Educação: IF Baiano oferece mais de mil vagas para curso técnico a distância em venda

/ Educação

O IF Baiano oferece 1.320 mil vagas no curso técnico subsequente em vendas, da modalidade Educação a Distância (EAD). As vagas são distribuídas em 33 campi e polos de apoio presencial do IF Baiano, localizados em diferentes municípios do estado da Bahia.

As inscrições são gratuitas e começam na sexta-feira (24). Elas podem ser feitas feitas online, no link disponível na página da seleção. O prazo encerra no dia 6 de junho. É pré-requisito para participar da seleção ter concluído o ensino médio. O processo de seleção oferece três sistemas de vagas: ampla concorrência (25%), reserva de vagas para estudantes oriundos de escolas públicas (70%) e reserva de vagas para pessoas com deficiência (5%).

No edital, os candidatos podem conferir informações detalhadas sobre inscrições, matrícula e documentação necessária. Os interessados devem estar atentos ao local de escolha da vaga, pois, embora, majoritariamente a distância, o curso possui encontros presenciais nos polos ou campi indicados. A duração é de 2 semestres. A seleção dos candidatos será realizada mediante manifestação de interesse na vaga, por meio de inscrição online. A seleção e a classificação dos candidatos será dada de acordo com a ordem de inscrição.

Sobre o curso

O curso técnico em vendas objetiva formar profissionais com as habilidades e conhecimentos necessários para atuação no mundo do trabalho e que dominem as competências para o exercício profissional de técnico em vendas, convergindo para o desenvolvimento socioeconômico local e regional.

”A Bahia é um lixo”, grita líder do partido de Bolsonaro na Câmara dos Deputados; veja vídeo

/ Brasília

O clima esquentou na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (22). O líder do PSL na Casa, Delegado Waldir, gritou para todos ouvirem que ”a Bahia é um lixo’. O representante do presidente Jair Bolsonaro (PSL) completou dizendo que o lixo era governado pelo PT, em uma clara menção ao governador Rui Costa (PT). O descontrole aconteceu durante uma sessão da Comissão de Educação da Câmara. Ele ainda chamou estudantes de instituições públicas de maconheiros. Assista:

Itaquara: Jovem de 24 anos é internada após ser agredida e PM apreende moto de suspeito

/ Itaquara

Uma jovem de 24, moradora da cidade de Itaquara, no Vale do Jiquiriçá, encontra-se internada no Hospital Geral Prado Valadares (HGPV), em Jequié, depois de ter sido agredida por um suspeito na noite de terça-feira (21). Segundo informações da Polícia Militar repassadas ao Blog Marcos Frahm, nesta quarta-feira, a vítima, F.A.S teria sido atacada e o principal suspeito é Joanderson de Souza Azevedo, que fugiu após agredido a mesma.

A PM rechaça as informações iniciais, divulgadas em rede social, de que a jovem teria sofrido tentativa de estupro e fala em agressão física após desentendimento entre o autor e a vítima, que foi socorrida. Com base em informações de testemunhas, guarnições da 3ª Cia da PM foram até o município de Cravolândia, no Vale do Jiquiriçá, tendo encontrado uma motocicleta Honda CG de cor vermelha, com placa JOP-7116, que supostamente teria sido utilizada no crime.

Ainda conforme a polícia, manchas de sangue foram constatadas na moto e, no local, familiares informaram que o mesmo determinou que o veículo fosse vendido após a fuga. Em nota, a PM relatou ter sido informada de que o suposto agressor fugiu em direção a cidade de Ubaíra, que foi realizado bloqueio com abordagens na BR-420, mas que o suspeito não foi encontrado e que segue foragido. A moto foi apreendida. O caso está sendo investigado.

”Milagre de Deus”, diz lavrador que teve pedra de 1,3 Kg e 18 cm retirada da bexiga em Jacobina

/ Bahia

Lavrador Manoel Ferreira da Silva, 51 anos. Foto: TV Bahia

O lavrador Manoel Ferreira da Silva, 51 anos, ainda custa a acreditar que estava com uma pedra de de 1,3 Kg e 18 cm na bexiga. Na segunda-feira (20), ele passou por uma cirurgia para a retirada da pedra, em um hospital de Jacobina, no norte da Bahia, e disse ter ficado surpreso já que, segundo conta, não tinha dimensão da gravidade do problema.

Segundo o G, o médico responsável pela cirurgia afirma que o cálculo da bexiga do paciente é um dos maiores já encontrados em seres humanos no mundo e diz acreditar que tenha se desenvolvido por cerca de 20 anos no homem. Ele ainda segue internado nesta quarta-feira (22) na unidade de saúde, se recuperando do procedimento.

Após ter passado pela cirurgia para a retirada do cálculo da bexiga, e agora estar se sentido bem, Manoel afirma que não tem dúvidas de que houve um milagre. Ele diz que agora só pensa em se recuperar e voltar a plantar milho na zona rural do município de Miguel Calmon, onde mora.

O homem está no hospital acompanhado de uma das três filhas, Samara. ”Deus botou o doutor na nossa frente e ele fez a cirurgia do meu pai. E graças a Deus, ele vai ficar bem já já”, diz. O procedimento para a retirada da pedra da bexiga do lavrador ocorreu no Hospital Antônio Teixeira Sobrinho. O médico que realizou a cirurgia foi João Cleber Coutiunho, que disse ter ficado surpreso com a situação.  O procedimento cirúrgico para a retirada da pedra na bexiga, que costuma durar cerca de 20 minutos, durou cerca de 1h30 e, além do médico João Cleber, outros cinco especialistas participaram da operação.

”Realmente, foi uma surpresa muito grande. Os exames pré-operatórios mostravam uma pedra de 10 centímetros, tanto a ultrassonografia como a tomografia. E quando a gente iniciou a cirurgia, que estava para ocorrer em um curto espaço de tempo, a gente percebeu que era muito maior. Foi uma cirurgia muito difícil, trabalhosa, que a gente conseguiu tirar a pedra e, depois, quando foi medi-la, tinha 18 centímetros de cumprimento. Então, realmente, foi um fato inusitado. A gente não esperava”, destacou João Cleber.

O médico afirmou que o paciente relatou que há 10 anos sentia ardência ao urinar e um peso no pé da barriga, mas somente em janeiro ele procurou saber as causas. Exames identificaram um cálculo de 10 cm na bexiga e o paciente, então, foi encaminhado para Salvador, onde foi alertado sobre a necessidade de realização da cirurgia. No momento do procedimento, no entanto, o homem descobriu que a pedra era bem maior.