Record supera Globo em investimentos do governo com publicidade no primeiro trimestre

/ Política

A Rede Record, emissora do bispo Edir Macedo, superou a Globo em relação ao recebimento de investimentos do governo com publicidade nos três primeiros meses do governo Bolsonaro. Os dados foram constatados através de um levantamento do UOL, com base em informações da Secom (Secretaria Especial de Comunicação), órgão ligado ao Planalto.

Jair aumenta gastos com publicidade. Foto: Clauber Cleber Caetano

Com a promessa durante a sua campanha de reduzir gastos com a publicidade governamental, Bolsonaro atingiu em seus três primeiros meses de governo um aumento de 63% nos investimentos na área. O dado é um comparativo com o mesmo período de 2018. Em outros números, já foram gastos até agora cerca de 75,5 milhões frente aos R$ 44,5 milhões dos três primeiros meses do ano passado.

Entre os gastos que compõem o montante, estão os repasses de verbas para empresas de comunicação do Brasil. O UOL também fez outro comparativo entre os anos de 2017 e 2019 e concluiu que ocorreu uma inversão destes repasses entre Globo, Record e SBT. Em primeiro lugar em 2017, a Globo manteve a colocação em 2018 como veículo que mais recebeu verbas do governo, cerca de 5,93 milhões entre janeiro e março. A Record aparecia em seguida com R$ 1,308 milhão e o SBT, em terceiro, com R$ 1,21 milhão.

Já em 2019 sob o governo Bolsonaro, a Record pulou para a primeira colocação, no mesmo período, com R$ 10,3 milhões, um aumento de 659%. O SBT também pulou uma colocação e ficou em segundo com R$ 7,3 milhões. A Globo passou de primeiro para terceiro, com uma verba na casa dos R$ 7,07 milhões. Vale lembrar que Edir Macedo, dono da Record, declarou antes mesmo do primeiro turno seu apoio ao então candidato Jair Bolsonaro na corrida presidencial de 2018. Procurada pelo portal, a assessoria que representa o presidente declarou que os valores apresentados no levantamento sobre primeiro trimestre de 2019 são referentes a contratos estabelecidos pelo ex-presidente Michel Temer.

”Primeiramente, é necessário esclarecer que os valores indicados pelo jornalista se referem aos pagamentos realizados pela veiculação de campanhas publicitárias autorizadas e executadas em anos anteriores, e, portanto, sem relação com os investimentos previstos para a publicidade em 2019”, informaram. O UOL também tentou contato com a Record e o SBT para prestar esclarecimentos sobre o aumento do repasse de verbas, mas até então, nenhuma das emissoras responderam aos questionamentos apresentados pelo portal.

Pela primeira vez depois de 15 anos, ”salário mínimo” não terá aumento real em 2020

/ Economia

O governo estimou o salário mínimo em R$ 1.040,00 no ano que vem, de acordo com o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) divulgado nesta segunda-feira (15), pelo Ministério da Economia. Este ano, o salário mínimo está em R$ 998,00. De acordo com o secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues, o parâmetro para o salário mínimo leva em conta apenas o reajuste pelo INPC acumulado e não foi incluído nenhum tipo de ganho real.

Segundo ele, porém, o valor é apenas um parâmetro considerado pelo governo, e não reflete o reajuste que será aplicado de fato. Existe atualmente no governo uma discussão a respeito do reajuste do salário mínimo. Pela regra válida até este ano, o salário mínimo era reajustado pelo INPC do ano anterior mais o PIB de dois anos antes. No relatório bimestral de março, a equipe econômica havia previsto que o índice que reajusta o piso nacional deve ficar em 4,2% este ano, o que resultaria num valor próximo a R$ 1.040. Pela regra antiga, o valor poderia ficar em R$ 1.051. Para 2021, o mínimo previsto na PLDO é de R$ 1.082,00. Para 2022, a estimativa é de R$ 1.123,00. A política de valorização do salário mínimo, com reajuste acima da inflação, teve início formalmente em 2011, no governo Dilma Rousseff, com aprovação de lei sobre o assunto, mas de fato começou antes disso, em 2004, ainda no governo Lula. A equipe econômica projeta um déficit primário do Governo Central de R$ 124,1 bilhões para o próximo ano, de acordo com o PLDO 2020. O valor é maior do que o estipulado anteriormente, de R$ 110 bilhões, e equivale a 1,58% do PIB projetado para o próximo ano.

