Ministério da Educação publica texto que cria novas diretrizes para formação de professores

/ Educação

O ministério da Educação (MEC) publicou o texto que cria a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação). O documento define como deve ser a formação de licenciatura para futuros professores, e é baseado nas exigências da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que define as necessidades de aprendizado de alunos tanto da rede pública quanto da rede particular.

A maior mudança, de acordo com o documento, é a exigência de aulas práticas presenciais que envolvam a equipe docente das instituições responsáveis por cursos de licenciatura. ”A resolução estabelece as diretrizes e habilidades que irão nortear a formação inicial, definindo as competências que deverão ser desenvolvidas nos futuros professores”, explicou Janio Macedo, secretário de Educação Básica do MEC.

Cursos à distância também deverão oferecer aulas com atividades presenciais, ainda que uma grande parte do processo de formação aconteça remotamente. ”Para a oferta na modalidade de Ensino à Distância (EaD), as 400 horas do componente prático, vinculadas ao estágio curricular, bem como as 400 horas de prática como componente curricular ao longo do curso, serão obrigatórias e devem ser integralmente realizadas de maneira presencial”,afirmou o secretário.

Segundo o texto, os futuros docentes deverão desenvolver habilidades que instiguem o senso ético, humano, e criem reflexão e possibilidade de anáise no decorrer do ensino. A nova formação também prevê o desenvolvimento de habilidades com uso de tecnologias e o uso de dados e informações científicas para desenvolver argumentos no decorrer da vida curricular. Da Agência Brasil

Em Jaguaquara, suspeito rouba loja, foge com moto do gás e acaba preso pela Polícia Militar

/ Política

Motocicleta foi recuperada pela Polícia Militar. Foto: Divulgação

Após ser informada sobre um roubo em uma loja de vestuário infantil, no Centro de Jaguaquara, onde fora subtraída a quantia de R$ 150,00, uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e se dirigiu ao local indicado, constando a veracidade da denúncia.

Segundo informou a 3ª Cia, após tomar conhecimento das características do suposto autor, os policiais iniciaram diligências, com objetivo de efetuar a prisão do indivíduo e foram acionados e informados que um homem com as mesmas características do crime anterior havia furtado uma motocicleta para fuga.

Ainda conforme a PM, de posse das informações necessárias, a guarnição localizou o suposto criminoso, que ao avistar a viatura fugiu  pelas ruas da cidade; houve acompanhamento e nas proximidades da rodovia BA-540, ele foi alcançado, abordado e preso, momento em que fora recuperado o veículo subtraído, uma moto que era utilizada para entrega de gás de cozinha. O indivíduo foi apresentado na Delegacia Territorial de Jaguaquara para adoção das medidas cabíveis.

Embasa lava reservatório e 4 áreas da cidade de Jequié ficam sem água nesta quarta (12)

/ Jequié

A Embasa divulga para esta quarta-feira (12), no período das 5h às 17h, a lavagem do reservatório do Mandacaru, em Jequié, deixando o bairros e mais as localidades de Km 3, Km 4 e Fazenda Velha sem fornecimento de água por conta dos serviços.

A suspensão do abastecimento a princípio ocorre no período da lavagem do reservatório mas, a expectativa da empresa para a normalização do sistema tem prazo médio entre 24 e 48 horas. As informações são do site Jequié Repórter

Em 2019, PRF retirou de circulação mais de 8 mil toneladas de excesso de peso das rodovias

/ Trânsito

A PRF Neila Cardoso, Chefe da Nona Delegacia. Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia flagrou 8,3 mil toneladas de excesso de peso transportados em veículos de carga no ano passado. Um aumento de quase 32% nesse tipo de infração, se comparado a 2018 quando foram retiradas de circulação 6,3 mil toneladas. O que também subiu foi a quantidade de notificações. Em 2018, foram emitidos 860 autos de infração e em 2019 foram 1.196, número 39% maior.

A PRF nos últimos anos intensificou a fiscalização dos veículos de transporte de cargas com o objetivo de coibir condutas irregulares na execução desse tipo de transporte e possíveis ilícitos criminais, contribuindo assim para a fluidez do trânsito, conservação do pavimento asfáltico da rodovia e segurança dos usuários nas rodovias federais.

Com vistas a auferir mais lucros, muitas empresas acabam colocando toneladas de excesso de peso nos caminhões, inclusive, ajustam as carrocerias para carregar mais mercadorias. Estudos apontam que o excesso de peso diminui em 50% a vida útil das estradas. Os danos causados ao pavimento deixam trilhas de rodas ou afundamento do asfalto, que interferem na dirigibilidade de veículos de passeio, como automóveis e motocicletas.

