Pastor ”desafia” fiéis a assinarem apoio ao novo partido de Bolsonaro durante culto

/ Religião

Emerson Patriota, da Igreja Presbiteriana Central. Foto: Reprodução

Entre louvores e orações, fiéis da Igreja Presbiteriana Central de Londrina, no Paraná, foram ”desafiados” no último domingo,  a assinarem uma ficha de apoio à criação do Aliança pelo Brasil, partido idealizado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O reverendo Emerson Patriota foi quem pediu, do púlpito, para os membros da congregação colocarem seus nomes na lista que será entregue à Justiça Eleitoral. Representantes de um cartório da cidade estavam no local para reconhecer as assinaturas.

Para tirar o Aliança do papel, Bolsonaro precisa de aproximadamente 492 mil assinaturas. O movimento na Presbiteriana de Londrina foi articulado pelo deputado Filipe Barros (PSL-PR), aliado do presidente e membro da igreja, com a direção da instituição. O parlamentar disse ao Estadão/Broadcast que ”centenas” de assinaturas foram recolhidas no local. Do lado de fora, o grupo colocou um ônibus estampado com a marca do Aliança e as fotos de Jair Bolsonaro e Filipe Barros.

Enquanto dava os avisos sobre as atividades da igreja no culto, o pastor anunciou a presença dos funcionários do cartório. ”Nós estamos desafiando você, todos, a passarem lá, conhecerem o estatuto, os valores”, disse o reverendo. “”Na verdade, eu estava conversando com algumas pessoas e disseram que é mais difícil entrar nesse partido do que em algumas igrejas por aí. Tem que ter mais vida idônea do que algumas igrejas exigem. Isso é muito bom porque tem valores familiares.”

Como o Estado publicou em dezembro, aliados do presidente Jair Bolsonaro apostam em igrejas evangélicas, entidades de classe de policiais militares, Exército e bombeiros para viabilizar o Aliança pelo Brasil. A ideia é aproveita a aglomeração de pessoas nestes locais para atingir o número de assinaturas exigidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O Aliança precisa ser homologado até 4 de abril para concorrer nas eleições municipais de 2020. Articuladores admitem que o partido pode não estar formalizado a tempo do pleito de outubro. O culto foi transmitido pelas redes sociais. No YouTube, internautas começaram a fazer comentários criticando a igreja. Nesta terça-feira, 28, o vídeo já não estava mais disponível. Procurada, a instituição ainda não se manifestou.

O ex-procurador regional eleitoral de São Paulo Luiz Carlos dos Santos Gonçalves avalia que coletar assinaturas em igrejas para um partido político não é ilegal. A restrição só ocorre em período de campanha eleitoral, quando candidatos não podem pedir votos em locais classificadas como “bens públicos”.

”Se não houver constrangimento para que as pessoas assinem, não há ilegalidade. Se a pessoa é forçada a fazer aquilo, aí surge a ilegalidade. Neste caso, está dentro do espaço da confissão e não há problema”, afirmou Gonçalves.

No caso de Londrina, o ex-procurador não vê ilegalidade no discurso do pastor ao ”desafiar” os fiéis a apoiar o partido. ”A igreja é sempre uma associação voluntária. Se as pessoas estão ali é porque elas aceitam aquela pauta. Se houver um caso em que a pessoa se sentir forçada a assinar, aí seria um caso de polícia.”

‘Dever’

Ao Estadão/Broadcast, o deputado Filipe Barros disse que o movimento foi articulado com a direção da igreja e que outras instituições religiosas estão se mobilizando para reunir as assinaturas. Ele afirmou que o ”busão do Aliança”, como foi batizado, está percorrendo cidades do Paraná para mobilizar aliados e é bancado por apoiadores de Bolsonaro.

Entre os princípios elencados no estatuto do Aliança, estão os ”valores culturais e religiosos dos brasileiros”. ”Dentro da doutrina da minha igreja, a gente considera que é um dever do cristão participar da vida pública, da vida política de um país”, disse Filipe Barros.

