Valor do Bolsa Família tem reajuste de 5,67% e sobe para R$ 187; famílias baianas têm reajuste

/ Bahia

O valor do benefício médio do Bolsa Família será reajustado em 5,67% e, na Bahia, o incremento representa uma suplementação prevista de R$ 17,6 milhões a mais, por mês, na folha de pagamento do programa. Até o fim do ano, o reajuste destinará cerca de RS 105,6 milhões a mais às famílias beneficiárias. Os valores passam a valer a partir deste mês. Em junho, o programa destinou R$ 322,9 milhões às mais de 1,8 milhão de famílias do Estado que recebem o benefício. Na Bahia, o valor médio do benefício pago é de R$ 177,95 e aproximadamente 35,8% da população é beneficiária do Bolsa Família. O reajuste nos valores pagos pelo programa foi anunciado no dia 30 de abril e o impacto estimado é de R$ 684 milhões no país. Esse é o segundo aumento concedido durante a gestão do presidente Michel Temer. O primeiro foi anunciado em junho de 2016 e aumentou em 12,5% o valor do benefício médio. Para o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, o reajuste superior à inflação mantém o poder de compra dos alimentos – a inflação acumulada, nos últimos 12 meses, foi de 2,86%. O Bolsa Família é um programa de transferência de renda criado pelo Governo do PT para contribuir com o combate à pobreza e à desigualdade no Brasil.  As famílias interessadas em receber o benefício devem se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O cadastramento pode ser feito nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) ou na gestão municipal do Bolsa Família e do Cadastro Único. O programa foi criado  pela Lei nº 10.836/2004, na gestão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, e atende às famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza. Podem fazer parte do Programa: todas as famílias com renda por pessoa de até R$ 85 mensais e famílias com renda por pessoa entre R$ 85,01 e R$ 170 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.

Jaguaquara: Prefeito diz que mais de R$ 7 milhões de convênios foram aprovados para pavimentar 58 ruas

/ Jaguaquara

Obras de pavimentação começam no bairro Cruzeiro. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jaguaquara, por meio de nota enviada ao Blog Marcos Frahm, anunciou, nesta quarta-feira (4), que iniciou obras de pavimentação em paralelepípedo que irão contemplar 58 vias, em diferentes áreas do município, localizadas nos distritos de Itiúba, Stela Dubois e, na sede, nos seguintes bairros: São Jorge, Cruzeiro, Lagoa, Malvinas I e II, Popular, Palmeira, Nova Jaguaquara e Muritiba. O prefeito Giuliano Martinelli disse que a gestão vem desenvolvendo um minucioso trabalho de captação de recursos com aprovação de convênios para as obras de pavimentação, cujo valor total chega a 7.500.000 (sete milhões e quinhentos mil reais), destinados através de emendas parlamentares do deputado federal Cacá Leão. ”Jaguaquara tem sido agraciada com muitas obras, e eu digo sempre que, as coisas, só acontecem no tempo certo. Essas emendas são destinadas pelo deputado Cacá Leão, fruto de uma parceria com o nosso município e esse trabalho de pavimentação das ruas, que vai melhorar a qualidade de vida do nosso povo é o resultado das nossas idas e vindas a Brasília”, disse o chefe do Executivo em nota pública.

Jaguaquara: Enfim, recuperação da BR-420 após erosão começa depois de quatro meses

/ Jaguaquara

Empresa contratada pelo DNIT para obra. Fotos: Blog Marcos Frahm

Depois de quatro meses de espera, enfim, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT iniciou a recuperação do trecho da BR-420, no perímetro urbano do município de Jaguaquara/Bairro Malvina após erosão provocada pelas chuvas do mês de Março, resultando na interdição parcial da rodovia. Máquinas e homens da empresa Souza Reis, contratada pelo DNIT, já estão atuando no local. A erosão destruiu parte do barranco às margens da estrada e comprometeu o pavimento da BR-420.

Erosão provocou deslizamento em barranco às margens da estrada

O problema se tornou objeto de críticas, por parte de moradores do entorno e de motoristas que utilizam o trecho. Na ocasião, a Prefeitura de Jaguaquara, que também foi alvo de críticas,  acionou, por meio da Defesa Civil local o DNIT para solucionar o problema e fez o isolamento da área danificada.

