Jequié voltará a realizar Encontro Nacional de Motociclistas

/ Jequié

Evento ocorrerá intermédio da Secretaria de Cultura. Foto: Secom

Em parceria com a Prefeitura Municipal de Jequié, por intermédio da Secretaria de Cultura e Turismo, dando cumprimento ao parágrafo 2º da Lei Municipal 1.911/2013, foi discutido na quarta-feira (11), na sede da Secretaria, o projeto para a execução do Encontro Nacional de Motociclistas, previsto para ser realizado na Praça da Bandeira, no período de 6 a 9 de setembro deste ano, com a participação de dezenas de expositores e de centenas de motociclistas locais e de várias regiões do Brasil. Segundo a União dos Motociclistas de Jequié, entidade sem fins lucrativos, responsável direta pela execução do evento, a estimativa de público é de cerca de oito mil pessoas por dia. Para o secretário de Cultura e Turismo, Alysson Andrade, o apoio da Prefeitura de Jequié ao Encontro Nacional de Motociclismo se dá por entender a relevância da proposta, no sentido de fomentar a economia, a cultura, o comércio e o turismo de eventos no âmbito do município. Ainda segundo o secretário, a Lei Municipal nº 1.911/2013, de autoria do prefeito, Sérgio da Gameleira, tratou de inserir o evento no Calendário Oficial do Município, cabendo ao Poder Executivo apoiar a realização do mesmo, no que for possível do ponto de vista do investimento financeiro, especialmente no tocante a infraestrutura necessária e a cessão provisória do solo público da Praça da Bandeira. De acordo com o presidente da União dos Motociclistas de Jequié, o advogado Osvaldo Neto, esta edição do Encontro pretende retomar o evento para que ele volte a ser realizado com mais força, a partir de agora. A programação oficial, com shows musicais, dentre outras atividades, será elaborada e divulgada pela União dos Motociclistas de Jequié. A entidade deverá oficiar, ainda, aos órgãos de segurança e saúde pública, para que estes possam oferecer o suporte necessário durante o evento.

Mais de 6 milhões de pessoas ainda não se vacinaram contra gripe, diz Ministério da Saúde

/ Jequié

Mais de 6 milhões de pessoas que pertencem aos chamados grupos prioritários ainda não se vacinaram contra a gripe este ano. De acordo com o Ministério da Saúde, gestantes e crianças foram os que menos procuraram as salas de imunização, com cobertura de 76,4% e 73,6%, respectivamente. Ao todo, 493.710 grávidas e 3,3 milhões de crianças com idade entre 6 meses e 5 anos ainda não receberam a dose. Segundo o último boletim epidemiológico da pasta, 50,4 milhões de pessoas foram imunizadas. Desse total, 20,2 milhões são idosos; 4,4 milhões, trabalhadores da saúde; 2,2 milhões, professores; 358,9 mil, puérperas (até 40 dias de pós-parto) e 643,3 mil, indígenas. Conforme o balanço, em todos esses grupos, atingiu-se a meta de vacinação, fixada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 90%. Desde o dia 25 de junho, os municípios que ainda tinham doses da vacina contra a gripe disponíveis estenderam a imunização também para crianças de 5 a 9 anos e para adultos de 50 a 59 anos, conforme recomendação do governo federal. Nesses dois grupos, já foram aplicadas 997.182 doses, sendo 411.474 em crianças e 585.708 em adultos.

SAC Móvel atende moradores de Jaguaquara a partir desta sexta-feira, no bairro Muritiba

/ Jaguaquara

Carreta do SAC atende na Muritiba. Foto: Blog Marcos Frahm

Unidade móvel da Rede SAC visita o Vale do Jiquiriçá, e os serviços serão oferecidos até amanhã, em Jaguaquara. Uma carreta do SAC atende a população jaguaquarense nesta sexta-feira (13) e sábado (14). A população poderá emitir carteira de identidade (RG), certidão negativa de antecedentes criminais e CPF, além de ter acesso a serviços da Previdência Estadual e Ouvidoria Geral do Estado (OGE). O atendimento acontece sempre das 8 às 18h, sem intervalo para o almoço, através de senhas distribuídas pela equipe da unidade, ao lado da Igreja Matriz, na Avenida 2 de Julho, no bairro Muritiba.

Jequié: Representantes do Banco de Desenvolvimento Econômico apresenta linhas de crédito ao prefeito

/ Jequié

Representantes do BNDES se reúnem com Sérgio da Gameleira

Representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), esteve reunida na manhã desta quinta-feira (12), com o prefeito Sérgio da Gameleira, vice-prefeito Hassan Iossef,  secretários e vereadores, oportunidade em que foram apresentadas diversas linhas de financiamento disponíveis para que o município invista nas áreas de Infraestrutura, para requalificação urbana; de Serviços Públicos, para modernização da iluminação pública, mobilidade e segurança pública; além de Saúde, Esporte, Cultura e Desenvolvimento Social. A instituição financeira esteve representada pelo chefe do departamento do Departamento de Originação Nordeste, Caio Cavalcanti e a economista da Área de Fomento e Originação de Negócios, Adriane Carine Bezerra de Melo  Silveira. O prefeito Sérgio da Gameleira, a disponibilização de linhas de crédito pelo BNDES ao município de Jequié, está sendo possível em razão do trabalho desenvolvido pela atual gestão, de  recuperação do Cadastro Único de Convênios (CAUC), após anos negativado, e,  “pelos esforços que vêm sendo feitos para a retomada do crescimento, a partir do resgate do respaldo e do crédito junto aos bancos credores, o município de Jequié voltou a se tornar um lugar propício aos investimentos externos estratégicos de médio prazo”, disse o prefeito.

Após se dedicar aos estudos por três anos, estudante é aprovado em medicina na Uefs

/ Educação

Estudante Lucas Lins passou em medicina. Foto: Reprodução/TV Subaé
 Após se dedicar aos estudos por três anos, o jovem Lucas Lins realizou o sonho de conseguir uma vaga no curso de medicina em uma instituição pública, no mês passado, aos 20 anos. O estudante é um dos aprovados no vestibular 2018.2 da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Antes de conseguir a vaga, Lucas foi aprovado em outros oito vestibulares públicos, mas optou por continuar tentando alcançar o curso de medicina. O objetivo dele é se formar e, em seguida, se especializar em oncologia. Integrante de família simples, o estudante sacrificou os finais de semana e deixou de lado as festinhas e as saídas com os amigos, para conseguir entrar no curso. Lucas terminou o ensino médio em 2015. Desde então, ele tem tentado realizar o sonho. “No início, eu começava a estudar 14h por dia. Então, eu ficava bastante cansado, mas tudo valeu a pena. Hoje, parece que não foi nada. Compensou bastante ver o resultado, o nome na lista lá. Foi maravilhoso”, contou Lucas Lins. O estudante fez o ensino fundamental e o médio na escola pública. Ex-aluno do Colégio Estadual Gastão Guimaraes, em Feira de Santana, Lucas é orgulho para os professores e para direção da instituição, junto com outros estudantes que saíram da unidade. Neste ano, dez alunos da turma de 2017 do colégio também garantiram vaga em um dos cursos da Uefs. Entre eles estão Vitória Machado, que passou pra pedagogia; Evelin Suzart, aprovada em engenharia da computação; Denysson Wandyson, que vai entrar em bilogia; Alan Souza, que foi aprovado em licenciatura em música; e Pablo Lima, que passou pra educação físca. “Muito esforço, muito estudo, muita dedicação. Abri mão de tudo”, disse Vitória Machado. “Estudava até tarde todo dia. Não tinha folga”, contou Evelin Suzart. Apesar de se dedicarem aos estudos, os jovens aprovados dizem que o mérito não é só deles. Eles fazem questão de mencionar o esforço da família e a atuação dos professores. “Quando você encontra professores, a família lhe estimula a uma busca por isso, que lhe inspira, aí tudo se torna mais fácil”, falou Denysson wandysson. O estudante Alan Souza também reforça o estímulo. “Geralmente, aqui, muitos professores nos alertavam: ‘olha, faça o que você gosta’. Tive muitos professores dedicados, que faziam por amor mesmo”, disse. Outros estudantes que também sonham com a aprovação em vestibulares no futuro, encontram nos jovens aprovados um exemplo a ser seguido. “É muito gratificante ter essa honra, de passar no vestibular e concorrer à uma bolsa integral”, falou a estudante Isabelle, de 11 anos. Orgulhosa, a diretora da instituição, Alfreda Xavier, comentou as aprovações. “Nós ficamos muito felizes com esse grande número de aprovação na universidade pública. Saindo da escola pública para a universidade pública. É uma parceria. Tem que andar junto a família com a escola. Não adianta só estudar na escola e não ter a base em casa, com os pais ajudando e dando todo o apoio que necessitam para essa vitória”, relatou a diretora do colégio. G1

Acusado de enriquecimento ilícito, prefeito da cidade de Madre de Deus é afastado do cargo

/ Justiça

Jeferson Andrade (DEM) é afastado pela Justiça. Foto: Candeias Mix

O prefeito de Madre de Deus, Jeferson Andrade (DEM), foi afastado do cargo na noite desta quarta-feira (11). Envolvido em polêmicas, o democrata foi alvo de um pedido de afastamento por parte do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), acusado de ”enriquecimento ilícito” ocorrido entre 2010 e 2012. Ele também foi alvo de um processo de afastamento na Câmara Municipal. A decisão é do juiz Glauco Dainese de Campos, atendendo ao pedido do MP. ”Ante o exposto, defiro as liminares vindicadas e determino o afastamento cautelar imediato do Prefeito Municipal de Madre de Deus, Sr. Jeferson Andrade Batista, do vereador Anselmo Duarte Ambrozzi Da Silva e dos servidores Adailton Cosme dos Santos, Tânia Maria Pitangueiras de Jesus, Jibson Coutinho de Jesus, sem prejuízo da remuneração, com fundamento no parágrafo único do art. 20 da Lei n. 8429/1992”, escreveu o magistrado na sentença.

Proposta para dar título de cidadão de Itabuna ao prefeito ACM Neto é barrada na Câmara

/ Política

Câmara de Itabuna veta título a ACM Neto. Foto: Reprodução

A secretaria parlamentar da Câmara de Itabuna vetou uma proposta para conceder título de cidadão itabunense ao prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas ACM Neto. Isso porque ele já foi agraciado com a honraria em 2010. O autor da medida, vereador Enderson Guinho (PDT), alegou que está no seu primeiro mandato e desconhecia a homenagem que ocorreu oito anos atrás, na história recente do Legislativo. Neto receberia o ”segundo” título no dia 26 de julho, em uma sessão especial, às 19h, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) de Itabuna, dentro das comemorações pelo aniversário de 108 anos de emancipação política da cidade. A informação da seção do título foi divulgada na imprensa local na manhã desta quinta-feira (12), mas precisou ser corrigida por conta da duplicidade da matéria. Se pudesse ganhar os holofotes, ACM Neto se juntaria a três aliados que poderão, sem impedimentos, ganhar a cidadania itabunense: Zé Ronaldo, pré-candidato ao governo da Bahia pelo DEM, João Gualberto, deputado federal (PSDB-BA), e Jutahy Magalhães, pré-candidato ao Senado pelo PSDB. Os dois primeiros foram indicados pelo vereador e presidente da Câmara Chico Reis (PSDB). Já Jutahy, é uma sugestão do ex-vereador Zé Silva, do PSDB, que foi aprovada na gestão anterior, mas que ainda havia sido entregue. As informações são do Bocão News

