Antonio Brito comemora liberação de R$ 18 milhões do Ministério da Saúde às Obras Sociais Irmã Dulce

/ Brasília

Brito esteve ao lado do ministro Henrique Mandetta. Foto: Divulgação

O deputado federal Antonio Brito participou, da cerimônia, no Palácio do Planalto, em que o Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde anunciou a liberação de R$ 18 milhões para o custeio de alta e média complexidade das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid).

Em seu pronunciamento, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, destacou os trabalhos da instituição, fundada em 1959 por Irmã Dulce, e que hoje é gerida por Maria Rita Lopes Pontes. Mandetta também referiu-se ao deputado federal Antonio Brito, presidente da Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados, como importante representação do parlamento para o setor filantrópico e, em especial, às Obras Sociais Irmã Dulce, representada no evento por Sergio Lopes.

Mais de 5.100 pessoas vão ter que devolver dinheiro que receberam do Bolsa Família

/ Brasil

O Ministério da Cidadania informou que 5.100 pessoas que receberam indevidamente os recursos do Bolsa Família vão ter que devolver o dinheiro aos cofres públicos.

A pasta estima arrecadar R$ 5,8 milhões com a devolução. As suspeitas de fraude foram identificadas a partir de uma auditoria da CGU (Controladoria-Geral da União) e de um cruzamento de dados com o TCU (Tribunal de Contas da União).

Em 2018 também houve uma operação parecida com esta, quando R$ 1 milhão foram recuperados para os cofres da União.

Os ex-beneficiários têm até 30 dias para apresentar sua defesa. Caso não seja apresentada, eles terão o mesmo período para pagar a guia.

Governo baiano investe R$ 1,22 bi e amplia distância sobre 3º colocado no ranking dos investimentos

/ Bahia

Secretário Vitório destaca investimentos. Foto: Camila Souza

Com R$ 1,22 bilhão desembolsados entre janeiro e agosto de 2019, a Bahia é superada apenas por São Paulo e está bem à frente do terceiro colocado, o Ceará, no ranking dos investimentos públicos entre os estados brasileiros. O governo paulista, que tem orçamento cinco vezes maior que o baiano, investiu R$ 2,64 bilhões no mesmo período, enquanto o cearense chegou a R$ 735,89 milhões. O ranking foi um dos tópicos da explanação do secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, em audiência pública sobre as contas do Governo do Estado nesta terça-feira (15), na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

Além de manter o ritmo dos investimentos, o Estado segue preservando o equilíbrio fiscal a despeito das crescentes dificuldades trazidas pela estagnação econômica, ressaltou o secretário. ”Para isso, têm sido fundamentais o esforço da equipe do fisco para assegurar a arrecadação em meio à crise, e o trabalho incansável de controle dos gastos públicos”, avaliou Vitório. Esta performance, explicou ainda, ”permite que o governo baiano permaneça entre os poucos do país que pagam rigorosamente em dia servidores e fornecedores”.

Outro indicador importante quanto ao equilíbrio fiscal do Estado é a dívida pública, que permanece entre as mais baixas do país: a relação dívida consolidada líquida / receita corrente líquida encerrou o segundo quadrimestre em 61%. O baixo endividamento deixa o governo baiano em patamar confortável com relação aos parâmetros da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), segundo a qual a dívida de um Estado não pode ultrapassar o limite de duas vezes a sua receita.

A situação favorável da Bahia contrasta com a dos maiores estados do país, que têm dívidas muito mais elevadas: Rio de Janeiro (283%) e Rio Grande do Sul (226%) já ultrapassaram o teto estabelecido pela LRF, enquanto Minas Gerais (190%) e São Paulo (173%) estão próximos.

O secretário também ressaltou que, após ter ultrapassado, no início de 2018, o limite prudencial de 46,17% da Receita Corrente Líquida estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para os gastos com pessoal, o Executivo segue em 2019 ajustado a este parâmetro, registrando no segundo quadrimestre um gasto equivalente a 44,84% da RCL. Os gastos totais, incluindo o Legislativo e o Judiciário, também ficaram abaixo do prudencial fixado em 57% da RCL, registrando 54,22%.

Desenvolvimentismo
Manoel Vitório lembrou que, entre 2015 e 2018, a Bahia investiu R$ 10,3 bilhões, enquanto São Paulo, líder nacional nos últimos quatro anos, desembolsou R$ 31,9 bilhões no mesmo período. A preservação dos investimentos públicos pelo governo baiano, avaliou o secretário, demonstra que a contradição entre desenvolvimentismo e responsabilidade fiscal pode ser contornada, ”desde que haja uma disposição firme de combater a sonegação, racionalizar gastos de custeio e direcionar a economia produzida para investimentos, diretos ou por meio de Parcerias Público-Privadas”.

Presidente Jair Bolsonaro assina Medida Provisória que concede 13º pagamento do Bolsa Família

/ Brasília

Presidente Bolsonaro assina MP. Foto: Marcos Corrêa

Promessa de campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (15) a medida provisória (MP) que oficializa o pagamento da 13ª parcela do Bolsa Família a todos os beneficiários do programa. O adicional será pago em cerca de 60 dias, junto com o benefício de dezembro, e totaliza uma injeção extra de R$ 2,58 bilhões na economia.

”Nós sabemos que pode ser até pouco para quem recebe, mas pelo que eles têm, é muito bem-vindo esse recurso”, afirmou o presidente em um breve discurso na cerimônia de assinatura da MP, no Palácio do Planalto. Ministros, parlamentares e outras autoridades estavam presentes. Segundo Bolsonaro, a ideia de ampliar o número de parcelas pagas pelo Bolsa Família surgiu durante a campanha eleitoral, quando começaram a circular boatos de que ele acabaria com o programa, caso fosse eleito.

”Uma iniciativa bastante desesperada da oposição, que começou a pregar, em todo o Brasil, em especial no Nordeste, que nós acabaríamos com o programa Bolsa Família. Então, para mostrarmos que nós não estávamos contra esse programa, e queríamos ajudar os pobres mesmo sabendo que o bom programa social é aquele que sai mais gente do que entra”, acrescentou.

O Bolsa Família atende atualmente cerca de 13,5 milhões de famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89 mensais, e de pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais por membro. O benefício médio pago a cada família é de R$ 189,21.

A MP assinada por Bolsonaro entra em vigor de forma imediata, mas precisará ser confirmada pelo Congresso Nacional em até 60 dias. Para o ministro da Cidadania, Osmar Terra, é ”praticamente impossível” que a medida não seja aprovada pelos parlamentares, por causa do apelo que tem no combate à miséria. Em entrevista, ele explicou que o recurso extra do décimo terceiro não estava previsto no Orçamento de 2019, e que, por isso, houve a necessidade da edição da MP.  ”A partir do ano que vem, na própria previsão do Orçamento já vai estar colocada essa questão do décimo terceiro, e daqui pra frente vai ter essa parcela”, explicou.

Para viabilizar o recurso extra do Bolsa Família, Osmar Terra disse que o governo economizou principalmente com o cancelamento de benefícios de usuários que não preenchiam os requisitos do programa. ”O que nós fizemos foi um cruzamento de dados, na base de dados, que mostrou que muita gente estava ganhando Bolsa Família sem precisar e aí houve uma redução, saiu um número importante de famílias e entraram famílias que não estavam recebendo”, disse. Ainda segundo o ministro, entre 2015 até este ano, o número de beneficiários do programa foi reduzido de quase 17 milhões para os atuais 13,5 milhões. ”O dinheiro vem do que nós economizamos com o pente-fino e uma ou outra coisa de repasse de outras áreas”, acrescentou.

Irmã Dulce

Na solenidade de hoje, o governo anunciou também a liberação de recursos para as obras da Irmã Dulce. Canonizada no último domingo (13) pelo Vaticano, a Santa Dulce dos Pobres nasceu em 26 de maio de 1914, em Salvador. A soteropolitana dedicou a vida a cuidar dos mais pobres e morreu em 1992. O trabalho social iniciado por ela continua vivo e, atualmente, as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) contabilizam 2,2 milhões de procedimentos ambulatoriais por ano, e dispõem de 954 leitos em cinco hospitais. Da Agência Brasil

Governo do Estado lança edital de novo concurso para Policia Militar e Bombeiro Militar

/ Bahia

O Governo da Bahia publicou nesta quarta-feira (16), no Diário Oficial do Estado (DOE), edital de abertura de inscrições para o novo concurso público na área de segurança. Serão 1.250 vagas (mil para soldado da Polícia Militar da Bahia e 250 para o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia), com ingresso em 2020. Além destas 1.250 vagas já distribuídas, serão providas pela convocação outras 1.250 vagas no ano de 2021 entre os candidatos classificados, totalizando 2,5 mil oportunidades. O certame tem validade de um ano e as convocações irão observar a necessidade da administração pública.

