Rádio de Irecê e prefeito trocam acusações e gestor chama dono da emissora de bandido

/ Imprensa

Elmo Vaz, de Irecê, em conflito com emissora rádio. Foto: Reprodução

Uma rádio de Irecê e o prefeito do município, Elmo Vaz, entraram em conflito nos últimos dias e vem trocando acusações de perseguição política. Segundo a diretora de jornalismo da Líder FM, Débora Suellen, a retaliação contra a emissora teve início em razão de críticas feitas à gestão municipal. Elmo nega a acusação e diz que a rádio se posiciona contra ele desde a última eleição. O primeiro caso de retaliação contra a Líder FM teria acontecido no domingo (29). Débora relata que a rádio foi obrigada pela prefeitura a retirar um painel de LED com publicidade localizado no centro da cidade. ”Foi a forma que ele encontrou para coagir a imprensa para que ela não continue fazendo críticas”, argumentou em entrevista ao site Bahia Notícias nesta terça-feira (31). Nos últimos dias, também veio à tona um texto atribuído a Elmo com críticas à Líder FM. A mensagem foi compartilhada em um grupo no WhatsApp da União das Prefeituras do Platô de Irecê (Unipi). ”Enquanto emissoras de rádio continuarem fazendo o que fazem e sempre fizeram com os prefeitos e todos continuarem olhando cada um pra seu umbigo seremos todos reféns delas e cada vez mais desmoralizados”, diz o texto. ”Se a Unipi nada pode fazer, estou informando meu desligamento da instituição e vou cuidar da minha vida”, ameaçou. De acordo com Débora, nenhum dos prefeitos demonstrou apoio à mensagem de Elmo. Ao Bahia Notícias, o prefeito de Irecê admitiu ter desentendimentos com o dono da Líder FM, mas negou perseguição contra a rádio e ter participação na retirada da placa de LED. ”Desde do dia que eu ganhei as eleições ele foi contra mim, apoiou o ex-prefeito”, disse Elmo. “É uma questão política, pessoal. O que eu fiz contra ele? Nada”, garantiu o gestor. Em referência ao dono da emissora de rádio, ele declarou ainda que não vai ”ficar negociando com bandido”.

Rui diz que Aline Peixoto deu grandes contribuições para a área da saúde no Estado

/ Política

Rui se declara para Aline: ”Me ajudou muito”. Foto: Blog Marcos Frahm

O governador Rui Costa (PT), candidato à reeleição, se declarou para a primeira-dama Aline Peixoto durante a entrevista para o programa ”Se Liga Bocão”, Rádio da Itapoan FM, de Salvador. Em entrevista a emissora na noite desta terça-feira (31), o gestor  afirmou que ela deu grandes contribuições para a área da saúde no Estado. ”Ela como é enfermeira, me influenciou muito na área da saúde. Ela conversa com as pessoas por dentro. Ela me ajudou muito”, declarou Rui durante o papo com Zé Eduardo. Ele também revelou que foi ideia de Aline o mutirão de cirurgias. ”O mutirão de cirurgias, que virou mania no Brasil inteiro, foi uma sugestão dela. Fizemos 15 mil cirurgias em 12 meses. Fez tanto sucesso que cinco estados resolveram seguir o caminho”, bradou.

Revolta dos partidos ”menores” cai como uma bomba na base do prefeito ACM Neto, diz site

