Jaguaquara: Assaltante obrigar ortodontista a descer do carro com o filho foge levando veículo

/ Jaguaquara

Assalto ocorreu na Avenida Marechal Deodoro. Foto: Blog Marcos Frahm

Uma ortodontista foi vítima de um assalto na noite desta terça-feira (7), por volta das 19h45, na Avenida Marechal Deodoro, no bairro Muritiba, área nobre de Jaguaquara.

A mulher teria estacionado o automóvel de sua propriedade, um Hyundai HB.20 de cor branca, com placa PKH 1806 na via pública e ao retornar ao veículo foi abordada por um indivíduo de cor morena, que segundo informações abrigou a ortodontista a descer do carro com o filho e fugiu em desbalada carreira em direção ao Centro da cidade.

Equipes da Polícia Militar e Cipe Central foram acionadas, estiveram no local colhendo informações e iniciaram diligências na região.

Coelba determina suspensão do fornecimento de energia da Secretaria de Infraestrutura de Brejões

Sede da Secretaria teve energia cortada. Foto: Leitor/BMFrahm

Técnicos da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia efetuaram, na tarde desta terça-feira (7), o corte no fornecimento de energia elétrica na sede da Secretaria de Infraestrutura da Prefeitura de Brejões, no Vale do Jiquiriçá.

Segundo informações enviadas por moradores da cidade ao Blog Marcos Frahm, o corte obrigou os servidores da pasta a paralisar as atividades na sede.

A redação tentou contato com a Prefeitura para esclarecer o motivo da suspensão, mas não obteve êxito. Nesses casos, geralmente, o corte é efetuado por falta de pagamento.

Facebook anuncia a proibição de publicação de vídeos deepfake, mas aceita as sátiras

/ Tecnologia

Nesta semana, o Facebook anunciou a proibição de publicação de imagens alteradas de forma fraudulenta para distorcer a realidade e confundir pessoas, conhecidas também pelo termo em inglês deepfakes. Vídeos que forem enquadrados nesta categoria e cumprirem determinados critérios serão removidos da plataforma.

Este tipo de conteúdo é uma intensificação de conteúdos falsos, também chamada de fake news. Contudo, diferentemente de textos enganosos ou montagem de imagens, os vídeos deepfakes podem trazer uma pessoa com um discurso fabricado, dando uma maior sensação equivocada de veracidade para o conteúdo.

A nova medida do Facebook prevê a remoção de vídeos em casos em que foram editados ou alterados de forma que não fique claro para um usuário, e possam enganar quem assiste, levando-o a acreditar que um personagem do vídeo disse algo que na verdade não falou.

Também serão vetados vídeos que sejam produtos de sistemas de inteligência artificial ou de aprendizado de máquina que mesclam, substituem ou sobrepõem conteúdo em um vídeo, fazendo parecer que as imagens mostradas são autênticas.

Ficam excluídos das publicações que poderão ser derrubadas aquelas que se configurem como paródia ou sátira, bem como edições voltadas a corrigir aspectos técnicos (como cor ou brilho) ou para mudar a ordem de palavras.

Além disso, seguem suscetíveis de retirada pela administração da plataforma os posts que violem as suas normas internas, os chamados ”Padrões da Comunidade”. Eles abordam diversos aspectos e proíbem mensagens em diversas categorias, como exibição de violência extrema, discurso de ódio, apologia ao terrorismo e comportamento não autêntico.

Os vídeos que não forem enquadrados nos critérios definidos não serão automaticamente removidos, mas podem ser objeto das medidas destinadas à desinformação. O Facebook não retira esse tipo de publicação, mas elas podem ser verificadas por agências de checagem e identificadas enquanto tal aos usuários por meio de um alerta, além de ter a distribuição reduzida no feed de notícias.

“Se nós simplesmente removêssemos vídeos marcados por checadores de fatos como falsos, os vídeos iriam ainda estar disponíveis em outros lugares na internet ou nas redes sociais. Ao identificá-los como falsos, estamos provendo às pessoas informação e contexto importantes”, justificou a vice-presidente de Políticas Globais do Facebook, Monica Bickert.

Jovem médico é cotado para vaga de vice na chapa do prefeito de Santa Inês nas eleições 2020

Dr. Leonardo Portela é cotado para vice. Foto: BMFrahm

A disputa pela prefeitura de Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá, poderá trazer alternativas importantes nas eleições deste ano. Uma delas é a provável apresentação do nome do jovem médico Leonardo Portela.

