Líder nas urnas em 2014, Lúcio Vieira é derrotado e agradece apoio dos 55 mil eleitores

/ Eleições 2018

Lúcio Vieira Lima saiu derrotado das urnas. Foto: Divulgação

Líder das urnas em 2014 com 222.164 votos, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB) não conseguiu repetir o feito nas eleições deste domingo (7). O irmão de Geddel Vieira Lima obteve apenas 55.743 mil votos e não se reelegeu. A queda na votação é atribuída a apreensão dos R$ 51 milhões em um apartamento ligado aos Vieira Lima no bairro da Graça, em Salvador. O parlamentar, que segue seu mandato até o final deste ano, divulgou um vídeo nas redes sociais agradecendo pelo apoio recebido nas urnas. ”Meus amigos, minhas amigas, não tive êxito na reeleição. Mas não é por isso que deixarei de continuar com o sentimento de gratidão pela Bahia e pelos baianos. Estarei sempre aqui com a mesma alegria, com a mesma simplicidade”, diz o deputado.

Haddad ganha em 411 de 417 cidades baianas; Luis Eduardo Magalhães deu mais voto a Bolsonaro

/ Eleições 2018

O candidato do PT Fernando Haddad venceu em 411 das 417 cidades baianas. Em apenas seis cidades, o candidato Jair Bolsonaro do PSL venceu a disputa. O município que mais deu voto ao ex-capitão do Exército foi Luiz Eduardo Magalhães, no extremo oeste, com 54,5% contra 33,36% de Haddad. Depois aparecem Itapetinga [47,26 contra 33,05], Teixeira de Freitas [46,9% ante 40,21%], Buerarema [46,46% contra 36,71%], Eunápolis [44,51% ante 39,21%] e Itabuna [40,62% ante 36,71%].

Neto cancela coletiva sobre eleições e vai a reunião que define apoio do DEM no 2ª turno

/ Eleições 2018

ACM Neto saiu derrotado com aliados. Foto: Reprodução/TV Bahia

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), cancelou a coletiva de imprensa que faria na manhã desta segunda-feira (8) para falar sobre a derrota de Zé Ronaldo (DEM) para Rui Costa na eleição estadual. A coletiva deve acontecer na próxima quarta-feira (10). Em nota, a assessoria de comunicação do democrata informou que ele precisou antecipar a ida até Brasília, onde vai acontecer a reunião nacional do Democratas. Nela, o partido vai decidir como deve se posicionar em relação ao segundo turno das eleições presidenciais, já que o candidato apoiado pela sigla em primeiro turno, Geraldo Alckmin (PSDB), ficou de fora da disputa. Neto é presidente nacional do DEM. Segundo informações obtidas pelo Bahia Notícias, na quarta, o prefeito de Salvador deve anunciar qual a posição do partido na Bahia. A expectativa é que, nacionalmente, a legenda libere os diretórios estaduais para se posicionar da forma que quiserem. As informações são do Bahia Noícias

Bolsonaro e Haddad têm agendas distintas hoje

/ Eleições 2018

Os candidatos à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), têm agendas distintas na manhã de hoje (8). Bolsonaro deverá permanecer em casa, em um condomínio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, como fez ao longo do primeiro turno. Haddad foi a Curitiba, onde se reunirá com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e concederá entrevista. Seguindo o costume consolidado na campanha eleitoral, Bolsonaro e os filhos Flávio, eleito senador pelo Rio de Janeiro, e Carlos, também vitorioso para a Câmara, utilizaram as redes sociais para se comunicar com o público. Na conta pessoal de Flávio Bolsonaro, o senador eleito agradeceu os votos obtidos pelo pai. ”Muito obrigado aos quase 50 milhões de brasileiros que confiaram o voto a @jairbolsonaro , em especial ao povo do Nordeste, que nos deu votação surpreendentemente alta, elegendo, inclusive, deputados do PSL que se candidataram pela 1ª vez – uma grande demonstração de confiança”,  disse.

Entrevista

Haddad está em Curitiba onde chegou cedo à Superintendência da Polícia Federal, para visitar Lula, preso desde 7 de abril por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, cumprindo pena de 12 anos e um mês. A candidata a vice-presidente Manuela d’Ávila (PCdoB) não acompanhou o candidato do PT na viagem. Após a reunião com o ex-presidente, a assessoria de Haddad confirmou que ele concederá uma entrevista coletiva, transmitida ao vivo pelo site do PT Nacional, PT Paraná e página oficial da campanha. Ontem (7), Haddad afirmou que ”muita coisa está em jogo” no atual pleito. ”Esta eleição coloca muita coisa em jogo. O próprio pacto da Constituinte de 1988 está em jogo em função das ameaças que sofre quase diariamente.”