Morre segunda vítima de acidente na BR-116; homens integravam equipe técnica do cantor Léo Santana

/ Trânsito

Caminhão bateu de frente com carreta. Foto: Blog Marcos Frahm

Morreu neste domingo a segunda vítima de acidente entre um caminhão e uma carreta na BR-116. A colisão ocorreu na manhã de sábado (06/07), na altura do KM 523, trecho do município de Itatim. As vítimas estavam em um caminhão contratado pela produção do cantor Léo Santana para transportar os equipamentos da banda. Não há informações sobre as causas do acidente. O caminhão bateu de frete com a carreta.

As vítimas foram identificadas como Luiz Gustavo da Ressurreição, que dirigia o caminhão, e Ivonilson de Brito Lima, que seguia como passageiro. Os dois saíram de Salvador e estavam sozinhos no veículo. A idade deles não foi informada. Não há detalhes de para onde o caminhão seguia.

No Storie do Instagram, Léo lamentou o acidente e falou sobre a relação com as vítimas. ”É muito ‘punk’ ter que trabalhar quando se recebe uma notícia ruim, drástica. Um caminhão da minha banda, da minha equipe, com duas pessoas que trabalhavam na equipe da gente acabou batendo de frente com uma carreta. Os dois vieram a falecer. Ter que trabalhar com isso na cabeça é muito forte, é muito punk. Fica meus pêsames para os familiares do Gustavo e do Nabo, que eram moleques que eu gostava demais. Que Deus conforte os corações de vocês”, disse o artista.

Violência desenfreada: Em 12 horas, cinco pessoas foram executadas em Camaçari no sábado

/ Polícia

Crimes chocaram população de Camaçari. Foto: Se Liga Camaçari

O início do final de semana foi assustador para os moradores de Camaçari. Cinco mortes foram registradas na cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS) em apenas 12 horas. Segundo informações do boletim da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), conforme publicação do BNews, do total de vítimas, quatro foram homens e uma mulher.

Por volta das 9h35, um homem identificado como Anderson dos Santos Almeida, de 22 anos, foi morto a tiros na Estrada da Cetrel, em frente à barraca Point do Coco, na região de Abrantes. Segundo a polícia, uma guarnição da 59ª Companhia Independente (Vila de Abrantes) foi acionada e chegando ao local constatou a morte do jovem, que teve o corpo removido por uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Menos de cinco horas depois, um triplo homicídio foi registradona localidade conhecida como Parque Real Serra Verde, na Cascalheira. Conforme a PM, militares do 12º Batalhão (Camaçari) foram acionados após receber a informação de que três homens tinham sido baleados. Duas das vítimas estavam caídas no chão, enquanto o terceiro homem estava dentro de um Chevrolet Blazer. As vítimas não tiveram identidades reveladas.

Já por volta das 20h40, uma mulher de 19 anos foi executada na Rua Santa Maria, no loteamento Algaroba I, próximo ao cemitério. A vítima foi identificada como Vanessa de Souza Santos. Todos os casos deverão ser investigados pela Polícia Civil da cidade.

Pesquisadores desenvolvem 1º sistema orgânico de maracujá do Brasil na Chapada Diamantina

/ Agricultura

O primeiro sistema orgânico do Brasil para a produção do maracujazeiro foi desenvolvido na Bahia por pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O anúncio foi feito pela empresa no final de junho. Conforme a Embrapa, experimentos realizados no município de Lençóis, na Chapada Diamantina, Bahia, mostraram que o sistema criado apresenta níveis de produtividade muito superiores aos registrados no sistema convencional no estado: 28 toneladas por hectare (t/ha) contra 10,5 t/ha, em média.

O resultado também supera em mais de duas vezes a produtividade média nacional, de 13,5 t/ha. Por enquanto, segundo a Embrapa, o pacote tecnológico está restrito a essa região da Bahia, mas a ideia é estendê-lo a outros polos produtores no Brasil. Os pesquisadores constataram que o aumento de produtividade foi alcançado com o novo sistema mesmo com a exposição da cultura a viroses do maracujazeiro.

Para se ter uma ideia do potencial de dano dessas doenças, no primeiro ciclo do sistema orgânico, antes da contaminação da lavoura, a produção chegou a atingir uma média de 37 t/ha. O controle das viroses e o desenvolvimento de variedades de plantas de maracujá resistentes ainda estão entre os grandes desafios para a pesquisa agropecuária. Com mais de 16 mil hectares plantados, a Bahia é o maior produtor de maracujá no País — 170.910 toneladas, o que representa 31% da produção nacional, segundo dados de 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a Embrapa, apesar de não haver informações oficiais disponíveis para o sistema orgânico, acredita-se que 0,5% da área cultivada no estado esteja nesse sistema, e a demanda é crescente. Para ser considerado orgânico, o produtor deve usar técnicas ambientalmente sustentáveis e não pode utilizar agrotóxicos nem adubos químicos solúveis. Leia mais

Em Salvador, prefeito assina convênio de transferência das escolas recém-municipalizadas em Jequié

/ Jequié

Prefeito Sérgio assina convênio na SEC. Foto: Divulgação

Com o objetivo de melhorar o atendimento de serviços destinados ao setor da Educação no município, o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, esteve participando de uma reunião com o secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues, na quinta-feira (04/07), na Secretaria Estadual de Educação. Estiveram presentes o deputado federal, Paulo Magalhães; a diretora administrativa, da Secretaria Municipal de Educação, Ludmila Carvalho; o coordenador do Núcleo Territorial de Educação de Jequié (NTE 22), José Calais Neto, e o coordenador dos Núcleos Territoriais de Educação, Helder Amorim.

Durante o encontro, foram protocoladas diversas demandas, por parte do executivo municipal. Foi assinado o convênio de transferência das escolas estaduais recém municipalizadas; discutiu-se, também, acerca do desbloqueio dos repasses de recursos do Programa Estadual do Transporte Escolar (PETE/BA), retidos pelo Estado, por conta da ausência de prestação de contas da administração municipal, na gestão passada, entre outros temas.

 

”Encontro importante e bastante produtivo. O secretário Jerônimo Rodrigues é um abnegado e muito dedicado às questões que envolvem a recuperação da educação, na Bahia. Agora, após dois anos de trabalho técnico e compromisso, atualizamos os dados que a gestão passada, por irresponsabilidade e falta de compromisso, não fez, relativos ao Programa Estadual do Transporte Escolar e logo essa questão será resolvida e Jequié passará a receber esses recursos novamente. Com a intervenção do deputado federal, Paulo Magalhães, e do deputado estadual, Euclides Fernandes, e apoio do coordenador do Núcleo Territorial de Educação, José Calais Neto, do coordenador dos Núcleos Territoriais de Educação, Helder Amorim, fizemos algumas solicitações, como o pedido de convênio de comodato entre o Estado e o município, do Colégio Joana Angélica, no distrito de Itajuru, que encontra-se com sua estrutura bastante desgastada e necessitando de reformas. Além desses pedidos, fizemos outros encaminhamentos e que, muito em breve, tenho certeza, gerarão bons frutos para a Educação, em Jequié.” afirmou o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira.

Um discurso improvisado, Bolsonaro admite reeleição e diz que entregará País ”melhor em 2026”

/ Brasília

Bolsonaro quer ser reeleito presidente. Foto: Marcos Corrêa

Em um discurso improvisado na festa de São João do Clube Naval de Brasília, o presidente Jair Bolsonaro sugeriu neste sábado, 6, pela segunda vez, que pretende disputar a reeleição, e afirmou que entregará um País ”muito melhor” para quem lhe suceder no comando do Palácio do Planalto, ”em 2026”. ”Pegamos um País quebrado moral, ética e economicamente. Mas, se Deus quiser, nós conseguiremos entregá-lo muito melhor para quem nos suceder, em 2026”, disse Bolsonaro, sob gritos de ”mito”.

