Educação: STF mantém idade mínima para crina ser matriculada no ensino fundamental

/ Educação

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (1º) manter a validade da norma que definiu a idade mínima em que crianças podem ser matriculadas no ensino fundamental nas escolas públicas e particulares. A questão foi julgada a partir de questionamentos da Procuradoria-Geral da República (PGR) e do estado do Mato Grosso do Sul. Por maioria de votos, a Corte julgou constitucional resoluções editadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), em 2010. As regras definiram que a matrícula no primeiro ano do ensino fundamental só pode feita se a criança tiver completado 6 anos de idade até o dia 31 de março do ano da matrícula. Dessa forma, se ainda tiver 5 anos, a criança deve continuar na educação infantil até completar o critério. O julgamento começou em maio, mas foi interrompido por um pedido de vista do ministro Marco Aurélio, quando tinha sido registrado placar a favor das resoluções. Na sessão de hoje, os ministros Marco Aurélio, Celso de Mello e a presidente Cármen Lúcia, últimos a votar, também se manifestaram favoravelmente ao corte temporal. Segundo Cármen Lúcia, o CNE levou em conta questões psíquicas e a unificação nacional da educação para definir a idade mínima para o ingresso no ensino fundamental. Em eu voto, a ministra também afirmou que o grande problema do Brasil é falta de educação eficiente. ”Negar a uma criança a educação formal é negar a ela não a capacidade apenas de exercer sua liberdade, mas de se libertar de condições que não são aquelas constitucionalmente previstas”, disse.

Entenda

A controvérsia sobre a questão ocorre porque a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional estabeleceu que o ensino fundamental começa aos 6 anos de idade, no entanto, a resolução do CNE foi além e criou o corte etário no mês de março, em uma tentativa de organizar o ingresso dos alunos nos sistemas de ensino do país.  Especialistas em educação alegam que crianças com 5 anos não estão preparadas psicologicamente para ingressar no ensino fundamental. Além disso, governos estaduais afirmam que o corte é necessário porque não há vagas suficientes para todos os alunos na educação infantil. A restrição já foi contestada nas instâncias inferiores da Justiça por pais de crianças que queriam matricular seus filhos menores de 6 anos no ensino fundamental e conseguiram fazê-lo por meio de liminares. As informações são da Agência Brasil

Balanço da Secretaria de Segurança Pública aponta redução no número de mortes violentas

/ Bahia

Secretário Maurício Barbosa apresenta balanço. Foto: SSP/BA

A cúpula da Secretaria de Segurança Publica da Bahia apresentou nesta quarta (1º),  o balanço do primeiro semestre de 2018. Os  dados apontam que os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), que englobam homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte, tiveram uma redução de 6,8% no Estado nos seis primeiros meses deste ano, em comparação ao ano passado. A diminuição está acima da meta estipulada pelo programa Pacto pela Vida (PPV)

Violência contra a Mulher

Os feminicídios tiveram queda de 55,5% na Região Metropolitana e em Salvador. A SSP registrou quatro casos em 2018, contra nove do ano passado. Os números de ameaças também reduziram, 4.578 contra 5.043 de 2017. A Operação Ronda Maria da Penha, unidade que acompanha mulheres com medidas protetivas, fechou este inicio doa no com 30 agressores presos, 594 vitimas acompanhadas e 2.312 ações de fiscalizações das medidas.

Bancos, carros e ônibus

Os ataques a instituições financeiras teve queda pelo terceiro ano consecutivo, 38 casos do primeiro semestre deste ano, contra 47 de 2017, redução de 19,1%. O índice de roubo de veículos aumentou em 1,8%. Foram 2.949 ocorrências em 2018, contra 2.898 do ano passado. Já o numero de roubos em coletivos, fecharam o semestre com redução de 37,9%. Foram 587 casos a menos.

Produtividade

Nos seis primeiros meses deste ao, a policia baiana prendeu, em flagrante ou cumprindo mandado, 63 criminosos por dia. A média diária dos adolescentes infratores apreendidos ficou em 10, com total de 1654 autuações, a maioria por tráfico. 4.057 armas foram apreendidas no período avaliado. 15 toneladas de maconha, cocaína e crack foram retiradas das ruas. Em relação ao trabalho preventivo, sete milhões de pessoas foram abordadas, 3 milhões de veículos foram revistados e 73 mil táxis parados em blitzes.