Preço do gás de cozinha aumenta 4,4% a partir desta quinta-feira; Petrobras anuncia reajuste

/ Economia

A Petrobras reajustou hoje (4) o preço do gás de cozinha (GLP) em 4,4%. O botijão de 13 quilos passa a valer R$ 23, 10 a partir de amanhã (5). No acumulado do ano, o GLP apresenta aumento de 5,2%, se comparado ao preço praticado em dezembro do ano passado. A estatal informou que o reajuste ocorre devido à desvalorização do real frente ao dólar, que apenas entre março a junho foi de 16%, e ao reajuste de 22,9% do preço do GLP no mercado internacional no mesmo período.

Prefeitura de Jequié anuncia que SUMTRAN dará início ao processamento de multas de trânsito no dia 9

/ Jequié

Prefeitura fará controle do trânsito na cidade. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, anunciou nesta terça-feira (3),  através do seu site oficial que a Superintendência Municipal de Trânsito, a SUMTRAN, iniciará na próxima segunda-feira (9), a adoção do  sistema de processamento e controle das multas de trânsito. O sistema foi desenvolvido pela empresa Tivic – Tecnoligia e Informação LTDA, que ministrou treinamento de capacitação aos agentes de trânsito do município, com orientações nas áreas de Legislação de Trânsito, Noções de Engenharia de Tráfego e Sinalização de Trânsito, Legislação de Trânsito Aplicada, Ética e Cidadania, Psicologia Aplicada, O Papel Educador do Agente, Língua Portuguesa, Operação e Fiscalização de Trânsito, Prática Operacional. O sistema de processamento utilizado em Jequié, é semelhante ao utilizado pela Polícia Rodoviária Federal-PRF e permite que a multa seja emitida na hora exata da ocorrência e entregue ao infrator efetuando, assim, um controle imediato das infrações de trânsito, no âmbito do município. Os agentes estarão portando um computador portátil, modelo tablet, onde estarão os programa de acesso ao sistema e onde serão gerados o talonário eletrônico. A partir do encaminhamento da multa, emitida através do novo sistema de processamento, o condutor poderá contestar a penalidade de multa recebida procurando a Junta Administrativa de Recursos de Infração (JARI), que é um órgão autônomo e responsável pelo julgamento dos recursos interpostos contra a decisão da autoridade do trânsito que impôs a penalidade.

Operação da Polícia Civil apreende carga de drogas avaliada em R$ 300 mil em Feira de Santana

/ Polícia

Maconha, crack e cocaína foram apreendidos. Foto: SSP/BA

Uma carga de drogas avaliada em R$ 300 mil foi localizada, na manhã desta quarta-feira (4), em Feira de Santana. Equipes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE/Feira de Santana) encontraram uma mulher com 26 tabletes de cocaína, maconha e crack. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), os investigadores encontraram a carga de drogas, no bairro Conjunto Feira V, após denúncias anônimas. No imóvel, Karolina de Jesus Correia, 30 anos, foi flagrada com 14 tabletes de maconha, 11 de crack e um de cocaína. Os delegados e investigadores da DTE/Feira de Santana buscam agora os comparsas de Karolina.

Funcionária grávida receberá R$ 10 mil por ser obrigada a não trabalhar por 6 meses

/ Justiça

Uma operadora de call center que foi obrigada a ficar ociosa, ou seja, sem trabalhar, por meses durante o expediente será indenizada pela empresa na qual trabalhava por danos morais. A decisão é da 1ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5), que entendeu que a funcionária era assediada na empresa e tem direito a receber R$ 10 mil pelos transtornos. A funcionária da Atento Brasil S/A alegou no processo (nº: 0000108-98.2016.5.05.0003) que a empresa comunicou algumas vezes que ela seria desligada, mas voltava atrás da decisão, o que lhe provocava insegurança. Nessas ocasiões, o sistema Distribuidor Automático de Chamadas (DAC) ficava por dias sem funcionar, o que a deixava sem atividade. Em março de 2014, a operadora descobriu que estava grávida. Segundo ela, teve novamente sua despedida anunciada e o seu DAC bloqueado. Mais uma vez, a Atento recuou suspendendo a despedida. ”Durante os nove meses em que esteve grávida a empresa não permitiu que a autora trabalhasse, esta só batia o ponto, ficando o dia todo sentada. (…) Com esse quadro de inatividade forçada, a reclamante passou a ser alvo de chacota dos demais colegas”, alega a sua advogada. O fato de ela não receber ligações foi confirmado por testemunha. Já o representante da empresa disse, em audiência, não saber se a trabalhadora ficou ou não sem atender no período. Para o juiz da 3ª Vara do Trabalho de Salvador, ”qualquer trabalhador que permaneça em ociosidade sem qualquer motivo aparente, por determinação do empregador, tem a sua dignidade violada”. O magistrado fixou uma indenização de R$ 3.378,65, cinco vezes o valor do salário que a operadora recebia em março de 2014. No julgamento do recurso, a desembargadora relatora Suzana Inácio decidiu por aumentar o valor da indenização para R$ 10 mil por entender que o valor anteriormente fixado não ressarcia a agressão sofrida. ”Restou demonstrado que a trabalhadora permaneceu ociosa, por culpa da empregadora, por, pelo menos, cinco meses, caracterizando a conduta abusiva da empregadora ou de seus prepostos, expondo-a de forma reiterada, a situações vexatórias, humilhantes e constrangedoras, as quais atentaram contra a sua dignidade e integridade psíquica”, diz. O voto da relatora foi acompanhado por unanimidade pelos desembargadores Luiz Roberto Mattos e Edilton Meireles. Ainda cabe recurso.

