Polícia Militar da Bahia ganha mais 301 sargentos após Curso Especial de Formação de Sargentos

/ Polícia

A Polícia Militar ganhou mais 301 sargentos em cerimônias realizadas, na manhã desta sexta-feira (12), em cinco municípios baianos. Em Salvador a solenidade de formatura da segunda turma do Curso Especial de Formação de Sargentos Policiais Militares 2019 aconteceu na Vila da PM, no Bonfim.

Além da capital e Região Metropolitana que conta agora com mais 92 sargentos, as solenidades também aconteceram nos Batalhões de Ensino e Capacitação (Beic) de Feira de Santana (117), Ilhéus (48), Juazeiro (25) e Vitória da Conquista (19).

Durante três meses o grupo recebeu instruções de defesa pessoal, armamento e tiro, policiamento ostensivo Geral, direito militar aplicado, legislação PM, policiamento comunitário, relações interpessoais, socorros de urgência e direitos humanos e estágio supervisionado. ”Uma das principais funções de sargento é ser o elo entre a tropa e o escalão de comando”, revelou o comandante-geral da PM, Anselmo Brandão.

Presente no evento, o secretário da segurança pública, Maurício Teles Barbosa, parabenizou a turma por seu empenho e dedicação. ”Todos os dias estes profissionais estão nas ruas colocando suas vidas em risco em prol de cada cidadão e merecem nosso reconhecimento”, frisou o secretário da segurança pública, Maurício Teles Barbosa.

Distrito de Itajuru e bairro Joaquim Romão vão ganhar novas creches, diz prefeito de Jequié, Gameleira

/ Jequié

Gameleira se encontra com Jerômino Rodrigues. Foto: Secom

O prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira (PSB), esteve, nesta sexta-feira (13/12), cumprindo agenda em Salvador, com o secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues. Esteve presente o superintendente estadual de Planejamento Operacional da Rede Escolar, Manoel Calazans.

Durante o encontro, o prefeito apresentou algumas demandas do setor educacional. O secretário Jerônimo Rodrigues, em atendimento às solicitações do Executivo Municipal, confirmou a cessão da área e do prédio do antigo Colégio Estadual Joana Angélica, localizado no distrito de Itajuru, que sofreu um severo desgaste com o passar dos anos e já não tem mais condições de ser reformado. A proposta apresentada pelo prefeito, e aceita pelo secretário, é que a antiga estrutura existente seja demolida e em seu lugar será construída uma creche moderna, com toda a infraestrutura de atendimento da Educação Infantil para os moradores da comunidade de Itajuru.

Na oportunidade o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, entregou ao secretário a solicitação para a concessão do prédio do Colégio Estadual Professor Firmo Nunes de Oliveira, no Joaquim Romão, para que a Prefeitura de Jequié, possa instalar no local uma creche municipal, que passará a ofertar muitas vagas na Educação Infantil, atendendo aos pais e mães que necessitam desse apoio para seus filhos, naquela localidade.

Polícia Rodoviária Federal prende família flagrada com 15kg de crack na BR 116, em Nova Itarana

/ Trânsito

Droga estava escondida em automóvel. Foto: Divulgação/PRF

Na manhã de hoje (13), em fiscalização de combate à criminalidade na BR 116 KM 566, região do município baiano de de Nova Itarana, a Polícia Rodoviária Federal abordou um veículo com placa de Cuiabá (MT), ocupado por um condutor, sua namorada e filho, de um ano e cinco meses, e um adolescente de 17 anos. Durante a abordagem, o condutor demonstrou contradições e aparentava estar muito nervoso, o que chamou a atenção da equipe.

Foi então iniciada fiscalização minuciosa e encontrados no interior do encosto do banco traseiro 15 tabletes de substância semelhante ao crack, com o peso total aproximado de 15 kg. Exatamente no banco onde a droga estava, encontrava-se o filho do condutor em sua cadeirinha, um bebê de 01 ano e 05 meses.

Ao ser questionado, o condutor relatou que saiu da cidade de Cuiabá (MT) com destino à Maceió (AL), onde entregaria a droga em um posto de combustível. Alegou também que receberia pelo transporte do ilícito a quantia de R$ 7.000,00.

Diante dos fatos, o condutor e a namorada, juntamente com a droga foram encaminhados à Polícia Judiciária na cidade de Nova Itarana. A equipe acionou ainda o Conselho Tutelar para as providências cabíveis em relação ao bebê, filho do casal, e o adolescente de 17 anos, por estarem em situação de risco.

