Polícia prende principal suspeito de cometer o triplo homicídio no Entroncamento de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Jhonatan Gomes de Jesus, o Paulista. Foto: Polícia Militar

Um homem apontado pela polícia como principal suspeito de ser o autor do triplo homicídio ocorrido na última sexta-feira(3), na localidade de Terra Braz, no Entroncamento de Jaguaquara foi preso nesta terça-feira (7). Jhonatan Gomes de Jesus, o Paulista, foi preso numa ação conjunta das polícias Civil e Militar de Jaguaquara, e segundo informações policiais ele teria sido reconhecido por testemunhas e foi visto embarcando num ônibus interestadual com destino ao estado de São Paulo.

Em ato contínuo, os integrantes da operação conseguiram alcançar o veículo e detiveram Paulista já na cidade de Vitória de Conquista, há 203 Km de Jaguaquara. Ainda conforme a polícia, Paulista será recambiado ainda hoje para ser apresentado na sede da 9ª Coopin de Jequié.

O triplo homicídio teve como vítimas Elias Custódio Santana, 60 anos, Joelma Souza Almeida, 30, que estava grávida de 7 meses e Vanessa Souza, de 16 anos. O crime chocou os moradores da localidade e ganhou repercussão em toda a Bahia.

Câmara de Jequié aciona Justiça para Embasa cumprir teto dos 40% da taxa de esgoto

/ Jequié

Presidente Tinho diz que valor cobrado é exorbitante. Foto: Emanuel Jr.

A Câmara Municipal de Jequié acaba de acionar o Poder Judiciário para a Embasa cumprir a lei municipal que estabelece o teto máximo de 40% da taxa de esgotamento sanitário. A Ação Popular Nº 8000445-65.2019.8.05.0141 foi protocolada na 2ª Vara dos Feitos de Rel. de Cons. Cíveis e Comerciais de Jequié, nesta segunda-feira (6). De acordo com o presidente da Câmara, Emanuel Campus Silva – Tinho, a judicialização ocorre em virtude do não cumprimento da Lei Municipal N° 2.016, publicada no Diário Oficial do Município em 6 de julho de 2017, em que estabelece o teto máximo de 40% do consumo de água em Jequié. ”Vamos lutar nos tribunais porque não é justo a população jequieense continuar pagando um valor que consideramos exorbitante. Além do mais, temos uma lei que deve ser respeitada”, observa o vereador, que também é o autor da proposta que culminou com a redução da taxa de 80% para 40%.

O vereador Tinho enfatiza que a lei municipal determina que o percentual cobrado de tarifa do serviço de esgotamento sanitário efetuado pela empresa concessionária responsável pelo serviço no município seja de 40% do valor da conta final. ”A justiça não permitirá que um decreto estadual venha interferir na competência municipal porque o assunto é local, conforme prevê a Constituição Federal”, destaca o presidente, que se diz confiante que o jequieense será vitorioso através dessa ação civil pública que busca fazer com que a Embasa reduza a tarifa de esgoto como já ocorreu em Feira de Santana.

A Embasa opera no município de Jequié com o contrato vencido desde 2015, depois de 25 anos de vigência. Apesar das vantagens, lamenta o vereador, a concessionária nem antes, muito menos agora, jamais apresentou um projeto visando à revitalização dos rios que abastecem as barragens, tampouco desenvolve ações de proteção das matas ciliares e sequer cuida das nascentes. Ele defende uma maior presença da empresa com ações ambientais, especialmente no entorno dos reservatórios do Cajueiro e Barragem da Pedra. ”Trabalhamos com o entendimento de que cabe ao Município legislar sobre tarifas, abastecimento de água bem como esgotamento sanitário. Não vamos abrir mão dessas prerrogativas, ou seja, o responsável por estipular os valores e as regras sobre as tarifas de água e esgoto é o município, assim como cobramos compromissos da Embasa com a população”, disse.