Entre os principais problemas ocasionados pelos veículos com carga acima do permitido está a elevação dos poluentes na atmosfera, causados pelo aumento do consumo de diesel. Essa conduta causa ainda desgaste mais rápido nos veículos, principalmente pneus, suspensão, feixes de mola e até empenamento do chassi.

Tendo em vista que a BR 101 que corta o nosso estado é um importante corredor de passagem de cargas para as principais rodovias do Brasil, grande parte do total de toneladas de mercadorias com excesso em veículos de carga, foram registradas na Região do Extremo Sul da Bahia (2.076.449 quilos de excesso) em 454 autuações emitidas.

A PRF Neila Cardoso, Chefe da Nona Delegacia, responsável pela fiscalização de mais de 500 quilômetros de estradas federais, explica que o excesso de peso desses veículo prejudica a vida útil do asfalto, o fluxo dos carros e ainda pode provocar acidentes, tornando maior o risco de colisões e tombamentos de carga. ”O excesso de carga reduz a capacidade de desempenho e estabilidade do caminhão, e uma das consequências está na redução da capacidade de frenagem e do superaquecimento do conjunto. Em 2019 foram retiradas de circulação mais de 2 mil toneladas de excesso em nosso trecho. E a fiscalização continua acirrada, já iniciamos 2020 com mais de 100 toneladas de carga excedente que foram retiradas dos caminhões durante blitzes nos trechos de Eunápolis e Teixeira de Freitas”, apontou Neila.

Saúde: Vestibular para Medicina da Unesulbahia está com inscrições abertas até quinta-feira

/ Saúde

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de Medicina da Unesulbahia. Os interessados em concorrer a uma das vagas têm até 13 de fevereiro para preencher a ficha de inscrição disponível no portal da Instituição.

As provas acontecerão no próximo domingo (16) em quatro municípios da Bahia: Eunápolis, Salvador, Itabuna e Vitória da Conquista.

O vestibular de Medicina da Unesulbahia será composto por 55 questões objetivas sobre Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Matemática, Ciências Humanas e da Natureza, além de uma Redação.

O resultado será divulgado no dia 19 de fevereiro e os candidatos deverão se matricular nos dias 20 e 21 de fevereiro pela internet ou presencialmente na faculdade. O início das aulas está previsto para o dia 2 de março. *Por Jade Coelho

Jovem de 22 anos é morta a tiros e mãe fica ferida após homens invadirem casa no sul da Bahia

/ Bahia

Jovem foi assassinada em Porto Seguro. Foto: TV Bahia

Uma jovem de 22 anos morreu e a mãe dela ficou ferida na segunda-feira (10), após homens invadirem a casa onde moram em Porto Seguro, no sul da Bahia.

De acordo com a Polícia Civil da cidade, Geisa Costa Neri foi baleada na cama enquanto dormia. Ela foi socorrida para o Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, mas não resistiu.

A polícia investiga se Geisa foi confundida com a irmã, jovem suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas na cidade.

A mãe de Geisa também foi ferida, mas sobreviveu. Não há detalhes do estado de saúde dela. À polícia, o irmão da jovem disse que conforme relato da mãe dele, dois homens arrombaram a porta da frente do imóvel onde moram e após fazer perguntas sobre a irmã de Geisa, efetuaram os disparos

Educação: Inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) termina nesta quarta-feira

/ Educação

As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) terminam na próxima quarta-feira (12). Para se candidatar, os estudantes devem acessar a conta única do governo federal, por meio do portal.

A medida faz parte do plano de transformação digital do governo. O objetivo é simplificar a vida do cidadão, com um login, que é o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), e uma senha para todos os serviços da administração pública.

O candidato também pode acessar o portal do Fies, onde será redirecionado para o site do governo federal e, após o login ou a criação da senha, voltará para o site do programa de financiamento estudantil.

Neste semestre, o programa vai ofertar 70 mil vagas em instituições privadas de Ensino Superior. O resultado sai no dia 26 de fevereiro. O programa está dividido em duas modalidades: o Fies a juros zero para quem tem renda familiar de até três salários mínimos por pessoa e o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) para aqueles com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos.

