidato ou candidata à sua sucessão, Raimundo segue em fase paz e amor, evitando críticas, mesmo não tendo mais contato com o prefeito, desde que assumiu a presidência da Câmara ao derrotar uma vereadora prima do chefe do Executivo na disputa pelo cargo de presidente. ”Eu sempre mantive o respeito com os poderes, que são independentes, mas precisam ser harmônicos. Em hipótese alguma nós levaremos as questões políticas para o plenário da Câmara. A política será feita da porta para fora e eu não faço a política do quanto pior, melhor”, disse Raimundo, acompanhado do assessor jurídico da Casa Legislativa, o advogado Marcos Ernesto.

Quando indagado sobre recuo de pré-candidatura, o presidente assegurou que o projeto político está mantido. ”Estou preparado. Sou pré-candidato, tenho conversado com lideranças, com pré-candidatos a vereador, tenho o apoio incondicional do deputado Antônio Brito, do senador Otto Alencar e vejo com muita tranquilidade que temos como formar um grupo para ganhar a eleição. Eu estou firme na minha decisão”, afirmou.

Raimundo concluiu, quanto ao assunto político-eleitoral, dizendo que acredita em consenso entre os outros nomes que se posicionam na condição de oposição a atual gestão e espera contar com o apoio do ex-prefeito Ademir Moreira, este que também se apresenta como pré-candidato, mas que teria que resolver pendência junto à Justiça Eleitoral para uma possível candidatura. Louzado deverá ser filiado ao PSD em março, com visita do senador Otto ao município.

Jequié: Prefeito volta a comentar vídeo sugerindo negociação de propina e diz ser vítima de chantagem

/ Jequié

Sérgio da Gameleira em coletiva à imprensa. Foto: João Lourenço

Em coletiva à imprensa nesta quarta-feira (19), o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira (PSB), voltou a afirmar que os vídeos que circulam sugerindo negociação de propina fazem parte de uma armação contra ele.

Em nota, o prefeito disse que procurou um agiota para resolver uma questão pessoal e que a situação não teve relação com a prefeitura. Gameleira declarou que a pessoa teria gravado o encontro e tentado, por meio da gravação, forjar uma armação.

O gestor disse que tinha convicção de que não cometeu irregularidade e também não se rendeu a ”chantagem’. No entanto, dias depois os vídeos estariam adulterados, o que chamou a atenção nas redes sociais. Sérgio da Gameleira acredita que a ação tem motivação política. Ainda na nota, o gestor disse que ”o autor da chantagem teria alertado que cuidassem dos seus pais, pois o conteúdo dos vídeos abalaria a toda família”.

Gameleira ainda afirmou que ”não responde a processo na Justiça e que, até a presente data, tudo que foi denunciado contra a sua gestão já foi arquivado”, diz o trecho final da nota. As informações são do site Bahia Notícias

Acumulada há 14 concursos, Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 170 milhões

/ Esporte

Acumulada há 14 concursos, a Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (19) prêmio estimado em R$ 170 milhões. O sorteio das seis dezenas do concurso 2.235 será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

O sorteio é aberto ao público, que pode acompanhar também pelo Facebook e canal Caixa no Youtube. De acordo com a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, poderia render aproximadamente R$ 440 mil por mês.

”O concurso 2.235 tem premiação maior por ter final 5. Concursos da Mega-Sena com final 0 e 5 têm premiações mais atrativas, porque parte da arrecadação de outros concursos é reservada a eles”.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa, em todo o país. A cartela, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Itabuna: Defesa perde prazo para recurso e o prefeito Fernando Gomes fica inelegível

/ Justiça

Fernando Gomes é acusado de improbidade. Foto: Reprodução

Uma perda de prazo para recurso da parte da defesa do ex-prefeito de Itabuna Fernando Gomes pode lhe custar a disputa eleitoral no município este ano.

É que Gomes não teria se dado conta de que o prazo para recorrer de uma ação na qual foi acusado de improbidade administrativa pelo Ministério Público Estadual estava para expirar e agora não tem mais como derrubar a decisão judicial que o condenou. Acalentada há anos, a candidatura à Prefeitura, portanto, foi por água abaixo.

Criado pelo Governo, Programa Brasil Mais pretende atender 200 mil empresas até 2022

/ Economia

Concebido como um programa para melhorar a gestão e a produção das micro e das pequenas empresas, o Brasil Mais pretende atender 200 mil empregadores até 2022, informou o Ministério da Economia. O decreto de criação do programa foi assinado ontem (18) pelo presidente Jair Bolsonaro.

O programa usará metodologias e ferramentas de baixo custo para melhorar a capacidade de gestão e de produção, reduzir desperdício e aprimorar processos, em um cenário de transformação digital. Os setores beneficiados serão a indústria, o comércio e os serviços.

Para participar do programa, as empresas devem se cadastrar no portal Brasil Mais e responder a uma avaliação do grau de maturidade, de produtividade e de gestão. Depois dessa etapa, a companhia será encaminhada para o atendimento assistido do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), no caso das indústrias, ou para o Serviço Brasileiro de Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para as empresas dos demais setores que faturam até R$ 4,8 milhões por ano.

