Rui encerra atos em Salvador, volta para o interior e diz que a correria só para após a campanha

/ Eleições 2018

Rui Costa fez caminhada no Bonfim. Foto: Ulisses Dumas

”Fiz questão de caminhar ao lado do povo nos quatro cantos da Bahia nessas sete semanas de campanha. Hoje, a caminhada no Bonfim teve uma emoção especial. Foi também o momento de agradecer a Deus pelo carinho que tenho recebido dos baianos. Também peço a Deus que o próximo domingo seja de paz na Bahia e no Brasil. Vamos colocar o país no mesmo ritmo de correria da Bahia, com desenvolvimento e inclusão, votando 13 também para Fernando Haddad presidente”. Assim o governador Rui Costa, candidato petista à reeleição, encerrou a caminhada na Cidade Baixa. Em meio à multidão que o acompanhou, Rui recebeu dos jovens demandas para os próximos quatro anos e fez questão de visitar o santuário de Irmã Dulce, onde recebeu a benção do frei Giovanni Messias. Para os jovens, Rui garantiu que a proposta maior é fazer a marca de seu segundo mandato na área de educação, com foco na inclusão da juventude. Incluídas no Programa de Governo Participativo (PGP 2018), construído com contribuições de mais de 40 mil baianos de todos os cantos da Bahia, ações que priorizam a formação e geração de oportunidades para inclusão dos jovens. Programas como o Primeiro Emprego, que beneficia egressos e estudantes da educação profissional e tecnológica, com melhores resultados, e já selecionou 6.350 jovens para postos em Salvador e municípios do interior. Também o Mais Futuro e o Partiu Estágio, respondendo ao binômio educação-trabalho. Demanda registrada também no corpo a corpo proporcionado pela visitação a 137 cidades do interior, além das atividades na capital, Rui alerta para a importância de oferecer cursos profissionalizantes e de capacitação de todos os tipos e temas, em cada um dos 417 municípios, de acordo com as vocações de cada região. Nos últimos quatro anos, o programa Educação para Transformar investiu em novos projetos como as Escolas Culturais, que proporcionam o protagonismo estudantil, além de reconhecer e requalificar a escola como um espaço de circulação e produção da diversidade cultural do território de identidade onde está inserida. A caminhada de hoje foi a sétima realizada em Salvador. Nas sete semanas, liderou atos de campanha na Liberdade, Cajazeiras, Uruguai, Subúrbio Ferroviário e Boca do Rio. Amanhã (5), a correria pelo interior da Bahia vai acontecer de novo. Descanso só com o fim da caravana, após passagem por Monte Santo, Euclides da Cunha, Tucano e Araci. Mas a correria não pode parar.

Pesquisa Datafolha: Bolsonaro cresce três pontos e aparece com 35%; Haddad tem 22%

/ Eleições 2018

Bolsonaro continua na liderança da disputa. Foto: Reprodução

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, continua na liderança da disputa presidencial. Segundo pesquisa Datafolha publicada nesta quinta-feira, 4, Bolsonaro tem 35%, seguido por Fernando Haddad (PT), com 22%. Em terceiro lugar, Ciro Gomes (PDT) tem 11% das intenções de voto. Geraldo Alckmin (PSDB) continua na quarta colocação, com 8%. Marina Silva (Rede) tem 4%. João Amoêdo (Novo) tem 3%, seguido por Henrique Meirelles (MDB), com 2%, e Cabo Daciolo (Patriota), com 1%. Em relação aos votos válidos, Bolsonaro tem 39%, seguido por Haddad, com 25%. Ciro tem 13% e Alckmin, 9%. O Datafolha ouviu 10.930 eleitores em 389 municípios entre os dias 3 e 4 de outubro. Mais informações em instantes.