É a PRF no combate à criminalidade, protegendo vidas e promovendo segurança pública com eficiência.

 

Jaguaquara: Jovem é preso pela Polícia Militar suspeito de envolvimento com o tráfico

/ Jaguaquara

Um jovem de 24 anos foi detido na manhã desta sexta-feira (13/12), em Jaguaquara, pela Polícia Militar, suspeito de envolvimento com o tráfico de entorpecente.

De acordo com nota divulgada pela PM, Josielmo Islei Nascimento conduzia um carro Prisma quando foi abordado na localidade de Bela Vista, no bairro Casca, em atitude suseita e que o mesmo teria demonstrado nervosismo ao ser parado pela guarnição, que realizou busca minuciosa, tendo encontrado material análogo à cocaína.

A PM, através da 3ª Cia informou que ”foi dada voz de prisão ao suspeito e nesse momento se iniciou resistência à prisão por parte do infrator, que entrou em luta corporal com os policiais, sendo necessária solicitação de reforço para contenção do resistente; após contido e algemado, o indivíduo, o veículo e todo material apreendido foram apresentados à Autoridade Competente que lavrou o APF. Vale salientar que após indagado, o detido informou que comercializava o entorpecente para um indivíduo de alcunha *LUCINHO, que se encontra preso no CPJ”, diz a polícia por meio de nota.

Seguradora quer reverter decisão do Governo Bolsonaro de extinguir o seguro Dpvat

/ Trânsito

De cada 10 veículos na rua, menos de três têm seguro facultativo – mais de 70% transitam somente com o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (Dpvat). Esse é um dos argumentos da Seguradora Líder, responsável pela administração do Dpvat, para tentar reverter a decisão do governo de extinguir o seguro.

No dia 11 de novembro, o governo enviou ao Congresso Nacional a Medida Provisória nº 904 para extinguir o seguro a partir de 1º de janeiro de 2020.

De acordo com o governo, a medida tem por objetivo evitar fraudes e amenizar os custos de supervisão e de regulação do seguro por parte do setor público, atendendo a uma recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU).

Para a Seguradora Líder, o Dpvat ”propicia uma importante reparação social, já que protege os mais de 210 milhões de brasileiros em casos de acidentes de trânsito, especialmente os de renda mais baixa”. “Dos 42% de beneficiários que informaram a renda em todos os pedidos de indenização já computados pelo Consórcio do Seguro Dpvat, cerca de 80% têm de nenhuma renda até um salário mínimo”.

A seguradora argumenta ainda que o Dpvat ”representa importante fonte de recursos para a União em prol de toda a população”. ”Além dos 50% do total arrecadado com o seguro, direcionados ao SUS [Sistema Único de Saúde] e Denatran [Departamento Nacional de Trânsito], mais de 38% da arrecadação são destinados ao pagamento das indenizações às vítimas de acidentes de trânsito e revertidos diretamente à sociedade”. A parcela destinada à margem de resultado e despesas gerais da seguradora soma cerca de 12%.

Em caso de acidente de trânsito, o Dpvat cobre até R$ 2.700,00 de despesas médicas, quando não realizadas pelo SUS. Em caso de invalidez permanente ou morte, a vítima ou sua família recebe até R$ 13.500,00. O Seguro Dpvat não cobre danos materiais e é administrado em forma de monopólio pela Seguradora Líder-Dpvat, constituída por 73 seguradoras que participam do Consórcio do Seguro Dpvat.

Estudo do governo

No último dia 10, a Secretaria de Política Econômica (SPE) e a Superintendência de Seguros Privados (Susep) divulgaram estudo que embasou a decisão do governo de extinguir o Dpvat.

Diferentemente de outros países, em que há seguro obrigatório de trânsito, o Dpvat não é direcionado aos que não deram causa ao acidente. Em nota, os órgãos dizem que o seguro destina a maior parte dos pagamentos de indenizações ao próprio motorista (58%), mesmo que ele seja inadimplente e culpado pelo acidente, onerando todos os demais proprietários de veículo automotores, independentemente da faixa de renda.

Para o governo, o ”fim do seguro obrigatório tende a aumentar o mercado de seguros facultativos e a cultura de proteção por parte de motoristas e proprietários.”

Saúde

A SPE considera que a extinção do Dpvat terá pouco impacto sobre o orçamento do SUS. Segundo o estudo, a parcela do seguro obrigatório repassada à saúde pública neste ano correspondeu a R$ 965 milhões, o equivalente a 0,79% do orçamento total de R$ 122,6 bilhões para a área neste ano.

O Ministério da Economia lembrou que a medida provisória obriga o Dpvat repassar R$ 1,25 bilhão por ano ao Tesouro Nacional até 2022, resultante das obrigações remanescentes dos acidentes ocorridos até o fim deste ano. De 2023 a 2025, o Tesouro receberá mais R$ 1 bilhão. Segundo a SPE, os repasses totais equivalem a quase cinco vezes a transferência de recursos para o SUS em valores deste ano. Da Agência Brasil

”Na primeira semana de janeiro eu anuncio o meu candidato”, diz ACM sobre eleição em Salvador

/ Política

Prefeito de Salvador, ACM Neto. Foto: Matheus Morais / Bahia.ba

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), confirmou que começará a conversar com os líderes partidários da sua base aliada a partir da próxima semana sobre sua sucessão.

Em entrevista a jornalistas, nesta sexta-feira, ele ainda afirmou que na primeira semana de janeiro anunciará seu candidato.

”Essa semana eu começo a conversar com os partidos. Na primeira semana de janeiro eu anuncio o meu candidato a prefeito de Salvador”, disse.

Questionado pelo site bahia.ba se seu anúncio acontecerá no Dia de Reis, dia 6 de janeiro – uma referência a seu possível candidato, Bruno Reis -, o prefeito riu.

”O pior é que pode ser dia 6, mas não ser dos Reis”, falou. ”Será paz e amor até o fim, não quero briga, nunca quis. Estou de boa, prefeito e governador precisam trabalhar juntos, se a gente puder ter esse clima de paz e harmonia, melhor”, falou.

INFORMATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL DE JAGUAQUARA

/ Jaguaquara

Foram apresentadas e aprovadas na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Jaguaquara, realizada no dia 12 de dezembro de 2019, as seguintes matérias:

 

  • MOÇÃO DE APLAUSOS Nº. 006/2019 – DE AUTORIA DO VEREADOR JÚNIOR DA KOMBI, APROVADA POR UNANIMIDADE DOS EDIS, EM HOMENAGEM AOS 100 ANOS DE FUNDAÇÃO DA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS, NO ESTADO DA BAHIA.

 

 

  • PROJETO DE LEI Nº. 016 DE 09/12/2019 – DE INICIATIVA DO EXECUTIVO MUNICIPAL, QUE DISPÕE SOBRE A MUDANÇA DE LOCAL DE TERRENO PÚBLICO URBANO DOADO À IGREJA EVANGÉLICA ARCA DA ALIANÇA, NO MUNICÍPIO DE JAGUAQUARA. APROVADO POR UNANIMIDADE E JÁ ENVIADO PARA SANÇAO DO PREFEITO MUNICIPAL.

 

 

  • PROJETO DE LEI Nº. 007/2019 – DE AUTORIA DA VEREADORA SARA HELEM, QUE “DISPÕE SOBRE A INSTITUIÇÃO DA COLETA SELETIVA DE LIXO, NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO DE JAGUAQUARA, ESTADO DA BAHIA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”. APROVADO POR UNANIMIDADE E JÁ ENVIADO PARA A SANÇAO DO PREFEITO MUNICIPAL.

 

* Compareça às Sessões da Câmara de Vereadores de Jaguaquara. Participe! *

 

 

 

 

Raimundo Louzado Andrade

Presidente da Câmara

Ponte Salvador – Ilha de Itaparica será construída por consórcio chinês; licitação é realizada em SP

/ Bahia

Rui e João Leão acompanham licitação em SP. Foto: Divulgação

O leilão para construção da ponte Salvador – Ilha de Itaparica definiu o Consórcio Ponte Salvador Itaparica, integrado por três empresas chinesas, como o vencedor, nesta sexta-feira (13), na Bolsa de Valores (B3), em São Paulo. A licitação foi acompanhada pelo governador Rui Costa, pelo vice-governador João Leão e pelos secretários de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti e da Casa Civil, Bruno Dauster.