Em Pernambuco, PSB do governador Paulo Câmara ignora Executiva Nacional e declara apoio a Lula

/ Política

Governador do Pernambuco, Paulo Câmara, com Gleisi Hoffman

O governador de Pernambuco e vice-presidente nacional do PSB, Paulo Câmara, declarou nesta quinta-feira (12), que apoiará a candidatura do ex-presidente Lula, condenado e preso pela Operação Lava Jato, mesmo que o PT tenha candidatura própria ao governo do Estado nas eleições 2018. O apoio ao petista foi declarado após um café da manhã de Câmara com a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, no Palácio do Campo das Princesas. O pessebista disse que entende as dificuldades do seu partido, que já tem candidaturas majoritárias em vários Estados, mas que é preciso defender a aliança com o ex-presidente Lula “por tudo que ele fez por Pernambuco”. No Estado, o PT se divide entre lançar candidatura própria, da vereadora Marília Arraes, ou compor a chapa do Câmara, pré-candidato à reeleição. “O PSB é um partido democrático, e vamos respeitar tudo isso. Mas, no âmbito da nossa direção estadual, vamos levar ao Congresso (do partido, marcado para 5 de agosto) esse posicionamento em favor da aliança formal com o PT”, afirmou. Câmara afirmou acreditar que não está isolado dentro de seu partido nessa costura com o PT, embora boa parte do PSB declare nos bastidores apoio ao pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes, com quem o governador pessebista esteve na quarta-feira, em Brasília. Segundo Câmara, a ala pernambucana do PSB “é a maior” da legenda e conta com “o apoio dos outros Estados do Nordeste e alguns do Norte e do Centro-Oeste”. O pessebista, no entanto, pondera que o PSB está “olhando várias hipóteses”, incluindo a de seguir no caminho da neutralidade. “Dependendo das discussões, se a neutralidade for majoritária a gente tem que entender isso”, declarou. A senadora Gleisi Hoffmann, que na quarta-feira se reuniu com a cúpula do PT em Pernambuco, elogiou o posicionamento “firme” de Câmara na defesa do presidente Lula, mas afastou a possibilidade de alianças somente em âmbito estadual. “Acho que nós temos que fazer um esforço para formatar o campo (de centro-esquerda) muito firme para resgatar o Brasil. Temos a convicção no PT de que Lula é o condutor desse projeto que pode tirar o País da crise, por isso nossa insistência que o PSB possa estar com a gente (numa aliança nacional)”, disse a petista. Demonstrando inflexibilidade na construção de coligações estaduais, a senadora rechaçou a possibilidade de retirar a pré-candidatura de Luiz Marinho (PT) ao governo de São Paulo para apoiar Márcio França (PSB), como noticiou a Coluna do Estadão nesta quinta-feira. De acordo com Gleisi, essa possibilidade “nunca foi uma pauta colocada” e, em São Paulo, a prioridade do PT é outra. “Nós não chegamos a conversar isso até pelo posicionamento do governador Márcio França, que nós respeitamos. Lá, o nosso adversário é o PSDB, é (João) Doria. Essa gente que está dando sustentação à política do (presidente) Michel Temer, como aqui em Pernambuco com Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB), pessoal que ajudou a desmontar as políticas importantes para a vida do povo”, disse. Gleisi voltou a criticar a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, acusando-a de parcialidade por acusar o desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) Rogério Favreto de prevaricação ao conceder habeas corpus favorável a Lula no domingo. “Raquel não deveria tomar partido. Quero saber se a PGR vai investigar (o juiz federal Sérgio) Moro por desobediência e interferência administrativa na condução da Polícia Federal na articulação com o TRF-4? Acho que se a PGR quiser ter respeito neste País, ela tem que ser isenta”, declarou. Gleisi segue viagem ainda nesta quinta-feira para a Paraíba, onde deve se encontrar com lideranças do PT e com o governador Ricardo Coutinho (PSB). Na sexta-feira, a expectativa é que ela desembarque na Bahia.