Policial militar do Rio morre vítima de acidente na BR-116, no trecho de Manoel Vitorino

/ Trânsito

PM morreu preso as ferragens de um automóvel Nissan Versa

Um policial militar do Rio de Janeiro que atuava na Aronáutica naquele estado morreu vítima de um acidente automobilístico ocorrido na BR-116, no trecho do município de Manoel Vitorino.

Conforme informações levantadas pelo Blog Marcos Frahm junto a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o soldado Jorge Luiz Silva de Alcântara, 38 anos, conduzia um veículo Nissan Versa de cor preta, que colidiu frontalmente com um caminhão por volta das 10h20 deste domingo (21/07), na altura do KM 704.

Caminhão invadiu contramão e provocou acidente na BR-116

Jorge não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no local do acidente. Ele ficou preso as ferragens. Ainda segundo apurou o BMFrahm, ele seguia do Rio para Salvador, na companhia da esposa, filho e cunhada, que sofreram ferimentos leves e foram socorridos ao Hospital Geral Prado Valadares (HGPV), em Jequié. O acidente provocou lentidão no trânsito.

Motorista do Nissan ainda tentou desviar para evitar acidente

O caminhão teria invadido a via contrária, provocando a batida. O motorista não se feriu. Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica de Jequié foi acionada e removeu o corpo do militar ao Instituto Médico Legal, para realização dos procedimentos legais e liberado nesta segunda-feira.

Educação: Último dia de inscrições para servidores que querem trabalhar no Enem

/ Educação

Hoje (22) é o último dia para que servidores públicos federais e professores da rede pública estadual ou municipal interessados em trabalhar no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se inscrevam junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A oportunidade é para atuação na Rede Nacional de Certificadores (RNC) do Enem, nos dois domingos de aplicação, nos dias 3 e 10 de novembro. Os certificadores atuam como representantes do Inep em todos os locais de prova e são responsáveis por conferir vários procedimentos.  O valor pago é de R$ 342 por dia, o que equivale a R$ 28,50 por hora de trabalho.

Os interessados precisam cumprir alguns critérios antes de se inscreverem pela internet, no Sistema RNC ou pelo aplicativo da Rede. Além de serem servidores públicos do Executivo, em exercício, ou professores da rede pública, precisam ter formação mínima de nível médio; não estar inscritos, nem terem parentes inscritos, no Enem 2019; e, não terem vínculo com qualquer atividade do Enem ou do Inep.

Segundo o Inep, todos os inscritos que atenderem aos critérios serão convocados para uma capacitação a distância.  Aqueles que obtiverem a nota mínima exigida estarão aptos a atuar como certificadores do Enem. As demandas de trabalho são emitidas na semana da prova, de acordo com a necessidade do Inep para cada local de prova.  Em 2019, o Enem será aplicado em 1.728 municípios.

Rui cancela ida a inauguração em Conquista: ”Confundiram boa educação com covardia”

/ Bahia

Rui também não enviará representante. Foto: Mateus Pereira

Em vídeo publicado nas redes sociais na tarde desta segunda-feira (22/07), o governador Rui Costa afirmou que não participará da inauguração do Novo Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, evento que contará com a presença do presidente Jair Bolsonaro. Na opinião do governador, o evento se transformou em uma convenção político-partidária. ”A medida anunciada é excluir o povo da inauguração, fazer uma inauguração restrita a poucas pessoas, escolhidas a dedo como se fosse uma convenção político-partidária. Não posso concordar com isso”, disse ao explicar a decisão.

A União destinou 500 convites para o presidente Jair e o aliado e prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão. Para Rui, foram disponibilizados apenas 100 convites, o que poderia expor o governador a manifestações contrárias de apoiadores de Bolsonaro.

Na mensagem, Rui destacou a importância de todos os trabalhadores que se dedicaram por muitos anos na construção do equipamento e reconheceu o papel dos ex-presidentes Dilma Rousseff e Michel Temer; do ex-governador Jaques Wagner; e do ex-secretário estadual de infraestrutura, Otto Alencar, para a conclusão da obra.