Ufba diz que bloqueio pelo MEC foi ampliado de R$ 37 milhões para mais de R$ 55 milhões

/ Educação

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) informou, nesta terça-feira (7), que o bloqueio de recursos da instituição pelo Ministério da educação (MEC) foi ampliado de R$ 37 milhões para mais de R$ 55 milhões. A informação foi divulgada pelo reitor da instituição de ensino, João Carlos Salles, segundo o G1. Salles informou que o ”bloqueio adicional” no orçamento ocorreu entre quinta (2) e sexta-feira (3) da semana passada. Ele diz que somente dos recursos para custeio, a verba bloqueada chegou a R$ 49.703.394. O dinheiro do custeio é destinado ao pagamento de contas como água luz, telefone, internet, limpeza e vigilância. Já dos recursos para investimento, a verba bloqueada chegou a R$ 6.203.047.

O informou que G1entrou com contato com o Ministério da Educação, na tarde desta terça, para saber os motivos do bloqueio adicional no orçamento da Ufba e aguarda posicionamento do órgão. Ele destacou, ainda, que o recurso poderá voltar a ser liberado se a reforma da Previdência for aprovada e se a economia do país melhorar no segundo semestre. O reitor da Ufba informou que viajará à Brasilia para participar de reunião da Comissão de Orçamentos da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior no Brasil, onde tentará reverter o corte no orçamento da universidade. A Ufba anunciou o primeiro bloqueio de R$ 37,3 milhões no dia 30 de abril. Com o corte adicional, a situação na instituição deve ficar ainda mais delicada. A instituição prevê impactos significativos no funcionamento da universidade até o final de 2019, caso a situação não seja revertida.

Atualmente, a Ufba tem 40 mil alunos, divididos entre os três campi da instituição, em Salvador, Camaçari, na região metropolitana, e Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. A universidade oferece 105 cursos de graduação e 136 de pós-graduação (54 doutorados e 82 mestrados). A instituição é a 1ª do Nordeste, a 10ª brasileira e a 30ª da América Latina no ranking Times Higher Education (THE), da revista inglesa Times, que avalia 1.250 universidades de 36 países. Apenas 15 brasileiras estão entre as mil melhores do mundo, e 36 entre as 1.100.

Mulher faz denúncia por racismo após ser acusada de furtar creme em farmácia de Salvador

/ Bahia

Mulher disse que estava com a neta de 7 anos. Foto: Facebook

Uma moradora de Salvador denunciou por racismo um funcionário de uma unidade da rede de farmácias Drogasil, localizada dentro do Salvador Shopping, após ter sido abordada e acusada de furtar um creme preventivo de assadura no estabelecimento comercial.

Maria Angélica Calmon, 54 anos, que atua como assessora de formatura e eventos, usou as redes sociais para desabafar sobre o ocorrido e relatou o caso em entrevista ao G1, nesta terça-feira (7). Ela acredita que tenha passado pela situação pelo fato de ser negra.

O caso ocorreu em 17 de abril, mas Maria Angélica contou que só trouxe a história à tona depois por ter ficado abalada psicologicamente e não ter tido coragem de divulgar o ocorrido antes.”Eu entrei na farmácia para me encontrar com minha filha, minha mãe e minha neta, que já estavam lá dentro. Minha mãe tem problemas cardíacos e é hipertensa, e tinha ido lá para comprar remédios. Enquanto elas pegavam os medicamentos, eu fiquei olhando a farmácia, vendo alguns hidratantes. Depois que elas pagaram, saímos e fomos para a praça de alimentação”, destacou.

Cerca de 2 horas depois, segundo Maria, o funcionário da farmácia foi atrás dela na praça do shopping e a acusou de furto. A mulher contou ter relatado ao funcionário que estava usando um turbante na cabeça e que não teria como ele confundi-la com outra pessoa. O homem, no entanto, continuou com a acusação. Ela afirma que decidiu, então, jogar no chão tudo que estava dentro da bolsa dela, para provar que não tinha furtado nada.

”Como minha mãe e minha filha estavam em outro lugar quando ele me abordou, e eu estava apenas com minha neta, eu pedi a uma mulher que estava na praça para ser testemunha, enquanto eu esvaziava a bolsa. Joguei tudo no chão para ele ver que não tinha nada. Só faltou eu tirar a roupa. Ele viu que realmente eu estava certa e depois ainda disse que eu não precisava fazer aquilo tudo, e saiu correndo”, afirma.