O parlamentar pontuou que não há impedimentos legais para a mobilização de apoio em igrejas. ”A nossa Constituição prevê a livre associação. A igreja é uma instituição privada, não tem dinheiro público envolvido”, afirmou. ”É natural que as pessoas participem da criação de um partido político. Aliás, eu não vejo estardalhaço quando o Lula fala que o PT tem que se aproximar das igrejas evangélicas”, comentou.

Outras igrejas

Além da Presbiteriana em Londrina, lideranças de outras igrejas evangélicas no País se mobilizam para ajudar Bolsonaro a oficializar o Aliança pelo Brasil. No último sábado, aliados do presidente recolheram assinaturas na Assembleia Legislativa do Amazonas. O presidente da Assembleia de Deus no Estado, Jônatas Câmara, pediu que apoiadores fossem ao local para integrar a lista.

O pastor, que recebeu Bolsonaro em novembro para um culto em Manaus, é irmão do deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), líder da bancada evangélica na Câmara. É também irmão do pastor Samuel Câmara, presidente da Assembleia de Deus no Pará e um dos maiores líderes da denominação evangélica no País.

O deputado Silas Câmara disse que o apoio ao Aliança pelo Brasil não é institucional, mas é feito pela movimentação de pastores e outros líderes simpáticos à nova sigla. ”Dentro de igreja, esquece. Eles (os pastores) estão atentos a esses movimentos de direita organizados e participam indo lá”, afirmou o deputado ao Broadcast Político. Com informações do Estadão Conteúdo

Comissão de Ética adverte ministro da Educação, Abraham Weintraub, por quebra de decoro

/ Educação

Ministro da Educação, Abraham Weintraub. Foto: Luis Fortes

A Comissão de Ética da Presidência da República concluiu que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, desrespeitou o decoro do cargo e aplicou a ele uma sanção de advertência. Em reunião nesta terça-feira (28), o órgão colegiado concluiu, por unanimidade, que o ministro infringiu o artigo terceiro do Código de Conduta da Alta Administração Federal, segundo o qual autoridades públicas devem se pautar por padrões da ética.

Em junho, o ministro comparou nas redes sociais os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff com substâncias entorpecentes. Ele tentou fazer uma piada ao associar os petistas à apreensão de 39 kg de cocaína em uma aeronave da comitiva do presidente Jair Bolsonaro. Na época, ele escreveu que o avião presidencial já havia transportado ”drogas em maior quantidade”. ”Alguém sabe o peso do Lula ou da Dilma?”, disse. A mensagem foi criticada por políticos de oposição.

”Foi votada a aplicação de penalidade de advertência ao denunciado de recomendação para que ele se atente aos padrões éticos em vigor”, explicou o presidente da comissão federal, Paulo Henrique Lucon. ”É preciso observar em certa medida o decoro em suas manifestações”, acrescentou. Em seu voto, o relator do caso, conselheiro Erick Vidigal, ressalta que, na manifestação do ministro, é possível identificar o seu distanciamento à postura que se espera de um titular do Ministério da Educação.

”Ao externar a intimidade de seus pensamentos acerca dos ex-presidentes Lula e Dilma, a autoridade denunciada não buscou o bem comum nem tampouco praticou qualquer ato que tivesse, ainda que indireta e tangencialmente, qualquer associação com a educação brasileira”, escreveu. O órgão federal prevê como punições a autoridades a advertência pública, a censura ética, ou, em casos mais graves, a recomendação ao presidente para que ele exonere o servidor público, cabendo a ele seguir ou não a sugestão.