 

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no site da empresa organizadora do certame, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), disponível no endereço www.ibfc.org.br. O prazo terá início a partir das 9h do dia 21 de outubro, seguindo até 23h59 do dia 19 de novembro. A taxa de inscrição será no valor de R$ 70 e a importância deve ser paga mediante boleto bancário. A data limite para este pagamento é o dia 20 de novembro – transações feitas fora do prazo serão desconsideradas e inviabilizarão a inscrição do candidato. Importante lembrar que tanto a inscrição quanto o pagamento da taxa devem observar o horário de Brasília.

No ato da inscrição, o candidato deverá optar por uma das vagas ofertadas de acordo com o cargo a ser ocupado, região de classificação – município/sede, sexo (masculino e feminino) e se irá concorrer às cotas. O quantitativo de vagas para 2020 será distribuído entre as regiões de Salvador, Alagoinhas, Barreiras, Feira de Santana, Ilhéus, Itaberaba, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Porto Seguro, Teixeira de Freitas, Vitória da Conquista e Santo Antônio de Jesus.

 

REQUISITOS
Para concorrer ao cargo de soldado da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar é necessário certificado de conclusão do Ensino Médio ou formação técnica profissionalizante de nível médio, expedidos por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Uma vez aprovado, o candidato será incorporado aos quadros do Estado como aluno soldado, percebendo bolsa de estudo no valor de um salário mínimo – condição que irá prevalecer até que conclua o Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. A carga horária para o cargo, nas duas corporações, é de 40 horas semanais.

PROVAS
O certame é composto por duas etapas: a primeira conta com provas objetivas de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos. Já a segunda etapa compreende prova discursiva. As duas têm caráter eliminatório e classificatório. As provas serão aplicadas em janeiro de 2020, nas cidades de Salvador, Feira de Santana, Juazeiro, Ilhéus, Vitória da Conquista, Barreiras e Itaberaba, à escolha do candidato. Candidatos que necessitarem de condições especiais para realização das provas, como lactantes, devem observar as regras previstas em edital.

 

REGRAS IMPORTANTES
O candidato deve estar atento aos critérios do certame a fim de que sua participação no certame seja considerada válida. Por exemplo, somente será computada uma inscrição por CPF e as informações fornecidas devem ser verídicas. Uma vez que o candidato realize o pagamento do boleto bancário, a inscrição é efetivada e as opções para região de classificação – município/sede, sexo (masculino e feminino), concorrência às cotas e local de prova não poderão ser alteradas. O procedimento também confirma que o candidato tem ciência e aceita as normas previstas em edital.

Ao realizar inscrição, também é importante observar os pré-requisitos para participação no curso de formação. O candidato deve possuir nacionalidade brasileira ou portuguesa (de acordo com a legislação), idade entre 18 e 30 anos completos, estatura mínima de 1,60 para homens e 1,55 para mulheres, aptidão física e mental para desempenho das atribuições, entre outras. Outro item importante é a autodeclaração como negro ou pardo. O procedimento é facultativo, mas, candidatos que optarem pelas cotas, terão a autodeclaração referendada pela comissão de heteroidentificação, constituída pela IBFC.

A realização deste concurso público integra as diretrizes da administração estadual para reforço e valorização da segurança pública no Bahia. O último concurso público para as duas corporações, realizado em 2017, ofertou 2.750 vagas e teve 3.438 candidatos aptos ao término das provas objetiva e discursiva.

Lamentável: Mulher de 35 anos morre após levar choque elétrico em máquina de lavar

/ Brasil

Fabiana Lucas chegou morta ao Hospital. Foto: Reprodução 

Uma mulher de 35 anos morreu após levar um choque elétrico em uma máquina de lavar no Recreio Rafael Arruda, zona rural de Sobral, interior do Ceará, na tarde de domingo (13).