/ Política

Liderança de ACM Neto caiu após sua desistência. Foto: bahia.ba

Realizada nesta terça-feira (31), a convenção da coligação proporcional de PPS, PHS e PV caiu como uma bomba na base do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e pode provocar, inclusive, a desistência de pré-candidatos de siglas maiores, como DEM e PSDB, em disputar as eleições. Segundo o site bahia.a, o ato político foi uma mostra de que as legendas menores tendem a cumprir a promessa de não aderir ao ”chapão” defendido pelo prefeito e causou preocupação e desânimo entre muitos pré-candidatos de siglas de maior peso, que temem não conseguir votos suficientes para se eleger no cenário das ”chapinhas”. Apesar de os dirigentes dos menores partidos sinalizarem há meses que não participariam do ”chapão”, as lideranças das maiores legendas imaginavam (ou previam) que Neto conseguiria reverter o cenário. Não foi o que ocorreu. Após anunciar sua desistência em disputar o governo do Estado, o democrata viu sua liderança diminuir – ou ao menos ser ”relativizada” – diante do grupo e os ”nanicos” aproveitaram para ”meter o pé na porta”, incentivados ainda pela necessidade de tempo de televisão da campanha de José Ronaldo (DEM). O Palácio Thomé de Souza e a direção dos ”grandões” ainda tentam modificar o quadro, mas ainda não se sabe se terão sucesso.

Governo Federal vai manter subsídio de R$ 0,46 no preço do óleo diesel até o fim do ano

/ Economia

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse hoje (31) que o governo federal continuará contribuindo com o desconto de R$ 0,46 no preço do diesel. Segundo ele, o subsídio continuará até 31 de dezembro. ”Os R$ 0,46 serão mantidos até o dia 31 de dezembro. Em outras palavras, o subsídio que o governo garantiu aos caminhoneiros vai vigorar até 31 de dezembro de 2018”. Segundo Padilha, agora será feito um cálculo da variação do preço do petróleo e do óleo diesel no mercado internacional. Isso significa que o preço do diesel pode aumentar, a depender do mercado internacional, mas o governo continuará mantendo o desconto de R$ 0,46. Esta é a primeira revisão feita nos preços do combustível desde o acordo entre governo e caminhoneiros. A partir de agora, a revisão será feita de 30 em 30 dias até o fim do ano. ”É óbvio que, se no preço internacional, tivermos variação em cada um dos meses [poderá aumentar o preço]. Depois, [a revisão] será de 30 em 30 dias. Se, nos 30 dias, a avaliação for positiva, poderá haver aumento”, completou o ministro, segundo a Agência Brasil. O desconto de R$ 0,46 sobre o litro do diesel foi um dos pontos negociados pelo governo federal com as lideranças do movimento de caminhoneiros para tentar pôr fim à paralisação iniciada no dia 21 de maio. Na ocasião, milhares de caminhoneiros pararam seus veículos nas estradas e não distribuíram mercadoria, causando crise de desabastecimento de vários itens, como combustível e alimentos, em todo o país.

Presídio de Jequié é alvo de operação da Secretaria de Administração Penitenciária da Bahia

/ Jequié

Operação foi deflagrada no Presídio de Jequié: Foto: Polícia Militar

Uma  operação conjunta entre a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado da Bahia (SEAP/BA), representada pela Coordenação de Monitoramento e Avaliação do Sistema Prisional (COORDIP), foi deflagrada no Conjunto Penal de Jequié e contou com o efetivo de 14 agentes de Inteligência e integrantes do Grupo Especial de Operações Prisionais (GEOP) de Conquista e de Jequié, que participaram com o efetivo de 10 e 08 agentes respectivamente, e a Secretaria da Segurança Pública (SSP/BA), através da CETO do 19° BPM com 40 policiais militares, Cipe Central com 08 policiais militares e a 9° COORPIN com 07 policiais civis, além do diretor da unidade prisional, segundo nota divulgada para a imprensa.