O Blog Marcos Frahm apurou que o grupo do prefeito Hérmeson Novaes Eloi do PT ver com simpatia o nome do médico para uma possível composição de chapa com o atual prefeito, cuja avaliação perante a opinião pública é bastante positiva. Oriundo de Jaguaquara, sua indicação vem sendo citada entre os aliados do prefeito com frequência cada vez maior.

A boa relação de Leonardo com os aliados de Hémerson e o reconhecimento dos usuários dos serviços públicos de saúde com o seu trabalho são credenciais que podem influenciar decisivamente no sentido de o mesmo ingressar na chapa governista que disputará as eleições em outubro.

Procurado pelo BMFrahm, o médico admitiu essa possibilidade e afirmou ter percebido na cidade uma forte iniciativa popular em torno de seu nome, com vistas a sua participação no processo eleitoral. Contudo, diz não haver nada de concreto.

Com raízes fincadas na cidade de Santa Inês, o neto de Seu Eloy, irmão do saudoso ex-prefeito e vice-prefeito de Santa Inês, Raimundo Coelho, Dr. Leonardo atua na atenção básica e hospitalar do Município desde o início da atual gestão municipal, inclusive é o diretor clínico do Hospital Municipal, com anuência do chefe do Executivo.

Embora entusiasmado com a ideia de concorrer, o médico informa que não é filiado a partido político, mas disse ter sido procurado por diretórios de legendas partidárias.

Vale ressaltar que, o atual vice-prefeito do município, Fábio de Abranches Quintão Neto, do PRB, também é médico e tem se afastado dos meios políticos. Fábio declarou ruptura política com o prefeito e ocupa o cargo de vice pela segunda vez consecutiva.

Em relação a oposição, conforme apurado, ainda não há definição de nomes que irão compor a chapa oposicionista em Santa Inês.

 

Municípios têm R$ 250 milhões a mais para zerar filas de cirurgias eletivas, diz Ministério da Saúde

/ Saúde

Ministério quer zerar a fila de 53 cirurgias. Foto: Divulgação

O Ministério da Saúde reservou R$ 250 milhões a mais para a ampliação do acesso de pacientes às cirurgias eletivas realizadas no SUS. O incentivo aos municípios é para zerar a fila de espera de cirurgias eletivas de média complexidade e diminuir o tempo de espera daqueles que aguardam por procedimentos agendados. São 53 tipos de procedimentos cirúrgicos que estão na lista, como catarata, varizes, hérnia, vasectomia e laqueadura, além da cirurgia de astroplastia (quadril e joelho) entre outras com grande demanda reprimida identificada.

Em 2018, foram realizadas pelo SUS cerca de 2,4 milhões de cirurgias eletivas em todo o país. Esses procedimentos cirúrgicos são os que não precisam ser realizados em caráter de urgência, podendo assim serem agendados. Em 2019, até outubro, foram registrados no sistema de informação do SUS 2 milhões de cirurgias em todos os estados brasileiros.

Os procedimentos de cirurgias eletivas fazem parte da rotina dos atendimentos oferecidos à população nos hospitais de todo o país, de forma integral e gratuita, por meio do SUS. As três cirurgias mais demandadas são oftalmológicas (para tratamento de catarata e de suas consequências e para tratamento de doenças da retina). Além dessas, também estão na lista cirurgias tais como aquelas para correção de hérnias e retirada da vesícula biliar.

Com o valor extra de R$ 250 milhões mais cirurgias eletivas poderão ser realizadas em 2020. Os gestores estaduais, municipais e do Distrito Federal, responsáveis pela organização e a definição dos critérios regulatórios que garantam o acesso do paciente aos procedimentos cirúrgicos eletivos, podem contar e se programar para utilização dos recursos de acordo com a população per capita de cada estado.

O valor total será disponibilizado no orçamento por meio do componente Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC). O incentivo somente será liberado para os gestores após a apresentação de produção executada no sistema de informação do SUS e para aqueles que ultrapassarem o teto MAC (Média e Alta Complexidade) do município.

Do período de janeiro de 2017 a outubro de 2019, foram disponibilizados por meio de recursos do FAEC, o valor aproximado de R$ 1,1 bilhão para cirurgias eletivas. Além disso, as unidades federativas contam também com o valor do teto MAC (Média e Alta Complexidade) para realização das cirurgias nos municípios.