A vítima, identificada como Fabiana Lucas, chegou morta ao Hospital Municipal Senador Carlos Jereissati, no município de Mucambo, segundo a instituição.

Uma funcionária do hospital disse que a mulher tinha marcas de queimaduras nas mãos e nos braços. A equipe médica tentou fazer procedimentos de reanimação, mas ela não respondeu aos estímulos.

Fabiana estava na casa dos pais quando foi até o quintal colocar roupas na máquina de lavar e não voltou para dentro do imóvel.

Uma parente da vítima, que não quis se identificar, contou que a mãe de Fabiana foi procurá-la no quintal e a encontrou caída, perto da máquina. Fabiana trabalhava em um colégio em Sobral, que divulgou nota de pesar pelo falecimento.

Jequié: Sede administrativa da Secretaria de Cultura e Turismo passa a funcionar em novo endereço

/ Jequié

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, informa aos agentes culturais e a sociedade jequieense que a sede administrativa da Secretaria de Cultura e Turismo, que funcionava na Avenida José Moreira Sobrinho, 212, no bairro Jequiezinho, passará a atender ao público, já a partir desta terça-feira ((15), no Casarão Histórico Nestor Ribeiro, localizado na Rua Nestor Ribeiro, 593, no Centro. O imóvel histórico vem passando por restauração na sua edificação.

Com a mudança da sede da Secretaria, o município estará diminuindo mais uma despesa com aluguel, como parte das medidas de contingenciamento em razão da queda de arrecadação do município e da diminuição considerável nos repasses do Governo Federal.

Operação resgata mais de 200 animais silvestres em Milagres, Itatim, Itaberaba e outras cidades

/ Polícia

Apreensão ocorreu na região da Bacia do Rio Paraguaçu. Foto: PRF

Mais de 200 animais silvestres, entre aves e repteis, foram resgatados durante operação de fiscalização ambiental realizada nos municípios Milagres, Itatim, Iaçu, Itaberaba, Ruy Barbosa, Itaeté, Boa Vista do Tupim, Marcionílio Souza e Amargosa, região Bacia do Rio Paraguaçu, na Bahia.

As ações ocorreram entre 6 e 12 de outubro, sob a coordenação do Ministério Público da Bahia (MP-BA), por meio do Núcleo de Defesa do Rio Paraguaçu (Nurp), coordenado pelo promotor de Justiça Thyego Matos. Segundo o órgão, uma área com mais de 286 mil hectares foi vistoriada.

Segundo o MP-BA, durante a operação, foram fiscalizadas propriedades rurais de exploração agrícola e pecuária com sistema de irrigação, observando-se captação de água, extração e beneficiamento mineral; supressão vegetal, transporte e guarda de produtos de fauna e flora, além do estado de preservação das Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reserva Legal.

A fiscalização contou com a participação de representantes do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Superintendência Regional do Trabalho (SRT) e Ministério Público do Trabalho (MPT).

Inep divulga nesta quarta-feira os locais de prova do Enem 2019; provas serão aplicadas nos dias 3 e 10

/ Educação

A partir de amanhã (16), os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão acessar o Cartão de Confirmação da Inscrição e saberão o local onde farão o exame. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro. Cerca de 5,1 milhões de estudantes estão inscritos no Enem 2019.

O cartão, que poderá ser consultado na Página do Participante, na internet, ou pelo aplicativo do Enem, disponível para download nas plataformas Apple Store e Google Play.

Além do local de prova, os participantes poderão conferir, no Cartão, o número da sala onde farão o exame; a opção de língua estrangeira feita durante a inscrição; e o tipo de atendimento específico e especializado com recursos de acessibilidade, caso tenham sido solicitados e aprovados; entre outras informações.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame, recomenda que os participantes, assim que souberem onde farão o exame, façam o trajeto até o local de prova para verificar a distância, o tempo gasto e a melhor forma de chegar ao local de prova, evitando atrasos no dia da aplicação.

No dia do Enem, a dica é chegar no local com antecedência. Os portões abrirão às 12h, pelo horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h. O Inep recomenda que os participantes levem o Cartão de Confirmação da Inscrição impresso nos dois dias de aplicação do exame e alerta para que não deixem para acessar o documento somente na véspera da prova.

