No Dia do Meio Ambiente, Rui assina decretos e acordos para fortalecimento da gestão ambiental

/ Bahia

Governador assina uma série de atos. Foto: Mateus Pereira

No Dia do Meio Ambiente, comemorado nesta quarta-feira (5), o governador Rui Costa assinou uma série de atos para o fortalecimento da gestão ambiental na Bahia. Durante solenidade realizada no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, foram assinados nove documentos, entre decretos, acordos de cooperação e contratos. O conjunto de ações faz parte das atividades da Semana do Meio Ambiente, organizada pelo Governo do Estado.

Uma das iniciativas é o lançamento do edital de chamada pública para seleção de subprojetos socioambientais que sejam voltados para a conservação e o uso sustentável da biodiversidade. Serão investidos R$ 22,5 milhões no edital, distribuídos entre os 75 projetos socioambientais que serão selecionados.

”Mesmo dentro de todas as limitações orçamentárias e financeiras, assinamos um conjunto de ações para colocar a agenda do meio ambiente na ordem do dia, na Semana do Meio Ambiente. São ações de várias naturezas, com o objetivo de ajudar na preservação do meio ambiente”, afirmou Rui.

O governador também assinou o decreto de regulamentação da Política Estadual de Educação Ambiental. Com este dispositivo, as atividades das secretarias do Meio Ambiente (Sema) e da Educação serão integradas para garantir a implementação de propostas que contribuam para a gestão ambiental e de recursos hídricos.

Foi assinada ainda a portaria que institui o Mapeamento de Cobertura Vegetal da Bahia, possibilitando a implantação de sistema automatizado de gestão florestal. A medida permite o acompanhamento das atividades de desmatamento e de reflorestamento nos três biomas baianos: a Caatinga, a Mata Atlântica e o Cerrado.

Três importantes Acordos de Cooperação Técnica (ACT) também foram assinados por Rui e envolvem parcerias com o Ministério Público do Estado (MPBA), a Escola Politécnica e o Instituto de Geociência, ambos da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Com lesão grave no tornozelo direito, Neymar é cortado da Seleção na Copa América

/ Esporte

Neymar deixou o campo com dores no tornozelo. Foto: Estadão

A Seleção Brasileira terá uma baixa significativa na disputa da Copa América. A CBF confirmou em nota oficial na madrugada desta quinta-feira que Neymar está cortado do torneio, devido a uma ruptura ligamentar no tornozelo direito.

O jogador de 27 anos sofreu a lesão no início do amistoso em que o Brasil derrotou o Qatar por 2 a 0, no Mané Garrincha. O camisa 10 recebeu uma bola na esquerda e caiu sentindo fortes dores após uma dividida com o volante Madibo aos 17 minutos.

Neymar foi em direção ao banco de reservas chorando com fortes dores. Após ser atendido pelo médico Rodrigo Lasmar, o camisa 10 chegou a voltar a campo, mas não aguentou e foi substituído por Everton.

Após sair de campo com uma bolsa de gelo no pé direito, Neymar foi visto de muletas deixando o vestiário da Seleção em direção a um hospital em Brasília. O exame deu o parecer. Assim que a CBF passar o diagnóstico à Conmebol, a comissão técnica pode fazer a mudança. De acordo com a entidade, já a partir desta quinta-feira, será definido o substituto.

Professores das Universidades estaduais ampliam greve acampados em frente à Secretaria de Educação

/ Educação

Professores e estudantes das Universidades Estaduais da Bahia iniciaram na terça-feira (4), acampamento em frente ao prédio da Secretaria da Educação do Estado-SEC, no Centro Administrativo da Bahia. De acordo com as entidades que lideram a greve que teve início no dia 9 de abril, ”a ação é um protesto à truculência do governo Rui Costa (PT), que impediu o acesso do movimento grevista ao prédio para entrega da contraproposta aprovada pelas assembleias docentes e se recusa a negociar o documento’.

Alegam os professores em greve, que ao chegarem na Secretaria de Educação para a realização da Plenária das Universidades Estaduais, professores e estudantes foram recebidos com barreiras de contenção e o pelotão de choque da Polícia Militar, que já se encontrava dentro do prédio.