Como antecipou o Estadão/Broadcast, com a piora do cenário de crescimento econômico e da arrecadação do País, o governo teve que rever, para pior, a meta fiscal para o ano que vem. Já a meta para o déficit do setor público consolidado em 2020 passou de R$ 99,7 bilhões para R$ 118,9 bilhões. O superávit previsto para Estados e Municípios passou de R$ 14 bilhões para R$ 9,0 bilhões enquanto o déficit fiscal esperado das estatais federais ficou em R$ 3,8 bilhões. O rombo do INSS continuará em escalada nos próximos anos, de acordo com o projeto divulgado pelo Ministério da Economia. Para 2020, o rombo esperado na Previdência é de R$ 237,9 bilhões, ou 3,02% do PIB. Em 2021, o déficit do INSS chegará a R$ 255,6 bilhões, ou 3,02% do PIB. E, em 2022, a trajetória previdenciária aponta para um saldo negativo de R$ 280,3 bilhões, ou 3,09% do PIB. A projeção de déficit primário do Governo Central em 2021 passou de R$ 70,0 bilhões para R$ 68,5 bilhões. Isso equivale a 0,81% do PIB do projetado para o ano. A projeção para o déficit das estatais federais foi mantida em R$ 4,0 bilhões para 2021, enquanto o superávit primário de Estados e municípios passou de R$ 17,5 bilhões para R$ 7,3 bilhões. Com isso, o déficit estimado para o setor público em 2020 aumentou, passando de R$ 56,5 bilhões para R$ 65,3 bilhões. Para 2022, o governo prevê um déficit primário do setor público de R$ 30,3 bilhões, resultado de um déficit de R$ 31,4 bilhões do Governo Central, um saldo negativo de R$ 4,2 bilhões das estatais federais e um superávit primário de R$ 5,3 bilhões de Estados e municípios.

Ativista LGBT, funcionário de prefeitura da região metropolitana de Salvador é achado morto

/ Polícia

Alessandro Bráulio Matos Fraga é achado morto. Foto: Rede social

O ativista LGBT Alessandro Bráulio Matos Fraga, também conhecido como Alex Fraga, foi encontrado morto no sábado (13), em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador. Não há detalhes sobre as causas da morte de Alex, mas a família afirmou que o corpo tinha ferimento de projétil de arma de fogo. Segundo o G1, a Polícia Civil informou que está levantando informações sobre o caso.

Amigos de Alex postaram nas redes sociais que ele havia desaparecido na sexta-feira (12) e, no dia seguinte, o corpo dele foi encontrado. Alex era formado em psicologia e servidor da prefeitura de Lauro de Freitas. Por meio de nota, a prefeitura informou que ele era coordenador do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da prefeitura.

Ainda em nota, a prefeitura se solidarizou com a família e amigos do funcionário, e também destacou que Alex foi vítima de morte violenta. A administração municipal disse ainda que está acompanhando as investigações do caso. O corpo de Alex Fraga foi velado e sepultado no Cemitério de Portão, no domingo (14).

Grupo Globo nega fim das rádios CBN e Globo e chama de ”boatos totalmente infundados”

/ Imprensa

A direção-geral do Sistema Globo de Rádio negou, por meio de nota, que o grupo irá acabar com as marcas das rádios CBN e Globo, como noticiou o colunista Ricardo Feltrin, do Uol; Em nota, o grupo informou que os boatos que circulam na internet são ”totalmente infundados”. Em nota lida na rádio CBN, a informação publicada, pela coluna, foi chamada de ”mentirosa” e ”pura invenção”. ”A CBN é um sucesso estabelecido e a rede de rádios de notícias que mais cresce no Brasil, não havendo nenhuma possibilidade de sua descontinuidade”, diz.