Ministério Público pede afastamento do prefeito de Jaguaribe por gastos com festa e gestor contesta

/ Bahia

Éverton Carvalho emite nota e rebate o MP. Foto: Reprodução

A prefeitura de Jaguarari contestou o novo pedido do Ministério Público da Bahia contra o prefeito Éverton Carvalho Rocha (PSDB). O órgão denunciou novamente à Justiça gastos com festejos populares, incluindo o São João da cidade. O MP ainda pediu, mais uma vez, o afastamento do prefeito. Em nota, publicada no site BNews, o prefeito diz que o novo pedido é uma replicação de uma decisão que já foi julgada improcedente, em 2018.

O prefeito ressalta que houve deturpação do pedido feito provocando na imprensa informações errôneas, a exemplo do possível pedido de prisão do alcaide. ”O que claramente não faz parte do novo pedido, que repetimos, já foi anteriormente julgado pelo Tribunal de Justiça, restabelecendo o mandato do prefeito eleito. Vale ressaltar que o pedido é uma replicação de ação já decidida em 2019 pelo Tribunal de Justiça da Bahia, que julgou improcedente a remoção do prefeito Everton Rocha do cargo e ratificou a permanência do mesmo”, ressaltou em nota.

Segundo o alcaide, o MP pode ”ter sido abastecido com informações errôneas fica claro não somente pela repetição do pedido já tramitado, mas principalmente pela dissonância entre os argumentos e os procedimentos realizados pela administração municipal”.

A defesa do prefeito ainda negou alguns pontos da denúncia. Quanto aos investimentos em festejos superiores a ações contra a seca, a nota informa que: ”É sabido por todos em Jaguarari que o São João não é tão somente uma festa ou cultura. Além destes importantes atributos, o São João para a cidade de Jaguarari é parte da fé e da religiosidade, tendo uma importância ainda maior que muitos municípios em todo Nordeste, já que seu padroeiro é São João Batista, ou seja, junta-se ao lazer do povo a sua fé e devoção”.

Ainda sobre a contratação das bandas, a prefeitura reforça que ”todos foram contratados com base nesta singularidade e no rigor da lei e das deliberações de procedimentos estabelecidos para estes serviços no país inteiro”.

Por fim, ainda ressaltou a indignação diante das informações publicadas. ”Assim, fica nosso esclarecimento, nossa indignação, salientando que a consequência deste pedido replicado que contrasta com a decisão do Tribunal de Justiça, nos causou não só surpresa, mas nos expos a um movimento claramente orquestrado fora do âmbito do MP e da justiça, vista em alguns ‘órgãos de informação’, onde até incluir pedido de prisão inexistente como parte do pedido do MP, mostra a tentativa de convencer sem sucesso a população de Jaguarari, que não continuaríamos trabalhando pelo município, o que não irá acontecer, porque 2020 será ainda melhor e realizador que 2019”.

”Precisamos esclarecer como se dá a formação de preço nos combustíveis”, diz Rui a Paulo Guedes

/ Brasília

Fórum Nacional de Governadores, em Brasília. Foto: Carlos Prates

Ao participar do Fórum Nacional de Governadores, nesta terça-feira (11), em Brasília, o governador Rui Costa, propôs ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que seja encontrado o caminho do diálogo e do entendimento nas relações entre estados e o governo federal, sem que a política defina o tom.

Sobre o desafio recém lançado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, aos 27 governadores, de zerar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos combustíveis, o governador pontuou que é importante levar em consideração, antes de lançar desafios, a forma que se dá a formação de preços. Para Rui, as informações devem ser esclarecidas à população pelo governo federal e, assim, ficar claro todo o processo de definição de preço.

”Quem faz o preço alto de combustível no Brasil é a rede oligopolizada de fornecimento e a posição da Petrobras em diminuir refino no Brasil e adquirir todo o derivado de petróleo do exterior”, disse Rui ao pontuar que a medida é uma estratégia da Petrobras e do Governo Federal. O governador destacou ainda que ”não é o ICMS que define o preço da gasolina”.

De acordo com o governador Rui Costa, o ICMS cobrado pelo Estado da Bahia é o mesmo há 8 anos, quando o preço da gasolina estava por volta de R$2 reais.

Jair Bolsonaro é o terceiro chefe de governo mais influente no mundo nas redes sociais

/ Política

Brasileiro está atrás de Donald Trump. Foto: Alan Santos

O presidente Jair Bolsonaro é o terceiro chefe de governo mais influente no mundo nas redes sociais. O levantamento é do Índice de Popularidade Digital (IPD), elaborado pela consultoria Quaest.