Novas unidades

No primeiro semestre desse ano, 13 novas estruturas entregues para os polícias militares, civis, técnicas e o Corpo de Bombeiros. O serviço do Centro Integrado de Comunicações (Cicom) foi implementado nos municípios de Santa Maria da Vitória, Teixeira de Freitas e Valença. Cidades de pequeno porte adjacentes aos maiores, também foram beneficiados com atendimento via 190. As cidades de Jequié, Luís Eduardo Magalhães, Vera Cruz, Teixeira de Freitas, Maragogipe, Camaçari, Amargosa e Barra ganharam Distritos Integrados de Segurança Pública (Diseps).

A operação Ronda Maria da Penha avançou chegando aos municípios de Jacobina e Lauro de Freitas. Os Batalhões de Operações Policiais Especiais (Bope) e o Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe), além do comando de Policiamento Especializado (CPE) estão em novas sedes.

Presidente estadual do PMD, Ana Rita Tavares rompe com ACM Neto e vai para base de Rui

/ Política

Ana Rita Tavares rompe com ACM Neto. Foto: Reprodução

A presidente estadual do PMB, e vereadora de Salvador, Ana Rita Tavares, anunciou nesta quarta-feira (1º) o seu rompimento com o prefeito ACM Neto e a adesão à base do governador Rui Costa. Em nota, a pré-candidata a deputada federal argumentou que o motivo para essa decisão foi a falta de atenção da prefeitura com a causa animal nos últimos anos. ”Nesses cinco anos e meio de pertencimento a essa base política, não tive a reciprocidade devida para ver concretizados os avanços reclamados por nosso mandato. Desde novembro de 2015, o prefeito não me atende. Meus pleitos são ignorados”, explicou Ana Rita, que agora vai integrar a bancada de oposição na Câmara de Salvador. Segundo a vereadora, ACM Neto firmou com ela em 2012, durante a campanha eleitoral, o compromisso de fazer o Hospital Público Veterinário Gratuito, o Castramóvel e o calendário de vacinação antiviral. Ana Rita alega que apenas o projeto do Castramóvel foi colocado em prática. Ela também reclama de um veto do prefeito a um projeto de lei de sua autoria na Câmara. ”Em 2017, consegui aprovar, na câmara, um projeto de lei que proibia transporte movido à tração animal na cidade, mas o prefeito vetou o projeto, alegando que a gestão não teria verba para contratar fiscais. Não era preciso, os próprios agentes da Transalvador poderiam ser responsáveis por essa fiscalização”, criticou. As informações são do Bahia Notícias

Em convenção estadual, MDB confirma João Santana como candidato ao governo da Bahia

/ Política

João Santana é candidato pelo MDB. Foto: Adenilson Nunes

O MDB confirmou, em convenção estadual da legenda nesta quarta-feira (1º), em Salvador, o nome de João Santana como candidato ao governo da Bahia nas eleições 2018. O ex-ministro do governo Lula foi aclamado por filiados que participaram do evento, na sede do partido, no bairro do Costa Azul. Santana disputará o cargo de chefe do executivo estadual pela primeira vez. A candidata a vice-governadora na chapa é a pedagoga e militante política Jeane Cruz. Em entrevista durante a convenção, Santana criticou a política econômica do estado, disse que sua principal ação, caso eleito, será combater o desemprego e salientou que também haverá foco para outras áreas importantes, como saúde, educação e segurança. ”O desempregado é um escravo. A maior liberdade que existe é a liberdade econômica. Por menor que seja o seu salário, se lhe permite não depender de terceiros, você é uma pessoa liberta e poderá exercer a democracia. Vamos combater o desemprego violentamente através, sobretudo, da economia agrícola da Bahia. O foco principal é a economia, mas daremos atenções especiais para a área da educação e também saúde e segurança”, destacou. O candidato ainda salientou a importância do turismo para a Bahia e garantiu que que vai investir no setor, também como forma de ”melhorar os índices econômicos” e gerar emprego e renda. ”Não existe lugar no mundo que seja um point turístico mais que a Bahia. É um litoral privilegiado, com água deliciosa para banho de mar, rios de água doce, a cultura afro do recôncavo, a cultura indígena, a cultura luso-brasileira, temos o carnaval que por si só é uma atração turística, a Chapada Diamantina. A natureza nos dotou de tudo que é maravilhoso, entretanto os nossos governos esqueceram disso. Além disso, ainda estamos sem um centro de convenções e isso prejudica salvador e a Bahia”, destacou.

