Em Jequié, Ramon segue na luta por regularização fundiária e entrega novas escrituras

/ Jaguaquara

Ramon Fernandes entrega escrituras a moradores. Foto: Divulgação

O vereador Ramon Fernandes segue na luta pela regularização fundiária que beneficiará moradores de conjuntos habitacionais de Jequié.

O processo de regularização, iniciado em maio de 2019 chegou nesta sexta-feira (31) a terceira fase da entrega de escrituras a moradores dos Conjuntos Habitacionais URBIS I, III e IV, e segundo o vereado,  já são 400 documentos emitidos com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Governo do Estado da Bahia – SEDUR , por meio do titular da pasta, Emerson Leal, que acatou interferência do deputado estadual Euclides Fernandes, através da solicitação de Ramon e inclusive já fez várias visitas ao município para acompanhar o processo.

Nesta noite, no CAIC, ao entregar mais 108 escrituras Ramon destacou o apoio de Euclides, de Emerson Leal e registrou em sua fala o empenho da presidente da Associação das URBIS, Jeane Lacerda, engajada no processo. ”O título de propriedade trará dignidade aos proprietários”, disse o vereador.

Previdência: sessão é suspensa na Assembleia após ”ovada” e invasão ao plenário

/ Bahia

Clima é de tensão na AL-BA. Foto: Estela Marques/bahia.ba

Manifestantes que acompanham na noite desta sexta-feira (31) a votação da PEC 159/2020, que regulamenta o regime de Previdência do estado, lançaram ovos nos deputados que estavam na bancada da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). Um deles acertou em cheio o presidente da Casa, Nelson Leal (PP).

O pepista se irritou, mas manteve a sessão. ”Vossa excelência vai continuar”, disse ao deputado Hilton Coelho (Psol), que discursava na tribuna no momento do ocorrido. ”Quem for meu amigo vai estar ao meu lado hoje”, completou Leal, que prometeu votar a matéria ainda nesta sexta, em dois turnos. ”Vocês cometeram um erro”.

Os manifestantes que estavam na galeria, contudo, não se contiveram e seguiram com os protestos, gritando “Não à PEC”. Os ânimos se exaltaram quando policiais civis invadiram o plenário. Houve embate entre os civis e a Polícia Militar, que tentava conter o tumulto.

A sessão foi suspensa, e os civis fecharam a entrada do plenário. ”Partido Traidor”, gritavam, fazendo relação com o Partido dos Trabalhadores, sigla do governador Rui Costa.

Por volta das 20h55, todo o plenário estava tomado por servidores estaduais. Os deputados saíram, com exceção de Soldado Prisco (PSC) Capitão Alden (PSL). Minutos depois agentes do Batalhão da Polícia de Choque criaram uma barreira de proteção, em uma tentativa de conter os manifestantes. As inforamções são do bahia.ba

Oposição promete obstruir ao máximo votação da Previdência na Assembleia; sessão deve ir até 0h

/ Política

Hilton Coelho se posiciona contra o Governo. Foto: Roberto Viana

A votação da PEC 159, que trata da Reforma da Previdência para servidores baianos, deve seguir até o início da madrugada. O texto começa a ser apreciado na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) a partir das 19h desta sexta-feira (31).

Segundo o deputado Hilton Coelho (PSOL), que faz oposição ao Governo do Estado, na ”pior das hipóteses” acontecerá a aprovação de somente um turno. O segundo poderá ficar para a semana que vem.

”O governo tem em torno de 4 horas e meia para realizar a votação. A nossa tática é de obstrução”, avisou o psolista, segundo publicação do BNews.”Se 15 deputados fizerem falas, nós temos condição de obstruir, inclusive, o primeiro turno da votação”.

O parlamentar não descarta a possibilidade de judicializar novamente o processo. ”Nada está descartado”, declarou.

Jaguaquara: Por discordar de escolha política do prefeito, secretária de Agricultura pediu para sair

/ Jaguaquara

Adriele Andrade deixou o cargo de secretária. Foto: Facebook

A enfermeira e comerciante Adriele Andrade Ribeiro deixou o cargo de secretária municipal de Agricultura e Meio Ambiente, em Jaguaquara, e foi substituída por Eliomar da Paixão Lima, que já atuava na pasta.

A mudança é a terceira na atual gestão de Giuliano Martinelli (PP) e teve motivação política. O Blog Marcos Frahm apurou que Adriele discorda da escolha do nome da secretária de Desenvolvimento Social, Edione Agostinone, como pré-candidata a prefeita.