Projeto Piloto do Enem Digital pode ter 100 mil participantes, diz ministro da Educação

/ Educação

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse hoje (7) ter a expectativa de que chegue a 100 mil o número de vagas destinadas ao projeto piloto do Enem Digital – plataforma por meio da qual o Exame Nacional do Ensino Médio será feito via internet. Inicialmente, a expectativa era de que o piloto do programa abrangesse 50 mil vagas.

“O Enem Digital vai entrar em vigor este ano em 15 capitais como projeto piloto voluntário, para alguma coisa entre 50 e 100 mil vagas. E depois, no futuro, espalhá-lo pelo Brasil todo”, disse hoje Weintraub, ao participar do Revista Brasil, programa da Rádio Nacional de Brasília ancorado pelo jornalista Valter Lima, veiculado pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Cerca de 3,9 milhões de candidatos participaram da edição 2019 do exame.

Para o governo, o Enem Digital vai permitir a utilização de novos tipos de questões com vídeos, infográficos e até a lógica dos games. A sequência do programa, no entanto, depende da estruturação das escolas públicas brasileiras, em especial de seus laboratórios de informática.

”Levaremos informática para todas as escolas do Brasil. Este ano já vamos cobrir quase tudo, mas ao longo do tempo o pessoal terá laboratório de informática e estará preparado para fazer o Enem Digital, porque não adianta passarmos para o Enem Digital sem dar condições de competição para o filho de quem não tem internet nem computador. Por isso, ao longo deste governo, o Enem passará a ser 100% digital. Mas isso será feito de forma gradual”, acrescentou o ministro.

Segundo ele, ao final do processo, o Enem Digital proporcionará grande economia de dinheiro público, uma vez que, quando feito no papel, o exame acaba sendo mais caro por conta de sua logística.

”Quando digitalizar tudo, o Enem ficará mais barato. A pessoa poderá marcar com antecedência o dia que vai fazê-lo, além de não ter problema caso perca o prazo. Caso tenha problema, ele pode remarcá-lo, sem risco de perder o ano”, acrescentou o ministro.

Previsões para 2020

Ainda durante a entrevista, Weintraub fez algumas projeções sobre as ações que serão implementadas por sua pasta em 2020. ”A gente arrumou a casa e agora começaremos a entregar resultados”, disse. Da Agência Brasil

”Por exemplo, na parte de bolsas não apenas estamos mantendo como ampliando-as. Criamos novas bolsas para pesquisar especificamente crises ambientais como derramamento de óleo. Foi criada uma bolsa só para isso. Tem também a ampliação do programa de apoio a pós-graduação para a Amazônia Legal stricto sensu [mestrado e doutorado]”, disse.

Segundo ele, a ideia é, ao longo do ano, avançar no sentido de melhor distribuir bolsas pelo território nacional, de forma a beneficiar localidades que historicamente são menos atendidas. Weintraub destacou também a criação de um portal de periódicos que disponibilizará os principais jornais e revistas científicos.

”E no programa de formação de professores, além de mantermos todos programas, estamos fazendo a parte de formação de professores da educação básica no exterior, principalmente nos Estados Unidos, Canadá, e agora, entrando também, a Irlanda. Dessa forma, a pessoa poderá sofisticar seu inglês, ver outras realidades e trazer isso para ensinar nossas crianças”.

Ainda de acordo com o ministro, a capacitação e o treinamento dos professores virão junto com a valorização da profissão, “que terá seu piso salarial aumentado em 12% este ano”.

Leão defende PEC de Rui e contesta comparação com a versão federal: Nada é pior do que a de Bolsonaro

/ Política

Leão defende PEC de Rui Costa. Foto: Roberto Viana / BNews

O vice-governador João Leão (PP) rechaçou, na tarde desta terça-feira (7), as críticas de líderes sindicais sobre os pontos da reforma previdenciária que o governador Rui Costa (PT) tenta aprovar na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Durante a manhã, em um ato contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 158/2019), os trabalhadores avaliaram que as alterações colocadas pelo petista são mais severas do que as colocadas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

”Isso não existe. Não tem nada é pior do que a de Bolsonaro. Isso é conversa fiada. O que nós queremos é dar condições ao estado da Bahia de manter o que nós estamos mantendo, salário em dia, aposentadoria em dia, nunca atrasou um dia nesse tempo que estamos no governo. É isso que nós queremos continuar”, respondeu o vice-governador, durante a cerimônia de posse da nova mesa diretora do Tribunal de Contas do Estado (TCE), nesta terça.

Segundo ele, assim como no cenário nacional, a situação previdenciária do funcionalismo estadual ”é difícil”, com déficit em torno de R$ 4 bilhões.