Aos 15 anos, funkeira MC Loma tem shows cancelados por não está matriculada em escola

/ Entretenimento

Funkeira Paloma, 15 anos, não está matriculada. Foto: Divulgação

A situação do bonde da MC Loma e das Gêmeas Lacração está para lá de sinistro. O grupo foi proibido de fazer dois shows em Recife porque a funkeira Paloma, 15 anos, não está matriculada em uma escola. A empresa Clube Metrópole, onde o grupo iria se apresentar, declarou em nota, na segunda-feira (30), que a cantora ”não conseguiria regularizar as suas condições de trabalho, pois não está sequer frequentando a escola nem está matriculada”. Entretanto, a produtora Start Music, que agencia a artista, alega que ”as apresentações estavam plenamente autorizadas pelos órgãos competentes, com toda a documentação necessária para garantir as suas apresentações em eventos”. A produtora foi multada pela irregularidade. A interdição foi dada pela Vara Regional da Infância e Adolescência da cidade. Segundo a lei, para que menores de 18 anos se apresentem em espetáculos, deve ser confirmada pela instituição de ensino a matrícula e a frequência nas aulas. Nas redes sociais, MC Loma se pronunciou sobre o assunto. ”Eu e as meninas estamos tristes. Não teve esse show, mas da próxima vez, vai ter! Pra gente descer, subir, quicar e rebolar, minha gente!”, lamentou a cantora. As Gêmeas Lacração, no entanto, não estão impedidas de se apresentar, pois já têm 18 anos.

Candidata a vice do MDB diz que empoderamento das mulheres será sua principal bandeira

/ Entrevista

Jeane Cruz é candidata a vice de João. Foto: Bocão News

Escolhida como candidata a vice do MDB, Jeane Cruz, pedagoga e presidente do MDB Mulher de Dias D’Ávila, durante convenção da sigla, em Salvador, afirmou que  o empoderamento das mulheres e o fortalecimento da Educação no Estado, com políticas públicas voltadas em especial para crianças e jovens, serão suas principais bandeiras. Sobre a escolha do seu nome, reforçou ser militante do partido há muitos anos, além da sua história de vida e defesa pela Educação. ”Me sinto muito honrada em ter sido escolhida para ser candidata a vice de um candidato integro, trabalhador, sério, que quando chegar ao governo vai fazer diferença na Bahia”, disse Jeane, segundo o site Bocão News. Ela é vice de oão Santana, na chapa puro sangue do MDB, apoiada pelo deputado federal Lúcio Vieira Lima, irmão de Geddel Vieira.

Justiça determina que Agência de Telecomunicações impeça a cobrança após roubo de celular

/ Tecnologia

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) determinou que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) altere a regulamentação dos serviços de telefonia móvel para impedir a cobrança de mensalidades de clientes que comunicarem perda, roubo ou furto do celular. A decisão, da qual ainda cabe recurso, vale para todo o país e foi proferida na última quarta-feira (25), mas foi divulgada segunda (30), pelo tribunal. De acordo com a assessoria do tribunal, a Justiça Federal em Florianópolis (SC) considerou procedente o pedido do Ministério Público Federal (MPF). A Anatel recorreu ao tribunal, mas a 4ª Turma decidiu, por unanimidade, negar o apelo. Para o relator do caso, juiz federal Sergio Renato Tejada Garcia, ficou demonstrada a omissão da agência reguladora no caso. ”Ao tentar se eximir do dever de regulamentação, a Anatel deixa de realizar as atribuições que lhe são incumbidas no tocante à defesa dos direitos dos usuários, à garantia de equilíbrio entre os consumidores e as prestadoras”, concluiu o juiz. A condenação é resultado de uma ação civil pública aberta pelo MPF, segundo a qual a cobrança de multas pelo rompimento do contrato por vítimas de ação criminosa é uma relação que se dá de ”maneira desproporcional e desarrazoada em desfavor do consumidor”. O MPF constatou falhas no atendimento das operadoras na comunicação de eventos fortuitos e a cobrança de multas por cancelamento e mensalidades ao consumidor quando este não podia mais usar serviço. Na ação, o MPF ressaltou a necessidade de regulamentação das regras para impedir as concessionárias de telefonia móvel de cobrar multa em casos de ”rescisão de contrato de prestação de serviço de telefonia móvel, quando da ocorrência de caso fortuito alheio à vontade do usuário e durante a vigência de contrato de permanência mínima”. Pela sentença a Anatel tem que mudar a regulamentação para impedir ”que as operadoras de telefonia móvel multem usuários que rescindiram contratos em razão de perda, roubo ou furto de aparelhos e obstar cobranças de mensalidades a partir da comunicação do fato, bem como impor a adoção de meios simples e ágeis para solucionar essas demandas”.

Jaguaquara: PRF revela redução nas mortes por acidentes na BR-116, trecho da Serra do Mutum

/ Imprensa, Jaguaquara

Serra do Mutum tem redução de acidentes. Foto: Blog Marcos Frahm

Um levantamento feito pela redação do Blog Marcos Frahm junto a Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostra que houve redução nas mortes por acidentes na BR-116, sobretudo na Serra do Mutum, entre os municípios de Jaguaquara e Jequié, trecho considerado um dos mais perigosos da rodovia federal no Sudoeste baiano. Na Serra, que é área de abrangência da Delegacia 10/3 da PRF de Jequié, o último acidente com vítima fatal foi registrado em (05) de fevereiro deste ano. Na ocasião, uma carreta – caçamba desgovernada atingiu vários veículos e provocou uma morte no local, no KM 643, por volta das 19h. A carreta atingiu inicialmente um Ford/KA, um VW/Gol e um automóvel Hyundai Tucson, vitimando fatalmente a passageira do carro, identificada como Rita de Cássia Santos Correa, de 57 anos, moradora de Jequié, que não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no local. O marido da vítima e motorista do carro, Dermival Jospe Souza Correia, chegou a ser socorrido ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, transferido posteriormente para uma unidade hospitalar da capital baiana, mas também não resistiu. A morte do casal comoveu a população regional, que desenvolveu campanha em rede social pela duplicação do trecho. Contudo, até hoje, nem a Concessionária ViaBahia, que administra a rodovia, nem o Governo Federal se manifestaram sobre a prometida obra de duplicação. A redução no número de acidentes com mortes na Serra do Mutum é significativa em comparação com anos anteriores, quando acidentes graves eram registrados com frequência. Melhorias na sinalização, instalação de radares e a intensificação das fiscalizações e conscientização dos motoristas por parte da PRF contribuem para a redução.

Em greve, professores e servidores municipais fazem protesto nas ruas de da capital baiana

/ Bahia

Professores fazem protesto em Salvador. Foto: Egi Santana/G1

Professores e servidores municipais fazem uma caminhada na região do shopping da Bahia, em Salvador, na manhã desta quarta-feira (1º). O ato faz parte das ações de greve das duas categorias, que pedem reajustes salariais e planos de carreira. Nesta quarta-feira, os professores completam 22 dias de greve. Já os servidores municipais estão em estado de greve desde terça-feira (31) e devem parar as atividades na segunda-feira (6). No ato, eles ocuparam a praça que fica em frente ao shopping da Bahia, por volta das 9h30, e saíram em caminhada às 10h30, sentido ligação Iguatemi-Paralela. Por volta das 10h50, o tráfego de veículos no acesso à LIP foi bloqueado. Cerca de 15 minutos depois, o grupo seguiu para a região da rodoviária. ”Temos que sinalizar a prefeitura que vamos fazer greve. Então, entramos no estado de greve na terça-feira e segunda vamos parar”, disse Bruno Cariranha, coordenador do Sindicato dos Servidores Públicos (SindSep). Os professores levaram cartazes e usaram blusas com a mensagem: ”Sou professor e quero respeito”. ”Até agora nossas reivindicações não foram ouvidas e não houve acordo. Então, vamos continuar exigindo nosso direito”, disse Marcos Barreto, integrante da direção executiva da APLB. As informações são do G1