Aplicativo do Enem

Segundo o Inep, mais de 2,5 milhões de pessoas já baixaram o aplicativo desde seu lançamento, em setembro de 2016. O dispositivo é gratuito e oferece acesso a diversas informações do Enem.

O usuário tem acesso, por exemplo, ao cronograma do exame, mural de avisos, edital, vídeo do edital em Língua brasileira de sinais (Libras), notícias, o programa Hora do Enem, da TV Escola, entre outras informações. O local de prova também estará disponível no aplicativo.

Após as provas, o participante poderá consultar no aplicativo o gabarito e o resultado final, conforme cronograma de divulgação.

O Enem 2019 será realizado em 1.727 municípios brasileiros. Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada, que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior. Os estudantes podem ainda concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos e a financiamentos pelo Fundo de Financiamento Estudantil.

Coronel da PM diz que Prisco vai acabar ”desgastado” com tentativa de greve da categoria

/ Polícia

Coronel Humberto Sturaro nega greve da PM. Foto: Divulgação

O coronel da Polícia Militar Humberto Sturaro afirmou que o deputado estadual Marco Prisco (PSC) está se desgastando com a tentativa de greve da categoria.

”Nós nunca vamos parar, os tempos são outros. Ele [Prisco] não acreditava na nossa liderança. Quem quiser nos afastar das tropas nunca vai conseguir. Ele vai acabar desgastado com isso”, disse em entrevista à rádio Metrópole FM, de Salvador, nesta terça-feira (15).

Sturaro ressaltou ainda que a segurança em Salvador está sob controle.

”Está tranquilo. É inegável que no começo do movimento aconteceram situações lamentáveis como atentados que não são normais. Por coincidência, o deputado termina o discurso dele e as coisas começam a acontecer. Nós precisamos passar uma sensação de segurança para a população”, salientou.

Ministério Público determina inquérito contra grupo de Prisco que atacou ônibus e bancos

/ Justiça

Por determinação do Ministério Público Estadual (MPE), a Corregedoria da Polícia Militar instaurou, na manhã desta terça-feira (15), um inquérito policial militar para investigar a conduta ilícita de militares ligados ao deputado estadual Prisco. Fechamento de avenidas, ataques contra ônibus e bancos, faltas em serviço, entre outras irregularidades serão apuradas.

Entre os casos citados pelo MPE, está o ataque contra dois ônibus, na região do Subúrbio Ferroviário, ocorrido na última quinta-feira (10). Na ocasião, Anselmo Souza dos Prazeres, filiado da Aspra e soldado da 18a CIPM (Periperi), foi flagrado após atravessar dois coletivos na Avenida Suburbana. Ferido após confronto, ele segue internado.

”Vamos cumprir o pedido do MP e relatar a participação de cada militar neste movimento irregular. Além das ações de vandalismo, seremos rigorosos com o pequeno número que está faltando sem justificativa plausível”, afirmou o corregedor da PM, coronel Augusto César Miranda Magnavita.

Deputada Dayane Pimentel evita comentar briga entre Bivar e Bolsonaro sobre racha no PSL

/ Política

Bolsonaro e Dayane, dirigente estadual do PSL. Foto: Divulgação

A deputada federal Dayane Pimentel se recusou, nesta segunda-feira (14/10), a comentar sobre a briga entre o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, e o presidente Jair Bolsonaro que ameaça deixar o partido. Na última semana, Bolsonaro disse que Bivar estava ”queimado pra caramba” e, neste último sábado (12), defendeu abrir a ‘caixa-preta’ do PSL e cobrou transparência sobre o fundo partidário com auditoria externa nas contas do partido.

Procurada, segundo publicação do site Polícia Livre, a presidente estadual do PSL disse, em nota, que ”somente irá posicionar-se sobre essa questão referente ao presidente Jair Bolsonaro e ao PSL quando houver uma movimentação oficial ou uma declaração oficial do presidente da República”. Dayane salientou ainda que ”é tempo de acalmar os ânimos”.