Imbróglio marca eleição da Câmara de Planaltino; Casa tem três presidentes em cinco meses

/ Política

Oposição escolha Sandro como presidente. Foto: Blog Marcos Frahm

A Câmara de Vereadores de Planaltino vive uma fase de instabilidade, desde dezembro de 2018, quando uma eleição tumultuada marcou a troca de comando da Casa Legislativa. Na ocasião, foi eleito presidente Roque Edmilson (PDT), integrante da bancada de sustentação da gestão municipal na Câmara. O processo de votação teria ocorrido em (21) de dezembro, em chapa única, [relembre] com a presença da Polícia Militar em plenário, diante do cenário de discórdia entre os vereadores. O ex-secretário municipal de Governo, Sandro Silva (PSD), que se tornou adversário do prefeito Zeca Braga (PSD) e pretendia disputar a presidência alegou que foi impedido de reassumir o cargo de vereador após pedir exoneração do cargo de secretário da Prefeitura e também impedido pela bancada governista de protocolar seu nome para concorrer, sendo substituído na votação pelo seu suplente, que integrava a base aliada, vencedora da disputa, por 5 votos a 4. Sandro recorreu a Justiça e obteve liminar favorável, no dia (11) de março, e com a decisão da Desembargadora Ilona Márcia Reis, que acatou o argumento de Sandro, o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA) anulou a eleição da Mesa Diretora e determinou a realização de uma nova votação para escolha do presidente [relembre]. Até a definição da data da nova eleição, que ocorreu na última sexta-feira (12), a chefia da Casa estava sendo feita interinamente pelo vereador Gilvan Alves Braga (PSD), irmão do prefeito, por ser o mais velho dos representantes da atual Legislatura.

Três presidentes

Na sexta-feira, sob clima de tensão, os edis se reuniram para nova eleição, que terminou com Sandro Silva na presidência. Em contato com o Blog Marcos Frahm, Sandro argumentou que o presidente interino havia convocado a nova eleição após aprovação entre os pares. ”Na quinta-feira, faltando um dia para a eleição, ele fez um ofício convocando a polícia para a segurança da casa, porem, publicaram um decreto depois mudando a eleição e fizeram uma sessão com três vereadores, sem quórum, sem a presença da oposição. No momento em que eles encerram a sessão com os três vereadores, nós adentramos no plenário, iniciamos a nova eleição com a maioria absoluta, cinco vereadores. Nós estamos totalmente corretos em relação aos trâmites”, assegurou, o novo presidente.

 Contudo, o imbróglio que envolve o comando da Câmara de Planaltino parece estar longe do fim. Os vereadores governistas alegam irregularidade no processo a dizem que irão recorrer. Eles afirmam que a decisão judicial solicitava a criação de uma comissão que daria o parecer sobre o processo de escolha do novo presidente e que Sandro não aguardou a formação da comissão, como determinou o TJ-BA e que as regras impostas pelo Regimento Interno também não foram respeitadas. A disputa entre situação e oposição traz instabilidade ao município e tem efeitos negativos diante da população, que assiste de camarote a queda de braço. Um dos principais pontos de instabilidade para a política local é a relação entre os poderes, Executivo e Legislativo. A quem, de fato, o Executivo vai repassar o duodécimo que pertence à Câmara?

Jequié: Professores rejeitam proposta da gestão de Gameleira e anunciam preparação para a luta

/ Jequié

Professores dizem que a gestão desrespeita o Piso. Foto: APLB

Professores da rede municipal de ensino de Jequié rejeitaram a proposta da gestão do prefeito Sérgio da Gameleira em relação a campanha salarial da categoria e decidiram ir a ”luta” pelos seus objetivos. A deliberação foi tomada durante assembleia promovida pela APLB Sindicato na quarta-feira (10abr19), ocasião em que foram apresentados o resultado da reunião com a Comissão Permanente de Negociação e o ofício com a decisão da referida Comissão no que diz respeito a Campanha Salarial 2019. ”A categoria rejeitou a proposta de condicionar a possibilidade de atualização do Piso do Magistério de 2019 ao Plano de Aplicação dos recursos do FUNDEF. O entendimento é de que o Piso deve ser implantando com base na complementação prevista para o FUNDEB em 2019”, informa o sindicato. ”A situação é grave! Esse governo mais uma vez desrespeita o Piso! É preciso lutar, porque o Piso só sai com luta!”, alertou a vice-diretora da APLB de Jequié, Ângela Meneses.

