Fim de jejum! Com grande atuação de Ronaldo, Vitória vence o Bahia na Arena Fonte Nova

/ Esporte

Douglas não segura o chute de Carleto. Foto: Arisson Marinho/Correio

Deu Vitória no primeiro grande clássico de 2020. O Rubro-Negro baiano bateu o Tricolor por 2 a 0 e quebrou o jejum de 12 BaVis sem vencer seu maior rival.

Os gols da partida foram marcados por Thiago Carleto e Vico, ainda na primeira etapa.

Com o resultado, o Leão assumiu momentaneamente a liderança do Grupo B da Copa do Nordeste, com cinco pontos. O Esquadrão por sua vez, permanece na quinta posição, com quatro pontos conquistados.

O JOGO

O primeiro lance de perigo da partida foi do Vitória. Logo aos dois minutos, Fernando Neto acertou um belo chute de fora da área e a bola acertou a trave esquerda de Douglas.

A resposta Tricolor veio aos 8 minutos. Élber avançou em velocidade e bateu cruzado na entrada da área, Ronaldo praticou uma bela defesa.

Aos 12, Ronaldo precisou trabalhar de novo. Após belo passe de Élber, Flávio bateu firme e obrigou Ronaldo a fazer mais uma defesa.

O primeiro gol da partida saiu aos 23. Thiago Carleto bate forte soltou o pé, em cobrança de falta, e venceu o goleiro Douglas.

A resposta Tricolor foi novamente com Élber. Após jogada em velocidade, o atacante bateu cruzado, e Ronaldo fez mais uma grande defesa.

Aos 35, Ronaldo operou mais um milagre. Após cobrança de escanteio, Juninho desviou de cabeça na primeira trave e Ronaldo fez uma defesa espetacular para manter o Vitória em vantagem no jogo.

O segundo gol do Leão saiu aos 43. Após cobrança de escanteio, Vico desviou de cabeça e estufou as redes.

Segundo tempo

Logo aos 2 minutos da segunda etapa, Ronaldo evitou mais uma vez o gol do Bahia. Após cobrança de escanteio, Juninho sobrou alto para cabecear, mas Ronaldo salvou.

Três minutos depois, Juninho Capixaba cobrou falta direto e Ronaldo se esticou todo para fazer mais uma boa defesa.

Aos 8, Ronaldo apareceu mais uma vez. Após uma batida firme de Élber, o arqueiro foi cirúrgico e salvou o Vitória mais uma vez.

Bateu roupa de novo! Aos 30, Carleto cobrou mais uma falta de longa distância e Douglas bateu roupa mais uma vez.

No último lance da partida, Vico avançou em velocidade e bateu rasteiro. Douglas defende, mas ainda assim foi vaiado.

FICHA TÉCNICA

Bahia x Vitória
Terceira rodada da Copa do Nordeste 2020
Data:08/02/2020
Hora:18h (de Brasília)
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Árbitro:Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)
Gols: Thiago Carleto e Vico (VIT)
Amarelos: Viçosa, Léo Ceará, Vico e Fernando Neto (VIT); Daniel e Rossi (BAH)

BAHIA:

Douglas; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Flávio (Flávio), Gregore, Daniel (Rossi); Élber, Clayson (Arthur Caíke) e Gilberto. Técnico: Roger Machado

VITÓRIA:

Ronaldo; Van, João Victor,
Maurício Ramos e Carleto; Guilherme Rend, Gerson Magrão (Jean) e Fernando Neto; Vico, Léo Ceará (Matheus Tenório) e Júnior Viçosa (Rodrigo Porto). Técnico: Geninho

Novo coronavírus: 28 casos suspeitos foram descartados no Brasil, diz Ministério da Saúde

/ Saúde

O Ministério da Saúde atualizou hoje (8) as informações repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde sobre a situação dos casos suspeitos do novo coronavírus no Brasil. Agora, oito casos se enquadram na atual definição de caso suspeito para investigação do CoV-2019. Não há nenhum caso confirmado no Brasil.

O boletim foi divulgado pelo site do Ministério da Saúde.