Leia na íntegra a fala do governador:

”Olá, meus amigos e amigas. Quero reafirmar o orgulho de ter nascido na Liberdade. O meu profundo orgulho de ser baiano, de ser nordestino. Nordestino que acima de tudo é um resistente, um trabalhador. Como o povo da região de Vitória da Conquista, que trabalhou muito durante anos para tornar esse sonho realidade, o novo aeroporto da região. Exercitando o que aprendi com a minha família, a gratidão, quero aqui reconhecer aqui o papel fundamental do ex-governador Jaques Wagner que iniciou esta grande obra. Do ex-secretário de infraestrutura, Otto Alencar, que também participou de forma decisiva. Reconhecer o papel da presidenta Dilma Rousseff, que assinou os dois convênios. O primeiro, da pista, no ano de 2012, e o segundo, do terminal de passageiros, já no ano de 2015. E quero agradecer também ao ex-governo Temer, que pagou a última parcela, em novembro de 2018.

Exercitando a boa educação que aprendi, convidei o Governo Federal a se fazer presente no ato de inauguração, nesta grande festa. Infelizmente, confundiram a boa educação com covardia, e desde então, temos presenciado agressões ao povo do Nordeste e ao povo da Bahia. A medida anunciada é excluir o povo da inauguração, fazer uma inauguração restrita a poucas pessoas, escolhidas a dedo como se fosse uma convenção político-partidária. Não posso concordar com isso. Por isso, não vou comparecer à inauguração do aeroporto que o povo da Bahia construiu, que o Governo do Estado construiu. Porque entendo que o Brasil precisa de paz para crescer e para gerar emprego. Quero pedir a Deus e ao Senhor do Bonfim que continue iluminando meus passos, me dando serenidade e saúde para que eu continue trabalhando pelo povo da Bahia, pelo povo do Nordeste e pelo povo brasileiro. Que Deus nos abençoe”.

Bolsonaro amplia nº de convidados e escala rivais de Rui Costa para discursar em Conquista

/ Política

Jair Bolsonará visita Conquista amanhã. Foto: Alan Santos

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu aumentar o número de convidados para a inauguração do novo aeroporto de Vitória da Conquista nesta terça-feira (23), e escalou rivais do governador Rui Costa (PT) para discursar no evento.

De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, o Planalto decidiu aumentar o número de convidados de 300 pessoas para 600. Já a cota do governador petista subiu apenas de 70 para 100 nomes. Diante disto, Rui Costa cogita não ir ao evento.  Ainda segundo a publicação, o presidente Jair Bolsonaro pretende usar o ato na Bahia para virar o jogo em território inimigo após críticas aos nordestinos.

Caminhoneiros da Bahia decidem se aderem à ”paralisação” na próxima quarta-feira

/ Trânsito

Os caminhoneiros da Bahia decidem se aderem aos movimentos de paralisação da categoria na próxima quarta-feira (24). Insatisfeitos com a tabela do frete, que foi divulgada na quinta-feira (18) pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), os trabalhadores começaram a se mobilizar no último final de semana.

De acordo com informações do coordenador do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens do Estado (Sindicam), José Bioni, é possível que associações de caminhoneiros realizem alguma paralisação.

“Nós vamos aguardar o sindicato nacional. Existem os grupos menores, as associações, que podem fazer movimentos isolados, mas eles podem ser presos porque isso não está previsto”, afirmou o representante do sindicato, na manhã desta segunda-feira.

Tabela do frete

A resolução publicada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) gerou reação imediata dos líderes da categoria, que voltaram a falar em paralisações. Na último final de semana, uma parte dos caminhoneiros se reuniram em grupos de WhastApp. Os condutores chegaram a divulgar pontos de parada.

Acidente entre dois automóveis na BR-101, trecho de Laje, deixa quatro pessoas mortas

Peça de um dos carros se soltou com a colisão. Foto: Reprodução

Quatros pessoas morreram após uma colisão entre dois veículos de passeio na madrugada desta segunda-feira (22/07), na BR-101, trecho do município de Laje, no Vale do Jiquiriçá. O acidente envolveu um carro Chevrolet Celta e um automóvel Ford KA, nas proximidades da localidade de Capão.