Ainda de acordo com o sindicato, a categoria também deliberou a favor de que a APLB solicite a retomada do diálogo com a Comissão Permanente de Negociação e discuta, considerando a receita provisionada do FUNDEB para 2019, os cenários de implantação do Piso do Magistério do ano em curso. Por fim, a assembleia da categoria decidiu que no Plano de Aplicação dos Precatórios do FUNDEF seja discutida a previsão de percentual para o pagamento dos processos administrativos do magistério municipal, extinguindo-se deste modo o passivo hoje existente. Além disso, foi aprovada a construção de um Dia Municipal de Luta pela Valorização do Magistério Municipal, com paralisação das atividades escolares por 24 horas.

OUTRO LADO

A Prefeitura, por sua vez, alega dificuldades para fazer a concessão de reajuste, por enquanto, justificando o alto índice de pessoal – na casa de 68% – portanto, bem acima do estabelecido pela legislação em vigor; bem como o cenário econômico atual nada animador do País em relação a perspectiva de crescimento. Foi sinalizado aos sindicatos que não existe, no momento, nenhuma possibilidade de concessão de reajuste. *Por Souza Andrade

Governador Rui Costa celebra 500 viagens ao interior com entregas na cidade de Morro do Chapéu

/ Bahia

Rui celebra viagem de número 500 ao interior. Foto: Paula Fróes

Com investimento de mais de R$ 28 milhões, as obras na BA-144 beneficiam 227 mil moradores das cidades de Irecê, Morro do Chapéu, Várzea Nova, Jacobina e Umburanas. ”Esse tem sido um dos destaques da gestão de Rui, no primeiro mandato foram construídos e recuperados mais de cinco mil quilômetros de rodovias que conectam todas as regiões da Bahia. É um investimento expressivo para melhorar a qualidade de vidas das pessoas. Um total de R$1,7 bilhão”, afirmou o secretário estadual de Infraestrutura (Seinfra), Marcus Cavalcanti .

O agropecuarista Lejoilson Volois, que passa todos os dias pela rodovia, afirmou que a estrada recuperada diminui o tempo gasto no deslocamento. ”Está um tapete, não temos mais que passar pelo sofrimento de estrada esburacada. Diminui bastante o tempo gasto, hoje dá prazer dirigir por aqui”, destacou.

Também na área da infraestrutura, o governador Rui Costa autorizou a Seinfra a iniciar obras de pavimentação da rodovia de acesso à passagem urbana de Barra da Estiva e obras de asfaltamento, construção do pátio de manobras e do estacionamento de aeronaves no Aeródromo de Morro de Chapéu. Um investimento somado de mais de R$ 2,7 milhões.

Agricultura

Ainda em Morro do Chapéu, o governador entregou mais de quatro mil certificados de Cadastro Ambiental Rural (CAR) para agricultores de Boa Vista do Tupim, Barra da Estiva e Santa Terezinha, e ainda autorizou a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) a celebrar 11 convênios no âmbito do Projeto Bahia Produtiva, no edital de Qualificação Agroindústrias, Socioambientais Quilombolas e Fruticultura. Na oportunidade, também foram entregues dez mil mudas frutíferas de goiaba, ipê roxo, ipê amarelo, urucum, jabuticaba e pau brasil, beneficiando 33 agricultores familiares de Morro do Chapéu.

Completando a agenda, Rui entregou tratores a 20 municípios da região: Andaraí, Barra do Mendes, Cafarnaum, Capim Grosso, Central, Ipupiara, Irecê, Itaberaba, Morro do Chapéu, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Nova Fátima, Nova Redenção, Ourolândia, Piritiba, Ruy Barbosa, São José do Jacuípe, Souto Soares, Uibaí e Wagner.