O Fórum das ADs diz que tentou protocolar a contraproposta, porém foi impedido. A presidente da Adusb, Soraya Adorno, defendeu que é preciso que o governo Rui Costa ”eve em consideração esse esforço que o movimento docente vem fazendo ao longo desses 60 dias, via as reuniões do Fórum das ADs, no sentido de negociar e, principalmente, de ver se quebra com esse impasse que está sendo colocado pelo governador e também seus representantes, quando não vêm de fato com propostas que levem em consideração o encerramento da greve, de forma autônoma, e principalmente com as nossas reivindicações garantidas”.

firmam ainda que, ”diante da postura autoritária do governo, professores e estudantes decidiram montar acampamento até que o Estado dialogue com o movimento grevista. “É dessa forma que o senhor Rui Costa quer resolver a nossa greve, mas nós vamos ficar aqui. Nós viemos aqui porque queremos negociar. Quem não quer negociar é o governo do Estado da Bahia. É essa a demonstração de democracia que ele está dando ao movimento docente e ao movimento estudantil”, afirmou o vice-presidente da Adusb, Alexandre Galvão.

Suspeito de matar comerciante em Jaguaquara recebe alta de hospital após ser baleado em ação da PM

/ Jaguaquara

Polícia apreendeu arma de fogo e mochila. Foto: Polícia Militar

O indivíduo suspeito de assassinar o comerciante José Raimundo Silva Santana, 54, cujo crime ocorreu no último dia (26), em Jaguaquara, [relembre aqui] recebeu alta médica nesta quarta-feira (05/06) do Hospital Geral Prado Valadares (HGPV), em Jequié, para onde havia sido levado no sábado (01/06) depois de alvejado quando tentava fugir da Polícia Militar durante ação policial na cidade de Itaquara, no Vale do Jiquiriçá.

Mailson Souza Nascimento, o Berguinho, de 26 anos, estava foragido e vinha sendo procurado pela polícia, sendo avistado por policiais militares da 3ª Cia na tarde de sábado, após a guarnição ter sido informada sobre um assalto a uma residência em uma localidade do município de Itaquara. Segundo informações da PM, os militares foram ao local informado, tendo sido acionados por um ancião, de 73 anos, dizendo ser vítima de um indivíduo que lhe ameaça de morte com arma de fogo, depois de invadir a sua propriedade, subtraindo a quantia de R$ 50,00 e alguns objetos pessoais.

De acordo com a polícia, Berguinho foi encontrado na localidade e, ao receber voz de parada, teria feito disparo de arma de fogo na direção dos militares, que revidaram, mas não alcançaram o suspeito que fugiu por um local de difícil acesso, deixando para trás uma mochila com roupas e um revólver Taurus calibre 32, com numeração suprimida, duas munições intactas e outras duas picotadas, além de R$ 300,00 em espécie.

Horas depois da ação, conforme a polícia, Berguinho deu entrada ferido no Hospital Municipal de Itaquara, sendo transferido posteriormente ao HGPV e submetido a intervenção cirúrgica no abdômen. Nesta quarta, sob escolta policial ele deixou a unidade hospitalar e foi apresentado no Complexo Policial de Jequié, devendo ser recambiado ao Conjunto Penal, ficando a disposição da Justiça.

O crime

O crime teria sido motivado por uma discussão entre Berguinho, a vítima, José Raimundo e o seu filho, José Anderson Araújo. Berguinho teria frequentado o bar Zero Grau, na Rua Durval Campos, bairro São Jorge e deixou o local após desentendimento com José Raimundo e o filho, retornando ao estabelecimento momentos depois. De posse de um revólver, teria ido com arma empunho na direção do filho do comerciante, que entrou em luta corporal com o indivíduo.

O pai ao presenciar a cena tentava salvar o filho, quando foi alvejado no pescoço. O autor, suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas no bairro fugiu a pé. A vítima recebeu socorro do filho e de populares, sendo levado em um carro ao Hospital Municipal de Jaguaquara (HMJ), mas não resistiu. O assassinato gerou comoção na cidade.

Sindicato repudia presidente da OAB-Jequié por impedir acessos de dois policiais armados em festa

/ Jequié

Através de nota oficial SINDPOC  (Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia) repudia a postura adotada pelo Presidente da OAB-BA Seccional de Jequié, Márcio Hudson, ”o qual impediu a entrada do investigador da Polícia Civil Zé Mário, no evento ”Forró de Lei”, que foi realizado em 1 de junho deste ano, sob a alegação de que o mesmo portava arma de fogo”. Diz a nota que além do investigador, um policial rodoviário federal também foi impedido de ter acesso ao local por estar portando também arma de fogo.