A agora ex-secretária havia assumido o cargo em abril de 2019, com a missão de substituir José Ivanaldo Saraiva dos Santos, exonerado à época. Muito contestada no início, por não ser da área, Adriele, que é prima do prefeito, se destacou, inclusive com visitas frequentes as localidades rurais e passou a ser considerada um bom quadro da administração local.

Nada se sabe, porém, sobre a movimentação política de Adriele depois de expor sua grande insatisfação com o direcionamento do grupo liderado pelo prefeito em relação ao processo sucessório.  Nos meios políticos, são fortes os comentários de que a ex-secretária tem pretensões políticas e pode disputar uma vaga na Câmara de Vereadores. Antes da Agricultura, ela atuou na Defesa Civil do município.

A troca no primeiro escalão, contudo, não se resume a pasta da Agricultura. O prefeito de Jaguaquara também resolve promover alteração no âmbito da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, que desde a saída de Weder Mello, em 2019, era comandada, interinamente, pela primeira-dama e atual secretária de Governo, Geisa Silva Santana Martinelli. A partir do mês de fevereiro, o espaço passa a ser ocupado por Tâmara Monteiro Lemos, que já atua na gestão e agora ganha status de secretária.

Construção Civil foi o setor da economia que mais gerou emprego na Bahia em 2019, diz Governo

/ Bahia

A Construção Civil foi o setor da economia que mais gerou emprego na Bahia em 2019, com 11.551 postos novos postos de trabalho com carteira assinada. Os dados são da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, sistematizados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento (Seplan). Em 2019, o estoque de empregos formais da Construção Civil cresceu 10,2% em relação ao ano imediatamente anterior.

Além da construção civil, outros setores que registraram saldos positivos: Serviços (+10.046 postos), Comércio (+5.297 postos), Indústria de Transformação (+2.353 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (+829 postos), Extrativa Mineral (+614 postos) e Agropecuária (+198 postos).

“As obras tocadas pelo Governo do Estado têm destaque no desempenho positivo do setor e no aumento de contratação de mão de obra, como no hospital Metropolitano, nas policlínicas, sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, habitações populares, escolas, na ponte Ilhéus-Pontal, dentre tantas outras obras. As perspectivas de crescimento para 2020 são ainda mais favoráveis, com as obras previstas para iniciarem neste ano, como a nova Rodoviária, o Veículo Leve de Transporte (VLT), a ampliação do metrô, novas estradas e a retomada do mercado imobiliário, com um número de empreendimentos bem superior ao registrado em 2019”, afirmou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

Ainda de acordo com a SEI, o bom desempenho da Construção civil pode também ser corroborado pelo crescimento de 12% da produção de Minerais não metálicos, atividade responsável pela fabricação de boa parte dos insumos da Construção Civil.

Outro indicador que evidencia o desempenho favorável do setor é o Índice de Confiança da Construção da Fundação Getúlio Vargas, que mostra um avanço de 8,3 pontos da confiança do empresariado a partir de maio deste ano. O aquecimento está ligado à expectativa de mercado, principalmente com a baixa de juros, às facilidades do crédito e o cenário econômico mais favorável, que se traduz na expectativa de um PIB bem mais elevado em 2020.

Líder do Nordeste

Com 30.858 novos postos de trabalho com carteira assinada, a Bahia foi o estado do Nordeste que mais gerou empregos em 2019. Este resultado foi o melhor dos últimos seis anos e mantém o ritmo da geração de emprego registrada em 2018, quando totalizou 30.746 novos postos de trabalho, levando em consideração as declarações recebidas fora do prazo.

Ponte sobre o Rio de Contas e requalificação de avenida trarão benefícios à população de Jequié

/ Jequié

Município de Jequié será beneficiada com novas obras pública

O município de Jequié, está em festa. E não é para menos. Ainda nessa primeira quinzena de fevereiro o governador Rui Costa vai assinar a ordem de serviço para a construção/duplicação da nova ponte sobre o Rio de Contas e a duplicação e requalificação da Avenida Toti Lomanto, que liga a BR-116 ao Centro da Cidade. As intervenções são aguardadas com ansiedade pela população local, uma vez que desafogarão o trânsito em dois pontos de grande movimentação.

No caso da ponte a ideia é fazer fluir o tráfego de veículos e garantir maior segurança a pedestres e ciclistas que diariamente fazem a travessia do Rio de Contas, que separa o Centro da Cidade do populoso bairro Mandacaru e do Centro Industrial de Jequié. Realizada com recursos do Tesouro do Estado a obra, orçada em R$25,6 milhões, contempla a construção da ponte em pré-moldado de concreto, com ciclovia e passeio, e a articulação viária de todo o entorno, o que significa a requalificação das vias adjacentes com praça, equipamentos públicos, passeio e nova pavimentação.