As ocorrências suspeitas estão sendo monitorados pelo Ministério da Saúde nos seguintes estados: Minas Gerais (1), Rio de Janeiro (1), São Paulo (2), Santa Catarina (1) e Rio Grande do Sul (3). O ministério também já descartou 28 casos para investigação de possível relação com a infecção humana pelo coronavírus.

Todas as notificações foram recebidas, avaliadas e discutidas com especialistas, caso a caso, junto com as autoridades de saúde dos estados e municípios. Da Agência Brasil

Deputado Dal entrega ambulância 0KM para população do município de Wenceslau Guimarães

/ Saúde

Dal e Rui entregam chave ao prefeito Kaká. Foto: Divulgação

o deputado estadual Dal (PP) entregou, junto com o governador Rui Costa, uma ambulância 0 KM ao prefeito de de Wenceslau Guimarães, Kaká. Essa nova conquista é fruto de uma Emenda Impositiva do parlamentar junto ao governador para ampliar e promover melhorias na qualidade dos serviços de saúde prestados à população.

Ao lado do prefeito, o deputado agradeceu ao governador por ter atendido mais esta demanda, ao povo de Wenceslau Guimarães pelo apoio e reafirmou o compromisso de seguir lutando por novas conquistas. Além disso, destacou a atuação de Kaká que, segundo o parlamentar, vem desenvolvendo um trabalho muito importante para o desenvolvimento na cidade. ”Kaka, você é um grande prefeito, vem transformando essa cidade tão bonita, de gente hospitaleira e amiga. Por tanto, conte sempre comigo para para avançarmos na luta por novas conquistas que melhorem a qualidade de vida do nosso povo. Não tenho dúvida de que você seguirá à frente da prefeitura porque em time que é bom a gente não mexe”, enfatizou.

O prefeito, que tem sido destaque entre os gestores da Região do Baixo Sul por conta do belo trabalho que tem feito à frente do município de Wencesau Guimarães, não escondeu a alegria em receber o novo equipamento e agradeceu ao parlamentar pela indicação.
Além da entrega da ambulância, Kaka e Dal acompanharam o Governador Rui Costa em série de agendas em Lauro de Freitas e Região, com destaque para as inaugurações do terminal de ônibus da estação Aeroporto, do Centro Administrativo de Lauro de Freitas (CALF) e a inauguração da Academia de Saúde e da Unidade de Acolhimento Infanto Juvenil (UAIJ).

Após cirurgia, Rui Costa volta ao interior e faz entrega de ambulâncias no Sudoeste baiano

/ Bahia

Governador visitou o município de Cordeiros. Foto: Paula Fróes

No município de Cordeiros, no sudoeste da Bahia, o governador Rui Costa entregou, neste sábado (8), as obras de requalificação do Estádio Municipal Antônio Salomão Filho. Nova arquibancada e novos vestiário e alambrado foram inaugurados, melhorando a infraestrutura do equipamento esportivo.

”Estamos também anunciando obras de infraestrutura hídrica, falando dos investimentos aqui da região, como o hospital de oncologia na cidade vizinha de Caetité, e evidentemente conversamos com a população sobre outras demandas. Nós estamos com um cronograma para completar até o final do mandato”, destacou Rui.

Investimento de R$ 49.988.553 feito através da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). Rui também realizou a entrega de duas ambulâncias, uma simples e outra tipo van, para o município e de 40 barracas de comercialização para trabalhadores da feira livre municipal, além de reforçar o compromisso com as demandas da região.

Ao final da agenda, o governador visitou as instalações do Colégio Estadual José Moreira Cordeiro, onde realizou uma reunião com alunos e professores para discutir as necessidades de melhorias na infraestrutura da unidade escolar.

Isidório Filho lamenta assassinato de assessor e diz confiar na polícia para esclarecer o crime

/ Política

Humberto Alves foi assassinado em Candeias. Foto: Rede social

O deputado estadual João Isidório (Avante), conhecido também como Pastor Isidório Filho, lamentou a morte do seu assessor Humberto Alves, ocorrida na manhã deste sábado (8), em Candeias. A vítima foi baleada na cabeça e uma mulher de 22 anos também foi atingida na perna.