As vítimas, Júnior, Neilma e Rayara eram ocupantes do Celta e foram a óbito no local do desastre. Outra mulher foi socorrida ao Hospital Regional de Santo Antonio de Jesus (HRSJ), para onde também foi levado o condutor do Ford, Helton, que segundo informações não resistiu e faleceu na unidade hospitalar.

No momento da colisão, chovia na região e a pista estava escorregadia. Ainda não há informações sobre qual veículo provocou a batida. Os corpos foram encaminhados ao IML de Santo Antonio. A ocorrência foi registrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Apuarema: Liberadas do hospital 13 das 16 vítimas do acidente com caminhão na zona rural

Acidente aconteceu no último sábado. Foto: Maurício Matos

Foram liberadas do Hospital Geral Prado Valadares (HGPV), em Jequié, até este domingo (21/07), treze das 16 vítimas do acidente envolvendo um caminhão pau de arara no último sábado (20/07), na zona rural de Apuarema.

Conforme apurou o Blog Marcos Frahm, três vítimas seguem na unidade hospitalar e uma passará por procedimento cirúrgico na clavícula, nesta segunda-feira.

As vítimas receberam socorro de equipes do SAMU de Apuarema e Jequié e do Corpo de Bombeiros, além de ambulâncias do município e da cidade de Itamari, após o veículo tombar na localidade de Guigó. Todos são feirantes e retornavam para casa depois da feira livre.

Número de pacientes com hepatite cresce 20% em 10 anos no Brasil, diz Ministério da Saúde

/ Saúde

O número de pacientes notificados com casos de hepatites virais no Brasil aumentou 20% de 2008 a 2018, de acordo com o Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais 2019, divulgado hoje (22) pelo Ministério da Saúde. Em 2008, foram registrados 35.370 casos. Dez anos depois, esse número saltou para 42.383.

Apesar do aumento, o levantamento apontou queda de 9% no total de mortes, saindo de 2.402 em 2007 para 2.184 em 2017.   A hepatite é a inflamação do fígado. Ela pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas.

De acordo com o Ministério da Saúde, são doenças silenciosas que nem sempre apresentam sintomas, mas quando estes aparecem, podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Existem, ainda, os vírus D e E, esse último mais frequente na África e na Ásia.

Tipo de hepatite

De 2000 a 2017, foram identificados no Brasil, segundo o boletim, 70.671 óbitos por causas básicas e associadas às hepatites virais dos tipos A, B, C e D. Desses, 1,6% foi associado à hepatite viral A; 21,3% à hepatite B; 76% à hepatite C e 1,1% à hepatite D. O boletim mostra que o tipo C da doença, além de ser o mais letal, é o mais prevalente. Ao todo, 26.167 casos foram notificados em 2018. A doença é transmitida por sangue contaminado, sexo desprotegido e compartilhamento de objetos cortantes.

O maior número de pessoas com hepatite C se concentra em pessoas acima dos 40 anos. A hepatite C nem sempre apresenta sintomas. Por isso, o Ministério da Saúde estima que, atualmente, mais de 500 mil pessoas convivam com o vírus C da hepatite e ainda não sabem. Foram notificados ainda 2.149 casos de hepatite A no Brasil. A transmissão mais comum desse tipo da doença é pela água e alimentos contaminados. O tratamento geralmente evolui para cura.

Também foram registrados 13.992 casos de hepatite B, que pode ser transmitida pelo contato com sangue contaminado, sexo desprotegido, compartilhamento de objetos cortantes e de uso pessoal e pode também ser transmitida de mãe para filho. Já a hepatite D foi registrada em 145 pacientes. A infecção ocorre quando a pessoa já contraiu o vírus tipo B. Os sintomas da hepatite D são silenciosos e a doença é combatida por meio da vacina contra a hepatite B que também protege contra a D.

Combate

Nas vésperas do Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais, dia 28 de julho, o Ministério da Saúde alerta para a importância do diagnóstico e tratamento da doença.