Na semana passada, a Comissão de Ética enviou também um ofício ao chefe da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), Fabio Wajngarten, para que ele se pronuncie sobre denúncia de que recebe, por meio de uma empresa da qual é sócio, dinheiro de emissoras televisivas e de agências de publicidade contratadas pelo governo. O pedido foi assinado na última quarta-feira (22). Ele concede um prazo de dez dias, contado a partir da intimação, para que o secretário de comunicação se manifeste sobre o caso revelado pela Folha de S.Paulo.

Com a abertura de um período de defesa prévio, a decisão do órgão federal sobre a abertura de um inquérito contra o assessor presidencial por conflito de interesse ficará para a reunião do dia 19 de fevereiro. O ofício é de autoria do conselheiro Gustavo do Vale Rocha, relator das três denúncias apresentadas contra o chefe da Secom. Elas foram ingressadas pelo PT, PSOL e PCdoB. Segundo a reportagem apurou, a maioria dos integrantes da comissão federal avalia que o secretário de comunicação incorreu em conflito de interesse. Em caráter reservado, identificam indícios de irregularidade, o que justificaria a aplicação de uma penalidade ética.

Lula quer Flávio Dino, governador do Maranhão, na cabeça de chapa do PT em 2022

/ Política

Nas próximas semanas, Lula deve encontrar Dino. Foto: Reprodução

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), se aproximou do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e recebeu sondagens para retornar à legenda petista para uma possível candidatura em 2022. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

Os dois conversam desde o início do mês, mesmo sem acordo formal. De acordo com a presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR),  o partido trabalha com a reedição da candidatura presidencial do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. No entanto, em entrevista ao jornal Valor Econômico, ela admitiu que vê o governador do Maranhão como uma alternativa e ressaltou que ele “sempre foi muito leal à causa” do ex-presidente Lula.

Nas próximas semanas, Lula deve encontrar Dino no Maranhão para uma agenda política. Segundo petistas, o apreço do ex-presidente por Dino cresceu em razão da defesa enfática de Lula que o governador fez quando o petista estava preso em Curitiba.

 

Ministério da Educação suspende início das inscrições para o Programa Universidade para Todos

/ Educação

Inicialmente programadas para terem início nesta terça-feira (28), as inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni) foram suspensas pelo Ministério da Educação nesta segunda-feira (27). O ministério ainda não estipulou nova data.

A decisão foi tomada após o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) suspender a divulgação do resultado das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Segundo o MEC, o cronograma do do Sisu e o do Prouni, ambos programas de acesso à educação superior, só serão divulgados após uma decisão final da justiça.

O Sisu oferta vagas em instituições públicas de ensino superior. Já o Prouni oferta bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior. Mas ambos utilizam notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Como foi comprovada a falha na correção de algumas provas do Enem, a justiça atendeu ao pedido da Defensoria Pública da União (DPU) de suspender a divulgação dos resultados do Sisu. A ideia é não comprometer a transparência e a lisura do procedimento que dá acesso às vagas, seja de um programa, seja de outro.

Segundo a DPU, em seu pedido, a revisão das notas pode provocar alteração nos resultados finais de todos os candidatos. E essa alteração, ainda que de décimos, pode ser a diferença entre conseguir ou não a vaga pretendida.

O MEC, no entanto, vai disponibilizar aos estudantes a consulta de bolsas do Prouni, uma vez que se trata apenas de uma informação. Com isso, a consulta das mais de 251 mil bolsas relativas ao processo seletivo 1º/2020 já está aberta.

Cerca de 30 famílias ficam desalojadas em Ubaíra e cenário ainda é de destruição na cidade

Cenário é de destruição em Ubaíra. Foto: Blog Marcos Frahm

A população de Ubaíra, no Vale do Jiquiriçá, ainda sente os reflexos da forte chuva que atingiu o município na tarde do último domingo (26).

A segunda-feira (27) foi de muito trabalho para a equipe da prefeitura local, que contou com apoio de gestores de municípios vizinhos, que enviaram a Ubaíra máquinas e outros equipamentos para ajudar no mutirão de limpeza realizado pela administração pública, contando ainda com o apoio de voluntários.