Formado pelas empresas China Railway 20 Bureau Group Corporation – CR20; CCCC South America Regional Company S.Á.R.L – CCCC SOUTH AMERICA e China Communications Construction Company Limited – CCCCLTD, o consórcio terá um ano para elaborar o projeto e outros quatro anos para construir o equipamento. A gestão e administração da ponte terá duração de 30 anos. O investimento será de R$ 5,4 bilhões e o aporte do Estado será de R$ 1,5 bilhão. A previsão é que sejam gerados sete mil empregos durante a obra nesta ponte que será a segunda maior da América Latina.

A ponte, com 12.3 quilômetros de extensão, está inclusa no Sistema Viário do Oeste, que também contempla a implantação dos acessos ao equipamento em Salvador, por túneis e viadutos, e em Vera Cruz, com a ligação à BA-001, junto com uma nova rodovia expressa, e a interligação com a Ponte do Funil, que também será revitalizada. A construção da ponte encurtará o tempo de deslocamento em cerca de 100 quilômetros, beneficiando de imediato 250 municípios e 10 milhões de pessoas das regiões Oeste, Sudoeste, Sul e Extremo Sul.

Tramitação

O processo na Bolsa de Valores (B3) foi iniciado na última segunda-feira (9), com o recebimento da proposta das empresas interessadas em construir a ponte Salvador – Ilha de Itaparica. A comissão de licitação integrada por representantes das secretarias de Infraestrutura (Seinfra), de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e Casa Civil recebeu o material que foi analisado pela B3, empresa especializada no mercado financeiro. Na ocasião, foram avaliadas as garantias das propostas, as propostas econômicas escritas e os documentos de qualificação.

Saque complementar do FGTS será liberado no próximo dia 20 pela Caixa Econômica Federal

/ Economia

A Caixa Econômica Federal vai liberar o saque complementar do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a partir da próxima sexta-feira (20). Mais de 10 milhões de pessoas serão beneficiadas, segundo o  vice-presidente do Agente Operador da Caixa, Paulo Henrique Angelo Souza. A declaração foi feita em uma transmissão ao vivo nas redes sociais para explicar sobre o novo limite de saque.

Só terá direito ao saque extra quem tiver alguma conta de FGTS, ativa ou inativa, cujo saldo era de até R$ 998 (atual valor do salário mínimo) em 24 de julho deste ano. Quem tiver saldo acima desse valor na conta do FGTS só poderá retirar os R$ 500 originalmente previstos. O limite vale para cada conta, separadamente.

O limite do saque imediato subiu com a sanção da lei de conversão de medida provisória nº 13.932/2019.

Dessa forma, um trabalhador que tinha R$ 998 numa conta do FGTS e R$ 1 mil em outra conta até 24 de julho só poderá sacar R$ 998 da primeira conta e R$ 500 da segunda. Nesse caso, se o trabalhador tiver retirado R$ 500 de cada conta na primeira etapa do saque imediato, poderá sacar os R$ 498 restantes da primeira conta e não poderá retirar mais nada da segunda.

Para saber se tem direito ao saque adicional, o trabalhador deve consultar o extrato do FGTS na página na Caixa na internet. A consulta também pode ser feita no aplicativo FGTS, disponível nos smartphones dos sistemas operacionais Android, iOS e em computadores com o sistema Windows.

Para a consulta, basta o trabalhador digitar o número do CPF e a senha para verificar o extrato. Caso não tenha senha ou tenha se esquecido, o trabalhador deve cadastrar uma nova senha, mas, para isso, deve ter em mãos o Número de Identificação Social (NIS), que pode ser encontrado na carteira de trabalho, no cartão do cidadão ou no extrato impresso do FGTS.

Ao acessar a conta, o trabalhador deve clicar no botão Extrato Completo, onde aparecem todas as contas do FGTS, ativas e inativas, em seu nome. O correntista deverá clicar nas informações de cada conta. Caso tenha saldo de até R$ 998 em 24 de julho, poderá sacar até esse limite.

Se o trabalhador não tiver feito o saque imediato nos últimos meses, poderá retirar até R$ 998 da conta com saldo de até um salário mínimo. No entanto, caso já tenha feito a retirada, poderá sacar a diferença entre R$ 500 e o saldo remanescente.

Depósito automático

Quem tem conta na Caixa vai receber o depósito complementar automaticamente. Para quem não tem conta, é preciso buscar atendimento nas agências da Caixa, em terminais de autoatendimento e em casas lotéricas. “Quem não tem conta na Caixa saca nos terminais de autoatendimento, nas mais de 13 mil casas lotéricas no Brasil”, disse Souza. Ele explicou que não importa se a conta do FGTS é ativa ou inativa para fazer o saque.