O SINDPOC denuncia que o investigador Zé Mário foi colocado em situação de constrangimento público, o servidor estava acompanhado pela esposa e grupo de amigos e foi obrigado a se retirar do local para deixar a arma no carro.

”O  SINDPOC salienta que o Presidente da OAB adotou uma atitude arbitrária e desnecessária haja vista que os policiais têm capacidade técnica para manejar armas de fogo e existe normativo jurídico que autoriza o porte de armas em eventos públicos e privados, conforme consta na Instrução Normativa 01, de 18 de setembro de 2017. ART 10°  Os policiais civis tem direito de portar arma de fogo mesmo fora do serviço em locais onde haja aglomeração de pessoas em um estudo de eventos de qualquer natureza tais como no interior de igrejas, escolas, estádios desportivos, clubes públicos e privados e deve fazê-lo de forma discreta sempre que possível visando evitar constrangimento a terceiros. O investigador Zé Mário, lotado na Delegacia de Atendimento à Mulher ( DEAM), do município de Jequié, tentou argumentar com o Presidente da OAB que os policiais civis possuem uma prerrogativa jurídica que autoriza o porte de armas. Entretanto, o gestor Márcio Hudson manteve-se  irredutível e afirmou que estaria cumprindo a Legislação. O servidor registrou um Boletim de Ocorrência, na terça-feira (4), na delegacia de Jequié. O SINDPOC, enquanto entidade que representa os policiais civis baianos, solicita uma posição da OAB em relação ao ocorrido”, diz a nota.

Duas garis de cidade baiana encontram bolsa perdida com mil reais e devolvem ao dono

/ Bahia

Eliana dos Santos, Iranildes e Petrônio. Foto: Uoston Pereira

Eram 5h30 na cidade de Santaluz, no Noroeste da Bahia, quando as garis Eliana dos Santos de Jesus, 35 anos, e Iranildes Ferreira Lopes, 41, encontraram uma bolsa perdida em cima de um banco. Quando a abriram, a surpresa: havia R$ 1.070 dentro dela.

”Fiquei muito surpresa e nervosa na hora. Mas, assim que vi o dinheiro, pensei no que minha mãe me ensinou: ‘Se não é da gente, temos que dar para o verdadeiro dono’. Então, liguei pra minha chefe, e guardamos o dinheiro até o verdadeiro dono aparecer”, relata Eliana.

E o dono apareceu. Era o lavrador Petrônio Brito Dias, 36, morador de um povoado da cidade. Ele tinha sacado o dinheiro da aposentadoria de sua mãe, que tem 80 anos e sofre com problemas de pressão. Ele tinha pagado algumas contas e retornaria para casa, quando perdeu a bolsa.

”O dinheiro é da minha mãe, que tinha pedido para eu sacar na conta dela. Não recordo exatamente o que aconteceu, mas fiquei desesperado quando cheguei em casa e percebi que tinha perdido”, explicou Petrônio ao site Notícias de Santaluz.

Em ritmo de treino, Brasil vence o Catar por 2 a 0 com gols de Richarlison e Gabriel Jesus

/ Esporte

Richarlison comemora seu gol em partida amistosa. Foto: Estadão

Do banco de reservas Tite teve motivos para sorrir e se preocupar. Na noite desta quarta, no Mané Garrincha, com gols de Richarlison e Gabriel Jesus, boa atuação coletiva nos primeiros 45 minutos e destaque de Philippe Coutinho, o Brasil definiu o 2 a 0 sobre o Catar no penúltimo amistoso antes da Copa América.

Neymar deixa o campo aos 20 minutos de jogo em amistoso contra o Catar após sofrer lesão

/ Esporte

Neymar deixou campo com gelo no pé. Foto: Evaristo Sá/AFP

O atacante Neymar entrou em campo nesta quarta-feira (5), no amistoso da seleção brasileira contra o Catar, em jogo disputado no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Mas, o camisa 10 não ficou por muito tempo em campo e foi substituído aos 20 minutos do primeiro tempo depois de sofrer uma lesão.

Segundo o site Torcedores, Neymar recebeu atendimento e deixou o gramado com gelo no pé direito, sendo amparado pelos médicos da seleção. O jogador foi substituído por Everton ”Cebolinha”, atacante do Grêmio.

