Médico jequieense é encontrado após ser sequestrado na cidade de Feira de Santana

/ Polícia

Ramon Barbosa foi sequestrado em Feira. Foto: Rede social

Desaparecido desde a noite da última quarta-feira (17), em Feira de Santana, o médico Ramon Barbosa Santos (42), natural de Jequié, foi encontrado no fim da noite desta sexta (19). De acordo com informações do site Acorda Cidade, o jequieense sofreu um sequestro, após sair de seu consultório, no Shopping Boulevard. Ainda segundo a publicação, a família de Ramon informou que ele foi resgatado pela polícia e já está em casa, bem e tranquilo.

Ministério da Educação prepara material para explicar nova política de alfabetização

/ Educação

O Ministério da Educação (MEC) está finalizando um caderno que explicará as diretrizes, os princípios e os objetivos da Política Nacional de Alfabetização (PNA). A intenção é que as escolas passem a alfabetizar as crianças no primeiro ano do ensino fundamental, ou seja, geralmente aos 6 anos de idade.

A orientação está em decreto publicado no último dia 11 no Diário Oficial da União. A política prevê ajuda financeira e assistência técnica da União para os municípios que aderirem ao programa, a elaboração de materiais didático-pedagógicos para serem usados nas escolas e o aumento da participação das famílias no processo de alfabetização dos estudantes.

A ênfase da alfabetização no primeiro ano é uma das novidades. Em 2017, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que define o mínimo que os estudantes devem aprender a cada etapa de ensino, estipulou que as crianças fossem alfabetizadas até o 2º ano do ensino fundamental, ou seja, geralmente aos 7 anos.

Pelo Plano Nacional de Educação (PNE), lei 13.005/2014, as crianças devem ser alfabetizadas, no máximo, até o final do 3º ano do ensino fundamental, ou seja, aos 8 anos de idade.

Elevar os índices de alfabetização é uma das prioridades do governo e a definição da política uma das metas dos 100 dias de governo. De acordo com os últimos dados da Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA), aplicada em 2016, mais da metade dos estudantes do 3º ano do ensino fundamental apresentaram nível insuficiente de leitura e em matemática para a idade, ou seja dificuldade em interpretar um texto e fazer contas.

Líder dos caminhoneiros convoca paralisação e revela que ato terá nome de ”Lorenzoni”

/ Trânsito

Mobilização está marcada para o dia 29. Foto: Blog Marcos Frahm

Até então marcada para acontecer no dia 29 de abril, a próxima paralisação dos caminhoneiros organizada pelo líder da categoria Wanderlei Alves, o Dedeco, terá uma homenagem em tom de deboche. De acordo com a Folha de S. Paulo, o possível ato será chamado de ”Lorenzoni”, em referência ao ministro-chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni.

A ideia que partiu de Dedeco surgiu ”[para] ninguém esquecer que ele sabia com quem deveria negociar”. Segundo Wanderley, Onyx tem dialogado com líderes que não são os reais representantes da categoria. Defensor de uma nova paralisação, Dedeco conversava com Lorenzoni por meio das redes sociais, mas segundo ele o ministro decidiu por bloquear o seu contato no WhatsApp. Procurada pela Folha, a Casa Civil decidiu não se pronunciar.

Saúde: Nova etapa da Campanha Nacional a Gripe começa nesta segunda-feira

/ Saúde

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe entra em uma nova etapa na próxima segunda-feira (22) em todo o país. A primeira fase, que teve início em 10 de abril, vacinou crianças, gestantes e puérperas. A partir da próxima segunda, o Ministério da Saúde abrirá ao restante do público-alvo. Dessa forma, poderão receber a vacina trabalhadores da saúde, indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade. De acordo com o ministério, 41,8 mil postos de vacinação estão à disposição da população. Além disso, 196,5 mil profissionais estão envolvidos, bem como a utilização de 21,5 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais.