Jornalista Jéssica Senra entra para equipe ”fixa” de apresentadores do Jornal Nacional

/ Imprensa

Jéssica Senra conquistou uma vaga no JN. Foto: Reprodução

Após representar a Bahia no rodízio de apresentadores feito pelo Jornal Nacional em comemoração aos 50 anos da atração, Jéssica Senra conquistou uma vaga fixa na equipe do telejornal global.

De acordo com o site Observatório da Televisão, a baiana foi escolhida junto com Aline Aguiar, representante de Minas Gerais, para integrar o rodízio de final de semana do JN. A informação foi confirmada por Jéssica Senra ao site.

A jornalista se tornou um dos assuntos mais comentados das redes sociais quando assumiu a bancada ao lado de Ayres Rocha, do Acre. Outro momento em que Jéssica se destacou foi ao se posicionar sobre a agressão sofrida por um rapaz após dar um beijo em outro homem.

”Uma das explicações para a homofobia é que ela tem a ver com machismo, com a ideia de superioridade do homem sobre a mulher. Perceba que muitos homossexuais são chamados de mulherzinha, como se isso fosse ofensivo, como se ser mulher fosse uma ofensa. O modelo de homem na nossa sociedade é baseado na masculinidade viril e agressiva”, disse na época.

Governador Rui Costa fará inaugurações nas cidades de Jequié e Ipiaú, nesta sexta (06)

/ Bahia

Governador Rui Costa retorna à Jequié. Foto: Camila Souza

Nesta sexta-feira, (06/12), o governador Rui Costa passa o dia no Médio Rio de Contas para diversas entregas às comunidades da região, a começar por Jequié, às 9h, onde inaugura a pista de atletismo no 19° Batalhão da Polícia Militar (19° BMP), a nova sede do Colégio da Polícia Militar Professor Luiz Cotrim, entrega cinco viaturas para a Companhia de Policiamento Especializado e 17 ambulâncias para os municípios de Aiquara, Barra Rocha, Brejões, Cordeiros, Gongogi, Ibicuí, Itagibá, Itambé, Itapitanga, Itiruçu, Jequié, Milagres, Presidente Jânio Quadros, Uruçuca e Vitória da Conquista.

O evento acontece em solenidade no colégio da Polícia Militar (Rua Maria Adélia Melem, Jequiezinho), onde o governador faz também o lançamento do sinal digital da TVE, entrega de equipamentos de saúde para as prefeituras de Barra do Choça, Jiquiriçá e Lajedo do Tabocal, entrega de 347 títulos de terra para a comunidade de Vila Esperança e assinatura de ordens de serviço para obras de pavimentação e drenagem de ruas, construção de creche no bairro Brasil Novo.

Rui Costa finaliza as atividades em Jequié com visita à quarta edição da Feira de Saúde ”HGPV na Comunidade” no Hospital Geral Prado Valadares.

Às 14h, viaja até Ipiaú para inaugurações de pavimentação das ruas da cidade, da sede da Ronda Maria da Penha com entrega de novas viaturas, realiza a entrega da área de convivência do Hospital Geral de Ipiaú e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), faz a entrega de novas ambulâncias para as prefeituras de Dário Meira, Ipiaú e Coaraci, assina ordens de serviços e anuncia publicação de editais.

Apresentadora Sabrina Sato é cotada para substituir Gugu Libertado em programa da Record

/ Imprensa

Sabrina está afastada da desde o nascimento da filha. Foto: Record

A apresentadora Sabrina Sato pode ser o nome da Record para substituir Gugu Liberato, morto no final do mês de novembro após um acidente doméstico em sua casa nos Estados Unidos.

De acordo com o site Famosidades, a apresentadora, que está afastada da TV desde o nascimento da filha Zoe, em novembro de 2018, vem sendo cotada pela emissora para apresentar o programa Canta Comigo, comandado por Gugu antes do falecimento, em 2020.

Em entrevista ao site Observatório da Televisão, a ex-BBB comentou a possibilidade e exaltou a competência de Gugu no comando da atração.

”Não estou sabendo disso [da possibilidade de apresentar o programa]. O Gugu é insubstituível. A casa [Record TV] tem muitos nomes talentosos e especiais que podem dar conta do recado”, disse. Outro nome especulado para ocupar o lugar de Gugu na emissora é o de Marcos Mion, atualmente apresentando o reality ‘A Fazenda’.

Confiança do consumidor piora após 11 meses do governo Bolsonaro diz Confederação de Lojistas

/ Economia

O consumidor está mais pessimista do que no começo do ano, quando as expectativas giravam em torno do início da gestão do presidente Jair Bolsonaro. Indicador que mede a confiança dos brasileiros atingiu 47,2 pontos em novembro, abaixo do índice registrado em janeiro último, de 49 pontos, segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Pesa, sobretudo, a frustração com a lentidão na retomada econômica: somente 9% dos consumidores avaliam o momento como bom. Em contrapartida, seis em cada dez (66%) acham o cenário econômico ruim.

Na comparação com outubro, quando foi de 46,6 pontos, o índice de confiança dos consumidores brasileiros em novembro melhorou, revertendo dois meses consecutivos de queda. Também superou os resultados de novembro de 2018, quando o indicador marcou 46,2 pontos. As informações são do Estadão

Casal e filha de 4 anos morrem após moto em que estavam ser atingida por caminhonete na BR-116

/ Trânsito

Acidente ocorreu em Euclides da Cunha. Foto: Notícias de Santaluz

Um casal e a filha de quatro anos morreram na noite de quarta-feira (4), em Euclides da Cunha, município da região de Feira de Santana, após a moto em que eles estavam ser atingida por uma caminhonete.

Segundo informações pelo G1 levantadas junto à polícia da cidade, o acidente ocorreu em trecho da BR-116, na altura do bairro da Lagoa da Vaca.

As vítimas morreram ainda no local, e os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal da cidade. À polícia, o motorista da caminhonete contou que a motocicleta estava com os faróis apagados e que ele não os viu na pista. O caso está sendo investigado pela 25ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior.

Jequié: Justiça determina pagamento de valores retirados de salários de servidores da Educação

/ Jequié

Professores tiveram suspensão da gratificação/regência. Foto: APLB

O Juiz de Direito Rodrigo Medeiros Sales, em decisão datada de 4/12/2019, no julgamento de Mandado de Segurança Coletivo requerido pela APLB/Sindicato, decidiu pelo indeferimento da suspensão do pagamento da gratificação/regência dos servidores da Educação Municipal, que foi iniciada no mês de julho deste ano.

No despacho, o Juiz intima a Prefeitura de Jequié, para num prazo de 3 dias, a partir da data de recebimento da notificação cumprir a decisão restabelecendo os pagamentos.

A APLB é intimada a encaminhar planilha indicando os valores acompanhando comprovante do exercício do Magistério, num prazo de 10 dias. Com informações do Jequié Repórter

Morre no Hospital Geral Prado Valadares policial militar da Cipe Central que estava internado

/ Polícia

Stélio Gomes da Silva teria passado mal. Foto: Cipe Central

O policial militar Stélio Gomes da Silva, que integrava a Companhia Independente de Policiamento Especializado – Cipe Central, com sede em Jequié, faleceu na manhã desta quinta-feira (05/12) no Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, para onde havia sido socorrido depois de passar mal no início da semana.

Stélio estava internado na unidade hospitalar. O corpo do policial, que era natural do município de Mundo Novo/BA está sendo velado, das 09h às 11h, no velatório da Pax Internacional, ao lado do Colégio Socal, em Jequié, para posteriormente ser transladado para sepultamento em sua terra natal.