Mega-Sena vai sortear prêmio acumulado de R$ 170 milhões nesta quarta-feira; o maior deste ano

/ Esporte

A Mega-Sena vai sortear nesta quarta-feira, 8, o prêmio acumulado de R$ 170 milhões; o maior deste ano. As seis dezenas do concurso 2.149 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

Segundo a Caixa, o prêmio, que está acumulado pela 13ª vez consecutiva, é o terceiro maior da história da Mega-Sena, sem considerar a Mega da Virada. Caso aplicado na poupança, o valor renderia mais de R$ 631 por mês.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) de amanhã, dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

João Leão justifica demora de Rui Costa para definir resto do 2° escalão: ”Para não errar”

/ Política

Governador em exercício, João Leão. Foto: Camila Souza

O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), justificou a demora do governador Rui Costa (PT) em anunciar o restante do segundo escalão da administração estadual. Para Leão, o chefe do Executivo baiano não quer errar no comando da Embasa e do Detran. ”Isso que o governador quer. Ele quando anunciar quer pessoas que realmente tomem conta muito bem. Sem pressa”, afirmou, durante almoço-debate do Lide-BA, nesta segunda-feira (6), em Salvador. Com informações do Bahia Notícias

Desembargador cassa decisão de juíza e autoriza licitação para compra de lagostas do STF

/ Justiça

Ministros durante sessão plenária do STF. Foto: Carlos Moura

O desembargador Kassio Marques, vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), derrubou uma decisão da Justiça Federal, concedida nesta segunda-feira (06), e autorizou um processo de licitação do Supremo Tribunal Federal (STF) referente à compra de refeições.

Ele atendeu a um pedido da Advocacia-Geral da União (AGU), que recorreu em nome do STF, e afirmou em sua decisão que a licitação não se apresenta ”lesiva à moralidade administrativa”.

Para o desembargador, o pregão se justifica por ”qualificar o STF a oferecer refeições institucionais às mais graduadas autoridades nacionais e estrangeiras, em compromissos oficiais nos quais a própria dignidade da Instituição, obviamente, é exposta”. As refeições propostas na licitação incluem itens como filé de lagosta, vinhos premiados e uísque envelhecido.

Atriz Deborah Secco doa casa para mulher carente com seis filhos no sertão da Bahia

/ Entretenimento

Deborah Secco tem se dedicado a projetos sociais. Foto: Reprodução

Longe das telinhas desde o término da novela Segundo Sol, Deborah Secco tem aproveitado as férias para se dedicar a projetos sociais. De acordo com o Blog do Leo Dias, do Uol, a atriz doou recentemente uma casa para uma família que vive em área carente no sertão da Bahia.

Segundo o colunista, ela se tornou parceira e apoiadora do projeto ”Retratos de Esperança”, criado por Bismarck Araújo. O imóvel foi doado para Vanda, que vivia com os seis filhos em uma casa sem nenhuma estrutura.

Presidente Jair Bolsonaro defende Olavo de Carvalho e diz esperar fim de embates com militares

/ Brasília

Bolsonaro sai na defesa de Olavo. Foto: Marcos Corrêa

Mesmo com a reação do núcleo militar, o presidente Jair Bolsonaro elogiou publicamente nesta terça-feira (7) o escritor Olavo de Carvalho e disse esperar que os recentes desentendimentos se tornem página virada. Em sua página nas redes sociais, ele afirmou que a obra do ideólogo de direita contribuiu para a sua vitória na disputa do ano passado, ressaltou que ele tornou-se rapidamente um “ícone” e fez questão de dizer que o admira.

”Sempre o terei nesse conceito, continuo admirando o Olavo. Quanto aos desentendimentos ora públicos contra os militares, aos quais devo minha formação e admiração, espero que seja uma página virada por ambas as partes”, escreveu o presidente. Nos últimos dias, o agravamento da crise entre os militares e a chamada ala ideológica do governo Jair Bolsonaro (PSL) levou a uma reação do Alto Comando do Exército, que considera o presidente omisso na disputa e quer estabelecer um limite ao que vê como desrespeito institucional.

