Vitória encerra a temporada no Brasileirão da Série B com derrota para o Coritiba no Barradão

/ Esporte

Wesley disputa bola com a defesa do Coritiba. Foto: Arisson Marinho

Na tarde de hoje (30), o Vitória não conseguiu terminar o ano com um bom resultado. O rubro-negro baiano perdeu por 2×1, de virada, para o Coritiba. Os gols do jogo foram marcados por Anselmo Ramon, para o Vitória, e Wanderley, duas vezes, para o Coritiba.

O resultado ajudou a equipe paranaense a confirmar o acesso à Série A em 2020. Já o Leão da Barra se contenta em ficar com o 12º lugar na Série B. A campanha do Vitória teve 11 vitórias, 12 empates e 15 derrotas em 38 jogos disputados. Foram 42 gols marcados e 48 sofridos.

Governo Bolsonaro cede à pressão do Congresso e libera ”R$ 2,2 bilhões” em emendas

/ Brasília

Presidente cedeu à pressão de deputados. Foto: Marcos Corrêa

Correndo risco de ver sua agenda econômica travada no Congresso, o governo federal cedeu à pressão de deputados e senadores, autorizando a liberação de emendas em novembro.

Desde o início do mês, foram empenhados R$ 2,26 bilhões. Esse é o segundo maior repasse feito em um único mês desde que o presidente Jair Bolsonaro assumiu.

Em julho, durante as discussões da reforma da Previdência, foram desembolsados R$ 3 bilhões. A alegação do Palácio do Planalto é que o aumento no valor neste mês se deve ao descontingenciamento de verbas, anunciado pelo Ministério da Economia no último dia 18.

Segundo informações do Estadão, a liberação maior de recursos ocorreu após o Centrão (DEM, PP, Solidariedade, PL e Republicanos) dar um ultimato ao Planalto: ou o governo paga o que foi prometido durante as negociações das mudanças nas regras da aposentadoria ou o Congresso não aprova mais nenhum projeto do Executivo neste ano, nem mesmo o Orçamento para o ano que vem, o que poderia levar a um ”apagão” no governo federal.

Senado Federal deve votar isenção de ICMS para igrejas na sessão da próxima terça-feira

/ Brasília

Templos religiosos e entidades beneficentes de assistência social poderão continuar isentos de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) até 31 de dezembro de 2032. A proposta, um projeto de lei complementar (PLP 55/2019) de autoria da deputada Clarissa Garotinho (Pros-RJ), aprovada em maio pelos deputados, pode ter a última votação no plenário do Senado, nesta terça-feira (3), em regime de urgência.

Na última semana a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) da Casa aprovou por unanimidade o relatório do senador Irajá (PSD-TO), favorável à prorrogação por mais 15 anos do benefício. Ele explicou que o PLP muda a Lei Complementar 160, de 2017. Ela estabelece prazos de até 15 anos para isenções, sendo o mais curto — de um ano — a regra geral, na qual templos e entidades assistenciais foram enquadrados. O prazo máximo é concedido a atividades agropecuárias e industriais e a investimentos em infraestrutura rodoviária, aquaviária, ferroviária, portuária, aeroportuária e de transporte urbano. ”Não há justificativa para que os incentivos voltados para templos e instituições assistenciais tenham sido enquadrados na regra geral, com prazo mais curto”, disse Irajá em seu voto.

O relator esclareceu ainda que o projeto não implica diretamente renúncia de receita, apenas autoriza os estados a firmar convênios sobre incentivos fiscais do ICMS voltados a templos de qualquer culto e a entidades beneficentes de assistência social. Já a deputada Clarissa Garotinho (Pros-RJ) destacou que ”não se trata de nova isenção, mas apenas de renovação daquilo com que elas já contavam antes da lei complementar”.