Em entrevista, Bolsonaro diz que ”homossexuais” serão felizes em seu governo

/ Eleições 2018

Candidato volta a criticar o que chama de kit gay. Foto: Divulgação

Em entrevista para a Rádio Jornal do Commercio na manhã desta quinta-feira (4), o candidato à Presidência da Répública pelo PSL, Jair Bolsonaro, afirmou que caso seja eleito presidente ”os homossexuais serão felizes”. ”Cada um, depois da sua idade, dono de seus atos, vai cuidar da sua vida. Para crianças de seis anos de idade, não dá. O pai não quer chegar em casa e ver o seu filho brincando de boneca por influência da escola”, afirmou ao comentar sobre o que ele chama de “kit gay”, materiais educativos sobre temas relacionados aos direitos LGBTQ+. ”Queriam colocar no colégio filmes de meninos se beijando e meninas se acariciando. Crianças têm de ir ao colégio para estudar matemática, português e geografia. Como que o Joãozinho vai aprender sexo? O pai não quer que o filho aprenda a fazer sexo, homo ou hétero, a partir dos seus anos de idade. Aí inventaram que sou homofóbico, que vou matar gay”, se defendeu. Em novembro de 2017 Bolsonaro foi condenado a pagar uma indenização de R$ 150 mil por declarações contra homossexuais no programa CQC da Band em 2011. Na ocasião, Bolsonaro havia dito que seus filhos não seriam gays por terem tido um pai presente. ”Então, não corro esse risco”,  disse.

Feira de Santana: Acusada de matar empresário da Telexfree vai cumprir prisão domiciliar

/ Justiça

Daiane de Oliveira é liberada do presídio. Foto: Site Acorda Cidade

A suspeita Daiane de Oliveira Dias, que foi presa em agosto de 2016 por participar do planejamento da morte do empresário Dorian da Silva Santos (veja aqui), saiu do Presídio de Feira de Santana nesta quarta-feira (3), para seguir cumprindo pena no regime semiaberto. Dorian trabalhava na empresa Telexfree e era pré-candidato a prefeito de Serra Preta. Ela foi liberada após a decisão judicial que liberou os 320 detentos que estavam em regime semiaberto no presídio para cumprir prisão domiciliar (veja aqui). O juiz que concedeu a liminar alegou a falta de estrutura do local para receber presos do semiaberto. Segundo informações da unidade prisional, até quarta-feira (3), 169 mandados de liberação foram entregues pela Justiça, e os outros devem chegar nos próximos dias. De acordo com o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Daiane mantinha um relacionamento amoroso com a vítima e confessou ter participado do planejamento da morte do empresário e foi condenada por roubo qualificado, a uma pena de oito anos e oito meses em regime semiaberto. A execução da pena foi iniciada em setembro de 2017. Segundo informações do G1, apesar da liberação para cumprir a pena em casa, Daiane foi dispensada do monitoramento eletrônico até que as tornozeleiras sejam disponibilizadas. Ela deverá comparecer mensalmente ao cartório da cidade, não mudar domicílio para outra comarca sem prévia autorização da Justiça.*Bahia Notícias

Valença: Homem suspeito de envolvimento em mais de 120 homicídios morre em confronto com a polícia

/ Polícia

Dinheiro e arma foram apreendidos com o suspeito. Foto: SSP-BA

Um homem suspeito de envolvimento em mais de 120 homicídios ocorridos no baixo sul da Bahia morreu em confronto com policiais civis, na noite de quarta-feira (3), na cidade de Valença. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), após uma denúncia anônima, agentes do Setor de Investigação da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Valença) localizaram, no centro da cidade, Ursicino Vagner Santos Seixas, mais conhecido como Cicinho. Ele é apontado pela polícia como chefe do tráfico de drogas na região. Conforme a SSP, o homem foi localizado no momento em que recolhia dinheiro proveniente da venda de entorpecentes. Ele estava em um carro e os policiais passaram a seguir o veículo. Nas imediações do trevo que dá acesso ao bairro Novo Horizonte, os policiais fizeram a interceptação. Em nota, o delegado José Raimundo Pinto, coordenador da 5ª Coorpin, afirmou que o suspeito desceu do carro atirando, ao perceber a presença dos policiais. No revide, ele foi atingido. O homem chegou a ser socorrido para Santa Casa de Misericórdia de Valença, mas não resistiu aos ferimentos. A SSP informou que, com o homem, a polícia encontrou uma pistola ponto 380, R$ 12.324 e dois celulares. Segundo a polícia, Cicinho, além de ter sido o autor ou mandante de mais de 120 homicídios na região, também fornecia armas e drogas para outros integrantes de um grupo criminoso. O homem já tinha cumprido pena por tráfico de drogas e homicídio no Presídio de Serrinha.