Em nota, o Comandante da Cipe Central, o Major Fábio Rodrigo, lamentou a morte do soldado: ”Que Deus em sua infinita bondade e misericórdia, possa derramar o seu Bálsamo de consolo e paz aos familiares, amigos e a todos os integrantes da Polícia Militar, em especial ao 19° BPM / Jequié, Colégio da Polícia Militar Jequié, CIPE CACAUEIRA e CIPE CENTRAL, que tiveram ao longo dos anos o prazer de conviver com esse grande, amigo e leal COMBATENTE”.

Por 408 votos a 9, Câmara dos Deputados aprova pacote anticrime; texto vai ao Senado

/ Brasília

O plenário da Câmara aprovou nesta quarta-feira (4) o  projeto de lei do pacote anticrime (PL 10372/18). O texto-base foi aprovado por 408 votos a favor, 9 contra, e 2 abstenções e, posteriormente, os parlamentares rejeitaram um destaque do partido Novo, que pedia a retirada do texto da figura do juiz de garantias, um magistrado responsável pelo controle da legalidade da investigação criminal e que não fará o julgamento do mérito do fato.

O PL segue para análise do Senado. Mais cedo, os deputados aprovaram um pedido de tramitação em regime de urgência do PL, que foi aprovado por 359 votos a 9.

Os deputados aprovaram o substitutivo do deputado Lafayette de Andrada (Republicanos-MG), seguindo o texto do relator do grupo de trabalho, deputado Capitão Augusto (PL-SP). O grupo de trabalho analisou dois textos sobre o assunto encaminhados ao Legislativo. Uma das propostas originais foi elaborada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, e a outra pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Para chegar ao texto final, o grupo de trabalho retirou temas polêmicos, como a definição de que não há crime se a lesão ou morte é causada por forte medo (o chamado excludente de ilicitude) e a previsão de prisão após condenação em segunda instância.

Entre os pontos que constam no projeto estão o aumento de 30 anos para 40 anos no tempo máximo de cumprimento da pena de prisão no país e o aumento da pena de homicídio simples, se envolver arma de fogo de uso restrito ou proibido (como fuzis), que passará de 6 anos a 20 anos para 12 anos a 30 anos de reclusão, entre outros casos em que há aumento de penas.

Outra alteração é que a concessão da liderdade condicional  dependerá também de o condenado não ter praticado falta grave no presídio nos últimos 12 meses dessa liberação e o comportamento deverá ser considerado bom em vez de satisfatório.

O projeto também aumenta o número de casos considerados como crimes hediondos, em que o condenado não pode contar com anistia, graça ou indulto e deve começar a cumprir a pena em regime fechado. Passam a ser considerado esse tipo de crime, entre outros, homicídio e roubo com arma de fogo de uso restrito ou proibido; furto com uso de explosivo; comércio ou tráfico internacional de arma de fogo e organização criminosa para a prática de crime hediondo. Entretanto, deixou de ser hediondo a posse ou porte de arma de uso restrito por aqueles que não podem fazê-lo.

O direito à progressão de regime, quando o condenado pode passar de um cumprimento de pena mais rigoroso (fechado, no presídio) para outro menos rigoroso (semi-aberto, somente dormir no presídio, por exemplo), dependerá do tipo de crime. Com as novas regras, o tempo exigido varia de 16%, para o réu primário cujo crime tenha sido sem violência à vítima, a 70%, no caso de o condenado por crime hediondo com morte da vítima ser reincidente nesse tipo de crime.

* Com informações da Agência Câmara

Comissão convoca ministro por fala sobre plantações de maconha nas universidades em federais

/ Educação

Ministro da Educação, Abraham Weintraub. Foto: Gabriel Jabur

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (04/12), a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, para esclarecer declarações de que há em universidades federais ”extensas plantações de maconha” e ”laboratórios de desenvolvimento de droga sintética”. A fala criou reação forte dos reitores e das entidades científicas.

A convocação foi requerida por deputados do PT, PSB, Podemos e PSOL. O depoimento está marcado para 10 horas da próxima quarta-feira (11). O comparecimento do ministro é obrigatório, podendo responder por crime de responsabilidade caso falte e não apresente justificativa.