Igrejas já têm imunidade tributária para não pagar outros impostos, como Imposto de Renda, Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Se aprovado pelo plenário do Senado, o texto seguirá para sanção presidencial. Da Agência Brasil

Identificado corpo de motorista vítima de acidente entre carretas nesta sexta na Serra do Mutum

/ Trânsito

Rodrigo Antunes Mickman, 25 anos, era casado. Foto: Rede social

Foi identificado na manhã deste sábado (30/11) o corpo do motorista vítima de acidente ocorrido ontem na Serra do Mutum, trecho da BR-116, perímetro do município de Jaguaquara. Segundo a equipe do Instituto Médico Legal de Jequié, para onde o cadáver foi levado, trata-se de Rodrigo Antunes Mickman, de 25 anos, que era morador de Itaipulândia/PR.

O carreteiro era casado. Inclusive, a viúva, companheira de Rodrigo, chegou a Jequié nesta manhã para agilizar a liberação do corpo. Rodrigo conduzia uma das três carretas que envolveram em uma colisão no KM 647 da rodovia, por volta das 13h30 desta sexta-feira.

Ainda não há informações sobre as causas da tragédia. Uma das carretas transportava um carregamento de sal. Sobre os ocupantes dos outros dois veículos, um condutor ficou gravemente ferido, socorrido ao Hospital Geral Prado Valadares- HGPV e outro sofreu lesões leves. O acidente provocou um grande congestionamento na BR-116, travando o trânsito, que só voltou a fluir normalmente no início da noite.

Mais uma tragédia registrada revela necessidade de duplicação do trecho

A duplicação da Serra do Mutum, local caracterizado como um dos mais perigosos da Rodovia Santos Dumont no Sudoeste baiano, é um anseio antigo da população de Jaguaquara, Jequié e de outros municípios da região.

Serra do Mutum seue fazendo vítimas e ainda não foi duplicada

A Concessionária Via Bahia, que administra a BR-116, diz estar nos planos da empresa à duplicação, mas não há previsão de quando serão iniciadas as obras. Os usuários cobram das autoridades políticas um debate amplo sobre o assunto e providências quanto à promessa ainda não cumprida pela concessionária.

Jequié: CDL e ACIJ entregam os primeiros dez salários mínimos da Campanha Natalina 2019

/ Jequié

Entrega foi realizada na sede da CDL. Foto: Emanuel Jr.

Comprar no comércio de Jequié é um bom negócio. Além da variedade de produtos e das grandes promoções, o consumidor também ganha prêmios. Nesta sexta-feira (29/11) a CDL e a ACIJ entregaram dez salários mínimos do primeiro sorteio da Campanha Natalina 2019. Esta entrega foi na sede da CDL. Nove ganhadores são de Jequié e um de Planaltino.

Até o fim do ano, ocorrerão outros três sorteios: Dias 13, 20 e 27 de dezembro, sendo vinte salários mínimos (dez prêmios em cada um dos dois próximos sorteios), e dez salários mínimos para um único consumidor no último sorteio. Compre nas lojas credenciadas, faça o cadastro no site https://www.campanhacdljequie.com.br/ em seguida digite o número do cupom, acompanhe o sorteio e boa sorte!
Eis a relação dos contemplados do primeiro sorteio:

ANDRÉ PEREIRA BIZERRA (JOAQUIM ROMÃO – JEQUIÉ)
EMPRESA: MISTURA DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

MARIANNE SILVEIRA WANDERLEY (JEQUIEZINHO – JEQUIÉ)
EMPRESA: COMPANHIA DAS TINTAS

LUCILIO PIRES CARDOSO (CENTRO – PLANALTINO)
EMPRESA: ÓTICA TEIXEIRA

LUZIA MARIA DA SILVA (KENNEDY – JEQUIÉ)
EMPRESA: A BOA COMPRA DE TECIDOS

EDSON BARBOSA DOS SANTOS (JEQUIEZINHO – JEQUIÉ)
EMPRESA: PAX NACIONAL

KATIANE DE JESUS (JOAQUIM ROMÃO – JEQUIÉ)
EMPRESA: MADEIREIRA LIMA

ANDREIA ALMEIDA (JOAQUIM ROMÃO – JEQUIÉ)
EMPRESA: ALBATROZ TECIDOS

EUGENIO SOUZA SANTANA (ESPIRITO SANTO – JEQUIÉ)
EMPRESA: NEY ALTO PEÇAS

DANILO MOTA DOS SANTOS (KM IV – JEQUIÉ)
EMPRESA: GALERIA POSITIVO

IVINA BRANDAO ARAUJO (MANDACARU – JEQUIÉ)
EMPRESA: LOJAS SWS

Hoje é Dia D de vacinação contra o sarampo para adultos de 20 a 29 anos, em todo o Brasil

/ Saúde

Termina hoje (30) a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. O Ministério da Saúde (MS) marcou para hoje o Dia ”D” da campanha, iniciada em 18 de novembro. Nessa fase, o ministério quer vacinar 9,4 milhões de adultos entre 20 e 29 anos. Para viabilizar a ação, o MS garantiu a maior compra de vacinas contra o sarampo (tríplice viral) dos últimos 10 anos.

O surto de sarampo ainda se encontra ativo no país. Atualmente, há confirmação de 11.896 casos e 15 óbitos pela doença até o começo de novembro (semana 45 do ano). A maioria dos casos, 11.095 (93,2%) estão concentrados no estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana.

Os dados mais recentes da pasta da Saúde mostram que jovens nessa faixa etária são maioria entre os casos registrados – respondem por 30,6% do número total de casos de sarampo este ano no Brasil. E, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pelo ministério, são também o maior transmissor em potencial da doença.

A maior preocupação do governo federal não é a gravidade da doença nesse público, e sim o fator de transmissão para os grupos mais suscetíveis às complicações da doença, como as crianças, por exemplo. Há, entretanto, uma ressalva para o público-alvo da campanha. Gestantes na faixa etária não devem se vacinar contra sarampo, já que o método de imunização se dá por uma versão atenuada do vírus.

Foram distribuídos para os estados 4 milhões de doses da vacina tríplice viral. Segundo o ministério, é quantidade suficiente para complementar o quantitativo necessário para vacinação do público-alvo, que já tinha disponível 2,3 milhões de doses remanescentes da primeira etapa da campanha.

Wagner comenta prisão de desembargadora: ”sem crença no judiciário não há democracia”

/ Entrevista

Wagner comenta prisão de Maria do Socorro. Foto: Alessandro Dantas

O senador Jaques Wagner (PT) disse que vê com tristeza a prisão da desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, que foi presa preventivamente na manhã desta sexta-feira (29), na nova fase da Operação Faroeste, batizada de Joia da Coroa.

”Eu vejo com tristeza porque o Tribunal de Justiça representa a Casa que deveria, ou deve, defender as leis. Não tem como fazer juízo de valor, porque o processo não terminou, mas fico triste de saber que pessoas que tiveram postos importantes estão sendo presas. A população perde a crença no poder judiciário e aí não se tem mais democracia”, disse o senador, em depoimento ao site BNews, durante a posse do vereador Edvaldo Brito (PSD) na Academia de Letras da Bahia, em Salvador.

Wagner se esquivou de comentar sobre o bilhete encontrado pela Polícia Federal na residência da desembargadora, que seria endereçado ao governador Rui Costa (PT).

”Sobre o bilhete, o governador já respondeu. Não foi nem entregue e não tem nada a comentar”, pontuou.

 

Gilmar Mendes libera retomada de investigação sobre Flávio Bolsonaro, por esquema de rachadinha

/ Justiça

Flávio Bolsonaro é investigado pelo MP. Foto: Agência Senado

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), liberou a retomada de investigação sobre o senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) nesta sexta-feira (29). Gilmar derrubou uma liminar (decisão provisória) concedida por ele mesmo em 30 de setembro. A defesa de Flávio pediu para que fosse dada ordem ao Ministério Público do Rio de Janeiro de paralisar apurações sobre o senador.

O filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por um suposto esquema de rachadinha no período em que era deputado estadual. A prática consiste na devolução de parte do salário dos funcionários para o deputado ou pessoas de confiança.

A liminar de Gilmar barrava a investigação em razão de uma outra decisão, também provisória, do ministro Dias Toffoli, presidente da corte, que havia determinado em julho a paralisação de todas as apurações feitas com base em dados sigilosos, sem autorização judicial prévia.

Nesta quinta-feira (28), porém, o plenário do STF votou, em sua maioria, por liberar investigações com essas informações. Assim, Toffoli derrubou sua própria liminar, e Gilmar fez o mesmo nesta sexta.

”Considerando que a decisão paradigma [de Toffoli] que estaria sendo descumprida pelo ato reclamado não mais subsiste, não há que se falar em violação à autoridade desta corte, apta a ensejar o cabimento da presente reclamação”, escreveu Gilmar.

Gilmar tornou pública a decisão desta sexta, mas o processo de Flávio continua sob segredo de Justiça.

”Outrossim, considerando que a Constituição Federal estabelece a regra da publicidade dos atos processuais e dos julgamentos do Poder Judiciário, ressalvada a preservação do direito à intimidade do interessado (art. 93, inciso IX), determino a publicação na íntegra da presente decisão, mantendo-se o sigilo dos autos, em razão da existência de dados bancários e fiscais do reclamante acobertados pela proteção à intimidade”, escreveu.

Para além da que envolve Flávio, outras 900 investigações em todo o Brasil haviam sido paralisadas graças à liminar de Toffoli em julho. O inquérito que foi congelado era o mais avançada entre quatro procedimentos nos quais Flávio figura como investigado, com quebras de sigilo fiscal e bancário do senador e outras 102 pessoas físicas e jurídicas ligadas a ele.

Há a suspeita de prática de “rachadinha” no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio entre os anos de 2007 e 2018 —período em que o policial aposentado Fabrício Queiroz, pivô do caso, trabalhou com ele.

A apuração começou há mais de um ano e meio, com o envio ao MP-RJ de um relatório do Coaf apontando movimentações atípicas de R$ 1,2 milhão na conta bancária de Queiroz, ex-assessor de Flávio na Assembleia fluminense.

Além do volume movimentado na conta de Queiroz, que era apresentado como motorista de Flávio, chamou a atenção a forma com que as operações se davam: depósitos e saques em dinheiro vivo, em data próxima do pagamento de servidores da Assembleia.

A apuração envolveu seis relatórios do antigo Coaf (hoje UIF, a Unidade de Inteligência Financeira) que detalhavam, por exemplo, data, agência bancária e horários de dezenas de saques e depósitos realizados —o que, segundo a decisão inicial de Toffoli, em julho, demandava autorização judicial. Com informações do Estadão

Ministério da Educação informa que vai liberar R$ 125 milhões adicionais para universidades

/ NOTÍCIAS

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou hoje (29) que o governo vai disponibilizar R$ 125 milhões em recursos extras para as universidades federais. De acordo com o ministro, 65% dos recursos serão destinados para a aquisição de painéis solares e o restante para a conclusão de obras paradas ou em andamento.

”Estamos liberando recursos para investimentos em energia fotovoltaica renovável e isso vai liberar orçamento na veia para as universidades”, disse o ministro.

Os recursos, advindos de remanejamento do orçamento da Secretária de Educação Superior (Sesu), serão distribuídos para todas as 63 universidades federais, que em média receberão cerca de R$ 2,5 milhões. Mas, segundo o secretário de Ensino Superior, Arnaldo Lima, terão acesso a um volume maior de recursos as universidades que estiverem melhor classificadas em um ranking do ministério que avalia a qualidade e desempenho e que tenham o menor custo por aluno.