”Esta operação é resultado de um trabalho da Inteligência Prisional da SEAP e de investigações realizadas pela 9°COORPIN, que duraram mais de 33 meses, objetivando não só o cumprimento de mandados de prisão, como também a transferência de ALVOS SENSÍVEIS e LIDERANÇAS NEGATIVAS para o presídio de segurança máxima, o Conjunto Penal de Serrinha. Todos os alvos são considerados pertencentes ao segundo escalão das ORCRIMs que atuam dentro e fora da Unidade Prisional, apontados como executores e mandantes de diversos crimes como homicídios, roubos e tráfico de drogas, utilizando aparelhos celulares e cartas de dentro da Unidade Prisional e, por consequência, são responsáveis pelo aumento dos índices de CVLI na região. Todos possuem ligações com outras ORCRIMs do país como o Primeiro Comando da Capital (PCC) de SP, o Comando Vermelho, (CV) do RJ, o Bonde do Maluco (BDM) da BA e o Raio A de Itabuna/BA. Após as buscas foi realizada a extração dos alvos que seguirão para o Presídio de Serrinha, em regime de RDD, conforme a decisão judicial 0301225-05.2018.8.05.0141, a saber, os internos Jamilson Passos Figueiredo, vulgo “MAMI”, Leonardo de Jesus Lopes, vulgo ”KINHA”, Evair Santos Lima, vulgo “Rasta” e Eliseu Santos Barreto. Foi cumprido ainda mandados de prisão em desfavor dos internos Paulo José dos Santos Pereira, vulgo “PAULO TG”, Jailson Passos Figueiredo, vulgo MAMI, *Mateus Santos Andrade, vulgo Mateus Sherek, este ultimo atualmente custodiado no Conjunto Penal de Serrinha, que são  *alvos sensíveis do Sistema Penitenciário Baiano e João Ricardo Mota”, dia a nota disponibilizada pelo 19º BPM de Jequié.

Motociclista morto em acidente na BR-330 é identificado e sepultado na cidade de Jitaúna

/ Trânsito

Acidente aconteceu entre Jequié e Jitaúna. Foto: Del Santos

A Polícia Técnica de Jequié já identificou e liberou o corpo do motociclista vítima de acidente de trânsito ocorrido ontem na BR-330, no perímetro de Jequié. A vítima, Renato de Jesus Santos, de 26 anos, era morador de Jitaúna, onde foi sepultado nesta terça-feira (31) e conduzia uma motocicleta de placa JRS-5703 que colidiu com uma caminhonete Fiat Toro de placa PKH-1538, de Jequié. As causas do acidente ainda não foram reveladas.

 

Casal fica ferido após caminhão carregado com coco verde tombar no centro-norte da Bahia

/ Trânsito

Caminhão tombou na zona rural de Mundo Novo. Foto: Iuri Cabral

O motorista de um caminhão e a mulher dele ficaram feridos após o veículo tombar na zona rural da cidade de Mundo Novo, centro-norte da Bahia, na manhã desta terça-feira (31).De acordo com a Polícia Militar, o acidente aconteceu na Avenida Luma Alves Barreto, após o condutor do caminhão perder o controle do veículo. Ainda conforme a PM, o casal chegou a ficar preso às ferragens, mas retirado por socorristas e levado para o Hospital Municipal de Mundo Novo. O motorista e a mulher tiveram ferimentos leves e foram liberados da unidade médica após atendimento. G1