Jaguaquara: Após denúncia anônima, Polícia Militar prende suspeito de tráfico de drogas na Muritiba

/ Jaguaquara

Maconha foi encontrada na Rua 2 de Abril. Foto: Divulgação/PM

A Polícia Militar através da 3ª Cia deteve em Jaguaquara um suspeito de tráfico de entorpecente. Policiais militares receberam denúncia anônima, nesta quarta-feira (33),  de que nas imediações da Rua 2 de Abril, no bairro Muritiba estaria ocorrendo um intenso tráfico de drogas. De posse da informação, os militares empreenderam diligências, quando avistaram um suspeito e procederam com abordagem. Ainda segundo a PM, no local foi encontrada uma plantação de aproximadamente 50 (cinquenta) pés de maconha, além de uma motocicleta Dafra, 100cc, sem placa. O indivíduo e todos os materiais apreendidos foram encaminhados a Delegacia Territorial de Jaguaquara.

Educação: Governo Federal anuncia investimento de R$ 600 milhões para o ensino médio

/ Educação

O presidente Michel Temer e o ministro da Educação, Rossieli Soares, anunciaram hoje (4) investimentos de R$ 600 milhões para apoiar a implementação do Novo Ensino Médio e para a avaliação do impacto do Programa do Ensino Médio em Tempo Integral, em escala nacional. Temer ressaltou a importância dos programas, que, segundo ele, contemplam demandas educacionais e sociais. ”De um lado, a vertente educacional, se fica mais na escola, vai aprender mais. Mas tem a vertente social, num país pobre como o nosso, muitos dos alunos são carentes são vulneráveis, eles se alimentam na escola, essa é a grande vantagem do ensino integral”. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), 312 escolas públicas de ensino médio em todos os estados e no Distrito Federal poderão participar da pesquisa de impacto sobre o tempo integral no ensino médio. As avaliações serão feitas no âmbito de qualidade do aprendizado, rendimento escolar e redução de desigualdades entre os alunos, entre outras variáveis. O objetivo é mensurar o retorno social do investimento, no combate à reprovação e ao abandono dos estudantes, e qualificar os gastos em educação.

”Não dá mais para ter 3,5 milhões de jovens entrando no primeiro ano do ensino médio e 1,7 milhão concluindo. Estamos perdendo milhões de jovens”, disse o ministro Rossieli Soares. “Se continuarmos formando mal os nossos jovens, estamos jogando fora o futuro deles”, ressaltou. Para a execução da pesquisa, o MEC vai disponibilizar R$ 200 milhões, a serem pagos ainda em 2018, às escolas que adotarão o tempo integral em 2019. A verba será distribuída de acordo com a quantidade de alunos matriculados. As escolas pré-selecionadas como elegíveis pelo MEC têm em comum a alta vulnerabilidade socioeconômica, o mínimo de 100 alunos matriculados no ensino médio e ainda não contam com ensino médio em tempo integral. Escolas, mesmo sem a infraestrutura adequada, podem participar da pesquisa, mas é requisito a adequação até 2020. Segundo Soares, os recursos poderão ser utilizados para melhorar essa infraestrutura, em materiais pedagógicos e formação e em salários e gratificações. A portaria de avaliação de impacto deverá ser publicada amanhã (5) pelo MEC, e a adesão poderá ser feita pelas escolas até 19 de outubro. Para Soares, é preciso pensar a política pública já considerando o seu processo de avaliação. “Isso é muito importante para que o Brasil tome decisões mais acertadas a partir de evidências claras. Acertando no uso do dinheiro público”, disse. ”O MEC tem discutido muito para que, cada vez mais, a gente avance em politicas públicas baseadas em evidencias, sabendo o que dá certo e porque dá certo”, explicou o ministro. ”Não dá mais para ser como era, ter uma política pública sem nenhum acompanhamento, sem saber se teve resultado”, acrescentou.