O vice-presidente lembrou que no próximo dia 18 tem início o pagamento do saque imediato para os trabalhadores nascidos em novembro e dezembro. Por isso, agências da Caixa terão o horário de atendimento ampliado em 2 horas.

O dinheiro do saque imediato ficará disponível até o dia 30 de março de 2020.

*Colaborou Wellton Máximo/Agência Brasil

Mudança na unidade do SAC de Jequié; sai Maria do Carmo e entra a irmã do deputado Zé Cocá

/ Jequié

SAC de Jequié terá nova coordenação. Foto: Blog Marcos Frahm

Decretos publicados no Diário Oficial do Estado, edição desta sexta-feira (13/12) trazem mudanças na unidade do Serviço de Atendimento ao Cidadão – SAC, de Jequié.

Foi exonerada do cargo de Coordenador II, símbolo DAS-3, do Posto SAC Jequié, Maria do Carmo Barreto Silveira, que exercia a função desde o Governo Jaques Wagner, por indicação do deputado estadual Euclides Fernandes (PDT).

Para o mesmo cargo, foi nomeada a irmã do deputado estadual Zé Cocá (PP), Fábia Cristina Brandão Santana, que assumirá o SAC sob anuência do irmão parlamentar.

O cargo está vinculado à Diretoria Operacional do Serviço de Atendimento ao Cidadão, da Superintendência de Atendimento ao Cidadão, da Secretaria da Administração da Bahia.

Estado da Bahia pode perder recursos se não adequar Previdência a normas federais

/ Bahia

A Bahia pode ser impedida pelo Governo Federal de receber investimentos e contrair empréstimos, se não se adequar à Reforma da Previdência proposta pelo governo federal e aprovada pelo Congresso Nacional.

A Portaria 1.348, de 3 de dezembro, da Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia dá o prazo até dia 31 de julho de 2020 para os estados adotarem as medidas necessárias para cumprimento da Emenda Constitucional nº 103, de 2019, conhecida como a PEC da Previdência.

Para realizar operações de crédito ou receber recursos de investimentos, os estados precisam garantir o Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP), documento emitido pelo governo federal e que, a partir do fim do prazo estipulado pelo Ministério da Economia, só será obtido pelos estados que se adequarem ao novo modelo de Previdência proposto pela União. Dos 27 estados brasileiros, 17 já adotaram novas regras para se adequarem ao novo modelo de Previdência.

Tribunal de Contas dos Municípios aprova contas do ex-presidente da Câmara de Itiruçu, Ezequiel

/ Itiruçu

Ezequiel presidiu à Câmara até 2018. Foto: Blog Marcos Fram

Na sessão de quarta-feira (11/12), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia analisaram e aprovaram, embora com ressalvas, as contas do exercício de 2018 de gestores de 16 câmaras de vereadores do estado.

Alguns dos presidentes de câmaras não tiveram ressalvas graves, consideradas passíveis de multa. Outros foram punidos com multas de valor entre R$1 mil a R$5 mil, em razão de irregularidades, equívocos e omissões que foram constatadas quando da análise dos relatórios apresentados, pelos auditores do TCM e pelos conselheiros relatores.

Tiveram contas aprovadas o presidente da Câmara de Itiruçu, Ezequiel do Nascimento Borges; de Mucuri, José Mendes Fontoura; de Itagí, Celestino Silva Miranda Marcelo; de São Félix do Coribe, Leandro Ferreira Pereira; de Alcobaça, Érico Carlos dos Santos Miranda; de Baianópolis, Humberto Silvério Ferreira; de Ilhéus, Lukas Pinheiro Paiva; de Itapebi, Paulo Henrique Nascimento Almeida; de Morpará, Bartolomeu Paes Landim; de Jussari, Luciano Cordeiro dos Santos; de Teodoro Sampaio, Uilton Costa da Mota; de Conceição da Feira, Adriano de Carvalho Melo; de Eunápolis, Paulo Sérgio Brasil dos Santos; de Mata de São João, Agnaldo Oliveira Silva; de Novo Triunfo, Matheus Barros de Santana; e Ibiassucê, Júlio Antônio Farias.