”Estamos garantindo prevenção, por meio de vacinas, e diagnóstico, com oferta de testes, além de tratamento medicamentoso. É muito importante que as pessoas acima de 40 anos procurem a unidade de saúde mais próxima para realizar testagem e se imunizar contra a hepatite B e que os pais vacinem as crianças contra hepatite A. Assim, conseguiremos tratar ainda mais pessoas e eliminar a sombra da hepatite do Brasil”, diz, em nota, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Em 2018, o Ministério da Saúde distribuiu 25 milhões de testes de hepatite B e C. Para 2019, com o fortalecimento das ações de diagnóstico e ampliação do tratamento, a expectativa é que esse número seja superado.

Além dos testes, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece vacina contra a hepatite A para menores de 5 anos e grupos de risco. Disponibiliza também vacina contra a hepatite B para todas as faixas etárias. Esta vacina também protege contra a hepatite D.

Eliminação da hepatite C

O Brasil tem como meta eliminar a hepatite C até 2030. Para isso, nos últimos três anos, foram disponibilizados pelo SUS 100 mil tratamentos para hepatite C. Neste ano, foram entregues 24 mil tratamentos para a doença. Até o início de agosto, de acordo com o Ministério da Saúde, serão entregues outros 5 mil tratamentos. Em 2019, o Ministério da Saúde adquiriu 42.947 tratamentos sofosbuvir/ledipasvir e sofosbuvir/velpatasvir. Outros 7 mil tratamentos estão em processo de aquisição.

De acordo com a pasta, todas as pessoas diagnosticadas com hepatite C têm a garantia de acesso ao tratamento, independente do dano no fígado, assegurando universalização do acesso previsto desde março de 2018. Essa ação, segundo o ministério, coloca o Brasil como protagonista mundial no combate a hepatite C. Da Agência Brasil

Morre em Salvador Grinaldo Andrade Nunes, ex-prefeito de Itatim e Santa Teresinha

/ Política

Morre Grinaldo Andrade Nunes, o Guima. Foto: Reprodução

O ex-prefeito de Itatim, Grinaldo Andrade Nunes, o Guima, tradicional liderança política daquele município faleceu aos 74 anos neste domingo (21/07), em Salvador, onde estava internado desde o último dia (15), após ser acometido por problemas de saúde.

Grinaldo exerceu o cargo de gestor de Itatim por dois mandatos consecutivos – 2001 a 2004 e 2005 a 2008. Antes, ele também avia sido prefeito da cidade vizinha de Santa Teresinha – 1993 a 1998.

Em nota pública, o atual chefe do Executivo de Itatim, Gilmar Nogueira (PSD) lamentou a morte do político e decretou luto oficial de três dias no município. O velório ocorre na tarde desta segunda-feira, no cemitério local.

Prefeito de Maracás ainda não decidiu se vai disputar reeleição; ”Ainda é hora de fazer gestão”

Em Jequié, Soya esteve em encontro do PDT. Foto: Blog Marcos Frahm

O prefeito de Maracás, Soya Novaes (PDT), afirmou ao Blog Marcos Frahm neste domingo (21/07), durante encontro do partido em Jequié que ainda não decidiu se vai disputar à reeleição em 2020. O mandatário da Cidade das Flores disse que só vai decidir sobre a questão política-eleitoral no próximo ano, depois de avaliações junto ao seu grupo, vereadores e deputados aliados.

Soya disse que ainda é cedo para tratar de política e que no momento prioriza a gestão pública municipal. ”É muito cedo para falar sobre isso. Ainda é hora de fazer mais gestão e não política. A partir de janeiro nós podemos ver o que vai acontecer. Até hoje, não há nenhuma afirmação minha de que não serei candidato. Inclusive, eu vi uma matéria no Jornal A Folha, dizendo que eu não apoiarei possíveis candidatos, como os ex-prefeitos Paulo e Nelson e essa é uma informação equivocada, pois nunca falei isso”, rechaçou.