Com execução estimada de um ano e meio a partir da assinatura da ordem de serviço, a obra também vai facilitar o acesso da população de Jequié e cidades vizinhas à Policlínica Estadual inaugurada em 2018, já que a unidade de saúde é uma das referências do bairro Mandacaru.

Toti Lomanto – Uma das principais avenidas de Jequié, a Toti Lomanto vai ser duplicada e requalificada ao longo de três quilômetros e meio, incluindo urbanização, paisagismo e obras de infraestrutura, como passeio e iluminação pública. Ao longo da via serão construídas três praças públicas com temáticas diferentes. A Praça dos Esportes será dotada de quadra poliesportiva, pista de skate, equipamento de ginástica e parque infantil.

A praça Academia da Saúde terá equipamentos de ginástica ao ar livre e uma pista para caminhada e corrida de 3,5km, enquanto a Praça da Contemplação será equipada com bancos e mesas com tabuleiro de damas e xadrez.

Envio de documentos para matrícula no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai até terça-feira

/ Educação

Os estudantes classificados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020 têm até o dia 4 de fevereiro para enviar às instituições de ensino a documentação necessária para se matricular no curso para o qual foram aprovados.

O período de matrículas começou na quarta-feira (29), um dia após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) ter liberado a divulgação do resultado do Sisu, que chegou a ser temporariamente suspensa devido às queixas de estudantes que alegavam ter sido prejudicados por problemas na atribuição de notas.

Na semana passada, o Ministério da Educação reconheceu que houve erros na atribuição de notas para cerca de 6 mil estudantes que participaram do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Foram classificados os estudantes mais bem posicionados, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. As vagas são distribuídas de acordo com a Lei de Cotas (Lei 12.711/2012) e de políticas de ações afirmativas, que podem variar de instituição de ensino para instituição.

Lista de Espera

Na próxima terça-feira (4) também termina o prazo para participar da lista de espera. Só pode participar da lista de espera quem não foi selecionado em nenhuma das duas opções escolhidas no momento da inscrição. Para participar dessa segunda chance, o candidato deve acessar o seu boletim Sisu e manifestar o interesse no prazo especificado no cronograma. É importante que o candidato acompanhe junto à instituição da vaga escolhida a lista de espera e as convocações para matrícula.

A convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições tem início a partir do dia 7 de fevereiro e vai até o dia 30 de abril. Da Agência Brasil

Fábio Vilas-Boas considera exagerada proposta de cancelar o Carnaval devido ao coronavírus

/ Entrevista

”Não justifica”, diz Fábio Vilas-Boas. Foto: Leonardo Rattes

O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas considerou exagerada a proposta do pneumologista Álvaro Cruz, de cancelar o carnaval devido ao risco de contaminação por coronavírus. ”Entendo a preocupação do Prof. Álvaro Cruz, porém a baixa infectividade e letalidade desse novo vírus, assim como a ausência de evidência da sua presença no território nacional, até o presente momento, não justifica medidas excepcionais”, disse Vilas-Boas, conforme publicação do site Política Livre.

O secretário ressalta ainda, que os casos de síndromes respiratórias causadas por variantes do vírus influenza foram responsáveis por mais de 130 óbitos no ano de 2019. E que medidas de proteção de contato, higiene das mãos e principalmente o uso de máscaras nas pessoas com tosse e espirros devem ser estimuladas como mecanismo eficaz de atenuação do contágio por esses patógenos.

Com a frase, ”Prego batido e ponta virada”, Zé Cocá confirma pré-candidatura à prefeitura de Jequié

/ Jequié

Zé Cocá confirmou o que era esperado nos meios políticos

Fim do mistério. O que era esperado nos meios políticos de Jequié se consumou na manhã desta sexta-feira (31). O deputado estadual Zé Cocá confirmou o que já se sabia nos bastidores da política e reuniões do seu grupo político, ao confirmar que será candidato a prefeito de Jequié nas eleições de outubro.