Segundo a pesquisa, Bolsonaro está atrás do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O índice é calculado a partir de amostras selecionadas de 18 líderes ao redor do mundo, a partir de coletas métricas de uso de Facebook, Instagram e Twitter. O IPD tem uma escala que varia de 0 a 100, indicando a popularidade mínima e máxima possíveis. Bolsonaro teve um IPD de 52,75.

Com 14 partidos, frente de oposição a Bolsonaro instala conselho e organiza ato contra Weintraub

/ Educação

Criado com o objetivo de ser uma frente suprapartidária de oposição ao governo Jair Bolsonaro (sem partido), o movimento Direitos Já, Fórum da Democracia instalou nesta segunda-feira, um conselho político com representantes de 14 partidos. O coletivo, que é coordenado pelo sociólogo Fernando Guimarães, vai elaborar manifestos e promover atos de protesto contra ações do governo que, segundo eles, atentem contra ”a democracia e os direitos fundamentais”.

O primeiro evento do ano organizado pela frente está marcado para 30 de março, em São Luís, no Maranhão, véspera do aniversário do golpe militar de 1964. O ato terá como tema educação e o principal alvo será o ministro Abraham Weintraub, titular da pasta. O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), faz a oposição a Bolsonaro e é apontado entre líderes da esquerda como presidenciável em 2022 ou vice em uma chapa liderada pelo PT.”O ato é em defesa da educação. É inaceitável que a condução da área fique nas mãos de um ministro da ideologia”, disse Guimarães.

Integrante do conselho, o professor Nabil Bonduki, pré-candidato do PT a Prefeitura de São Paulo, disse que a ideia do grupo é fazer uma “articulação” com vistas a 2022. ”O fórum é uma articulação para formar uma frente democrática para evitar o risco da continuação de um governo autoritário”,afirmou.

O Direitos Já também se apresenta como um “laboratório” que pretende consolidar uma frente ampla anti-Bolsonaro para a próxima eleição presidencial. A reunião desta segunda teve um caráter ”ecumênico” e reuniu antigos adversários políticos.

Estavam presentes, entre outros, o deputado federal Vinícius Poit (Novo-SP), o senador Armando Monteiro (PTB-PE), o deputado federal Raul Henry (MDB-PE), a vereadora Soninha Francine (Cidadania-SP), o presidente nacional do PV, José Luiz Penna (SP) e o ex-presidenciável da sigla Eduardo Jorge (SP), o porta-voz nacional da Rede, Pedro Ivo (DF), o ex-senador José Aníbal (PSDB), o vereador Eduardo Suplicy (PT) e o ex-governador do Espírito Santo Paulo Hartung (sem partido).

Também estavam presentes representantes do PSD, Podemos, Solidariedade, PDT e PSB.

Na reunião de lançamento do movimento, em maio do ano passado, Guimarães reuniu cerca de 40 convidados, incluindo o ex-ministro Aloizio Mercadante (PT), o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) e o ex-ministro da Justiça José Gregori (PSDB). A ex-prefeita e ex-ministro Marta Suplicy (sem partido) aderiu mais tarde ao grupo para, segundo ela, ajudar a formar uma frente ampla de centro-esquerda.

No sábado, 8, a direção nacional do PT aprovou uma resolução política que privilegia a formação de frentes com partidos de esquerda, mas permite ”alianças táticas”, pontuais, com outros setores do espectro político que tenham ”contradições reais” com o governo Bolsonaro. Em setembro do ano passado o partido, por ordem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, boicotou o ato do Direitos Já no Tuca. O motivo foi a não inclusão na pauta da defesa da liberdade do ex-presidente.

Na resolução aprovada sábado o partido diz que qualquer frente que não conteste a política econômica do ministro Paulo Guedes “fará muito pouco pela democracia no Brasil e nada por sua população”. Estadão

Jequié: Pré-candidato, Alexandre Youssef nega saída antecipada da direção da Santa Casa

/ Política

Alexandre Youssef terá o apoio de Antônio Brito. Foto: Divulgação

Pré-candidato a prefeito pelo PSD, o diretor da Santa Casa de Saúde de Jequié, Alexandre Youssef, reagiu ao boato de que estaria se desligando da função que exerce na instituição pertencente à Fundação José Silveira, no bairro São Judas Tadeu, em Jequié.

Alexandre assegura que permanece no cargo até o prazo determinado pela Justiça Eleitora.  ”Só irei me afastar no final de março, prazo determinado pela justiça eleitoral para concorrer as eleições”. Uma publicação na rede social  – WhatsApp  – sobre um possível desligamento de Youssef da Santa Casa de forma antecipada teve repercussão nesta terça-feira e criou uma série de fake news nos grupos do aplicativo.