Para tanto, as universidades foram classificadas em cinco faixas. Quanto maior for a pontuação no ranking, maior será o volume de recursos recebidos.

De acordo com a assessoria do ministério, o objetivo é beneficiar as universidades que possuem menores condições orçamentárias de realizar esse tipo de investimento. A estimativa do Ministério da Educação é que após a implantação dos painéis haja uma redução média nas contas de luz das universidades de até 25,5 milhões por ano.

Mercosul

Durante a coletiva de imprensa para anunciar a liberação dos recursos, o ministro disse ainda que o Brasil não vai mais participar das reuniões do Mercosul, grupo que reúne Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela, que tratam de educação.

Segundo o ministro a decisão foi motivada por não haver “resultados concretos” das reuniões. O ministro também afirmou que, na prática, a decisão não muda a relação do Brasil com o Mercosul.

”Depois de 28 anos que o Brasil está participando na área educacional do Mercosul, a decisão do governo é a partir de hoje começar a discutir apenas relacionamentos bilaterais com Argentina, Paraguai e Uruguai”, disse Weintraub. ”Tudo que tiver de iniciativa na área de educação vai ser mantida a única coisa é que essas reuniões não vão acontecer mais com a presença do Brasil”, afirmou.

Para Weintraub, a realização de reuniões bilaterais são mais efetivas. ”Numa conversa bilateral conseguimos avançar muito mais rapidamente. Na reunião [do grupo] que tivemos hoje apenas o ministro [da Educação] do Paraguai veio, a Argentina mandou alguém da Embaixada e o Uruguai não mandou ninguém”, disse. Da Agência Brasil

Acidente grave entre carretas deixa motorista morto na Serra do Mutum e trava o trânsito na BR-116

/ Trânsito

Uma das carretas transportava sal. Foto: Blog Marcos Frahm

Um grave acidente envolvendo três carretas na Rodovia Santos Dumont BR-116, trecho da Serra do Mutum, no perímetro de Jaguaquara, deixou uma pessoa morta e outra ferida na tarde desta sexta-feira (29/11).

De acordo com informações preliminares colhidas pelo Blog Marcos Frahm, a colisão ocorreu por volta das 13h30, provocando a morte instantânea de um dos condutores dos veículos envolvidos.

O acidente foi registrado no KM 647, provocando um grande congestionamento na via, chegando a interditar o trânsito totalmente durante a tarde, entre Jaguaquara e Jequié.

Veículo teve a cabine completamente destruída com o impacto da batida

Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica de Jequié esteve no local e providenciou o encaminhamento do corpo do carreteiro para o IML, mas ainda não há identificação da vítima.

Outro motorista foi socorrido ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, com ferimentos. A Polícia Rodoviária Federal ainda não se pronunciou e diz que apura as causas da tragédia.

O tráfego passou a ser liberado gradativamente no início desta noite, mas os destroços das carretas continuam no local, inclusive, uma das quais precipitou-se numa ribanceira as margens da estrada.

Pela primeira vez, Antônio Brito dá sinais de que pode ser candidato a prefeito de Jequié em 2020

/ Política

”Tenho desejo de servir a população”, disse. Foto: Blog Marcos Frahm

Que o deputado federal Antônio Brito (PSD) é cotadíssimo para disputar a Prefeitura de Jequié nas eleições de 2020, não é novidade, mas o parlamentar, que sempre esquivou-se sobre a possibilidade de uma candidatura de prefeito na terra natal de sua esposa, Leila Youssef, superintendente Fundação José Silveira (FJS), resolveu quebrar o silêncio nesta sexta-feira (29/11), durante entrevista à imprensa na capital do Estado.