Atacante Douglas Costa se recupera e poderá ficar no banco no jogo contra a Bélgica

/ Esporte

Douglas se destacou no trabalho de chutes a gol. Foto: FIFA

O atacante Douglas Costa poderá ser a novidade no banco da Seleção Brasileira no jogo contra a Bélgica pelas quartas de final da Copa do Mundo na sexta-feira (6), às 15h, em Kazan. A definição caberá ao técnico Tite (Adenor Leonardo Bachi). O jogador teve uma boa participação na vitória por 2 a 0 sobre a Costa Rica na fase de grupo. Mas, após o jogo, reclamou de dores na coxa direita e ficou à disposição do departamento médico. Quem também está liberado para jogar é o lateral-esquerdo Marcelo. Nessa terça-feira (3), Douglas Costa foi liberado pelo médico Rodrigo Lasmar e voltou aos treinos no campo do centro de treinamento do Brasil em Sochi. O atacante se destacou no trabalho de chutes a gol, mostrando bom índice de acerto e boa movimentação. Os jogadores que ficaram na reserva ou entraram durante a partida contra o México participaram também das atividades. Já os atletas que jogaram toda a partida fizeram apenas trabalho de regeneração. Os goleiros Alisson, Cássio e Ederson tiveram atividades com o preparador Taffarel. Hoje (4), a seleção treina às 17h (horário de Sochi). Na quinta-feira (5), toda a delegação deixa Sochi. A viagem para Kazan está marcada para as 9h (horário local), às 15h no horário de Brasília. Na cidade de Kazan, todos ficarão hospedados no Mirage Hotel.

Presidente do Real convoca empresário de Cristiano Ronaldo para tentar renovar contrato

/ Esporte

Presidente do Real Madrid, Florentino Pérez. Foto: Reprodução

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, agendou uma reunião hoje (4) com o empresário do atacante português Cristiano Ronaldo para tentar uma renovação do contrato do atleta com o time madrilenho. Segundo o jornal espanhol Marca, o agente do craque, Jorge Mendes, estava fora da Espanha e foi convocado com urgência para o encontro. Ronaldo entrou na mira da Juventus, da Itália, que teria oferecido 100 milhões de euros (cerca de R$ 450 milhões) pelo português. Após a notícia da proposta, Pérez igualou a proposta feita pelo time italiano com 30 milhões de euros (aproximadamente R$ 136,5 milhões) líquidos por ano.

Executivos da Philips e da GE estão entre os presos em nova fase da operação Lava-Jato