”É um baque. Ou nós vamos preparar o futuro, e o futuro representa o seguinte: ou vamos cortar aposentadorias dos servidores ou nós temos que aumentar a receita do estado. O governador Rui Costa e o vice-governador João Leão primam pelo aumento da arrecadação. Não é fácil, a situação é muito difícil”, argumentou Leão, conforme publicação do site BNews.

A PEC 158/2019 é uma adequação à Emenda Constitucional 103/2019, projeto de Reforma da Previdência governo Michel Temer, aprovado pelo Congresso.

Concomitantente, na Câmara dos Deputados, uma proposta do Governo Federal pode permitir – entre outros pontos – que Estados e Municípios apliquem as mesmas regras da previdência social da União.

Sancionada em 2009, a Lei N° 11.357 do Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos do Estado (RPPS) determina a idade mínima de 60 (homens) e 55 anos (mulheres), desde que atenda ao tempo mínimo de 10 anos de efetivo exercício na área, além de cinco anos efetivos no cargo em que irá se aposentar. A PEC 158 enviada por Rui Costa prevê a mudança para 65 anos para homens e 62 para as mulheres.

”Não serei empecilho prá ninguém”, diz Roberto Britto ao manter pré-candidatura em Jequié

/ Jequié

Roberto representa o mesmo partido de Cocá. Foto: TV Câmara

Incentivado pelos bons índices de aceitação que o seu nome vem obtendo nas pesquisas de opinião sobre as prováveis candidaturas a prefeito de Jequié este ano, o ex-prefeito e ex-deputado federal Roberto Britto (PP), diz estar muito otimista com o que tem ouvido nas conversas que mantém com lideranças dos Progressistas da Bahia e, principalmente, ”com segmentos representativos da comunidade de Jequié”, com vistas à manutenção de sua postulação de concorrer ao cargo de Prefeito nas eleições deste ano.

Britto diz reconhecer que o partido tem mais uma opção no município [referindo-se ao deputado estadual Zé Cocá], mas admite que, ”em se tratando de política muitos fatos novos [?] podem surgir no decorrer das pré-candidaturas, até a homologação na convenção partidária”.

Após retomar no ano passado as suas atividades como médico no Hospital Geral Prado Valadares-HGPV, onde atua nos finais de semana, Britto exerce em Salvador, nos demais dias da semana, o cargo de diretor-presidente da Empresa Gráfica da Bahia-EGBA, indicação levada pelo PP e referendada pelo governador Rui Costa (PT). ”Todo o tempo que tenho disponível venho conversando com  pessoas de Jequié, que me incentivam a postular a participação na disputa pela sucessão municipal”, diz. As informações são do Jequié Repórter

Obras do aeroporto de Jequié serão reiniciadas este mês, diz Antônio Brito após encontro com secretário

/ Jequié

Brito e Alexandre Iossef em reunião com Cavalcanti. Foto: Divulgação

Em reunião na Secretaria de Infraestrutura da Bahia – Seinfra, o deputado federal Antonio Brito, que esteve acompanhado do coordenador da Santa Casa de Jequié, Alexandre Iossef, avaliou a situação das obras de recuperação do aeroporto de Jequié, Vicente Grilo, que foram paralisadas devido a necessidade de drenagem, após técnicos identificarem um acúmulo anormal de água no subleito da pista.

O Governo do Estado por meio da Seinfra, já está realizando estudos para identificar a origem do excesso da água e definir as ações necessárias para viabilizar o aterro e retomar as obras.

O deputado Antonio Brito reforçou ao secretário a importância do aeroporto de Jequié para o desenvolvimento regional, inclusive na área de saúde para as UTIs do hospital Prado Valadares e da Santa Casa de Jequié.O secretário Marcus Cavalcanti, assegurou que as obras do aeroporto serão reiniciadas ainda neste mês de janeiro de 202.

Empossado, presidente do TCE critica generalizações e prega aproximação com os cidadãos

/ Bahia

Gildásio Penedo Filho é empossado. Foto: Divulgação/TCE

Ao tomar posse como presidente do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA), em sessão solene na tarde desta terça-feira (07), na condição de reeleito, para o biênio 2020/2021, o conselheiro Gildásio Penedo Filho fez questão de alertar para o risco provocado por tentativas de criminalizar a administração pública brasileira e destacou que a generalização é um grande equívoco e gera a ameaça de afastar da vida pública muitos homens e mulheres de bem.