O presidente sorriu quando falou ”2026” e foi muito aplaudido. Eleito em 2018, Bolsonaro encerra seu mandato em 2022. Ao fazer um balanço do primeiro semestre, Bolsonaro disse que ”em seis meses de governo, graças a Deus, nenhuma acusação de corrupção” pairou sobre sua gestão no Planalto. ”Aquilo que parecia que estava fadado a fazer parte da nossa história ficou para trás”, disse o presidente, em cima de um palco.”(Devo isso) Em grande parte a vocês que acreditaram numa proposta que realmente pudesse buscar dias melhores para o nosso Brasil. Ao povo, nossa lealdade absoluta”, completou o presidente. No mês passado, ao visitar Eldorado, no interior paulista, Bolsonaro também sugeriu que pode concorrer à reeleição.

Na ocasião, ele afirmou que ”se não tiver uma boa reforma política e, se o povo quiser, estamos aí para continuar mais quatro anos” e que ”lá na frente” todos votarão nele. Ao insinuar que irá concorrer a um novo mandato, Bolsonaro contradiz sua própria promessa de campanha. Em outubro de 2018, em entrevista ao Jornal Nacional, da Rede Globo, Bolsonaro disse que pretendia acabar com o instituto da reeleição. ”Começa comigo se eu for eleito”, disse, na ocasião. A presença de Bolsonaro no São João do Clube Naval não estava prevista na agenda oficial divulgada pelo Planalto. Ele passou a maior parte da festa em uma área restrita de convidados e permaneceu por apenas 40 minutos.

O novo ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, também estava presente. Para entrar no São João do Clube Naval, o público foi obrigado, pela equipe de segurança do governo, a passar por detector de metais. Ao sair da festa junina, Bolsonaro posou para fotos com crianças e, deu seu palpite para a final da Copa América. Ao Estadão/Broadcast, disse que a seleção brasileira vencerá o Peru por 2 a 0 hoje. O presidente pretende ir ao Rio de Janeiro para acompanhar a partida final do campeonato. Bolsonaro deve levar a tiracolo o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, que tem sido alvo de questionamentos sobre a imparcialidade de sua atuação como juiz após a divulgação de supostas mensagens trocadas com procuradores da operação Lava Jato. Estadão

Para João Amoêdo, governo de Bolsonaro é um ”amontoado de gente batendo cabeça”

/ Política

Durante uma palestra, Amoedo critica Bolsonaro. Foto: Divulgação

Um dos ex-candidatos derrotados na última eleição presidencial, o empresário João Amoedo disse ao jornal O Estado de S.Paulo, na noite do sábado (6), que o governo de Jair Bolsonaro é ”um amontoado de gente batendo cabeça”. Durante uma palestra sobre empreendedorismo em Florianópolis, Amoedo criticou a falta de foco do presidente.

”Não tenho muita surpresa com o que está acontecendo. De um lado, a avaliação que eu tinha era que estávamos elegendo alguém que tinha pouca capacidade de execução. Ele (Bolsonaro) tinha demonstrado isso ao longo da vida”, afirmou o empresário.

Amoedo destacou que o presidente se perde em polêmicas desnecessárias e criticou o que considera uma falta de estratégia do governo. ”Como empreendedor, você define prioridades e estratégias, monta equipe, e o que a gente vê é que, no governo, falta uma estratégia clara. A equipe não tem um desenho claro. Pelo contrário, a equipe é um amontoado de gente que acaba batendo cabeça.”

Prêmio da Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 6 milhões na próxima terça-feira, dia 9

/ Esporte

O concurso 2166 da Mega-Sena não teve acertadores nos seis números sorteados neste sábado:  03, 19, 34, 44, 56 e 58. Assim, o prêmio ficou acumulado para o concurso 2167, a ser realizado na próxima terça-feira, dia 9, quando a estimativa é de um prêmio de R$ 6 milhões.

Neste sábado (6), a Quina (5 números acertados) teve 44 apostas ganhadoras, com R$ 39.121,73 para cada uma delas. Já a Quadra, com 4 números acertados, registrou 3.749 apostas ganhadoras, cabendo a cada uma delas R$ 655,92. As informações são do site da Caixa Econômica Federal.