/ Polícia

Preso é levado para a Superintendência da PF. Foto: Estadão

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro em conjunto com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Controladoria-Geral da União (CGU), a Receita Federal e a Polícia Federal deflagraram nesta terça-feira (4), a Operação Ressonância, desdobramento da Fatura Exposta, braço da Lava-Jato no Rio. A ação mira contratos na área da saúde celebrados pelo Estado do Rio de Janeiro e pelo Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into). A 7ª Vara Federal Criminal autorizou a prisão preventiva de 13 pessoas e a temporária de nove, além da busca e apreensão em 44 endereços. Também foi decretado o bloqueio de bens dos investigados no valor de R$ 1,2 bilhão. Entre os presos estão o empresário Miguel Iskin, que foi solto por decisão do ministro do STF Gilmar Mendes em outubro de 2017, o executivo da Philips Frederik Knudsen e Daurio Speranzini Júnior, ex-executivo da Philips e atual CEO da General Electric (GE) para a América Latina. A reportagem está buscando contato com as defesas e o espaço está aberto para suas manifestações. De acordo com a Procuradoria da República no Rio, a partir das investigações da operação Fatura Exposta, órgãos de controle como o Conselho de Defesa Administrativa (Cade), o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Controladoria Geral da União (CGU) uniram esforços e identificaram um cartel de fornecedores que atuou entre os anos de 1996 e 2017 no Into. A empresa Oscar Iskin, do empresário Miguel Iskin, era a líder do cartel formado por pelo menos 33 empresas, algumas delas atuando como laranjas das demais, que se organizavam no chamado “clube do pregão internacional”. Em representação ao juiz federal Marcelo Bretas, a força-tarefa da Operação Lava-Jato do Rio apontou a “participação de Frederik Knudsen, executivo da Philips, em crimes de corrupção, fraudes a licitações e organização criminosa, existindo, ainda, provas sobre a atuação pretérita do investigado para impedir que os fatos criminosos pudessem ser conhecidos por terceiros”. A PF põe o empresário Miguel Iskin, alvo de novo decreto de prisão nesta quarta, como “líder” dos desvios de verbas públicas para a Saúde do Rio. De acordo com a Procuradoria, Frederik Knudsen era supervisor de vendas da Philips à época dos fatos e articulou as vendas de equipamentos para o Poder Público com Gaetano Signorini, funcionário da Oscar Iskin — empresa de Miguel —, e mesmo alertado por uma testemunha acerca dos flagrantes indícios de fraude a licitação e superfaturamento, orientou o seu funcionário a prosseguir com tais práticas”. “Vale dizer, portanto, que Frederik Knudsen tinha absoluto conhecimento do esquema fraudulento idealizado por Miguel Iskin para as contratações com o Poder Público e pagamentos de vultosas comissões no exterior para as empresas Avalena e Moses Trading”, diz a Procuradoria. Para os procuradores, Frederik “continua atuando em concurso com Antonio Georgete, acusado de intermediar contratos, nas negociações com o Poder Público”, como ilustram e-mails obtidos pelos investigadores. Segundo a Procuradoria, Dario Speranzini Junior “era CEO da empresa Philips Medical System à época dos fatos e atualmente exerce as funções de CEO da GE Healthcarena América Latina, empresa que também foi citada pelo delator Cesar Romero como integrante do denominado ‘clube do pregão internacional”. “De fato, da análise das provas colhidas a partir da medida cautelar de quebra telemática autorizada nos autos especialmente em relação ao conteúdo da conta (…) utilizada por Miguel Iskin, foi possível identificar que Daurio Speranzini Júnior permaneceu realizando as contratações espúrias com o poder público (Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro) por intermédio da Oscar Iskin”, diz a força-tarefa. A Procuradoria também obteve e-mail em que são “debatidas questões a respeito da certificação de um equipamento vendido pela GE para a Secretaria de Saúde por intermédio da Oscar Iskin, especialmente com a atuação de Miguel Iskin, e seus funcionários Gaetano Signorini e Marcus Vinícius”. “Assim, como comprovado ao longo dessa medida cautelar, existem provas de que Daurio Speranzini Jr., na qualidade de executivo máximo da Philips tinha plena ciência das fraudes a licitações praticadas em conluio com Miguel Iskin e seus funcionários Marco Antônio Almeida, Marcus Vinícius Almeida e Gaetano Signorini, por intermédio da empresa Rizzi Comércio e Importação, Exportação e Representação”, afirmam os procuradores. A força-tarefa ainda destaca que “mesmo alertado por um dos funcionários da empresa acerca das fraudes, optou por manter os contratos com o Poder Público e buscar eximir a empresa de qualquer responsabilidade sobre as vendas superfaturadas, apresentando requerimento de exclusão da Philips do contrato firmado com o Ministério da Saúde”. “A situação se reveste de maior gravidade se observado que mesmo após a investigação interna ocorrida no âmbito da empresa, que culminou com a saída de Daurio Speranzini Júnior, este ingressou em outra empresa da área de saúde por meio da qual permaneceu com as práticas ilícitas relativas à contratação com o Poder Público por intermédio da Oscar Iskin”, afirma o Ministério Público Federal. Com informações do Estadão