Outras Ações

Para melhorar o abastecimento da região, o governador autorizou obras de ampliação dos sistemas de abastecimento de água em 28 localidades nos municípios de Iraquara, Novo Horizonte, Seabra, Souto Soares e Mirangaba, no valor de mais R$ 4 milhões.

Chega a 228 o número de mortos identificados em decorrência da tragédia de Brumadinho

/ NOTÍCIAS

A Defesa Civil de Minas Gerais contabilizou 228 mortes em decorrência do rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Vale em Brumadinho (MG). O número inclui três corpos identificados desde o último balanço, feito no dia 11. A atualização, divulgada neste domingo (14), registra 395 pessoas localizadas e 49 desaparecidos.

Localizada nas proximidades de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, a barragem da Mina do Córrego do Feijão rompeu-se em janeiro, resultando na morte de funcionários da Vale e de moradores da cidade, além contaminar o Rio Paraopeba, responsável por 43% do abastecimento da região.

Em decorrência do episódio, a Vale responde a processo na Justiça por reparação de danos às vítimas e ao meio ambiente. A empresa já teve mais de R$ 13 bilhões bloqueados por decisão judicial. Em março, representantes do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) denunciaram, em audiência na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que a mineradora estava atrasando pagamentos emergenciais às famílias afetadas.

Diante da situação, entidades representativas de trabalhadores vítimas do rompimento da barragem da Vale informaram ter entrado com uma ação coletiva contra a mineradora. Nela, pedem R$ 5 bilhões em indenizações por danos morais coletivos e sociais provocados pela empresa. As entidades reclamam reparação por danos morais tanto às famílias dos funcionários que morreram durante a tragédia como aos trabalhadores sobreviventes. Da Agência Brasil

Educação: Com ”mala literária”, professora em Jaguaquara incentiva gosto pela leitura

/ Jaguaquara

O projeto foi batizado de ”Mala Literária”. Foto: Divulgação

Uma mala recheada de livros de Literatura chama a atenção por quem passa no pátio do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Alimento e Recursos Naturais Pio XII, localizado no bairro Muritiba, em Jaguaquara. Quem se interessar por algum exemplar, pode levá-lo para casa com o único compromisso: devolvê-lo tão logo faça a leitura. Não precisa assinar o nome em nenhuma lista, nem tem limite de prazo para a devolução. A iniciativa, proposta pela professora Ilana Cardoso, tem como objetivo incentivar o ato de ler, o cuidado com os livros e o senso de responsabilidade dos alunos da unidade escolar da rede estadual de ensino. O projeto, batizado de ”Mala Literária”, já tem repercussão positiva, considerando o aumento de rotatividade em apenas um mês de quando foi criado.

A mala de livros de autores importantes da Literatura Brasileira, como Machado de Assis, Graciliano Ramos, Guimarães Rosa e Jorge Amado, colocada no pátio da unidade escolar, começou com publicações doadas pela professora Ilana. Com o passar dos dias, novos volumes foram cedidos pelos próprios estudantes, estimulando a leitura do gênero entre os alunos. Foi o caso de Amanda Carla Reis, 17, 3º ano do Ensino Médio, que mesmo já sendo uma leitora assídua, ficou encantada com o projeto.

A professora Ilana Cardoso testemunha que o ”Mala Literária” têm modificado a rotina da escola, tornando o espaço educativo mais plural e democrático, já que o projeto contempla todos os alunos do CEEP. ”A liberdade de pegar os livros do interesse de cada um é o diferencial desse projeto. Ao mesmo tempo que promovemos o incentivo à leitura, estamos incutindo nos estudantes o senso da responsabilidade. Isto porque não há ninguém fiscalizando quem pega emprestado os livros. Simplesmente, o aluno pega e devolve, com a consciência de que os colegas também terão direito de usufruir do exemplar que está na sua mão’, relata a educadora.