Justiça determina que Uefs reintegre estudante suspeito de fraudar comprovação quilombola

/ Justiça

Um estudante de medicina da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) conseguiu na Justiça a reintegração ao curso e o direito a concluir a graduação, que foi interrompida após ele ser afastado pela instituição por força de uma denúncia a respeito da comprovação de sua condição de cotista quilombola. A decisão favorável ao estudante foi publicada na última quarta-feira (25). O juiz Gustavo Rubens Hungria, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública, determinou que o rapaz conclua a graduação. Ele está no 6º ano do curso. O estudante foi afastado da universidade em 2017. Na época, a Uefs havia instaurado um inquérito disciplinar para apurar a condição de remanescente de comunidade quilombola do rapaz. O procedimento da instituição concluiu que ele teria comprado a documentação para concorrer à vaga. O site G1 publicou que tentou ouvir o universitário, mas não conseguiu contato até a publicação desta reportagem. O estudante ingressou no curso de medicina da Uefs em 2012, através da aprovação no vestibular, em uma das vagas destinadas aos candidatos moradores das comunidades remanescentes dos quilombos. De acordo com a decisão judicial, a defesa do rapaz afirma que ele é egresso do sistema público de ensino e residia, na época da aprovação no processo seletivo, na localidade de Lagoa Grande, em Feira de Santana. A comunidade é certificada pela Fundação Cultural Palmares como remanescente de quilombola, com parecer assinado em 2007. Em nota, a Uefs informou que o afastamento do estudante foi baseado na verificação de documentações comprobatórias, entrevistas e visita à comunidade quilombola à qual o estudante diz ser remanescente. A defesa do estudante questionou o resultado da investigação e levou o caso à Justiça. Na decisão da última quarta-feira, o juiz Gustavo Rubens Hungria determinou que a universidade se pronuncie sobre o assunto em um prazo de 10 dias. A Uefs informou, ainda em nota, que irá cumprir a liminar publicada em favor do estudante, no entanto, vai recorrer da decisão judicial.

Cotas

Segundo a Uefs, o sistema de cotas foi implantado na instituição por meio da Resolução Consu 034/2006. Desde o primeiro semestre 2007, a universidade reserva 50% de suas vagas em todos os cursos para estudantes oriundos de escola pública e, dentre essas, 80% para negros (os), e 20% para não-negros de escola pública, além de duas vagas extras por curso destinadas a indígenas e quilombolas. Até o segundo semestre do ano passado, a Universidade contava com 8.442 estudantes ativos (alunos regularmente matriculados), sendo que desse total, 4.681 eram cotistas – o que corresponde a 55% do número total de alunos matriculados. De 2007 até 2017, a Uefs matriculou um total de 7.626 estudantes declarados negros ou pardos, 112 oriundos de comunidades quilombolas e 133, indígenas.

Por economia, prefeito de Jequié reduz expediente na Prefeitura a partir desta quarta-feira

/ Jequié

Prefeito Sérgio alega crise financeira. Foto: Blog Marcos Frahm

Sob alegação de reduzir as suas despesas de custeio, a Prefeitura de Jequié reduz, a partir desta quarta-feira (1º) de agosto o expediente na instituição pública. Decreto datado de segunda-feira (30), assinado pelo prefeito Sérgio da Gameleira (PSB) diz que o funcionamento da Prefeitura passa a ser das 08 às 14 horas e que a medida não se aplicará aos serviços públicos considerados essenciais, ”cuja prestação não admita interrupções, tais como: assistência médica e/ou hospitalar, coleta de lixo urbano, licitações, escolas e programas sociais”. A redução, segundo informações obtidas nesta quarta-feira pelo Blog Marcos Frahm, junto a assessoria de comunicação da Prefeitura é de que a decisão do gestor ”ocorre em razão crise econômica no país, o que provocou queda nas receitas e redução nos repasses constitucionais”. A medida, ainda conforme a Prefeitura resultará na redução dos gastos com ”energia elétrica, água, telefone e material de escritório”.