ACM Neto se reúne com Ciro Gomes e cúpula do DEM se divide entre Geraldo Alckmin e Ciro

/ Política

Candidatura do demista Rodrigo Maia não avança. Foto: Democratas

O prefeito ACM Neto (DEM) irá se reunir na noite desta quarta-feira (4) para uma segunda conversa com o presidenciável do PDT, Ciro Gomes. Neto teve um jantar na noite desta terça-feira (3) com o pré-candidato do PSDB, Geraldo Alckmin.  O primeiro encontro entre Ciro e o presidente nacional do DEM foi no último dia 19 de junho e ocasionou uma divisão no partido. De acordo com informações de bastidores, a cúpula do DEM se divide entre apoiar Alckmin ou Ciro.

Alckmin minimiza resultado de pesquisas e enaltece alianças por tempo de rádio e TV

/ Política

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, minimizou mais uma vez, nesta quarta-feira, 4 os resultados das pesquisas eleitorais. Diante de representantes da indústria, o tucano tentou mostrar otimismo e procurou enaltecer suas alianças partidárias, que devem garantir maior tempo em propaganda de rádio e televisão durante a campanha eleitoral. O evento é promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília, e tem como objetivo apresentar aos presidenciáveis propostas do setor para as eleições 2018. O desempenho de Alckmin nas pesquisas eleitorais tem incomodado parte do tucanato. Levantamento Ibope divulgado semana passada indica o tucano com 6% das intenções de voto no cenário sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato, e com apenas 4% no pesquisa com petista. “Vou ganhar a eleição para mudar esse País. A eleição só vai começar depois do horário de rádio e televisão, aí sim o voto se define”, disse. “Não tenho menor preocupação neste momento com (resultado) de pesquisa eleitoral. A campanha não começou. Nenhum pré-candidato tem (aliança) com dois partidos. Nós já temos (acordo) bem encaminhado com cinco partidos, o que nos dá 20% do tempo de rádio e televisão”, destacou. O pré-candidato do PSDB também criticou, sem fazer referências diretas, o que chamou de “novo” na política. “Todo mundo quer o novo (na política). O novo é a idade? É nunca ter disputado uma eleição? Não ter nenhuma experiência? O novo no Brasil é defender o interesse coletivo. Quero ser presidente para mudar para recuperar o coletivo”, afirmou. Em relação às propostas econômicas de seu programa de governo, Alckmin citou o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao defender uma redução no imposto de renda para pessoa jurídica. “Vou reduzir o imposto de renda da pessoa jurídica. Veja que nos EUA o presidente Trump reduziu o imposto corporativo. Temos de estimular novos investimentos. Venha para cá. Para investir. Quem vai se beneficiar com isso é a dona Maria e o seu José, com preços mais baixos”, defendeu. Alckmin também criticou o momento protecionista do mercado internacional, dizendo que irá defender o produto brasileiro por “terra, mar e ar”. “Vamos defender o produto brasileiro num momento em que o mundo está tendo um momento protecionista equivocado. Pretendo também abrir uma negociação com o TPP (Acordo Transpacífico de Cooperação Econômica), com os 11 países”, disse.

Greve dos caminhoneiros fez produção industrial brasileira recuar 10,9% de abril para maio

/ Brasil

A produção industrial brasileira caiu 10,9% em maio deste ano, na comparação com abril. Foi a maior queda do indicador desde dezembro de 2008, com recuo de 11,2%. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a queda foi motivada principalmente pela paralisação dos caminhoneiros no final de maio, que afetou o processo de produção em várias unidades industriais do país. Na comparação com maio do ano passado, o recuo chegou a 6,6%, o mais intenso desde outubro de 2016, que foi de 7,3%, interrompendo 12 meses consecutivos de altas. Apesar disso, a indústria brasileira ainda acumula altas de 2% no ano e de 3% em 12 meses. “A greve desarticulou o processo de produção em si, seja pelo abastecimento de matéria prima, seja pela questão da logística na distribuição. A entrada do mês de maio caracterizou uma redução importante no ritmo de produção”, explicou o coordenador da pesquisa André Macedo. O patamar de produção industrial retornou a um nível próximo ao de dezembro de 2003, ficando 23,8% abaixo do recorde alcançado em maio de 2011.