Ipea mostra que a taxa de ”homicídio” de mulheres cresceu acima da média nacional

/ Brasil

A edição do Atlas da Violência deste ano mostra que a taxa de homicídio de mulheres cresceu acima da média nacional em 2017. O estudo feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública revela que, enquanto a taxa geral de homicídios no país aumentou 4,2% na comparação 2017-2016, a taxa que conta apenas as mortes de mulheres cresceu 5,4%. Apesar disso, o indicador continua bem abaixo do índice geral (31,6 casos a cada 100 mil habitantes), com 4,7 casos de mortes de mulheres para cada grupo de 100 mil habitantes. Ainda assim, é a maior taxa desde 2007.

Em 28,5% dos homicídios de mulheres, as mortes foram dentro de casa, o que o Ipea relaciona a possíveis casos de feminicídio e violência doméstica. Entre 2012 e 2017, o instituto aponta que a taxa de homicídios de mulheres fora da residência caiu 3,3%, enquanto a dos crimes cometidos dentro das residências aumentou 17,1%. Já entre 2007 e 2017, destaca-se ainda a taxa de homicídios de mulheres por arma de fogo dentro das residências que aumentou em 29,8%.

O Ipea mostra ainda que a taxa de homicídios de mulheres negras é maior e cresce mais que a das mulheres não negras. Entre 2007 e 2017, a taxa para as negras cresceu 29,9%, enquanto a das não negras aumentou 1,6%. Com essa variação, a taxa de homicídios de mulheres negras chegou a 5,6 para cada 100 mil, enquanto a de mulheres não negras terminou 2017 em 3,2 por 100 mil.

”A gente tem o crescimento da violência contra a mulher e todas estão sendo atingidas, mas as mulheres negras estão sendo atingidas com uma força muito maior”, disse Samira Bueno, diretora executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Da Agência Brasil

Rede Globo afasta o repórter Mauro Naves por envolvimento direto no caso Neymar

/ Esporte

Repassou contato dO Neymar pai para o advogado. Foto: TV Globo

A Rede Globo decidiu afastar nesta quarta-feira (5) o repórter Mauro Naves por envolvimento direto no caso de possível estupro envolvendo o jogador Neymar. O anúncio foi feito por William Bonner no Jornal Nacional, que explicou que Naves encaminhou contatos de Neymar pai para o advogado que desistiu de representar a modelo Najila Trindade, mulher que acusa o jogador de agressão e estupro. Conforme esclareceu Bonner, o afastamento ocorrerá até que o caso seja encerrado e esclarecido pela Justiça.

Prefeito do município de Ibotirama vira réu em caso de contratação de empresa de consultoria

/ Bahia

O prefeito de Ibotirama, na região do Velho Chico, oeste baiano, Terence Lessa, será investigado sob acusação de irregularidades na contratação de uma empresa de consultoria. A denúncia foi aceita pela desembargadora Ivete Bessa Ramos, relatora do caso na Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Conforme decisão desta quarta-feira (5), Terence Lessa é acusado pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) de contratar sem licitação o Instituto Municipal de Administração Pública (Imap) no montante de R$ 30 mil. No entanto, o MP apontou indícios que o objeto contratado ”não guarda estreita correlação com as atividades de ensino, pesquisa ou desenvolvimento institucional”, além de não observar itens da modalidade de dispensa de licitação. Com informações do Bahia Notícias

Vídeo mostra parte de discussão entre Neymar e suposta vítima de estupro em quarto de hotel

/ Entretenimento

Um vídeo que começou a circular na noite desta quarta-feira (5) mostra parte da discussão que o jogador Neymar teve com a mulher que o acusa de estupro. Ele nega o crime. Nas imagens, que seriam um registro do segundo encontro dos dois, é possível ver o jogador deitando na cama com a suposta vítima.

Logo depois, a mulher dá tapas em Neymar, enquanto diz: ”Mas eu vou te bater. Sabe por quê? Porque você me agrediu ontem e me deixou aqui sozinha”. O jogador tenta se defender dos tapas, enquanto pede: ”alma, calma”.

O trecho divulgado tem pouco mais de um minuto, mas a vítima diz ter registrado ao todo 7 minutos da discussão. Tanto acusação quanto defesa têm defendido que as imagens ajudariam seus respectivos clientes.