PSL decide expulsar o deputado federal Alexandre Frota após críticas ao Governo Bolsonaro

/ Brasília

Alexandre Frota fez críticas ao Governo Bolsonaro. Foto: Estadão

O PSL decidiu em reunião nesta terça-feira (13) expulsar o deputado Alexandre Frota (SP) da legenda. A situação de Frota no partido se complicou nos últimos meses, e o deputado foi retirado da vice-liderança do partido na Câmara e da comissão da reforma tributária. Além disso, ele perdeu o comando do diretório municipal de Cotia. No segundo turno da reforma da Previdência, o deputado se absteve de votar.

Ele havia chegado a ser o coordenador do PSL na comissão especial da Previdência.Expulso, Frota não poderá ser acusado de infidelidade partidária e pode buscar uma outra legenda. Segundo informou a coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo, duas novas casas possíveis são o PSDB e o DEM.\

Em abril, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, Frota fez críticas ao governo, num reflexo das dificuldades do Executivo com o Congresso após cem dias de mandato. Integrante da tropa de choque de Bolsonaro (PSL) durante a campanha de 2018, o deputado disse que o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, era o maior responsável pela falha na articulação política. Ainda segundo Frota, o escritor Olavo de Carvalho, que deveria ter tido seu espaço reduzido por Bolsonaro, tinha mais influência do que os militares.

Educação: Alunos baianos de Direito e Enfermagem têm maiores dívidas com Fies no estado

/ Educação

O sonho de conquistar um diploma de ensino superior virou uma dor de cabeça para pelo menos 27 mil baianos que contraíram R$ 657 milhões em dívidas com a Caixa Econômica Federal (CEF) ao usarem o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no estado.

Dados da Coordenação de Concessão e Controle do Financiamento Estudantil (Cosif), obtidos pelo projeto Fiquem Sabendo, revelaram que a Bahia tem a 5° maior dívida com o Fies do Brasil: 5% do valor total de R$ 11,4 bilhões de contratos com pagamento em atraso pelo país. O número se refere a contratos firmados entre 1999 e 2009. A maior gama de inadimplentes está em São Paulo, com 145 mil contratos e pagamento em atraso acumulado que soma R$ 3,36 bilhões.

As maiores dívidas com o Fies na Bahia estão matriculadas nos cursos de Direito e Enfermagem. Para as Ciências Jurídicas, o Fies celebrou 2,9 mil contratos de alunos que atualmente estão inadimplentes e têm, juntos, uma dívida de R$ 92,67 milhões com o governo federal.

No campo da Enfermagem, foram 2,92 mil contratos que somam R$ 92,66 milhões em atraso. Os cursos de Serviço Social – 1,1 mil contratos – e Administração – 2,1 mil contratos – fecham a lista dos quatro maiores saldos devedores do estado com o Fies: R$ 43 milhões e R$ 49 milhões, respectivamente.

Com maior oferta de emprego e bons salários no mercado, o curso de Medicina na Bahia tem 14 contratos inadimplentes com um pouco mais de R$ 1,6 mi em dívidas. No Fies, o estudante pode escolher pagar boa parte do empréstimo após 18 meses do término da graduação. Ser contratado após o curso superior se torna elemento recomendado para quem quer fugir da inadimplência.

Entre 1999 e 2009, foram registrados, no Brasil, 522.417 contratos inadimplentes, que são aqueles com saldos devedores e prestações não pagas a partir do nonagésimo dia após o vencimento. O Fies financia a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições particulares e não gratuitas. *Bahia Notícias

Ex-prefeito de Ipirá morre em batida entre carro e caminhonete na BA-052, em Feira de Santana

/ Trânsito

Ex-prefeito Aníbal Ramos morreu. Foto: Reprodução/TV Subaé

Dois homens morreram após uma batida entre um carro e uma caminhonete, no final da tarde desta segunda-feira (12), na BA-052, no distrito de Bonfim de Feira, em Feira de Santana. Uma das vítimas é o ex-prefeito de Ipirá, Aníbal Ramos Aragão. A cidade fica perto de Feira. Segundo informações do Departamento de Polícia Técnica (DPT), publicadas pelo 1, Aníbal dirigia o carro envolvido no acidente.

Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, mas não resistiu aos ferimentos. A outra vítima, conforme o órgão, foi o motorista do caminhão, que não teve a identidade divulgada. O homem morreu no local do acidente.

Os corpos das vítimas foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana. Não há detalhes sobre as causas do acidente. O caso será investigado pela Polícia Civil. Após a batida, o caminhonete chegou a capotar na pista. O carro de Aníbal ficou destruído. Segundo informações de Jonas Aragão, irmão do ex-prefeito, Aníbal Aragão também era comerciante. Ele participou de um evento na manhã desta segunda, em Ipirá, e morreu quando ia fazer compras em Feira de Santana. ”Muito difícil, porque eu estava almoçando no momento. Quando alguém me ligou, disse que meu irmão tinha sofrido um acidente. Não pensei duas vezes, deixei tudo o que estava fazendo para ir vê ele, porque ele foi um exemplo de pessoa”, disse emocionado, Jonas Aragão.

Carro em que o prefeito estava ficou destruído após batida com caminhão

”Ele é um cara que se você precisasse dele meia-noite ou qualquer hora do dia, ele estava com você. O exemplo de homem que ele foi, de pai, de filho, porque ele foi exemplo de homem. Realmente eu não tenho palavras para descrever ele”, completou. Aníbal Ramos além de prefeito, também foi vereador de Ipirá e presidente da Câmara de Vereadores. Ele era casado, tinha duas filhas e uma neta, que nasceu há 15 dias. Uma das filhas está na cidade de Buenos Aires e retornará para o Ipirá na terça-feira (13) por conta do acidente.

Luto

A Prefeitura de Ipirá divulgou uma nota de pesar pelo falecimento do ex-prefeito e decretou três dias de luto. No comunicado, o atual prefeito, Marcelo Brandão, lamentou o acidente e pediu forças aos familiares e amigos das vítimas.

Conforme a prefeitura, o expediente foi suspenso, na terça-feira (13), em todos os setores públicos da cidade, para que os funcionários acompanhem o velório de Aníbal. O velório de Aníbal Ramos Aragão será na Câmara de Vereadores de Ipirá.

Cartão de confirmação do Exame para Certificação de Jovens e Adultos já está disponível

/ Educação

Os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2019 já podem acessar o cartão de confirmação na internet. O documento está disponível na Página do Participante no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

As provas serão aplicadas no dia 25 de agosto, em 611 municípios. Os portões de acesso aos locais do exame serão abertos às 8h e fechados às 8h45 para as provas aplicadas pela manhã. À tarde, os candidatos podem entrar as 14h30 até 15h15, de acordo com o horário oficial de Brasília.

Encceja

Jovens e adultos que não terminaram os estudos na idade adequada podem fazer o exame para obter a certificação de conclusão do ensino fundamental ou médio.

Serão quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, e uma redação. A nota mínima exigida para obtenção da proficiência é 100 pontos nas provas objetivas e de cinco pontos na redação.

Os resultados podem ser usados de duas formas. Quem conseguir a nota mínima exigida em todas as provas tem direito à certificação de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio. Aqueles que alcançarem a nota mínima em uma das quatro provas, ou em mais de uma, mas não em todas, terão direito à declaração parcial de proficiência.