Implementação do ensino médio

Para apoiar a implementação do Novo Ensino Médio até 2020, cerca de 5 mil escolas de ensino médio receberão R$ 400 milhões do Programa Dinheiro Direto na Escola. Os recursos serão pagos em três parcelas, a primeira será paga ainda em 2018 e corresponde a 20% do valor do repasse. De acordo com o MEC, a escola terá que cumprir metas para o recebimento de cada uma das parcelas. Os recursos deverão ser utilizados, preferencialmente, para adequação da infraestrutura, aquisição de equipamentos, projetos pedagógicos e formação de professores. Além disso, a verba também poderá ser destinada à aquisição de material permanente e de consumo, na avaliação da aprendizagem e do desenvolvimento de atividades educacionais. Soares explicou que escolas que têm alunos com perfil de nível socioeconômico muito baixo ou baixo, escolas quilombolas, indígenas e rurais, por exemplo, receberão um adicional de 10% do valor. A prioridade, segundo o ministro, é investir em escolas que têm menos de mil horas no currículo de cada ano do ensino médio, para que alcancem essa carga horária. ”Algo que temos que trazer para o centro [do debate] é o aprendizado. Há pouco tempo divulgamos os resultados da educação brasileira e eles são preocupantes, especialmente em relação ao ensino médio, que não tem tido melhoria na aprendizagem. Os jovens continuam abandonado a escola e esse processo de transformação é muito importante. A gente precisa colocar o jovem no centro, trabalhar o protagonismo da nossa juventude”, disse o ministro da Educação. A portaria do Programa Dinheiro Direto na Escola para o novo ensino médio também deverá ser publicada amanhã (5) pelo MEC. As escolas terão de 5 a 25 de novembro para aderir ao programa.

Piores indicadores

O ensino médio é o grande gargalo da educação básica brasileira. É a etapa que concentra os piores indicadores escolares: altas taxas de abandono, alta porcentagem de repetência e piores índices de aprendizagem. De acordo com o Ministério da Educação, quando saem da escola, ao final do ensino médio, sete em cada 10 estudantes não aprendem o básico em português. O mesmo número tem aprendizado insuficiente em matemática. Na outra ponta, apenas 4,5% dos estudantes alcançaram um nível de aprendizagem considerada adequada pelo MEC em matemática e 1,6% em língua portuguesa. O novo ensino médio, aprovado no ano passado, estabelece que as escolas passem a ensinar um conteúdo comum a todo o país, que deverá ocupar 1,8 mil horas dos três anos da etapa de ensino e que, no tempo restante, os estudantes possam receber formações específicas em linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas ou ensino técnico, escolhendo uma de preferência. A parte comum será definida pela Base Nacional Curricular Comum, que atualmente está em discussão no Conselho Nacional de Educação. Além da base, o conselho discute diretrizes que vão orientar as redes de ensino na implementação da nova lei. Da Agência Brasil

”É uma inocência se surpreender”, diz Alice Portugal sobre apoio de Zé Ronaldo a Bolsonaro

/ Eleições 2018

Alice diz que oposição buscaria voto útil. Foto: Blog Marcos Frahm

Aliada do governador Rui Costa (PT), a deputada Alice Portugal (PCdoB) afirmou nesta quinta-feira (4) não se surpreender, diferentemente de Rui, com o apoio revelado pelo candidato ao governo José Ronaldo (DEM) ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) na reta final da campanha. Presidido pelo prefeito ACM Neto, o Democratas integra a coligação do tucano Geraldo Alckmin (PSDB). ”É uma inocência se surpreender. Óbvio que eles buscariam o voto útil” declarou a parlamentar, que participará de caminhada com Rui nesta quinta, em Salvador. de acordo com o site bahia.ba, a comunista também colocou panos quentes sobre as criticas feitas recentemente pelo candidato a presidente Ciro Gomes (PDT) ao PT. ”Os candidatos do campo progressista tentam chegar ao segundo turno. Não é uma contradição antagônica”, defendeu, ao classificar o pedetista como um ”homem de grande conteúdo”.