O recado foi dado pelo mais respeitado general da reserva, uma vez que oficiais da ativa não poderiam se manifestar. Eduardo Villas Bôas, comandante do Exército de 2015 até o começo deste ano, chamou o escritor Olavo de Carvalho de “Trótski de direita”, ao criticar o patrono da ala ideológica associando-o ao líder comunista soviético Leon Trótski.

”Mais uma vez o senhor Olavo de Carvalho a partir de seu vazio existencial derrama seus ataques aos militares às Forças Armadas, demonstrando total falta de princípios básicos de educação, de respeito e de um mínimo de humildade e modéstia”, escreveu. Para ele, Olavo é um ”verdadeiro ‘Trótski de direita’, não compreende que substituindo uma ideologia pela outra não contribui para a elaboração de uma base de pensamento que promova soluções concretas para os problemas brasileiros”.

Educação: Enem 2019 registra mais de um milhão de inscritos no primeiro dia

/ Educação

Mais de um milhão de pessoas se inscreveram para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 no primeiro dia de inscrições, iniciadas ontem (6) e vão até o dia 17 de maio, pela internet. As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro. O balanço de inscritos divulgado pelo Ministério da Educação contabiliza os candidatos registrados até as 20h de ontem.

A taxa de inscrição para o Enem é de R$ 85 e deve ser paga até o dia 23 de maio. O participante terá até 17 de maio para atualizar dados de contato, escolher outro município de provas, mudar a opção de língua estrangeira e alterar atendimento especializado e/ou específico. Após esse prazo, não serão mais permitidas mudanças. O candidato que precisar de atendimento especializado e específico deve fazer a solicitação durante a inscrição. O prazo para pedidos de atendimento por nome social vai de 20 e 24 de maio.

Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem, por exemplo, para se inscrever em programas de acesso à educação superior como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (ProUni) ou de financiamento estudantil.

A prova também pode ser feita pelos chamados treineiros – estudantes que vão concluir o ensino médio depois de 2019. Neste caso, os resultados servem somente para autoavaliação, sem possibilidade de o estudante concorrer efetivamente às vagas na educação superior ou para bolsas de estudo. Esses participantes devem declarar ter ciência disso já no ato da inscrição.

Estudo

Para reforçar o conhecimento dos candidatos, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) oferece várias estratégias gratuitas, como o Questão Enem, no qual os estudantes têm acesso a um atualizado banco de dados que reúne provas de 2009 até 2018. O site permite a resolução das questões online, com o recebimento do gabarito. Da Agência Brasil

Prefeitura de Jequié anuncia que investimento nos festejos juninos será de R$ 500 mil

/ NOTÍCIAS

São João de Jequié não terá grandes atrações. Foto: Secom

O São João de Jequié será mais modesto em 2019 do que no ano passado, quando tivemos grandes shows na Praça da Bandeira com a presença de artistas como: Luiz Caldas, Solange, Mastruz com Leite, Geraldo Azevedo, entre outros. A Prefeitura de Jequié anunciou que neste ano a festa vai acontecer apenas na Vila Junina, que será montada na Praça Rui Barbosa.

Segundo o prefeito Sergio da Gameleira, a cidade vai seguir a recomendação da Procuradoria Geral de Justiça, que orientou as prefeituras a não extrapolarem no valor investido no São João por conta dos problemas financeiros enfrentados pelas cidades. Pelas dificuldades de caixa, a Prefeitura de Jequié divulgou que serão investidos cerca de R$ 500 mil na festa, o valor é bem menor do que o que foi investido em 2018 e com isso teremos um São João mais modesto na cidade.