Brito deu sinais explícitos, conforme matéria publicada no site Política Livre, de que pode topar o desafio de candidatar-se a prefeito do município que lhe rendeu 36 mil votos válidos nas últimas eleições, colocando-lhe como majoritário pela terceira vez consecutiva entre os federais votados na Cidade Sol. O deputado, que vinha apresentando o nome do cunhado e diretor da Santa Casa de Jequié, Alexandre Youssef, como pré-candidato pelo PSD, agora, mudou o discurso e confirmou o desejo de servir a população.

”Meu título continua em Jequié e até março o senador [Otto Alencar] é quem diz qual rumo devo tomar, mas posso dizer que tenho desejo de servir a população e estou muito animado”, declarou, segundo publicação do Política Livre.

A declaração foi dada na tarde desta sexta, durante a posse do deputado federal Nelson Pelegrino (PT) na Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Sedur), evento que contou com a presença do governador Rui Costa.

Apesar de a informação ser considerada como balão de ensaio, nos meios políticos, os sinais esboçados por Antônio Brito animam os seus aliados, que o vêem como nome forte, e com chances reais de aceitação por parte do eleitorado jequieense.

Indivíduo que matou estudante da UFRB é preso; homem não aceitava fim de relacionamento

/ Polícia

José não aceitava a separação com Elitânia. Foto: Reprodução

O homem suspeito de matar a estudante de serviço social, de 25 anos, na quarta-feira (27/11), na cidade de Cachoeira, recôncavo da Bahia, se apresentou na delegacia de Feira de Santana, na tarde desta sexta-feira (29). Conforme a Polícia Civil, o homem, que era ex-namorado da vítima, não aceitava o fim do relacionamento.

Segundo informações da polícia, reproduzidas pelo G1, o suspeito, identificado como José Alexandre Passo Goes Silva, de 34 anos, seria interrogado pelo delegado João Matheus, que investiga o caso, mas preferiu usar o direito de se manter calado e não se pronunciou sobre a acusação. Ele foi encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana. De acordo com o delegado João Matheus, Alexandre Passos Silva Góes, teve o mandado de prisão preventiva decretada na quinta-feira (28) e era considerado foragido.

Elitânia foi assassinada na noite quando saía da universidade. A jovem tinha uma medida protetiva que impedia a aproximação do suspeito. Conforme a advogada da família da vítima, o ex-namorado dela é filho de um juiz baiano. Não há detalhes da cidade onde ele atua.

O velório de Elitânia ocorreu na quinta na casa da mãe dela, localizada na Guaíba, zona rural de Cachoeira. O sepultamento contou com a presença de dezenas de amigos e familiares, por volta das 17h, no cemitério localizado no bairro Morumbi, em Cachoeira. Uma amiga que estava com a vítima no momento dos disparos contou que elas notaram a aproximação de alguém em uma moto e Elitânia pensou que seria assaltada, mas, de repente, o homem que estava na motocicleta atirou. A colega de Elitânia não teve ferimentos.

Após o crime, a UFRB decretou luto de três dias e suspendeu as aulas de quinta-feira no Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL). Nesta manhã, a fachada do CAHL, onde Elitânia de Souza cursava serviço social, estava com cartazes e uma grande faixa com a palavra ”Luto”.  A ação fez parte do protesto dos alunos e estudantes que fizeram uma caminhada do prédio onde a jovem estudava até o fórum da cidade de Cachoeira.

Elitânia era do quilombo Tabuleiro da Vitória, na zona rural de Cachoeira. Maria das Graças Brito, uma das lideranças do quilombo, relatou as agressões que a vítima sofreu do ex-companheiro. Segundo Maria, educação quilombola era o tema de conclusão de curso da estudante.  Por meio de nota, a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA) informou que acompanha as investigações do assassinato da estudante Elitânia de Souza e se solidariza com parentes e amigos.