Embora negue, Alexandre deixará a Santa Casa no final do próximo mês e mergulhará de corpo e alma na disputa pela Prefeitura da Cidade Sol, com o aval e apoio o seu padrinho político, deputado federal Antônio Brito, o mais votado nas eleições de 2018 no município, onde obteve 36 mil votos válidos na última eleição.

Virus HIV em gestantes: Jovens de 10 a 19 anos representam quase 20% dos casos na Bahia

/ Saúde

Entre 2015 e 2019, a cada cinco casos de infecção pelo vírus HIV em gestantes, um foi diagnosticado em jovens com idade entre 10 e 19 anos. Nesse período, o estado registou um total de 2,4 mil casos de HIV em grávidas. Destes, 442 (18,4%) foram registrados em crianças e adolescentes. Os dados foram repassados ao Bahia Notícias pela Secretaria da Saúde Estadual (Sesab) com base no Sistema de Informação de Agravos de Notificação.

Os dados revelam, contudo, decréscimo no total de casos registrados por ano nesta faixa etária. Enquanto em 2015 foram registrados 102 infecções por HIV em gestantes de 10 a 19 anos, no ano passado houve uma redução de 59%. A tendência segue ao analisar a faixa etária de 10 a 49 anos, em que o número passou de 424 para 306, uma redução de 27%.

Os dados apontam para dois problemas de saúde que nas últimas semanas foram foco de campanhas dos ministérios da Saúde (MS), comandado por Luiz Henrique Mandetta, e da Mulher, Família e Direitos Humanos, que tem como titular Damares Alves: a gravidez na adolescência e as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

No último sábado (8), a pasta da saúde lançou a campanha ”Usar camisinha é uma responsa de todos”, de prevenção às ISTs. Desta vez, de acordo com o MS, o foco vai além da prevenção do HIV-Aids, e apresenta um novo conceito voltado para a prevenção de todas as infecções transmitidas por contato sexual. ”O objetivo é propor uma mudança de comportamento entre jovens, de 15 a 29 anos, quanto ao uso do preservativo para evitar doenças como sífilis, herpes genital, gonorreia e HPV”, publicou o Ministério da Saúde.

Entre as doenças-foco da campanha, a sífilis nos últimos cinco anos afetou 396 meninas menores de 14 anos na Bahia. Entre as adolescentes de 15 a 19 anos o número chega à casa dos milhares, com 2.344 ocorrências. Os dados estão presentes em um levantamento feito pela Sesab, repassado ao Bahia Notícias, que trata sobre diagnósticos de ISTs em crianças e adolescentes.

Em 3 de fevereiro foi lançada uma outra campanha do governo federal, intitulada “Tudo tem seu tempo: Adolescência primeiro, gravidez depois”. O objetivo, de acordo com o governo, é a redução da gravidez precoce, que acarreta “consequências para toda a vida”. A ideia da ministra Damares Alves é de que pais e responsáveis orientem as crianças e adolescentes a retardarem o início da vida sexual.

Na Bahia, diferente do governo federal, que incentiva a abstinência sexual, a estratégia adotada pelo governo estadual para combater as infecções sexualmente transmissíveis e a gravidez precoce entre os jovens do ensino médio das escolas estaduais é educação e orientação para planejamento de vida. *Por Jade Coelho

Ministério Público do Trabalho ajuíza ação civil pública contra a prefeita do município de Ipiaú

MPT acusa Maria das Graças de irregularidades. Foto: Divulgação

O Ministério Público do Trabalho (MPT) ajuizou uma ação civil pública, nesta segunda-feira (10), contra a prefeita de Ipiaú, Maria das Graças César Mendonça (PP). As informações são do portal ”Políticos do Sul da Bahia”.

Na ação assinada pela procuradora Bradiane Farias Ribeiro Lima, o MPT acusou a gestora municipal de promover seleções questionáveis para a prefeitura, com contratações de estagiários através de meras entrevistas e análises de currículo, com critérios questionáveis.

Segundo o MPT, tal modelo de contratação seria passível de fraude, visto que desprovidos de impessoalidade e tendentes a possibilitar o favorecimento indevido de candidatos.

A procuradora requer, no texto da ação, a condenação da prefeita Maria das Graças ao pagamento de R$ 100 mil, por danos morais coletivos.