Operação desarticula esquema do setor atacadista de alimentos que sonegou R$ 22 milhões na Bahia

/ Bahia

Três mandados de prisão e nove de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta sexta-feira, dia 13, contra um grupo que causou um prejuízo de mais de R$ 22 milhões aos cofres públicos com sonegação de impostos. Denominada ”Operação Sem Fronteira”, a ação foi deflagrada por uma força-tarefa formada pelo Ministério Público estadual e pelas secretarias estaduais da Fazenda (Sefaz) e da Segurança Pública (SSP). Os alvos são empresas que atuavam em um esquema de sonegação no setor atacadista de alimentos operado a partir do município de Tucano, no nordeste da Bahia. Os mandados, expedidos pela Vara Criminal Especializada da Comarca de Tucano, foram cumpridos no município e em Salvador.

Uma investigação promovida pela força-tarefa constatou um grande volume de sonegação fiscal pelas empresas envolvidas na fraude, além da utilização de ”pessoas laranjas” nos seus quadros societários e de notas fiscais falsas, denominadas pelo grupo criminoso como ”notas tabajara”, que eram utilizadas para burlar a fiscalização e acobertar o trânsito de mercadorias realizado por meio de mais de 30 caminhões de propriedade do grupo fraudador ou de familiares. As empresas sonegadoras são: José Iranildo Andrade dos Santos ME, José Maurício Soares ME, Mário Sérgio de Jesus ME, M Soares de Andrade ME, Comercial de Alimentos Andrade Eireli, Rita de Cássia Rodrigues Souza ME, Maria Ivanildes Andrade dos Santos Bacelar ME e Maria Ivonete Andrade dos Santos ME.

Ao praticar os crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e associação criminosa, o grupo responsável pelas fraudes lesou as finanças estaduais, desestabilizou o mercado a partir da prática de concorrência desleal e acumulou patrimônio de forma irregular.

O prejuízo ao fisco foi calculado com base nas operações registradas pelos sistemas da Sefaz, motivo pelo qual o montante real, em função da natureza das fraudes cometidas, pode ter sido bem maior. Além disso, as operações do grupo ocorriam sem a emissão do documento fiscal e fora do controle eletrônico da fiscalização.

Parte da estratégia de combate à sonegação fiscal promovida pelo Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira), a força-tarefa reúne o Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal (Gaesf) do Ministério Público, a Inspetoria de Investigação e Pesquisa Fazendária (Infip) da Sefaz-Ba, e a Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap), vinculada ao Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da SSP.

Com a presença do deputado Alex Santana, Câmara de Jaguaquara homenageia Igreja Assembleia de Deus

/ Jaguaquara

Plenário da Câmara Municipal esteve lotado. Fotos: Edson Marques

De iniciativa do vereador Jocemar Oliveira – Júnior da Kombi, a passagem pelos 100 anos de fundação da Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Estado da Bahia, foi alvo de homenagens da Câmara Municipal de Jaguaquara, em reconhecimento ao importante trabalho social desenvolvido pela Assembleia no município, dirigida pelo Pastor Metusael Reis.

Em sua Moção de Aplausos, o vereador Jocemar destaca os trabalhos evangélicos realizados pela Assembleia, atraindo muitos jovens, livrando-os, inclusive, de serem envolvidos com o mundo da marginalidade .

As primeiras atividades da Assembleia de Deus na Bahia foram na cidade de Canavieiras, na comunidade de Boca do Córrego, mais precisamente na Fazenda Correa, quando em 1919, a Irmã Joaquina de Souza Carvalho e seu esposo José Clodoaldo chegaram ali e iniciaram a pregação Pentecostal. Era o início da implantação do novo credo que, através da evangelização, rendeu bosn frutos e se desenvolveu, sendo uma das religiões que mais possui adeptos.

Representantes da Assembleia de Deus recebem Moção de Aplausos

A sessão em Jaguaquara, presidida pelo presidente Raimundo Louzado, foi marcada por emoções, teve apresentações musicais com corais e grupos da Assembleia e contou também com a presença de líderes religiosos da região e do deputado federal Alex Marco Santana (PDT), tendo ressaltado a importância da igreja no desenvolvimento da sociedade. ”É importante para mim estar aqui, glorificando e louvando a Deus pela história da Assembleia, pedindo bênçãos para os irmãos, para os vereadores, pois também sou político e sei o quanto a luta do parlamentar é árdua. Irei contribuir com Jaguaquara, através de emenda que nós estaremos destinando a partir do próximo ano para que possamos colaborar com o desenvolvimento desta cidade e estreitar a nossa relação com vocês”.