Homem é preso pela Cipe em Jequié após furtar celular; suspeito já teria cometido homicídio

/ Jequié

Josenaldo Silva Santos já teria cometido homicídio. Foto: Cipe Central

Policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado – Cipe Central detiveram um homem de 36 anos, em Jequié, suspeito de furtar um aparelho celular nas dependências de uma loja localizada na Rua da Itália, no Centro da cidade. Josenaldo Silva Santos foi localizado no final de semana pela guarnição na Avenida Presidente Vargas, no bairro Jequiezinho, com o parelho furtado. Imagens de câmeras de segurança mostraram o indivíduo praticando o furto no estabelecimento. Ainda segundo informações da polícia, ao ser apresentado na Delegacia, foi constatado que o mesmo possuía mandado de prisão pelo cometimento de um crime de homicídio qualificado. Josenaldo foi encaminhado ao Conjunto Penal de Jequié.

Serviço da Embasa deixará parte da cidade de Jequié sem água nesta segunda-feira

/ Jequié

Os imóveis localizados nos bairros Joaquim Romão, São Judas Tadeu e no centro de Jequié, terão o abastecimento de água suspenso na terça-feira (15), de acordo com a Embasa, ”em virtude da necessidade de realização de serviço de Manutenção no Registro de Manobra”. A suspensão do abastecimento está previsto para ocorrer das 5h às 17h, mas, ”caso os serviços sejam concluídos antes do prazo, o abastecimento será retomado imediatamente, no entanto, a normalização do abastecimento, deverá ocorrer de 24 a 48 horas”, diz a empresa. As informações são do Jequié Repórter

Justiça Eleitoral torna ex-prefeito de Boa Nova inelegível, por contas rejeitadas pela Câmara

/ Política

Ex-gestor Aéte Sá Meira fica inelegível. Foto: Rede Social

A Justiça Eleitoral tornou o ex-prefeito da cidade baiana de Boa Nova, Aéte Sá Meira, inelegível, por ter tido as contas de 2016 rejeitadas pela Câmara Municipal. A juíza eleitoral Daniella Oliveira Khouri aceitou parecer do Ministério Público Eleitoral, que apontou que a inelegibilidade é ”automática” quando há reprovação das contas pela Casa. O processo contra o ex-prefeito foi movido com base na comunicação feita pela Câmara à Justiça da rejeição da contabilidade apresentada pelo ex-prefeito.

”Dito isso, assiste razão ao órgão do Ministério Público Eleitoral […] para todos os efeitos, razão pela qual determino ao Cartório Eleitoral que proceda a anotação da inelegibilidade do Sr. Aéte de Sá Meira, possibilitando a eventual impugnação de candidatura do referido indivíduo”, determinou a juíza.

Ainda cabe recurso da decisão. Em março do ano passado, Aéte e o ex-vice-prefeito de Boa Nova, Ary Celes Marinho, foram alvos de ação de improbidade movida pelo Ministério Público Federal (MPF) por causa da construção de Unidade Básica de Saúde (UBS), com recursos do Ministério da Saúde, dentro de um condomínio residencial particular no município. Com informações do BNews

Idoso é brutalmente assassinado a golpes de facão em Serra Preta; filho é suspeito do crime

/ Polícia

Um idoso foi assassinado, na noite de sábado (13), com golpes de facão, em Serra Preta. Segundo o Acorda Cidade, o homem recebeu cerca de dez golpes. Ele ainda chegou a ser socorrido para o hospital municipal, mas não resistiu. Ainda segundo a publicação, a polícia afirmou que o filho da vítima é suspeito do crime. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Bahia de Feira e Bahia empatam no primeiro jogo da final do Baiano; teve gol anulado pelo VAR

/ Esporte

Bahia da capital arrancou empate no fim. Foto: Felipe Oliveira

O Bahia de Feira quase largou na frente na briga pelo título baiano. A equipe mostrou o bom futebol da primeira fase do estadual e abriu o placar contra o Bahia neste domingo, com gol de Bruninho, no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana. Mas a velha mística do Esquadrão marcou presença e, aos 52 do segundo tempo, Rogério deixou tudo igual. O Tremendão ainda teve um gol anulado pelo VAR no segundo tempo. Com o resultado, quem vencer o jogo decisivo, no próximo domingo, levanta a taça na Fonte Nova.