O cenário ainda é de destruição, sobretudo na área central da cidade, parte mais atingida pela tempestade, onde pavimentações e praças foram danificadas e carros arrastados pela enxurrada, conforme informações da prefeitura ao Blog Marcos Frahm.

Uma equipe da Defesa Civil foi enviada pelo Governo do Estado e fez levantamento de danos causados pela chuva, condenando alguns imóveis que foram invadidos pela água, inclusive no comércio.

Chuva forte e repentina alagou vários pontos da cidade de Ubaíra

Vários pontos da cidade ficam alagados, o Rio Jiquiriçá transbordou. Ao menos 30 famílias tiveram que deixar suas casas, sendo acolhidas pela prefeitura e por meio de um processo de aluguel social foram encaminhadas para outras residências. Os trabalhos de reparo dos danos provocados pelo temporal continuam nesta terça-feira.

Violência contra a mulher & Damares Alves

/ Artigos

Damares não foi a única mulher a ser acolhida em situação de violência no universo pentecostal. Milhões de Damares que nunca foram ouvidas pelo Estado e nem consideradas protagonistas em um projeto de país progressista. O drama delas nunca foi a escolha entre a democracia liberal e o socialismo de mercado. Elas nunca tiveram escolha que não fosse a igreja evangélica.

A Ministra Damares Alves conta com altos índices de aprovação na sociedade brasileira. Engana -se fortemente quem pensa que essa aprovação é restrita ao universo neopentecostal – em dezembro de 2019, Damares contava com o apoio de 29% da população que vota no PT, por exemplo. A principal razão desse fenômeno do conservadorismo bolsonarista é conhecida, mas tem sido historicamente negligenciada pelos dirigentes homens da esquerda brasileira.

Depois da eleição de Bolsonaro, Damares Alves deu várias entrevistas na impresa contando sobre as violências que sofreu na infância: ela foi estuprada dos 6 aos 12 anos por dois pastores que ficavam hospedados com frequência na casa da família. Segundo a ministra, ela tentou contar sobre os estupros pra várias pessoas, mas ninguém prestou atenção no que ela dizia, muito menos no comportamento que ela passou a desenvolver com o trauma.

Nessas entrevistas, Damares relatou que “superou” seus traumas causados pelos estupros quando subiu em uma goiabeira e encontrou Jesus. Por mais anedótico que esse episódio seja pra muita gente, Damares faz questão de recontá-lo com frequência para reafirmar que ela foi acolhida e protegida pela igreja evangélica. É aí que reside um dos maiores entraves pra esquerda: o Estado era alternativa pra ela?

Damares não foi a única mulher a ser acolhida em situação de violência
no universo pentecostal. Justamente por isso, seu discurso sobre
abstinência sexual tem tido grande aderência em amplos setores da
sociedade brasileira. A principal razão é a resposta altamente
conservadora e violenta via Estado que ela propõe pra combater a
epidemia de violência doméstica na infância e contra a mulher.

Além disso, dessexualizar e deserotizar a sociedade brasileira à sua imagem e semelhança: Damares é uma mulher que faz questão de não ter nenhum traço de sensualidade, de erotismo, de encanto. Uma mulher dura, rígida, monocromática – como milhares de outras mulheres que, consciente ou inconscientemente, têm a mesma postura rígida e reprimida como proteção a qualquer tipo de violência. Vocês já pensaram que o descaso com a saúde, corpo e alma, pode ser um escudo contra homens que se sentem no direito de abusar e violentar mulheres de várias maneiras?!

Obviamente que tenho profundas críticas à Ministra Damares e ao bolsonarismo de maneira geral, mas a minha opinião não importa nada porque esse país tem milhões de Damares que nunca foram respeitadas, acolhidas e protegidas. Milhões de Damares que nunca foram ouvidas pelo Estado e nem consideradas protagonistas em um projeto de país progressista. O drama delas nunca foi a escolha entre a democracia liberal e o socialismo de mercado. Elas nunca tiveram escolha que não fosse a igreja evangélica.

E são essas mulheres, esse contigente imenso de gente largada à própria sorte, que a esquerda vai continuar ignorando e/ou chamando de fascista? Porque essas mulheres não concordam com o Bolsonaro, mas foi e ainda é no mesmo universo dele e da ministra Damares que elas e seus filhos foram e são acolhidos. Que mulher-mãe-solo não quer proteção para seus filhos? Quem há de acusá-las e condená-las quando não há alternativa?!

Tudo isso pra escrever três coisas: 1. mulheres-mães-solo (a maioria trabalhadoras domésticas precarizadíssimas) e seus filhos precisam ocupar lugar central em um projeto de Brasil em oposição ao bolsonarismo; 2. a violência na infância e contra as mulheres precisa ser tratada como epidemia e jamais como pauta identitária como tem acontecido pela ala economicista de uma esquerda machista e socialmente irresponsável; 3. não adianta as lideranças partidárias afirmarem a necessidade de diálogo com os evangélicos se parte significativa da militância se sente moralmente superior e no direito de dizer à essa população que ela não pode ter religião ou qual
religião ela deve ter. Por todas as razões acima: isso é muito violento.

O bolsonarismo, como um fenômeno de massa da extrema-direita, deslocou
todo campo político e isso tem nos obrigado a rever muita coisa. A principal delas é a relação entre religião e política na esquerda brasileira.

Escrito por Patrícia Valim, professora de História do Brasil Colonial da Universidade Federal da Bahia. Conselheira do Centro de Pesquisa e Documentação da Fundação Perseu Abramo

Jequié: Vereadores votaram pela derrubada do veto parcial do prefeito a Lei Orçamentária Anual

/ Jequié

Câmara promoveu sessão extraordinária. Foto: Souza Andrade

Nem bem começou 2020, o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, sofreu uma fragorosa derrota da Câmara Municipal na primeira votação do ano realizada nesta segunda-feira (27).

Todos os 17 vereadores presentes na Sessão Extraordinária votaram pela derrubada do veto parcial do prefeito a Lei Orçamentária Anual – LOA 2020. O resultado indica clara demonstração de fragilidade do prefeito Sérgio da Gameleira que deve ter tomado conhecimento da derrota por terceiros, pois o mesmo encontra-se fora da cidade.

Na condição de líder, o vereador José Simões de Carvalho, justificou seu voto pela derrubada do veto, argumentando que o veto o prefeito a LOA tira a função do vereador de apresentar emendas e outras considerações importantes para o Município, discurso seguido por outros vereadores como Reges Silva, Joaquim Caíres, Soldado Gilvan, Tinho e outros, frisando a importância da independência do legislativo. As informações são do site Jequié e Região

Saúde: Médicos que atuam no Hospital Geral Prado Valadares participam do curso ACLS

/ Saúde

Curso teve treinamento teórico e prático. Foto: Divulgação/HGPV

Com foco na qualidade e na segurança cada vez mais presente na assistência ao paciente, 20 médicos participaram do curso ACLS (sigla em inglês para Suporte Avançado da Vida em Cardiologia). O curso realizado entre os dias 22 a 26 deste mês, subdividido em três turmas durante dois dias e foi ministrado por instrutores certificação GOLD e segue as diretrizes da American Heart Association.

O treinamento teórico e prático,  com a carga horária de 16 horas (cada turma), foi dirigido ao atendimento das emergências incluindo, reconhecimento e tratamento precoce de parada cardiorrespiratória; reconhecimento e tratamento precoce de condições de iminência de parada cardíaca, como bradicardia sintomática e taquicardias; manuseio de via aérea no contexto da PCR;  farmacologia relacionada; manejo de Síndrome Coronariana Aguda e AVC;  comunicação eficiente no papel de membro e líder de um time de ressuscitação; discussão sobre como o uso de um time de resposta rápida ou equipe de emergência médica pode melhorar a evolução dos pacientes.