Em entrevista na manhã de hoje ao jornalista Souza Andrade, da Rádio Jequié FM, Cocá não escondeu o desejo antigo de comandar o município. Com a frase ”Prego batido e ponta virada”, o deputado mais votado nas eleições de 2018 em Jequié quebrou o silêncio e confirmou que estará no páreo em outubro. ”A gente teve uma conversa antes de ontem em Salvador, com algumas pessoas e acabamos tendo uma definição de que Zé Cocá será pré-candidato a prefeito pelo PP. A população tem pedido isso e tem momentos da vida que você não tem como voltar atrás. Em todas as avaliações que a gente faz, o desejo das pessoas é esse e Jequié tem passado por momentos ruins por falta de gestão”, afirmou Cocá, que não perdeu a oportunidade de alfinetar a gestão do prefeito Sérgio da Gameleira (PSB).

Ladeado pelo atual vice-prefeito de Jequié, Hassan Youssef (PTB), que é rompido politicamente com o prefeito, Cocá fez elogios a Youssef, que é cunhado do deputado federal e seu ex-aliado Antônio Brito (PSD). Inclusive, Hassan, que é cotado para integrar a majoritária que será encabeçada por Zé, na condição de vice, era cogitado como possível candidato de consenso da base do governador Rui Costa (PT). Contudo, nos meios políticos, e até no grupo do qual faz parte os comentários são de que Hassan não tem a mesma musculatura que Cocá para ser cabeça de chapa.

Ex-prefeito de Lafaiete Coutinho por dois mandatos, município com cerca de 04 mil habitantes, Cocá diz sofrer críticas de opositores por ter sido prefeito de uma cidade pequena, mas afirma ter feito o diferencial na gestão pública, com aprovação de mais de 90% da população, tendo sido reeleito como candidato único nas eleições de 2012. ”Todos os dias estão arrumando o defeito pra mim. Vejo a oposição batendo manhã, tarde e noite, dizendo que fui prefeito de cidade pequena. E tem prefeito que nunca foi nada e é considerado experiente. Fui prefeito e fiz o diferencial”, disse ele, autointitulando-se experiente.

O agora pré-candidato falou em buscar a recuperação da capacidade de investimento do município, caso seja eleito, a partir de medidas austeras no trato com o dinheiro público, destacando a importância da revisão de valores de contratos e empenho para aumentar a arrecadação local.

Cocá citou na entrevista o deputado federal Leur Lomanto Jr. (DEM), ferrenho opositor do governador Rui Costa, mas que deverá marchar com o candidato apoiado pelo petista na Cidade Sol. Por fim, derramou-se em elogios a primeira-dama do Estado, Aline Fernanda Peixoto, de quem se tornou próximo depois de eleito deputado e ganhou o aval da mesma para entrar na disputa sucessória 2020.

Aproveitou para alfinetar o deputado Antônio Brito, que defende a pré-candidatura do diretor da Santa Casa de Saúde, Alexandre Youssef, pelo PSD, a prefeito de Jequié. Acusou Brito e o seu grupo de bater nas redes sociais em Aline Peixoto e no governador. ”Deputado, tenha noção, não sei se o senhor está fazendo política com raiva, mas vamos parar com essa babaquice”, bradou. *Nota original do Blog Marcos Frahm

Cacique do PT confirma Major Denice oficialmente como pré-candidata: ”Salvador já tem o nome certo”

/ Política

Major Denice será filiada ao PT em Salvador. Foto: Rede social

O Secretário de Desenvolvimento Rural da Bahia, Josias Gomes, foi o primeiro cacique do PT a confirmar a pré-candidatura de Major Denice para a prefeitura de Salvador. Em um textão divulgado nesta quinta-feira (30), ele elencou uma série de argumentos para fazer a Pfem como nova gestora da cidade.

”Foi ao admirável líder Lula, que o companheiro Rui Costa foi levar o nome da Major Denice: a nossa pré-candidata a prefeita de Salvador. Uma mulher inteligente, sensível e corajosa. Denice carrega em sua luta a ancestralidade libertadora de guerreiras como Luiza Mahin”, declarou.

”Denice Santiago é uma mulher negra, vinda da pobreza, e com visão de mundo semelhante as nossas. Querem mais? Muito identificada com os problemas sociais atuais vividos pelos povos, no seu dia a dia. Ela é Comandante da Ronda Maria da Penha (RMP), unidade da Polícia Militar baiana criada para proteger as mulheres sob medida protetiva judicial e ajudando arduamente combater o feminicídio”, continuou.

Ele classifica Denice como uma mulher ”que está no lugar certo da história”. ”É chegado o momento de fazermos justiça histórica! Salvador é uma estrela negra, merece ser governada por quem tem raízes e olhares dos problemas e soluções dentro de si, trabalha a favor de todos e todas! Que venha fevereiro trazendo os fluidos de Iemanjá, de Denice, de Rui, de Lula, sobretudo, do Partido dos Trabalhadores. Salvador já tem o nome certo para a estrela batalhadora brilhar.”