Deputada diz que chapa da oposição na Bahia é da velha política e composta por aliados de Temer

/ Entrevista

Alice Portugal comenta cenário político. Fotos: Leandro Fonseca/BMF

Em clima de pré-campanha, a deputada federal e pré-candidata à reeleição Alice Portugal comentou sobre o atual cenário político da Bahia e descarregou contra o grupo que faz oposição ao governador Rui Costa (PT), de quem o seu partido, o PCdoB, é aliado. Questionada sobre as críticas dos opositores a administração estadual, inclusive, enfatizando o argumento de que a população baiana clama por mudanças a deputada disparou contra a oposição. ”Um grupo que só representa a velha política. Eles ficaram quarenta anos dirigindo a Bahia e fizeram do Estado um subsolo das condições sociais da nação brasileira. A Bahia era campeã em todos os índices negativos do Brasil e nós estamos aí, depois de oito anos de Wagner e mais quatro de Rui fazendo da Bahia um novo estado. Estamos descentralizando a saúde, constituindo um processo de revitalização das estradas, enfim, Rui Costa será reeleito”, cravou.

Alice diz que Neto desistiu porque sabia que não venceria Rui Costa

Entre as críticas dirigidas ao grupo adversário, está a de que os oposicionistas são aliados do Governo Temer, rejeitado pela maioria dos brasileiros. ”São aliados de um presidente ilegítimo, que gasta bilhões para se salvar e depois quer arrecadar as custas do trabalhador. Hoje, tentam novas alianças, se escondem atrás de uma cortina de fumaça, mas a população sabe que eles são apoiadores de projetos de um governo que representa o retrocesso para este país, retirando garantias que eram conquistas históricas dos trabalhadores brasileiros”, acusou.  Para a comunista, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), desistiu de disputar o Governo por não ter chances de vencer o atual chefe do Executivo baiano, Rui Costa. ”Como ele não ia ganhar, desistiu”, concluiu.

Taíssa Gama, filha do deputado Benito Gama, volta a ser cotada para vice em chapa de Zé Ronaldo

/ Política

Zé Ronaldo pode ter filha de deputado na vice. Foto: Divulgação

Ex-secretária de Políticas para as Mulheres da Prefeitura de Salvador e filha do deputado federal Benito Gama (PTB), Taíssa Gama, voltou a ser cogitada para compor a chapa do Democratas, como vice de José Ronaldo. Conforme interlocutores do Palácio Thomé de Souza ouvidos pelo site bahia.ba, o nome da vice-prefeita de Vitória da Conquista Irma Lemos (PTB), também cotada para o posto, teria perdido força nas discussões. Já a possibilidade de a vereadora de Salvadr Ireuda Silva (PRB), ligada à Igreja Universal, ser parceira de chapa de Zé Ronaldo seria ainda menor no atual estágio das conversas. Outro cenário cogitado pelo grupo é tentar, a menos de três dias da convenção do DEM, atrair alguém ”de fora” da política para a composição encabeçada pelo ex-prefeito de Feira de Santana. O vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), também cogitado, começou a se esquivar e, reforçou, nesta terça-feira (31) que ”a tendência maior é que uma mulher possa ocupar essa posição”.

Igor Kannário será candidato a deputado federal e Edcity candidato a estadual; ambos, pelo PHS

/ Política

Kannário e Edcity confirmam pré-candidaturas. Foto: Divulgação/PHS

Os cantores de pagode Igor Kannário e Edcity confirmaram, nesta terça-feira (31), as suas pré-candidaturas pelo partido PHS para as eleições de 2018. Atual vereador em Salvador, Kannário será candidato a deputado federal, enquanto Edcity vai disputar uma das cadeiras da Assembleia Legislativa da Bahia, como deputado estadual. O anúncio foi feito durante convenção da coligação proporcional PPS, PHS e PV. Os cantores se colocaram como frutos de um movimento denominado ”Empoderamento da Favela” e afirmaram que as candidaturas surgiram de apelos populares. ”Só sabe a importância do Empoderamento da Favela quem vive o dia a dia do povo e luta por melhores condições para a nossa gente. É a oportunidade que as favelas de toda a Bahia têm de eleger pessoas que, de fato, sabem das dores e das dificuldades dos guetos”, declarou Kannário, por meio de nota da assessoria. A expectativa do partido é que o bloco consiga eleger quatro deputados federais e quatro deputados estaduais nas próximas eleições.