Ministério da Saúde quer vacinar 11 milhões de crianças contra sarampo e pólio

/ Saúde

O cirurgião-dentista Ricardo Gadelha, 44 anos, foi diagnosticado com poliomielite pouco antes de completar 2 meses de vida. Em meio às sequelas que a doença deixou, sobretudo nos membros inferiores, ele garante fazer a sua parte pra que a chamada paralisia infantil não volte a fazer novas vítimas. Os filhos de Gadelha, Samuel, 14 anos, e Davi, 11 anos, foram devidamente imunizados contra a pólio. ”Não quero nem desejo essa sequela pra ninguém. Filho protegido é filho vacinado. Nós, pais, temos essa responsabilidade”, reforçou. A partir da próxima segunda-feira (6), todas as crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos devem ser levadas aos postos de saúde para receber a dose contra a pólio e também contra o sarampo. O Dia D de mobilização nacional foi agendado para o dia 18, um sábado, mas a campanha segue até o dia 31 de agosto. A meta do governo federal é imunizar 11,2 milhões de crianças e atingir o marco de 95% de cobertura vacinal nessa faixa etária, conforme recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com o Ministério da Saúde, foram adquiridas 28,3 milhões de doses de ambas as vacinas – um total de R$ 160,7 milhões. Todos os estados, segundo a pasta, já estão abastecidos com um total de 871,3 mil doses da Vacina Inativadas Poliomielite (VIP), 14 milhões da Vacina Oral Poliomielite (VOP) e 13,4 milhões da Tríplice Viral, que protege contra o sarampo, a rubéola e a caxumba. A campanha de vacinação deste ano é indiscriminada, ou seja, pretende imunizar todas as crianças na faixa etária estabelecida. Isso significa que mesmo as que já estão com esquema vacinal completo devem ser levadas aos postos de saúde para receber mais um reforço. No caso da pólio, crianças que não tomaram nenhuma dose ao longo da vida devem receber a VIP. As que já tomaram uma ou mais doses devem receber a VOP. E, para o sarampo, todas devem receber uma dose da Tríplice Viral – desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias. Com informações da Agência Brasil

Jaguaquara: Vereador diz ter sido caluniado em entrevista e que rádio ”nega direito de resposta”

/ Jaguaquara

Rádio barra Nildo Pirôpo. Foto: BMF

O vereador Nildo Pirôpo (PSB), de Jaguaquara, procurou a redação do Blog Marcos Frahm, na tarde desta terça-feira (31), afirmando estar buscando esclarecimento, por parte da Rádio Povo de Jaguaquara, emissora afiliada ao Sistema Pazzi de Comunicação, de ter lhe negado o direito de resposta, depois de sentir-se atingido em sua honra por comentário veiculado na rádio durante entrevista do ex-prefeito do município, Ademir Moreira, que segundo o parlamentar, teria feito comentário difamatório ao vivo em programa de notícias na última sexta-feira (27). Pirôpo disse que, desde a última sexta, vem tentando obter espaço para esclarecer a população a cerca das críticas sofridas, e que ele diz ter sido ofensivas e difamatórias, mas que o espaço não foi concedido pelo proprietário da emissora, José Roberto Pazzi. O vereador revela que manteve contato com Pazzi via WhatsApp, que o empresário lamentou o ocorrido, que a entrevista do ex-prefeito foi conduzida sem a sua autorização e que ”daqui pra frente todas as entrevistas terão que passar por mim, para evitar constrangimento, mas no tempo certo agendaremos sim”, disse Roberto Pazzi, em um trecho da conversa, conforme revela o vereador. Integrante da base do prefeito da cidade, Giuliano Martinelli (PP), Pirôpo também saiu na defesa do gestor aliado. ”O exercício da liberdade de manifestação de pensamento e informação deve se dar sempre dentro de certos limites, pois sustentamos que o papel do jornalismo deve ser o de informar à sociedade fatos verídicos, e não o de difamar e caluniar irresponsavelmente. Não somos contra o fato de abrir o espaço para qualquer político ou cidadão que por ventura queira questionar o nosso mandato, questionar a administração pública, mas fazer acusação sem provas é crime e essa não é a linha da rádio, que presta um importante serviço a sociedade jaguaquarense, mas infelizmente abriu espaço para um político ficha suja difamar os seus adversários. O prefeito também foi caluniado e todas as famílias que ouviram aquele programa jamais esquecerão das palavras chulas usadas por um político inelegível”, bradou. O edil destacou ainda, que vem sofrendo com indiretas em programas, e que discorda de ataques a classe política numa emissora que detém contrato de R$ 4.690,00 com a Câmara e R$ 5.000,00 com a Prefeitura. ”O contrato com a prefeitura é pra divulgar as ações da gestão e não para sugerir a pauta do jornalismo. O contrato da câmara é para transmissão das sessões e não para ditar as normas dos programas, mas esses contratos passam pela nossa aprovação, nós, políticos.  Inclusive, o ex-prefeito ficha suja ainda cometeu algo mais grave, que foi pedir votos no ar para os seus candidatos, Leur Lomanto e Sandro Régis, o que não é permitido pela legislação. Aí eu pergunto, como vamos aceitar ser caluniados e não ter o direito de resposta?”, questiona e conclui. Para quaisquer considerações, esclarecimentos e informações fica aberto o espaço no blog para o empresário, ou o ex-prefeito, interessados sobre o assunto.