Segundo o Ministério da Economia, o programa se baseia em experiências internacionais e em iniciativas de impacto para melhorar a produtividade das empresas. Coordenado pela Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade da pasta, o Brasil Mais será gerido pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e executado pelo Senai e pelo Sebrae.

Atendimento

O Senai atenderá indústrias de 11 a 499 funcionários. Fará a capacitação profissional, promovendo o aprendizado coletivo em grupos de seis a oito empresas, e conduzirá consultorias especializadas em práticas e tecnologias que potencializem os resultados da produção, com base nas metodologias de manufatura enxuta. Ao todo, 1,3 mil consultores atuarão em todo o país, além de professores e tutores dos cursos de capacitação, online e presenciais e equipes de suporte.

O Sebrae oferecerá orientação técnica e consultorias individuais, para que os micro e pequenos empresários aperfeiçoem habilidades e práticas gerenciais. Após um diagnóstico aprofundado da gestão da firma, será desenhado um plano de ação personalizado, com medidas de gestão e inovação. O órgão disponibilizará 1,1 mil Agentes Locais de Inovação (ALI) em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para acompanhar as empresas individualmente e centenas de consultores para atendimentos especializados.

O programa terá três etapas. A primeira será a otimização, que busca reduzir desperdícios, aumentar e produtividade e estabelecer metas e indicadores para as empresas. Batizada de transformação digital, a segunda etapa estimulará o uso de tecnologias digitais para aperfeiçoar a produção e a gestão. As empresas com maturidade avançada passarão para a terceira fase, a acelerar a adoção de tecnologias da Indústria 4.0 por meio de projetos pilotos. Caso a tecnologia seja bem sucedida, o método será estendido a outras empresas.

Repercussões

Em nota, o presidente do Sebrae, Carlos Melles, destacou que o aumento da produtividade brasileira passa pelas micro e pequenas empresas, que concentram 99% dos negócios do país. ”Acreditamos que o Brasil Mais será a porta de entrada para disseminar melhorias gerenciais e inovações tecnológicas de modo a aumentar a participação dos pequenos negócios no Produto Interno Bruto (PIB), de 27% para 40% na próxima década”, ressaltou.

Em comunicado, o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, informou que o programa ajudará a tornar as empresas brasileiras mais competitivas. ”Acreditamos que o programa estimulará o aumento dos investimentos necessários à tão desejada retomada do desenvolvimento econômico e social do país, viabilizando a geração de mais e melhores empregos para os brasileiros”, declarou.

Bolsonaro insulta repórter com insinuação sexual durante entrevista; ela queria dar um furo

/ Imprensa

Bolsonaro em pé de guerra com à imprensa. Foto: Marcos Corrêa

A jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha de S. Paulo, foi insultada pelo presidente Jair Bolsonaro, na tarde desta terça-feira (18), com insinuação sexual.

”Ela queria dar um furo. Ela queria dar um furo a qualquer preço contra mim”, disse Bolsonaro, rindo junto com simpatizantes, durante uma entrevista em frente ao Palácio da Alvorada.

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, a declaração do presidência foi uma referência ao depoimento de um ex-funcionário de uma agência de disparo de mensagens de WhatsApp, dado na semana passada à CPMI das Fake News no Congresso.

O depoimento foi de Hans River do Rio Nascimento, que trabalhou para uma empresa de marketing digital, a Yacows, na campanha eleitoral de 2018.

Fila de espera do programa ”Bolsa Família” já chega a 3,5 milhões de pessoas

/ Economia

A fila de espera do Bolsa Família chegou a 3,5 milhões de pessoas. O número representa 1,5 milhão de famílias de baixa renda.

Por causa do gargalo na rede de assistência social, pequenos e médios municípios voltam a encarar a população recorrendo às prefeituras em busca de comida e outros auxílios. Os chamados benefícios eventuais sobrecarregam o orçamento das gestões.

De acordo com informações do Estado de S.Paulo, dados do Ministério da Cidadania apontam queda brusca no volume de concessões do benefício a partir de maio de 2019. Naquele mês, foram 264.159 famílias incluídas na lista de beneficiários. De junho até outubro, as entradas ficaram no patamar de 2.542.

O ministério reconheceu a redução no número de concessões e garantiu que isso seria normalizado com a reformulação do programa. No entanto, técnicos consultados pelo Estadão indicam que a redução pode ter sido uma manobra para garantir o caixa necessário para o pagamento do 13º salário do benefício, promessa de campanha de Jair Bolsonaro.

O supervisor do Núcleo de Desenvolvimento Social da Confederação Nacional dos Municípios, Denilson Magalhães, diz que o congelamento precoupa gestores municipais. “Os benefícios sociais são dinheiro que circula na economia local. Sem eles, deixa de circular dinheiro. Sofrem a economia local e as pessoas mais carentes”, acrescenta.

O Nordeste é onde está a maior parcela de defasagem. Das 1,5 milhão de famílias. 606.835 estão distribuídas pelos nove estados da região. O número corresponde a 39,1% das famílias que deveriam ser beneficiária,s mas não são. Os outros 36,8% estão espalhados pelo Sudeste (total de 571.609 famílias).