De acordo com o diretora geral do HGPV, a Enfª. Polliana Leandro, uma das preocupações da gestão é valorizar a formação/qualificação dos profissionais: ”Temos que nos preocupar e valorizar a qualificação profissional dos nossos colaboradores e, nos preocupar e proporcionar uma qualificação do nível dos nossos profissionais. Então estamos disponibilizando esses cursos”, enfatiza.

O curso de Suporte Avançado de Vida em Cardiologia segue um protocolo internacional (American Heart Association) e proporciona à profissionais da área de saúde, um aprendizado que colabora com a identificação rápida de paradas cardíacas ou outras emergências/urgências cardiovasculares em adultos.

Educação: Universidade Estadual do Sudoeste divulga a concorrência do Vestibular 2020

/ Educação

A Comissão Permanente de Vestibular (Copeve) divulgou a concorrência dos cursos no Vestibular Uesb 2020. Ao todo, o processo seletivo conta com 12.204 candidatos inscritos, que puderam optar por uma das 47 opções de graduação em Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista.

Entre os cursos mais procurados, está Medicina, Psicologia, Direito e Odontologia. Para o campus de Vitória da Conquista, Medicina tem concorrência de 193,5, enquanto, no campus de Jequié, o índice fica em 134,5. O segundo curso mais concorrido deste processo seletivo é o de Psicologia, que fechou as inscrições com 31,6 de concorrência. Os cursos de Direito (segundo semestre) e Odontologia (primeiro semestre) tiveram 28,3 de índice.

Outras informações sobre o Vestibular Uesb 2020 podem ser acessados no site do processo. Fique atento a todas as novidades nas mídias sociais da Universidade: FacebookInstagramTwitter e YouTube.

Ipiaú: Automóvel com cinco pessoas sai da pista após desviar de outro veículo na BR-330

/ Trânsito

Automóvel VW/Gol caiu em ribanceira. Foto: Giro em Ipiaú

Um automóvel modelo ônix ocupado pelo motorista e mais quatro mulheres saiu da pista, desceu um terreno às margens da BR-330, derrubou uma cerca e foi parar mais de 50 metros depois da estrada.

O condutor ainda conseguiu desviar de uma árvore. O acidente foi registrado por volta das 15h30 desta segunda-feira, nas imediações do Residencial César Borges, saída de Ipiaú sentido Barra do Rocha.

Segundo o site Giro em Ipiaú, o motorista perdeu o controle da direção do veículo após outro carro invadir a mão contrária. Para evitar a colisão frontal, o condutor do ônix desviou para o acostamento e acabou sofrendo o acidente. A versão foi confirmada por uma testemunha que estava em um transporte alternativo.

Os cinco ocupantes do automóvel ficaram em estado de choque, mas não se feriram. As vítimas moram em Vitória da Conquista e retornavam de um passeio em Morro de São Paulo. O carro pertence a uma locadora.

Reajuste do salário mínimo muda valores do INSS, PIS/Pasep e seguro-desemprego

/ Economia

O reajuste do salário mínimo, que mudará de R$1.039 para R$1.045 a partir de fevereiro provocará também alterações nos valores de benefícios assistenciais e de acesso a juizados especiais, além de contribuições previdenciárias e outros.

O motivo das alterações é que aposentadorias, pensões e auxílios-doença não podem ser inferiores ao salário mínimo e, por isso, também terão o piso elevado a R$ 1.045. Esse também será o menor valor para o seguro-desemprego.

Ocorrerá ainda reajuste no abono salarial do PIS, que passará a ter o valor máximo de R$ 1.045 para quem trabalhou 12 meses com renda de até dois salários mínimos no ano-base de 2018. A cota mínima, para quem trabalhou apenas um mês, ficará em R$ 87,08.