Nos Estados Unidos, governador Rui Costa dá início a missão internacional com reunião no BID

/ Política

Governador Rui Costa está em Washington. Foto: Carlos Prates

A 6ª missão internacional do governador Rui Costa começou nesta segunda-feira (6), em Washington, nos Estados Unidos. Na sede do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), ele apresentou a proposta de financiamento da segunda fase do Programa de Fortalecimento do SUS (PROSUS) na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Na primeira fase, o programa contemplou 13 municípios da RMS, com investimentos nas redes de atenção básica, psicossocial, urgência e emergência e na rede de atenção materno-infantil. Na segunda fase, a iniciativa passa a ser denominada Programa de Fortalecimento do SUS no Estado da Bahia (PROSUS II), permitindo a descentralização das ações de média e alta complexidade e a informatização de toda a Rede de Atenção à Saúde.

”Tratamos com o BID de projetos importantes nas áreas da atenção básica de saúde e da educação. Agora vamos apresentar as propostas detalhadas para acelerar as discussões técnicas, esperando que o Brasil possa aprovar finalmente um novo modelo de crédito para os estados. Na área da educação, temos interesse em obter financiamentos para a reestruturação da rede, a ampliação do tempo integral e a melhoria da estrutura física das escolas”, afirmou Rui.

O diretor executivo do BID para o Brasil e Suriname, José Guilherme Almeida, garantiu que o banco vai analisar os pleitos do governo baiano e destacou que ”as necessidades do Governo da Bahia estão alinhadas com o perfil do BID, que já investe no Brasil em projetos de educação e saúde”.

Jaguaquara: Polícia Civil prende suspeito do quarto homicídio registrado durante o final de semana

/ Jaguaquara

Gilson é tio de menor morta em triplo homicídio. Foto: Polícia Civil

Um homem foi preso nesta segunda-feira (6), no Distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara suspeito de ter cometido o quarto homicídio registrado no final de semana naquela localidade. Segundo informações da Polícia Civil, investigadores da 9ª Coorpin de Jequié, juntamente com a equipe da Delegacia de Jaguaquara identificaram e localizaram, por volta das 14h, Gilson Conceição de Jesus, conhecido vulgarmente como ”Gil Capa Preta”, o qual teria confessado ter matado, a golpes de faca, Moises Bispo Fernandes, de 32 anos, encontrado morto na noite de domingo (5), a 200 metros do local onde a polícia registrou um triplo homicídio na sexta-feira (3).

Ainda de acordo com informações divulgadas pela polícia, Gil Capa Preta revelou que matou Moises por considerar que o mesmo era suspeito do triplo homicídio em que a sua sobrinha, Vanessa Souza Santos, de 16 anos, foi uma das vítimas.

A jovem foi morta a pauladas quando dormia em uma casa na companhia de um idoso, Elias Custódio Santana, de 60 anos, e de Joelma Souza Almeida, 30, grávida de 7 meses, que também foram mortos. A polícia informou ainda que o homem preso já teria respondido por tráfico de entorpecente e cumpriu pena no Conjunto Penal de Jequié.

Tribunal de Justiça determina que governo pague salário de professores grevistas da Uneb

/ Justiça

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) concedeu, na tarde desta segunda-feira, uma liminar que impede o corte dos salários dos professores da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) em greve. De acordo com o documento, expedido pelo desembargador Edmilson Jatahy Fonseca Júnior, o governo terá 72h para suspender a decisão e efetuar o pagamento da categoria.

”Diante do exposto, presentes os pressupostos autorizadores, concedo a medida liminar para determinar, às autoridades coatoras que procedam, no prazo de 72 horas, o pagamento dos salários do mês de abril de 2019 e eventuais meses subsequentes, em valores devidamente corrigidos e atualizados; bem como que se abstenham de efetuar o desconto dos dias parados, em virtude de deflagração de movimento grevista pelos docentes, efetivos ou temporários, da Uneb. Devem os acionados, ainda, que mantenham e, se for o caso, sucessivamente, restabeleçam o atendimento dos docentes efetivos e temporários, bem como seus dependentes e agregados, conveniados ao Planserv”, diz o documento.

Os professores da Uneb estão em greve há 28 dias. Segundo a Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb), a paralisação é motivada pelo ”respeito aos direitos trabalhistas negados, maior orçamento às universidades e melhores salários”. Além da Uneb, participam do movimento docentes das universidades estaduais de Feira de Santana (Uefs), Sudoeste da Bahia (Uesb) e Santa Cruz (Uesc).