Estadão Conteúdo

Ministério Público e Tribunal de Contas investigam prefeito e controladora da cidade de Aiquara

Delmar Ribeiro entra na mira do MP e do TCM. Foto: Facebook

O prefeito do município de Aiquara, no Médio Rio de Contas, Delmar Ribeiro, que teria sido eleito vice-prefeito e assumiu a chefia do Executivo em março deste ano, após renúncia do então prefeito Jositan Pimentel está na mira do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) e do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), conforme (processo: 19966e19) por pagamento irregular de salário à controladora do Município, Izana Fontoura Miranda.

Segundo o processo, a gestão de Delmar teria determinado o pagamento a Izana no valor de R$ 6.350,00 o que ultrapassa até o salário de vice-prefeito de Aiquara, R$ 5.250,00, o que por Lei é irregular. Conforme Lei 540/2016, de 2017 a 2020 o salário de Secretário foi fixado no valor de R$ 3.500,00, ”vedado acréscimo de qualquer gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de representação ou outra espécie remuneratória” obedecendo ainda o disposto no Art. 37, X e XI da Constituição Federal.

O curioso é que a função da Controladora é exatamente fiscalizar os gastos públicos, no entanto, participa da fraude recebendo adicionais irregulares no salário. A informação foi divulgada pelo Blog Júnior Mascote. E de acordo com o portal de notícias, o prefeito e a controladora responderão Civel e criminalmente pelos atos de corrupção e deverão acertar contas com a justiça.

Senado Federal aprova projeto de Lei que prorroga isenção de ICMS para templos religiosos

/ Brasília

Templos religiosos e entidades beneficentes de assistência social poderão continuar isentos de ICMS até 31 de dezembro de 2032, é o que prevê o projeto de lei complementar aprovado nesta quarta-feira (4) pelo Plenário do Senado Federal. Foram 62 votos favoráveis e nenhum contrário ao PLP 55/2019, que prorroga por mais 15 anos, contados a partir de 2017, a possibilidade de os estados darem isenções, incentivos e benefícios fiscais ou financeiro-fiscais a quaisquer templos religiosos e entidades beneficentes de assistência social. O projeto segue agora para sanção presidencial.

O PLP muda a Lei Complementar 160, de 2017 que estabeleceu prazos de um a 15 anos para isenções, sendo o mais curto — de um ano —, a regra geral, na qual templos e entidades assistenciais foram enquadrados. O prazo máximo é concedido a atividades agropecuárias e industriais e a investimentos em infraestrutura rodoviária, aquaviária, ferroviária, portuária, aeroportuária e de transporte urbano.

De acordo com a autora do projeto, a deputada federal Clarissa Garotinho (Pros-RJ), que estava no Plenário do Senado, “não se trata de nova isenção, mas apenas de renovação daquilo com que elas já contavam antes da lei complementar”.

O projeto foi aprovado no final do mês passado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), onde foi relatado pelo senador Irajá (PSD-TO).

A medida poderá beneficiar, além de templos e igrejas de qualquer tipo de culto, santas casas, entidades de reabilitação, de pais e amigos de excepcionais e associações Pestalozzi, por exemplo.

Entre os senadores que elogiaram e comemoraram o projeto, estão Otto Alencar (PSD-BA), Zequinha Marinho (PSC-PA), Vanderlan Cardoso (PP-GO), Wellington Fagundes (PL-MT), Nelsinho Trad (PSD-MS), Arolde de Oliveira (PSD-RJ), Flávio Arns (Rede-PR), Jayme Campos (DEM-MT) e Eliziane Gama (Cidadania-MA).

— O PSD encaminha o voto ”sim”, pela relevância da matéria e pela contribuição que todas essas entidades têm acrescentado ao Brasil não só na evangelização como também em várias ações sociais de relevo. Não fossem essas entidades, nós teríamos um país com menos assistência social e também sem a solução para vários problemas da nossa sociedade — disse Otto Alencar.

Fonte: Agência Senado