Já base de cálculo para iniciar ações nos juizados especiais, que também é calculada com base no piso nacional, ficará da seguinte forma: o Juizado Especial Federal passará a aceitar processos com valor máximo de R$ 62.700 (60 salários mínimos), enquanto no Juizado Especial Cível esse teto será de R$ 41.800 (40 salários mínimos).

Mulher é abusada dentro de casa em Porto Seguro e divulga o caso nas redes sociais

/ Polícia

Maria do Carmo diz ter sido abusada. Foto: Reprodução Instagram

Uma mulher, identificada como Maria do Carmo Ribeiro, 27, utilizou as redes sociais para contar sobre o abuso que sofreu dentro de casa na cidade de Caraíva, distrito de Porto Seguro. O caso ocorreu na madrugada desta última terça-feira (21).

Na publicação, Maria relata como tudo ocorreu. O agressor invadiu a residência e começou a abusar da vítima. Ao acordar, Maria começou a bater no suspeito e, logo em seguida, seu companheiro, que dormia no quarto ao lado, chegou até o cômodo e presenciou o momento.

”Não sei de onde tirei forças, comecei a bater nele e levantar. Ele se esquivava e tentava segurar meus braços, comecei a gritar e xingar. (…) Num pulo o agressor (…) abriu a porta, pegou impulso no vaso e na máquina de lavar e pulou pela parte destelhada da casa”, contou.

Após o crime, o marido da vítima começou a procurar pelo suspeito. O mesmo havia roubado um celular e acabou deixando para trás a camisa vermelha utilizada no momento do crime. Ele ficou escondido atrás de uma moita e acabou passando pelo quintal de um vizinho de Maria. No dia seguinte, o suspeito voltou ao local, mas acabou sendo contido por morados com o celular roubado e foi reconhecido por Maria.

”Passei o dia inteiro descrevendo o fato e o homem para as pessoas do vilarejo e mostrando os pertences que ele deixou pra trás. Buscamos incansavelmente por ele e pistas. A noite já sabíamos o nome de quem me estuprou (…) e o fato dele ter um histórico de acusações anteriores nos levou a identifica-lo”, afirmou.

A polícia chegou ao povoado por volta das 3h30 e Maria foi prestar depoimento na delegacia. O homem foi levado para plantão de polícia em Porto Seguro, no mesmo dia. Após os processos jurídicos, o suspeito foi acusado por dois crimes: importunação sexual e furto simples, com a adição de uma multa no valor de R$ 3,5 mil. Em depoimento, o suspeito chegou a negar ter roubado o aparelho da vítima.

PM é preso suspeito de abusar sexualmente de adolescente de Brasília em praia do sul da Bahia

/ Polícia

O caso ocorreu na praia de Taperapuã. Foto: Reprodução/TV Bahia

Um policial militar foi preso suspeito de abusar sexualmente de uma adolescente, natural de Brasília, em uma praia de Porto Seguro, cidade do sul da Bahia, no domingo (26). Conforme a Polícia Militar, o homem foi afastado das atividades da corporação.

O caso ocorreu na praia de Taperapuã, por volta das 17h45. A adolescente é natural de Brasília e estava na cidade junto com a família, a passeio.

Segundo informações da vítima, ela estava tomando banho com uma prima quando o homem se aproximou delas e a obrigou a pegar na parte íntima dele. Nesse momento, ele aproveitou para pegar na parte íntima da garota, colocando a mão por dentro do biquíni. Ela foi encaminhada para fazer exames médicos.

O crime foi descoberto depois que a jovem conseguiu sair da água e pediu ajuda da família. O homem foi abordado por moradores da região e levado para a delegacia da cidade, onde descobriram que ele é PM.

Após o registro do caso, o homem foi transferido para o 5º Batalhão de Polícia Militar (PM), em Eunápolis. As informações são do G1