Tribunal Superior Eleitoral mantém candidatura de Dilma ao Senado por unanimidade

/ Eleições 2018

Dilma é candidato ao Senado por Minas. Foto: Ricardo Stuckert

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu por unanimidade, na manhã desta quinta-feira (4), manter a candidatura de Dilma Rousseff (PT) ao Senado pelo estado Minas Gerais. Os ministros entenderam que não cabe a eles discutir os efeitos da decisão tomada pelo Senado no processo de impeachment da ex-presidente em 2016. O Tribunal Regional Eleitoral de Minas (TRE-MG) já havia considerado a ex-presidente elegível. A candidatura de Dilma ao Senado foi alvo de mais de 10 questionamentos, inclusive do diretório estadual do Partido Novo e da filha do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB), Danielle Cunha (MDB), que concorre a deputada federal. Os pedidos de declaração de inelegibilidade à Justiça argumentam que Dilma deveria ficar inelegível por oito anos, como estabelece a Constituição nos casos de impeachment. Relator do caso no TSE, o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que ”não cabe ao tribunal extrair da condenação do processo de impeachment sanção de inabilitação para possível função pública cuja aplicação foi expressamente afastada pelo Senado Federal”. Barroso afirmou que Dilma não preenche requisitos para inelegibilidade –como, por exemplo, condenação após segunda instância.

Zé Ronaldo nega traição a ACM Neto ao tentar ”pongar” em popularidade de Bolsonaro

/ Eleições 2018

Zé diz que apoio Bolsonaro para derrotar o PT. Foto: Divulgação

O candidato ao governo da Bahia, Zé Ronaldo (DEM), negou que tenha sido desleal com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), ao anunciar voto em Jair Bolsonaro (PSL). Neto, que é presidente nacional do DEM, apoia Geraldo Alckmin (PSDB) para Presidência da República. Segundo o site Bahia Notícias, em entrevista nesta quinta, logo após o debate com candidatos ao governo feito pela TV Aratu, ele defendeu sua posição e disse que optou por Bolsonaro porque aposta que é quem tem mais chances de derrotar o PT.  ”Eu sou um cidadão que defende o candidato para derrotar o PT. E o melhor candidato, neste momento, é ele. O que estou vendo nas ruas são manifestações de desejo de que Bolsonaro seja essa pessoa [para derrotar o PT]”, argumentou. ”Fui extremamente fiel aos partidos políticos nessa eleição. Agi com extremo rigor, lealdade a todos os candidatos a deputado e senador”, alegou. O ex-prefeito de Feira preferiu não responder diretamente aos ataques do presidente estadual do PSDB, João Gualberto, que o chamou de ”oportunista”, mas defendeu ter legitimidade, enquanto candidato, para tomar posição.  ”Esse é um momento muito diferente. Ele [Gualberto] não é mais candidato, ele desistiu dessa candidatura. O candidato neste momento sou eu”, disse.

”Apoio de Ronaldo a Bolsonaro é vergonhoso”, diz Marcos Mendes, candidato do PSOL ao governo

/ Eleições 2018

Marcos Mendes denota Zé. Foto: Matheus Morais/Bahia.ba

Candidato do PSOL ao Palácio de Ondina, Marcos Mendes criticou o apoio de Zé Ronaldo (DEM), ex-prefeito de Feira de Santana ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Para o psolista, a atitude do democrata de não seguir o posição do presidente nacional do partido, ACM Neto, não inspira ”confiança”. ”São os candidatos que não temos confiança nenhuma. Não é à toa que ele vira a casaca e trai o seu grupo há 5 dias da eleição. Isso é vergonhoso”, disparou Marcos Mendes, segundo o site bahia.ba. Ele ainda citou os ”indícios fortíssimos” do envolvimento de Zé Ronaldo nos ”esquemas” da Previdência e da ”máfia das ambulâncias”. Ainda distante de ocupar a segunda colocação nas pesquisas, Marcos Mendes se agarra ao crescimento apontado nos últimos levantamentos. O psolista atingiu a marca de 3% e ultrapassou o ex-prefeito João Henrique (PRTB), assim como João Santana (MDB). Ele confia na disparada na reta final e reafirmou a estratégia da sigla. ”A gente vai ratificar, botar o dedo na ferida, vamos demonstrar porquê esse Estado é um ‘robbin hood’ ao contrário que tira dos pobres para dar aos ricos”, disse o candidato ao citar a ”concentração de renda” dos ”grupos poderosos”, como os do ”agronegócio do veneno”.