”Com muita tristeza lamento informar o falecimento do jovem Humberto Alves, assessor que fazia parte do nosso mandato. Humberto era um jovem sonhador como muitos outros que entraram no mundo das drogas e se recuperou na Fundação Dr. Jesus há 13 anos atrás. A partir daí, com o seu desenvolvimento, dedicação e liderança Humberto passou a fazer parte da equipe, primeiro no mandado do meu pai e agora no meu”, afirmou João através de suas redes sociais.

O deputado contou que o assessor também realizava um trabalho voluntário de prevenção às drogas, com palestras e levando jovens para a recuperação. ”Confio no trabalho das autoridades policiais para apurar e esclarecer esse homicídio. Que Deus conforte o coração de toda sua família e amigos”, desejou o parlamentar. As informações são do BNews

”Reporterzinha lacradora”, diz Eduardo Bolsonaro sobre Jéssica Senra sobre agressão de policial

/ Imprensa

Jornalista é criticada pelo filho de Bolsonaro. Reprodução: TV Bahia

O filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, usou o Twitter nesta sexta-feira (7), para criticar a apresentadora da Rede Bahia, Jéssica Senra.

Na rede social, Eduardo que também é Policial Federal, compartilhou o vídeo com a reflexão de Senra sobre o episódio de agressão de policiais militares a um jovem de cabelo black power, que viralizou nas redes sociais.

Segundo o deputado, além dos agentes não serem bem remunerados no Brasil ainda precisam conviver com as ”alucinações de reporterzinha lacradora da Globo”.

”Ser polícia no Brasil é fora de série! Além de em regra não ter bom salário e arriscar a vida diariamente ainda tem que ouvir essas alucinações de reportérzinha lacradora da Globo,sendo que ela só conseguiu chegar no trabalho porque essa mesma polícia existe e não está de greve”, publicou.

Decisão inédita de Toffoli gera impasse sobre cassação de Juíza Selma, a ”Moro de saia”

/ Justiça

Selma é conhecida como ”Moro de saia”. Foto: Reprodução

Provocou um impasse a decisão inédita do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, de determinar a posse do terceiro colocado na disputa pelo Senado em 2018 em Mato Grosso até que se defina quem irá ocupar a cadeira da senadora Juíza Selma (Podemos).

Conhecida como ”Moro de saia”, ela foi cassada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no fim do ano passado por abuso de poder econômico e captação ilícita de recursos durante a campanha. Em janeiro, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), e o PSD apresentaram ações no STF alegando que, com Selma cassada, o estado ficaria sub-representado, com apenas dois senadores –cada estado tem três.

Em 31 de janeiro, Toffoli concedeu liminar (decisão provisória) para que Carlos Fávaro (PSD), o candidato a senador mais bem votado por Mato Grosso entre os não eleitos, ocupe interinamente o cargo. Em 2018, foram eleitos dois nomes de cada estado.

”Como ele toma posse sem diploma? Como registra que é senador da República sem diploma? O TRE [Tribunal Regional Eleitoral] vai diplomar ele como? Dá um diploma provisório? Não existe”, disse o líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM).

Crítico de Toffoli e aliado de Selma, o líder do PSL na Casa, Major Olímpio (SP), afirmou que, se Fávaro tomar posse, irá judicializar. ”Ele [Toffoli] inovou, mudou a Constituição e a legislação eleitoral. Só pode assumir quem é diplomado, e terceiro lugar não tem diploma. Cria um imbróglio jurídico”, disse.

Já a presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, Simone Tebet (MDB-MS), disse não ver problema na diplomação do terceiro colocado até que a eleição no estado, marcada para 26 de abril, seja realizada. ”Diploma é diploma. Igual o suplente toma posse, o senador, por determinação judicial, toma também”, afirmou.

Procurados, TRE-MT e TSE não comentaram o caso.

Para advogados eleitorais ouvidos pela Folha, a decisão de Toffoli garante a posse de Fávaro. “Quando o ministro manda dar posse, necessariamente está mandando diplomá-lo. Se o Supremo decidiu que o caráter temporário da vaga não pode interferir na representação dos estados, isso quer dizer que, consequentemente, o senador em terceiro lugar tem de ser diplomado”, disse Marilda Silveira, professora do IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público).