Ele diz ter consciência de que a sua candidatura ou de qualquer outro líder político de Maracás perpassa pela avaliação da população, que ainda dará o veredicto sobre a sua gestão. ”O nosso mandato ainda não acabou, e nos estamos buscando trabalhar, para depois mostrar o que foi feito e, aí, esperar a reação das pessoas para decidir sobre reeleição ou não. Uma coisa é certa: diante das dificuldades financeiras, Maracás têm hoje uma administração que respeita o dinheiro do povo, que paga em dia e que não tem manchas de corrupção”, afirmou.

De acordo com o gestor, obras de pavimentação foram executadas em várias partes do município e outras estão por vir. ”Tenho um sonho de construir mais três barragens na zona rural, para atender o homem do campo, temos onze ruas já pavimentadas e outras quatorze serão calçadas também, além de ações na saúde, educação e a segurança pública, que vai muito bem na nossa cidade”, concluiu.

PDT realiza Encontro Regional em Jequié com aposta de crescimento na região, diz Euclides Fernandes

/ Jequié

Euclides presidente encontro do PDT. Foto: Blog Marcos Frahm

O Partido Democrático Trabalhista – PDT realizou, em Jequié, neste domingo (21/07) o 8º Encontro Regional da sigla, no plenário da Câmara Municipal para formação das comissões municipais, filiações, discussões sobre o atual momento político do país e orientações aos filiados sobre as regras vigentes para as próximas eleições através de palestra proferida pelo advogado especialista em Direito Eleitoral, Sávio Mamed.

O deputado estadual Euclides Fernandes presidiu o ato, que contou com a presença de lideranças políticas das regiões do Médio Rio de Contas e do Vale do Jiquiriçá, a exemplos de prefeitos, recepcionados pelo anfitrião Sérgio da Gameleira, chefe do Executivo de Jequié, vice-prefeitos, ex-prefeitos e vice-prefeitos, vereadores, representados pelo presidente da Câmara local, Emanuel Campos, além de pré-candidatos as eleições de 2020. O evento contaria ainda com a participação do presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, que teve sua participação anunciada e chegaria a Jequié acompanhado do presidente estadual, Félix Mendonça Júnior, do deputado federal Alex Santana e dos estaduais Roberto Carlos e Samuel Junior.

Contudo, o voo de Salvador a Jequié foi cancelado por más condições climáticas, conforme informou o deputado Euclides. O parlamentar agradeceu aos presentes e destacou a crescente ascensão do partido na região. ”Realizamoss mais um encontro com a certeza de que o partido terá representantes no processo eleitoral ano que vem em toda a região. Sabemos das dificuldades enfrentadas pelos municípios, cujos munícipes esperam melhorias e o nosso objetivo é justamente discutir e orientar os filiados para que busquem a elaboração de projetos que possam resultar na melhoria da qualidade de vida das pessoas. O PDT, histericamente, sempre foi um partido ligado à educação e essa será uma das nossas bandeiras para 2020, pois a educação de qualidade na gestão pública transforma vidas”, ressaltou Euclides Fernandes.

 

Rui Costa cogita não ir à inauguração do aeroporto de Conquista para evitar ”hostilidade”

/ Política

Rui ainda não definiu sobre participação. Foto: Alberto Coutinho

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), cogita não ir à inauguração do aeroporto de Virória da Conquista para evitar ser ”hostilizado”, segundo publicou o site Bahia Notícias. O evento, que terá a presença do presidente Jair Bolsonaro (PSL), está previsto para acontecer nesta terça-feira (23).

De acordo com a cúpula do Palácio de Ondina, o petista baiano vai esperar uma ”sinalização” do governo Bolsonaro e a decisão sobre a presença ou não do governador só deve acontecer nesta segunda-feira (22).

Governistas dizem que esperam um ”evento republicano e administrativo” mas, segundo eles, o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), estaria preparando um ”ato político” contra Rui. Segundo governistas, o emedebista mandou retirar outdoors da gestão petista sobre o novo aeroporto.