Penedo acrescentou ainda que cabe aos tribunais de contas fazer a separação do joio e do trigo, punindo os maus gestores e premiando aqueles que se conduzem de forma correta, e salientou a importância da aproximação cada vez maior entre as Cortes de Contas e os cidadãos, para que a sociedade possa contribuir para a melhoria dos serviços públicos.

A sessão solene, que marcou ainda a posse dos conselheiros, ambos também reeleitos, Marcus Vinícius de Barros Presídio, como vice-presidente, e Inaldo da Paixão Santos Araújo, como corregedor, superlotou as dependências do auditório Conselheiro Lafayette Pondé, com a presença de diversas autoridades, deputados federais e estaduais, vereadores de Salvador, secretários da administração estadual, representantes de entidades e instituições, amigos e familiares dos integrantes da Mesa Diretora, além de servidores do TCE/BA.

Em seu discurso, o presidente Gildásio Penedo Filho também destacou que algumas das ações realizadas durante o primeiro biênio da gestão da Mesa Diretora reeleita geraram retorno direto para a sociedade baiana, a exemplo da devolução aos cofres públicos do Estado de R$ 664 milhões, pelo INSS, a título de compensação previdenciária, ou o pagamento de R$ 31 milhões pelos gestores em decorrência da imputação de débitos e aplicação de multas por parte do TCE. Considerou que um dos grandes desafios das Cortes de Contas de todo o País é estar cada vez mais atentas à cobrança que parte da sociedade, e estar cada dia mais próximo da cidadania.

Há uma cobrança incontestável por parte dos cidadãos em relação à eficiência na prestação dos serviços públicos – declarou o presidente, para acrescentar: ”Esta é uma realidade que ocorre a todo instante. E por isso, recai sobre os ombros dos Tribunais de Contas um dos papéis mais importantes. O próprio Governo Constitucional reservou a essa importante instituição o controle da eficiência, da eficácia e da qualidade do serviço público. E nós, enquanto representantes dos sistemas de controle, não podemos ficar desatentos a essa realidade. Em que pesem essas cobranças, nós precisamos, a todo instante, procurar nos reinventarmos, dando respostas eficientes à nossa cidadania”.

“O TCE/BA, ao longo desses dois anos, teve diversos parceiros importantes, com quem celebrou acordos de cooperação, a exemplo da CGU, TCU, Abin, Ministério Público Federal”, complementou. ”Há, nesse momento, uma situação fiscal muito complicada no ambiente dos entes públicos. Portanto, há necessidade de uma reinvenção, de termos a capacidade de maximizar os resultados por meio da troca de informações e na cumplicidade do sistema. É isso que o TCE buscou desenhar nos últimos dois anos. Não temos fugido às nossas responsabilidades e já temos dado respostas à sociedade”.

Entre os presentes à posse estavam o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, João Leão (representando o governador Rui Costa), o senador Otto Alencar, o prefeito de Salvador em exercício, Bruno Reis (representando o prefeito Antonio Carlos Magalhães Neto), o vice-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Alex Lima, a desembargadora Maria Purificação da Silva (representando o presidente em exercício do Tribunal de Justiça da Bahia, Augusto de Lima Bispo), o presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Júnior, o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios, Plínio Carneiro Filho, o Defensor Público Geral da Bahia, Rafson Saraiva Ximenes, o Procurador-Geral do Estado da Bahia, Antônio Moreno. E ainda a Procuradora-Geral de Justiça do Estado da Bahia, Ediene Lousado, o procurador-geral do Ministério Público de Contas, Antonio Tarciso Souza Carvalho, além dos conselheiros Antonio Honorato e Carolina Matos Alves Costa e do conselheiro aposentado Manoel Castro.

Rui Costa recebe alta médica, retorna a Salvador e aguarda liberação medica para voltar às atividades

/ Saúde

Rui Costa passou por cirurgia em SP. Foto: Mateus Pereira

A Secretaria de Comunicação Social do Governo do Estado da Bahia informa que o governador Rui Costa recebeu alta médica nesta terça-feira (7) após ser submetido a cirurgia para retirada de nódulo na mama.

O chefe do Executivo baiano já se encontra em Salvador e retornará às atividades somente após liberação da equipe médica, segundo informações de sua assessoria.

Após repercussão de contestação da jornalista Jéssica, Flu de Feira desiste de contratar goleiro Bruno

/ Imprensa

Jéssica Senra critica negociação com Bruno. Foto: TV Bahia

O Fluminense de Feira não vai mais contratar o goleiro Bruno, que cumpre pena em regime semiaberto por causa do assassinato e ocultação de cadáver da modelo Eliza Samúdio, em 2010.