No entanto, ela e mais outros 33 parlamentares do partido assinaram, em 7 de setembro, um abaixo-assinado que cobra ”novas práticas” de Bivar. Nos bastidores, a informação é de que Bolsonaro estaria apenas buscando medidas judiciais para deixar o partido e se desvincular da legenda acusada de supostas irregularidades cometidas com candidaturas laranjas de mulheres em Minas Gerais e Pernambuco.

Na esfera federal, o PSL elegeu à reboque de Bolsonaro, quatro senadores e 52 deputados federais, entre elas a própria Dayane. Já na Bahia, o partido presidido por ela, possui ainda três deputados estaduais: Capitão Alden, Pastor Tom e Talita Oliveira (PSL).

Com sinal verde de Wagner, PT planeja lançar senador ao governo do estado nas eleições de 2022

/ Política

Wagner pode disputar o Governo. Foto: Alessandro Dantas

O senador Jaques Wagner (PT) tem a pretensão de voltar ao cargo de governador a partir de 2023. O vice-governador, João Leão (PP), indicou nesta segunda-feira (14) que Wagner o petista é nome ”consenso” entre os aliados, mas que uma nova candidatura ao Palácio Rio Branco dependia da vontade do senador. E, segundo publicado pelo Bahia Notícias, ele tem o intuito de fazê-lo.

”Wagner quer, nossos deputados querem, e o partido está unido em torno disso”, garante um aliado do senador site ao Bahia Notícias, conforme publicou o portal.

Prova disso, segundo pessoas de dentro do PT, o primeiro momento para amadurecer este plano, é a candidatura de Éden Valadares à presidência estadual da sigla. Alas do partido entendem que é necessária uma renovação, frente à iminência da candidatura do atual prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), para governador. ”Ele [Neto] traz uma galera mais nova para os postos principais, e a gente demorou em fazer isso”, opina um correligionário de Wagner.

A reportagem apurou que, após a gestão de Rui Costa, o intuito era fazer com que PSD ou PP encabeçassem um nome para o cargo, deixando o PT sem candidato próprio. ”Havia uma certa naturalização disso. Com o movimento, Wagner volta a figurar entre os candidatos, e o PT reafirma que disputará sua indicação como candidato a governador”, pontua adepto à ideia do retorno do petista ao governo estadual.

Wagner foi governador do estado entre 2007 e 2014. Antes de ser eleito senador, neste ano, ele chegou a ser ministro da Defesa do governo Dilma Rouseff (PT) e Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico da Bahia.

Abertas inscrições de seleção para vagas de trabalho no IBGE-BA; salários vão até R$ 3,1 mil

/ Emprego

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está com inscrições abertas no processo seletivo para trabalhar no Censo Demográfico 2020 até terça-feira (15). Na Bahia, são 164 vagas de nível médio, com salários entre R$ 1,7 mil a R$ 3,1 mil.

As inscrições estão abertas até as 16h (horário de Brasília) da quinta. Para se candidatar, basta acessar o site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), onde também pode encontrar o edital completo. O valor da inscrição é de R$ 42,50.

Das 164 vagas no estado, 85 são em Salvador e 79 no interior, sendo duas em Camaçari, duas em Feira de Santana e as 75 restantes em outros municípios baianos (1 vaga por município).

Entre essas vagas, 96 estão disponíveis para o cargo de Coordenador Censitário de Subárea (CCS). Além da escolaridade, elas exigem carteira de habilitação definitiva ou provisória, no mínimo para a categoria B. A remuneração para esse cargo é de R$ 3.100, e as inscrições no processo seletivo custam R$ 58.

As outras 68 vagas são para o cargo de Agente Censitário Operacional (ACO), apenas em Salvador, com salário de R$ 1,7 mil.

A jornada de trabalho será de 40h semanais, sendo 8h diárias, para ambos os cargos de CCS e ACO. A previsão de duração do contrato é de até 12 meses, com renovação mensal, mediante avaliação do contratado.

Todos os contratados receberão auxílios alimentação, transporte e pré-escola, férias e 13º salário proporcionais. Há vagas reservadas a pessoas com deficiência e pessoas que se autodeclaram pretas ou pardas, dentro dos percentuais definidos na legislação.

O Processo Seletivo Simplificado para ambos os cargos consistirá de uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, cuja realização está prevista para 8 de dezembro. A divulgação dos resultados finais deve ocorrer no dia 10 de janeiro de 2020.