Preço médio da gasolina nas refinarias é mantido em R$ 2,2159 nesta sexta-feira

/ Economia

A Petrobras manteve inalterado em R$ 2,2159 o preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias, válido para esta sexta-feira, dia 5. O valor permanece o mesmo pelo sétimo dia consecutivo. O preço do diesel permanece em R$ 2,3606 nesta sexta, conforme tabela disponível no site da empresa. No último dia 30, a estatal petrolífera elevou a diesel em 2,8% devido aos novos valores dos preços de referência para o terceiro período da terceira fase de subvenção ao diesel, que vai até 29 de outubro. No dia 6 de setembro, a diretoria da companhia anunciou que além dos reajustes diários da gasolina, terá a opção de utilizar um mecanismo de proteção (hedge) complementar.

Redução no número de homicídios chega a 89% na cidade de Jequié, diz Polícia Militar

/ Jequié

PM revela queda em número de homicídios. Foto: Blog Marcos Frahm

O 19º Batalhão de Polícia Militar de Jequié apresentou o balanço estatístico de produtividade policial referente ao mês de setembro. De acordo com os dados fornecidos pela Coordenação de Planejamento Operacional – CPO, e divulgados esta quarta-feira (3), os números continuam evidenciando significativo decréscimo nos indicadores de Crimes Violentos Letais Intencionais – CVLI. Demonstrativo divulgado aponta que houve apenas 01 homicídio registrado na sede do 19º Batalhão. A taxa, que já chegou a 09 homicídios no mesmo período do ano anterior, sinaliza, agora, uma redução expressiva de 89%. Esse percentual é ainda mais satisfatório quando comparado com os meses anteriores de 2018, pois apontam a maior redução da taxa de homicídios do ano. De acordo com o comandante do 19º BPM, Ten Cel PM Itamar Gondim, para se chegar a tais resultados, a Unidade vem desenvolvendo inúmeras operações por meio de suas Companhias, das quais destacou Janus, Omni, Atenas, Blitz todo dia, Paz no Alto, entre outras, em que são desenvolvidas abordagens a pessoas e veículos, culminando em apreensões de armas, drogas e prisão de criminosos. ”Nosso Batalhão segue com uma expressiva e recorrente queda nas taxas de homicídio, sobretudo na cidade de Jequié, e as razões para tais resultados são inteiramente evidentes: somados às operações e abordagens, projetos como Ronda Escolar e Cine Gavião têm aproximado ainda mais polícia e comunidade. Além disso, não negligenciamos a importante parceria firmada entre as forças de segurança, com destaque para Polícia Civil/9ª COORPIN e Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado da Bahia/SEAP, sem as quais o trabalho não teria o mesmo nível de satisfação” afirma.

Prefeitura de Jaguaquara atende anseio de moradores com pavimentação asfáltica da Rua Pedro Tavares

/ Jaguaquara

Obra dar cara nova a Pedro Tavares Cafezeiro. Foto: Divulgação

Uma das mais importantes vias da cidade de Jaguaquara, e que faz conexão entre o bairro Palmeira e a área rural do município a Rua Pedro Tavaes Cafezeiro está sendo inteiramente pavimentada, com massa asfáltica. Com recursos próprios, a Prefeitura atende anseio antigo dos moradores, que conviviam com lama e poeira. A obra já está em fase conclusiva. Segundo a Prefeitura, ainda no bairro Palmeira, a Rua Jose Passos I também passa por intervenção, com obra de pavimentação em paralelepípedo.