Para o advogado Alexandre Rollo, diante da decisão do presidente do STF não há nem sequer a necessidade de diplomação pelo TRE-MT. ”A determinação do presidente do Supremo já supriria esta questão de ter ou não diploma. Estamos tratando um caso excepcional de forma excepcional. O diploma, neste caso, seria um detalhe”, afirmou Rollo.

A Constituição diz que, ”ocorrendo vaga e não havendo suplente, far-se-á eleição para preenchê-la se faltarem mais de 15 meses para o término do mandato”. Em 2009, o senador Expedito Júnior (PSDB-RO) também foi cassado pela Justiça Eleitoral por compra de votos e abuso de poder econômico nas eleições de 2006.

Em seu lugar, o STF determinou que o segundo colocado, Acir Gurgacz (PDT-RO), assumisse. Em 2006, foi disputada apenas uma vaga. Em 2015, porém, uma reforma política aprovada pelo Congresso estabeleceu a realização de novas eleições no caso de perda de mandato em cargos majoritários, como o de senador.

Nesta semana, surgiu ainda uma nova controvérsia envolvendo a cassação de Selma.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), levantou dúvida sobre o cumprimento da decisão do TSE ao resolver submeter a cassação à Mesa Diretora da Casa.

Segundo a Constituição, quando a Justiça Eleitoral decretar a perda de mandato de deputado ou senador, a cassação ”será declarada pela Mesa da Casa respectiva, de ofício ou mediante provocação de qualquer de seus membros, ou de partido político representado no Congresso Nacional, assegurada ampla defesa”.

De acordo com Alcolumbre, a Mesa pode entender que a cassação não é correta. No entanto, ele afirma não saber como proceder caso isso ocorra. ”Eu também tenho dúvida, porque, no último caso concreto [cassação do senador João Capiberibe em 2005], a Mesa manteve a decisão. Se acontecer de a votação da Mesa não seguir a decisão do tribunal, será o primeiro fato concreto em relação a isso”, afirmou Alcolumbre na quarta-feira (5).

A Mesa é composta por sete titulares e tem forte componente político nas decisões.

Se Selma deixar o Senado, o Podemos, hoje com 10 senadores, ficaria com 9, perdendo o título de segunda maior bancada para o PSD. A sigla hoje tem 9 senadores, mas chega a 10 com o ingresso de Fávaro e pode chegar a 11, já que Antonio Anastasia (PSDB-MG) deverá ingressar na legenda.

Para os especialistas, o Senado tem de cumprir a decisão judicial do TSE.

”Ele [Alcolumbre] está querendo interpretar a Constituição de acordo com a vontade do Senado. Isso não existe. Quando a decisão de afastamento ou de posse decorre de uma decisão judicial, não há defesa, só há cumprimento”, disse Silveira. “Há uma cassação determinada pela Justiça Eleitoral, uma decisão judicial que precisa ser cumprida. Isso pode abrir uma crise institucional que não é boa para ninguém”, afirmou Rollo.

Com 678,5 mil votos, Selma se elegeu pelo PSL adotando um forte discurso de combate à corrupção.

A defesa da senadora argumenta que a decisão condenatória em Mato Grosso se deveu à atuação de Selma como magistrada, por ter enfrentado os poderosos locais. O TRE-MT concluiu que a então candidata e seu primeiro-suplente omitiram da Justiça quantias expressivas usadas para pagar despesas de campanha no período pré-eleitoral.

Entre essas despesas estava a contratação de empresa de pesquisa e de marketing para produção de vídeo, jingles e fotos antes do início oficial da campanha, o que é vedado pela legislação. Havia no processo contratos, notas e depoimentos, inclusive de representantes das empresas contratadas no período de pré-campanha.

ENTENDA O CASO DE JUÍZA SELMA
O que decidiu o TSE O Tribunal Superior Eleitoral condenou Juíza Selma (Podemos-MT) por abuso de poder econômico e captação ilícita de recursos durante a campanha de 2018 e cassou seu mandato. Como os suplentes da senadora também foram cassados, o tribunal determinou que fosse realizada nova eleição

O que decidiu Toffoli O ministro do STF concedeu liminar (decisão provisória) para que a vaga de Selma fosse ocupada interinamente pelo candidato a senador mais bem votado por MT entre os não eleitos —no caso, Carlos Fávaro (PSD). A justificativa foi a de que era necessário evitar o vácuo de representação do estado no Senado

O que disse Davi Alcolumbre O presidente do Senado deu a entender que a Mesa Diretora da Casa pode não seguir a decisão do TSE de cassar o mandato da senadora

O que diz a lei A Constituição diz que, quando a Justiça decreta a cassação de mandato de um deputado ou senador, ”a perda será declarada pela Mesa da Casa respectiva, de ofício ou mediante provocação de qualquer de seus membros, ou de partido político representado no Congresso Nacional, assegurada ampla defesa”. Informações da Folha

Mulher simula sintomas do coronavírus para ter prioridade em Unidade de Pronto-Atendimento

/ Saúde

Uma mulher foi presa na noite da última sexta-feira (7) por fingir que estava infectada pelo coronavírus para ser atendida primeiro numa Unidade de Pronto-Atendimento (UPA). O caso aconteceu em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Segundo O Globo, policiais da 12ª DP informaram que Claudete Maria Rosa da Silva inventou que havia retornado de uma viagem a Hong Kong, província autônoma da China. A mentira desencadeou a utilização de protocolos internacionais para tratamento do vírus: a paciente foi isolada e submetida a uma série de exames e questionamentos.

”Claudete, por um motivo absolutamente egoístico, concentrou a atenção e os cuidados de inúmeros profissionais da saúde que estavam atuando na UPA neste dia, mantendo por horas a narrativa fantasiosa de um recente retorno de uma viagem a Hong Kong, provocando a utilização de protocolos internacionais para o combate ao vírus, inclusive a comunicação imediata da sua aos órgãos competente”, declarou a delegada titular, Valéria Aragão.

A paciente foi presa dentro da UPA, depois de ser desmentida por familiares, que revelaram que ela não viajou para fora do país, nem mesmo possui passaporte. Claudete foi confrontada e assumiu a mentira, que incorreu na autuação por falsidade ideológica e por provocar alarme, anunciar desastre ou perigo existente, ou praticar qualquer ato capaz de produzir pânico ou tumulto.

Mega-Sena pode pagar neste sábado R$ 90 milhões a quem acertar as seis dezenas

/ Esporte

O concurso 2.232 da Mega-Sena, que será sorteado hoje (8) à noite no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo, deverá pagar um prêmio estimado em R$ 90 milhões a quem acertar as seis dezenas.

O valor pode garantir um rendimento mensal de R$ 232 mil. O ganhador pode investir também em bens e adquirir 16 helicópteros.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em qualquer lotérica do país e também no portal Loterias CAIXA. Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas pelo computador pessoal, tablet ou smartphone. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

Para jogar pela internet, o apostador precisa ser maior de 18 anos e fazer um pequeno cadastro.

O valor da aposta simples da Mega-Sena é de R$ 4,50. Da Agência Brasil

Déficit de funcionários de TI do Ministério da Educação pode explicar falha no Sisu

/ Educação

As falhas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) podem ter como explicação a perda de consultores que atuavam na área de tecnologia da informação do Ministério da Educação (MEC). No ano passado, 50 consultores deixaram a pasta.

Eles eram responsáveis pela manutenção e atualização de uma série de sistemas do MEC, entre eles o Sisu, plataforma que reúne as vagas em universidades públicas do País. Só este ano houve 1,8 milhão inscritos, para 237 mil vagas. O banco de dados para a operação do sistema é um dos maiores sob responsabilidade direta do MEC.

Segundo servidores, o déficit de funcionários contribui para as falhas. Os consultores deixaram de atuar no MEC em julho de 2019 quando o ministro Abraham Weintraub anulou acordo de assistência técnica com a Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), em vigor desde 2008, após suspeita de irregularidades.

Há anos o sistema enfrenta instabilidades e servidores alertam sobre a necessidade de desenvolver uma plataforma mais robusta, que suporte receber a quantidade de acessos simultâneos dos estudantes. Mas, segundo os servidores, com a redução do quadro de consultores da área, a manutenção foi ainda mais precária, dificultando a detecção de falhas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. Com informações do Estadão