Mais cedo, o líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Rosemberg Pinto (PT), tinha defendido que o chefe do Palácio de Ondina não fosse para a inauguração. O deputado petista contou que dos 300 convidados, Rui só poderia chamar 70 pessoas. Os demais convites seriam distribuidos entre bolsonaristas para, segundo ele, ”vaiar” o governador

Com crise econômica no Brasil, ”previdência privada” vive momento de estagnação, diz site

/ Economia

Após uma longa tramitação e muito debate, a reforma da Previdência foi aprovada, em primeiro turno, na Câmara dos Deputados. Toda a discussão suscitada pela proposta, porém, não foi suficiente para mudar o cenário dos planos de previdência privada, cujos números estão praticamente estagnados há quatro anos.

Hoje, os planos privados congregam 6% dos brasileiros, ou 13,2 milhões de pessoas, segundo dados de maio, o último disponível na Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), entidade que representa 67 seguradoras e entidades abertas de previdência complementar no País. O número é um pouco menor que os 13,5 milhões de pessoas do mesmo período do ano passado, exatamente o mesmo contingente de maio de 2017 e ligeiramente superior aos 12,5 milhões de igual mês de 2016. Na opinião dos operadores do setor, o setor ainda enfrenta resistências entre os investidores. Henrique Diniz, superintendente de previdência da Icatu, diz, no entanto, que isso é natural.

O principal motivo, afirma, é ainda reflexo da recessão que o País atravessou, com a diminuição da capacidade de poupança das pessoas. Marcelo Wagner, diretor financeiro da Brasilprev, concorda. Para ele, o setor enfrentou um forte crescimento no início dos anos 2000 e, de lá para cá, a tendência é de avanço moderado. Mesmo assim, muito dependente do cenário macroeconômico. ”A previdência privada tem três capítulos no País. O primeiro, nos anos 2000, quando investidores com riquezas previdenciárias migraram para o sistema, o que gerou um grande crescimento. Esse movimento mudou desde 2015 pelos efeitos da crise, quando ficamos sem excedente de poupança. Após a melhora, no terceiro movimento, o crescimento marginal deve continuar. Não esperamos mais crescimento de 20% ou 30%”, diz. Dados do Banco Central apontam que, nos primeiros seis meses de 2019, a caderneta de poupança, principal veículo de investimento entre os brasileiros, registrou captação positiva apenas em março e junho. No mês passado, o saldo entre saques e depósitos ficou positivo em R$ 2,77 bilhões.*Estadão

Três pessoas da mesma família morrem e outras ficaram feridas pós acidente na BR-101

/ Trânsito

Acidente aconteceu no trecho de Esplanada. Foto: Reprodução

Após grave acidente na BR-101, em trecho do município de Esplanada,  três pessoas de uma mesma família morreram e outras duas ficaram feridas, na manhã deste domingo (21).

Segundo a polícia, as vítimas são da cidade de Acajutiba, que fica a cerca de 50 km de Esplanada. O caso foi registrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pela Polícia Civil.

Segundo a Delegacia de Esplanada, uma caminhonete S10 bateu a lateral na frente de um caminhão, após o motorista do veículo menor perder o controle da direção, e caiu de uma altura de cerca de 3 metros, em uma ribanceira. O caso ocorreu por volta da 9h, em um local conhecido como curva da Jiboia, perto da entrada do povoado de Mulungu, em Esplanada. Chovia bastante no momento do acidente.

As vítimas fatais foram identificadas como Marcos Alves dos Santos, 39 anos, João Batista Santos, 24, e Euler de Jesus Freitas Santos, 18. Os três morreram no local do acidente. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Alagoinhas.

Os feridos são Joel Domingo Souza dos Santos, 47 anos, que é pai de Euler, e Lafaiete de Carvalho Gonçalves, 27. Os dois foram socorridos pelo Samu e encaminhados para o Hospital Dantas Bião, em Alagoinhas. O motorista do caminhão não teve ferimentos. Ele foi ouvido por agentes da PRF e liberado. Parte da pista chegou a ficar interditada por cerca de 4h, e foi liberada por volta das 13h30, quando os corpos e os veículos envolvidos no acidente foram retirados do local. O caso será investigado pela Polícia Civil.