Enem: professores e servidores podem ser inscrever a partir de hoje para aplicar provas

/ Educação

Professores da rede pública e servidores públicos federais que queiram trabalhar na aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio de 2018 podem se inscrever a partir de hoje (31), pela internet. No caso dos professores, podem participar os das redes estaduais e municipais de ensino. As inscrições vão até o dia 20 de agosto. As provas do Enem 2018 serão aplicadas nos dias 4 e 11 de novembro. Os inscritos que forem aprovados vão receber capacitação por meio de um curso à distância. Quem já participou da aplicação de provas anteriores do Enem também deverá fazer a capacitação. Para atuar no dia da prova é preciso ter, no mínimo, 70% de aproveitamento nas atividades do curso.

Critérios para inscrição

Alguns dos critérios para se inscrever são: ter o ensino médio; ser servidor público federal ou docente da rede estadual ou municipal de ensino efetivo e registrado no censo escolar; não estar inscrito ou ter cônjuge, companheiro ou parentes inscritos para as provas do Enem 2018; não ter vínculo com as atividades do processo de elaboração, impressão, distribuição, aplicação e correção da redação exame. Ainda é indispensável ter smartphone ou tablet com acesso à internet móvel. O trabalho é remunerado e o valor pago é de R$ 318 por dia de atuação na Rede Nacional de Certificadores (RNC) do Enem 2018. A carga horária diária é de 12 horas.

MDB da Bahia define Jeane Cruz na vice de João Santana e Jorge Viana na disputa pelo Senado

/ Política

Jeane Cruz é candidata a vice de João Santana. Foto: MDB

O presidente do MDB baiano e pré-candidato a governador da Bahia, João Santana (MDB), decidiu, em consenso com as lideranças do partido, pelo nome da pedagoga Jeane Cruz como sua vice e o de Jorge Viana em uma das vagas do Senado. De acordo com o emedebista, Jeane tem credibilidade para assumir a função. ”Ela é militante do PMDB há mais de 30 anos. Ia ser candidata a deputada estadual, mas chegamos no consenso. Ela é uma pessoa preparada, nasceu na periferia de Salvador, em Pau da Lima. Jeane é muito politizada e empreendedora”, afirmou. Questionado pelo BNews se o MDB tenta surfar na onda de se colocar uma mulher na chapa como forma de atingir, principalmente, o governador Rui Costa (PT) por não ter inserido nenhum político na majoritária, Santana prontamente negou. ”Ela tem valor. Ela é melhor que muito homem aí. Não tem nada a ver de ser modinha. Jeane tem um perfil qualificado”. Sobre a segunda vaga ao Senado, o político não quis entrar em detalhes. Informou que se reúne em breve com um partido aliado para sacramentar, mas não divulgaria até que o martelo estivesse batido.  A convenção estadual do MDB acontece nesta quarta-feira (1). O evento que vai sacramentar o nome de Santana e aliados na majoritária e homologar os pré-candidatos da proporcional será realizada na sede do partido, situada na Rua Arthur de Azevedo Machado, n° 333, Costa Azul, Salvador-Bahia. Com início previsto para as 9 horas e término às 12 horas, a Convenção vai contar com a participação de todos os convencionais.