Presidente do Superior Tribunal de Justiça mantém prisão da desembargadora Maria do Socorro

/ Justiça

Maria do Socorro está presa desde novembro. Foto: Reprodução

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, manteve a prisão preventiva da ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago.

Ela foi detida em novembro, no âmbito da Operação Joia da Coroa, desdobramento da Operação Faroeste, e transferida para o Complexo Penitenciário da Papuda (DF) no mês seguinte.

A investigação apura um esquema de venda de sentenças relacionadas à grilagem de terras no oeste baiano.

Presidente Jair Bolsonaro assina MP que eleva salário mínimo para R$ 1.045 a partir de fevereiro

/ Brasília

Bolsonaro assinou MP ontem, quinta-feira. Fotos: Marcos Corrêa

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira (30) a medida provisória (MP) que fixa, a partir de fevereiro deste ano, o salário mínimo em R$ 1.045. A mudança representa um aumento em relação ao reajuste proposto no final do ano, já que o índice oficial de inflação usado como referência para o aumento foi maior do que o esperado.

“O valor do salário mínimo até então vigente era de R$ 1.039,00 e fora calculado levando em conta a projeção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC para o mês de dezembro de 2019. A alteração se mostra necessária para adequar o valor do salário mínimo à efetiva variação do INPC, divulgada em 10 de janeiro de 2020 pelo Banco Central. Assim o valor de R$ 1.045, que passará a vigorar a partir de 1º de fevereiro de 2020, manterá o real poder de compra do salário mínimo para o corrente ano”, informou o Planalto, em nota.

Segundo o governo, a nova MP será publicada na edição desta sexta-feira (31) do Diário Oficial da União (DOU).

Até o ano passado, a política de reajuste do salário mínimo, aprovada em lei, previa uma correção pela inflação mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país). Esse modelo vigorou entre 2011 e 2019. Porém, nem sempre houve aumento real nesse período porque o PIB do país, em 2015 e 2016, registrou retração, com queda de 7% nos acumulado desses dois anos.

O governo estima que, para cada aumento de R$ 1 no salário mínimo, as despesas elevam-se em R$ 355,5 milhões, principalmente por causa do pagamento de benefícios da Previdência Social, do abono salarial e do seguro-desemprego, todos atrelados ao valor do mínimo. Da Agência Brasil

Bolsonaro dá entrada em hospital após passar mal durante voo ao retornar de Minas

/ Brasília

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) passou por exames na noite desta quinta-feira (30) no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, após sentir um desconforto abdominal no retorno de uma viagem a Minas Gerais, onde sobrevoou cidades atingidas pelas chuvas.

Segundo a Band TV, o presidente permaneceu na unidade de saúde por cerca de uma hora e meia e depois seguiu para o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência. Até o momento o Palácio do Planalto não se manifestou sobre os procedimentos realizados.

Por causa da entrada no hospital, todos os compromissos do líder nacional agendados para esta sexta-feira foram desmarcados.

Segundo o site Poder360, no HFA, os médicos avaliaram uma hérnia no abdome do presidente e a possibilidade de realização de uma nova cirurgia, o que acabou não acontecendo. O procedimento seria para correção de cicatriz resultante de cirurgias anteriores.

Caso seja necessário a nova cirurgia, essa será a quinta intervenção no local da facada que sofreu em 6 de setembro de 2018, quando estava em um ato de campanha em Juiz de Fora (MG).

Ainda de acordo com o Poder360, não há data estabelecida para a operação e nem a confirmação se, de fato, será realizada.

Jequié: Governo do Estado assina contrato para obras de nova ponte sobre o Rio de Contas

/ Jequié

Governo garante construir uma nova ponte. Foto: Blog Marcos Frahm

O governo do estado, através da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), assinou, na terça-feira (28), o contrato com a empresa vencedora da licitação para a implantação de uma nova ponte sobre o Rio de Contas, no bairro Mandacaru, em Jequié.

Conforme informações do diário oficial do estado desta quinta (30), além da nova ponte sobre o Rio de Contas, as obras incluem uma articulação viária do entorno e a requalificação urbana da Avenida Tote Lomanto e do seu entroncamento com a BR-116, no município de Jequié.

A empresa contratada, Top Engenharia Ltda., receberá R$ 25.569.507,03 para realizar as obras, que têm um prazo de execução de 18 meses. As informações são do site Bahia Notícias