A desistência foi revelada pelo presidente Ewerton Carneiro, o Pastor Tom, em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (7), na sede do clube, em Feira de Santana.

De acordo com o dirigente, o motivo foi a forte manifestação popular contrária à contratação. ”Esses dias foram de muita confusão para mim, para a diretoria, para o Fluminense de Feira, pro povo de Feira, para a minha família. A gente viu pessoas entrando na rede social, uns favoráveis, outros contra, inclusive falei ontem com Bruno, conversei com ele. E eu ouvi ontem também a imprensa de Feira, as pessoas nas ruas, procurei me basear também juridicamente do que poderia trazer negativamente ou positivamente para o Fluminense. No dia de hoje, depois da matéria que foi rodada ontem, repercutiu muito, muito, muito, muito, muito na Bahia, qual é a nossa conclusão quanto a Bruno? Nossa conclusão é que eu entendo que estamos em uma administração nova e não queremos polemizar. Muito pelo contrário. Nós queremos resgatar aquelas pessoas que iam para o estádio para que voltem ao estádio. Essa é a nossa preocupação, de trazer os torcedores de volta para o clube”, justificou.

A matéria a qual o dirigente se refere pela grande repercussão foi na verdade um comentário feito na segunda-feira (6) pela jornalista Jéssica Senra, apresentadora do telejornal Bahia Meio Dia, da TV Bahia, na qual ela condena que Bruno volte a jogar futebol profissionalmente.

O presidente do Touro do Sertão revelou também um conflito existente entre seu posicionamento como dirigente e como pastor. Por este último, ele seria favorável a dar uma chance ao goleiro de 35 anos. ”Eu ouvi a maioria, então nesse exato momento nós estamos desistindo de trazer Bruno para o município de Feira de Santana, respeitando a torcida, respeitando todas aquelas pessoas que falaram do crime hediondo que o mesmo fez. Olha que eu não estou aqui para julgar. A Bíblia é muito clara. Deus, numa parábola, ele fala: quem não tenha pecado que lance a primeira pedra. E todos que estavam ali saíram e se mandaram. Eu, como um pastor evangélico, tenho que lutar para ressocializar as pessoas, para que aquela pessoa venha a ser transformada. Como homem de Deus eu vou continuar fazendo isso, mas o apelo da torcida e da sociedade foi mais importante”, disse.

O Fluminense está em fase final de preparação para o Campeonato Baiano, no qual estreia dia 22, contra o Atlético de Alagoinhas, fora de casa.

Mulher morre após ser baleada na cabeça pelo marido e empurrada de carro em movimento

/ Trânsito

O homem foi capturado logo após o crime Foto: Leábem Monteiro

Um homem, que não teve nome revelado, é suspeito de ter atirado e empurrado a mulher de um carro em movimento. O caso ocorreu nesta terça-feira (7) na cidade de Fortaleza.

Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o criminoso efetuou cerca de três disparos contra a esposa. Logo em seguida, a mulher foi arremessada do carro e alvejada com mais tiros na região da cabeça. Ela foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Após o crime, o marido da vítima tentou fugir, mas a placa do carro que conduzia foi identificada por equipes do Raio, da Polícia Militar. Durante a perseguição policial, agentes atiraram no pneu do automóvel.

O homem tentou cometer suicido com um tiro na boca, mas foi capturado. Ele foi encaminhado para o pronto socorro do Instituto Doutor José Frota (IJF). A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) irá investigar o caso.

Proprietários de veículos devem estar atentos aos prazos do licenciamento integrado 2020, diz Detran

/ Trânsito

Os proprietários de veículos devem estar atentos aos prazos do licenciamento integrado 2020. O alerta é do Detran da Bahia. Os proprietários devem fazer o pagamento do licenciamento integrado 2020, composto por taxa administrativa, seguro DPVAT, IPVA e multas, se houver. Após a confirmação da quitação dos débitos pelo banco, o órgão emite o novo registro do veículo (CRLV).

Os prazos de pagamento do IPVA, imposto sobre a propriedade de automóveis cobrado pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), servem de referência para o cidadão realizar o licenciamento integrado no Detran-BA. Quem antecipar a quitação do tributo terá 10% de desconto, em cota única, até o dia 10 de fevereiro. A seguir a tabela com as datas, desconto e parcelamento para regularizar o veículo, de acordo com o número final das placas.