Ministério da Saúde revela que135 mil pessoas convivem com HIV no país e não sabem

/ Saúde

Às vésperas do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, celebrado no domingo (1) o Ministério da Saúde fez um alerta: 135 mil pessoas no Brasil convivem com o vírus HIV e não sabem.

Na avaliação do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, houve ganhos importantes nos últimos anos, mas ainda há uma série de desafios. ”Temos uma epidemia estabilizada em torno de 900 mil pessoas com casos de Aids, e podemos observar uma epidemia, principalmente em homens jovens, na faixa etária de 25 a 39 anos. É com essa população que precisamos trabalhar prioritariamente”, disse.

De acordo com os dados apresentados hoje (29), das 900 mil pessoas com HIV, 766 mil foram diagnosticadas, 594 mil fazem tratamento com antirretroviral e 554 mil não transmitem o HIV.

O balanço aponta ainda que o número de contaminados continua subindo no país: há um ano, eram 866 mil pessoas. Somente no ano passado, foram notificados 43,9 mil novos casos.

Ao ressaltar que o Brasil oferece acesso universal ao tratamento, não só de Aids, mas também HIV, o ministro da Saúde comemorou a redução nos casos e, também, na mortandade causada pela doença. Foram evitados quase 12 mil registros de Aids entre 2014 e 2018, e houve queda de mortalidade em 22,8% no período de cinco anos. ”Encerrando o ano de 2019, veremos uma diferença ainda maior. Não podemos ter casos de morte com aids”, disse.

Campanha

A nova campanha do Ministério é direcionada à população jovem, onde a contaminação está crescendo. O foco é reforçar a importância da prevenção, testagem e tratamento: “Se a dúvida acaba, a vida continua. Precisamos incentivar o diagnóstico precoce para salvar vidas. O maior problema ainda é o medo. É importante esse incentivo para fazer o teste. Temos que atingir metas internacionais, como algumas cidades já estão fazendo. E o Brasil, da forma como está indo, ainda precisa testar 90% da população”, disse o diretor do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids, Gerson Pereira.

Até o fim do ano, o governo estima que serão distribuídos 462 milhões de preservativos, que segundo o Ministério é a forma mais eficaz de prevenção. HIV e Aids têm diferença. A primeira situação é quando a pessoa é portadora do vírus. Na segunda, o infectado já desenvolveu a doença.

Transmissão vertical

Mandetta também comemorou a informação de que o município de São Paulo receberá certificação pela erradicação vertical do HIV, quando o vírus é transmitido durante a gestação, parto e amamentação. No Paraná, as cidades de Curitiba e Umuarama foram as primeiras a serem certificadas em 2017 e 2019, respectivamente. Da Agência Brasil

Assaltantes voltam a tocar terror contra motoristas e fazem arrastão na BR-116, em Milagres

/ Trânsito

Criminosos voltaram a atacar em Milagres. Foto: Blog Marcos Frahm

Motoristas voltaram a relatar insegurança na Rodovia Santos Dumont BR-116, no trecho do município de Milagres. Semanas após criminosos terem bloqueado a estrada no mesmo trecho para assaltar caminhoneiros, nesta quinta-feira (28/11), bandidos fizeram mais um arrastão na BR-116, entre Milagres e o trevo de acesso ao município de Amargosa.

Segundo informações, os criminosos praticaram assaltos durante a madrugada de ontem e, por volta das 13h, voltaram a atacar, parando o trânsito e saqueando condutores e ocupantes de veículos ao longo do congestionamento.

Ainda segundo informações, os mesmos teriam levado ônibus, caminhões e veículos de passeio para um local às margens da estrada, onde as vítimas eram obrigadas a entregar-lhes seus pertences.

Servidores da Via Bahia, empresa que administra a BR-116 estariam orientando os usuários sobre o arrastão. Um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) instalado em Milagres, além de contar com um efetivo pequeno para atender a demanda na região estaria funcionando dia sim, dia não, o que estaria facilitando as ações criminosas.