Jovem ex-presidiário é morto a tiros em Jequié; polícia registra o terceiro crime em dois dias

/ Jequié

Wesley Oliveira Santos foi morto na Cachoeirinha. Foto: BMFrahm

Mais um crime de homicídio é registrado pela polícia em Jequié. Desta feita, Wesley Oliveira Santos, 20 anos, foi abatido a tiros, cujo corpo foi encontrado por populares momentos depois do crime, que teria ocorrido às 19h50, na Rua 1 do bairro Cachoeirinha.

Indivíduos teriam deflagrado vários tiros contra o jovem, que tombou morto no local. A Polícia Militar foi acionada, tendo realizado rondas na região, mas não encontrou os autores do homicídio. Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica esteve no local e providenciou o encaminhamento do cadáver ao IML.

O caso é mais um que passa a ser investigado pela Polícia Civil. Conforme informações, Wesley já esteve preso no Conjunto Penal, pela prática de roubo de celulares na cidade.

Jequié não registrava crimes violentos há 47 dias. Na última segunda-feira, também na Cachoeirinha, Urias Marques Santos, de 26 anos, foi morto a tiros e, horas depois, a técnica de enfermagem Elcione Santos Matos, 26, foi assassinada dentro de casa, na Baixa do Bonfim.

Batida entre caminhão e carro funerário que transportava corpo deixa mortos na BR-324

/ Trânsito

Acidente matou 2. Foto: Brigada Voluntária Anjos Jacuipenses

Duas pessoas morreram durante uma batida entre um caminhão e um carro funerário, na BR-324, altura de Riachão do Jacuípe, na região de Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (18). As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Conforme a polícia, em informações publicadas no G1, o caso ocorreu por volta das 5h40, no Km-450. Apesar disso, não há detalhes sobre as circunstâncias da batida. Um corpo estava dentro do carro funerário na hora do acidente.

O motorista, identificado como Erisvan Souza da Silva, 42 anos, e um passageiro do carro funerário morreram no local. Os corpos foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha.

Já o motorista do caminhão não teve ferimentos e por isso não foi necessário acionar atendimento médico. O caso é acompanhando pela PRF e também pela Polícia Civil.

Universidade Estadual do Sudoeste/Uesb divulga os gabaritos definitivos do Vestibular 2020

/ Educação

A Comissão Permanente de Vestibular (Copeve) informa que os gabaritos definitivos (após análise de recursos) do Vestibular Uesb 2020 já estão disponíveis para consulta no site do Vestibular.

Os arquivos finais contemplam tanto as provas do primeiro dia (Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, Língua Estrangeira e Matemática) como do segundo dia (Ciências Humanas e Ciências da Natureza).

Em caso de dúvidas, basta entrar em contato com a Copeve pelos telefones (77) 3261-8604, em Itapetinga; (73) 3528-9695, em Jequié, e (77) 3424-8757, em Vitória da Conquista; pelo e-mail [email protected]; ou, ainda, pelo WhatsApp (77) 9 8146-7537.

Jequié: Prefeito comenta publicação de vídeo na rede social; ”eu seis os interesses que estão por trás”

/ Jequié

Sérgio diz que tratava de coisas pessoais. Foto: log Marcos Frahm

O prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, ao participar da abertura dos trabalhos legislativos na Câmara Municipal, em sessão realizada na noite desta terça-feira (18), comentou a polêmica de um vídeo com sua voz e imagem nas redes sociais, em uma suposta negociação de propina com dois homens não identificados, tendo um deles conversado com o prefeito no vídeo, segurando um saco contendo dinheiro.

O vídeo viralizou nas redes sociais, desde a noite da última segunda-feira, com duras críticas de opositores do gestor e reação da população, que foi pega de surpresa com as postagens.

Ao finalizar o seu discurso enquanto fazia a leitura da mensagem do Executivo ao Poder Legislativo, na presença de 19 vereadores, secretários municipais, servidores da prefeitura e membros da imprensa local Gameleira fez questão de afirmar que sabe o que está por trás de tudo isso, referindo-se a propagação do vídeo.

O prefeito disse que estava resolvendo coisas da vida pessoal. ”Coisas que eu estava resolvendo da minha vida pessoal, como qualquer cidadão. Eu sou igual a qualquer um de vocês, tenho uma vida normal. Sou um filho de um casal que muito contribuiu para essa cidade, pois tenho minha mulher, meus filhos, minha família. Agora se eu faço um aniversário, uma viagem, vira assunto carnavalesco. Eu sei os grandes interesses que estão por trás disso. Claro que eu sei que querem a qualquer forma usurpar o poder”, desabafou Gameleira, que preferiu não se aprofundar no assunto e foi aplaudido pelos aliados presentes na Casa, conforme acompanhou o Blog Marcos Frahm.

Horas antes do discurso do gestor, a sua assessoria teria emitido nota pública informando que o vídeo partiu de uma página Fake no Facebook, denominada Acorda Jequié, que veiculou o vídeo gravado ”às escondidas e adulterado”.