TSE quer impedir que Lula apareça como candidato a presidente do PT em propaganda de TV

/ Política

TSE quer impedir aparição de Lula na TV. Foto: Ricardo Stuckert

Mesmo sem a conclusão do julgamento sobre a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve impedir que ele apareça na TV como candidato do partido. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, ministros acreditam que até o início da propaganda eleitoral, em 31 de agosto, a candidatura de Lula deve ter sido impugnada. Apesar da possibilidade de recursos, os ministros podem considerar que não há efeito suspensivo. Dessa forma, Lula seria proibido de aparecer na propaganda de TV. Por outro lado, a defesa do petista argumenta que o artigo 16-A da Lei Eleitoral permite a participação de ”todos os atos” de campanha para candidatos ”cujo registro esteja sob judice”.

Candidato a presidente, Bolsonaro responsabiliza negros por escravidão e propõe redução de cotas

/ Política

Bolsonaro no programa Roda Vida, da TV Cultura. Foto: Estadão

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) amenizou o papel de Portugal e responsabilizou os próprios negros pelo tráfico negreiro que perdurou do século 16 ao 19, levando de forma forçada, segundo historiadores, cerca de 12 milhões de africanos às Américas, mais de 4,8 milhões deles para o Brasil. ”O português nem pisava na África. Foram os próprios negros que entregavam os escravos”, disse Bolsonaro durante entrevista a jornalistas no programa Roda Vida, da TV Cultura, nesta segunda-feira (30). A declaração foi dada num bloco em que o candidato foi questionado pelo diretor da ONG Educafro, Frei David, sobre a política de cotas raciais. Bolsonaro se declarou contra a ação, dizendo que a mesma era uma política para ”dividir o Brasil entre brancos e negros”. Diante do posicionamento, o deputado foi questionado sobre de que forma pretendia reparar a dívida histórica existente diante da escravidão, no que Bolsonaro respondeu: ”Que dívida? Eu nunca escravizei ninguém na minha vida”. Após declarar que os negros eram entregues pelos próprios negros, o candidato passou a recebeu a réplica do apresentador do programa, Ricardo Lessa, que afirmou que o tráfico era feito pelos portugueses. Bolsonaro, então, disse que os portugueses “faziam o tráfico, mas não caçavam os negros” e voltou a dizer que eles ”eram entregues pelos próprios negros”. Lessa finalizou dizendo que os portugueses ”pagavam pra isso”  Apesar das ponderações feitas pelo apresentador, o candidato seguiu questionando que dívida seria aquela, dizendo que ”somos misturados no Brasil”. ”O negro não é melhor do que eu e nem eu sou melhor do que o negro. Na academia militar das agulhas negras, vários negros se formaram comigo, alguns abaixo de mim e outros acima de mim. Pra quê cotas?”, declarou. Bolsonaro disse, porém, que não poderia falar que acabaria com as cotas, uma vez que a medida dependeria do parlamento, mas disse que defenderá a redução da política, questionando a criação de cotas em concursos públicos. ”Vou propor pelo menos quem sabe a redução do percentual”, disse.

Morre o advogado Hélio Bicudo, fundador do PT e autor do pedido de impeachment de Dilma

/ Brasil

Advogado Hélio Bicudo morre aos 96 anos. Foto: Reprodução

O advogado Hélio Bicudo, fundador do PT e um dos autores do pedido de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff, morreu nesta terça-feira (31), aos 96 anos. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a saúde do advogado era frágil desde 2010, quando sofreu um AVC. Piorou em março deste ano, quando morreu sua mulher, Déa Pereira Wilken Bicudo, após 71 anos de casamento. Ele deixa sete filhos, netos e bisnetos. Ativista dos direitos humanos, Bicudo ganhou notoriedade nacional ao condenar integrantes do Esquadrão da Morte, organização paramilitar dos anos 1970. Na vida política, o advogado também foi deputado federal de São Paulo por dois mandatos consecutivos, de 1991 a 1999 e vice-prefeito de São Paulo, na gestão de Marta Suplicy.